RESOLUÇÃO Nº 099, DE 5 DE MARÇO DE 2004

O DIRETOR-PRESIDENTE SUBSTITUTO DA AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS – ANA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 16, inciso XVII, do Regimento Interno, aprovado pela Resolução nº 9, de 17 de abril de 2001, e tendo em vista o disposto no Decreto nº 1.590, de 10 de agosto de 1995, torna público que a Diretoria Colegiada, em sua 119ª Reunião Ordinária, realizada em 9 de fevereiro de 2004, resolveu: Art. 1º Fixar o horário de funcionamento e a jornada de trabalho e estabelecer o controle de freqüência dos servidores em exercício na ANA. § 1º O horário de funcionamento da ANA para o público é de 8h às 12h e das 14h às 18h e a jornada de trabalho, de oito horas diárias, compreendida no período das 8h às 20h. § 2º O controle de freqüência observará o que se contém nos artigos 8º a 11 seguintes. Art. 2º Para os efeitos desta Resolução considera-se: I – jornada de trabalho – o período em que o servidor fica à disposição da ANA para o cumprimento das tarefas que lhe são atribuídas; II – horário flexível – aquele facultado pela ANA aos seus servidores para cumprimento da jornada diária observado o horário núcleo estabelecido; II – horário núcleo – os períodos das 9h às 12h e das 15h às 18h. Art. 3º O início do horário de trabalho, para os dois turnos, poderá ser flexibilizado entre 8h e 9h e 14h e 15h, respectivamente, e o seu término estendido, no máximo até às 20h, respeitada a jornada diária de oito horas, o horário núcleo e a conveniência dos serviços, intercalando-se, no período, o intervalo para refeição e descanso, que não poderá ser inferior a uma hora e nem superior a três horas. Art. 4º Na jornada de trabalho dos servidores, de oito horas diárias e de quarenta horas semanais, haverá intervalo para refeição não inferior a uma hora e nem superior a três horas. Art. 5º Os ocupantes de cargos comissionados estão sujeitos ao regime de dedicação integral e poderão ser convocados, no interesse do serviço a estender a jornada de trabalho. Art. 6º A execução de serviço extraordinário para atender a situações excepcionais dependerá de prévia autorização da Diretoria Colegiada, sendo respeitados os limites de duas horas por jornada, de quarenta e quatro horas mensais e de noventa horas anuais, consecutivas ou não. Art. 7º A Superintendência de Administração e Finanças - SAF poderá conceder horário especial, na forma do art. 98 da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990:

ao servidor estudante. inciso III. fazendo juntar. Parágrafo único. filho ou dependente portador de deficiência física. ausências ou saídas antecipadas. sendo exigida a compensação de horário. até o segundo dia útil do mês subseqüente. devidamente atestados. diariamente. 11. 10 É de responsabilidade das chefias imediatas: I – controlar a freqüência dos servidores sob a sua subordinação. se for o caso. Art. de Assessoria (CA I e CA II) e Técnicos (CCT V e CCT IV). o Boletim Mensal de Freqüência acompanhado da folha de ponto. II – eventuais atrasos ou saídas antecipadas decorrentes do interesse do serviço poderão ser abonados pela chefia imediata. até o segundo dia útil do mês subseqüente. e III – ao servidor que tenha cônjuge. Art. e III – encaminhar à SAF. ausências ou saídas antecipadas. contendo as informações das ocorrências verificadas (anexo II). os documentos que justificaram os atrasos. quando comprovada a incompatibilidade entre o horário escolar e o da ANA. III – cabe às chefias imediatas o acompanhamento. Art. Art.I . . sem prejuízo do exercício do cargo. respeitada a duração semanal do trabalho. cobertos ou não por dispositivos legais. de Gerência Executiva (CGE I. observado o seguinte: I – deverá constar na folha de ponto de cada servidor o horário da jornada de trabalho. o registro de freqüência dos servidores será realizado em folha de ponto. 9º É de responsabilidade do servidor: I – registrar na folha de ponto. e II – justificar junto às chefias imediatas os casos de atrasos. 10. quando comprovada a necessidade por junta médica oficial. os horários de entrada e saída dos expedientes da manhã e da tarde bem como dos intervalos para refeição e descanso. II – ao servidor portador de deficiência. A freqüência dos servidores ocupantes dos cargos mencionados neste artigo será informada no Boletim Mensal de Freqüência de que trata o art. Ficam dispensados do registro de freqüência os servidores ocupantes dos cargos em comissão de Direção (CD I e CD II). independentemente de compensação de horário. III e IV). com compensação de horário. diariamente. II – registrar as ocorrências de acordo com a Tabela de Códigos e Ocorrências (anexo III). apresentando os documentos necessários. a freqüência correspondente aos horários de entrada e saída dos expedientes da manhã e da tarde. o controle e a orientação quanto ao correto cumprimento da jornada de trabalho dos servidores. II. e IV – o Boletim Mensal de Freqüência deverá ser preenchido e encaminhado à Superintendência de Administração e Finanças – SAF com a folha de ponto de cada servidor. 8º Até que venha a ser implantado novo sistema de controle. além das ocorrências de eventuais atrasos ou saídas antecipadas (anexo I).

Os casos omissos serão resolvidos pelo Diretor-Presidente. 13. Art.Art. de 1990. de 1990. da Lei nº 8. 16. Fica revogada a Resolução nº 120. O descumprimento dos critérios estabelecidos nesta Resolução sujeitará o servidor e a chefia imediata às penalidades previstas na Lei nº 8. Art. Art. Deverão ser observados os princípios de assiduidade e pontualidade preconizados no art. 15.112. BENEDITO BRAGA . Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação no Boletim de Pessoal e Serviço. 116. 14. Art.112. inciso X. 12. de 3 de dezembro de 2001.

GERHU SERVIDOR CARGO EFETIVO CARGO COMISSIONADO UNIDADE DE EXERCÍCIO SOMATÓRIO DAS AUSÊNCIAS. ATRASOS E SAÍDAS ANTECIPADAS NÃO JUSTIFICADAS DIA MANHÃ ENTRADA SÁIDA TARDE ENTRADA SAÍDA RUBRICA DO SERVIDOR HORAS CÓDIGO DE OCORRÊNCIA COMPENSADAS FOLHA DE PONTO MÊS MATRÍCULA SIAPE CLASSE PADRÃO CÓDIGO ____:____h OBSERVAÇÃO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 FERIADO SÁBADO DOMINGO FERIADO SÁBADO DOMINGO FERIADO SÁBADO DOMINGO FERIADO SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO DOMINGO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ ___:___ SÁBADO Data: _____/_____/________ _________________________________ Assinatura do Servidor ______________________________ Carimbo e assinatura da Chefia Imediata .ANEXO I Superintendência de Administração e Finanças – SAF Gerência de Recursos Humanos .