UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO Pólo: Belo Horizonte Mário Alves da Silva PS 28.

04 Curso: EAD - Gestão Ambiental - Matr. 210255

Forum “PSA – Pagamento por Serviços Ambientais”

Se a compensação por serviços ambientais é o pagamento, com dinheiro ou outros meios, para aqueles que ajudam a conservar ou produzir esses serviços mediante a adoção de práticas, técnicas e sistemas que beneficiem a todos os envolvidos em determinada área geográfica, este precisa realmente ser convicente em termos econômicos e éticos para quem extrai sem conservar; usa e lucra hoje sem pensar no legado da terra para gerações futuras. Se o desmatamento para aproveitar madeiras, carvão ou minerais, ou o uso do solo em agropecuária realmente dá dinheiro, há que se empenhar a mudança desta visão radicamente, para melhor, de que preservar e utilizar os recursos de forma sustentável, criando novas formas de energia limpa dá muito mais dinheiro. Isto só só será possível com uma autoestrada de três pistas: sólido em pesquisas e educação ambiental; ações investimento

governamentais significativas e visíveis. Isto não constitui um formidável e possível paradigma? É lógico que um agricultor que utiliza grandes extensões de terra para plantio de cereais, obtendo com isto muito mais lucro do que teria para preservar, não hesitaria em descartar a hipótese de criação de reservas ambientais, continuando na sanha desbravadora de novos horizontes para pastos e solos férteis. Então tem de se criar mecanismos de incentivo e conscientização que superem esta rotina de devastação.

protetora do solo e das águas. Em Belo Horizonte existe um projeto para remunerar catadores de materiais recicláveis. pois a mente criativa do brasileiro (e de tantas pessoas que pensam globalmente) é tão fértil quanto o solo que pisamos. do qual alguém já afirmou que “em se plantando tudo dá”. Frutos vem sendo gerados. Projetos não faltam. e mantenedora da biodiversidade fundamental para conservação de um ecossistema equilibrado. A Costa Rica é exemplo em seu pioneirismo. . O Programa Produtor de Água da Agência Nacional de Águas (ANA) já remunera alguns proprietários de terras que preservam suas propriedades em bacias hidrográficas. por si mesmo já é um serviço ambiental que o homem tem de estimar por alto valor e não perdê-lo. Ela é também a fonte do oxigênio que respiramos. Já paramos para pensar quanto custaria uma floresta intocável em nossos dias? Nesta nova visão. uma floresta é muito mais do que madeira para ser extraída e vendida.Tem que ter um envolvimento maçiço de todos os segmentos da sociedade no sentido de que o clima do planeta. com base na quantidade de gás carbônico que deixará de ser emitida para a atmosfera. ideais também não. sumidouro de gás carbônico. ao efetuar o pagamento por serviços ambientais de um valor básico por hectare perservado. . o Brasil lidera também a captação de materiais recicláveis. a qualidade da água e a biodiversidade.