Onde o casamento se realiza? Civil: Em casa, na igreja, no cartório, em quase qualquer lugar.

Celestial: Numa sala sagrada de selamentos no templo. Quem realiza o casamento? Civil: O juiz de paz, o ministro, juiz, bispo, presidente de estaca. Celestial: Uma pessoa designada a quem foi dado o poder selador pelo profeta do Senhor. Doutrina e Convênios 132:7–8
Quem realiza o casamento no templo. O profeta da Igreja possui a autoridade do sacerdócio para selar um homem e uma mulher para o tempo e a eternidade. Ele confere esse poder a outros que então passam a possuir a autoridade de Deus para realizar nos templos as ordenanças seladoras que unem as famílias para a eternidade.

Quanto tempo durará o casamento? Civil: Até que a morte separe marido e esposa. Doutrina e Convênios 132:14–15. Celestial: Para o tempo e a eternidade.
“A vida é eterna. A morte não encerra a existência do homem. Ele continua a viver (...) As maiores alegrias da verdadeira vida matrimonial podem continuar. Os mais belos relacionamentos de pais e filhos podem tornar-se permanentes. A santa associação de famílias pode nunca ter fim, se marido e esposa forem selados nos sagrados laços do casamento eterno. Sua alegria e progresso nunca terminarão.”

O que as pessoas farão na eternidade? Civil: Aqueles que têm a oportunidade de receber o convênio do casamento eterno
num templo sagrado, mas escolhem casar-se fora do templo podem entrar no reino celestial ou num dos outros reinos, mas não poderão ser exaltados e viver eternamente com sua família. Viverão como solteiros e serão servos ministradores daqueles que escolheram seguir o plano de Deus. Perderão grandes bênçãos por “darem mais valor ao mundo e seus convênios do que a Deus e Seus convênios”. As ordenanças seladoras podem ser efetuadas depois da morte para as pessoas que não tiveram a oportunidade de se casar no templo nesta vida.

Doutrina e Convênios 132:16–17. Celestial: Aqueles que se casam no templo sagrado e são fiéis aos convênios que ali
fizeram tornar-se-ão deuses e deusas. Serão exaltados, terão todo o poder e viverão eternamente em família.

Doutrina e Convênios 132:19–20. Qual será a condição da família na eternidade? Civil: Os que se casarem apenas para o tempo não terão qualquer direito sobre sua
família na vida futura. Viverão como pessoas solteiras, o que será uma imensa tristeza para eles.

Celestial: Os que se casarem no templo e viverem dignamente por toda a vida estarão
unidos por toda a eternidade a seus pais, irmãos, irmãs e filhos que também tiverem permanecido dignos. Esta continuação da unidade familiar é uma das maiores bênçãos que Deus pode dar a Seus filhos.