MANUAL DE ESTÁGIO

Centro Universitário do Maranhão UNICEUMA Chanceler ANA ELIZABETH FECURY BRAGA Reitor LUCIANA FECURY TAVARES Vice-Reitor Acadêmico e Comunitário LUIS ANISIO CAMARÃO CHAVES Vice-Reitor de Planejamento CARLOS AUGUSTO ANCILON CAVALCANTE Pró-Reitor Acadêmico JORGE CRESO CUTRIM DEMÉTRIO Pró-Reitor Administrativo RAIMUNDO SILVESTRE RODRIGUES Pró-Reitor Financeiro SÉRGIO DE CARVALHO TAVARES Diretor Campus II GEORGE DANIEL MELO E SILVA Diretor Campus III SHEN PAUL MING JEN APRESENTAÇÃO .

além de inseri-lo em situações práticas de ordem técnica. Este Manual tem por objetivo apoiar a realização do estágio. à luz das diretrizes internas e da Legislação federal. À instituição de ensino. permitindo ao aluno o contato mais de perto com a profissão que escolheu. Ademais esclarece o papel de cada um no processo. além de fazer integração da aprendizagem teórica com o contexto profissional. Contém a sistemática de procedimentos que envolve a atividade como um todo. entre outros. científica e sócio cultural. propiciando maior compreensão e facilidade no desenvolvimento do estágio. auxiliar as pessoas envolvidas. serve como parâmetro de avaliação do currículo ministrado.O estágio supervisionado curricular obrigatório é um momento primordial na graduação. Ao campo de estágio. Desta forma. esperamos contribuir para a melhoria dos processos pedagógicos desenvolvidos no UNICEUMA. essa prática oferece a possibilidade de acolher pessoas com novas técnicas e idéias. SETOR DE ESTÁGIO . assim como a integração Universidade/Empresa/Comunidade.

LISTA DE SIGLAS CEUMA .Centro de Ensino Unificado do Maranhão UNICEUMA . Pesquisa e Extensão CLT .Conselho de Ensino.Centro Universitário do Maranhão IES .Associação Brasileira de Normas Técnicas .Instituição de Ensino Superior CEPE .Consolidação das Leis do Trabalho ABNT .

............13 1.............................. .... ...... .........................2.........20 2....... CARACTERIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURRICULAR............16 2..................2..2..................................5 Prática Jurídica Real. ................................22 ............................. FUNCIONAMENTO.......................2.............................1 Atividades de Supervisão...........SUMÁRIO 1.....14 2..................................................2 DAS ATIVIDADES..............13 2...........2. .....................................................................20 2.............................................................15 2.....3 Prática de Ensino...................14 2..2 Atividades de Campo..........4 Prática através de Desenvolvimento de Projetos.....15 2........................................................................19 2.. ............14 2................................................... .. ....................................................................................................................2 OBJETIVOS......2..................2.1 Práticas em Campo/Empresas.2..2...............3 CAMPOS DE ESTÁGIO......................................1 DO SETOR.....18 2.......... ........1.............................................................2..........13 1.21 2..........19 2.......... ........... .........................1 CONCEITO................. .......................................... ...3 Atividades Complementares............. ..................17 2..2..............2.....2........................ ..2 Desenvolvimento.....2........................ .........1 Desenvolvimento de Atividades de Supervisão...........4 DA DURAÇÃO E CARGA HORÁRIA.................

.30 3...................................................................... ............................................................8 ALUNOS QUE TRABALHAM E/OU PROPRIETÁRIOS DE EMPRESA................ ..........1.......39 ....4 APRESENTAÇÃO ORAL.......................................................................3 ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR......................38 3.....................2 Critérios.2......1 CREDENCIAMENTO DO ALUNO.......... ...39 3........ ...................2..............................................1..2..................1...39 3...........1 Desempenho...........35 3....................1 Obtenção de vagas.......6.............................2....... .1 Instrumentos de Avaliação.......2 Alunos que trabalham.....6..1 Condições.......... .......2 Da entrega de documentos................................................ ..35 3................................................................25 3........... .................8...........3 Encaminhamento........8....................................................... .................................25 3.................6 DA AVALIAÇÃO.....29 3...........31 3....3.................................... ......................................... ...........35 3..................2 Relatório................................................... ..................27 3.............................35 3..........................25 3.........................6..37 3......... PROCEDIMENTOS DO SETOR DE ESTÁGIO.....................33 3.. ............ . ......................................... .........................2.............25 3.....5 DOS PRAZOS DE ENTREGA DE DOCUMENTOS..............................2 DA CONFIRMAÇÃO DO ESTÁGIO...............................7 DA APROVAÇÃO..........................................33 3.... ......................6.............................................36 3..........................................6.......2 Recrutamento/Seleção.29 3.............3 Apresentação Oral........1 Elaboração do Plano Individual de Estágio......................................

...............................2 Supervisor Técnico.......... ..........................................3 Proprietário de Empresa.................................. ...............8.42 3.....................................3.........9...........42 3...1 Estagiários.......................40 3......... ......... ...............9.....................9 ATRIBUIÇÕES.......43 .....................................................................

........................... ...............46 ANEXOS............................................ .......................................................54 Anexo C ..................... ................... ..............................................................................48 Anexo B ...................... ...............44 4 DISPOSIÇÕES LEGAIS....45 4........... ...........................................3...............................................................2 LEGISLAÇÃO INTERNA............................. ................47 Anexo A .....................................................................................Plano Individual de Estágio................ .........................................................................101 ..................45 REFERÊNCIAS........................................10 Desligamento de Estagiário................................................................................ .45 4..1 LEGISLAÇÃO FEDERAL.............

sob a forma de várias modalidades. além de colaborar no processo educativo. associar e documentar: os conhecimentos gerais. devidamente orientadas. 1. proporcionadas ao estudante pela participação em situação real de vida e trabalho de seu meio. a quem cabe a decisão sobre a matéria e dele participam pessoas jurídicas de Direito público e privado. é atividade de competência da instituição de ensino. acompanhadas e supervisionadas por esta IES e campo de estágio. 2 FUNCIONAMENTO 2. instrumentais e particulares adquiridos as habilidades para saber fazer as atitudes que repercutem no posicionamento pessoal frente às exigências da sociedade e profissional.1 CONCEITO O estágio supervisionado curricular é o conjunto das atividades de aprendizagem social. como procedimento didático . São objetivos do estágio: desenvolver. profissional e cultural.1 DO SETOR . instituídas segundo a especificidade de cada curso de graduação. oferecendo oportunidades em nível de campos de estágio.pedagógico.1 CARACTERIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURRICULAR 1. No âmbito desta instituição de ensino. é chamado estágio supervisionado curricular o previsto nas grades curriculares de cada curso. como disciplina obrigatória para a obtenção do grau acadêmico.2 OBJETIVOS É o conjunto das atividades de aprendizagem profissional e complementação de ensino. sob a responsabilidade e coordenação da instituição de ensino. O estágio em referência.

b) atividades de campo.2 DAS ATIVIDADES Desenvolve-se através de: a) atividades de supervisão. fornecendo e recebendo documentação necessária à sua realização. . tomando providências.O Setor de Estágio é o órgão desta IES responsável pela coordenação das atividades dos estágios. c) atividades complementares. 2.

indicado pela respectiva Coordenadoria de Curso. que estabelece os horários. para todos os alunos aptos ao desenvolvimento de estágio. complementação de ensino e avaliação. b1) as atividades grupais são desenvolvidas durante o semestre letivo. 2.1 Atividades de Supervisão Cada curso/turma é supervisionado(a) por um professor intitulado Supervisor Docente. acompanhamento. de caráter individual. de acordo com a disponibilidade de cada supervisor docente.2. As atividades de supervisão. que são registradas em ficha de acompanhamento elaborada pelo supervisor docente. de acordo com o agendamento do supervisor docente.2. encerrando-se ao final do semestre letivo. O supervisor docente deve apresentar o cronograma das atividades no primeiro encontro para que os alunos se organizem previamente. como: orientação. b2) as atividades individuais têm atendimento personalizado no setor de estágio.1 Desenvolvimento de Atividades de Supervisão A partir da segunda semana de aula iniciam-se as atividades de supervisão. controle. b3) as atividades descritas acima desenvolvem-se paralelamente às atividades de campo. O supervisor docente acompanha o desenvolvimento do aluno nas atividades práticas através de visitas aos campos de estágio e informações prestadas nos encontros individuais. com carga horária de 10 % (dez por cento) do total da disciplina sendo a freqüência obrigatória.2. b) as atividades grupais e individuais. acontecem com horário marcado pelo Setor de Estágio e são destinados para: .1. informações. São-lhe atribuições: a) O supervisor docente é responsável pelo conjunto de atividades obrigatórias ao desenvolvimento do estágio.

2. c) orientações que se fizerem necessárias.a) aprovação do plano individual de estágio e assinatura do termo de compromisso.2. durante o desenvolvimento do estágio no campo ou de acordo com a especificidade de cada curso. no mínimo duas vezes.2 Atividades de Campo A prática de campo é desenvolvida de acordo com a modalidade de estágio fixada para cada curso e em campos de estágio devidamente conveniados com esta IES. Para desenvolver a prática. b) solicitação de informações sobre o andamento das atividades. d) orientação sobre elaboração do Relatório e verificação antes da entrega ao Setor de Estágio. faz-se necessário: .

2. Corresponde a noventa por cento da carga horária total.1 Prática em Campo/empresas Ocorre pela inserção do aluno em situações práticas de cunho técnico.2 Desenvolvimento . d4) se houver negligência comprovada do aluno. IMPORTANTE O aluno que trabalha poderá desenvolver as atividades de campo no seu local de trabalho. na falta ou atraso de entrega dos documentos para que seja providenciado o seguro. supervisionado e avaliado pela IES e pela empresa.a) encaminhamento oficial pelo Setor de Estágio.2. d3) ao aluno compete a cobrança desta providência. desenvolvida em turno diferente ao cursado pelo aluno. independente da realização de Convênio e/ou Termo de Compromisso. Pode ser realizado em ambientes específicos da própria IES ou em campos de estágio devidamente conveniados.2. O estagiário será orientado. científico e/ou sócio-cultural para integrar o aprendizado teórico à dinâmica do contexto da profissão onde vai atuar.2. d) seguro de acidentes pessoais providenciado pela IES ou campo de estágio: d1) nenhum aluno pode estagiar sem o seguro de acidentes pessoais. c) termo de compromisso firmado entre estudante e campo.2. b) planejamento individual aprovado pelos supervisores de estágio. 2. através dos supervisores. d2) o seguro deve ser providenciado no início do estágio. caberá ao aluno quaisquer conseqüências resultantes deste ato. se houver compatibilidade com a área profissional do curso. contudo obedecendo aos procedimentos descrito neste manual.

criar um diário de anotações das ocorrências e acompanhamento da realização do plano individual de estágio.O estagiário desenvolve as atividades práticas conforme o Plano Individual. . sob a orientação do supervisor técnico e acompanhamento do supervisor docente. a hora de chegada e saída e. nas entrevistas individuais com o supervisor docente e técnico como subsídio à elaboração do relatório final. na Folha de Freqüência. ao final de cada mês. que apresentará. solicitar o visto do supervisor técnico. atentando para: a) cumprir as normas e regulamentos do campo de estágio e as cláusulas do Termo de Compromisso. c) além da Folha de Freqüência. b) anotar. d) a qualidade do estágio depende do desempenho do estagiário. para documentar o andamento do mesmo. as atividades desenvolvidas diariamente.

2. semanalmente com atividades de embasamento e preparação. através de produção de trabalhos e atividades fixadas nas normas específicas do curso. g) ao final do estágio o aluno pode solicitar um certificado de estágio ao campo ou uma declaração que estagiou. depois em escolas públicas ou particulares de ensino fundamental e médio.3 Prática de Ensino Cursos de Licenciatura A prática de ensino desenvolve-se primeiramente na IES.estagiário que completar a carga horária. antes do término do seu período final de estágio. 2. pelo menos uma vez a cada quinze dias. e ao final do estágio receber de volta o plano individual para ser colocado como anexo obrigatório no relatório. dificuldade deverão ser comunicadas imediatamente ao Supervisor Docente e/ou Setor de Estágio. em campos de estágio devidamente conveniados. 2. poderá optar entre permanecer no campo de estágio ou . a avaliação formativa de implementação de planos. 2. a execução de cursos com pequena duração nos campos de estágio sobre conteúdos ligados às áreas das licenciaturas e/outros.4 Prática através de Desenvolvimento de Projetos O estágio revela-se prática a ser desenvolvida sob forma de projetos que envolvam a pesquisa aplicada. supervisão e avaliação das escolas e supervisores docentes. até o limite de 150 horas.2.2.2. sob orientação de docentes dessa instituição. problemas.2. a melhoria de ensino e aprendizagem. ressalvando-se: a) o aluno . a avaliação de resultados da implementação de planos anteriores ao estágio.e) as dúvidas.5 Prática Jurídica Real A prática jurídica real será desenvolvida no nono período do curso. as proposições de melhoria. com o número de horas e período. por produção. f) manter contato para entrevista com o supervisor docente.2. com orientação. a pesquisa diagnostica.

firmado em Termo de Compromisso.se afastar do mesmo. deverá solicitar. b) o aluno .3 Atividades Complementares Conforme Resolução CEPE Nº 054/2003.2. por tempo a ser decidido pela Instituição de acordo com a necessidade de cada caso.estagiário que não completar a carga horária. por produção durante o período de duração do seu estágio. ao Setor de Estágio. por escrito. prorrogação daquela ou um novo encaminhamento se houver necessidade de complementar em outro campo. 2. nos seus artigos transcritos abaixo: . em ambos os casos de comum acordo com os supervisores de estágio. mediante solicitação por escrito.

Deve-se atentar para os seguintes pontos: a) para o credenciamento do campo de estágio. escritórios e a própria IES. constando no relatório final. acrescidas de atividades complementares se for o caso e obrigatoriamente as pertinentes à supervisão do mesmo. sob a orientação dos supervisores docentes do curso. é necessário um instrumento jurídico tipo Termo de Convênio. se possível. escolas.se como atividades complementares de ensino. c) o SETOR DE ESTÁGIO informa sobre .3 CAMPOS DE ESTÁGIO São os locais devidamente credenciados. Art. e) e/ou outras formas de trabalho individual ou de grupo. dentre as que vem a seguir: a) monografia de conclusão de curso relacionada ao estágio. pessoas jurídicas de direito público ou privado. onde o aluno desenvolve o estágio. 4º O estágio curricular conforme a especificidade de cada curso poderá assumir mais de uma forma das modalidades descritas no artigo anterior. b) o campo de estágio deverá ter no seu quadro funcional pessoa de nível superior. órgãos públicos federais. na mesma área do curso do estagiário ou com atribuição de competência para ser supervisor técnico. a ser(em) desenvolvida(s) através de estudo independente pelo aluno durante o período de estágio. obrigatória(s) e/ou voluntária(s). c) projetos de sugestão e ou diagnósticos para campos de estágio.Art. 2. entre o local e a IES onde estejam acordadas as condições de realização de estágio. estaduais e municipais. tais como instituições de ensino. 5º Estabelece(m) . b) aprofundamentos de temas sob forma de artigos científicos. d) pesquisas empíricas. empresas.

4 DA DURAÇÃO E CARGA HORÁRIA O estágio curricular tem a duração de um semestre letivo. Cada curso tem uma carga horária específica como consta no quadro a seguir: .locais conveniados e procedimentos para conveniar novos campos. IMPORTANTE É vedado por lei o estágio junto a pessoas físicas. A carga horária é determinada pela grade curricular. 2.

Quadro 01 Cargas horárias de Estágio CAMPUS I CURSO CARGA HORÁRIA (HORAS) SEMESTRE CAMPO SUPERVISÃO TOTAL ADMINISTRAÇÃO SÉTIMO 135 15 150 OITAVO 135 15 150 ARQUITETURA E URBANISMO NONO 342 36 360 CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA/BACHARELADO SÉTIMO 162 18 .

180 OITAVO 162 18 180 CIÊNCIAS CONTÁBEIS SETIMO 121 14 135 OITAVO 121 14 135 DIREITO-PRATICA REAL NONO 135 15 150 ENFERMAGEM SÉTIMO 308 43 432 OITAVO 405 45 450 FARMÁCIA SEXTO .

243 27 270 OITAVO 357 39 396 FISIOTERAPIA SÉTIMO 357 39 396 OITAVO 422 46 468 FONOAUDIOLOGIA SEXTO 65 07 72 SÉTIMO 422 46 468 OITAVO 389 43 432 LETRAS INGLÊS/PORTUGUÊS .

QUINTO 180 20 200 SEXTO 180 20 200 ODONTOLOGIA SÉTIMO 49 5 54 PEDAGOGIA MAGISTÉRIO/ADM. ESCOLAR QUINTO 135 15 150 SEXTO 135 15 150 PSICOLOGIA SÉTIMO 108 12 120 OITAVO 108 12 .

INFORMAÇÃO SETIMO 162 18 180 OITAVO 162 18 180 TEC. DESIGN DE INTERIORES QUARTO 144 16 160 TEC. GESTÃO EMPRESARIAL QUARTO .120 NONO 198 22 220 DECIMO 198 22 220 PUB. E PROPAGANDA SÉTIMO 162 18 180 SIST.

GESTÃO NEG. GESTÃO REP. TELECOM. COMERCIAL QUARTO 142 18 180 TEC.144 16 160 TEC. INFORMÁTICA (3 ANOS) QUINTO 87 09 96 SEXTO 87 09 96 TEC. QUARTO 144 16 160 TEC. TURISMO E HOTELARIA TERCEIRO 72 8 80 QUARTO 72 8 .

80 TERAPIA OCUPACIONAL SÉTIMO 316 35 351 OITAVO 316 35 351 TURISMO SEXTO 135 15 150 SÉTIMO 135 15 150 IMPORTANTE Quadro 02 Cargas horárias de Estágio CAMPUS II CURSO CARGA HORÁRIA (HORAS) SEMES- .

TRE CAMPO SUPERVISÃO TOTAL ADMINISTRAÇÃO SÉTIMO 135 15 150 OITAVO 135 15 150 CIÊNCIAS CONTÁBEIS SÉTIMO 121 14 135 OITAVO 121 14 135 DIREITO NONO 68 7 75 DÉCIMO 68 .

7 75 PEDAGOGIA QUINTO 135 15 150 SEXTO 135 15 150 TEC. INFORMÁTICA 2 ANOS TERCEIRO 90 10 100 QUARTO 90 10 100 TURISMO SEXTO 135 15 150 SÉTIMO 135 15 150 .

GERENCIAL QUARTO 171 19 190 DIREITO NONO 68 7 75 DÉCIMO 69 7 75 LETRAS QUINTO .CAMPUS III CURSOS CARGA HORÁRIA (HORAS) SEMESTRE CAMPO SUPERVISÃO TOTAL CONTROLADORIA INF.Quadro 03 Cargas horárias de Estágio .

GESTÃO EMPRESARIAL QUARTO 144 16 160 TEC. GESTÃO HOSPITALAR QUARTO 144 16 160 .135 15 150 SEXTO 135 15 150 SISTEMA DE INFORMAÇÃO SÉTIMO 162 18 180 OITAVO 162 18 180 TEC.

Retângulo de cantos arredondados: O aluno deverá integralizar cem por cento da carga horária e obedecer rigorosamente ao que consta no TERMO DE COMPROMISSO. .

voltará a seu lugar original na lista classificatória para novo recrutamento. com prazo de quarenta e oito horas para resposta. para as providências devidas. quando o aluno for encaminhado imediatamente para ocupar uma vaga. atendendo às normas em vigor e comunicando o fato ao Setor de Estágio.1 Obtenção de vagas Consiste em conseguir-se junto aos órgão/empresas conveniados com o UNICEUMA local para que possam desenvolver as atividades do estágio.1 CREDENCIAMENTO DO ALUNO No início do semestre em que constar a disciplina Estágio Supervisionado Curricular.1. mediante convocação afixada no mural externo do Setor de Estágio. d) se o aluno for convocado e não responder ao chamado. o aluno regularmente matriculado deve apresentar-se ao Setor de Estágio para fazer o seu cadastro e receber o manual. e) para responder ao recrutamento.1.3 PROCEDIMENTOS DO SETOR DE ESTÁGIO 3. assumindo a responsabilidade de conseguir vaga para estagiar. Indireto quando o aluno for submetido à seleção. 3.2 Recrutamento/Seleção Recrutamento é a convocação do aluno para ocupação das vagas oferecidas pelos campos conveniados ao UNICEUMA. c) os alunos serão recrutados. atentando-se para os seguintes pontos: a) o aluno é convocado para recrutamento de acordo com o seu coeficiente de rendimento. o aluno . em tempo. Se o aluno não for selecionado. 3. b) o recrutamento será direto. O aluno deve tentar obter a sua vaga e/ou campo de sua preferência. deixará de ser recrutado.

f) demonstrar interesse pelas atividades em desenvolvimento. c) use discrição na maneira de vestir. chegar 10 minutos antes do horário marcado. evitando futuros problemas de relacionamento pessoal. e. d) ser agradável com o pessoal do campo de estágio. principalmente com o supervisor técnico. na lista classificatória. se não houver mais interesse procure o Setor de Estágio para . adequando-se ao ambiente. se não aceitar. volta ao seu lugar original. b) cuidar bem da aparência . e) responder às perguntas que lhe forem feitas com cordialidade e objetividade. se aceitar a vaga proposta.terá que se dirigir ao Setor de Estágio. para mais uma chamada. será providenciado o seu encaminhamento. ORIENTAÇÕES DIÁRIAS: a) ser sempre pontual.

sobre as condições do estágio. c) Folha de Freqüência . falar gírias. com interveniência do CEUMA/UNICEUMA. m) fazer anotações diárias ou semanais para o relatório final de estágio. b)Termo de Compromisso . comprovando que está regularmente matriculado.instrumento jurídico. mascar chicletes. k) cumprir as atividades da melhor forma e dentro dos prazos previstos. Ao ser encaminhado.1. usar óculos escuro dentro dos locais de estágio.formulário para assinatura e anotação diária das atividades desenvolvidas. fazer críticas inadequadas. i) cumprir o regulamento e normas dos campos. h) o que ocorre no campo de estágio é assunto sigiloso. respondendo pelos danos materiais que venha a causar. evite fazer comentários maldosos no próprio local ou fora dele. 3. de enviar-se o aluno para o campo de estágio. documentada. receberá: a) Carta de Encaminhamento . como fumar em locais não permitidos.ajuda. j) zelar pelos equipamentos e bens em geral dos campos de estágio. g) evite algumas atitude que possam trazer transtornos. ler correspondências que não lhe foram autorizadas. n) fazer leituras da Bibliografia selecionada para a fundamentação teórica adequada do trabalho final. o supervisor docente/ técnico deve ser a primeira pessoa a saber dos problemas que ocorrem no campo. celebrado entre o campo de estágio e o aluno.3 Encaminhamento O encaminhamento é a forma legal.pela qual se apresenta o aluno ao campo. l) prestar informações corretas quando solicitadas pelo campo e/ou IES. discutir religião. d) Ficha de Avaliação e Acompanhamento formulário para informações sobre o .

Se encontrar dificuldades para obter informações. independente de encaminhamento e conservará o Termo de Compromisso existente. preencher o Termo de Compromisso para assinatura. exceto para o curso de Direito. receber as orientações específicas do supervisor técnico e elaborar o plano de estágio. que deve ser entregue ao Supervisor Docente. no ato da confirmação do mesmo. Os cursos de Licenciatura recebem formulários específicos. O aluno que estiver estagiando através de Agente de Integração. O aluno deve entregar a documentação ao campo de estágio para dar conhecimento. deve procurar o Setor de Estágio imediatamente para que o supervisor docente analise a situação e sejam tomadas as providências adequadas. poderá desenvolver o estágio no órgão/empresa. desde que atenda as exigências constantes deste manual. .desenvolvimento das atividades.

exceto em casos especiais.2 Da entrega de documentos Para confirmar o estágio. O aluno deverá estar atento quanto a: a) prever atividades que possam ser executadas no prazo previsto para o estágio.1 Elaboração do Plano Individual de Estágio O planejamento da parte prática do estágio será elaborado de acordo com o plano da disciplina e as condições oferecidas pelo local concedente do estágio.2. aquela deverá constar de obras clássicas. considerando o roteiro de elaboração existente ( Anexo A ) ou de acordo com a especificidade de cada curso. c) selecionar Bibliografia relacionada às atividades que serão desenvolvidas no estágio. As datas do termo de compromisso deverão estar de acordo com as datas estabelecidas no plano de estágio. o aluno entrega ao Setor . A Carta de Encaminhamento tem prazo de validade de trinta dias corridos a partir da data de expedição. não podendo ser inferior a esse número. A carga horária diária não poderá ser superior a seis horas e inferior a quatro horas. A leitura durante o período de estágio substanciará o desempenho e a fundamentação teórica necessários ao Relatório. b) que as atividades sejam distribuídas de acordo com o número de horas determinadas para cada disciplina.2.2 DA CONFIRMAÇÃO DO ESTÁGIO 3. reconhecidas como referência e/ou obras atualizadas sobre os assuntos correspondentes. 3. 3.ATENÇÃO O Termo de Compromisso poderá ser preenchido pelo aluno ou pela empresa/órgão.

de Estágio: a) o Termo de Compromisso devidamente preenchido sem rasura e assinado pelo representante do Campo. d) o prazo de entrega dos documentos. a documentação deverá ser entregue via Atendimento ao Cliente (Protocolo). onde será assinado. b) o Plano Individual de Estágio aprovado e assinado pelos respectivos supervisores e estagiário. para sua comprovação. contados a partir da data do encaminhamento ou de acordo com a determinação do SD. pelo Chefe do Setor de Estágios como representante da instituição de ensino. destinando-se uma para o campo e outra para estagiário. ao Setor de Estágio é de 05 (cinco) dias úteis. e dentro do prazo de validade do . devendo ser comunicado ao Setor de Estágio. c) o estagiário receberá. acima citados. duas vias do Termo de Compromisso. e) fora do prazo de confirmação. pelo Supervisor Docente e pelo próprio estagiário.

Para os cursos que comportar estágio I e II e forem desenvolvidos na mesma empresa/órgão. explanando. o Termo de Compromisso poderá ser único. que é de 30 (trinta) dias. É um trabalho que segue normas oficiais de elaboração. a sua experiência/vivência no campo de estágio. quando o estágio for subdividido em dois semestre ou mais. IMPORTANTE O relatório parcial deverá constar como apêndice do relatório final. 3. em decorrência da legislação em vigor. O relatório é o documento que o aluno apresenta à IES. b) o relatório só poderá ser entregue ao Supervisor Docente. sendo discriminado no plano início e término do estágio I e II. o relatório do(s) primeiro(s) será(ão) apenas de descrição simples de atividades. o do último será relatório técnico completo ou de acordo com a especificidade de cada curso.encaminhamento. f) perdendo o prazo de validade do encaminhamento. g) o Campo de Estágio poderá recusar o aluno que não apresentar a via do Termo de Compromisso devidamente assinada dentro do prazo estabelecido. porém. Atente-se a que: a) depois de elaborado e digitado. o aluno deve procurar o supervisor docente para checar a organização de conteúdo e normalização. h) só o supervisor docente pode alterar prazos de início e término do estágio. a responsabilidade será do aluno conseguir a própria vaga para estagiar. constando o início do estágio I e o término o do estágio II.3 ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR De acordo com a Resolução CEPE Nº 054/2003. elaborado dentro dos padrões estabelecidos (Anexo B) e . de forma clara e objetiva.

devidamente assinado pelo supervisor técnico ou de acordo com a especificidade de cada curso. quando houver apresentação oral. d) o relatório deverá ser entregue obedecendo ao calendário elaborado pelo Supervisor Docente. e) junto com o Relatório entrega-se a Folha de Freqüência e o Plano de Apresentação Oral do Relatório (Anexo C). . c) caso o relatório seja deficiente ou não atenda às exigências das normas de elaboração. encaminha o relatório ao Setor de Estágio. estabelecida pelas Normas Específicas. será devolvido ao aluno que terá o prazo máximo de até cinco dias corridos para reformulá-lo. f) após a correção o Supervisor Docente.

sempre aberta ao público. ao elaborar o Plano de Apresentação.3. no contexto da profissão. A pontualidade é dever e sinal de responsabilidade. O aluno. tendo em vista o aspecto de formação de hábitos e atitudes condizentes com o mercado profissional. 3. trabalho de pesquisa. esta será feita ante a banca examinadora ou o supervisor docente. horário. c) críticas e sugestões construtivas. d) que a apresentação terá a duração de quinze a trinta minutos. Após a entrega do Relatório. marca a data. será apenas no último ou único semestre em que se dá o estágio. O quadro que consta a seguir indica os prazos determinados para entrega de documentos e respostas aos chamados: . estagiário e futuro profissional. o aluno terá um prazo para a apresentação oral (Anexo C). b) a experiência vivenciada no estágio enquanto aluno.5 DOS PRAZOS DE ENTREGA DE DOCUMENTOS Todos os documentos têm prazos para ser entregues ao Setor de Estágio. avaliação de seminário ou outro tipo assemelhado. e) que o supervisor docente é quem aprova o plano.4 APRESENTAÇÃO ORAL Quando estabelecida pelas Normas Específicas de Estágio de cada curso. O Setor de Estágio exige dos estagiários respeito aos prazos. e local da apresentação. leva em conta: a) a importância da área do estágio/tema em foco.

Idem 03 Confirmação de Estágio através de requerimento Até trinta dias após a data de encaminhamento (depois disto corre o risco de ficar reprovado) Idem 04 Folha de Freqüência do campo Junto com o Relatório de Estágio Curricular Todos 05 Relatório de EstágioCurricular ou documento comprobatório de .Quadro 04 Prazos de Entrega de Documentos ao Setor de Estágio Documentos/tipo Prazo Curso 01 Ficha de Cadastro Após matrícula e até o final da segunda semana de aula Todos que tem estágio curricular 02 Confirmação de Estágio Cinco dias úteis após a data de encaminhamento ou de acordo com SD.

realização de estágio exigido pelas normasespecíficas de curso a) Calendário elaborado pelo SD. Letras e Pedagogia. 08 Encontros individuais com o supervisor docente Durante o desenvolvimento do estágio em campo. aproveitar a experiência de ensino. . 2º semestre Todos Todos 06 Plano de Apresentação do Relatório Junto com o Relatório de Estágio Curricular Para os cursos com apresentação oral 07 Comprovantes de trabalho. empresário. no mínimo cinco. 1º semestre b) Idem. de experiência de ensino e empresários Até o final do mês de março no 1º semestre e agosto no 2º semestre estágio no trabalho. de acordo com o calendário da Secretaria Acadêmica.

Todos 11 Prazo final deencaminhamento ao campo de estágio 30/04 para o 1º semestre 30/09 .para o 2º semestre Todos 12 Prazo final de confirmação de estágio 10/05 10/10 Todos 13 Para alunos corrigirem erros do relatório Até cinco dias.Exceto os cursos de licenciatura por serem diferenciados 09 Comunicação do Setor de Estágio por telefone/carta/fax ou e-mail Até 48 horas para resposta. após a verificação pelo SD Todos para o 1° semestre para o 2º semestre AVISO: Caso o aluno não cumpra os prazos previstos acima . Todos 10 Resposta ao Recrutamento Até 48 horas depois de afixado no mural do Setor de Estágio.

poderá perder até dois pontos na nota de desempenho. .

tendo como referência o desempenho do estagiário. 2) o relatório sobre a experiência do estágio. exceto as especificadas como de grupo nas normas de cada curso.3. a iniciativa e cooperação. e) interesse. 3.1 Instrumentos de Avaliação De acordo com Resolução Normativa.6 DA AVALIAÇÃO O processo de avaliação é contínuo.6. referindo-se às atividades instituídas como supervisão e ao cumprimento do plano individual para as atividades de campo. As atividades para avaliação são estritamente individuais.1 Desempenho O desempenho do aluno no estágio em empresas e na prática de ensino é avaliado levando-se em conta: a) domínio do conhecimento técnico-científico.6. 3.2. 3) a apresentação oral do relatório (Anexo C). e/ou documentos comprobatórios de atividades instituídas pelas Normas Específicas de cada curso. d) a pontualidade e cumprimento de prazos.2 Critérios 3. rigorosamente dentro das normas estabelecidas no anexo B. A avaliação da aprendizagem caberá ao Supervisor Docente. c) a capacidade de detectar problemas e propor soluções. são três os instrumentos de avaliação: 1) o desempenho do aluno nas atividades de estágio (todos os cursos). f) as informações prestadas pelo supervisor técnico quanto à qualidade das atividades . b) a conduta ética profissional e a responsabilidade.6. instituída pelas normas específicas de cada curso.

introdução. b) a análise das atividades desenvolvidas. à responsabilidade na condução do estágio no campo.desenvolvidas no campo. à criatividade e iniciativa pessoal. demonstrando o domínio do conhecimento técnico-científico. as inferências.2. clara e precisa. c) a linguagem objetiva. 3. . com a aplicação correta de termos técnicos e específicos das áreas profissionais do curso. à assiduidade e pontualidade.2 Relatório O Relatório é avaliado levando-se em conta: a) a comunicação correta e fidedigna da experiência do estágio em campo com as devidas fundamentações teóricas. desenvolvimento e considerações finais. conclusões e sugestões. ao domínio do conhecimento técnico-científico.6. deduções. d) a adequada exposição dos elementos textuais. à postura condizente com o local de estágio. ao interesse e cooperação.

3. expressa por média aritmética simples das notas atribuídas aos instrumentos de avaliação. e) a postura pessoal e profissional. ao aluno responsável pelo ato. 3. anexos e apêndices.3 Apresentação Oral A apresentação oral de Relatório ou outra Prática Oral será avaliada segundo desenvolvimento do plano de apresentação. dentro do . g) a seleção adequada de Bibliografia e sua utilização no trabalho como fundamentação teórica.2. levando-se em conta: a) o domínio do conhecimento técnico-científico. em conseqüência. IMPORTANTE O Relatório é um trabalho individual sua cópia parcial ou integral fere os princípios éticos e de direito autoral. outras punições previstas no Regimento Geral desta IES.7 DA APROVAÇÃO Será atribuída uma única nota de zero a dez.e) a utilização correta de ilustrações. h) ao cumprimento das normas de elaboração e pontualidade na entrega ao Setor de Estágio. f) a criatividade adequada ao trabalho técnico. será atribuída a nota zero ao relatório em que for comprovado este tipo de fraude. b) a capacidade de síntese e objetividade.6. d) a distribuição correta do tempo. c) a criatividade. ainda. cabendo.

podendo optar pelo estágio em campo com tema dentro da área específica diferente da que foi desenvolvida. provas de segunda chamada ou exercícios domiciliares. . O aluno que não lograr aprovação deverá realizar a disciplina em outro semestre letivo. Será aprovado o aluno que: a) obtiver freqüência integral em todas as atividades. Não cabe à disciplina Estágio Supervisionado Curricular a realização de Exame Final. não haverá dispensa de nenhuma atividade prevista para a disciplina. Ao aluno reprovado.prazo determinado pelo calendário escolar.0) atribuída a cada um dos instrumentos de avaliação do estágio. quando for oferecida. Recuperação. respeitando-se os prazos legais estabelecidos para integralização de grade curricular. b) e nota mínima de sete (7. ao final de cada semestre letivo ou de acordo com a especificidade de cada curso.

mas nunca além de seis horas diárias. deverão apresentar documentos comprobatórios: a) cópia da Carteira Profissional: páginas de identificação (anverso e verso) e contrato de trabalho.8. o horário. c) que a empresa aceite o funcionário fazer estágio no seu horário de trabalho. no quadro funcional. 3. ou fora deste. d) Plano Individual de Estágio aprovado (folha de aprovação 2(duas) vias).8. rol das atividades desenvolvidas pelo setor. pessoas com instrução de nível superior na mesma área do curso do aluno.3. em papel timbrado.3 Proprietário de empresa: . b) tenha. 3. b) cópia do ato de nomeação publicado no diário oficial respectivo. indicando o setor que o aluno vai estagiar. desde que sejam atendidas as seguintes condições: a) que a empresa tenha setor de atividades compatíveis com as necessárias para o desenvolvimento do estágio. sem exigência de Convênio e Termo de Compromisso.1 Condições O aluno pode fazer estágio no próprio local de trabalho. ou com atribuição de competência para ser supervisor técnico do estagiário. c) documento do campo de estágio. se servidor público.8.8 ALUNOS QUE TRABALHAM E/OU PROPRIETÁRIOS DE EMPRESA 3.2 Alunos que trabalham Quando optarem em fazer o estágio na empresa/órgão. se for empregado/CLT. assinado pela chefia respectiva.

o aluno poderá dar início ao desenvolvimento das atividades descritas no plano de estágio. c) Relação de Tarefas que desempenha no ambiente profissional. Aceita a documentação. . d) Plano Individual de Estágio aprovado (folha de aprovação 2(duas) vias). em papel timbrado e assinado pelo profissional que será o supervisor técnico.a) Cópia do Contrato Social. b) Cópia da Carteira de Identidade.

3. d) mesmo aceita a justificativa. se for o caso.9.0 (sete). exceto nos casos previstos na legislação de ensino. f) a nota mínima é 7. e) a impontualidade levará o aluno a perder até dois pontos na nota de avaliação de desempenho e/ou do Relatório. desta IES e endereçada ao Setor de Estágio. será considerado ato de impontualidade. b) a entrega de documentos fora do prazo deverá ser requerida.9 ATRIBUIÇÕES 3.IMPORTANTE a) a pontualidade é um critério de avaliação. c) deve ser instruída devidamente. através do Atendimento ao Cliente. para obter aprovação no estágio curricular. oficialmente.1 Estagiários Cabe ao estagiário: . em qualquer instrumento de avaliação. g) a demora na confirmação de estágio pode implica na perda de vaga de estágio e/ou comprometer os prazos assumidos. com documentos que comprovem o motivo de atraso.

f) contribuir. c) assumir e desenvolver. receber o Manual. quando em seu poder. e) assumir atividades compatíveis com sua condição de estagiário e com o processo de ensino-aprendizagem. . no decorrer do estágio. b) cumprir a carga horária destinada. fixada nas grades curriculares de cada curso. d) observar o horário da Instituição e o cumprimento da programação estabelecida para o estágio. g) atender às datas e prazos de avaliações do estágio e às convocações dos Supervisores e do Setor de Estágio. h) responsabilizar-se pela documentação. integralmente. assim como pela fidedignidade das informações prestadas.a) credenciar-se junto ao Setor de Estágio. com responsabilidade. para a construção de propostas alternativas da prática profissional. proceder a sua leitura para informar-se corretamente sobre o desenvolvimento do estágio. as atividades no campo de estágio cumprindo as cláusulas do Termo de Compromisso.

as atividades destes no campo de estágio. b) durante o desenvolvimento das atividades. com supervisores docentes e estagiários.10 DESLIGAMENTO DE ESTAGIÁRIO O desligamento do estagiário em empresas e ou ambientes específicos das UNICEUMA ocorre: a) automaticamente. 3. g) estimular o intercâmbio entre curso e campo de estágio. orientar e avaliar o desempenho do estagiário. f) acompanhar. b) tomar conhecimento.i) apresentar documentos e instrumentos de avaliação de acordo com as determinações deste Manual e Supervisor Docente. analisar e assinar a documentação do aluno. e) discutir com a Coordenadoria de Estágio as situações que impliquem o desligamento do aluno do campo de estágio. d) informar à Coordenadoria de Estágio qualquer ocorrência que esteja prejudicando as atividades do estagiário e/ou às instituições. h) proceder.2 Supervisor Técnico Cabe ao supervisor docente informar ao supervisor técnico as seguintes atribuições: a) definir. a estudos sobre questões pertinentes à prática profissional e ao processo de supervisão. com os estagiários. c) estabelecer os dias de supervisão e avaliação no local de estágio. 3. . j) comunicar imediatamente ao Setor competente ocorrência de problemas que afetem o próprio desempenho no estágio. ao término do estágio.9.

f) se houver trancamento de matrícula. por oito dias consecutivos ou quinze dias intermitentes. a falta de postura pessoal e profissional adequada e falta de ética profissional. a falta de aproveitamento e rendimento. mediante requerimento devidamente instruído. d) pelo não comparecimento ao estágio .no interesse e por conveniência das UNICEUMA. implicando em reprovação. sem motivo justificado. c) ante o descumprimento. g) deixar de freqüentar as aulas ou não freqüentar regularmente as atividades escolares. de qualquer cláusula do respectivo Termo de Compromisso. e) a pedido do estagiário ou na impossibilidade de permanecer estagiando. se comprovada pelos respectivos supervisores. no período de um mês implicando reprovação. . implicando reprovação.

Lei nº 6. de 26 de novembro de 1996. alterada no seu artigo 1º. pela Lei nº 8. de 07 de dezembro de 1977.859. que estabelece normas gerais de funcionamento do estágio supervisionado curricular. alterado no seu artigo 8º. pelo Decreto nº 2080.1 LEGISLAÇÃO FEDERAL Que institui o estágio supervisionado. do Conselho de Ensino. de 18 de agosto de 1982. 4. . Pesquisa e Extensão.2 LEGISLAÇÃO INTERNA Resolução CEPE Nº 054/2003.497.494. de 20 de novembro de 2003. Regulamentada através do Decreto nº 87.4 DISPOSIÇÕES LEGAIS O estágio supervisionado desenvolve-se segundo o que está disposto na Legislação federal vigente e ao que está regulamentado internamento pelos órgãos competentes deste IES. 4. de 23 de março de 1994.

ANEXOS .

Plano Individual de Estágio PLANO INDIVIDUAL DE ESTÁGIO 1 DADOS GERAIS 1. geral e do setor do estagiário (fax.2 Endereço postal 1.2 IDENTIFICAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO 1. período.2.2.1 Nome completo 1. sendo realizado no turno da manhã.3 Telefones. fax.1 IDENTIFICAÇÃO DO ESTAGIÁRIO 1. cargo que ocupa e telefone direto 1.2 Curso. email) 1.2.1.1. E-mail 1.6 Nome completo do Supervisor Técnico. das 8:00 às 12:00 horas.3 Endereço postal 1.2.5 Nome dos dirigentes locais 1.4 Ramo de atividade 1.1 Nome completo 1.2.2. perfazendo uma carga horária semanal de 20 . código de matrícula e CPD 1.1.3 PERÍODO DE DURAÇÃO E CARGA HORÁRIA DO ESTÁGIO O período de duração do estágio curricular será de 01 de março de 2004 a 30 de junho de 2004.ANEXO A .1.4 Telefone.

.horas e total de 300 horas.

4 IDENTIFICAÇÃO DO SUPERVISOR DOCENTE 1.. 2.3 OBJETIVOS Explicitar os objetivos gerais e específicos enquanto estagiário.Estágio I: Início: 01/03/04 Término: 27/04/04 Estágio II : Início: 28/04/04 Término: 30/06/04 1. do modo como se insere no campo de estágio e da motivação pessoal.São Luís .4.Fax: (098) 235-3265 . claro e objetivo a(s) área(s) sobre a(s) qual(ais) versará(ão) o estágio. em relação ao que vai ser desenvolvido no estágio.Rua Anapurus.com. Sistema. 2.CEP: 65075-120 Fone: 214-4277 .Renascença II .1 Nome completo 1. 2.S. Exemplo: O estágio curricular supervisionado será realizado na área de O. e Métodos da Administração Geral.4.4 METODOLOGIA .MA .3 Endereço: UNICEUMA .2 Departamento e curso 1.1 ÁREA DE ATUAÇÃO Citar de modo sucinto. em função do contexto profissional.2 JUSTIFICATIVA Justificar a área de atuação escolhida.E-mail : ceuma @ elo.4.Loteamento Bela Vista . ou o que se pretende alcançar em nível pessoal e profissional.br 2 DADOS ESPECÍFICOS 2.Organização.M. 01 .

atendimento a clientes para ouvir relato sobre atendimento etc. Exemplo: Entrevistas. elaboração de organogramas. análises de documentos. Humanos: Quantidade Cargo Formação 1 Analista Financeiro Administrador 1 Gerente Comercial Nível Médio Total: 2 Recursos Materiais: . análise de processos.Indicar os possíveis métodos e procedimentos referentes ao desenvolvimento do estágio e avaliação do estagiário. pesquisa bibliográfica. 2.5 RECURSOS Indicar os recursos existentes no campo/setor de estágio. pesquisa em campo. participação de audiências. criação e aplicação de questionários.

Computador. Fax. Impressora. Vídeo Conferência . Telefone.

dias ou semanas.2. Exemplo em semanas: ATIVIDADES março abril maio junho SEMANA SEMANA SEMANA SEMANA 1 2 3 4 5 1 2 3 4 .6 CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO Listar atividades com respectiva previsão de execução em horas.

Adaptação 2.Atendimento a clientes 3. contratos vigentes x y y 6-Avaliação resultado .Negociação de Propostas x x 4-Elaboração de Contratos 5-Manut.5 1 2 3 4 5 1 2 3 1.

Satisfação cliente 3 REFERÊNCIAS Indicar de modo correto toda a Bibliografia que vai ser usada como apoio ao desenvolvimento do estágio e para elaboração do Relatório Final. .7-Elaboração de propostas 8-Aval.

.

.2 ASSINATURA DO SUPERVISOR TÉCNICO 4.ÍTEM ____ TOTAL . SIM .5 ASSINATURA DO SUPERVISOR DOCENTE . INICIAR NA DATA PREVISTA .1 ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO 4..4 APROVAÇÃO DO PLANO 4..4 DATA ______/______/________ 4. REAPRESENTAR ATÉ O DIA _____/____/____ INÍCIO DO ESTÁGIO ..3 APROVAÇÃO APROVADO .DIA ____/____/_____ TÉRMINO DO ESTÁGIO PREVISTO PARA ______/______/_______ 4. NÃO .. REVISÃO .

.

1 CONCEITO Relatório é o documento utilizado para expor os resultados de atividades variadas. em cumprimento ao que está disposto nas normas específicas do estágio de cada curso.estágio curricular 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1. de acordo com o que foi estabelecido no Plano Individual de estágio.Normas para elaboração do relatório final . É um relato formal com informações sistematizadas. 1. como material de estudo e pesquisa para o acervo da Biblioteca do UNICEUMA. enquanto estagiário.ANEXO B . através das informações prestadas pelos alunos. b) identificar pontos críticos para a reestruturação do currículo escolar. 1. c) documentar oficialmente o estágio.2 OBJETIVOS O Relatório Final de Estágio Curricular tem por objetivos: a) informar de maneira organizada o desempenho e as atividades desenvolvidas pelo aluno durante o estágio curricular no campo. Nestas apresenta conclusões e traça as devidas recomendações. O Relatório do Estágio Curricular é a forma de documentar o que o aluno realizou.3 PONTOS BÁSICOS O relatório final é um trabalho individual para .

como apoio ao desenvolvimento das atividades. Fazer a leitura durante o tempo do estágio. o que será útil para a fundamentação teórica do relato. os problemas e as soluções encontradas etc. conforme o cronograma proposto. quando e como ocorreu o estágio.4 CONTEÚDO O texto a ser escrito consta do que. Ao final do estágio. Ao começar o estágio. A elaboração exige bastante rigor.conclusão do curso de graduação. demandando certo tempo e atenção do estagiário. deve fazer uma seleção adequada de Referências. . As atividades não podem ser simplesmente descritas: serão objetos de análise. correta e impecável. as atividades. reflexão e os pontos onde se assentam as conclusões. O plano individual de estágio é norteador das atividades a serem desenvolvidas. Será escrito como se estivesse contando uma estória. de caráter obrigatório. É importante também fazer as anotações do que ocorre no campo. Deve ser mostrado como se trabalhou este planejamento feito no início. elaborar o documento atentando aos pontos que necessitam ser seguidos para uma apresentação escrita e oral. exposto de maneira tal que qualquer pessoa que leia o documento tenha uma idéia clara de como transcorreu. 1. com ênfase nas experiências vivenciadas.

c) a capacidade de síntese será demonstrada em um estilo formal. Observar: a) o emprego correto do idioma. adequados e especificamente. d) os fundamentos teóricos relacionados com a análise e síntese das atividades do estágio devem ser expostos. 1. b) a comunicação é sempre correta. cumprindo sempre citar-se as fontes de informação. g) não se fazer afirmativas sem comprovação. os lugares .5 LINGUAGEM Deve ser despojada. 1. c) a aplicação adequada de termos técnicos. para que se tenha claro o início. h) usar dados numéricos no lugar das expressões muitos. poucos. e) não omitir qualquer dado importante e essencial. e) o uso inadequado de maiúsculas para chamar a atenção.. o desenvolvimento. d) evitar-se as digressões.6 EXATIDÃO . Podem ser feitos acréscimos. objetiva. sem se mostrar pedante ou afetado. b) o uso de um estilo formal. lembrando que números até cem se escrevem por extenso.comuns e as frases feitas. artigos científicos etc. clara e concisa com o uso preferencialmente da terceira pessoa impessoal ou terceira pessoa do plural. f) o uso de citações de forma devida.Observe-se o seguinte: a) o relato deve mostrar a expressão de pensamento com clareza e objetividade. alguns. de preferência obras clássicas e autores modernos já reconhecidos. incomuns ou complexos. pautados nas Referências previamente selecionada e já demonstrada no Plano de Estágio. o final do estágio e como realmente aconteceu.

8 NUMERAÇÃO DE PÁGINAS As páginas devem ser numeradas em seqüência. Os títulos devem ser impressos em caixa alta e negrito. terciárias. aplicando-se as disposições da NBR 6024/89.. citações etc. necessitando de uma divisão detalhada de seções. secundárias.As informações serão precisas. Quem elabora um relatório é o responsável pelo conteúdo. não deixando quaisquer dúvidas quanto à sua veracidade. 1. utilizando-se algarismos arábicos. Não se usa ponto. sendo a mais longa. Sejam observados: . os subtítulos impressos de outra forma de modo a realçar a hierarquia utilizada nas divisões e subdivisões. Essas seções podem ser primárias. cabe a aferição detida de todas as fontes de consulta e material utilizado. Usa-se a numeração progressiva. Por isso.7 NUMERAÇÃO DE SEÇÕES O texto do trabalho constitui a parte central do relatório. travessão ou qualquer outro sinal após o indicativo de seções ou títulos. quaternárias e quinarias. hífen. fidedignas. 1. quadros estatísticos e gráficos.

fazendose coincidir o último algarismo com a margem direita do texto. e 10 para citações longas. incluindo os elementos pós . Entretando. . a ficha catalográfica. a numeração é registrada a partir da introdução: b) a numeração seqüencial é contínua até o final do relatório. 1. com exceção para a folha de rosto que deverá conter. e) entre títulos das seções e subseções e o texto que os dois espaços duplos. c) Utilizar sempre tinta de cor preta para a impressão do texto. b) inferior e direita 2 cm. legenda das ilustrações e tabelas. podendo as ilustrações serem coloridas. c) parágrafo 2. tamanho 12 para todo o texto. g) entre o texto e citações longas e vice-versa espaço duplo. c) a numeração deverá figurar ao alto da folha. espaço duplo.10 ESPACEJAMENTO a) Utilizar papel branco.0 cm a partir da margem esquerda. 1. a partir da folha de rosto. gráfico ou tabela e vice-versa.0 cm da borda superior direita. d) citação longa 4. a ficha catalográfica. a 2. b) entre parágrafos.9 FORMATO 1. em fonte tamanho 10. no verso.7cm). referências. sucede e precede f) entre o texto e ilustração. ABNT. a natureza do trabalho. usar-se espaço duplo.0 cm a partir da margem esquerda. paginação e legenda das ilustrações e tabelas. espaço duplo. formato A4 (21 x 29. Os textos deverão ser digitados apenas no anverso da folha.a) que devem ser contadas seqüencialmente.textuais. notas de rodapé. d) entre referências. espaço duplo. b) A fonte. notas de rodapé. recomendando-se o uso de tipos assemelhados a Times New Roman ou Arial. a) texto. o objetivo espaço simples. c) citações longas.11 MARGENS a) esquerda e superior 3 cm.

13 ELABORAÇÃO Para elaborar o relatório sugerimos a seguinte seqüência de passos: a) Leitura das normas de elaboração. revise bem. material de anexos e apêndices. . b) Juntar todo material necessário. Se for colocar capa dura. das normas e do conteúdo. c) Fazer o rascunho do texto sobre o estágio. anotações feitas sobre as atividades.1. anotações de leituras. 1. ilustrações.12 ENCADERNAÇÃO É aceito todo sistema que fixe bem. Não encadernar sem a revisão ortográfica. permitindo que o relatório fique aberto horizontalmente para a leitura. seja durável e que dificulte a retirada das páginas.

página de identificação. LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS. g) Elaborar as considerações finais tendo como base o texto. possíveis erros. SUMÁRIO. AGRADECIMENTO. levando em conta a leitura das referências que usou para o desenvolvimento das atividades de estágio e o relato textual sobre o mesmo. colher assinatura do Supervisor Técnico (exceto alunos de Pedagogia e Letras). n) Ordenar segundo a disposição correta de todos os elementos. i) Elaborar o sumário. separando as ilustrações e citações que vão ficar dentro do texto. o que vai ser anexo e o que vai ser apêndice. m) Elaborar capa. paginando devidamente. e) Corrigir e dar forma final incluindo o material ilustrativo. p) Entregar no dia marcado. se foram usados termos técnicos de difícil entendimento. Os títulos sem indicativo numérico ERRATA. epígrafe. agradecimentos. no Setor de Estágio. Fixar os números de páginas nas listas e sumário. cumpre lê-lo e relê-lo evitando-se assim. já colocados na ordem em que aparecem no texto. digitando e formatando. j) Organizar as listagens. 2 ESTRUTURA DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO CURRICULAR .d) Ver se é necessário mais material para esclarecer o texto. então elaborar se for o caso tabelas. proceder à encadernação e posterior entrega. folha de rosto. quadros. depois. e só então traçar as devidas conclusões e recomendações. f) Elaborar o item: fundamentação teórica. dedicatória. LISTA DE ILUSTRAÇÕES. então. e mais material para anexos e apêndices. REFERÊNCIAS. l) Elaborar o Glossário. gráficos. referências. h) Elaborar a introdução mostrando devidamente como foi feito e como está o relatório. que é a cópia fiel dos títulos e subtítulos do trabalho. página de aprovação. junto com as Folhas de Freqüência e o Plano de Apresentação Oral. GLOSSÁRIO devem ser centralizados e sem negrito. o) Ao concluir o relatório.

(maiúsculas e negrito). a identificação do . Contém os dados essenciais como nome do autor. (com identificação do aluno).1.1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS 2. ou uma capa falsa de acordo com a criatividade.1. o material usado deve ser resistente ao manuseio. título do relatório. em maiúscula e negrito. fotos gravuras como marca d água.(Espaço duplo). desde que tenha a capa oficial.1 Capa Parte externa do trabalho. Deve conter: nome da instituição. cidade (só inicial maiúscula) e ano. 2. (maiúscula s/negrito). área.2 Folha de rosto (Anverso) Constitui-se elemento obrigatório. Permitem-se cores. Portanto.A estrutura básica de um relatório deve compreender três grandes divisões: 2. nome do autor.

de forma sóbria e breve. área.3 Verso folha de rosto Deve conter.1. 2.1. Pode ser em forma de tabela. seguida das devidas correções. Deve ser expressa em folha independente. (elemento opcional). espaço para a data de aprovação e nota. podendo aparecer o nome do supervisor docente. Não pode conter cores nem gravuras. (espaço simples e fonte 10).5 cm.trabalho. nome e assinatura do supervisor técnico(exceto para alunos de PEDAGOGIA E LETRAS). nome e assinatura do supervisor docente.5 Folha de aprovação É obrigatória e deverá conter nome do autor. 2. ficha catalográfica com dimensões 7. 2. 2. ao pé da página. disposta à direita.4 Errata É uma lista dos erros ocorridos no trabalho. Nela o autor presta homenagem ou oferece o relatório a determinada(s) pessoa(s).1. cidade e ano.5 x 12.1.1. a mesma será solicitada pelo autor do relatório na Biblioteca. acrescido ao Relatório depois de impresso. 2. título. (espaço duplo e fonte 12) natureza e objetivo do relatório (com ou sem moldura).6 Dedicatória É opcional. na metade inferior da folha. natureza e objetivo.7 Agradecimentos . Deve apresentar-se em folha avulsa ou encartado logo após a folha de rosto.

Consiste em palavras de reconhecimento a pessoas e/ou instituições que contribuíram de maneira relevante para a realização do trabalho. quadros. Deve ser elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto. podendo apresentar-se ou não. A palavra AGRADECIMENTO deve figurar no centro da página independente.8 Epígrafe É opcional. A partir de seis linhas considerar muito longa e usar fonte 10. fluxogramas. utilizada apenas quando o número de ilustrações justificar sua elaboração (mais de cinco ilustrações). de forma enumerativa. 2. plantas. esquemas.1. em caixa alta e sem pontuação. 2.9 Lista de ilustrações Folha opcional Traz a relação de desenhos. compilada entre aspas. mapas e outros constantes do relatório. de pessoas envolvidas com o Relatório. Disposta à direita e na metade inferior da página. No caso de citação. fotografias.Página opcional.1. com a indicação da autoria. logo abaixo. . linguagem simples e objetiva. gráficos. se constitui em citação(ões) ou fala.

escritas as primeiras. f) Se houver mais de cinco de cada.apenas a inicial em maiúscula.. lista de tabelas. c) Número de ordem das ilustrações .12 Lista de símbolos . . e) Paginação da ilustração . Essas listas devem ocupar páginas próprias. com a indicação da página respectiva. em minúsculas.. em páginas separadas como: . telas de computador. b) Tipo da ilustração .acima e ao centro da página.11 Lista de abreviaturas e/ou siglas É elemento opcional que consiste na relação alfabética das mesmas utilizadas no texto.9. e sem pontuação.1.1 Forma de apresentação a) Título da listagem .. lista de fotos.). desenhos etc.2. grafadas por extenso. elaborar-se listagens específicas. em maiúsculas.1. seguidas das palavras ou expressões correspondentes. a fim de dar ao leitor condições de melhor entendimento do texto.algarismos arábicos e na ordem em que aparecem no texto. .. lista de gráficos. lista de quadros (quadros com dados estatísticos ou demonstrativos). lista de figuras (fluxogramas. d) Título ou especificação da ilustração . 2. e as últimas em maiúsculas.em caixa baixa. . . 2.1. Deve ser utilizada apenas quando a quantidade justificar a sua elaboração.10 Lista de tabela É opcional e segue a mesma regra da lista de ilustrações. 2. apenas a inicial maiúscula..1.em algarismos arábicos.

em maiúsculas e sem pontuação. grafados em minúsculas e deve apresentar-se em folha própria.numeração progressiva.A NBR 6024/89 . 2. Forma .É elemento opcional que contém a relação dos símbolos relacionados de acordo com a ordem de ocorrência no texto. c) Titulação . . d) Paginação indicada em algarismos arábicos para localizar a folha inicial de cada seção.ABNT dispõe sobre o assunto.13 Sumário É elemento obrigatório que consiste na enumeração das principais divisões e subdivisões do relatório. Precede o corpo do relatório propriamente dito. seguidos dos respectivos significados. na mesma seqüência em que aparecem no texto. acima e ao centro da página. b) Indicativo .1. sem reentrâncias. Os tópicos do sumário devem corresponder exatamente a parte textual e pós-textual.grafada exatamente como consta no relatório. na mesma seqüência e grafia: a) Título representado pela palavra Sumário.

3. endereço. Podem ser colocados os objetivos.1 IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO E DO CAMPO DE ESTÁGIO A forma é a critério do aluno. b) do campo de estágio: Nome. ano de início e término de curso. ramo de atividade. jornada semanal e diária. e-mail. as justificativas. carga horária total do estágio. curso. dividido em suas diversas partes. em uma só folha separada.2 INTRODUÇÃO É a parte do texto em que se descreve a área de atuação. telefone. turma e ano. . Título em negrito e maiúsculas à esquerda com indicativo 1. data de início e término do estágio. período. cargo e/ou função). a temática global e como é cada parte do relatório. 3. por ser a primeira seção do texto. supervisor técnico (nome. mostrando ao leitor o conteúdo do relatório. ELEMENTOS TEXTUAIS 3. texto contínuo e sem numeração. Constitui-se de: a) dados do estagiário: nome. Folha onde consta os dados gerais de identificação do estagiário e do campo de estágio.

como a prática vivenciada. . geralmente curto. por ser a primeira seção do texto. sustentam o que foi escrito no relatório. (em geral uma página e/ou no máximo três). O que vai ser exposto no relatório deve tomar como base tanto estas proposições teóricas. e o que atualmente é desenvolvido na área. Título em negrito e maiúsculas à esquerda com indicativo 2. para um bom embasamento no assunto e estar ciente do que já foi escrito. 3. Esta é a parte em que ocorre a apresentação das idéias. deve-se inicialmente fazer um levantamento bibliográfico. tomados como base.3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA Quando se propõe realizar um trabalho técnico ou científico. dos princípios. De qualquer forma deve-se procurar ler e selecionar o que for mais adequado ao desenvolvimento do estágio e para elaboração do relatório com citações devidas. dos fundamentos. que. escassas.Introdução não é resumo. Texto contínuo. Em alguns assuntos as bibliografias são abundantes. em outros. nem deve antecipar considerações e/ou sugestões. Apresenta-se em folha separada.

à esquerda. viagens. autores.2 1. inclusive as notícias veiculadas pela mídia escrita. Os eventos. Usar numeração progressiva e texto contínuo. Texto contínuo. a abordagem teórica do relatório a massa crítica usada. falada e televisada. com indicativo 4. número de funcionários e como funciona.1 1. obras. e as entidades. Título em negrito e maiúsculas.3 1. cursos. onde o estagiário vai expor a vivência no campo.4 CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO É onde o estagiário mostra como é o campo de estágio. características e peculiaridades sobre o campo. devem ser indicados. Organograma . Breve descrição do setor onde foi realizado o estágio. com indicativo 3. no máximo em duas folhas ou de acordo com orientação do Supervisor Docente e especificidade de cada curso. através da leitura. 3. É. entrevistas relacionados ao estágio devem ser relacionados. Item 1 Caracterização do Campo de Estágio Desenvolver este item expressando apenas os dados que se pedem.6 Breve histórico. em no máximo três ou quatro folhas: 1. em suma. Área de atuação. uma visão exata do .5 O ESTÁGIO (DESENVOLVIMENTO) É a parte principal do relatório.5 1. à esquerda. Título em negrito e maiúsculas.Na fundamentação teórica. conferências. Deve ser citada também a própria abordagem do curso de graduação. demonstrando e informando de modo a que se tenha. inclusive governamentais. Outros comentários (opcional).4 1. 3. simpósios. Importância do campo para a comunidade em que se insere.

as metodologias empregadas. . .que ocorreu e o que significou para o aluno. É importante que o estagiário se atenha à área específica do estágio e ao plano apresentado: . contestar. maiusculas.expor objetivamente demonstrando os trabalhos efetivados.. . confrontar a realidade com o que viu no curso e com o que foi planejado. com indicativo 5. descrevendo as principais características das etapas percorridas. os problemas encontrados e solucionados. argumentar e definir posições. questionar. narrando parte por parte do desenrolar do estágio. através de material recolhido e ou produzido durante o estágio.. analisar e argumentar. à esquerda.. Título em negrito. contando tudo. .. conter as ilustrações essenciais. para uma clara compreensão das idéias e fatos expostos. tais como: a) desenvolvimento das atividades . intituladas e numeradas. O texto retrata como aconteceu exatamente o estágio no campo. Devem ser usadas as divisões e subdivisões devidas.

pela forma.6 CONSIDERAÇÕES FINAIS O texto deve conter a conclusão do conteúdo exposto no estágio. Figuras são imagens visuais como mapas. Se forem maiores vão para os anexos. b) Informações complementares são dados necessários para a complementação do relatório de acordo com o próprio texto e/ou especificidade de cada curso. constando no corpo do relatório. As ilustrações devem seguir o mesmo formato do relatório. usando-se numeração progressiva. As tabelas são numeradas consecutivamente. avaliar cada etapa. 3. Compreendem as tabelas e figuras etc.. Ressaltar os pontos fortes e importantes. o texto é pessoal com base na fundamentação teórica sobre o assunto. Título em negrito e maiúsculas. dando a idéia exata do desempenho do aluno enquanto estagiário.. os seminários. Devem ter numeração seqüencial arábica. (observar o exemplo de sumário nestas normas).São elementos integrantes do texto. diagramas. Os quadros e gráficos são considerados como tabelas.. já preparando os argumentos das conclusões e recomendações. c) Ilustrações . apresentando o próprio ponto de vista. É obrigatória a legenda: o tipo de ilustração. seguida do número e título correspondente. (Considerem-se os elementos textuais). fotografias. gravuras etc. É o fechamento do trabalho. dobrar adequadamente ou reduzir o tamanho. os projetos e os artigos científicos. e constar nos anexos. Nesta parte se colocam os dados e resumos dos relatórios de Estágio anteriores a este. com citação da fonte. Todas as ilustrações essenciais para a compreensão devem ser incluídas nesta parte do relatório. devidas sugestões e análise crítica do estágio em termos de contribuição para a formação profissional do estagiário. desenhos. Devem ser localizadas o mais próximo possível da parte do texto onde são citadas. Os subtítulos devem retratar a hierarquia. salvo quando as dimensões não possibilitem. também os pontos . quando não for possível. desde que não ocupem mais que meia página. d) No mínimo devem ser apresentadas quinze páginas de texto. . esquemas.

com paginação até o final do documento. constituído de uma lista das referências de todas as fontes utilizadas num trabalho pelo autor. tendo em vista um melhor posicionamento frente ao estágio curricular. apresentar técnicas. abordagens e caminhos que poderão ser percorridos por outros. Constitui-se de título e texto contínuo. inclusive as mencionadas em nota de rodapé. Título em negrito e maiúsculas à esquerda.1 REFERÊNCIAS É o elemento obrigatório. 4 ELEMENTOS PÓS . Em geral por ordem alfabética. Com base no que foi escrito. .fracos. com indicativo 6. 4. que foi devidamente citado.TEXTUAIS Inclui-se nessa parte todo o material complementar ao texto e esclarecedor.

4. Relacionar. Plano individual de estágio. mas não aparece o número. é bom referir apenas o que vai realmente servir como suporte ao desenvolvimento das atividades do estágio e ao relatório. para relacionar as obras consultadas de maneira correta. Lembrar-se de que no Relatório final de Estágio. ANEXOS É o material originado de outra fonte.(Só se coloca um documento em anexo se for mencionado no texto). Qualquer dúvida consultar um bibliotecário. 4. São formulários. com a palavra APÊNDICE em maiúscula. tabelas e figuras muito extensas. esta listagem deverá ser comentada como fundamentação teórica do trabalho a ser apresentado. textos de seminários etc. interromperia sua seqüência lógica. etc. documentos. A forma de apresentação é igual a do apêndice.A forma de apresentação deve observar o disposto na NBR 6023/02 . Figura em folha independente. notas explicativas longas. . questionários. 4. As folhas de separação são contadas. de acordo com as normas sobre o assunto.2 GLOSSÁRIO Elemento opcional. devendo o título ser grafado em maiúsculas. com lista de palavras também em maiúsculas seguidas de travessão e respectivos significados (só inicial maiúsculas). 4. relatórios anteriores ao relatório final. seguida de letra maiúscula consecutiva que o identifica. toda a bibliografia utilizada e que consta do Plano de Estágio. Deve-se apresentar em página independente. centralizado e sem negrito. Portanto. científica. servem para esclarecer a leitura do texto. (Elaborados pelo autor). Consiste em uma lista em ordem alfabética de palavras ou expressões usadas como termos próprios de especialidade técnica.ABNT. travessão e respectivo título somente com inicial maiúscula. se colocado ao longo do texto.3 APÊNDICES É o material suplementar (opcional) que. No caso de um só apêndice dispensa-se a folha de separação.

5 CAPA FINAL

Irá servir de contra capa no fecho final do relatório e deverá permanecer totalmente em branco.

6 APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO

6 .1 APRESENTAÇÃO ESCRITA

O aluno deve entregar uma cópia do Relatório ao Setor de Estágio, outra ao campo de estágio e guardar uma para si. A data de apresentação oral será marcada pelo supervisor docente. Os alunos dos cursos de PEDAGOGIA e LETRAS observem as disposições dos respectivos Supervisores Docentes, no que diz respeito a esse item. Quaisquer dúvidas, consultar o Setor de Estágio. A entrega do Relatório é para o Supervisor Docente, depois de revisado adequadamente e assinado pelo supervisor técnico. O aluno deve observar atentamente os prazos determinados. A entrega fora de prazo deve ser requerida ao Setor de Estágio, através do Atendimento ao Cliente, em documento do CEUMA/UNICEUMA, com justificativas comprovadas. Se deferido, o aluno entregará

o Relatório para correção, mas já incurso no item impontualidade, exceto nos casos previstos em Legislação de ensino, para esse fim. No caso de relatórios com partes ou textos semelhantes, não serão corrigidos. Serão encaminhados à Coordenadoria de Curso que se pronunciará sobre o assunto. Se comprovada cópia ou fraude, o Relatório em questão receberá a nota zero .

1.. na área de . desenvolvidas na Empresa ..UNICEUMA PATRÍCIA DE SOUZA RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO CURRICULAR EM ADMINISTRAÇÃO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS São Luís 2004 .. para demonstrar as atividades de Estágio Curricular.1 Modelo de relatório Caixa de texto: Relatório apresentado ao Curso de Graduação em Administração do Centro Uni versitário do Maranhão UNICEUMA. (fonte10 ) Caixa de texto: PATRÍCIA DE SOUZA RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO CURRICULAR EMADMINISTRAÇÃO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS São Luís 2004 Caixa de texto: Modelo de folha de rosto(anverso) Caixa de texto: Modelo de capa Caixa de texto: CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DO MARANHÃO ..6..CEUMA CENTRO UNIVERSITÁRIO DO MARANHÃO .

Caixa de texto: ERRATA Folha Linha Onde se lê Leia-se 45 7 21 Conceito 2. José Mariano da Relatório de estágio curricular em Administração/José Mariano da Fonseca.-São Luís. 80 f. Administração Relatório 2 Elaboração de projetos. 1. 2003. CDU 110(047-3) .1 Conceito 48 14 nymeração numeração Caixa de texto: Ficha Catalográfica (Solicitar na Biblioteca) Caixa de texto: Fonseca.

na área (fonte 10) Caixa de texto: Modelo ..folha de dedicatória Caixa de texto: A Deus. fonte da vida. Aos amigos. para demonstrar as atividades de Estágio Curricular. pelo apoio e companheirismo.. pelo incentivo e carinho.folha de aprovação . Caixa de texto: Modelo . Fábio e Letícia.. desenvolvidas na Empresa. ...Caixa de texto: PATRÍCIA DE SOUZA RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO CURRICULAR EM ADMINISTRAÇÃO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS ___________________________ João Ribeiro Supervisor Técnico _______________________________________ João Manoel de Araujo Supervisor Docente Aprovado em ___/____/____ Nota _________________________ São Luís 2003 Caixa de texto: Relatório apresentado ao Curso de Graduação em Administração do Centro Uni versitário do Maranhão UNICEUMA. A meus pais.

...................1 Setor de estágio na estrutura da empresa ..... 15 3............................................................. 10 2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA .................. ............................................. 23 4................ João pelos ensinamentos............ 11 3 CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO.... Caixa de texto: SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO....................... ...................................... 13 3..2 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS ..............2................... ....................2 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL..............3 RELAÇÃO COM A COMUNIDADE ....... 15 3..........3 INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES ............ 41 APÊNDICES ...Caixa de texto: Modelo folha epígrafe Caixa de texto: Caixa de texto: Modelo . .............1 Caracteres funcionais e técnicos operacionais ..1.................................... Ao Supervisor Técnico pelo apoio e incentivo....................................................................... ... 16 4... 26 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS .....................................1 Escritura fiscal ................................................................................. .................................. 42 ANEXOS .......... 16 4 ESTÁGIO ........................................... 14 3....................................... pela oportunidade.................... 38 GLOSSÁRIO ....................... 45 ...1 HISTÓRICO.................. 14 3................ ................... 30 REFERÊNCIAS.................................................. ....................................................................................agradecimento Caixa de texto: AGRADECIMENTOS À Empresa Brasil S/A..... 12 3.......................... .........2................1 CONHECIMENTO E ADAPTAÇÃO AO CAMPO DE ESTÁGIO .....................4 COMENTÁRIOS GERAIS ................................. 18 4....................................... ...... Ao Prof... .............. 19 4...2....................................................................... .............

........... 35 Caixa de texto: Modelo lista de ilustrações Caixa de texto: LISTA DE ILUSTRAÇÕES Gráfico 1 Faturamento anual ................................... 30 Quadro 2 .... 46 Foto 1 Laboratório de Contabilidade ........... 21 Gráfico 2 Alunos formandos 2003 ................................................................. 33 Tabela 05 Previsão de Despesas ........ 24 Tabela 03 Movimentação de Pessoal......................Cursos de Pós Graduação .Caixa de texto: Modelo lista de tabela Caixa de texto: LISTA DE TABELAS Tabela 01 Contas a Pagar.................................... 27 Tabela 04 Faturamento Anual ..... 20 Quadro 1 Demonstrativo de pessoal .. 25 Mapa 1 Distribuição de laboratórios ..................................................... .......................................................................................................................... 21 Tabela 02 Impostos.................................................................................. 48 ..... 45 Quadro 3 Estágios oferecidos .........

Caixa de texto: Modelo lista de siglas Caixa de texto: LISTA DE SIGLAS CEUMA .Cadastro Geral de Contribuintes CR .citado col.Centro Unificado do Maranhão CGC . .coleção des.distribuidor(a) doc.Imposto de Renda PIS . documento(s) . .Certificado de Registro GPS . a Ciência e a Cultura Caixa de texto: Modelo lista de abreviaturas Caixa de texto: LISTA DE ABREVIATURAS bras. .brasileiro(s) a(s) cit.desenho distr. . .Programa de Integração Social UNESCO .Guia de Previdência Social NF .Organização das Nações Unidas para a Educação.Nota Fiscal IR .

..........................temperatura s ..1..medida de acidez T ...2....................................................... 42 ANEXOS ......................................................................Caixa de texto: SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO....... 18 4.....................2 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL.......... 30 REFERÊNCIAS.........2......... 11 3 CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO.. 13 3.... 19 4... 26 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS .........................................3 INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES .... .....1 HISTÓRICO............................... ...........................................hora pH ...............................1 Escritura fiscal ........... 23 4... ........................................ 16 4 ESTÁGIO ............. 38 GLOSSÁRIO ....................3 RELAÇÃO COM A COMUNIDADE .......................... .... ....... 15 3.................... 15 3.............1 Caracteres funcionais e técnicos operacionais ...........................................................................................1 CONHECIMENTO E ADAPTAÇÃO AO CAMPO DE ESTÁGIO .............. 12 3........................ 14 3........... ......................................... 41 APÊNDICES ..................... ......1 Setor de estágio na estrutura da empresa ................................................ ............................ ..................................... 10 2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA .......................................... 14 3........................ 45 Caixa de texto: LISTA DE SÍMBOLOS h ......... ......................... 16 4......................................................................segundo Caixa de texto: Modelo de sumário lista de símbolos Caixa de texto: Modelo ..................................... ..............2 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS ..........2........................................4 COMENTÁRIOS GERAIS ............................................. .................................

....Caixa de texto: Modelo Folha de identificação Caixa de texto: 1 IDENTIFICAÇÃO a) Estagiário(a) Patrícia Souza Curso de ...... cumprindo quatro horas diárias e vinte horas semanais...... O relatório está dividido em três partes.... b) Campo de Estágio Empresa Brasil S/A..... Esta área foi escolhida .. Caixa de texto: Modelo introdução .. nesta Cidade Telefone de contato: 098 231-2000 Ramo de Atividade: Comércio de Veículos Supervisor Técnico: João Ribeiro Gerente Administrativo Área do Estágio: Administrativa-Financeira Atividade: Contabilidade Comercial São Luís 2003 Caixa de texto: 2 INTRODUÇÃO Este trabalho relata o desenvolvimento do estágio curricular na área de . localizada na Rua do Norte.... Na primeira tratamos de.... Os objetivos do estágio foram traçados tendo em vista. Centro. 8º Período Turma 10831 Ano 2003 Início do Estágio em 10/03/04 e Término em 10/06/2004.....Esta ár ea de conhecimento do curso de ....... perfazendo um total de 300 horas. Nº 230.

...2 ÁREA DE ATUAÇÃO E CARACTERÍSTICAS Atua no ramo de comércio varejista .. de modo que. O autor x.Caixa de texto: 3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA A Referência escolhida. por José Silva. e não consta como colaboração do contabil sta..1 HISTÓRICO A empresa Veículos Brasil foi fundada em 1990. Para o seminário. em proveito próprio.. inician do suas atividades no bairro do Anil. 4. A escolha.... fraudar ou prejudi car outrem. constou de obras clássicas e bem técnicas que orientaram a execução das atividades a realizar. Seu fator diferencial é um rigoroso controle de qualidade . Hoje. Contador João Caixa de texto: 4 CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO 4. trata os assuntos de maneira clara e objetiva . para o desenvolvimento do estágio. Tudo que é feito com propósito consciente e deliberado de enganar. Caixa de texto: Modelo caracterização do Campo de estágio Caixa de texto: Modelo fundamentação teórica . desenvolvendo suas atividades em sede própria com instalações modernas. nesta cidade.. constitui má fé. se encontra no C entro. em um pequeno galpão.. na compra e venda de carros usados......

pois precisei de um pouco mais .1 CONHECIMENTO E ADAPTAÇÃO À EMPRESA A primeira etapa de meu estágio foi de conhecimento da empresa. o funcioname nto dos diversos setores .. 5. . Nela fui bem receb ido(a) e orientado(a) pelo supervisor técnico..Caixa de texto: 6 CONSIDERAÇÕES FINAIS Diante do exposto neste relatório . sendo concluída a carga horári a de 123 horas.. Desenvolvi as atividades planejadas. deste ano... sobre o que é a empresa.. Caixa de texto: 5 O ESTÁGIO (Desenvolvimento) O meu estágio iniciou-se no dia doze de março.. necessitand o de alguns ajustes no cronograma. em dez de maio..

Manual para normalização de monogr afias. Rio de Janeiro. Metodologia do trabalho científico. NBR 10719. São Paulo: Atlas. Eva Maria. . GELO . 2002. FABRETTI. ZILHERKIP. LAKATOS.Forma sólida de água. ANDRADE. Lúbia Scliar. NBR 6024: numeração progressiva das seções de um documento: procedimentos. Luzzato. 3 ed. Caixa de texto: GLOSSÁRIO AUTARQUIAS . MARTINS. Apresentação de relatórios técnico-cie cos. Cecília dos Santos. Porto Ale gre.Entidade criada por lei federal. Délcio Vieira. São Paulo: Atlas. NBR 6023: informações e documentação: referências: elaboração. São Luís. C. 1974. _______. Rio de Janeiro. 1989.Caixa de texto: REFERÊNCIAS ASSOCIAÇÃO BRASILERIA DE NORMAS TÉCNICAS. 17 f. 1994. Como fazer uma monografia. 200 _______. Dileta Silveira. 1999. Sagra D. de regime especial. Marconi Mariano. 1996. Lusimar Silva. ed. FERREIRA. SALOMAN. Contabilidade tributária. Láudio Camargo. Português instrumental. NAHUZ. 1989. Belo Horizonte: Interliv ros. 4.a . Rio de Janeiro.

Caixa Folha Caixa Folha de de de de texto: ANEXOS separação texto: APÊNDICES separação .

6497/97 .citado col.Versa sobre o estágio supervisionado Wwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww wwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww wwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww wwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww wwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww wwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww wwwwwwwwwwwwwwwwwwwww .distribuidor(a) doc. . documento(s) Caixa de texto: Modelo anexo Caixa de texto: Modelo apêndice Caixa de texto: ANEXO A . .brasileiro(s) a(s) cit. .coleção des. .Caixa de texto: LISTA DE ABREVIATURAS bras.º. .desenho distr.Lei n.

ANEXO C Apresentação oral 1. O supervisor pode marcar a apresentação imediatamente após a entrega do relatório. A apresentação é marcada até dez dias após a data de entrega pelo aluno ao setor competente. . APRESENTAÇÃO ORAL O calendário das apresentações é elaborado pelo supervisor docente. sugerimos o modelo (Plano de apresentação oral). Para a apresentação Oral. que deve ser entregue junto com o Relatório. Os alunos que estão fora do prazo normal de encaminhamento estabelecido no Manual de Estágio não têm direito a este prazo.

Plano de apresentação oral Aluno(a) Curso Turma Turno Supervisor Docente Data Local Hora Área de Estágio Campo de Estágio - Início de Estágio Término de Estágio Entrega de Relatório - .

ORGANIZAÇÃO DA APRESENTAÇÃO Objetivos SEGMENTOS TEMPO RECURSOS Introdução Tópico 1 Tópico 2 Fechamento .

Os efeitos visuais devem ilustrar e complementar a apresentação.1. . . dividindo-os em Introdução. . escolha da área de estágio. Demonstre consideração pelo público. ... Apresente conclusão lógica. Determine OS PONTOS QUE SÃO NECESSÁRIOS APRESENTAR. Mantenha o enfoque o tempo todo. . Breve resumo sobre dados do campo. Desenvolvimento de tópicos e o fechamento. etc.Restrinja o assunto a ser abordado.. .. Aumentar a eficácia . Introdução .. . Mantenha a relevância dos dados e das informações durante todo o tempo.1 RECOMENDAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO ORAL Siga uma progressão lógica.... Não dominá-la.

. Resuma suas questões. Conclua de forma relevante .Use evidências verbais e visuais para ilustrar. . . Fechamento . ...Desenvolva uma ponte ou transição lógica para o próximo ponto.. Ilustre o seu ponto com um incidente ou história.. Descreva opções para futuras considerações recomendando uma estratégia.Desenvolvimento dos Tópicos . um plano e/ou objetivo futuros. Use linguagem clara. apresentando suas críticas e sugestões.

NBR 6024: numeração progressiva das seções de um documento: procedimentos. FERREIRA. . 2002. Como fazer uma monografia. FABRETTI. Eva Maria. 1989. Manual para normalização de monografias. _______. Português instrumental. ed. Cecília dos Santos. Dileta Silveira. Metodologia do trabalho científico. 1989. Apresentação de relatórios técnico-científicos. 4. 2002. Marconi Mariano. LAKATOS. C. NBR 6023: informações e documentação: referências: elaboração. São Paulo: Atlas. ANDRADE. Délcio Vieira. São Luís. Lusimar Silva. MARTINS. Rio de Janeiro. São Paulo: Atlas. SALOMAN. NAHUZ. 1994. Belo Horizonte: Interlivros. Luzzato. Rio de Janeiro. _______. Lúbia Scliar. 17 f. Rio de Janeiro.REFERÊNCIAS ASSOCIAÇÃO BRASILERIA DE NORMAS TÉCNICAS. Sagra D. 1996. 1999. Láudio Camargo. ZILHERKIP. 1974. 3 ed. Contabilidade tributária. Porto Alegre. NBR 10719.

ELABORAÇÃO .