Kets Commodities Brasil Kets Commodities Brasil

ψ .Commodities
Operador Densidade

Brasil.φ

Formulamos a Mecânica Quântica usando a linguagem de vetores de estado. Uma formulação alternativa (e necessária) é possível usando uma ferramenta conhecida como operador densidade ou matriz densidade. Esta formulação alternativa é matematicamente equivalente à formulação por vetor de estado. O operador densidade é usado para indicar que nosso conhecimento é incompleto devido às imperfeições na preparação dos estados (estados mistos), ou devido a nossa impossibilidade do conhecimento completo do estado quântico do sistema (por vezes só temos acesso a uma parte do sistema total). Quando conhecemos o vetor de estado do sistema dizemos que o sistema é descrito por um estado puro. Por exemplo:

Observe que

pode exibir efeitos de interferência (termos cruzados). De fato,

É comum dizer que coerente dos estados

, descrito pela equação e .

, está numa superposição

Existem situações nas quais não se sabe em que estado o sistema se encontra, existe apenas uma probabilidade <P> do sistema ser encontrado no estado um sistema quântico esteja em algum estado probabilidade densidade . Chamamos o conjunto para o sistema é definido como: . Mais precisamente, suponha que

de um conjunto de estados, com respectiva um conjunto de estados puros. O operador

que a evolução de um sistema quântico fechado é descrita pelo operador unitário U. O operador densidade correspondente é: com Mas pela teoria elementar da probabilidade. a Medições são descritas facilmente na linguagem do operador densidade. após a medição que leva ao resultado m temos um conjunto de estados respectivas probabilidade . (2) obtemos: . Assim. a probabilidade de obter o resultado m é: . então.onde como esperado para os pesos probabilísticos. então a (2) Qual é o operador densidade do sistema depois de obter o resultado m da medição? Se o estado inicial era então o estado depois de obter o resultado m é: Assim. o sistema estará no estado evolução do operador densidade é descrito pela equação: com probabilidade . Substituindo de (1) e . após a . por exemplo. Suponha que efetuamos uma medição descrita pelo operado de medição probabilidade de ter o resultado m é: (1) Pela lei da probabilidade total. Suponha. com probabilidade . Se o estado inicial era . Se o sistema estava inicialmente no estado evolução ter ocorrido.

. é dito ser um estado puro. Isto é: Então podemos ver que: . está num estado de mistura.Caracterização de operadores densidade Qualquer operador densidade satisfaz as seguintes propriedades: 1. Prova: Esta prova segue do fato de que as probabilidades são normalizadas. Nesse .O sistema quântico cujo estado é conhecido exatamente. Se não. o operador densidade é simplesmente é dito ser uma mistura dos diferentes estado puros do conjunto para Teorema . caso. isto é. Prova: 3. é hermitiano Prova: 2. é um operador positivo semidefinido.

O operador densidade reduzido para o sistema A é definido por: onde é o traço parcial sobre o sistema B. A operação traço aparecendo no lado direito é a operação traço para o sistema B.Algumas propriedades úteis podem ser derivadas desse teorema: 1. que o traço parcial seja linear na sua entrada. cujo estado é descrito pelo operador densidade . Então. . Tal descrição é provida pelo operador densidade reduzida. O operador densidade reduzida é tão útil quanto indispensável na análise de sistemas quânticos compostos. se e somente se é um estado puro. A justificativa física para fazer essa identificação é que o operador densidade reduzida provê as estatísticas corretas para medições feitas no sistema A. a especificação é completada requerendo. Os cálculos simples do exemplo a seguir pode ajudar a entender o operador densidade reduzida. Suponha que temos dois sistemas físicos A e B. Todos os autovalores de O cálculo do valor esperado de um operador A é dado por: Operador densidade reduzida Uma das principais aplicação do operador densidade é como uma ferramenta descritiva de subsistemas de um sistema quântico composto. O traço parcial é definido por: (3) onde e são quaisquer dois vetores no espaço de estados de A. Não é óbvio que o operador densidade reduzida para o sistema A é de forma alguma uma descrição para o estado do sistema A. Definimos a operação traço parcial apenas em uma subclasse especial dos operadores sobre AB. que é o assunto dessa seção. estão no intervalo . e e são quaisquer dois vetores no espaço de estados de B. 2. em adição à equação (3). .

ainda que um subsistema esteja em um estado de mistura. e . Similarmente. um estado sobre o qual. suponha que um sistema quântico está no produto de estados operador densidade para o sistema A. Este é um resultado notável. ou estado de mistura. Então: que é o resultado que esperávamos intuitivamente. não temos conhecimento máximo. . Exemplo Mostre que Solução: representa um estado puro. é outra característica marcante do emaranhamento quântico. Um . isto é. O estado do sistema conjunto de dois qubits é um estado puro. encontramos o operador densidade reduzido do primeiro qubit: Note que este estado é um estado misto. isto é. entretanto o primeiro qubit está num estado misto. ele é conhecido exatamente. Esta estranha propriedade. onde éo é o operador densidade para o sistema B.Primeiro. que o estado de um sistema pode ser completamente conhecido. aparentemente. exemplo menos trivial é o estado de Bell por: para esse estado. Este tem o operador densidade dado Calculando o traço do segundo qubit. desde que .

• • • • é Hermitiano é um operador positivo semi-definido. Solução: Os estados puros (superposições coerentes) possuem um vetor de estado . prova-se o que queríamos. (soma dos elementos da diagonal da matriz). . temos que: Desta maneira. O operador densidade tem as seguintes propriedades: . quando sabemos em que estado o sistema se encontra. O operador densidade é definido por: onde é a probabilidade do sistema quântico estar no estado . . é um estado puro.Então. Exercícios sobre o assunto Exercício 1 Escreva quais as principais diferenças entre superposições coerentes e superposições incoerentes (ou mistura estatística) de estados quânticos. Defina o operador densidade e comente a necessidade de usar superposições coerentes ou misturas estatísticas conforme o problema físico apresentado. isto é. Uma utilidade do operador densidade é acessar a informação dos subsistemas. dizemos que ele é uma mistura estatística pois existe uma probabilidade do sistema estar no estado de uma base ortonormal . Quando não sabemos em que estado o sistema se encontra.

• tem autovalores no intervalo . Se o sabemos. descrevemo-lo como uma superposição coerente. como uma mistura estatística (superposição incoerente). se não. A necessidade de usarmos superposições coerentes ou misturas estatísticas para caracterizar os sistemas quânticos é devido a questão de sabermos ou não o estado do sistema. .