You are on page 1of 2

TRINCAR O ABDOME

PARTE 1
É muito comum em praticamente todas as academias vermos pessoas realizando vários
exercícios diferentes para a musculatura abdominal, sob pretexto de que um para tal região
e o outro para uma região diferente, e aí vemos pessoas deitadas no chão levantando as
pernas e achando que estão esculpindo seu tronco.

Em primeiro lugar gostaria de esclarecer que o reto abdominal que tem origem nas 5°, 6° e
7° costelas e inserção no púbis, se considerando que a origem é sempre proximal e a
inserção distal, é um único músculo!

Portanto, quando ele se encurta (contração isotônica concêntrica) ele se contrai como um
todo, não existe a possibilidade de se dividir o músculo em “infra” e “supra” como alguns
professores teimam em alardear por aí.

Imagine se seria possível contrair uma metade do bíceps em um exercício e a outra metade
em outro.

O exercício que tem o status de trabalhar o “infra-abdominal” onde em decúbito dorsal


(deitado de costas) o aluno realiza uma flexão de quadril (puxa as pernas em direção do
tronco) na verdade, a ação muscular desse movimento é caracterizada por ação isotônica
(com alteração no comprimento do ventre muscular) dos músculos psoas ilíaco e reto
femoral e com ação isométrica (sem alteração no comprimento do ventre muscular) do reto
abdominal, oblíquos internos e externos.

Nesse momento alguns espertos poderão dizer que estou sendo discrepante e que o
exercício é para o abdômen, então esses espertos terão de admitir que a extensão de
cotovelo a partir de uma polia alta (tríceps pulley) é um exercício em que se visa o
abdômen, pois tanto no tríceps pulley quanto na flexão de quadril “infra” o abdômen está se
contraindo isometricamente. Em ambos os casos os músculos abdominais agem como
estabilizadores e não como motores do movimento.

PARTE 2

Outro ponto que merece relevância é o fato de que um músculo quando se contrai, ele não
sabe onde é origem nem inserção, não sabe onde teria de ser o ponto fixo e o ponto móvel.

Isso é particularmente importante quando se trata do psoas ilíaco, pois ele tem origem nas
superfícies ântero-laterais de T12 a L5, ou seja, na coluna lombar e inserção no pequeno
trocanter, região proximal do fêmur. Portanto, quando encurtado o psoas ilíaco puxa a coxa
para cima (flexão de quadril) mas também puxa a coluna lombar para frente, isso
provavelmente não terá repercussão se realizado com pouca ou nenhuma carga e com pouca
freqüência, no entanto para aqueles aficionados pelo abdômen que realizam treinamento
exaustivo com muita sobrecarga ou que estejam em período de crescimento, existe
considerável probabilidade de que se desenvolva uma hiperlordose e quadros de lombalgia,
sem falar na possibilidade de herniação de disco .

Portanto, se você quer realizar um bom trabalho para a região abdominal, faça como os
culturistas, a grande maioria realiza apenas a flexão de tronco contra a gravidade, o velho e
conhecido abdominal (aquele no chão mesmo e sem aparelhos engraçados), se realizado
com volume e intensidade adequada, não precisará de mais nada. No entanto, se o seu
professor teima em lhe passar diversos exercícios para a região abdominal, dizendo que um
é para isso e outro para aquilo, provavelmente ele só está querendo parecer que entende
muito, ou então não sabe nada, ou o mais provável: os dois!
COMO JÁ ESCREVI NO OUTRO TÓPICO, TIVE Q POSTAR ESSE ESTUDO.. E
TENTAR ACABAR LOGO COM A LENDA DO ABDOMINAL Q EXISTE POR AÍ..
INCLUSIVE EM PESSOAS Q SE DIZEM PROFESSORES.

como vou hipertrofiar o oblíquo?

hipertrofiar o oblíquo faz com q vc perca a cintura.. ou seja no caso das mulheres não se
recomenda, mas para conseguir a hipertrofia do oblíquo vc pode fazer exercício pesado
lateralmente, o mais aconselhado para o oblíquo, tanto pra homens quanto pra mulheres são
os exercícios de contração, apenas para tonificação, lembrando q hipertrofia de oblíquo faz
com q vc perca sua cinturinha e fique com aparência de gordinho ou gordinha, no caso de
ressaltar os oblíquos vc pode hipertrofiar seu reto abdominal e seu serrátil, como fazem os
fisiculturistas, pois o serrátil em conjunto com o reto, faz com q fique bem desenhado,
dando aspecto trincado ao seu abd.. tudo isso auxiliado tbm a pouca grdura da região...
no caso do treino intenso, o abd é um músculo como outro qualquer...
vc faria 200 repetições para o bíceps, ou para peitoral?
pois então... oq vc pode fazer são vários exercícios abdominais para estressá-lo e estimulá-
lo de forma diferente.. mas lembrando q fisiculturistas com abdominais invejados muitas
vezes fazem apenas 1 tipo de exercício...
o abdominal é um músculo q é mais fácil de estressar, por ser um músculo de sustentação,
junto com os eretores das costas, que está ativo em vários exercícios, por isso tbm a dica de
se fazer abdominal sempre ao final do treino, se vc tiver abdominal e mais um músculo pra
fazer no dia, deixe o abd por último, se vc fizer primeiro pode estressá-lo e isos pode causar
propenção a machucar as costas por exemplo, ja q seu reflexo estaria comprometido...