FARISAÍSMO MODERNO = LEGALISMO

Curso: Deixe A Bíblia Falar

INTRODUÇÃO: • Algo aconteceu ao Judaísmo através dos anos que o fez perder suas características originais e genuínas, e se distanciar de Deus. E aquela que devia ser a religião de Deus tornou-se uma religião puramente humana e inútil, chegando ao extremo de rejeitar o “Messias” prometido a eles e que tanto esperavam. • Esse mesmo processo que se deu com o Judaísmo está repetindo-se, em muitos casos, com o Cristianismo. Através dos anos o Cristianismo tende a perder suas características originais e genuínas, e tornar-se mais uma religião humana. • Jesus alertou os seus discípulos a esse respeito (Mateus 16:6,12). I . A RELIGIÃO ENGANOSA (SUAS CARACTERÍSTICAS) A. BUSCA RECONHECIMENTO E GLÓRIA HUMANA: • A motivação para o que fazem é completamente errada - Mateus 23:5-7 • Jesus ensinou a não fazer obras com essa finalidade - Mateus 6:1,2-4,5-6,16 • Quem pratica suas obras com o fim de ser visto pelos outros, não deve esperar recompensa de Deus. • Jesus deu exemplo com Sua vida - João 5:41,44; 8:50,54 B. O “COAR MOSQUITO E ENGOLIR CAMELO”: • Inversão de valores e/ou ordem de importância - Mateus 23:16-24 • Em que casos, hoje em dia, nós “coamos o mosquito e engolimos o camelo”? • Atividades “cristãs” não são válidas nem aceitas por Deus sem a devida pureza na vida - Isaías 1:10-17 C. APENAS EXTERIOR: • A aparência religiosa considerada mais importante que o interior (“Não importa o que está dentro e sim a aparência) – Mateus 23:25-28 (I Samuel 16:6-7) • Jesus disse que é o interior do homem que precisa ser cuidado – Mateus 15:10, 17-20 • Por praticarem uma religião apenas exterior, Jesus os definiu como hipócritas. D. COMPOSTA POR LEIS E REGRAS HUMANAS: • As tradições passam a ser exigidas como sendo vontade de Deus – Mateus 15:1-9 • O objetivo dos fariseus, através da observância dessas leis e regras humanas, era de se recomendar a Deus através de justiça própria. • A Bíblia diz com clareza e de forma categórica que a salvação é possível somente pela graça de Deus – Efésios 2:1-10; Romanos 5:1-11; Gálatas 5:1-4 • A aparência dessas leis e regras é de algo espiritual, mas são ineficazes Colossenses 2:8,20-23; I Timóteo 4:1-8; Tito 1:10-16 • A verdadeira sabedoria não consiste em regras de “faça ou não faça - Tiago 3:13-18 E. RESULTADOS DAS PRÁTICAS DE FARISAÍSMO: • Fecha o Reino dos Céus às pessoas – Mateus 23:4,13 • É vã e conduz à perdição – Mateus 23:15,33 II. FARISAÍSMO ANTIGO É LEGALISMO ATUAL • Muitos grupos religiosos atuais têm como seu ensino principal a “lista dos nãos”: NÃO PODE ; NÃO DEVE; NÃO É PERMITIDO; NÃO ASSISTA; NÃO OUÇA NÃO JOGUE; NÃO TOQUE; NÃO COMA, ETC. • O que ocorre é que há uma forte “tendência de deixar de lado o sangue de Jesus, para se basear em opiniões e práticas visíveis”. Formula-se “leis” tidas como essenciais para a santificação e salvação. • O legalismo promete santidade por observâncias externas, mas essa idéia não consta nas páginas do Novo Testamento.

A hipocrisia e o engano do legalismo vêm de sua visibilidade. Contudo, a aparência engana e o legalismo não produz santidade. • Os que querem aperfeiçoar a igreja por meio de regras e leis, devem lembrar o que diz o escritor de Hebreus quando fala da lei de Deus: “Pois a lei nunca aperfeiçoou coisa alguma” (7:19). Se a lei de Deus não aperfeiçoou o homem, será que nós hoje somos mais sábios do que Deus para aperfeiçoarmos os irmãos com nossas regras e normas? • Havia um problema sério na igreja dos coríntios que gerava dissensão. O apóstolo Paulo podia ter ordenado àquela igreja: cristãos não comem carne de ídolos! Mas, em vez disso, ele optou por orientá-los a usar a liberdade individualmente, com base no amor: comam de tudo, mas se a outra pessoa for se escandalizar ou se enfraquecer, então deixe de comer por amor a esse irmão. Na igreja de Roma, alguns, provavelmente, queriam estabelecer regras sobre o que comer; outros, sobre dias comemorativos (Romanos 14:1-15:2). Paulo não foi a favor de regras desse tipo, mas foi a favor da liberdade orientada pelo amor fraternal (14:13,15,21). Pois cada um dará contas de si mesmo a Deus (14:12) • Colossenses 2:16-23

III . A RELIGIÃO DIVINA (SUAS CARACTERÍSTICAS) A. BUSCA APENAS RECONHECIMENTO E GLÓRIA DIVINA: • Jesus ensinou que o discípulo verdadeiro e fiel não se exalta buscando o louvor humano, mas humilha-se – Mateus 23:8-12; Lucas 18:9-14; Mateus 6:3-6,17-18 B. PRINCIPALMENTE INTERIOR: • Se tentarmos atacar Satanás com uma “fé” externa não teremos sucesso. • Deus quer que cresçamos por dentro para vencer os desejos do mundo. Ilustração: O fazendeiro e a plantação (Ele faz as coisas no tempo e do modo certo: planta, aduba, rega, etc.).Mas, o crescimento vem de Deus, e não da estratégia ou esforço humano. Aplicação: Eu posso estudar a bíblia, congregar assiduamente, etc.; mas se eu não amar a Deus e Sua palavra, não mudarei. Tenho que me concentrar no meu interior. • A verdadeira fonte de espiritualidade é o coração humano, não o exterior – Marcos 7:18-23 • Deus agrada-se das atitudes acima de qualquer outra coisa - Tiago 1:26-27; Mateus 5 a7 • Deus espera ver em cada pessoa que se diz dEle, as mesmas atitudes que houve na vida de Jesus - I João 2:3-6 • A santidade vem do Espírito Santo e não por seguir leis dos homens” – Gálatas 5:2223 • A verdadeira credencial de cristão autêntico, não é a quantidade de atividades religiosas em que se participa, não é necessariamente seu traje; mas, sim a semelhança de Jesus. C. É BASEADA EM AMOR: • Jesus disse que toda a Lei e os profetas se resumem em dois mandamentos – Mateus 22:34-40; Romanos 13:8-10 • Jesus disse que o que Deus requer de seus seguidores não são sacrifícios em nome da “religião”, mas sim a prática de misericórdia – Mateus 9:10-13; Marcos 3:1-6 • Ainda que eu faça muitas “boas” obras, de nada será válido se minha principal motivação não for o amor - I Coríntios 13:1-3 • O amor é o vínculo da perfeição – Colossenses 3:14 CONCLUSÃO: • Cada um de nós deve se auto-analisar, para verificar se está ou não praticando legalismo naquilo que pensa ser expressão de religiosidade, e também se está seguindo regras e preceitos humanos que não estão na bíblia e nem recomendados por Deus.

• Não apenas precisamos mudar nossos hábitos e praticas exteriores, mas principalmente, o nosso coração. Mudar os hábitos e práticas exteriores, sem mudar as atitudes do coração, é vão.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful