You are on page 1of 3

Nesse tutorial tentaremos demonstrar as funcionalidades da extensão fTools, que trás

uma facilidade para se trabalhar com procedimentos de geoprocessamento dentro do


QGIS.
A extensão fTools foi projetada para estender a funcionalidade do Quantum GIS
utilizando apenas o núcleo QGIS python e as bibliotecas. Além disso, fornece um
conjunto de dados espaciais e análise de funções de gestão concebido para facilitar e
agilizar a investigação e as análises em SIG.
A extensão pode ser adquirida no link http://www.ftools.ca/cfarmerQgisRepo.xml, mas

precisa ser instalada pelo instalador de plugins do software Fetch Paython


Plugins, ao menu plugin > Fetch Paython Plugins > Install/Upgrade Plugin.
Adicione o repositório usando o link a cima e mande pegar a lista, selecione a
ferramenta e mande instalar, depois vá em gerenciador de plugins e marque a nova
extensão, reinicie seu programa. Pronto, um novo menu deve aparecer na interface do
software.

O procedimento de instalação é diferente conforme as versões, mas o principio é o


mesmo (achar o repositório, selecionar a ferramenta, instalar, ativar ferramenta).

O fTools é composto pelas seguintes ferramentas:


Distance matrix: calcula a distância entre os pontos
de uma camada gerando como arquivo de saída uma
planilha com todas as distâncias dos cruzamentos dos
pontos.
Sum line lengths: calcula a soma dos comprimentos
das linhas que estão dentro de um determinado
polígono. Gerando um novo (*.shp) com o campo de
comprimentos em sua tabela de atributos.
Points in polygon: calcula a quantidade de pontos
dentro de um polígono, gerando um novo (*.shp) com
a informação de quantidade na tabela de atributos.
List unique values: lista todos os valores exclusivos em um vetor de entrada.
Basic statistics: calcular estatísticas básicas (média, std dev, N, soma, CV) sobre um
campo de entrada.
Nearest neighbour analysis: calcular as estatísticas do vizinho mais próximo para
avaliar o nível de agregação em um layer vetorial de ponto.
Mean coordinate(s): Não entendi o funcionamento dessa ferramenta. Aparentemente
ela faz o calculo da coordenada de um layer através de uma média ponderada.
Line intersections: cria um (*.shp) de pontos nas intersecções de um shape de linha.

Random selection: seleção aleatória de vetores


de uma mesma camada por características ou por
%.
Random selection within subsets: seleciona
aleatoriamente características de subgrupos
dentro de uma camada de vetor com base em um
único campo ID.
Random points: cria um (*.shp) de pontos
aleatórios dentro de um polígono ou sobre uma imagem.
Regular points: cria uma malha regular de pontos sobre um determinado vetor ou
matriz.
Vector grid: cria um vetor de linha ou polígono sobre um determinado (*.shp) com
características atribuídas pelo usuário.
Select by location: seleciona vetores com base em sua localização em relação à outra
camada vetorial para formar uma nova seleção, ou adicionar ou subtrair a partir da
seleção atual.

Convex hulls: ligas os pontos mais extremos de uma


camada.
Buffer(s): ferramenta para criação de áreas de influência
por distância ou por campo numérico da tabela de
atributos.
Intersect: operação de conjunto que cria um novo
shapefile com a área de sobreposição dos vetores.
Union: operação de conjunto que cria um novo shapefile
com a união dos vetores poligonais.
Symetrical difference: retira sobreposição de áreas.
Clip: recorta vetores que estão sobrepostos a uma determinada área.
Difference: apaga a sobreposição de vetores conforme a ordem.
Dissolve: retira cruzamentos de um mesmo polígono por campos na tabela ou
totalmente, funcionando como um merge.

Check geometry validity: ferramenta topológica


que faz a verificação da geometria de polígonos,
(auto-intersecção, buracos e ordenação de nós).
Export/Add geometry values: cria um novo vetor
com implementação na tabela dos campos área e
perímetro.
Polygon centroids: calcula e cria um novo
shapefile de ponto no centro do polígono.
Simplify geometries: generaliza linhas e
polígonos de uma mesma camada (não vi
funcionalidade aqui).
Multipart to singleparts: essa ferramenta transforma, pela tabela de atributos, um
conjunto de polígonos com a mesma informação em vários polígonos separados, mas
com a mesma informação.
Singleparts to multipart: pela tabela de atributos une vários polígonos com
informações iguais, transformando polígonos individuais em conjunto de polígonos.
Polygons to lines: transforma polígonos em linhas.
Extract nodes: transforma linhas ou polígonos em pontos pelos vértices.

Export to new projection: esse comando cria um


novo shapefile com outra projeção, indicada pelo
usuário. (mudança de projeção)
Define current projection: o comando em questão
serve para quando tivermos um shapefile sem
projeção. Com ele o usuário pode definir uma
projeção para ser atrelada ao vetor.
Join attributes: junta à tabela de atributos do vetor uma tabela externa, para isso
precisa-se de um campo incomum entre as mesmas.
Join attributes by location: esse comando cria um join espacial. Atributos de uma
camada de vetor são anexadas ao atributo de outra camada e exportados como um
shapefile.
Split vector layer: corta os vetores em múltiplas camadas conforme o atributo
escolhido.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.