You are on page 1of 6

A figura de Cristo

Bom dia meus amigo e irmãos. Espero que todos tenham tido uma
ótima noite, e que o rollo espiritualidade do leigo tenha achado em seus
corações um lugar especial.
Nesta devocional iremos compartilhar sobre a figura de Cristo. É
claro que iremos basear nossa conversa na escritura sagrada, que é o nosso
livro de regra, fé e prática.

O texto que iremos trabalhar é: Mt. 8.23-27 (Ler). Nele contem uma
curiosa pergunta que os seguidores de Jesus Cristo se fizeram sobre a
figura de Cristo.

1. Introdução.
1.1. O contexto histórico.
Jesus estava atravessando o lago da Galileia, saindo de Cafarnaum
indo para Gadara, uma travesia de 10Km, Jesus dormia. Exausto depois de
tanto trabalho (diz o contexto que Ele dá um sermão na montanha, cura um
leproso, cura a sogra de Pedro, Ele expulsa demônios e cura, etc. ...).
A tempestade súbita, era típica daquela região. Os pescadores nada
conseguiram contra ela, e despertaram o mestre, que demonstrou sua
autoridade sobre as forças da natureza.
1.2. Quem é este? Quem é, esta figura?
Diante da demonstração de poder, os homens do barco, fazem esta
exclamação: “quem é este?”, “quem é, esta figura?”.
Apesar de Jesus já ter sido pintado, fotografado, poetizado, cantado,
encenado no teatro e na tela da sétima arte, discutido exaustivamente,

Pr. Markos Viriato Leal Jr. 1


A figura de Cristo

analisada em tubos de ensaio. A sociedade, o homem do século 21, não


tem resposta. Isto leva a uma constatação.
1.3. Triste constatação.
Constatamos que, os que estavam naquele barco não sabiam quem
era Jesus, que era esta figura! Apesar de saber o nome, conhecer seus pais,
irmãos, ver milagres, eles não tinham ciência de quem era Jesus, quem era
esta figura, o que ele significava, e tudo o que ele fez.
Se você, sabe o nome de Jesus, sua história, mas não sabe definir,
responder ou ainda fica titubeando sobre “quem é este?”, “que figura é
esta?”
Eu quero conversar sobre a figura de Jesus Cristo, o que Ele é, o que
Ele faz, e o que Ele pode fazer por você.
O que esta figura fez:

2. Ele se fez amigos de pecadores.


Marcos 2.16,17 diz: “Os Escribas dos fariseus, vendo o comer em
companhia dos pecadores e publicanos, perguntavam aos discípulos dele:
porque come (e bebe) ele com os publicanos e pecadores? Tendo Jesus
ouvido isto, respondeu-lhes: os são não precisam de médicos, e sim os
doentes; não vi para chamar os justos, e, sim os pecadores.”.
2.1. O cerne de sua missão.
Aqui estão ditas algumas coisas básicas. A primeira delas tem haver
com o cerne da missão de Jesus. “NÃO VIM”, é uma expressão muito
forte. É Deus falando o que não veio fazer.
Há uma agenda aqui: “não vim chamar justos, eu vim chamar
pecadores ao arrependimento”.

Pr. Markos Viriato Leal Jr. 2


A figura de Cristo

2.2 O que Ele faz para chamar pecadores?


Também é muito forte o que consta no verso 16, ou seja: Ele “come
com eles”. Você já imaginou isto? Para chamar pecadores ele come com
eles.
Ele não chama a distância, vestido de roupa de astronauta, com “anti-
séptico espiritual” da cabeça aos pés, totalmente imunizado, gritando de
longe com megafone: “pecador, mude de vida e venha ter comigo. Mas
primeiro seja esterilizado, pois se você vier com essas impigens espirituais
eu não lhe aceito”.
Ao contrario, Ele come com eles. louvado seja o nome do Senhor
Jesus! Ele senta junto, come com essa turma. É Deus comendo com
pecadores.
2.3. Aplicação.
Não importa as tuas debilidades morais, Jesus quer ser teu amigo.
Não importa teus vícios, tuas “manias”, tua esquizofrenia, os meus e os
teus pecados são perdoados e libertos por Ele.
O que esta figura é:
3. Ele é aliviador das cargas humanas.
Mateus 11. 28,30 diz: “vinde a min, todos que estais cansados e
sobrecarregados e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu julgo e
aprendei de min, porque sou manso e humilde de coração, e achareis
descanso para vossas almas. Porque o meu julgo é suave e o meu fardo é
leve”.
Assim Ele é, assim Ele que ser visto. Nesta passagem, encontramos
três características presentes nele, e que Ele deseja que acompanhem a cara
de todos que são reprodutores do amor de Deus no mundo.

Pr. Markos Viriato Leal Jr. 3


A figura de Cristo

3.1. Primeiro: Ele alivia indistintamente os sobrecarregados.


Ou seja ele não põem mas carga onde já há carga. Veja a beleza do
verso 28, quando Ele diz: “vinde a min” não alguns cansados e
sobrecarregados, mas “vinde a min todos os cansados e
sobrecarregados”.
Isto é de uma inclusovodade radicalmente chocante. Se você esta
cansado, sobrecarregado, não importa que seja ou o que seja, venha a
Jesus.
3.2. Segundo: Ele não substitui um julgo por outro de peso igual ou pior.
(Versos 29 e 30) Ele diz: Venha, Eu vou tirar esse peso que os
esmaga e Eu vou colocar sobre vocês o meu julgo suave, e o meu fardo
que é leve. “ora...” disse o apostolo João: “... os seus mandamentos não
são penosos.” (1Jo. 5.3).
3.3. Terceiro: Ele trata com humildade, mansidão e é por isso que cura o
coração.
Alias, Ele só cura porque ele é como ele é: manso e humilde de
coração. Se Ele não fosse manso, fosse duro, se Ele não fosse humilde,
mas altivo ninguém acharia descanso nele; era pancada o tempo todo.
Se hoje eu encontro descanso para minha alma e minhas contradições
é porque eu estou relacionando com um Deus humilde e manso.
O que esta figura continua a fazer:
4. Ele acredita em quem não acredita em si mesmo.
Mateus 12.15 a 21 diz: “mas Jesus, sabendo disto afastou-se dali.
Muitos os seguiram, e a todos ele os curou. Advertindo porém, que não o
expusessem á publicidade para se cumprir o que foi dito por intermédio do
profeta Isaias: eis aqui meu servo, que escolhi, o meu amado, em que a

Pr. Markos Viriato Leal Jr. 4


A figura de Cristo

minha alma se compraz. Farei repousar sobre ele o meu Espírito, e ele
anunciará o juízo aos gentios. Não contenderá, nem gritará, nem alguém
ouvirá nas praças a sua voz. Não esmagará a cana quebrada, nem
apagará a torcida que fumega, ate que faça vencedor o juízo. E no seu
nome esperarão os gentios”.
Existe três grandes verdades neste texto sobre Jesus. Vejamos:
4.1. Em primeiro lugar: Ele não humilha ninguém em praça publica.
Diz o verso 19 que Ele não põe o dedo na cara de ninguém em praça
publica. Não faz gritaria sobre o fracasso humano em praça publica.
Jesus sabe que podemos ter fracassado, nas inúmeras tentativas de ser
bom esposo, pai, filho, sócio, patrão, funcionário, amigo, homem. Jesus
sabe o quanto você tentou e lutou em ser feliz mas fracassou. O bom é que
Jesus gosta de gente fracassada.
4.2. Em segundo lugar: Ele não rasga o que esta rachado pelo vendaval da
vida.
Diz o verso 20. A imagem que temos é uma grande tempestade em
um canavial, e a canas quebradas.
Olha se a cana já esta quebrada, Ele não vai e quebra mais ainda; Ele
veio ao mundo para conserta as canas quebradas.
Olha querido, os vendaval desta vida pode ter, te envergado, e ate te
quebrado, e você não consegue se ergue!
Jesus é a solução para min e você!
4.3. Em terceiro lugar: Ele não apaga a chama que esta para se extinguir.
Diz o verso 20. Que ele também não apaga a torcida que fumega.
Aquele fiapinho, ultimo de luz na lamparina, ele não apaga.

Pr. Markos Viriato Leal Jr. 5


A figura de Cristo

A ultima brasinha ele não apaga. Ele não diz: ah! É só uma brasinha!
Não, Ele sopra a fim de reacender a brasa.
A brasa pelo desejo da vida, ele não apaga. Antes ele acende o desejo
que nos dá força para continuar e não parar na caminhada.
Por isso que o verso 21 diz que as sociedades podem ter esperança,
“nele esperam os gentios”. Aleluia, nos podemos esperar nele!
5. Conclusão.
Com certeza a pergunta do inicio tem sido respondida. Quem é esta
figura. O que Ele fez e continua sendo e fazendo agora já esta mais nítido
para nos.
Jesus, Ele é amigos dos pecadores, porque este é o cerne de sua
missão, e, Ele desenvolve sua missão comendo com pecadores, é Deus
comendo com pecadores.
Jesus, Ele é aliviador das cargas humanas e Ele faz isto aliviando
indistintamente aos sobrecarregados, Ele não substitui em julgo ou fardo
por outro de peso igual oi pior, Ele trata com humildade e mansidão e é
por isso que ele cura o coração. É um Deus humilde e manso.
Jesus, Ele acredita em quem não acredita em si mesmo. A prova disto
é que Ele não humilha ninguém em praça publica, não rasga quem esta
quebrado pelo vendaval da vida, e não apaga a chama que esta para se
extinguir.
Este é Jesus, esta é a figura de Cristo. É a esperança da sociedade, a
minha e a sua esperança. Vale apena se entregar, larga tudo para segui-lo.
Que todos tenham um excelente segundo dia! Deus os abençoe!

Recife – Curcilho de Cristandade 2006.


Pr. Markos Leal

Pr. Markos Viriato Leal Jr. 6