You are on page 1of 4

Equipe Estudos Bíblicos

23/07/2004

SUPERSTIÇÃO

Um certo homem possuía um camelo. Este camelo lhe era muito útil, pois carregava suas
próprias coisas, suas mercadorias que vendia de lugar em lugar, e também sua tenda, com a
qual se abrigava durante as noites de deserto. Assim era sua vida e assim estava acostumado
a viver.
Uma certa noite fez muito frio e o viajante do deserto notou que o camelo havia colocado a
cabeça dentro da sua tenda. Ele mandou o camelo sair, mas logo depois lá estava o camelo
novamente com a cabeça dentro da tenda. O viajante pensou que se o camelo colocasse
apenas a cabeça dentro da tenda não atrapalharia seu sono. Permitiu, portanto, que o camelo
ficasse com a cabeça dentro da tenda.
Na noite seguinte foi a mesma coisa. Na terceira noite esfriou um pouco mais do que as noites
anteriores e, como não houve resistência, o camelo resolveu enfiar também o pescoço dentro
da tenda do seu dono. Quando enfim choveu, o camelo não teve dúvidas, resolveu entrar por
inteiro dentro da tenda. Como a tenda era pequena, um dos dois teve que sair de dentro.
Adivinha quem foi???

1. Porque as pessoas procuram as superstições?


a. Cura de doenças
i. Benzimento
ii. Simpatias
iii. Pedras, cristais, pirâmides, etc
b. Para se proteger do mal
i. Figa
ii. Pé de coelho
iii. Fitinhas amarradas no pulso, pescoço, cabelo
iv. Amuletos
v. Aversão ao número 13
c. Para prever o futuro
i. Cartomante
ii. Horóscopo
iii. Sessões espíritas,
iv. Consulta aos mortos.

Além disso tudo ainda existem pessoas que fazem os maiores absurdos:
 Evitam casar ou fazer mudança no mês de agosto, pois “Casar em agosto, traz desgosto!”
Isso significa dizer que Deus tem poder para me proteger e me abençoar em todos os meses
do ano, menos em agosto. Neste mês o Deus Todo Poderoso, criador do céu e da terra se
torna impotente e incapaz.
 Não levantam da cama sem colocar primeiro o pé direito no chão.
 Tem medo de gato preto
 Se quebrar espelho em casa significa sete anos de azar.
 Bater na madeira para espantar o azar.
 Não se deve abrir guarda-chuva dentro de casa.
 Não se pode derramar sal no chão.
 E muitas outras coisas que, sutilmente, vão entrando na nossa vida, tomando conta e a gente
nem percebe.
2. O que a Palavra de Deus nos diz?

a. A Palavra de Deus proíbe o envolvimento com estas práticas. Elas são consideradas
coisas nojentas diante de Deus
10 Não ofereçam os seus filhos em sacrifício, queimando-os no altar. Não deixem que
no meio do povo haja adivinhos ou pessoas que tiram sortes; não tolerem feiticeiros,
11 nem quem faz despachos, nem os que invocam os espíritos dos mortos.
12 O SENHOR Deus detesta os que praticam essas coisas nojentas e por isso mesmo
está expulsando da terra esses povos, enquanto vocês vão tomando posse dela.
13 Em todas as coisas sejam fiéis ao SENHOR, nosso Deus.
14 Moisés disse ao povo: —Os povos da terra que vai ser de vocês seguem os
conselhos dos que adivinham o futuro e dos que tiram sortes; mas o SENHOR, nosso
Deus, não quer que vocês façam isso. (Dt 18.10-14)
Aquele que se aproxima destas coisas acaba se afastando de Deus. Quem se afasta
de Deus, fatalmente acabará nas garras do diabo.

b. Todo crente em Jesus Cristo sabe que o filho de Deus está mais perto de nós até
mesmo do ar que respiramos. (Mt 28.20) O supersticioso, no entanto, precisa apoiar
sua fé em algo que possa ver e delas espera sua proteção. Desta forma está pecando
contra o primeiro mandamento: Êx 20 1-6.
1 Então, falou Deus todas estas palavras:
2 Eu sou o SENHOR, teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da
servidão.
3 Não terás outros deuses diante de mim.
4 Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que
há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da
terra.
5 Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque eu sou o SENHOR, teu
Deus, Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até à terceira
e quarta geração daqueles que me aborrecem
6 e faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os
meus mandamentos.

c. A vida de uma pessoa supersticiosa é extremamente agitada, nervosa, sem paz, pobre
e infeliz. Precisam sempre estar observando mil e uma coisas para se sentirem
protegidos. Mesmo que sigam a risca todos os conselhos da superstição, ainda assim
não se sentirão seguros. Assim, precisam sempre se agarrar em algo mais, tornando-
se cada vez mais escravos destas coisas. (Zc 10.2)

d. Parece muito estranho que em meio a tantos avanços tecnológicos, medicinais e


outros, as pessoas ainda se agarrem em coisas tão antigas e ultrapassadas.

e. Ser humano é ser espiritual. Se não encontra ninho para a fé em Deus, então procura
desesperadamente outro alicerce para sua necessidade espiritual.
Assim como o cipó, no mato, precisa da árvore para se apoiar, assim a fé que deixou
de confiar no que Deus disse, precisa de outra coisa na qual possa se apoiar. Por isso
é que existem tantas superstições, crendices e objetos nos quais as pessoas “apóiam”
a sua fé.
Martim Lutero disse: “Aquilo no qual tu colocas a tua inteira e total confiança, isto é
o teu deus.”
3. Para todas as razões pelas quais as pessoas buscam as superstições, a Bíblia também tem
uma resposta
a. O que a Bíblia diz para aqueles que buscam cura?
i. Jr 17.14 - Cura-me, SENHOR, e serei curado, salva-me, e serei salvo; porque tu
és o meu louvor.
ii. Mt 9.35 E percorria Jesus todas as cidades e povoados, ensinando nas
sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e
enfermidades.
iii. Tg 5.14-15 - Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e
estes façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor. E a oração da
fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-
ão perdoados.
iv. O poder para a cura, assim como para salvação pertence a Deus. Muito melhor
é estar doente e ir par o céu, do que estar curado e ir para o inferno. (2 Co 12.9)
b. O que diz a Bíblia para aqueles que buscam proteção?
i. Salmos 23.4 Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal
nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam.
ii. Salmos 27.1 O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; de quem terei
medo? O SENHOR é a fortaleza da minha vida; a quem temerei?
iii. Salmos 46.1 Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas
tribulações.
iv. Romanos 8.31 Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós,
quem será contra nós?
v. Aquele que se entrega nos braços do Pai celestial sabe que está seguro. Mesmo
que ventos, tempestades e tribulações venham contra nós. Estamos seguros com aquele
que é maior do que todas os nossos medos
c. O que diz a Bíblia para aqueles que querem prever o futuro?
i. Salmos 37.5 Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele
fará.
ii. At 1.7 Respondeu-lhes: Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai
reservou pela sua exclusiva autoridade;
iii. 1 Co 2.9 mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem
jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o
amam.
iv. Mt 24.35-36 Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão.
Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho,
senão o Pai.
v. O futuro a Deus pertence e não a nós. Quando entregamos as coisas que ainda
nem aconteceram nas mãos de Deus, podemos nos aquietar e descansar, pois Deus é
capaz de saber aquilo que é melhor e mais saudável para cada um de nós.

4. Qual o caminho para a libertação?


a. Reconhecer que a superstição é pecado. Quem se aproxima destas coisas, fatalmente se
afasta de Deus. (Is 59.2)
b. Confessar o pecado. A Bíblia nos diz que “Se confessarmos os nossos pecados, ele é
fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” (1 Jo 1.9) É
necessário dizer para Deus que não se quer mais confiar em coisas que sua palavra
proíbe.
c. Deixar o pecado. Reconhecer que se estava andando em caminho errado não é
suficiente. É necessária uma mudança radical de atitudes. Nunca mais querer fazer.
d. Crer somente em Jesus. Agora existe uma outra pessoa que governa a nossa vida:
Jesus. Ele mesmo nos garante: “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que
vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora.” (Jo 6.37; 14.6)

P. Leandro Daniel Ristow


pepg@presinet.com.br

Mas as benzedeiras também falam de Deus e de Jesus alguém poderia dizer. Está certo, mas
aquilo que elas falam baixinho e rapidinho ninguém sabe ou entende. Além disso, o segundo
mandamento é claro ao dizer que o nome de Deus não deve ser usado em vão.

Eu me lembro que certa vez fui junto com o meu primo. Ele ia se
benzer por causa do cobrero. Chegamos lá, uma senhora nos
atendeu, pegou um ramo de losna e um copo de água da vertente e
passava a losna molhada em cruz sobre o cobrero, dizendo:
“Gilmar tem cobrero! Com o que eu curo meu Deus do céu? - Com a
água da fonte, com o rabo do monte e com a virgem Maria”. E
repetiu várias vezes. Depois nos despedimos e ela disse para
voltar em uma semana. Na estrada, de volta, eu falei a meu
primo: “Você ouviu em nome de quem ela te benzeu?” E ele me
respondeu: “Ora, de Deus. Você não ouviu ela dizer: ‘Com o que
eu curo meu Deus do céu? Então eu disse: “Em nome de Deus ela
fez a pergunta. Na resposta ela disse que te curava com a água
da fonte, que era a água que tinha pegado da vertente; e com o
“rabo do monte”. Ora, quem tem rabo: Deus ou o diabo?” Foi
então que ele percebeu com que poder fora benzido. E não foi
para lá.

Related Interests