You are on page 1of 14

Presidência da República

Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 45, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2004
Altera dispositivos dos arts. 5º, 36, 52, 92, 93, 95, 98, 99, 102, 103, 104, 105, 107, 109, 111, 112, 114, 115, 125, 126, 127, 128, 129, 134 e 168 da Constituição ederal, e a!res!enta os arts. 103"A, 103#, 111"A e 130"A, e d$ outras provid%n!ias. AS MESAS DA CÂMARA D S DEP!"AD S E D SE#AD $EDERA% , nos ter&os do ' 3º do art. 60 da Constituição ederal, pro&ul(a& a se(uinte )&enda ao te*to !onstitu!ional+ Art. 1º ,s arts. 5º, 36, 52, 92, 93, 95, 98, 99, 102, 103, 104, 105, 107, 109, 111, 112, 114, 115, 125, 126, 127, 128, 129, 134 e 168 da Constituição ederal passa& a vi(orar !o& a se(uinte redação+ -Art. 5º..................................................... ................................................................ .//0111 a todos, no 2&3ito 4udi!ial e ad&inistrativo, são asse(urados a ra5o$vel duração do pro!esso e os &eios 6ue (aranta& a !eleridade de sua tra&itação. ................................................................ ' 3º ,s tratados e !onvenç7es interna!ionais so3re direitos 8u&anos 6ue 9ore& aprovados, e& !ada Casa do Con(resso :a!ional, e& dois turnos, por tr%s 6uintos dos votos dos respe!tivos &e&3ros, serão e6uivalentes ;s e&endas !onstitu!ionais. ' 4º , #rasil se su3&ete ; 4urisdição de <ri3unal =enal 1nterna!ional a !u4a !riação ten8a &ani9estado adesão.- >:?@ -Art. 36. .................................................... ................................................................. 111 de provi&ento, pelo Aupre&o <ri3unal ederal, de representação do =ro!urador"Beral da ?epC3li!a, na 8ipDtese do art. 34, 011, e no !aso de re!usa ; e*e!ução de lei 9ederal. 10 >?evo(ado@. ................................................................- >:?@ -Art. 52..................................................... ................................................................ 11 pro!essar e 4ul(ar os Einistros do Aupre&o <ri3unal ederal, os &e&3ros do Consel8o :a!ional de Fustiça e do Consel8o :a!ional do EinistGrio =C3li!o, o =ro!urador"Beral da ?epC3li!a e o Advo(ado"Beral da Hnião nos !ri&es de responsa3ilidadeI

......................... tr%s anos de atividade 4urJdi!a e o3ede!endo"se................. o Consel8o :a!ional de Fustiça e os <ri3unais Auperiores t%& sede na Capital ederal.. disponi3ilidade e aposentadoria do &a(istrado... asse(urada a&pla de9esaI 0111A a re&oção a pedido ou a per&uta de &a(istrados de !o&ar!a de i(ual entr2n!ia atender$. repetindo"se a votação atG 9i*ar"se a indi!açãoI e@ não ser$ pro&ovido o 4ui5 6ue................. ao disposto nas alJneas a .... aper9eiçoa&ento e pro&oção de &a(istrados.... por interesse pC3li!o...... 92 ................ 9undar"se"$ e& de!isão por voto da &aioria a3soluta do respe!tivo tri3unal ou do Consel8o :a!ional de Fustiça..................................... .................... !@ a9erição do &ere!i&ento !on9or&e o dese&pen8o e pelos !ritGrios o34etivos de produtividade e preste5a no e*er!J!io da 4urisdição e pela 9re6K%n!ia e aproveita&ento e& !ursos o9i!iais ou re!on8e!idos de aper9eiçoa&entoI d@ na apuração de anti(Kidade........ não podendo devolv%"los ao !artDrio se& o devido despa!8o ou de!isãoI 111 o a!esso aos tri3unais de se(undo (rau 9ar"se"$ por anti(Kidade e &ere!i&ento. in4usti9i!ada&ente.......... apurados na Clti&a ou Cni!a entr2n!iaI 10 previsão de !ursos o9i!iais de preparação........................ no &Jni&o........... &ediante !on!urso pC3li!o de provas e tJtulos..... .. Aupre&o <ri3unal na!ional........................... 1"A o Consel8o :a!ional de FustiçaI ..... retiver autos e& seu poder alG& do pra5o le(al.rde& dos Advo(ados do #rasil e& todas as 9ases....................... o tri3unal so&ente poder$ re!usar o 4ui5 &ais anti(o pelo voto 9unda&entado de dois terços de seus &e&3ros..................>:?@ ederal e os <ri3unais Auperiores t%& 4urisdição e& todo o territDrio -Art................................................. 1 in(resso na !arreira. !on9or&e pro!edi&ento prDprio.............. no 6ue !ou3er............ .. alternada&ente. ' 1º ........... salvo autori5ação do tri3unalI 0111 o ato de re&oção.......... Aupre&o <ri3unal ederal......... ! e e do in!iso 11I ............. ' 2º ......... !onstituindo etapa o3ri(atDria do pro!esso de vitali!ia&ento a parti!ipação e& !urso o9i!ial ou re!on8e!ido por es!ola na!ional de 9or&ação e aper9eiçoa&ento de &a(istradosI ...... nas no&eaç7es..>:?@ -Art.................... e asse(urada a&pla de9esa... !o& a parti!ipação da ...... ....................................... e*i(indo"se do 3a!8arel e& direito. orde& de !lassi9i!açãoI 11 "..... 011 o 4ui5 titular residir$ na respe!tiva !o&ar!a........... 3 ... !u4o !ar(o ini!ial ser$ o de 4ui5 su3stituto.... 93........

.................. ....... .......>:?@ -Art...... .......... provendo" se &etade das va(as por anti(Kidade e a outra &etade por eleição pelo tri3unal plenoI /11 a atividade 4urisdi!ional ser$ ininterrupta....... .. a 6ual6uer tJtulo ou prete*to....... e 9unda&entadas todas as de!is7es............... o =oder )*e!utivo !onsiderar$..... e& !asos nos 6uais a preservação do direito ............. .... nos dias e& 6ue não 8ouver e*pediente 9orense nor&al.......... in9or&açãoI / as de!is7es ad&inistrativas dos tri3unais serão &otivadas e e& sessão pC3li!a. ou so&ente a estes.. e9etiva de&anda 4udi!ial e ................>:?@ -Art......................... 99........ respe!tiva populaçãoI /10 os servidores re!e3erão dele(ação para a pr$ti!a de atos de ad&inistração e atos de &ero e*pediente se& !ar$ter de!isDrioI /0 a distri3uição de pro!essos ser$ i&ediata............. para 9ins de !onsolidação da proposta orça&ent$ria anual.....................s atividades espe!J9i!as da Fustiça............ au*Jlios ou !ontri3uiç7es de pessoas 9Jsi!as..................... 4uJ5es e& plantão per&anenteI /111 o nC&ero de 4uJ5es na unidade 4urisdi!ional ser$ propor!ional ..... 10 re!e3er... ' 3º Ae os Dr(ãos re9eridos no ' 2º não en!a&in8are& as respe!tivas propostas orça&ent$rias dentro do pra5o esta3ele!ido na lei de diretri5es orça&ent$rias.. entidades pC3li!as ou privadas........ sendo as dis!iplinares to&adas pelo voto da &aioria a3soluta de seus &e&3rosI /1 nos tri3unais !o& nC&ero superior a vinte e !in!o 4ul(adores............... ...... !o& o &Jni&o de on5e e o &$*i&o de vinte e !in!o &e&3ros.......... podendo a lei li&itar a presença............... 95.......................->:?@ -Art.......... 98........... 9un!ionando...... sendo vedado 9Grias !oletivas nos 4uJ5os e tri3unais de se(undo (rau........ e& todos os (raus de 4urisdição....... .... ' 1º >anti(o par$(ra9o Cni!o@ ............................. =ar$(ra9o Cni!o. os valores aprovados na lei .......s prDprias partes e a seus advo(ados.... ressalvadas as e*!eç7es previstas e& leiI 0 e*er!er a advo!a!ia no 4uJ5o ou tri3unal do 6ual se a9astou.......... e& deter&inados atos. inti&idade do interessado no si(ilo não pre4udi6ue o interesse pC3li!o .. ' 2º As !ustas e e&olu&entos serão destinados e*!lusiva&ente ao !usteio dos serviços a9etos .... poder$ ser !onstituJdo Dr(ão espe!ial..... para o e*er!J!io das atri3uiç7es ad&inistrativas e 4urisdi!ionais dele(adas da !o&pet%n!ia do tri3unal pleno................ Aos 4uJ5es G vedado+ . so3 pena de nulidade..........................1/ todos os 4ul(a&entos dos Dr(ãos do =oder Fudi!i$rio serão pC3li!os... antes de de!orridos tr%s anos do a9asta&ento do !ar(o por aposentadoria ou e*oneração..........

............................ r@ as aç7es !ontra o Consel8o :a!ional de Fustiça e !ontra o Consel8o :a!ional do EinistGrio =C3li!oI .............. relativa&ente aos de&ais Dr(ãos do =oder Fudi!i$rio e ......... 103............................ so&ente podendo re!us$"lo pela &ani9estação de dois terços de seus &e&3ros..... o =oder )*e!utivo pro!eder$ aos a4ustes ne!ess$rios para 9ins de !onsolidação da proposta orça&ent$ria anual........orça&ent$ria vi(ente..................... ................. .. a4ustados de a!ordo !o& os li&ites estipulados na 9or&a do ' 1º deste arti(o............... nos ter&os da lei.................... ' 4º Ae as propostas orça&ent$rias de 6ue trata este arti(o 9ore& en!a&in8adas e& desa!ordo !o& os li&ites estipulados na 9or&a do ' 1º........ . 10 a Eesa de Asse&3lGia ............................................................ 111 "................... ..... pro9eridas pelo Aupre&o <ri3unal ederal............................. ' 5º Lurante a e*e!ução orça&ent$ria do e*er!J!io............................ ' 4º >?evo(ado@.............. ' 3º :o re!urso e*traordin$rio o re!orrente dever$ de&onstrar a reper!ussão (eral das 6uest7es !onstitu!ionais dis!utidas no !aso............. &ediante a a3ertura de !rGditos suple&entares ou espe!iais.... nas es9eras 9ederal.............................e(islativa ou da C2&ara .... e*!eto se previa&ente autori5adas........ =ode& propor a ação direta de in!onstitu!ionalidade e a ação de!laratDria de !onstitu!ionalidade+ .e(islativa do Listrito ederalI 0 o Bovernador de )stado ou do Listrito ederalI ......................................................................................... nas aç7es diretas de in!onstitu!ionalidade e nas aç7es de!laratDrias de !onstitu!ionalidade produ5irão e9i!$!ia !ontra todos e e9eito vin!ulante..... 8@ >?evo(ada@ ....... d@ 4ul(ar v$lida lei lo!al !ontestada e& 9a!e de lei 9ederal....................>:?@ .... ' 2º As de!is7es de9initivas de &Grito.......... 1 "........ 102....... estadual e &uni!ipal.. não poder$ 8aver a reali5ação de despesas ou a assunção de o3ri(aç7es 6ue e*trapole& os li&ites esta3ele!idos na lei de diretri5es orça&ent$rias.......................... ad&inistração pC3li!a direta e indireta.>:?@ -Art.......>:?@ -Art.................................................. a 9i& de 6ue o <ri3unal e*a&ine a ad&issão do re!urso..........................

............. 4ustiça e& todas as 9ases do pro!esso....................... na 9or&a da lei................ !u4as de!is7es terão !ar$ter vin!ulante........................................... 1 "....................... !a3endo"l8e e*er!er.s <ri3unais ?e(ionais ederais instalarão a 4ustiça itinerante........................... sendo+ .. 107............................-Art............................. ......>:?@ -Art............ depois de aprovada a es!ol8a pela &aioria a3soluta do Aenado ederal.. un!ionarão 4unto ao Auperior <ri3unal de Fustiça+ 1 a )s!ola :a!ional de or&ação e Aper9eiçoa&ento de Ea(istrados....................... 104..................s <ri3unais ?e(ionais ederais poderão 9un!ionar des!entrali5ada&ente.................... ...... =ar$(ra9o Cni!o........... 3@ 4ul(ar v$lido ato de (overno lo!al !ontestado e& 9a!e de lei 9ederalI ... a supervisão ad&inistrativa e orça&ent$ria da Fustiça ederal de pri&eiro e se(undo (raus............ ' 3º .................. a 9i& de asse(urar o pleno a!esso do 4urisdi!ionado ................................... ...........s Einistros do Auperior <ri3unal de Fustiça serão no&eados pelo =residente da ?epC3li!a... !onstituindo C2&aras re(ionais............................. dentre 3rasileiros !o& &ais de trinta e !in!o e &enos de sessenta e !in!o anos................. !a3endo"l8e.......... i@ a 8o&olo(ação de sentenças estran(eiras e a !on!essão de e*e6uatur ..... .. ................................ .......................>:?@ -Art.................................. servindo"se de e6uipa&entos pC3li!os e !o&unit$rios................................................ re(ula&entar os !ursos o9i!iais para o in(resso e pro&oção na !arreiraI 11 o Consel8o da Fustiça ederal................. =ar$(ra9o Cni!o................................. dentre outras 9unç7es..... !o&o Dr(ão !entral do siste&a e !o& poderes !orrei!ionais..... de not$vel sa3er 4urJdi!o e reputação ili3ada............................................................................... nos li&ites territoriais da respe!tiva 4urisdição....... 105......... ' 2º .. 111 "...... 0"A as !ausas relativas a direitos 8u&anos a 6ue se re9ere o ' 5º deste arti(oI .....>:?@ -Art............... !o& a reali5ação de audi%n!ias e de&ais 9unç7es da atividade 4urisdi!ional........................ ............. ' 1º >anti(o par$(ra9o Cni!o@ ....... .............. ..............s !artas ro(atDriasI . 109.........

........ in!idente de deslo!a&ento de !o&pet%n!ia para a Fustiça ederal.......... a3ran(idos os entes de direito pC3li!o e*terno e da ad&inistração pC3li!a direta e indireta da Hnião. do Listrito ederal e dos Euni!JpiosI 11 as aç7es 6ue envolva& e*er!J!io do direito de (reveI 111 as aç7es so3re representação sindi!al........ 114. ' 1º >?evo(ado@..>:?@ -Art. entre sindi!atos e tra3al8adores. respeitadas as disposiç7es &Jni&as le(ais de proteção ao tra3al8o.. e entre sindi!atos e e&pre(adoresI 10 os &andados de se(urança.. ' 2º >?evo(ado@... 111..... o I 01 as aç7es de indeni5ação por dano &oral ou patri&onial. atri3uJ"la aos 4uJ5es de direito.. Fustiça do <ra3al8o pro!essar e 4ul(ar+ 1 as aç7es oriundas da relação de tra3al8o............s penalidades ad&inistrativas i&postas aos e&pre(adores pelos Dr(ãos de 9is!ali5ação das relaç7es de tra3al8oI 0111 a e*e!ução. A lei !riar$ varas da Fustiça do <ra3al8o................ 1................. entre sindi!atos. ' 5º :as 8ipDteses de (rave violação de direitos 8u&anos... ' 2º ?e!usando"se 6ual6uer das partes ...... Co&pete .. ' 3º >?evo(ado@....... podendo a Fustiça do < ra3al8o de!idir o !on9lito..... perante o Auperior <ri3unal de Fustiça... 1........... e 11. a ..... 6uando o ato 6uestionado envolver &atGria su4eita ............. de!orrentes das sentenças 6ue pro9erirI 1/ outras !ontrovGrsias de!orrentes da relação de tra3al8o...... das !ontri3uiç7es so!iais previstas no art... e seus a!rGs!i&os le(ais..... o =ro!urador"Beral da ?epC3li!a.............. 8a3eas !orpus e 8a3eas data ... nas !o&ar!as não a3ran(idas por sua 4urisdição..... 112.......... poder$ sus!itar... .. de !o&u& a!ordo. 195............>:?@ -Art...... !o& a 9inalidade de asse(urar o !u&pri&ento de o3ri(aç7es de!orrentes de tratados interna!ionais de direitos 8u&anos dos 6uais o #rasil se4a parte..... de o9J!io....... e& 6ual6uer 9ase do in6uGrito ou pro!esso.. ... podendo.......... sua 4urisdiçãoI 0 os !on9litos de !o&pet%n!ia entre Dr(ãos !o& 4urisdição tra3al8ista.... na 9or&a da lei.. G 9a!ultado ......... ar3itra(e&.. de!orrentes da relação de tra3al8oI 011 as aç7es relativas .... !o& re!urso para o respe!tivo <ri3unal ?e(ional do < ra3al8o.. 102... 3e& !o&o as !onven!ionadas anterior&ente.>:?@ -Art. a4ui5ar dissJdio !oletivo de nature5a e!onM&i!a. ressalvado o disposto no art..... ne(o!iação !oletiva ou ........ ... dos )stados............ ' 1º ...s &es&as..

.... na respe!tiva re(ião. <ri3unal de Fustiça poder$ 9un!ionar des!entrali5ada&ente......... 6uando possJvel..... &ediante pro&oção de 4uJ5es do tra3al8o por anti(Kidade e &ere!i&ento. ' 6º ...' 3º )& !aso de (reve e& atividade essen!ial.. sendo+ 1 u& 6uinto dentre advo(ados !o& &ais de de5 anos de e9etiva atividade pro9issional e &e&3ros do EinistGrio =C3li!o do <ra3al8o !o& &ais de de5 anos de e9etivo e*er!J!io.s <ri3unais ?e(ionais do <ra3al8o instalarão a 4ustiça itinerante..... &ediante proposta do < ri3unal de Fustiça...s <ri3unais ?e(ionais do <ra3al8o !o&p7e&"se de......... ' 2º .>:?@ -Art........ .. 125. e& pri&eiro (rau.. 4ustiça e& todas as 9ases do pro!esso.. a 9i& de asse(urar o pleno a!esso do 4urisdi!ionado ....... !o& a reali5ação de audi%n!ias e de&ais 9unç7es da atividade 4urisdi!ional.. !o& a reali5ação de audi%n!ias e de&ais 9unç7es de atividade 4urisdi!ional....>:?@ -Art... !onstituindo C2&aras re(ionais.. 94I 11 os de&ais.... 4ustiça e& todas as 9ases do pro!esso. !a3endo ao Consel8o de Fustiça.. alternada&ente.. ' 1º . no &Jni&o.. pelos 4uJ5es de direito e pelos Consel8os de Fustiça e. !o& !o&pet%n!ia e*!lusiva para 6uest7es a(r$rias. nos li&ites territoriais da respe!tiva 4urisdição. ' 5º Co&pete aos 4uJ5es de direito do 4uJ5o &ilitar pro!essar e 4ul(ar.. ' 7º ..... ' 4º Co&pete .. servindo"se de e6uipa&entos pC3li!os e !o&unit$rios. o EinistGrio =C3li!o do <ra3al8o poder$ a4ui5ar dissJdio !oletivo........... re!rutados..... nos !ri&es &ilitares de9inidos e& lei e as aç7es 4udi!iais !ontra atos dis!iplinares &ilitares...s <ri3unais ?e(ionais do <ra3al8o poderão 9un!ionar des!entrali5ada&ente.. e& se(undo (rau.. . so3 a presid%n!ia de 4ui5 de direito... pro!essar e 4ul(ar os de&ais !ri&es &ilitares................... nos li&ites territoriais da respe!tiva 4urisdição.... !a3endo ao tri3unal !o&petente de!idir so3re a perda do posto e da patente dos o9i!iais e da (raduação das praças..... !o&petindo ... ......>:?@ -Art.... ' 3º A lei estadual poder$ !riar......................>:?@ -Art. ... e no&eados pelo =residente da ?epC3li!a dentre 3rasileiros !o& &ais de trinta e &enos de sessenta e !in!o anos. pelo prDprio <ri3unal de Fustiça.. Fustiça Eilitar estadual pro!essar e 4ul(ar os &ilitares dos )stados. sete 4uJ5es. 126..... a Fustiça Eilitar estadual.......... !onstituJda. ou por <ri3unal de Fustiça Eilitar nos )stados e& 6ue o e9etivo &ilitar se4a superior a vinte &il inte(rantes..... o <ri3unal de Fustiça propor$ a !riação de varas espe!iali5adas........ servindo"se de e6uipa&entos pC3li!os e !o&unit$rios.... Fustiça do <ra3al8o de!idir o !on9lito... =ara diri&ir !on9litos 9undi$rios... 115... <ri3unal de Fustiça instalar$ a 4ustiça itinerante..... o3servado o disposto no art.... a 9i& de asse(urar o pleno a!esso do 4urisdi!ionado . sin(ular&ente...... ... ressalvada a !o&pet%n!ia do 4Cri 6uando a vJti&a 9or !ivil... os !ri&es &ilitares !o&etidos !ontra !ivis e as aç7es 4udi!iais !ontra atos dis!iplinares &ilitares........... !o& possi3ilidade de lesão do interesse pC3li!o... !onstituindo C2&aras re(ionais.. ..... 127......

............ ' 3º ......... tr%s anos de atividade 4urJdi!a e o3servando"se.................. &ediante a a3ertura de !rGditos suple&entares ou espe!iais................................... 11 "... ... no 6ue !ou3er.. a orde& de !lassi9i!ação. ......>:?@ -Art...................... ' 5º Ae a proposta orça&ent$ria de 6ue trata este arti(o 9or en!a&in8ada e& desa!ordo !o& os li&ites estipulados na 9or&a do ' 3º........... ' 4º Ae o EinistGrio =C3li!o não en!a&in8ar a respe!tiva proposta orça&ent$ria dentro do pra5o esta3ele!ido na lei de diretri5es orça&ent$rias. o =oder )*e!utivo pro!eder$ aos a4ustes ne!ess$rios para 9ins de !onsolidação da proposta orça&ent$ria anual.......................... 1 ".. os valores aprovados na lei orça&ent$ria vi(ente............ nas no&eaç7es................................................ ' 2º As 9unç7es do EinistGrio =C3li!o sD pode& ser e*er!idas por inte(rantes da !arreira.......................... ........................................ .............. asse(urada a parti!ipação da .. asse(urada a&pla de9esaI .................. no &Jni&o. e@ e*er!er atividade polJti!o"partid$riaI 9@ re!e3er............. entidades pC3li!as ou privadas................... o disposto no art.>:?@ -Art....................... 6ue deverão residir na !o&ar!a da respe!tiva lotação............................ .... salvo por &otivo de interesse pC3li!o...... ...... pelo voto da &aioria a3soluta de seus &e&3ros......... &ediante de!isão do Dr(ão !ole(iado !o&petente do EinistGrio =C3li!o. 0............. 128.......................... 129...... ............. 3@ ina&ovi3ilidade.............. não poder$ 8aver a reali5ação de despesas ou a assunção de o3ri(aç7es 6ue e*trapole& os li&ites esta3ele!idos na lei de diretri5es orça&ent$rias......... ' 4º Apli!a"se ao EinistGrio =C3li!o....rde& dos Advo(ados do #rasil e& sua reali5ação. a 6ual6uer tJtulo ou prete*to....... 95................... ' 6º Apli!a"se aos &e&3ros do EinistGrio =C3li!o o disposto no art.. ' 6º Lurante a e*e!ução orça&ent$ria do e*er!J!io..... par$(ra9o Cni!o.... 93........... para 9ins de !onsolidação da proposta orça&ent$ria anual. salvo autori5ação do !8e9e da instituição........... in(resso na !arreira do EinistGrio =C3li!o 9ar"se"$ &ediante !on!urso pC3li!o de provas e tJtulos.................... o =oder )*e!utivo !onsiderar$..... au*Jlios ou !ontri3uiç7es de pessoas 9Jsi!as........ ressalvadas as e*!eç7es previstas e& lei........ e*i(indo"se do 3a!8arel e& direito.......................................................................................... a4ustados de a!ordo !o& os li&ites estipulados na 9or&a do ' 3º..... e*!eto se previa&ente autori5adas.............. ' 5º .......

.. na 9or&a esta3ele!ida e& lei.. ad&inistração pC3li!a direta e indireta...-Art..... estadual e &uni!ipal.. !o& &andato de dois anos. . ' 1º A sC&ula ter$ por o34etivo a validade.... -Art...... . indi!ado pelo respe!tivo tri3unalI 11 u& Einistro do Auperior <ri3unal de Fustiça. ' 9º. e& duodG!i&os... 103"A....... &ediante de!isão de dois terços dos seus &e&3ros........ a aprovação.....' 5º A distri3uição de pro!essos no EinistGrio =C3li!o ser$ i&ediata. indi!ado pelo Auperior <ri3unal de FustiçaI . aprovar sC&ula 6ue... sendo+ 1 u& Einistro do Aupre&o <ri3unal ederal.. ' 2º... nas es9eras 9ederal... 134.....>:?@ -Art.. !on9or&e o !aso. 2º A Constituição 111"A e 130"A+ ederal passa a vi(orar a!res!ida dos se(uintes arts..s dotaç7es orça&ent$rias. 4ul(ando"a pro!edente. de o9J!io ou por provo!ação. 99...... indi!ado pelo respe!tivo tri3unalI 111 u& Einistro do <ri3unal Auperior do <ra3al8o. 103"#...s re!ursos !orrespondentes . 103"A. indi!ado pelo Aupre&o <ri3unal ederalI 0 u& 4ui5 estadual.e(islativo e Fudi!i$rio.. !o&preendidos os !rGditos suple&entares e espe!iais. apDs reiteradas de!is7es so3re &atGria !onstitu!ional. !a3er$ re!la&ação ao Aupre&o <ri3unal ederal 6ue. . indi!ado pelo Aupre&o <ri3unal ederalI 01 u& 4ui5 de <ri3unal ?e(ional ederal.. a interpretação e a e9i!$!ia de nor&as deter&inadas.. 103"#. ' 2º Ns Le9ensorias =C3li!as )staduais são asse(uradas autono&ia 9un!ional e ad&inistrativa e a ini!iativa de sua proposta orça&ent$ria dentro dos li&ites esta3ele!idos na lei de diretri5es orça&ent$rias e su3ordinação ao disposto no art. e deter&inar$ 6ue outra se4a pro9erida !o& ou se& a apli!ação da sC&ula. 165..... na 9or&a da lei !o&ple&entar a 6ue se re9ere o art.. a!er!a das 6uais 8a4a !ontrovGrsia atual entre Dr(ãos 4udi!i$rios ou entre esses e a ad&inistração pC3li!a 6ue a!arrete (rave inse(urança 4urJdi!a e relevante &ultipli!ação de pro!essos so3re 6uestão id%nti!a. ser"l8es"ão entre(ues atG o dia 20 de !ada &%s..>:?@ -Art. ' 2º Ae& pre4uJ5o do 6ue vier a ser esta3ele!ido e& lei. ter$ e9eito vin!ulante e& relação aos de&ais Dr(ãos do =oder Fudi!i$rio e ... indi!ado pelo Auperior <ri3unal de FustiçaI 011 u& 4ui5 9ederal. ' 1º >anti(o par$(ra9o Cni!o@ .....>:?@ Art. . ad&itida u&a re!ondução. sua revisão ou !an!ela&ento.... do EinistGrio =C3li!o e da Le9ensoria =C3li!a... Consel8o :a!ional de Fustiça !o&p7e"se de 6uin5e &e&3ros !o& &ais de trinta e !in!o e &enos de sessenta e seis anos de idade. revisão ou !an!ela&ento de sC&ula poder$ ser provo!ada por a6ueles 6ue pode& propor a ação direta de in!onstitu!ionalidade. anular$ o ato ad&inistrativo ou !assar$ a de!isão 4udi!ial re!la&ada... ' 3º Lo ato ad&inistrativo ou de!isão 4udi!ial 6ue !ontrariar a sC&ula apli!$vel ou 6ue indevida&ente a apli!ar... indi!ado pelo respe!tivo tri3unalI 10 u& dese&3ar(ador de <ri3unal de Fustiça... a partir de sua pu3li!ação na i&prensa o9i!ial. Aupre&o <ri3unal ederal poder$. destinados aos Dr(ãos dos =oderes . 3e& !o&o pro!eder . 168.

rde& dos Advo(ados do #rasilI /111 dois !idadãos. no pra5o le(al. !a3endo"l8e. se& pre4uJ5o da !o&pet%n!ia dis!iplinar e !orrei!ional dos tri3unais. !a3er$ a es!ol8a ao Aupre&o <ri3unal ederal. indi!ado pelo <ri3unal Auperior do <ra3al8oI 1/ u& 4ui5 do tra3al8o. as indi!aç7es previstas neste arti(o. 6ue votar$ e& !aso de e&pate. in!lusive !ontra seus serviços au*iliares. de o9J!io ou &ediante provo!ação. rev%"los ou 9i*ar pra5o para 6ue se adote& as provid%n!ias ne!ess$rias ao e*ato !u&pri&ento da lei. podendo avo!ar pro!essos dis!iplinares e& !urso e deter&inar a re&oção. serventias e Dr(ãos prestadores de serviços notariais e de re(istro 6ue atue& por dele(ação do poder pC3li!o ou o9i!iali5ados. podendo des!onstituJ" los. nos di9erentes Dr(ãos do =oder Fudi!i$rioI 011 ela3orar relatDrio anual. . ' 4º Co&pete ao Consel8o o !ontrole da atuação ad&inistrativa e 9inan!eira do =oder Fudi!i$rio e do !u&pri&ento dos deveres 9un!ionais dos 4uJ5es. por unidade da ederação. ' 3º :ão e9etuadas. os pro!essos dis!iplinares de 4uJ5es e &e&3ros de tri3unais 4ul(ados 8$ &enos de u& anoI 01 ela3orar se&estral&ente relatDrio estatJsti!o so3re pro!essos e sentenças prolatadas. 9i!ando e*!luJdo da distri3uição de pro!essos na6uele tri3unal. no !aso de !ri&e !ontra a ad&inistração pC3li!a ou de a3uso de autoridadeI 0 rever. indi!ado pelo =ro!urador"Beral da ?epC3li!aI /1 u& &e&3ro do EinistGrio =C3li!o estadual. ou re!o&endar provid%n!iasI 11 5elar pela o3serv2n!ia do art. indi!ado pelo <ri3unal Auperior do <ra3al8oI / u& &e&3ro do EinistGrio =C3li!o da Hnião. a disponi3ilidade ou a aposentadoria !o& su3sJdios ou proventos propor!ionais ao te&po de serviço e apli!ar outras sanç7es ad&inistrativas. propondo as provid%n!ias 6ue 4ul(ar ne!ess$rias. de o9J!io ou &ediante provo!ação. asse(urada a&pla de9esaI 10 representar ao EinistGrio =C3li!o. ' 2º . es!ol8ido pelo =ro!urador"Beral da ?epC3li!a dentre os no&es indi!ados pelo Dr(ão !o&petente de !ada instituição estadualI /11 dois advo(ados. no 2&3ito de sua !o&pet%n!ia. 37 e apre!iar. indi!ados u& pela C2&ara dos Leputados e outro pelo Aenado ederal.s &e&3ros do Consel8o serão no&eados pelo =residente da ?epC3li!a. ' 1º . de not$vel sa3er 4urJdi!o e reputação ili3ada. alG& de outras atri3uiç7es 6ue l8e 9ore& !on9eridas pelo )statuto da Ea(istratura+ 1 5elar pela autono&ia do =oder Fudi!i$rio e pelo !u&pri&ento do )statuto da Ea(istratura. se& pre4uJ5o da !o&pet%n!ia do <ri3unal de Contas da HniãoI 111 re!e3er e !on8e!er das re!la&aç7es !ontra &e&3ros ou Dr(ãos do =oder Fudi!i$rio.0111 u& 4ui5 de <ri3unal ?e(ional do <ra3al8o. a le(alidade dos atos ad&inistrativos prati!ados por &e&3ros ou Dr(ãos do =oder Fudi!i$rio. depois de aprovada a es!ol8a pela &aioria a3soluta do Aenado ederal. podendo e*pedir atos re(ula&entares. so3re a situação do =oder Fudi!i$rio no =aJs e as atividades do Consel8o. por o!asião da a3ertura da sessão le(islativa. o 6ual deve inte(rar &ensa(e& do =residente do Aupre&o <ri3unal ederal a ser re&etida ao Con(resso :a!ional. Consel8o ser$ presidido pelo Einistro do Aupre&o <ri3unal ederal. indi!ados pelo Consel8o ederal da .

relativas aos &a(istrados e aos serviços 4udi!i$riosI 11 e*er!er 9unç7es e*e!utivas do Consel8o. !riar$ ouvidorias de 4ustiça. para u& &andato de dois anos.-Art. sendo+ 1 o =ro!urador"Beral da ?epC3li!a. Listrito ederal e <erritDrios. in!lusive nos )stados. as se(uintes+ 1 re!e3er as re!la&aç7es e denCn!ias. Einistro do Auperior <ri3unal de Fustiça e*er!er$ a 9unção de Einistro"Corre(edor e 9i!ar$ e*!luJdo da distri3uição de pro!essos no <ri3unal. !a3endo"l8e. ' 2º un!ionarão 4unto ao <ri3unal Auperior do <ra3al8o+ 1 a )s!ola :a!ional de or&ação e Aper9eiçoa&ento de Ea(istrados do <ra3al8o. in!lusive no Listrito ederal e nos <erritDrios. o3servado o disposto no art. ' 1º A lei dispor$ so3re a !o&pet%n!ia do <ri3unal Auperior do <ra3al8o. de 6ual6uer interessado. a supervisão ad&inistrativa. <ri3unal Auperior do <ra3al8o !o&por"se"$ de vinte e sete Einistros. .rde& dos Advo(ados do #rasil. ' 7º A Hnião. oriundos da &a(istratura da !arreira. . e re6uisitar servidores de 4uJ5os ou tri3unais. re(ula&entar os !ursos o9i!iais para o in(resso e pro&oção na !arreiraI 11 o Consel8o Auperior da Fustiça do <ra3al8o. Consel8o :a!ional do EinistGrio =C3li!o !o&p7e"se de 6uator5e &e&3ros no&eados pelo =residente da ?epC3li!a. orça&ent$ria. depois de aprovada a es!ol8a pela &aioria a3soluta do Aenado ederal. !u4as de!is7es terão e9eito vin!ulante. na 9or&a da lei. indi!ados u& pelo Aupre&o <ri3unal FustiçaI ederal e outro pelo Auperior <ri3unal de . 9inan!eira e patri&onial da Fustiça do <ra3al8o de pri&eiro e se(undo (raus. representando direta&ente ao Consel8o :a!ional de Fustiça. sendo+ 1 u& 6uinto dentre advo(ados !o& &ais de de5 anos de e9etiva atividade pro9issional e &e&3ros do EinistGrio =C3li!o do <ra3al8o !o& &ais de de5 anos de e9etivo e*er!J!io. !o&petindo"l8e. !a3endo"l8e e*er!er. dele(ando"l8es atri3uiç7es. no&eados pelo =residente da ?epC3li!a apDs aprovação pela &aioria a3soluta do Aenado ederal.' 5º . !o&o Dr(ão !entral do siste&a. es!ol8idos dentre 3rasileiros !o& &ais de trinta e !in!o e &enos de sessenta e !in!o anos. 94I 11 os de&ais dentre 4uJ5es dos <ri3unais ?e(ionais do <ra3al8o. ou !ontra seus serviços au*iliares. alG& das atri3uiç7es 6ue l8e 9ore& !on9eridas pelo )statuto da Ea(istratura. 6ue o presideI 11 6uatro &e&3ros do EinistGrio =C3li!o da Hnião. de inspeção e de !orreição (eralI 111 re6uisitar e desi(nar &a(istrados. 111"A. 130"A. dentre outras 9unç7es. ad&itida u&a re!ondução. ' 6º Funto ao Consel8o o9i!iarão o =ro!urador"Beral da ?epC3li!a e o =residente do Consel8o ederal da .-Art. indi!ados pelo prDprio <ri3unal Auperior. !o&petentes para re!e3er re!la&aç7es e denCn!ias de 6ual6uer interessado !ontra &e&3ros ou Dr(ãos do =oder Fudi!i$rio. asse(urada a representação de !ada u&a de suas !arreirasI 111 tr%s &e&3ros do EinistGrio =C3li!o dos )stadosI 10 dois 4uJ5es.

dentre os &e&3ros do EinistGrio =C3li!o 6ue o inte(ra&. no 2&3ito de sua !o&pet%n!ia. 3º A lei !riar$ o undo de Barantia das )*e!uç7es <ra3al8istas. indi!ados u& pela C2&ara dos Leputados e outro pelo Aenado ederal. 37 e apre!iar. na 9or&a da lei.rde& dos Advo(ados do #rasilI 01 dois !idadãos de not$vel sa3er 4urJdi!o e reputação ili3ada. in!lusive !ontra seus serviços au*iliares. rev%"los ou 9i*ar pra5o para 6ue se adote& as provid%n!ias ne!ess$rias ao e*ato !u&pri&ento da lei. se& pre4uJ5o da !o&pet%n!ia dis!iplinar e !orrei!ional da instituição.Art. /1. e re6uisitar servidores de Dr(ãos do EinistGrio =C3li!o. Consel8o es!ol8er$.rde& dos Advo(ados do #rasil o9i!iar$ 4unto ao ' 5º . asse(urada a&pla de9esaI 10 rever. ' 2º Co&pete ao Consel8o :a!ional do EinistGrio =C3li!o o !ontrole da atuação ad&inistrativa e 9inan!eira do EinistGrio =C3li!o e do !u&pri&ento dos deveres 9un!ionais de seus &e&3ros. indi!ados pelo Consel8o ederal da . ' 3º . !o&petentes para re!e3er re!la&aç7es e denCn!ias de 6ual6uer interessado !ontra &e&3ros ou Dr(ãos do EinistGrio =C3li!o. de inspeção e !orreição (eralI 111 re6uisitar e desi(nar &e&3ros do EinistGrio =C3li!o. a le(alidade dos atos ad&inistrativos prati!ados por &e&3ros ou Dr(ãos do EinistGrio =C3li!o da Hnião e dos )stados. se& pre4uJ5o da !o&pet%n!ia dos <ri3unais de ContasI 111 re!e3er e !on8e!er das re!la&aç7es !ontra &e&3ros ou Dr(ãos do EinistGrio =C3li!o da Hnião ou dos )stados. propondo as provid%n!ias 6ue 4ul(ar ne!ess$rias so3re a situação do EinistGrio =C3li!o no =aJs e as atividades do Consel8o. relativas aos &e&3ros do EinistGrio =C3li!o e dos seus serviços au*iliaresI 11 e*er!er 9unç7es e*e!utivas do Consel8o. !o&petindo"l8e. . 84. ' 1º . ederal da . de o9J!io ou &ediante provo!ação.eis da Hnião e dos )stados !riarão ouvidorias do EinistGrio =C3li!o. podendo e*pedir atos re(ula&entares. os pro!essos dis!iplinares de &e&3ros do EinistGrio =C3li!o da Hnião ou dos )stados 4ul(ados 8$ &enos de u& anoI 0 ela3orar relatDrio anual. ou re!o&endar provid%n!iasI 11 5elar pela o3serv2n!ia do art. deter&inar a re&oção. de 6ual6uer interessado. representando direta&ente ao Consel8o :a!ional do EinistGrio =C3li!o. podendo des!onstituJ"los. u& Corre(edor na!ional. ' 4º . a disponi3ilidade ou a aposentadoria !o& su3sJdios ou proventos propor!ionais ao te&po de serviço e apli!ar outras sanç7es ad&inistrativas. as se(uintes+ 1 re!e3er re!la&aç7es e denCn!ias. vedada a re!ondução. podendo avo!ar pro!essos dis!iplinares e& !urso. alG& das atri3uiç7es 6ue l8e 9ore& !on9eridas pela lei. dele(ando"l8es atri3uiç7es. in!lusive !ontra seus serviços au*iliares. =residente do Consel8o Consel8o. alG& de outras re!eitas.s &e&3ros do Consel8o oriundos do EinistGrio =C3li!o serão indi!ados pelos respe!tivos EinistGrios =C3li!os. de o9J!io ou &ediante provo!ação. inte(rado pelas &ultas de!orrentes de !ondenaç7es tra3al8istas e ad&inistrativas oriundas da 9is!ali5ação do tra3al8o. e& votação se!reta. o 6ual deve inte(rar a &ensa(e& prevista no art. !a3endol8e+ 1 5elar pela autono&ia 9un!ional e ad&inistrativa do EinistGrio =C3li!o.0 dois advo(ados.

3e& !o&o pro&over alteraç7es na le(islação 9ederal o34etivando tornar &ais a&plo o a!esso . devendo a indi!ação ou es!ol8a de seus &e&3ros ser e9etuada atG trinta dias antes do ter&o 9inal. e& !ento e oitenta dias.ui5 =iau8Olino 2º 0i!e"=residente Leputado Beddel 0ieira . &ediante resolução. 7º . Art. ' 2º AtG 6ue entre e& vi(or o )statuto da Ea(istratura. !a3endo ao <ri3unal Auperior do <ra3al8o re(ula&entar seu 9un!iona&ento por resolução. 6º . )sta )&enda Constitu!ional entra e& vi(or na data de sua pu3li!ação. Art.e(islativo. dis!iplinar$ seu 9un!iona&ento e de9inir$ as atri3uiç7es do Einistro" Corre(edor. 111. respe!tiva&ente. 102I o ' 4º do art. proposta de alteração da or(ani5ação e da divisão 4udi!i$ria !orrespondentes. os pro4etos de lei ne!ess$rios . en6uanto não pro&ul(ada a lei a 6ue se re9ere o art. !ontado da pro&ul(ação desta )&enda. os <ri3unais de Fustiça. 9º Aão revo(ados o in!iso 10 do art. Fustiça e &ais !Glere a prestação 4urisdi!ional. o Consel8o :a!ional de Fustiça. ' 1º :ão e9etuadas as indi!aç7es e es!ol8a dos no&es para os Consel8os :a!ional de Fustiça e do EinistGrio =C3li!o dentro do pra5o 9i*ado no !aput deste arti(o.liveira 1º 0i!e"=residente Leputado . Art. !o&issão espe!ial &ista. 5º . asse(urados os direitos dos inativos e pensionistas e o aproveita&ento dos servidores no =oder Fudi!i$rio estadual. Consel8o :a!ional de Fustiça e o Consel8o :a!ional do EinistGrio =C3li!o serão instalados no pra5o de !ento e oitenta dias a !ontar da pro&ul(ação desta )&enda. ao Aupre&o <ri3unal ederal e ao EinistGrio =C3li!o da Hnião reali5$las. respeitadas a anti(Kidade e !lasse de ori(e&. pro&overão a inte(ração dos &e&3ros dos tri3unais e*tintos e& seus 6uadros. Art. e& 30 de de5e&3ro de 2004 Mesa da C&'ara dos Deputados Leputado Foão =aulo Cun8a =residente Leputado 1no!%n!io de . :o pra5o de !ento e oitenta dias. por ato ad&inistrativo. 103I e os '' 1º a 3º do art. Con(resso :a!ional instalar$. ' 2º. 36I a alJnea 8 do in!iso 1 do art. 111"A. 9i*ando"l8es a !o&pet%n!ia e re&etendo. 10. e& i(ual pra5o. ao =oder . 4º i!a& e*tintos os tri3unais de Alçada. 8º As atuais sC&ulas do Aupre&o <ri3unal ederal so&ente produ5irão e9eito vin!ulante apDs sua !on9ir&ação por dois terços de seus inte(rantes e pu3li!ação na i&prensa o9i!ial. passando os seus &e&3ros a inte(rar os <ri3unais de Fustiça dos respe!tivos )stados. #rasJlia. i&ediata&ente apDs a pro&ul(ação desta )&enda Constitu!ional. Art. 11. Art. re(ula&entação da &atGria nela tratada.i&a 1º Ae!ret$rio Leputado Aeverino Caval!anti 2º Ae!ret$rio Mesa do Senado $ederal Aenador FosG AarneO =residente Aenador =aulo =ai& 1º 0i!e"=residente Aenador )duardo Ai6ueira Ca&pos 2º 0i!e"=residente Aenador ?o&eu <u&a 1º Ae!ret$rio Aenador Al3erto Ailva 2º Ae!ret$rio .Art. Consel8o Auperior da Fustiça do <ra3al8o ser$ instalado no pra5o de !ento e oitenta dias. onde 8ouver. destinada a ela3orar. =ar$(ra9o Cni!o. !a3er$.

.Leputado :ilton Capi*a3a 3º Ae!ret$rio Leputado Ciro :o(ueira 4º Ae!ret$rio )ste te*to não su3stitui o pu3li!ado no L..12. 31.2004 Aenador Per$!lito ortes 3º Ae!ret$rio Aenador AGr(io Qa&3iasi 4º Ae!ret$rio .H.