You are on page 1of 7

Se você quer como ter 2 sistemas operacionais no mesmo computador, por exemplo: windows, um sistema operacional é certo linux

pra e sistema Ter operacional sistemas este tutorial você. dois

simultaneamente na sua máquina é útil se você quiser experimentar o Linux sem abandonar de vez o Windows. Assim, quem está se iniciando no sistema operacional do pingüim pode manter o bom e velho Windows instalado para matar as saudades dos joguinhos ou pedir socorro aos programas já conhecidos quando algo não funcionar no Linux. Outra justificativa é ter acesso a diferentes versões de um mesmo sistema. Podem ser várias distribuições do Linux ou edições diferentes do Windows – algo muito popular entre programadores, que precisam testar seus softwares em vários ambientes, professores, que têm que ver o mesmo que o aluno, e até jornalistas especializados em tecnologia. Se você quiser experimentar o novo Windows Vista, por exemplo, poderá recorrer ao multiboot para fazê-lo sem eliminar de vez o XP. Multi-boot Para um computador poder rodar mais de um sistema operacional a partir de seu disco rígido é preciso que ele seja multi-boot. Embora muita gente associe o termo “boot” apenas àqueles momentos em que precisamos reiniciar (ou “bootar”) um computador travado e, portanto, à vontade de dar um chute nele, a expressão se aplica a toda vez que o sistema operacional é carregado. O processo de boot é justamente isso: o carregamento do sistema operacional logo que o micro é ligado ou reiniciado. A origem da palavra também é bem mais poética: remete a uma história do fictício Barão de Münchhausen em que o personagem teria se salvado do afogamento (ou escalado uma montanha, segundo outras fontes) puxando a si próprio pelos cadarços das botas – bootstraps, em inglês. Um bootstrap loader é, portanto, um programa que carrega a si próprio, pois não havia nada rodando antes dele.

a maneira mais segura e fácil de administrar é. capazes de subdividir a partição original sem a necessidade de se instalar tudo do zero. Num PC que já tenha um sistema instalado. O Partition Magic custa US$ 70. Embora seja possível. Pena que nenhum dos dois é gratuito. Particionar HD Quando instalamos um HD novo no micro. E e F todos no mesmo disco físico. sem dúvida. por exemplo. . D. dedicar uma partição para cada sistema. geralmente temos que particioná-lo antes de poder formatar o disco para ser usado. sem interferir no disco rígido – e o uso de máquinas virtuais para rodar outros sistemas operacionais dentro de janelas do sistema principal. se os sistemas de arquivos forem compatíveis. Partition Commander US$ 50. Só que a primeira opção fica limitada pela capacidade dos disquinhos óticos e a última. que custa US$ 50. pelo desempenho do PC. Há também a opção do Disk Director. instalar mais de um sistema operacional em uma mesma área do disco rígido. isso provavelmente exigirá o uso de um programa particionador como o Partition Magic ou o Partition Commander.De modo geral. existem alternativas como os LiveCDs/DVDs – CD-ROMs que já trazem um sistema (quase sempre Linux) pré-instalado e permitem o boot a partir deles. É possível ter os “drives” C. as pessoas acabam optando por uma única partição que ocupe todo o espaço do disco. mas para falar de multi-boot é preciso saber que um disco também pode ser particionado em até quatro unidades.Em alguns casos.

como o FAT. Aula de Sistemas Operacionais O sistema operacional é dividido em dois modos básicos. o melhor é já pensar nisso antes de começar a instalar o primeiro sistema operacional. deixando-a com umas poucas centenas de megabytes de espaço e formatando-a com um sistema de arquivos dos mais compatíveis. sendo estes o modo Kernel e o modo Usuário. Em uma divisão de camadas do sistema em auto-nível seria uma sequência como: • • • • Usuário Aplicativo Kernel Hardware Modos de acesso . Só tome cuidado com os sistemas de arquivos: o Windows 95 e anteriores (exceto os da linha NT. O ideal é dedicar a partição primária exclusivamente ao gerenciador de boot. Já se você for instalar duas versões do Windows. e criar uma outra partição de bom tamanho para cada sistema que se pretenda instalar. no mesmo lugar. claro) não suportam o padrão NTFS. espécie de arquivo temporário do sistema. você também deverá precisar de uma outra partição pequena para o swap. não será preciso manter duas cópias de cada programa. mas se você realizar a segunda instalação por cima da primeira. Esta divisão permite que os aplicativos sejam executados com segurança. Os programas terão que ser instalados uma vez em cada Windows. exigindo partições FAT. pode optar por ter uma terceira partição que ambos usarão para armazenamento. No caso do Linux.Se estivermos falando de uma instalação “limpa”.

este mecanismo. garante que nenhuma parte da memória será violada por outro aplicativo. entende um conjunto de instruções. Os processos. Do lado do aplicativo. quando são executados. é mais difícil de um aplicativo violar a privacidade de outro. mas para isso. neste modo. comparado a um estagiário. a todas as partes do hardware. o modo kernel é conhecido como privilegiado por ter acesso completo ao computador. que podem ser executadas básicamente em dois modos: kernel e usuário. e as suas principais funções são: * tratamento de interrupções e excessões * criação e eliminação de processos e threads * sincronização e comunicação entre processos e threads * escalonamento e controle dos processos e threads * gerência de memória * gerência do sistema de arquivos * gerência de dispositíivos de e/s * suporte a redes locais e distribuídas * contabilização do uso do sistema * auditoria e segurança o que são instrucões privilegiadas e não privilegiadas? qual a relação entre as instruções e seus modos de acesso? o processador se comunica com o sistema operacional através de funções. As rotinas do sistema operacional. o processador executa todas as operações em modo kernel. explique como se faz uso deste mecanismo. este núcleo. A linguagem de programação Assembly. Questões sobre a arquitetura do Sistema Operacional o que é um núcleo do sistema e quais são suas principais funções? o núcleo do sistema é composto por um conjunto de rotinas. Cada instrução pode fica no modo Kernel ou no modo Usuário. é composto pelo modo usuário e também por outro conjunto de comandos que são restritos apenas ao uso interno. também recebe um outro nome: kernel. diferente do modo usuário. que estão disponíveis para ser usado pelo usuário e às suas aplicações. que limita as ações para garantir a segurança e não comprometer nenhuma parte do próprio sistema.modo usuário O processador. é a linguagem que interpreta uma série de comandos e envia os comandos para o processador. podem fazer chamadas a respeito de x comandos. é possível apenas trabalhar com o conjunto de instruções que está do modo usuário. é necessário que as rotinas enviadas em modo usuário sejam carregadas e . consultam o Kernel e verificam se o comando pertence ao modo usuário e não tem privilégios. modo Kernel O modo Kernel.

todos os comandos não privilegiados podem ser executados. e enviam as instruções para o modo kernel que avaliam a segurança e garantia da execução protegida de cada “system call”. e responde para a linguagem que deve tratar o erro. chamada ao sistema. e não permitirá a alteração. se desejo salvar um arquivo. passado para o kernel. apenas o sistema operacional consegue fazer isso. mas sim pela observação do sistema operacional. . como resposta. que é resultado da excessão lançada pelo modo kernel. o sistema. em uma chamada ao sistema. recebe um outro código. por que as rotinas do sistema operacional possuem instruções privilegiadas? como é o sistema operacional que controla tudo. o sistema pode administrar a memória de forma transparente. o que é uma system calll e qual a sua importância para a segurança do sistema? system call é uma chamada do sistema. a linguagem que programou esta execução também receberá uma excessão mapeada para linguagem. se algum dos passos falhar. são delicadas e devem ser executadas com segurança. ruby e mando salvar. e só realmente faz se estiver seguro. o sistema operacional recebe um comando e possíveis parâmetros. uso uma linguagem de alto-nível como java. este forma de chamadas identifica se o aplicativo possúi permissão para executar o comando. para gerenciar uma memória. assim ele mesmo é responsável por qualquer situação de risco para o hardware ou software. falha ou até mesmo o resultado do próprio comando. apenas ele tem o poder de dizer o que está certo ou errado. desta forma. e também deve saber a hora de cada evento acontecer. não deve ser uma tarefa realizada pela programação do programador. foi enviado um comando do modo usuário. liberar o espaço de memória utilizado por um aplicativo. por exemplo. como sua própria tradução indica.validadas e consideradas seguras. então o sistema lançara uma excessão. que pode indicar sucesso. ações delicadas são realizadas e é seguro ao máximo para não falhar. no modo kernel. para evitar erros e intenções maliciosas. usar o modo kernel. operações deste tipo. todos os aplicativos são executados no modo usuário. em modo usuário tenta salvar. o sistema envia uma excessão e nega a execução da operação. o qual se recusa a executar. se o arquivo comprometer a integridade do so de alguma forma. neste modo. como o kernel do sistema operacional pode ser protegido pelos mecanismos e modos de acesso? através do modo usuário. as chamadas ao sistema são chamadas de “system calls” ou seja.

quais as vantagens e desvantagens? a primeira. se tudo estiver ok.no processo de receber o comando. passando o parâmetro -r é possível remover um diretório cat: concatena e imprime arquivos >: aponta a saída de um programa para outro dispositivo ou arquivo |: concatena um comando a outro touch: altera a data de modificação de um arquivo ms-dos • • md: cria uma pasta del: remove algum arquivo ps: sou um fã de comandos :D explique o processo de ativação do sistema operacional: quando o computador é ligado. unix • • • • • • ls: lista conteúdos e diretórios rm: remove algum arquivo. então o primeiro programa a ser chamado. que contém as informações iniciais para carregar o sistema operacional na memória. classificando as funções em cada uma destas camadas. é composta por módulos que se comunicam livremente e a segunda é arquitetada em camadas. o sistema identifica o aplicativo que fez a chamada e verifica a sua permissão para execução do comando. é chamado boot. não existe nada na memória. compare as arquiteturas monolítica e de camadas. quais das instruções abaixo devem ser executadas apenas no modo kernel? • • • desabilitar todas as interrupções alterar a data e hora do sistema realizar um desvio para uma instrução dentro do programa e acessar diretamente posições do disco pesquise comandos disponíveis em linguagens de controle do sistema operacional. . este sistema se chama post (power on self test). este programa chama um programa que testa a existência dos recursos mínimos para inicializar o sistema e se comunicar com o hardware. quando encontrado ele chama procura por um espaço chamado boot sector. como falta de memória. é verificado a existência de algum sistema operacional instalado em algum dispositivo. teclado etc. que fica gravado na memória rom. que identifica possíveis erros do hardware. dada a permissão executa e retorna o resultado.

como funciona o modelo cliente-servidor na arquitetura microkernel? quais as vantagens e desvantagens? funciona como um sistema de chamadas cliente-servidor. . o hardware e o software também serão. como foi evoluindo muito rápido. em 1968 foi programado o primeiro sistema operacional em camadas implementando este conceito. apenas a que está em execução. recurso etc. o cliente. através deste tipo de programação é possível simplificar os módulos programaveis e reutilizar os recursos existentes. faz uma chamada e o sistema verifica a possibilidade de execução ou não do comando. qualquer comando não prejudica as outras máquinas virtuais. o sistema têm problemas com acesso a certas partes diretas do hardware. quais as vantagens do modelo de máquina virtual? permite executar uma instrução sobre um computador virtual. como vantagem. isso é segurança. sendo que uma computador real pode conter várias máquinas virtuais. escala. desta forma não prejudica o hardware real. todas as coisas podem ser representadas através de objetos e suas propriedades. e como vantagem. como desvantagem. em outras palavras. atributos. por que a programação orientada a objetos é o caminho natural para o projeto de sistemas operacionais? Por que a vida é orientada a objetos. o sistema desabilita e recusa as chamadas comprometedoras e disponibiliza mais recursos para as que possuem. tipo. família. que seriam necessárias. também se tornou complexo e de difícil manutenção.a arquitetura monolítica funcionou muito bem até o sistema operacional se tornar complexo. este sistema consegue isolar as funções do sistema operacional e cria uma hierarquia dos modos de acesso. ps: As aulas foram ministradas pelo professor Marcelo Riedi e as considerações são minhas usando a apostila do professor como base. que pode ser um usuário ou recurso do sistema.