You are on page 1of 2

20 Consequências da masturbação

Apesar da masturbação ser incentivada por várias correntes da Psicologia, nem tudo é um mar de rosas neste assunto, já que muitas pessoas que se tornam vítimas da auto-estimulação erótica compulsiva experimentam intenso sofrimento psíquico, perdas afectivas, problemas de saúde… e até a morte...

Apesar da masturbação ser incentivada por várias correntes da Psicologia, nem tudo é um mar de rosas neste assunto, já que muitas pessoas que se tornam vítimas da auto-estimulação erótica compulsiva experimentam intenso sofrimento psíquico, perdas afectivas, problemas de saúde… e até a morte. 1- Morte. Um dos métodos masturbatórios mais bizarros é usar uma corda num complexo enlaçamento, em que uma das pontas é atada ao pénis e a outra ao pescoço em forma de laço, com o objectivo de prolongar o prazer por meio da hipoxia advinda de sufocamento. Na célebre morte do autor David Carradine, ele desmaiou na hora H e não teve tempo de afrouxar o laço da corda no pescoço. David Carradine teria morrido em acidente ‘de masturbação’, segundo a Polícia [UOL]. 2- Câncer de próstata. Estudo conclui que masturbadores frequentes na faixa etária entre 20 e 30 anos, aumentam suas chances de desenvolver o câncer de próstata. Masturbação pode levar a câncer de próstata. 3- Vício. Relatos candentes têm chegado a este blog via comentários de anónimos viciados em sexo: “Tenho 22 anos e sou viciado me pornografia, me masturbo muito desde minha adolescência, era o tempo todo, para mim era normal. Mas, hoje não é mais normal, tento parar e não consigo. Morro de vergonha disso e não sei mais o que fazer.” “Sou viciado em sexo e é fantástico. Tenho fantasias com as mais variadas mulheres… já passei da fase da punheta, mas ela insiste em me perseguir quando não tem mulher por porto. O caso é sério gente…” 4- Incapacidade de iniciar um relacionamento normal. Pergunta: “Como parar com a masturbação e começar a namorar uma garota?

Dependência mental às fantasias para chegar à excitação a pessoa se excita menos pelo que ela vê. e mais pelos artifícios da imaginação. Só consegue gozar com a masturbação.Exacerba e aliena a imaginação.Estancamento no desenvolvimento sentimental e afectivo. mas não consegue ejacular. Ele tem erecção. 14.” 5. pois fico achando que o problema é comigo.Provoca perda de memória. 12.Impotência sexual e ejaculação precoce no caso do homem e frigidez sexual na mulher.… penso em sexo e me masturbo todo dia e quero sair disso e que está me causando muita preguiça e estou fugindo da vida e da realidade.Dificuldade para amar outrem de maneira desinteressada e altruística.Aumento da subjectividade na percepção. grande fraqueza nas costas e cadeiras.Acerbamento das atitudes individualistas. perda de memória e visão. Japonês bate o recorde mundial de masturbação. mesmo transando sem camisinha. 20. 18. 15. 19. Pergunta: “É normal uma garota ficar se masturbando? Estou trocando até meu namorado pela masturbação?” 6. com frequência. O que devo fazer?” Pergunta postada. . há quase 3 anos mantenho relações com meu namorado e ele nunca gozou durante a penetração. pois masturbador passa a viver dois mundos paralelos. Mental e Moral de Nossa Época” 9. queda da cabeça para trás…” “A quantidade de zinco no sémen é tanta que é possível uma ejaculação eliminar todo o zinco que pode ser absorvido pelos intestinos em um dia…”. “… o resultado do auto-abuso nas mulheres é visto em várias doenças.Raciocínio tortuoso com tendência ao uso de sofismas. dores na espinha e. dor de cabeça.Diminui a atenção.Comportamento exibicionista e espetaculoso. tais como catarro. como se fosse uma esquizofrenia. Já tive outros parceiros antes dele e todos gozaram perfeitamente. Me sinto muito mal com a situação. tontura. ou isolamento social por complexo de inferioridade e por sentimento de culpa. Será que ele não tem tesão em mim? Estou muito triste e chateada com a situação. 7. 11.Estimula o surgimento de comportamento obsessivo. 17.Perda de interesse pela relação normal. 10. 8.Conflitos entre a realidade e a fantasia.Empobrecimento da percepção das necessidades afectivas do parceiro(a) sexual.Precariedade no senso de julgamento e relaxamento moral. 13. Pergunta: “O que fazer se meu namorado não goza com a penetração? Vivo um dilema. tenho 24 anos e. 16. Ellen Withe “Um Apelo às Mães: A Grande Causa da Ruína Física.