You are on page 1of 18

Projeto Ser Humano

essa estação é a vida!
José Fernando Vital

Encontros e Despedidas,

vital.pai.family@gmail.com www.scribd.com/espacotempo2461

Projeto Ser Humano

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!

Por favor, assistamos primeiro ao vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=cbpCfhJDaYI&feature=related

Projeto Ser Humano
Mande notícias Do mundo de lá Diz quem fica Me dê um abraço Venha me apertar Tô chegando... Estou chegando ao mundo das sensações: Me dêem um abraço!

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!
Composição : Milton Nascimento / Fernando Brant

Vamos falar de dois mundos: o mundo orgânico e o mundo mental. É possível identificar, é possível fazemos confusão, sobre quem está enfaticamente em um e no outro.

Projeto Ser Humano
Estive faz pouco no mundo mental, dos afetos, e dos compromissos... Mas gosto mesmo é de não fazer planos! Coisa que gosto é poder partir Sem ter planos Melhor ainda é poder voltar Quando quero...

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!
Composição : Milton Nascimento / Fernando Brant

Gosto mais ainda quando posso voltar às impressões, à curtição do corpo quando quero!

Projeto Ser Humano
Todos os dias é um vai-e-vem A vida se repete na estação Tem gente que chega prá ficar Tem gente que vai Prá nunca mais... Tem gente que vem e quer voltar Tem gente que vai, quer ficar Tem gente que veio só olhar Tem gente a sorrir e a chorar E assim chegar e partir...

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!
Composição : Milton Nascimento / Fernando Brant

Entre os mundos de sensações e o de concepções éticas, existe um vai-e-vem que se repete incansável na estação.

Projeto Ser Humano

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!
Composição : Milton Nascimento / Fernando Brant

São só dois lados Da mesma viagem O trem que chega É o mesmo trem Da partida...

No corpo temos os órgãos para as sensações, e também os órgãos que servem para a produção do pensamento. A estação é a mesma, são dois lados da mesma viagem.

Projeto Ser Humano
A hora do encontro É também, despedida A plataforma dessa estação É a vida desse meu lugar É a vida desse meu lugar É a vida...

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!
Composição : Milton Nascimento / Fernando Brant

No corpo as sensações e os sentimentos se tocam. As paixões e as reflexões éticas se alimentam. O corpo é a vida, é o nosso lugar.

Projeto Ser Humano
Concepção cultural
O viver sensual. É o lidar com as sensações, é o curtir as paixões, como algo de que necessitamos fisicamente. Estamos imersos no organismo, e este tem suas exigências próprias. Não podemos ignorar.

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!
Preocupação Conceitual
Viver conceitual. São os desafios éticos de si para consigo mesmo, e para com as demais pessoas, porque somos humanos. Ao atendermos o corpo, deixamos de atender às ocupações do pensamento, mas devemos priorizar funções e operações do pensamento.

Projeto Ser Humano
Concepção cultural
O viver sensual. Esta concepção cultural é bastante confortável. Acomoda as pressões passionais. Basta imitar os modismos, submeternos às exigências dos grupos para sermos aceitos.

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!
Preocupação Conceitual
O viver conceitual. Elaborado em pensamento, exige grupos para a pesquisa da qualidade ética dos atos de vida, apresenta bastante dificuldade de aceitação. Refletir, planejar e comprometernos podem não ser ocupações habituais.

Projeto Ser Humano
Concepção cultural
O viver sensual. Esta concepção é castradora. Como o comportamento habitual é compulsivo, apaixonado, encontra muita dificuldade para entender o viver conceitual. Justificar a ação praticada reduzse a: o corpo exige.

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!
Preocupação Conceitual
O viver conceitual. Este viver produz algo além: a liberdade de escolha e de contexto planejar a ação e constituir recursos. Facilita a convivência, mas arruma dificuldades com o pensamento reducionista do viver sensual.

Projeto Ser Humano
Incompatibilidade de gênios
O viver sensual. A escolha da vida é o imediatismo, os modismos, os prazeres, os melindres, os direitos. A base são as escolhas individuais que são fortalecidas pela filosofia e pela psicologia, que trabalham para produzir acomodações.

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!

O viver sensual. Como as escolhas individuais são a base, normalmente há desencontros de opiniões, de gostos, de preferências, e na sofisticação dos rituais de prazer. Encontros terminando com desencontros se repetem.

Projeto Ser Humano
O viver conceitual. O comportamento é discutido, valores próprios e alheios são processados. O consenso, o sacrifício, o adiamento da satisfação, a alteração de ações e de expectativas, são rotinas do comportamento processado no pensamento .

essa estação é a vida! Incompatibilidade de gênios

Encontros e Despedidas,

O viver conceitual. Mesmo com o processamento planejado do comportamento quando vivemos conceitualmente ainda temos que tomar decisões e escolher entre o ideal e o comportamento compulsivo, orgânico. É na reação e ação orgânicas que essas duas vivências se encontram.

Projeto Ser Humano
Mobilidade de gênios
“Mande notícias Do mundo de lá.” A impressão que fica é de que há definida separação entre os dois viveres, o sensual e o conceitual. Não é certo. O corpo é a estação de encontro entre esses dois viveres, é onde se dá a vida buscada por ambos. Eles se misturam.

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!

“A hora do encontro É também, despedida.” Olhando o momento de vida, é impossível entender quem chega e quem vai. Os movimentos seguintes identificam quem recolhe as bagagens e quem as embarca. Assim como os resultados das ações pessoais, marcam nossas intencionalidades.

Projeto Ser Humano
Mobilidade de gênios
Viver conceitual Viver conceitual

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!
Aproximação dos consensos

Viver sensual Viver sensual

Dispersão dos consensos

Projeto Ser Humano
Mobilidade de gênios

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!

Convivendo na vida, transitamos entre encontros e despedidas, pessoais e íntimos, e nas relações entre pessoas. Misturamos em nós e nas relações a intenção de humanização de nossos propósitos e as compulsões para satisfação de necessidades sensuais. A natureza provê o orgânico, nosso projeto divino nos remete à construção de nossas relações humanas. A estação é o corpo. A bagagem prá quem vai são os afetos de amor ao próximo. Prá quem vem e quer ficar, são os prazeres aos quais nossa cultura nos acomoda.

Projeto Ser Humano
Todos os dias é um vai-e-vem A vida se repete na estação Tem gente que chega prá ficar Tem gente que vai Prá nunca mais... Tem gente que vem e quer voltar Tem gente que vai, quer ficar Tem gente que veio só olhar

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!

Tem gente a sorrir e a chorar E assim chegar e partir...

Projeto Ser Humano

Encontros e Despedidas,
essa estação é a vida!

São só dois lados Da mesma viagem O trem que chega É o mesmo trem Da partida...

...essa estação é a vida!

Projeto Ser Humano
essa estação é a vida!

Encontros e Despedidas,

Fim
www.scribd.com/espacotempo2461

vital.pai.family@gmail.com

José Fernando Vital