You are on page 1of 4

Escola Secundária do Castêlo da Maia

Ano Lectivo: 2010/2011


Área de Projecto

Reflexão Individual

Dois Mundos Unidos

“ As ideias das pessoas são pedaços da sua felicidade”

William Shakespeare

Realizado por:

 Juliana Lima nº17, 12º F

Castêlo da Maia, 27 de Maio de 2011


Área de Projecto – Comunicação, Eventos e Empreendedorismo

“ Todos somos seres culturais, por um olhar, por um entendimento, conseguimos ir mais
fundo que a superfície das coisas”.

José Saramago

Penso que a expressão citada traduz de forma sucinta uma das principais razões da
escolha do tema desenvolvido ao longo do ano lectivo: projecto de solidariedade social,
relacionado com a vertente de cultura e lazer, destinado a crianças e jovens
institucionalizados.
Motiva-me o facto de acreditar que estes momentos ao permitirem uma maior
interacção com a sociedade contribuem para a formação da personalidade, da opinião e
para a sensibilização sobre questões da sociedade. No entanto, motiva-me mais ainda
saber que as poucas actividades que realizamos com estas crianças permitiram, de
alguma forma, atenuar ou suavizar as dificuldades inerentes à situação que atravessam.
Este contacto directo com as crianças foi, sem dúvida alguma, um dos aspectos mais
motivadores do projecto. É impressionante a entrega, o carinho e o brilho no olhar
demonstrados por muitas delas, que sem qualquer relação mais profunda connosco, nos
trataram e integraram bastante bem e nos proporcionaram, sem saber, experiências
fantásticas. Com um sorriso, um olhar, um agradecimento pelos momentos que lhes
proporcionamos enriqueceram, sem dúvida, o nosso património afectivo.
No entanto, impressionou-me imenso a carência afectiva revelada por muitas das
crianças, que embora seja colmatada com o apoio de todos aqueles que com elas
convivem, desde os auxiliares da instituição às técnicas, nunca é suficiente para quem
viva separado da família. Outra das realidades mais chocantes com a qual contactei foi o
facto de a associação com a qual colaboramos “A Causa da Criança”, acolher bebés
recém-nascidos. Apesar de saber que, infelizmente, é uma realidade no nosso país e no
mundo, só facto de ter um contacto directo com a situação e ter a oportunidade de
conhecer casos tornou o problema real.
Pela vertente cultural e de lazer que envolve o projecto, a apresentação do produto final
consiste no evento Sarau e Playback Party, este ano adaptado ao nosso tema e, por isso,
de cariz solidário. Este é, na minha opinião, um dos principais pontos fortes do projecto.

Escola Secundária do Castêlo da Maia


Área de Projecto – Comunicação, Eventos e Empreendedorismo

O facto de pretendermos envolver e alertar a comunidade escolar com o objectivo de


ajudar a atenuar algumas das necessidades que muitas instituições atravessam, é um
factor extremamente positivo. Esta ajuda traduz-se numa campanha de recolha de bens
alimentares e produtos de higiene, que está por de trás da organização do Sarau e
Playback Party, dado a entrada no espectáculo ser a entrega de um destes bens, doados
posteriormente à instituição.
No seguimento deste contexto, e apesar de ainda não se ter realizado o evento, o
balanço é profundamente positivo, quanto mais não seja, pelo lado humano do projecto.
Por isso, a nível pessoal este projecto desempenhou um papel significante na maneira
como passo a encarar o mundo e as desigualdades da sociedade, e a forma como os
erros dos adultos afectam os mais indefesos, porque os mais prejudicados são aqueles
que não tem culpa nenhuma, as crianças.
Este projecto permitiu, pela sua necessidade contacto directo com o exterior, no
nomeadamente com crianças e com todos aqueles que connosco colaboraram,
desenvolver a capacidade critica e de adaptação a contextos sociais diferentes, bem
como o sentido de responsabilidade e autonomia, porque apesar de sermos orientados
pela professora responsável pela área específica, o grande objectivo desta área curricular
é realizar um trabalho autónomo que nos permita crescer a nível pessoal.
Considero também que uma das principais aprendizagens que se retira da disciplina está
relacionada com o trabalho e interacção em grupo. Este aspecto é fundamental para a
nossa vida futura, tanto a nível pessoal como profissional, e permitiu desenvolver o
espírito de tolerância, de respeito e valorização pela opinião dos outros, bem como
testar a nossa capacidade de aceitação e superação aos obstáculos que nos vão surgir ao
longo da vida.
Para concluir, e de acordo com o lema adoptado no início do ano lectivo “As ideias das
pessoas são pedaços da sua felicidade” de William Shakespeare, sem dúvida nenhuma,
que a nossa ideia é um pedaço da minha felicidade.

Escola Secundária do Castêlo da Maia


Área de Projecto – Comunicação, Eventos e Empreendedorismo

Auto – avaliação
Penso que o meu esforço e empenho contribuíram para o desenvolvimento do
projecto aliada a uma enorme força de vontade em ultrapassar as adversidades que
surgiram. Tenho sentido de organização, responsabilidade e respeito pelo trabalho e
opiniões de todos os elementos do grupo, o que permite um bom ambiente de trabalho.
Neste sentido, auto avalio-me com um 18.

Hetero – avaliação

 Cristiana Silva

A Cristiana é assídua, pontual e extremamente esforçada e empenhada. Realiza todas as


actividades que lhe são confiadas, e sabe ouvir todas as opiniões e críticas, quer sejam
positivas ou negativas. É ainda bastante criativa e sonhadora, tornando-se uma fonte de
equilíbrio entre todos os elementos do grupo. Na minha opinião, e acompanhando o
trabalho desenvolvido por ela, a Cristiana merece um 18.

 Joana Silva

A Joana, para além de pontual e assídua, tem um extraordinário poder de encaixe, o que
lhe permite ouvir todas as opiniões e críticas tornando-as sempre em algo produtivo. É
empenhada, dedicada e extremamente organizada. Activa e despachada, desempenha
todas as tarefas propostas, motivando todos os elementos do grupo. Na minha opinião, e
acompanhando o trabalho desenvolvido por ela, a Joana merece um 18.

 Tânia Simões

A Tânia, é à semelhança de todos os elementos do grupo, assídua, pontual, empenha e


dedicada. Dinâmica e interventiva têm sempre uma opinião a acrescentar, sabendo no
entanto respeitar quem tem outro ponto de vista. Na minha opinião, e acompanhando o
trabalho desenvolvido por ela, a Tânia merece um 18.

Escola Secundária do Castêlo da Maia