You are on page 1of 21

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO JULIAN CARVALHO ± AEJC FACULDADE SANTA BÁRBARA DE TATUÍ ± FAESB CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Mario Sergio Villaverde

Trabalho de Psicologia Motivação e Liderança

Tatuí ± 2011
1

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO JULIAN CARVALHO ± AEJC FACULDADE SANTA BÁRBARA DE TATUÍ ± FAESB CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Mario Sergio Villaverde

Trabalho de Psicologia Motivação e Liderança

Trabalho apresentado ao Curso de Graduação em Administração, da Faculdade Santa Barbara de Tatuí, como requisito parcial à obtenção de nota do 3º semestre.

Professora orientadora: Denise Cristina MatheiskiaAlkmim

Tatuí ± 2011
2

........................ 8 1......... ............................... ..............6..6 Teoria X e Y (Mc Gregor) ........................... 18 3 Conclusão ... ............................................13 Requisitos para uma boa Liderança .................... ........ .... 12 2 LIDERANÇA............. .................. .....6............................................................................................................... ............. ....................... 12 2................................................................................................ 11 1...................................................................................... 13 2................................. ............... ..................... ......... 16 2... . ......................................................................... .......... 13 2................................................ ........... ............................. 4 1..... 19 Dicionário de termos usados ................. 20 3 ........... ....................... 15 2............. .....2 motivar pessoas ....................... ... 14 2.......................... 5 1............................................. .......6............1 Definição ..... 15 2................................................ ...........................................6..............3 Hierarquia das necessidades de maslow ............................................ 15 2.......... .....5 Estilos de Administração ................ 11 1.......... 11 1....................... .......................... ....2 Motivação da equ ipe.3 Vantagens da Teoria Y ..................Sumário 1 MOTIVAÇÃO .... ............................6 Os maiores atributos da liderança ....... .. ........... .......................... ................ ................................................4 Desvantagens da Teoria Y ............................................. 10 1.............................................................. ...................2 Desvantagens da Teoria X .................... 6 1.......... ................................. ... ........... ....... .....4 Teoria da motivação -higiene (herzberg) ............................... ........ ..12 Tipos de Líderes: .........5 Líder X Chefe .............................. ...... ............. ..... .............. ......... ...................................................... ............................ 13 2...1 Vantagens da Teoria X ......... 4 1. 17 2.................... 10 1........ ... ...................8 Desenvolver pessoas .................................................................................... .......................................... .................... .. 12 2...... 19 Referências Bibliográficas: .................................... 17 2................ ................... ...................................................... .......................................................11 Os tipos de liderança ................... .. ............................... .............10 A comunicação do líder ...............7 Ferramentas de Liderança ...........................................3 Definições .......4 Características dos lideres modernos .............. ............................................ ...................1 Como surgem os lideres? ................. ........

consciente ou não. valores e habilidades da pessoa. Ocorre ainda a existência de um terceiro elemento. Isso leva a um comportamento ou ação para aliviar esse estágio de desajustamento. insônia. o organismo volta ao estado de equilíbrio anterior. perda do apetite. carência. já que ajuda bastante a entender a complexa mecânica do comportamento Humano. Conjunto de fatores psicológicos. tensão emocional. alteração cardíaca ou digestiva. que predisponha o indivíduo a efetuar certos atos ou a tender pra certos objetivos. constituindo a via fisiológica. que é um processo pelo qual as necessidades condicionam o comportamento. podemos encontrar pelo menos duas: Fator psicológico. depressão. buscando uma direção. Em busca da definição de Motivação. além da satisfação e frustração. aptidões. afetados por fatores sociológicos como os grupos ou a comunida de de que a pessoa faz parte. Caso haja eficácia nesse comportamento o indivíduo encontrará a satisfação da necessidade. São os impulsos interiores. que a fazem capaz de realizar certas tarefas e não outras. Motivos externos visam compreender que a motivação está ligada às necessidades. provocando um estado de tensão. intelectual ou afetiva.1 Definição Motivação é a força que impulsiona o indivíduo para um objetivo. autoagressão que seria a via psicológica ou ainda por meio de tensão nervosa. desejo ou vontade. Uma necessidade ao surgir rompe um equilíbrio existente no indivíduo. descontentamento.1 MOTIVAÇÃO 1. os quais agem entre si e determinam a conduta de um indivíduo. A motivação leva o indivíduo a investir energia em uma atividade. As empresas devem utilizar-se do levantamento das necessidades genéricas e buscarem aprofundar em suas particularidades pertinentes as pessoas e grupos que as compõem. interesses. que se expressam por meio de agressividade. à sua forma de ajustamento ao ambiente. insatisfação ou desconforto. Caso não ocorra essa satisfação podem ocorrer frustrações. Motivos internos são necessidades. por apresentar uma necessidade. é a compensação ou 4 . de natureza fisiológica e psicológica. O comportamento das pessoas pode ser e xplicado pelo ciclo motivacional. de ordem fisiológica. Elaborar uma lista de todas as necessidades humanas é impraticável já que muitas são específicas de pessoas e grupos.

e isso inclui o gestor. À medida que o ciclo se repete com a aprendizagem e a repetição (reforço). Uma vez satisfeita. 5 .Fonte: Adaptado de Chiavenato (2000) 1. Figura 1 Ciclo Motivacional . a necessidade deixa de ser motivadora do comportamento. Devemos dar o exemplo! Entretanto. é fator decisivo para a otimização do relacionamento entre as pessoas e reflexos positivos na execução das atividades na organização. esse exemplo depende de nossa motivação real. Seja fiel a seus princípios. No ciclo motivacional. que ocorre quando se substitui uma necessidade impossível de ser satisfeita por outra complementar. Embora a motivação esteja dentro de cada um. transferindo-a para outro objeto. seus reflexos são sentidos em todo o grupo. já que não causa tensão ou desconforto. Seja franco consigo mesmo. A naturalidade faz com que os exemplos sejam sentidos pelas pessoas. Não queira transmitir um conceito que não corresponda à sua atitude. os comportamentos tornam-se gradativamente mais eficazes na satisfação de certas necessidades. a necessidade é satisfeita. pessoa ou situação.transferência.2 Motivação da equipe A motivação da equipe. Não podemos cobrar algo que não praticamos. Não basta tentar passar uma imagem de que se está motivado se essa não for a realidade de nosso momento. Líderes desmotivados jamais terão colaboradores plenamente motivados.

Autoestima: reputação. Necessidades de Segurança: proteção contra o perigo ou privação. Em linhas gerais. .1. Necessidades Sociais : amizade. repouso. sexo. realização do potencial. reconhecimento. abrigo. auto Necessidade deauto realização : utilização dos talentos.Fonte: Adaptado google internet (2011) Necessidades do Corpo(fisiológicas): ar. sentimento de aceitação à família organizacional. inclusão em grupos.3 Hierarquia das necessidades de maslow Abraham Maslow formulou sua teoria com base na hierarquia de necessidades que influenciam o comportamento humano. Figura 2 Pirâmide das necessidades . comida. condições seguras). Necessidadesde status respeito. a teoria de Maslow apresenta os seguintes aspectos: 6 . Maslow concebeu esta hierarquia pelo fato de o homem ser uma criatura que expande suas necessidades no decorrer de sua vida. À medida que o homem satisfaz suas necessidades básicas outras mais elevadas assumem o predomínio do seu comportamento. salário. no trabalho (benefícios.

contra as ameaças e contra a privação. voltadas para a proteção contra o perigo. sede. quando o indivíduo alcança a satisfação das necessidades sociais surgem as necessidades de auto realização . À medida que o indivíduo passa a controlar suas necessidades fisiológicas e de segurança surgem lenta e gradativamente as necessidades mais elevadas.)as pessoas transferem suas demandas para cima. e os 7 . mas predominam as mais baixas de acordo com a hierarquia das necessidades. enquanto as necessidades mais elevadas requerem um ciclo mais longo. abrigo. Nem todos os indivíduos conseguem chegar a satisfazer o nível das necessidades de auto realização. Porém. enquanto as de auto realização são complementares as de estima. A partir de certa idade. abstenção de esforço físico ou desconforto. Ao nascer. Em suma. Uma vez. ela se torna imperativa. As necessidades mais elevadas não somente surgem à medida que as mais baixas vão sendo satisfeitas. as necessidades básicas no trabalho. sendo que o seu comportamento é voltado para a satisfação dessas necessidades (fome.). Os níveis mais elevados de necessidade somente surgem quando os níveis mais baixos estão relativamente controlados e alcançados pelo indivíduo. direcionando o comportamento para a satisfação de necessidades de nível mais elevado . passam a se refletir em preocupações por condições agradáveis de trabalho. Assim. As necessidades mais baixas requerem um ciclo motivacional relativamente rápido (comer. o indivíduo apresenta quase que exclusivamente as necessidades fisiológicas.Apenas as necessidades não satisfeitas influenciam o comportamento. etc. É uma conquista individual. neutralizando o efeito das necessidades mais elevadas. dormir etc. se alguma necessidade mais baixa deixar de ser satisfeita durante muito tempo. A privação de uma necessidade mais baixa faz com que as energias do indivíduo se desviem para a luta pela sua satisfação. surgem as necessidades de segurança. ou mesmo ao nível de estima. dirigindo-o para objetivos individuais. Porém. as necessidades básicas são satisfeitas (preocupação elementar com comida. e maior salário como meio de obter mais provisão para o conforto. atividade). O comportamento do indivíduo é influenciado simultaneamente por um grande número de necessidades concomitantes. propriedades pessoais mais l uxuosas. mais tempo de lazer. Isso significa que as necessidades de estima são complementares à s necessidades sociais. sono. as necessidades básicas tendem a girar em torno de assuntos divorciados da natureza do trabalho.

as necessidades sociais se refletem na preocupação de ter colegas amistosos.comportamentos derivados dela tendem ser menos maduros e construtivos do que a maioria daqueles relacionados com o trabalho. atribuições que permitirão mostrar sua habilidade e sua inclusão nas atividades de planejamento. de tal forma que possa sentir -se reconhecida. as necessidades de "autoestima" motivam os indivíduos a dar o máximo de sua contribuição à organização.4 Teoria da motivação-higiene(herzberg) Herzberg acredita que as pessoas têm dois conjuntos contrastantes de necessidades: 8 . Igualmente. Quando a pessoa se torna satisfeita por ter adquirido aceitação e um lugar na organização. relações interpessoais harmoniosas. ele talvez experimentará a necessidade de um trabalho bem mais desafiante e significativo. no qual possa usar criatividade ou adquirir a sensação de desenvolvimento pessoal. na esperança de colher as recompensas sociais e profissionais daí advindas. oportunidades de intercâmbio. realização e satisfação através do que faz. No trabalho. ela começa a sentir ambição e desejo de se sobressair.Ela provavelmente se torna rá preocupada com as oportunidades de progresso. reconhecimento baseado em seus méritos. isto é. O surgimento de tal interesse é um reflexo das necessidades de autoestima do indivíduo e estas se manifestarão no quarto nível da hierarquia. isto é. Inútil dizer que os comportamentos de trabalho causados pelo sistema de "autoestima´ são de qualidade diferente e bem mais maduros e construtivos para a organização do que aqueles causados pelos sistemas de níveis inferiores discutidos anteriormente. ser aceito como membro da equipe. em retribuição às numerosas formas de recompensas que o reconhecimento pode significar. As necessidades de "autoestima" impelem a pessoa a procurar oportunidades para demonstrar sua competência. Em suma. dado o sucesso obtido nos vários níveis inferiores dos sistemas de necessidades. etc. ele pode começar a considerar seu próprio potencial e experiência como uma necessidade para testar sua própria capacidade. Quando satisfeita a necessidade de autoestima. ela se interessará pela obtenção de um "status" especial no grupo. o indivíduo provavelmente se preocupará em se provar a si próprio. 1..

Quando estas estão presentes. Os efeitos das duas necessidades eram bastante diferentes. uma vez que atendem à necessidade básica e humana de crescimento psicológica . Fatores de Higiene. A satisfação somente provinha das motivadoras. desinteressado. passivo e até mesmo antagônico. uma pessoa é feliz. mas garante que o nível de insatisfação do indivíduo esteja em grau mínimo. Invariavelmente . Da mesma forma o contrário da insatisfação não pode ser tido com satisfação. dinheiro. os fatores de higiene envolviam políticas de companhia e administração. assim como com as oportunidades para crescimento pessoal e desenvolvimento. mas apresenta-se como uma situação na qual o que se passa é nenhuma insatisfação" 9 . As motivadoras têm um efeito geral de elevação sobre o desempenho do indivíduo e atitudes relacionadas com as tarefas em mão. as motivadoras estavam relacionadas com sentimentos de realização.Motivadoras. são grandemente sinônimos das motivações intrínsecas e os fatores de higiene relacionam-se com as motivações extrínsecas. Enquanto as necessidades de higiene não eram satisfeitas o pessoal tornava-se infeliz. reconhecimento e responsabilidade. o contrário da satisfação não pode ser chamado de insatisfação. Elas dão origem aos sentimentos de satisfação e à produtividade aumentada. supervisão. Bergamini (1982. pág 123)relata que os resultados das pesquisas de Herzberg levam a seguinte conclusão: ³. Quando as necessidades de higiene eram satisfeitas. status e segurança. relações interpessoais.. As motivadoras como serão visto. As investigações de Herzberg mostram que os fatores de higiene não eram os opostos das motivadoras. Eles dão origem a sentimentos de insatisfação e à produtividade decrescente. Estas motiv avam as pessoas a trabalhar bem além do seu nível normal de produtividade e a adotar abordagens mais criativas para o seu trabalho. sua satisfação não faz a pessoa produzir mais. Os fatores de higiene exercem uma depressão geral ou efeito limitante tanto na sua perfoman ce (desempenho) quanto nas atitudes relacionadas com as tarefas. as pessoas não mais se mantinham insatisfeitas porém não ficavam satisfeitas.. Por outro lado . condições de trabalho. Quando estes estão em algum nível mais baixo tornam a pessoa infeliz.

de outro.Reconhecimento 1. mas também a maneira pela qual se divide o trabalho se planeja e se organizam as atividades. y A teoria X revela uma administração através de controles externos impostos ao indivíduo. desempenho do Motivacionais . é agradável trabalhar em locais arejados.Satisfação no trabalho . um estilo baseado nas concepções modernas a respeito do comportamento humano (teoria Y). A administração das organizações em geral (e das empresas em particular) está fortemente condicionada pelos estilos com que os administradores dirigem dentro delas o comportamento das pessoas. obviamente.Segurança .A distinção entre motivadoras e fatores de higi ene faz um sentido considerável no contexto do trabalho. Hertzberg estudou os resultados de trabalhador. excessivamente mecanicista e pragmática (teoria X) e. Essas convicções moldam não apenas a maneira de conduzir as pessoas. um estilo baseado na teoria tradicional. limpos.Desafio e sucesso . organizados. Boas relações interpessoais poderão existir entre administrador/liderança e trabalhador e estes deverão ser considerados como cidadãos adultos e responsáveis.Salário .Benefícios colaterais .mas as políticas e normas devem ser claras e transparentes e sendo o estilos tão distensos e tão permissivos quanto a as circunstâncias o permitam. 10 . Estilos de administração dependem substancialmente das convicções que os administradores têm a respeito do comportamento humano dentro das organizações.5 Estilos de Administração A Teoria Comportamental procurou demonstrar a variedade de estilos de administração que estão à disposição do administrador.Etc.Para tal dividiu: Factores Higiénicos Factores (Extrínsecos) (Intrínsecos) y . 1.6 Teoria X e Y (Mc Gregor) Mc Gregor compara dois estilos antagónicos de administração: de um lado.Responsabilidade .Politica de companhia . confortáveis.

1. Baseia-se em concepções e premissas atuais e sem preconceitos a respeito da natureza humana.1 Vantagens da Teoria X y y y y y y y y y y y y y y Maior eficiência organizacional.6. Possibilita prever a produção. baseando -se nos valores humanos e sociais. Reflete um estilo de administração duro. Ao indivíduo é-lhe aprisionada a sua criatividade. Existe um estreitamento da atividade profissional através da rotina de trabalho.Fonte: Chiavenato (2000) 1. Realça a iniciativa individual. Condiciona as pessoas a tarefas super especializadas. Maior facilidade de substituição dos operários devido à simplicidade das tarefas executadas. Desenvolvem a passividade e tiram todo o significado psicológico do trabalho. Pressuposições da teoria y As pessoas são esforçadas e gostam de ter o que fazer O trabalho é uma atividade tão natural como brincar ou descansar Pressuposições da teoria x As pessoas são preguiçosas e indolentes As pessoas evitam o trabalho As pessoas evitam a responsabilidade.y A teoria Y propõe um estilo de administração participativo. As pessoas são visualizadas como meros recursos ou meios de produção. Impessoalidade no relacionamento humano. a As pessoas procuram e aceitam fim de se sentirem mais seguras responsabilidades e desafios As pessoas precisam ser controladas e As pessoas podem ser dirigidas motivadas e autodirigidas As pessoas são ingénuas e sem iniciativa As pessoas competentes são auto criativas e Quadro 1 Pressupostos das Teorias X e Y .3 Vantagens da Teoria Y 11 .2 Desvantagens da Teoria X 1. Tarefas específicas atribuídas a cada trabalhador.6. rígido e autocrático. Baseia-se em convicções erróneas e incorretas sobre o comportamento humano.6. Desencorajam a iniciativa e a aceitação de responsabilidades.

O treinamento formal pode ajudar. correndo o risco de se instituir uma anarquia dentro da própria organização. Realça a iniciativa individual. Renovação de operários é mais difícil. de maneira intencional´. 1. ´[. Aqueles que se transformam em grandes líderes são participantes entusiastas das mudanças e aprendem com.1 Como surgem os lideres? Ninguém sabe com certeza. Podemos dizer que todos os grandes líderes foram bons aprendizes. torná-las capazes de criatividade.147) 2.Chiavenato (1994. Um conjunto de competências que caracterizam os líderes pode ser aprendido. seus erros.4 Desvantagens da Teoria Y y y y 2 LIDERANÇA ³A liderança é um fenômeno tipicamente social que ocorre exclusivamente em grupos sociais. nossos preconceitos. e novas alternativas dentro do papel gerencial e da missão que lhe é conferida. Liberdade para que as pessoas dirijam elas próprias as suas tarefas e para que satisfaça as suas necessidades de auto realização. Extremamente democrático.] na qual uma pessoa age no sentido de provocar o comportamento de uma outra. nossas aptidões. o primeiro aprendizado é sobre nós mesmos ± nossos talentos e deficiências..6.y y y y Propõe um estilo de administração francamente participativo.] a liderança é um tipo de influencia entre pessoas: [. Podemos defini-la como uma influência interpessoal exercida numa dada situação e dirigida através do processo de comunicação humana para a consecução de um ou mais objetivos específicos. Alguns dos pressupostos da teoria y são irreais. auto realização e visualização de um futuro melhor para si próprias e para a organização em que trabalham.. Possibilidade de a pessoa realizar a sua própria auto avaliação do desempenho. ³O verdadeiro líder é essencialmente um indivíduo capaz de Liderar significa descobrir o poder que existe nas pessoas. Para isso o líder tem de descobrir em si mesmo o poder de vislumbrar um novo futuro.. mas também aprendemos com outras pessoas e com as experiências. baseado nos valores humanos e sociais.. A visão clara da missão e das alternativas e a habilidade 12 .p.

pontos fracos e oportunidades (análise SWOT). não apenas tarefas. Ajuda as pessoas a identificarem com clareza o rumo que pretendem seguir. o emprego das pessoas que o cercam.. 2. aspirações e expectativas.de comunicá-las com exatidão servem como atrativo e fonte de confiança para os subordinados (liberados) que participam do empreendimento coletivo. Donal d T. agir e expressar seus sentimentos. Estimula as pessoas a sentirem que fazem parte de algo nobre. A Liderança consiste em líderes que induzem seguidores a realizar certos objetivos que representam os valores e as motivações ± desejos e necessidades. p. a missão. 2.).221). 2. conforme o momento que está vivendo.2 motivar pessoas Motivar pessoas e mantê-las motivadas é um desafio a ser enfrentado diariamente por gestores de quaisquer organizações. principalmente. muito além da simples troca do trabalho por remuneração. A essência da liderança não está em obter poder. 13 . no de seu pessoal. mas em colocar o poder nos outros para traduzir suas intenções em realidade e sustentá-las ao longo do tempo´. Cria um ambiente de motivação profunda ao deixar claro o significado que transcende a tarefa. Liderar equipe requer conhecimentos e habilidades para que se possa identificar em cada colaborador isolada mente e na equipe como um todo. E não é um desafio qualquer. Tais influências refletem diretamente no desempenho do trabalho dessa pessoa e consequentemente no resultado final do grupo. diferente de si mesmo.( Jago.H. W. Oferece às pessoas aquilo que mais desejam: uma bandeira. pontos fortes. ( Phillips. E muitas vezes. Diversos fatores interferem no estado físico e psicológico do indivíduo. o trabalho.. (Drentice. uma razão para suas vidas.3 Definições É a realização de uma meta p or meio da direção de colabores humanos.) investir tempo e energia no futuro de sua organização e. não apenas seguidores. Liderança é o uso da influência não coerciva para dirigir as atividades dos membros de um grupo e levá-los à realização dos objetivos do Grupo.).Motta (1991. Seres humanos são muito diferentes entre si na maneira de pensar. Arthur.(. Segunda: Forma outros líderes.C).4 Características dos lideres modernos Primeira: Oferece uma causa.

Cria as oportunidad es. Essa é a tarefa mais importante do Líder. Exerce a "Liderança 360 graus": fora. paixão. Esta é a "cola" que une as outras quatro forças. empresa. transparência. Terceira: Lidera nos 360 graus. Torna-se mentor dos outros no seu ciclo de amizades. 14 . Surpreende. Educa seus filhos para exercerem liderança. incentiva cada um a fazer o seu melhor. aprendizado contínuo. pro atividade. humildade. não apenas 90 graus Atua onde faz diferença. Em vez de simplesmente dar ordens e cobrar rendimento. Quarto: Surpreende pelos resultados. Não espera acontecer. o chefe administra. 2. as pessoas confiam nele e em sua habilidade de fazer vir à tona o potencial que elas têm. porque dá o seu melhor. O Líder Integral cria clima de ética. confiança. o chefe mantém. inovação. Quinta: Inspira pelos valores.Seu papel não se resume a motivar seguidores. Estimula o senso de urgência. Sexta: A confiança é a base da liderança. para os lados. Constrói "pontes". O líder desenvolve. não deixa as coisas para amanhã. para cima. superando sempre o esperado. não fica confinado às "paredes" do seu território formal. no projeto comunitário de que participa. Consegue obter resultados incomuns de pessoas comuns. Um líder autoconfiante reflete seguran ça aos seus liderados. em vez de "paredes". faz mais do que o esperado. A filha líder influencia o pai. integridade. Quando o caráter de um líder é forte. inteligência emocional. O jogador influencia o treinador da equipe. não apenas pelo carisma. comunicação e caráter. a que dá sentido a tudo. no clube que frequenta. Não influencia somente quem está do lado "de dentro" num a família. equipe. Investe no desenvolvimento dos futuros líderes. A confiança que o líder inspira nos liderados se dá pela competência.5 Líder X Chefe y y O líder inova. respeito pelo outro. não apenas para obedecer.

8 Desenvolver pessoas Líderes são comprometidos em desenvolver pessoas e procuram oportunidades que irão desafiar. exigir o máximo. Perseverança nas decisões. Empatia. Contextualizar promove confiança. o chefeé o clássico bom soldado. Uma percepção aguçada do que é justo. desenvolver os outros. Planos definidos. o chefe treina. Auto motivação. isto é endossar com sinceridade algo sobre o outro. onde elas estão ou o que existe a seguir para elas. Duplicação. Uma personalidade positiva. o chefe imita. Quando você fornece contexto às pessoas. O hábito de fazer mais do que aquilo pelo qual se é pago. O líder focaliza as pessoas. Domínio de detalhes. Um estudo sobre empresas inovadoras e empreendedoras mostrou que elas criaram um espaço onde as pessoas se sentem seguras para experimentar e falhar. o chefe focaliza o sistema e a estrutura. Disposição para tentar o que não foi tentado antes. 3.6 Os maiores atributos da liderança 2. o chefe depende de controles.7 Ferramentas de Liderança 1. Líderes eficazes investem tempo em ouvir generosamente 2. Isto vai além do elogio (que normalmente reflete o que você é e o que você gosta) . as pessoas te m necessidade de estabilidade e segurança mais do que nunca. O 15 . estar atento e aberto a novas possibilidades. reconheça a melhoria. inovação e comunicação. no que os outros estão fazendo. endosse. O líder confia nas pessoas. Uma profunda crença em seus princípios. você mostra de onde elas devem partir.y y y y y y y y y y y y y y y y y y O líder cria. Disposição para assumir plena responsabilidades. 2. O líder é seu próprio comandante. Ouvir Ouvir totalmente. 2. O líder questiona. O líder educa. o chefe aceita. Endossar Quando você vê uma mudança para melhor. Contextualizar Nos dias que correm onde a imprevisibilidade é a tônica.

Comunicação é também o que você faz. Para Dutra a primeira tarefa do líder é ser a trombeta que emite um som claro. Delegar autoridade e dar o apoio necessário para a execução da tarefa. Porém. Solte-os para que continuem por si mesmos. Compartilhar experiências ± influência. 16 . mas também ouvir. Os liderados não ouvem mensagens de pessoas que lhes são distantes. posição. Deixe que tenham sucesso. é importante que essa comunicação seja pessoal. pois a presença do líder é imprescindível para o bom funcionamento da empresa. E a comunicação não é só falar. 2. Ele acredita que 60% de todos os problemas administrativos resultam de falhas na comunicação. O líder pleno deve usar um código comum para comunicar-se com os seus liderados. Uma maneira prática de fazer isto é partilhar com o outro o que você deseja para ele.líder que está seguro de si desenvolve os outros para serem bem sucedidos e para levar avante a Visão. utilizando um código comum. É essencial que exista uma comunicação eficiente entre os lideres e seus liderados. poder e oportunidades. Os líderes devem ser capazes de captar as mensagens vindas de seus liderados. Incentive-os. visto que é através dela que o líder cria a ponte de transmissão de mensagem entre uma fonte e um destinatário. seus atos comunicam. A visão do líder chega aos liderados através da comunicação. Seja um modelo. Demonstre que confia em seus liderados. distintos no tempo e/ou espaço. Avalie as pessoas. y y y y y y y y y Vislumbrar o potencial das pessoas e acreditar nelas.10 A comunicação do líder Dentre tantas características importantes a Comunicação é a mais relevante. o exemplo é uma forma de comunicação.

o grupo é o centro das decisões. É extremamente dominador e pessoal nos elogios e nas criticas ao trabalho de cada membro do grupo. Consequência: A reação do grupo é ficar desorganizado. as diretrizes. não aceita as ideias de outro membro do grupo . e isso implica na obediência por parte dos demais.2. Consequência: A reação do grupo de modo geral fica hostil e s e distancia por medo. e para com o povo. esta postura e não é válido este tipo de comportamento. pondera antes de agir.12 Tipos de Líderes: A) Autoritário .aquele que determina as ideias e o que será executado pelo grupo.É o líder do povo. preocupa -se com participação do grupo.Não assume responsabilidade. vive no jargão ³ deixa como esta . é como um barco sem leme. gera insegurança e atritos. Conduta condenável. acata e ouve as opiniões do grupo. é uma pessoa déspota também subestimando e diminui o grupo. Acreditamos que a ação do líder democrático é de suma importância para o progresso e sucesso de uma org anização. C) Democrático. pelo povo. o que comanda o grupo só pensando em si. estimula e orienta. É impessoal e objetivo em suas críticas e elogios. Aquele que determina. permitindo o grupo esboçar as técnicas para alcançar os objetivos desejados. não sabe para onde vai. junto com o grupo. não toma direção efetiva das coisas. B) Indeciso.11 Os tipos de liderança 2. Para ele. Tal como 17 .para ver como é que fica´. É uma pessoa ditadora e soberana.

Dá total liberdade ao grupo para traçar diretrizes. quando estava com Deus defendia o povo). num caso extraordinário.13 Requisitos para uma boa Liderança 18 . A postura deste líder brota ante as diferentes situações que ele detecta no dia -a-dia. onde determinadas ações devem ser traçadas de imediato.É aquele que assume seu estilo de liderança dependendo mais da situação do que da personalidade. Apresenta apenas alternativas ao grupo. Deve o líder portar -se de forma idêntica em todos os campos de atuação. Consequência: A reação do grupo é de segurança e motivação por certo tempo. E) Situacional . Por exemplo. Consequência: A reação do grupo geralmente é ficar perdido. F) Emergente . D) Liberal . Possui um estilo adequado para cada situação. Consequência: O grupo reage bem.Diz respeito aquele que surge e assume o comando por reunir mais qualidades e habilidades para conduzir o grupo aos objetivos diretamente relacionados a uma situação especifica. o líder saberá o que fazer. O líder e sua conduta A conduta do líde r deve ser única e definida.( quando estava com o povo defendia Deus. não ficando coeso. sem oscilações e posições contraditórias. participa. 2. que posso dar o exemplo de Moisés do Egito. colaboração e entusiasmo. participação.Aquele que participa o mínimo possível do processo administrativo.um sacerdote. Consequência: A reação do grupo é de interação. sabendo que se houver emergência. colabora.

(muitas vezes referido como recompensa). Foi realizada pesquisa bibliográfica. baseando-se nos estilos de liderança e motivação. A gestão participativa (democrática) com ênfase na inovação e criatividade possibilita a abertura de novos caminhos e oportunidades. Nada satisfaz.1) Não seja Pedantista : demonstração ostensiva de que sempre sabe mais que os outros. Meta: é o fim em cuja direção se dirige o comportamento motivado. fortalecendo a relação entre os membros e promovendo o desenvolvimento da empresa. 8) Não seja Antipático : personalidade indesejável. 5) Não seja Inconstante : mudando de atitude a toda hora. Busca-se também levantar reflexão sobre a formação de líderes para gestão de pessoas. Motivo: é um estimulo interno que dirige um comportamento consciente a satisfazer a uma necessidade ou alcançar uma meta. Concluiu -se que o estilo de liderança democrático predomina na relação do líder gestor para com seus liderados na PontocomVideo Clube. 7) Não seja Precipitado : tomar atitudes imprudentemente. Isso é forma disfarçada de mentir. 3 Conclusão O presente estudo teve por objetivo definir o perfil do líder gestor. Desejo: refere-se particularmente às metas das quais estamos plenamente conscientes. cuidar só de si. Motivação: é induzir uma pessoa ou grupo de pessoas. 4) Não seja Reclamador : Nunca esta satisfeito. assim como desenvolver técnicas motivacionais para a equipe da PontocomVideo Clube. incluindo o acesso a periódicos e estudos disponibilizados na internet. a trabalhar para 19 . ou lutar para conseguir algo. Dicionário de termos usados y y y y y Incentivo: é um estimulo externo que induz uma pessoa a tentar fazer alguma coisa. E studamos os três principais estilos de liderança. 6) Não seja Egoísta : pensar somente em si . 2) Não seja Megalomaníaco : mania de grandeza 3) Não seja Paroleiro : falar exageradamente. cada qual com suas próprias necessidades e personalidades distintas.

São Paulo: Saraiva. In: As pessoas na organização. critério. 1994. Tipos de comunicação: de massa. Ética: O senso ético elevado ainda é valorizado pelas pessoas de qualquer nível social. verbal e visual. colaborar com uma cota ou ter parte em um resultado. Comprometimento é não deixar que os liderados enfrentem os problemas sozinhos. Sensibilidade: Um líder sensível não é aquele a quem falta for ça ou coragem.y y y y y y y y y y atingir os objetivos da organização. Gerenciando Pessoas: o passo decisivo para a Administração participativa. Lindolfo Galvão. Paulo: Atlas 1982. 1999. São ALBUQUERQUE. Comprometimento: Comprometimento é diferente de con tribuição. perspicácia. BERGAMINI. et al. Coragem: A posição de liderança não dá coragem a uma pessoa. é aonde se quer chegar. Discernimento: Discernimento é a faculdade de julgar as coisas clara e sensatamente. mas andar junto com eles. B. Missão: Missão é o objetivo geral. C. Visão: A Visão é aquilo que se sonha para o negócio. Psicologias uma introdução ao estudo da psicologia . CHIAVENATO. interpessoal. ao mesmo tempo em que trabalhar para alcançar os seus próprios objetivos. 20 . mas a coragem pode lhe dar uma posição de liderança. A gestão estratégica de pessoas. econômico ou político. análise. Idalberto. M. Contribuição é cooperar. 2002. São Paulo: Makron Books. Comunicação: Comunicação é a transmissão de mensagem entre uma fonte e um destinatário. humana. Psicologia aplicada à administração de empresas . não verbal. utilizando um código comum. as pessoas ainda buscam padrões éticos elevados em seus líderes. instituição ou pessoa pretende desempenhar. ela indica o papel ou função que a organização. São Paulo: Gente. A. tino. social.W. Referências Bibliográficas: BOCK. distintos no tempo e/ou espaço. É inspiração. juízo. a missão procura esclarecer qual o propósito.

5. Inovação e espírito empreendedor. Um resgate conceitual e histórico dos modelos de gestão de pessoa. São Paulo: Gente. ed. Gerenciando pessoas: o passo decisivo para administração participativa. Idalberto. praticas e princípios. 2002. L.CHIAVENATO. MOTTA. São Paulo: Pioneira. A. P. FISCHER. 1994. São Paulo: Makron Books. 21 . Paulo Roberto. 1987. DRUCKER. Gestão contemporânea : a ciência e a arte de ser dirigente. 1991. 2. ed. In: Pessoas na organização. Rio de Janeiro: Record.