A importância do Backup

Já parou para pensar que parte de sua vida está guardada em um computador? Vários momentos inesquecíveis registrados em fotos digitais, horas e horas de trabalho depositados em um documento texto, vídeos mostrando parte da vida de sua família, diversas mensagens por e-mail, principalmente a primeira mensagem para aquela “gatinha da classe” e que hoje é a mãe dos seus filhos etc. Todos esses momentos estão bem guardados? E se por acaso eles simplesmente sumissem de sua vida? O que aconteceria com você? Pois é. Nunca fiz um levantamento a respeito, mas provavelmente 99% dos usuários não guardam uma cópia de seus arquivos importantes! E como diz um velho ditado, “no mundo da tecnologia, quem tem um não tem nenhum”. De um dia para o outro, simplesmente todos esses arquivos podem sumir em um passe de mágica. Pronto! Acho que agora você está convencido da importância do backup, não? Mas o HD é um lugar seguro para guardar meus arquivos, não? Devo me preocupar em fazer uma cópia de todos meus arquivos importantes? Sim, o HD é um local seguro, mas como todo equipamento eletrônico e mecânico, pode apresentar problemas, que pode ser desde um simples bad block (pequena falha em uma gravação) até a perda total dos dados! Mas quais são as principais causas de perda de dados? São várias. Podemos dividir em três categorias: problema de hardware, software e externos. Problemas de hardware acontecem quando a parte mecânica e/ou eletrônica apresenta problemas. Normalmente, ocorrem por causa de picos de energia ou quando derrubamos o disco (principalmente em notebooks). Já problemas de software acontecem quando um vírus ou algum outro programa apaga todos os dados sem a interferência do usuário. Também podemos ter perda de arquivos quando o sistema operacional trava ou quando algum arquivo aparece corrompido. Problemas externos são quando alguém rouba seu HD (furto de notebook, por exemplo), quando seu computador passa por uma enchente ou incêndio ou quando alguém inadvertidamente apaga seus arquivos. Ok! Não vou conseguir dormir até fazer o backup dos meus arquivos! Como devo proceder? Isso é assunto para o próximo post! Mas se já quiser ir adiantando, o ideal é que você separe uma pasta com todos os arquivos que devem possuir uma cópia de segurança, principalmente fotos, trabalhos, e-mails e vídeos pessoais. Arquivos que podem ser baixados da internet ou criados novamente podem ou não entrar nessa pasta, dependendo do espaço disponível para a cópia de segurança.

A preguiça é um dos principais inimigos do backup atualizado. Deixar tudo em uma única pasta facilita a operação. Afinal. não adianta nada você ter uma cópia de segurança de três meses atrás de uma planilha de gastos que você atualiza todos os dias. certo? . ajudando a executar a cópia com maior frequência.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful