You are on page 1of 4

cc

cc cc

cc

  



Invocação da paz 
¬ Ú Isto é plenitudeÚ aquilo é plenitudeÚ 
{a plenitude, a plenitude surgeÚ
irando-se a plenitude da plenitude, 
somente plenitude restaÚ 
Om paz, paz, pazÚ


     




c

O Ser Infinito está presente nos corações de todosÚ


O Ser Infinito é a suprema realidadeÚ
egojizemo-nos nele através da renúnciaÚ
ão cobiçes nada, pois tudo ao Ser pertenceÚ


× 
  
 c

aue trabalhando desta forma, possas viver cem anosÚ


ois somente assim poderás trabalhar em liberdade realÚ

queles que negam o Ser renascem novamenteÚ
egos para o Ser, envolvidos nas trevas, 
são totalmente destituídos de amor por eleÚ



 ×
 ×  × 
 ×c

O Ser é unoÚ Sempre imóvel, 


o Ser é mais veloz que o pensamento, 
mais veloz que os sentidosÚ 
Embora imóvel, ele alcança qualquer objetivoÚ
Sem o Ser, a vida não poderia existirÚ

O Ser parece mover-se, mas está sempre quietoÚ
arece estar longe, mas está sempre pertoÚ
Está em tudo, e tudo transcendeÚ

queles capazes de perceber todos os seres em si mesmos, 
e a si mesmos em todos os seres, não conhecem o medoÚ 
queles capazes de perceber todos os seres em si mesmos, 
e a si mesmos em todos os seres, não conhecem o sofrimentoÚ

omo pode a multiplicidade da vida 
iludir àquele que percebe sua unidade?

O Ser está em toda parteÚ esplandecente é o SerÚ 
Indivisível, imaculado, sábio, imanente e transcendente, 
é ele quem mantém a coesão do mundoÚ



    
c

Em noite de trevas vivem aqueles 


para quem somente o mundo exterior é realÚ
Em trevas ainda mais escuras vivem 
aqueles para quem apenas o mundo interior é realÚ

O primeiro conduz a uma vida de açãoÚ
O segundo, a uma vida de contemplaçãoÚ

orém, aqueles capazes de combinar ação e contemplação,
atravessando o mar da morte pela ação,
alcançam a imortalidade através da contemplaçãoÚ
ssim ouvimos dos sábios que nos instruíram 


 ×


  ×
c

Em trevas que cegam vivem 


aqueles que adoram a destruiçãoÚ
Em trevas ainda mais escuras vivem
aqueles que se apegam à criaçãoÚ

m é o resultado da criaçãoÚ
Outro é o resultado da destruiçãoÚ

riação e destruição: quem conhece ambas,
atravessando a morte pela destruição,
alcança a imortalidade através da criaçãoÚ
ssim ouvimos dos sábios que nos instruíramÚ


     
  ×  c

 face da verdade está oculta pelo disco douradoÚ


emove teu disco, ó Sol que nutres o mundo, 
para que eu possa perceber minha natureza real!

Ó Sol, nosso pai, viajante solitário, 
controlador da potência da criação, 
fonte da vida de todos os seres, 
dispersa teus raios e domina teu deslumbrante resplendor
para que eu possa ver o Ser benéficoÚ Eu mesmo sou esse Ser!

aue meu alento possa dissolver-se no Imortal
quando meu corpo virar cinzasÚ
OmÚ Inteligência, recorda, recorda teus feitos,
Inteligência recorda, recorda teus feitos!

gni, deus do fogo, conduze-nos pelo bom caminho para a
felicidadeÚ 
onheces nossos feitosÚ Livra do erro àqueles que te adoram! 
espeitosa homenagem te oferecemosÚ

qui conclui-se a    Ú

Om paz, paz, paz 


radução: edro Kupfer 


c