PROGRAMA 5S PARA EMPRESAS

,

CURSO 5S MENOR DESPERDÍCIO E MAIOR ORGANIZAÇÃO NA EMPRESA

SUMÁRIO
1. Introdução.............................................................................................. 2. Os cinco Sensos.................................................................................... 2.1. O que é o 5S?............................................................................ 2.2. Onde começou o 5S?................................................................ 3. O significado de cada S......................................................................... 3.1. Senso de Utilização................................................................... 3.2. Senso de Ordenação................................................................. 3.3. Senso de Limpeza..................................................................... 3.4. Senso de Higiene....................................................................... 3.5. Senso de Autodisciplina............................................................. 4. A Prática dos 5S.................................................................................... 5. Passos para a implantação do programa.............................................. 6. Fases da implantação............................................................................ 7. Implantação........................................................................................... 7.1. Senso de Utilização................................................................... 7.2. Senso de Ordenação................................................................. 7.3. Senso de Limpeza..................................................................... 7.4. Senso de Higiene....................................................................... 7.5. Senso de Autodisciplina............................................................. 8. Método para avaliação do sistema........................................................ 9. Considerações finais............................................................................. 10. Referências bibliográficas...................................................................... 3 3 3 4 4 4 4 5 5 5 5 6 9 9 10 14 16 17 18 19 22 22

2

3 . futuramente. uma mudança para melhor no humor dos indivíduos que o praticam. OS CINCO SENSOS 2. 2.1. INTRODUÇÃO O mercado de hoje exige empresas e profissionais. as atitudes no desenvolvimento de rotinas e. em cada detalhe do trabalho e. capazes de modificar o ambiente de trabalho. através destas mudanças promover a excelência no resultado dos serviços prestados. que tem como proposta inserir mudanças de valor qualitativo em rotinas diárias de todos os profissionais. e em todos os níveis. como conseqüência. Desenvolver a consciência do quanto é importante ter qualidade aplicada e utilizada de forma constante. seus frutos colhidos.1 O QUE É O 5S? O programa 5S é um conjunto de conceitos simples. dentro das organizações. Surge como boa proposta para arar e tornar o terreno próprio ao plantio da qualidade à filosofia dos 5S. a forma de conduzir as atividades. O primeiro passo para a busca pela qualidade é a transformação/organização do ambiente e um acréscimo na percepção ou até mesmo na cultura dos indivíduos para que possa ser criado um ambiente onde a semente da qualidade possa ser plantada e. um nível de competitividade e excelência muito elevado e alcançar o prêmio da competitividade é o que muitos empresários e profissionais de visão almejam. torna a busca pela competitividade uma tarefa muito mais fácil e prazerosa.

que mais se aproxima da proposta japonesa. ao traduzir as cinco palavras para o português não foi possível representar a idéia original. Senso de utilização Identificar materiais. No Brasil foi lançado apenas em 1991. 3. pela fundação Christiano Ottoni. Senso de Ordenação 4 . O SIGNIFICADO DE CADA “S” 3. todas começadas pela letra “s”. 3.Os “S” vêm de cinco palavras japonesas. equipamentos. em português.1. Assim foi possível manter o termo 5S em nossa língua. surgiu no Japão à metodologia dos cinco “s”. informações e dados necessários ou não. sempre tomando as medidas cabíveis para o que não for necessário. JAPONÊS 1° S 2° S 3° S 4° S 5° S Seiri Seiton Seisou Seiketsu Shitsuke PORTUGUÊS Senso de Senso de Senso de Senso de Senso de Utilização Arrumação Organização Seleção Ordenação Sistematização Classificação Limpeza Zelo Asseio Higiene Saúde Integridade Autodisciplina Educação Compromisso 2. então a melhor forma foi fazer uso do termo “Senso de” antes de cada palavra. para combater a sujeira das fábricas. guardando apenas o necessário para o desempenho das atividades.2.2 ONDE COMEÇOU O 5S? Logo após a 2ª guerra mundial.

zelar pela higiene pessoal e das áreas comuns. a sua implantação efetiva não é tão simples. Este rompimento deve ser espontâneo.bem como manter dados e informações em atualizados para garantir o momento da tomada de decisões. 3. para que possam seguir a mesma direção dos demais.Definir locais e critérios apropriados para guardar.4. 4. Apesar da simplicidade dos conceitos e da facilidade de aplicação. 5 . muitas vezes. Este fato constitui a dificuldade de "DESLIGAR-SE" dos conceitos e pré-conceitos próprios. se chocam com as propostas dos 5S. A PRÁTICA DOS 5S 5S é praticar "bons hábitos" ou "Bom senso".3. equipamentos e informações de modo a facilitar o seu uso e manuseio. Senso de Higiene Criar condições favoráveis à saúde física e mental. criar um clima adequado para que ocorra esta mudança. pois só assim irá se perpetuar e destruir os velhos hábitos e atitudes que não agregam qualidade. dando suporte àqueles que estão conseguindo “DESLIGAR-SE” e ajudando àqueles que ainda não o fizeram. 3. Zelar ainda pela conservação dos das informações registradas na empresa. garantindo um ambiente livre de agentes poluentes. estocar ou disponibilizar materiais. Senso de Limpeza Eliminar sujeira ou objetos estranhos para manter limpo o ambiente. pois a essência dos conceitos é a promoção de mudança de atitudes e hábitos das pessoas que foram construídos e incorporados pelas experiências dessas pessoas ao longo de suas vidas que.5. Senso de Autodisciplina Desenvolver e manter o hábito e técnica de observar e seguir normas e regras. É preciso. então. 3.

PASSOS PARA A IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA • Envolver e comprometer todas as pessoas da organização. selecionar. 6 . maior será a necessidade desta estruturação e mais detalhada ela devera ser. 5.A Implantação do Programa 5S deve ser sistematizada e planejada em todos os passos. para garantir a longa vida da mudança incorporada pela adoção da filosofia dos 5S. Quanto maior e mais complexa a organização. pois com o ganho da autodisciplina adquirida. os 5S ficarão entrelaçados. ficando difícil distinguir o “S” que está sendo executado. mais fácil se dará à implantação do sistema. Os 5S estão interligados e não se consegue entender seus efeitos e sua implantação não for completa: Quando estiver em um estágio mais avançado. Quanto mais próximo de um ambiente familiar. ordenar e limpar mantendo sempre a higiene. A natureza e intensidade das relações presentes no ambiente organizacional vão influenciar fortemente e podem constituir fator de sucesso ou insucesso na implantação dos 5S.

4. depósito. decorar ambientes ou ainda guardar documentos. Matéria-Prima Material de consumo. 7 . propor e participar nas soluções de problemas e o segredo para o bom resultado nestas tarefas é a disciplina. Ex: Comercial. expedição. elétricos ou eletrônicos utilizados no dia-a-dia. 3. limpar. equipamentos. 5. restaurante.Com evento de motivação/conscientização de toda equipe sobre a importância de se trabalhar com qualidade. cumprir padrões e metas estabelecidos. área para depósito de ferramentas. Dispositivos Equipamentos mecânicos. IMPLANTAÇÃO. Documentos Todas as informações em papel ou registro eletrônico e cuja a finalidade seja servir de consulta. ordenar. materiais ou equipamento. transito de pessoas e equipamentos. Mobiliário Bens utilizados para acomodar pessoas. É importante lembrar que Para implantar o programa 5S é necessário selecionar. MANUTENÇÃO. oficina. • Após definir a área física. Espaço Local próprio para a execução das tarefas. proteção ou conforto da equipe. • Dividir a empresa em áreas físicas onde se pretende aplicar o 5S. Pode ser feito através de dinâmica onde os próprios colaboradores ou a gerência defina as áreas a serem trabalhadas. materiais. leitura. 2. fonte de dados ou estudo. A implantação efetiva do programa é feita aplicando um senso por vez e seguindo a seguinte ordem: • • • PREPARAÇÃO. deve-se observar em cada área os itens a seguir: 1. e. matéria prima e dispositivos.

Segue na próxima página uma sugestão de diagrama para implantação do programa 5S.A implantação do programa 5S é o momento propício para a erradicarão do desperdício dentro da empresa. DIAGRAMA PARA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA 5S 8 .

IMPLANTAÇÃO Prover o que é necessário para execução da tarefa e descartar aquilo julgado desnecessário ou em excesso. limpar e planejar a eliminação das fontes de sujeira. identificar causas. FASES DA IMPLANTAÇÃO IMPLANTAÇÃO D P SENSOS UTILIZAÇÃO (Seiri) C A MANUTENÇÃO Consolidar os ganhos obtidos na fase de implantação de forma a garantir e que os avanços ganhos mantidos. Identificar os fatores higiênicos de risco nos locais de trabalho e planejar ações para eliminá-los. Identificar as fontes de sujeira.6. definem padrões e normas. IMPLANTAÇÃO Os sensos atuam em três dimensões: social. Identificar nãoconformidades nos padrões existentes e as oportunidade de melhorias paraos 4 outros sensos. intelectual e mecânico. e trabalham os aspectos que afetam padrões éticos. acondicionar e sinalizar de acordo com as definições feitas na fase anterior. Eliminar as conformidades encontradas na anterior. Eliminar os riscos do ambiente de trabalho ou atenuar seus efeitos. ORDENAÇÃO (Seiton) LIMPEZA (Seiso) HIGIENE (Seiktsu) sejam Padronizar as ações de bloqueio que se mostraram eficazes na eliminação causas. Guardar. regras e 9 . das Eliminar as fontes de sujeira. PREPARAÇÃO Identificar o que é necessário para execução da tarefa e por que necessitamos daquilo. nãofase Promover bloqueio reincidência ações de contra AUTODISCIPLINA (Shitsuke) (mecanismo à prova de bobeiras). Definir onde e como dispor os itens necessários para a execução das tarefas. 7.

MOBILIÁRIO PREPARAÇÃO • • • • Identificar cada item do mobiliário. Avaliar a necessidade de tê-los. Elaborar procedimento que oriente as alterações que se fizerem necessárias no futuro. Incluir na relação o número do patrimônio. IMPLANTAÇÃO • Colocar os excessos à disposição de outras pessoas. Funcional é a disposição que o trabalho se desenvolve sem ocasionar perda de tempo. Seguro é a disposição onde a movimentação de pessoas. Admita adaptações criativas. Discutir com as pessoas envolvidas sobre o assunto. IMPLANTAÇÃO • Definir Layout (disposição de mobiliário) seguro e funcional. dispositivos e equipamentos. mas não permita improvisos perigosos. materiais e equipamentos é desimpedida de obstáculos. Manter só o necessário no local de trabalho. Certificar que cada tarefa seja executada no local adequado e preparado para tal.1 SENSO DE UTILIZAÇÃO (Seiri) ESPAÇO PREPARAÇÃO • • • Identificar ONDE cada tarefa é executada. relacionando-os.procedimentos e promovem uma harmonia no funcionamento e interação dos processos. MANUTENÇÃO • • Elaborar desenho com dimensões básicas e disposição dos móveis. 10 . Segue o detalhamento para a implementação de cada um dos cinco S dentro da empresa: 7. se existir.

Envolva todas as pessoas da equipe na elaboração do procedimento. Ao repor ou adicionar dispositivos. Definir vida útil. IMPLANTAÇÃO • • • • • Colocar o excesso à disposição de outras áreas. DOCUMENTO PREPARAÇÃO • • • Relacionar os documentos existentes e utilizados. DISPOSITIVO PREPARAÇÃO • • • Relacionar todos os dispositivos. Estabelecer forma de controle do uso de dispositivos. MANUTENÇÃO • • Elaborar procedimento que oriente a inclusão/exclusão futura de mobiliário. Repor o que estiver faltando e for considerado necessário. Verificar a utilização dos documentos: porque existem? Porque estão ali? Qual a utilidade deles? Freqüência de uso? Quantas pessoas utilizam? Evitar improvisos que possam comprometer a segurança das pessoas. aproveite o descarte das outras áreas e pessoas.• • • Promover a venda ou sucateamento do inservível. Verificar uso dos dispositivos: porque existem? Freqüência de uso? Quem utiliza? Evitar improvisos que possam comprometer a segurança das pessoas. MANUTENÇÃO • • Elaborar procedimento que oriente a inclusão/exclusão de dispositivos e a localização deles no arranjo geral. aproveite o descarte de outras áreas. no caso de ferramentas de desgaste e estabelecer procedimentos de reposição. Promover a venda ou sucateamento do inservível. 11 . Para repor ou adicionar mobiliário. Providenciar a reposição daquilo que estiver faltando. em primeiro lugar.

Antes de descartar documentos verifique se não existe legislação específica que determina a necessidade de mantê-los em arquivo. MATÉRIA-PRIMA PREPARAÇÃO • • • Relacionar a matéria-prima existente e consumida na área. guarda e descarte de documentos. arquivo. Definir nível mínimo e máximo de estoque para cada item de consumo. Verificar se o uso é compatível com a necessidade (porque ter em estoque?).IMPLANTAÇÃO • • • • • Eliminar a duplicidade de documentos. etc). quando e como os itens de consumo serão repostos (Plano de Reposição). Verificar a aplicação e consumo. MANUTENÇÃO • Elaborar procedimentos para recebimento. Definir o período de permanência de cada grupo de documentos no seu devido local e indicar o responsável pela atualização dos mesmos. Definir o destino de cada grupo de documentos (quadro de avisos. Acompanhar os consumos e custos de estoques no sentido de reduzi-los gradativamente. estante. MANUTENÇÃO • • • Definir quem. Descartar os papéis desatualizados e que não sejam úteis. IMPLANTAÇÃO • • Adequar os estoques às necessidades de consumo de cada item relacionado. expedição. Estabelecer formas de controle de consumo para construir um histórico e ajustar níveis de consumo. Segue na próxima página. um diagrama de como realizar a implantação deste Senso: 12 .

Benefícios com a implantação do Senso de Utilização: 13 .

Guardar os documentos de acordo com as características. subgrupos e itens. Educar os usuários para utilizarem corretamente os padrões adotados. Estratificar o agrupamento de forma a facilitar o rastreamento e a guarda. Sinalizar os locais indicando os grupos. livros devem ficar em prateleiras. Agrupar por tipo. Ordenar por tamando e em ordem seqüencial. subgrupos e itens. Discutir amplamente com as pessoas envolvidas a melhor maneira de ordenar. incluindo a guarda e acondicionamento. Educar usuários a utilizarem corretamente os padrões adotados. finalidade.2 SENSO DE ORDENAÇÃO (Seiton) Dispositivo PREPARAÇÃO • • • Padronizar os nomes dos dispositivos.7. Estratificar: Permanecer em um mesmo estado. natureza. cristalizar-se. os locais de guarda e a melhor forma de acondicionamento. Documento PREPARAÇÃO • • • Uniformizar o nome dos documentos. IMPLANTAÇÃO • • • • Colocar em prática a forma de ordenação definida. Sinalizar os locais indicando os grupos. Definir forma de agrupar (assunto. função ou aplicação. Definir os responsáveis pela verificação. MANUTENÇÃO • • Elaborar uma folha de verificação (check list) periódica para garantir a ordenação permanente. isto é. IMPLANTAÇÃO • • • • Colocar em prática a forma de agrupamento e estratificação definidos. conteúdo). a freqüência e preparar estas pessoas para isto. origem procedência. 14 . não experimentar mudança. pastas em arquivos. papéis em pastas.

necessidade. Adotar "mecanismos antibobeira" para garantir a guarda correta de documentos. Benefícios com a implantação do Senso de Ordenação: 15 . escritório) e separar por tamanho. se for o caso. Educar usuários para utilizarem corretamente os padrões adotados. Definir e preparar os responsáveis pela verificação. e determinar a freqüência. material de limpeza. Dispor itens conforme a forma de agrupamento e disposição definidos. MATÉRIA-PRIMA PREPARAÇÃO • • Agrupar itens por tipo (parafusos. Definir e preparar responsáveis pela verificação determinando a freqüência. finalidade. atender a legislação ou normas vigentes. característica ou facilidade. Cuidar como determina o fabricante dos materiais que necessitam de cuidados especiais e. Definir uma única forma para dispor materiais: por tamanho. MANUTENÇÃO • • • Elaborar folha de verificação periódica para garantir a ordenação permanente. Adotar "mecanismo antibobeira" para garantir a guarda correta de materiais. aplicação e características. IMPLANTAÇÃO • • • • Identificar locais de guarda e os tipos de materiais.MANUTENÇÃO • • • Elaborar folha de verificação periódica para garantir a ordenação permanente.

Identificar as causas e fontes da sujeira. Planejar ações para eliminar as fontes e as causas identificadas.3 SENSO DE LIMPEZA (Seiso) MOBILIÁRIO e DISPOSITIVOS PREPARAÇÃO • • • • Identificar as formas de sujeira. MANUTENÇÃO • • Criar procedimentos com as ações de bloqueio que se mostraram eficazes na remoção das causas de sujeira. Preparar as pessoas para seguir os procedimentos. IMPLANTAÇÃO • Implantar as ações de bloqueio definidas no Plano de ação e verificar a sua efetividade. Planejar ações para eliminar os efeitos (limpar). Benefícios com a implantação do Senso de limpeza: 16 .7.

Institua um sistema de verificação periódica do cumprimento dos padrões. Identificar o número de pessoas expostas e o tempo médio de exposição para cada risco. Medir os valores dos fatores de risco. DISPOSITIVO. Simule situações de emergência periodicamente. como forma de treinamento. DOCUMENTOS E MATÉRIA PRIMA PREPARAÇÃO • • • • • • • Identificar fatores de risco no ambiente de trabalho. MOBILIÁRIO. Identificar os cargos expostos a cada risco. Identificar as causas e elaborar um Plano de Ação para bloqueio de causas. Identificar necessidade de EPI/EPC. Medir os riscos após ação de bloqueio e avaliar melhoria. Atualizar o Mapeamento de Risco da área de trabalho. Benefícios com a implantação do Senso de Higiene: 17 .4 SENSO DE HIGIENE (Seiketsu) ESPAÇO. Elaborar procedimentos para ação em emergências. Identificar as fontes e possíveis efeitos nocivos às pessoas. IMPLANTAÇÃO • • • • Adotar medidas para atenuar os efeitos ou eliminar os riscos.7. eliminação das fontes de risco ou atenuação dos seus efeitos. MANUTENÇÃO • • • Certifique-se que os procedimentos sejam do conhecimento de todos.

MANUTENÇÃO • • Alterar os padrões e os procedimentos tão logo tenha sido identificado a causa fundamental dos problemas. IMPLANTAÇÃO • • • • Seguir a risca o programa de avaliação.7. Utilizar um gráfico de controle para acompanhamento. Utilizar o PDCA para resolver os problemas identificados.5 SENSO DE AUTODICISPLINA (Shitsuke) PREPARAÇÃO • • • • Criar folha de verificação de não-conformidades. Definir um calendário de Avaliação. Benefícios com a implantação do Senso de autodisciplina: 18 . dando treinamento as pessoas envolvidas na utilização desses padrões. Definir um critério para a formação dos grupos de avaliação. Divulgar amplamente os novos padrões. Estipular freqüência de avaliação das áreas a serem submetidas ao quinto Senso. Utilizar o relatório de não-conformidades observadas para levantar melhorias. baseada nos 4 primeiros sensos.

pelo menos no início. conhecedores e praticantes do programa 5S. A avaliação pode ser setorial. Através de avaliação que tenham seus critérios aumentados gradativamente. Pode-se usar um formulário (folha de verificação) contendo os itens que serão verificados. Uma boa prática é que o responsável por um setor avalie outro. os resultados alcançados são medidos é possível aperfeiçoar continuamente o sistema. O caráter dessa avaliação deve ser. Uma meta com valor de 50% por exemplo. Devem-se estabelecer metas que desafiadoras. 19 . não parece ser tão desafiante (dependo é claro do nível de organização atual). global ou ambas. As notas dos setores são somadas e a média desta soma gera o resultado da avaliação da empresa como um todo. MÉTODO PARA AVALIAÇÃO DO SISTEMA A avaliação deve ser feita como uma forma de acompanhamento da implantação e manutenção do programa 5S em todos os setores da empresa.8. educativo e motivacional e os avaliadores devem ser pessoas participantes.

para que possa servir como ferramenta de apoio na busca da melhoria contínua. O resultado deverá conter o resultado geral e a nota alcançada em cada ‘S’. maior a nota concedida ao item.MODELO DE FOLHA DE VERIFICAÇÃO SETOR: AVALIADOR: UTILIZAÇÃO 1 2 3 4 5 6 7 ORDENAÇÃO 8 9 10 11 12 13 14 LIMPEZA 15 16 17 18 19 20 21 HIGIENE 22 23 24 25 26 27 28 AUTODISCIPLINA 29 30 31 32 33 34 35 TOTAL DE PONTOS: INSTRUÇÃO A pontuação representa a situação do setor no momento da verificação em cada item analisado. Quanto melhor estiver a situação. 0 1 2 3 4 5 DATA: / / 20 .

MODELO DE GRÁFICO SETOR: AVALIADOR: DATA: / / GRAFICO DEMONSTRATIVO DA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA 5S Verificação do dia ___ de ______________ de _________ 35 30 25 20 15 10 05 00 UTILIZAÇÃO ORDENAÇÃO LIMPEZA HIGIENE AUTO DISCIPLINA Exemplo de como preencher o gráfico: UTILIZAÇÃO = 04 ORDENAÇÃO = 22 LIMPEZA = 27 HIGIENE = 07 AUTODISCIPLINA = 16 GRAFICO DEMONSTRATIVO DA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA 5S Verificação do dia 10 de Fevereiro de 2005 35 30 25 20 15 10 05 00 UTILIZAÇÃO ORDENAÇÃO LIMPEZA HIGIENE AUTO DISCIPLINA 9. CONSIDERAÇÕES FINAIS 21 .

Comportamento Humano no Trabalho. Fundação Christiano Ottoni. Naoshi. São Paulo. 1994. MG. P & Blanchard K. V.Este é um programa que deve ter execução contínua e para tal faz-se necessário o empenho de todo pessoal envolvido nos processos da empresa. Yoichi. HABU. CEMAN. . Yoshifumi. Ordem. Aplicar o programa 5S na vida pessoal pode trazer uma grande melhoria na qualidade de vida. 1992. K. disciplina [&L]. • Auto-equilíbrio. São Paulo. 22 . Implementação do 5S na prática: Organização. Limpeza. . Universidade Federal de Minas Gerais. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CAMPOS. • Qualidade de saneamento. 10. RIBEIRO. Haroldo. OHMORI.Gerenciamento da Rotina do Trabalho do dia-a-dia.Psicologia para Administradores : A Teoria e as Técnicas da Liderança Situacional. • Redução dos gastos pessoais. Biblioteca Pioneira de Administração e negócios. 4 ED. -TQC . • Dispositivos disponíveis. Belo Horizonte. Editora Pedagógica e Universitária LTDA. KOIZUMI. 5S: um roteiro para uma implantação bem sucedida. DAVIS. HERSEY. 1992. 1994.F. asseio. 1986. Salvador: Casa da Qualidade. • Maior organização pessoal. A base para a qualidade total. pois o indivíduo que pratica o 5S estará zelando: • Pelo bem estar próprio.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful