NOTAÇÃO MUSICAL| www.backstage.com.

br

Cristiano Moura é produtor, engenheiro de som e ministra cursos de Sibelius na ProClass-RJ

Como criar
R
Sabemos que, desde a versão 5, o Sibelius trabalha com um sistema chamado Dynamic Parts
esumidamente, o que isto significa é que, conforme escrevemos na partitura (Full Score) o Sibelius, automaticamente, cria parts de cada instrumento. Mais do que isto, estas parts estão sempre interligadas e, por isso, alterações nas parts são refletidas na partitura e vice-versa. Existem casos, no entanto, em que é necessário criar parts personalizadas, com mais de um instrumento. Em um arranjo com metais + cordas + base (guitarra, baixo e bateria), por exemplo, talvez você queira imprimir uma part com metais + baixo (que tem cifras) para a turma do naipe ensaiar antes da gravação. Vamos aprender como fazer isto agora.

uma ‘part’ com
JANELA DE ‘PARTS’

múltiplos instrumentos
Tudo com relação às parts fica em sua própria janela, acessível pelo menu Window / Parts (figura 1). Na parte inferior da janela existem botões para impressão, configuração de layout etc. O botão que nos interessa neste momento é o quarto, chamado New Part (figura 2). A partir desta opção é muito simples. Basta acrescentar cada um dos instrumentos com um duplo clique (figura 3). Depois desta etapa, apenas confirme com um clique em “Ok” e você percebe-

94
Figura1 - Menu ‘Parts’

Figura 2 - New part

Figura 3 - Staves to part

rá que é possível visualizar sua nova part pela lista de parts (figura 4).

nela de parts e, com dois cliques em cima do nome, você poderá editá-lo (figura 5). Se você tiver interesse em colocar apenas as cifras do baixo de acompanhamento, basta selecionar toda a pauta do baixo (triplo clique). Depois vá até o menu Edit / Filter / Notes and Chords para selecionar apenas as notas e, por último, clique em Edit / Show and

Figura 4 - Nova ‘part’ criada

Agora aqui vão algumas dicas de ajustes para um resultado mais profissional. Altere o nome da part para algo mais resumido. O Sibelius, por padrão, nomeia a part com o nome de todos os instrumentos separados por Figura 5 - Como renomear um arquivo vírgula, o que não é muito interessanHide / Hide, para que as notas não te. Para isto, acesse novamente a jaapareçam nesta part. Repare que elas

Se você tiver interesse em colocar apenas as cifras do baixo de acompanhamento, basta selecionar toda a pauta do baixo com um triplo clique


95

NOTAÇÃO MUSICAL| www.backstage.com.br

Nem sempre o espaçamento fica bom de primeira. Para ajustar rapidamente o espaçamento entre as pautas, selecione tudo (teclando Ctrl+A) e acesse o menu Layout / Optimize Staff Spacing para um ajuste automático das pautas

Figura 6

96

Figura 7

continuam aparecendo na partitura completa (figura 6). Nem sempre o espaçamento fica bom de primeira. Para ajustar rapidamente o espaçamento entre as pautas, selecione tudo (Ctrl+A) e acesse o menu Layout / Optimize Staff Spacing para um ajuste automático das pautas (figura 7). É possível usar este método para criar qualquer variante da partitura completa, incluindo versões com ou sem tablatura de guitarra, reduções etc. É uma bela oportunidade de reavaliar a maneira com a qual você trabalha, pois este método abre um leque de possibilidades

fantástico. Experimente! Abraços e até a próxima edição.

Para saber online

cmoura@cristianomoura.com http://cristianomoura.com

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful