Estudos Literários UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE LETRAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS DE LITERATURA MESTRADO – SUBÁREA: LITERATURAS

ESTRANGEIRAS MODERNAS DOUTORADO – SUBÁREA: LITERATURA COMPARADA

DISCIPLINA: Literatura e Outras Artes PERÍODO: 2º semestre de 2010 HORÁRIO: terça-feira, de 8h às 12h DOCENTE: Ângela Maria Dias LINHA DE PESQUISA: Perspectivas Intersemióticas e Estudos de Tradução CURSO: Interseções entre o Público e o Privado: Política e Produção de Subjetividade na Ficção Latino-Americana Contemporânea (e nas Artes Visuais Brasileiras)

Ementa: O presente curso pretende promover uma leitura política das alternativas pelas quais a arte e a ficção latino-americanas atuais vêm elaborando a relação entre espaço público e privado, ou entre vida política e produção de subjetividades. A pergunta sobre as formas de concepção artística do trinômio personalismo-autoritarismo-populismo, neste contexto, propõe-se a balizarse pelo arco de possibilidades entre as "alegorias da derrota" (na acepção de Idelber Aguiar) e a ficção abjeta. Ou seja, pelo contraponto entre a criação alegórica ― polarizada pelo luto e/ou melancolia, e alimentada por seu estranhamento e poder alusivo ― e a produção ofuscada pelo trauma, que perverte e violenta a linguagem pela desmedida da abjeção, através de processos desenfreados de hibridação ou ainda, pela exacerbação do pastiche e da desqualificação da linguagem. O apagamento da distinção entre política e não-política, entre existência pública e privada ou entre o mundo dos negócios e da ciência e o sistema político, embora se trate de fenômeno disseminado na vida contemporânea do capitalismo pós-industrial, por razões sócio-históricas está inscrito na formação política da América Hispânica, bem como da portuguesa, e foi exemplarmente abordado por Sergio Buarque de Hollanda, na sua emblemática obra Raízes do Brasil, através da noção de "homem cordial". Este tipo de confusão, mistura e desintegração das esferas política, social, científica e moral, antes distintas na sociabilidade moderna, é visivelmente mais um efeito-abjeto na fisionomia da vida contemporânea e, por meio de alguma reciclagem, continua seu curso no seio da cultura latino-americana contemporânea. No sentido de examinar, a partir dos modos de produção apontados ― as produções alegóricas (aparecidas na América Latina desde a ficção pós-ditatorial em diante) e a ficção abjeta (surgida, sobretudo, a partir dos anos 90) ― como se configuram, artística e ficcionalmente, as interseções entre as esferas pública e privada, o curso promoverá o mapeamento de uma amostragem de ficções contemporâneas brasileiras (André Sant´Anna, Marcelo Mirisola, Silviano Santiago, Lourenço Mutarelli, Chico Buarque, João Gilberto Noll)

Ângela Maria. Trad. O espaço biográfico Dilemas da Subjetividade Contemporânea. Leon S. Alegorias da Derrota: A ficção pós-ditatorial e o trabalho do luto na América Latina. através do ponto de vista e da perspectiva diante da alteridade.contrapostas a algumas outras latino-americanas ― como. BENJAMIN. 1996. São Paulo. __________ Origem do Drama Barroco Alemão. Niterói. Columbia University Press. KRISTEVA. Trans. V. o contraponto com as artes visuais. EdUERJ. Apresentação e Notas Sergio Paulo Rouanet. Brasiliense. a ressonância atual do processo colagem/montagem na criação plástica. DIAS.Obras Escolhidas Magia e Técnica. Bibliografia básica: AVELAR.I. Tradução. BUCK-MORSS. Timothy. 2007. UFMG. London/New York. as ocorrências mais recentes da arte abjeta e da body art. Saulo Gouveia. por outro. Hal. 1984. Trad. Powers of Horror. 1927-1939. BEWES. Minneapolis. Cruéis Paisagens Literatura Brasileira e Cultura Contemporânea. Belo Horizonte..I. buscará situar. Chapecó / SC. Cambridge/Massachussetts. ARFUCH. 2003. Ed. Walter. Georges. FOSTER. . Idelber. Efraim Medina Reyes e Alberto Fuguet. EdUFF. 1997. Fernando Vallejo. MIT Press. Dialética do Olhar Walter Benjamin e o Projeto das Passagens. Arte e Política. por um lado. Leonor. The return of the real: the avant-garde at the end of the century. University of Minnesota Press. e. V. New York. Ana Luiza Andrade. Paloma Vidal. Cynicism and Postmodernity. Visions of Excess: Selected Writings. Editora Universitária Argos. BATAILLE. 2004. Editora UFMG. An Essay on Abjection. 1985. Susan. 2010. São Paulo. Julia. Por outro lado. Trad. Verso. manifestada em ambos os códigos de linguagem. a obra de Roberto Bolaño. Brasiliense. Trad. 2002. Roudiez. Rio de Janeiro. por exemplo. Belo Horizonte. Ricardo Piglia. Sergio Paulo Rouanet. 1982.