SEMINÁRIOS DO PET – PEDAGOGIA: ONDE AS MENTES SE ENCONTRAM PARA PENSAR E FAZER PEDAGOGIA NA UFPI. Profª Dra.

Carmesina Ribeiro Gurgel (Universidade Federal do Piauí) Ayla Alves da Costa Freitas (Graduanda de pedagogia – Universidade Federal do Piauí) Objetiva-se neste trabalho retratar a vivência referente aos seminários de pedagogia promovidos pelo Programa de Educação Tutorial na Universidade Federal do Piauí. Esses seminários são eventos onde acontecem debates sobre temas relacionados direta ou indiretamente à ação pedagógica e ao fenômeno educativo. Esses eventos são experiências de atividades democráticas de enriquecimento intelectual, cultural e profissional, através da exposição igualitária das opiniões, experiências, inquietações e considerações sobre a realidade e complexidade do tema em tela. Como principal resultado, destaca-se o amadurecimento do senso crítico-analítico das/os participantes e o desenvolvimento de uma postura mais aberta a novas experiências e menos preconceituosa, quanto ao modo de ver a situação circundante e as práticas pedagógicas. A instituição que acolhe a devida vivência, como já citado, é a Universidade Federal do Piauí, referência em ensino universitário na sociedade piauiense. É no Centro de Ciências da Educação do campus universitário Ministro Petrônio Portella, em Teresina, que está alocado o curso de licenciatura em pedagogia, cujas (os) alunas (os) são as (os) principais beneficiárias (os) dos referidos seminários. Estes são realizados semestralmente, com vasta programação acadêmica e cultural, relacionando-se diretamente com os saberes necessários à educação propostos por Edgar Morin, especialmente ao Saber I – As Cegueiras do Conhecimento e ao Saber V – Enfrentar as Incertezas, assemelhando-se também ao Saber III, que trata do Ensinar a Condição Humana, cujo principal intuito das discussões desenvolvidas nesse ambiente é o desenvolvimento da criticidade das/os participantes, quanto à análise da realidade ambiente e das teorias pedagógicas aprendidas em sala de aula e fora dela, e seu preparo para lidar com as incertezas que permeiam a condição multicultural e imprevisível da sociedade. Palavras-chave: PET-Pedagogia. Saberes. Conhecimento.

é colocado como meta também: trazer ao ambiente acadêmico de pedagogia da UFPI. é que se propôs tal empreendimento. entre outros. de Vygotsky.SEMINÁRIOS DO PET – PEDAGOGIA: ONDE AS MENTES SE ENCONTRAM PARA PENSAR E FAZER PEDAGOGIA NA UFPI. põe-se a natureza. Carmesina Ribeiro Gurgel (Universidade Federal do Piauí) Ayla Alves da Costa Freitas (Graduanda de pedagogia – Universidade Federal do Piauí) A instituição que acolhe os seminários propostos pelo PET – Pedagogia é a Universidade Federal do Piauí. que segundo Boleiz Jr. como um dos objetivos específicos. que mesmo apresentando uma obra de grande utilidade para o bom exercício da função pedagógica. Para tanto. (2008). dentro da profissão professoral e em outras faces do ato educativo. Edgar Morin. do campus universitário Ministro Petrônio Portella. Piaget e Skinner. através do empenho de seus funcionários e estudantes. quando se fala de ensino superior e preparação universitária para o mercado de trabalho. Como o próprio Morin (2000) afirma: . por exemplo. prestígio. discussões sobre temas relevantes e atuais na ação pedagógica e no referido curso. que oferece. discutir sobre inovações e novas formas de fazer. e abriga estudantes conscientes acerca da importância do fenômeno educativo e do caráter pedagógico das relações interpessoais. de fato. educação e enriquecimento cultural à população piauiense. relacionados direta ou indiretamente à ação pedagógica. que defendem a educação socialista e o compartilhamento de responsabilidades. Profª Dra. Além da já citada. há mais de 40 anos. democrática e aberta à participação de todas (os) as (os) interessadas (os) em crescer cognitivamente e amadurecer cultural e humanamente. licenciatura em artes visuais e música e comunicação social – jornalismo. não é muito discutido na citada instituição. onde estão alocados os cursos de licenciatura em pedagogia. Esta instituição conquistou. Neste âmbito. enquanto seres sociais e integrantes de um grupo. não apenas as conhecidas e rebatidas teorias pedagógicas. O presente experimento tem por finalidade agrupar jovens para que estes discutam entre si e com suas (seus) professoras (es) sobre temas relevantes relacionados à sua postura profissional e a sociedade na qual estão inseridos. como Makarenko e Pistrak. e fomentar o debate sobre variados temas. no Centro de Ciências da Educação. mas apresentar novas vertentes educativas não convencionais no curso de pedagogia dessa instituição.

apresentando o tema geral do evento e como se dará a continuidade do evento. tem voz para contribuírem com as reflexões construídas. Em um clima de descontração e conversação entre iguais. ocasionalmente. O esforço e tempo empregados em tal empreendimento foram para o desenvolvimento do senso crítico-analítico dos participantes. Sabendo de tal situação. foi arquitetado os Seminários. seu conjunto. composta por dois professores e uma ou duas alunas petianas. é construída mais uma mesa-redonda. refutando ou concordando com a/o colega. as (os) alunas (os) expõem suas opiniões e todos. bem como para o levantamento e o trabalho de questões fundamentais para o pleno entendimento do exercício didático das (os) professoras (es) na situação em que se encontram. Finalizando a atividade de ensino e extensão.A supremacia do conhecimento fragmentado de acordo com as disciplinas impede freqüentemente de operar o vínculo entre as partes e a totalidade. e deve ser substituída por um modo de conhecimento capaz de apreender os objetos em seu contexto. contribuir com alguma explicação necessária para o esclarecimento do ponto ou questão levantada. Em busca de tais realizações. mesmo que a intenção da formação superior seja a convivência igualitária. uma solenidade de abertura simples e logo depois uma petiana toma a palavra ao microfone. democrática e de troca de saberes com pessoas das mais diversas ciências para o crescimento mútuo. Nesta mesa.14) Exatamente por essa realidade exposta pelas palavras do autor. abordando um assunto diferenciado da primeira. as/os participantes são agraciados com . O intuito não foi apenas deixar que os estudantes universitários se conhecessem e conhecessem a realidade que os rodeia. sua complexidade. tampouco pôr esses alunos para conversarem e depois impor-lhes a opinião de um ou dois professores. em primeiro lugar os integrantes expõem suas opiniões sobre o assunto e logo em seguida. (p. neste ínterim a mesa se manifesta para dar um maior embasamento à fala ou então. que se enquadram como um fato. as integrantes do grupo PET – Pedagogia se propuseram à estabelecer um espaço aberto para a união desses conhecimentos particulares para a análise e entendimento da complexidade do contexto da ação pedagógica e educativa atual como um todo. que encontra-se na quarta edição. Geralmente a programação segue seguinte estrutura: pela manhã. o público é chamado a falar suas considerações. que lhes falariam sobre os resultados de uma pesquisa sobre o tema em foco. vergonhoso até. Na parte da tarde. cada um por vez. é formada uma mesa-redonda. mas afim ao tema geral do dia. após iniciados os trabalhos do seminário. quando se trata de vivência universitária.

representa o que é ser um estudante universitário e o que é estar numa instituição federal de ensino superior.uma palestra de motivação e noções de empregabilidade e empreendedorismo. o que. mas tambem respondendo perguntas de colegas e apresentando novos rumos à reflexão dialogada daquele momento. quando já iniciadas. posto que o fazem por vontade própria e com um nível de reflexão maior. pesquisa educacional e correntes de pensamento pedagógico. através da semelhança de vivências e escolhas. onde tanto os mediadores do debate quanto a platéia podem colaborar para o enriquecimento da discussão. metodologias de ensino. pode-se perceber que a comunidade acadêmica (alunas/os e professoras/es) é bem receptiva e. fazem-no porque querem e não porque alguém lhes impôs tal situação. que refletiam a predominância das incertezas na vida das pessoas. 1921). É importante ressaltar que as mesas-redondas formadas. bem como as escolhas que fizeram para lidar com as surpresas que desviaram os planos de vida das/os participantes. focando principalmente. . acerca de conteúdo a assimilar e pontuação a atingir. é o aporte teórico e crítico necessário para que possam enfrentar as incertezas que permeiam a “aventura humana” (MORIN. pois é visível o nível de eficácia da aprendizagem através do fenômeno educacional externo à sala de aula. visto que quando as (os) alunas (os) percebem-se em um ambiente sem muitas pressões e sem cobranças. Esses fatos e projeções aproximaram as (os) alunas (os). sabem o valor que tem uma proposta como essa. ou que aprendem ser a finalidade nela. Inclusive até aperfeiçoando as projeções feitas por professores. tambem complementando idéias vindas de professores. não apenas perguntando. visto que dessa forma. Outro ponto interessante nos seminários de pedagogia do PET é o real envolvimento das (os) alunas (os) nas discussões levantadas pelos integrantes das mesas-redondas. comportam-se como rodas de conversa. suas respostas aos estímulos externos são mais rápidos e eficientes. àquelas (es) que precisam buscar emprego. Quanto aos Seminários de Pedagogia. bem como pela empatia entre as/os presentes para com momentos de suas vidas e as inquietações despertadas por estas/es. em suma. o que demonstrou a sintonia de pensamento entre as (os) envolvidas (os). destacaram-se os exemplos e relatos. por ser formada por pessoas que estão em constante contato com assuntos relacionados à didática. Isto porque o real interesse das pessoas que buscam uma formação universitária. Dentre as experiências vivenciadas durante tal evento. O que em muito aprimora o processo ensino aprendizagem. as (os) estudantes comportam-se mais naturalmente e sentem-se mais à vontade para expor suas opiniões e saberes prévios. isto porque.

boa e superior. Isto se percebe em conversações posteriores nos corredores e nas salas de aula e em suas atividades em outros espaços. Diante dessa infame realidade. além disso.Muitas (os) inscritas (os) nesses seminários entram com uma forma de pensar e agir. bem como do afastamento das pessoas pelo medo de se envolver em relações com desconhecidos. Mas. através dos quais encontra-se 100% de aprovação deste tipo de atividade como instrumento ativo do processo de aprendizagem e formação pessoal e profissional dos alunos participantes. com todos os exemplos expostos e conclusões parciais à que chegaram. com determinados hábitos e atitudes. Isto porque. uma imagem que reproduza o discurso de uma propaganda de televisão. esta foi feita a partir da resposta das (os) inscritas (os) à um questionário. é nítida a elevação do nível de discussão destas (es) sobre os mais diversos temas. Diante desse quadro de abafamento das individualidades pessoais e da inviabilização da convivência. é o caráter democrático e interativo destes. bem como de um pensamento coletivo e consciente de seus direitos e dos direitos de todos os cidadãos pelas/os estudantes da UFPI. democracia e cumplicidade quanto às discussões. aculturalista e que se proclama democrática. comportam-se de maneira mais aberta às novas experiências e com uma postura com menos preconceitos. O que converge para a superação do pensamento individualista disseminado pelos tempos pós-modernos e essa sociedade consumista. Quanto à avaliação dos seminários. quanto ao modo de ver a situação circundante e as práticas pedagógicas e corriqueiras tambem. de perderem seu tempo com algo ou alguém que não lhe traga dinheiro. o amadurecimento crítico-reflexivo das/os estudantes que puderam contribuir para o sucesso de tais eventos. Outro aspecto importante dos seminários promovidos pelo PET e que merece repetida menção. respeito e união destas em prol de um bem comum. . E este é o resultado mais expressivo. justifica-se tal postura dos seminários de pedagogia promovidos pelo PET de efetiva participação de todos. saem renovadas (os). e de todos os outros eventos deste tambem. solidário e de respeito às múltiplas culturas. quando de fato tira a liberdade de expressão e atitudes ao defender como certa. Pois um dos principais intentos dos seminários do PET – Pedagogia. é o desenvolvimento de um comportamento ético. e depois que participam do seminário. como os ambientes de trabalho ou estágio. de um bordão de uma loja ou mesmo de determinada personalidade formadora de opiniões.

Tradução: Catarina Eleonora F. São Paulo. ..br/teses/disponiveis/48/./tde. 2000.pdf Acesso em: 05 jul. 2010./DissertacaoFlavioBoleiz. Edgar. Disponível em: www. 2008. Brasília – DF: UNESCO.usp. 2 ed.. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. BOLEIZ JR. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Pistrak e Makarenko: pedagogia social e educação do trabalho.REFERÊNCIAS MORIN..teses. São Paulo: Cortez.. Flávio. 2008. Da Silva e Jeanne Sawaya. 170 fs.