Resumo do artigo “What is AI”

Questões Básicas
A inteligência artificial (IA) é a ciência e engenharia usada na criação de máquinas especificamente programas de computador inteligentes através de observações das entidades presentes no mundo, como o ser humano. A um computador não se aplica um teste de Q do mesmo modo que a um ser humano. Algumas questões é que podem ser aproveitadas, apenas. Com o avanço da ciência cognitiva em determinar as habilidades humanas, questões simples para nós poderão ser reproduzidas em uma máquina. Um dos primeiros a trabalhar em máquinas inteligentes foi o matemático inglês Alan Turing que formulou o Teste de Turing para testar se uma máquina consegue convencer um observador humano de que ela é também um humano. Esse teste é usado hoje em dia geralmente com uso de chats entre humanos e programas. O esforço maior da IA é alcançar o nível humano de inteligência. Algo que não se tem previsão de quando ocorrerá. Muitos dizem que comutadores mais rápidos são necessários, porém outros afirmam que a programação é que trará os resultados desejados, independente da velocidade do computador. Programas atuais ainda não conseguem aprender e entender toda a linguagem para que, assim pudesse existisse um “programa-criança” que simulasse a aprendizagem tal como uma criança real, apesar da diferença em que um computador processa, como no caso do Deep Blue da IBM, milhões de mecanismos com informações. A idéia de máquinas não-biológicas inteligentes é dita como impossível por vários pensadores e também cientistas. Lógicos matemáticos como Kurt Gödel ou Steve Cook e Richard Karp, têm formulado algoritmos que simulam vários meios de resolução de problemas que se assemelham aos meios usados por humanos o que torna esses algoritmos e suas pesquisas muito importantes para a IA.

Ramos da IA
• • • • • • IA Lógica: fatos, ações e objetivos no mundo real são representados por sentenças e uma matemática lógica. Procura: programas de IA examinam grandes números de possibilidades em uma base de dados. Reconhecimento de padrões: comparação programada de algum tipo de observação de um fato coletada e comparada com certo padrão estabelecido. Representação: fatos do mundo real são, geralmente, representados por linguagens da matemática lógica. Inferência: alguns fatos podem ser inferidos com uma resposta padrão a não ser que haja uma evidência contrária. Conhecimento do senso comum e raciocínio: é a área aonde a IA mais se distancia do nível humano.

Outra baseada em fenômenos do mundo real e seus passos para atingir um objetivo. . logo a IA deve imitar sua psicologia ou fisiologia.• • • • • • Aprendizagem por experiência: programas da IA baseados em conexionismos e redes neurais já permitem essa funcionalidade. Epistemologia: estudo conhecimento para resolver problemas no mundo real. Programação genética: seleção de programas mais aptos a realizar uma tarefa dentro de uma geração de programas. mas também a psicologia e fisiologia do sistema nervoso. Heurísticas: descoberta de uma idéia ou outra coisa embutida em um programa. Planejamento: O mapeamento de uma situação para atingir um objetivo. Aplicações da IA • • • • • • Jogos Reconhecimento de voz Entendimento da linguagem natural Visão computacional Sistemas inteligentes Classificação heurística Mais questões Há duas principais linhas de pesquisa em IA: uma biológica aonde os humanos são considerados inteligentes. Ontologia: estudo em que tipos de coisas existem no mundo real. O princípio para estudar IA é a matemática lógica.