Curso: Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Inglês Instrumental Semestre: Primeiro Carga horária semanal: 04 Pré-requisito

: Carga horária semestral: 80

Ementa: Leitura e Compreensão de Textos Técnicos da área de computação e Gramática do Texto (estudo de estruturas gramaticais de nível intermediário usadas em textos técnicos). Vocabulário Técnico Específico da Área de Informática. Comandos.

Conteúdo Programático: UNIDADE I: Introdução 1.1. Apresentação do curso; 1.2. Planejamento; 1.3. Cronograma; 1.4. Critério de avaliação; 1.5. Questionário (Needs Analysis). Teste de proficiência dos alunos como leitores. UNIDADE II: Estratégias de leitura 2.1. Recurso não-verbais: dicas tipográficas, recursos visuais, textos com diferentes disposições gráficas; 2.2. A importância da L1 e do conhecimento de outros idiomas na compreensão ou leitura (uso de textos com palavras transparentes, cognatas, textos em outras línguas); 2.3. Recursos não verbais e sua importância (textos não lineares e dicas tipográficas); 2.4. Palavras-chaves, palavras conhecidas, palavras repetidas; 2.5. Leitura crítica (Relacionamento do assunto lido com outras situações ou com a própria realidade do leitor). UNIDADE III: Leitura geral ou de pontos definidos (skimming e scanning) 3.1. Conhecimento prévio sobre o assunto do texto (predição, pré-leitura, títulos e subtítulos). UNIDADE IV: Estrutura do texto (partes do texto: Introdução, desenvolvimento e conclusão) 4.1. Elementos de coesão e as diferentes partes do texto; marcadores do discurso; estrutura frasal; 1

1.2. Artigos técnicos de livres e revistas especializadas em informática. Quadros. Lazybones – Inglês para Informática. esquemas ou diagramas. 2002. Uso eficaz do dicionário. 4. Editora Disal. Basic English for Computing. São Paulo: Disal. 2005. Adriana Grade Fiori. SOUZA. Com. Leitura em Língua Inglesa . 2004. Formação de palavras. Bibliografia Básica: CRUZ. famílias lexicais 5.São Paulo. São Paulo: Saraiva. TORRES. 2 . sinonímia. São Paulo: Oxford do Brasil. Referência contextual: nomes e pronomes. 2001. Gramática Prática da Língua Inglesa: Inglês Descomplicado. Nelson. Inglês. 5.Uma abordagem Instrumental. Bibliografia Complementar: MEDRANO.2. Word Guessing – dedução do significado de palavras inferidas textualmente. UNIDADE V: Vocabulário: desenvolvimento e reconhecimento.3. São Paulo: Bookworm. (inferência contextual). GLENDINNING. 2003.Textos para Informática. Verônica. Décio Torres et alii. Eric H.4.