Ricardo Reis Epicurismo - Filosofia da vida: o epicurismo, com a defesa do prazer do momento - Carpe diem, como caminho da felicidade

relativa - Ataraxia - Fuga à dor - Moderação nos prazeres Estoicismo - Sustine et abstine- “sofre e abstém-te” - Abdicação de lutar - Não ceder aos impulsos dos instintos/ indiferença face às paixões e à dor - Aceitação das leis do destino - Autodisciplina Indiferença céptica e contemplativa - Busca da ataraxia ( a tranquilidade sem qualquer perturbação) - Viver em conformidade com as leis do destino indiferente à dor e ao desprazer - Ilusão da felicidade, conseguida pelo esforço estóico disciplinado - Apatia perante o que perturba e a fugacidade da vida Classicismo (intelectual e erudito) - Poeta clássico, da serenidade - Aceitação, com calma lucidez da relatividade e da fugacidade de todas as coisas - Ode Paganismo - Crença no paganismo - Crença nos deuses e nas presenças quase divinas que habitam todas as coisas - Fé pagã ( diferente de fé cristã) - Busca da calma - A superioridade do paganismo - Medo da morte Horacionismo - Carpe diem- vive o momento o Áurea mediocritas- felicidade possível no sossego do campo (proximidade de Caeiro) Características do estilo Forma: - Ode - Estrofes regulares em versos decassílabos ou hexassílabo - Versos brancos, recurso à assonância e rima interior, aliteração, predomínio da subordinação, uso de latinismo.