Resumo de “Curriculum Vitae”

Dados Pessoais Nome: Isaias Pessotti Nacionalidade: brasileira A– Títulos Universitários Bacharel e licenciado em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo (R. Maria Antonia), em 1955. Especialista em Educação, pela Universidad de Chile em curso da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em 1959. Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo, aprovado com distinção em 1969. Livre Docente de Psicologia, pela Universidade de São Paulo, 14 de outubro de 1977. Professor Adjunto do Departamento de Neuropsiquiatria e Psicologia Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo, 11 de março de 1981. Professor Titular, por concurso público de títulos e provas, do Centro de Educação e Ciências Humanas, da Universidade Federal de São Carlos, 15 de março de 1982. Professor Titular de Psicologia Educacional da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto-USP por concurso público de títulos e provas, em 1983. Homologado pela Congregação em 13 de dezembro de 1983. Professor Titular de Psicologia (Médica), por concurso público de títulos e provas, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, em 11 de dezembro de 1984. Professor Titular da cátedra de Metodologia Científica (em Psicologia) da Universidade de Urbino (Itália), em 1997. Título obtido por “notório saber” (chiara fama), reconhecido pelos colegiados da Universidade, pelo Consiglio Universitário Nazionale (CUN) e pelo Ministero delle Universitá e della Ricerca Scientifica e Tecnologica, da Itália, em 1997. Mestre em Filosofia e Metodologia das Ciências, pela Universidade Federal de São Carlos, em 2004. B – Formação Escolar Curso Primário

na UFSCAR. Cursos na Faculdade de Direito da Universidade São Paulo. Lógica e Filosofia da Ciência (Pós-Graduação em Filosofia.S. na Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). dado por F. Neurofisiologia I Neurofisiologia II Neurofisiologia do comportamento (nível de doutoramento) Cursos de Pós-Graduação na “Universidad de Chile”.Primeira e Segunda séries na Escola Ítalo Setti. Terceira e Quarta séries no Grupo Escolar de São Bernardo do Campo. Keller. Curso Secundário Correspondente a 1º e 2º graus. em Piracicaba. da Universidade de São Paulo. em 1942 e 1943. . em 2000). na Faculdade de Filosofia. Ciências e Letras da Universidade de São Paulo. de 1952 a 1955. Direito Civil Introdução à Ciência do Direito Economia política Cursos na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Filosofia da Mente (Pós-Graduação em Filosofia. 1940 e 1941. em 1957. em 2000). em 1959. no Seminário Seráfico São Fidelis. Filosofia da Psicanálise (Pós-Graduação em Filosofia. em 1961. Neuroanatomia I Neuroanatomia II Cursos em nível de Pós-Graduação. em 2000). da Universidade de São Paulo. no Instituto Pedagógico. de 1944 a 1951. em 1974. na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. na UFSCAR. em São Bernardo do Campo. Psicologia Educacional Filosofia Educacional Estadística y Métodos de investigación Orientación vocacional Y educacional Formación de maestros Planeamiento. Psicologia Experimental. Curso Superior Bacharelado e licenciatura em Filosofia. em 1973. organización y administración escolares Outros cursos.

com alunos de 16 países da América Latina. . da Universidade Federal de São Carlos. Assessor do Centro de Educação e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Carlos. em 1966/1967 e em 1969/70. Universitá di Milano. Coordenador do Curso de Pedagogia. em 1971/72 Assessor da Editora da Universidade de São Paulo (EDUSP). em 1966/67 e em 1969/70. em 1977.Filosofia Moderna e Contemporânea (Pós-Graduação em Filosofia. no Istituto di Psicologia Sperimentale dell’ Universitá di Padova (Itália). Professor Convidado de Psicologia Geral. na UFSCAR. na Scuola di Specializzazione in Psicologia. em 1979. em 1980. por unanimidade. no Curso de Formação de Especialistas em Educação. em 2000). em 1978. 1981 e 1983. no Istituto di Psicologia della Facoltá Medica. em 1960 e 1961. eleito em outubro de 1976. Ciências e Letras da Universidade de São Paulo. em 1960. em 1972/73. Pesquisa e Extensão de Serviços à Comunidade da Universidade de São Paulo. no Istituto di Ricerche Carlo Erba. Presidente da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. Professor de Psicologia Animal e Psicologia Experimental. C – Principais cargos ocupados Assistente da Cadeira de Psicologia da Faculdade de Filosofia. de Milão (Itália). em 1978. Consultor (“Consulente”) para assuntos de psicofarmacologia. patrocinado pela UNESCO. Ciências e Letras de Rio Claro (SP). Professor Convidado das Universidades de Milão em 1966/67 e 1969/70 e da Universidade de Padova. Assessor da Câmara de Pós-Graduação do Conselho de Ensino. Professor de Psicologia Educacional. em 1978. Professor Titular do Centro de Educação e Ciências Humanas. Fundador e Coordenador do Programa de Mestrado em Educação Especial de Deficientes Mentais (PMEE) da Universidade Federal de São Carlos. em 1963. em São Paulo (CRPE). em 1956. na Faculdade de Filosofia. Primeiro Assistente de Pesquisa da Divisão de estudos e Pesquisas Sociais do CRPE de São Paulo.

da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. em 1984. Cursos destinados a graduados em Psicologia e/ou Medicina. Atica. 1979. em 1986 e vários outros anos. Ed. 1994. Longoni). 1985. São Paulo. 1975. Milano. 1986. Assessor da FAPESP. 1984. São Paulo: Ed. em 1984 e outros anos Assessor da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.B. de Moraes). Assessor da revista “Ciência e Cultura”. Ansiedade. desde 1986. (Col. Professor Convidado das Scuole di Specializzazione in Psicoterapía Comportamentale e Cognitiva ligadas aos cursos de Psicologia das Universidades de Urbino (ITC). A loucura e as épocas. fiscalizados pelo Ministério das Universidades. 1972. do curso de Medicina da Unaerp de 01/03/2003 a 27/07/2005 .A. Itália: II Mulino. 1985 . Deficiência Mental: da Superstição à Ciência. desde 1986 até 1993. Pré-história do condicionamento. Assessor da revista “Psicologia: Teoria e Pesquisa”. Pedag. da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Itália: Aldo Martello. (Governo Montoro) Coordenador da Divisão de História e Filosofia da Psicologia. D – Livros Publicados Introduzione allo studio del Comportamento Operante. 1970. Pavlov. Edusp -HUCITEC. Coordenador da disciplina Psicologia no Departamento de Neuropsiquiatria e Psicologia Médica da FMRP-USP. De A. . da Universidade de Brasília. Professor titular. E Universitária. Assessor da Editora da USP. Bologna. de Padova (ITC) e de Palermo (Istituto Tolman). 1985 (até novembro).Membro do Conselho Editorial da revista “Psicologia” em 186 e 1987. L’ Apprendimento animale. Psicologia Aplicada à Odontologia: São Paulo: Sarvier. São Paulo: EDUSP – TAQ. De A. São Paulo: EPU. (Col. 34. em 1983. de 1962 a 1987. 1984. 1978. desde 2003. Todos os anos em setembro e outubro. Rio de Janeiro: Edit.

nºs 51-54. São Paulo. Jornal Brasileiro de Psicologia. I. Rassegna di Psicologia Generale e Clinica. 1994 (Prêmio Jabuti. 1996. t. 34. Edit. 1966/67. . Ed. Rassegna di Psicologia Generale e Clínica. in Melipona Seminigra merrillae. Edit. L’apprendimento attraverso il gioco. XV. São Paulo. nº 2. Estudo sobre aprendizagem e extinção de discriminação em Apis Mellifera – Jornal Brasileiro de Psicologia. Discriminazione tra movimento di un punto luminoso e sucessione di punti luminosi in ratti bianchi. Rassegna di Psicologia Generale e Clínica. Com Bento Pradova e outros. Ed. vol. Filosofia e Comportamento. I. 1965. Pessotti. e Traina. Boletim de Psicologia. Revue Internationale di Filmologie. Infanzia Anormale. Pessotti. vol. VII. Esperienze di condizionamento operante per la terapia delle fobie infantili. 1999. 1961/63. F. São Paulo. Ed. Alcune misure di relazioni temporali in una discrimazione. 1982. F. Brasiliense. Pessotti. 1966. O manuscrito de Mediavilla. F – Principais artigos publicados (de um total de mais de 70) Pessotti. I. 34. vol. I. Esperienze di discriminazione in Ape Nera di Sicilia. vol. A lua da verdade. 1964.1. 1966/67. 1997. vol.O século dos manicômios. Studio sull’ incatenamento in Melipona M. I. Canziani. Ikon. 55. Pessotti. Ed. 34. rufiventris. nº 1. 364. São Paulo. Pessotti. I. VIII. vol. 1966. livro do ano). VII. e Pessotti. 1965. Ragioni Fisse sucessive in Melipona Seminigra merrillae. vol. 1996. I. Pessotti. 69. São Paulo. Milano. Atti del Convegno Nazionale sul gioco dei Bambini. VI. melhor romance nacional. 34. Pessotti. I. E – Outros livros Aqueles cães malditos de Arquelau (romance histórico). Os nomes da loucura. 1964/65. Rassegna di Psicologia Generale e Clinica. 1966. I. Alguns problemas técnicos em terapia de reforçamento. Pessotti. 18-19. Condicionamento de razões fixas sucessivas em Melipona Seminigra merrillae. I. I. 34.

Revista de Psicologia Normal e Patológica. I. Morais. A convite de Le Scienze. A. I. e Canziani. e Antoniazzi. Per una teoria dell’ansia. I. 72. 1970. I. I. Journal of Apicultural Research. J. 1-2. 1977. Pessotti. Istruzione tradizionale e istruzione programmata. I. vol. Aprendizagem em abelhas. vol. Ed. vol 3-4. “RAI” Rivista della Radiotelevisione Italiana. 1967. vol. vol. Pessotti. in un ape.) Endodontia. 1972. J.Pessotti. vol. Italiana de Scientific American nº 33. A loucura segundo Eurípides. A relação cirurgião dentista-paciente: uma análise psicológica. 1.A. Algumas medidas de aprendizagem e extinção de uma discriminação em duas espécies de abelhas sociais. 54-69. Revista de Psicologia Normal e Patológica. Revista Brasileira de Deficiência Mental.G.16. nº 1. 1972. Pessotti. 1981. maio. II. Pessotti. ed. I.H. 1981. Inversão de discriminação com dois manipulanda em Mellipona (M) rufiventris. Pessotti. I. Outubro de 1986. nº 17. 1967. Come apprendono le api. Aprendizagem de discriminação como um critério de classificação de abelhas. A.B. com rinforzo continuo. Pessotti. Anais da XVI Reunião Anual de Psicologia. I. pg. I. Pessotti. (org. I. 1975. Annali di Psicologia. Pessotti. Sobre a gênese e evolução histórica do conceito de “Deficiente Mental”. nº 1. 653-658. e Pessotti. “Recent Advances in Learning Psychology”. in: Paiva. I e Longoni. nº 3. Dados para uma história de Psicologia no Brasil. Pessotti. Atti del Convegno. 1981. 1972. São Paulo. Ricerche di Psicologia. vol. Pessotti. Pessotti. 1970. 1. 1967. . Revista de Psicologia Normal e Patológica. em Roma. e Sénéchal. Aprendizagem e extinção de discriminação em Apis mellifera ligustica. A. An experimental study on complex discrimination learning. Ed. Pessotti. Infanzia Animale. I. F. Milano. vol. Esperienze di condizionamento operante per il controllo degli sfincterinegli insuficienti mentali. 48-56. 1967. I.M. Discrimination with light stimuli and lever pressing response in Mellipona (M) rufiventris Lepeletier. Pessotti. I – Discriminação simples em onze espécies. Psicologia. Franco Angeli. 1984. I. Acta Amazônica 11(3). nº 2. vol. Pessotti. 1-2. 1967. nº 3. I. Artes Médicas. Condizionamento alla risposta di pressione su una leva. I. Revista Interamericana de Psicologia.

Efeitos de clordiazepóxido. 1976. imipramina e paraclorofenilalamina sobre a supressão condicionada com sobreposição de um estímulo neutro à linha de base. e Pessotti. 1976. Praga. I. Pessotti. e Pessotti. Prorok.. sobre supressão condicionada diferencial. A. 17. e Longoni. Efeitos da anfetamina e cafeína sobre supressão condicionada com sobreposição de um estímulo neutro à linha de base. Estudo sobre avaliação do desenvolvimento através da sequenciação de comportamentos emergentes. da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. F. Capítulo do livro editado pelo Conselho Federal de Psicologia. A. e Pessotti. Texto apresentado à XVI Reunião Anual de Psicologia. S. Notas para uma história da Psicologia Brasileira. Outubro de 1986. e Longoni. e dieta de milho. Campos. E.M. 1974. Anais da VI Reunião Anual de Psicologia. escrito por convite do CFP em julho de 1987. I. I. e Pessotti. I. em 1974. A. ciproeptadina e ketamina. Punição de respostas erradas em uma discriminação simples em abelhas. I.G.M.. Discrimination à time-out chez les rats traités par quatre benzodiazepines. 1969.A. Resumo publicado pela Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto.. Carvalho. 1978. Ciência e Cultura. Anais da V Reunião Anual de Psicologia.Pessotti. da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. Pessotti. vol. Anais da VIII Reunião Anual de Psicologia. R. Atos do Activitas Nevosa Superior.C. M. e Graeff. Sénéchal. C.M.M. Pessotti. R. S. . Pessotti. e Pessotti. G – Principais comunicações publicadas (dentre mais de 80) Bori. Psicologia e Política. Resumo publicado pela Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. I. I. Pessotti. I. 1965. da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. e Pessotti. S. Anais da VI Reunião Anual de Psicologia. Efeitos de clordiazepóxido. Carvalho. 1975. I. da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. I. S. Variações na razão de supressão condicionada como efeito de um estímulo sobreposto a S. I.M. Azzi. Supressão condicionada com sobreposição de um estímulo neutro à linha de base. Carvalho. e Pessotti. Publicado em “Ciência e Cultura”. I. Discriminação condicional retardada em ratos brancos. Carvalho. Um curso moderno de Psicologia.

colaboração de Silvio M. “Reflexo e condicionamento: três séculos de teoria e pesquisa”. “A Psicologia experimental. Treino sensorial e aquisição de conceitos. Anais da X Reunião de Psicologia.N. em Belo Horizonte. Messenger. em 1981. Sobre a evolução do conceito de deficiência mental. Skinner. em forma de curso. 1983. A convite da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. em 1970. de Carvalho. em 1975. “Temperature and animal life”.Comunicado à X Reunião Anual da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. .L. Pessotti. em 1975. de Milão. “Ansiedade. para a Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. I. em outubro de 1976. I – Principais palestras e conferências (de um total de mais de 200 em universidades européias e nacionais) “Pesquisa básica em psicologia: avaliação e perspectivas” – Análise dos fatores que condicionam a prática da pesquisa básica em Psicologia. de Carvalho. e Pessotti. na VI Reunião Anual de Psicologia. pela Editora Pedagógica e Universitária. Resumo publicado pela Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. A convite da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. H – Traduções publicadas “Science and human behavior” de B. Hardy.F. da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto.B.F. de J. de Carvalho. colaboração de Silvio M. pela Editora Pedagógica e Universitária. em colaboração com M. I. em 25 de novembro de 1979. Paiva. para o italiano. Para a XIII Reunião Anual da SPRP. 1980. no Brasil. M. “The study of behavior” de Carthy/House publicado pela Editora Pedagógica e Universitária. Colaboração de Silvio M. “Para uma epistemologia da Psicologia”. Publicado pela editora “Franco Angeli”. teoria e pesquisa”. 1980. 1980. na XXXIII Reunião Anual. “Nerves. Conferência proferida a convite da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. São Paulo.Seis conferências. Todeschini. brains and behavior”. Resumo publicado pela Sociedade. 1980. com o título: “Scienza e comportamento umano”. ontem e hoje no Brasil” no Instituto de Psicologia da USP. de R.

“Filosofia e Psicologia”. para professores de alunos excepcionais. 1966. como membro convidado. em 1983. em 2003. “Tavola Rotonda Interdisciplinare sull’ apprendimento e la memoria”. Na Faculdade de Filosofia. Reuniões Anuais da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. Em Praga. em Milão. na Universidade Metodista de Piracicaba. sobre história da psicopatologia e sobre problemas teóricos da behavior therapy. durante 20 anos. mantidas por Sociedades Profissionais de Psicologos italianos. Milão. Ciências e Letras de Ribeirão Preto-USP. Ciclos de conferências sobre controle do comportamento humano . . 1969. Na Universidade Federal de São Carlos. em 1986. Simpósio da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. Em Como. Conferência inaugural da X Semana de Psicologia. “Três evoluções na Psicologia”. “Análise comportamental da situação escolar” – Cinco conferências em Busto Arsizio (Itália). durante 30 anos. em Padua. no país e no exterior) com apresentação de conferências ou participação em mesas-redondas Reuniões Anuais da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Itália. Simpósio da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. em outubro de 1977. A convite do “Ministero di Pubblica Istruzione”. em 1972 “Neo-behaviorismo e análise experimental”. “Comportamentismo e psicanálise: uma análise metodológica”. “A formação do pesquisador na Pós-Graduação em Educação Especial”. em 30 de outubro de 1981.Duas conferências proferidas no Istituto di Psicologia” della Facoltà Medica” da Universidade de Milão. Em mesa redonda promovida pela Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. 2004. a convite de Escolas de formação em psicoterapia.“Aspectos metodológicos da pesquisa do comportamento”. Trabalho enviado e comunicado. “Activitas Nervosa Superior”. em 28 de outubro de 1981. “Critérios de normal e patológico em psicologia”. promovidas pelo “Istituto di Psicologia” da Universidade de Milão. Itália. 1969. sem participação pessoal. Convegno Nazionale Sul Gioco dei Bambini. em 1986. 2005 e 2006 (setembro/outubro) J – Participações em Congressos (de um total de mais de 200. Palermo e Rimini. em 1973. por falta de visto diplomático.

Curso de Medicina. Em 2003 e 2005 I Congresso Brasileiro de Psicologia (Ciência e Profissão). Colegiados da FMRP (Congregação. Comissões administrativas.Recent Advances in Learning Psychology. Itália.. X Congresso Mineiro de Psiquiatria . Dissertações de Mestrado e Qualificação. 2004 L – Comissões julgadoras e outras Concurso de Professor Adjunto (Associado) e de Professor Titular. CTA. Mais de cinqüenta participações em universidades brasileiras e italianas. Psicol. Comissão de Ensino. do Est. 1972. em 1969. Quarenta participações no Brasil. 2002 (Cons. em 1966. como conferencista convidado. . Italiana de Analisi e Modificazione del Comportamento). Bolsa de Pesquisa. por diversos anos. Pavia (Itália). Encontros Anuais de Cientistas do Comportamento. Quinze participações Teses de Doutoramento. em 1970 CONGRESSOS RECENTES. UFSCAR. Congresso Nacional da AIAMC (Assoc. Nac. Conselho do Departamento. de 6 meses. Como membro convidado. de SP) em 2002 Congresso Brasileiro de Educação Especial. Pescara. Itália Congressos da ABPMC (Associação Brasileira de Psicoterapia e Medicina Comportamental). Em Roma. científicas e de seleção de docentes universitários. 2003 EERP. em 2002.) Congresso da SPAGESP (Soc de Psic. em 1964. de março de 2003 a julho de 2005 M – Principais bolsas recebidas como pesquisador Bolsa de pesquisa.VII Encontro de Especialistas em Enfermagem Psiquiátrica. do “Istituto Agostino Gemelli” de Milão. 2003. Dezessete participações no Brasil e 3 na Itália. (como convidado) Milão (Itália). Analítica de Grupo. até 1997 Colegiados da UNAERP. do “Istituto Agostino Gemelli” de Milão.

na Universidade de Milão. Ciências e Letras de Ribeirão Preto. Ciências e Letras e Rio Claro “Desenvolvimento psicológico na infância”. em 1962. “Psicologia I (Psicologia Geral)”. dado a alunos do 3º ano do Curso de Psicologia da Faculdade de Filosofia. “Introdução à análise experimental do comportamento (IAEC-2)”. para alunos do 2º ano de Psicologia. com duração de um semestre. para alunos do 2º ano do curso Médico e do Curso de Ciências Biológicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. dado a alunos de diferentes cursos da Universidade de Brasília. em 1964. em 1961. em 1972. para alunos do 2º ano de Pedagogia. do governo italiano. “Problemas experimentais da aprendizagem” com duração de um semestre. de quatro meses. com duração de um semestre. com duração de um semestre. “Fundamentos de análise experimental do comportamento”. para alunos de 3º e 4º anos do curso de Pedagogia. com duração de dois semestres. com duração de um semestre. Bolsa de Pesquisa. Itália. Bolsa de Pesquisa do “Istituto Carlo Erba per Ricerche Terapeutiche”. para alunos do curso de Pedagogia. em 1967 e 1968. para alunos do 4º ano de Pedagogia. Itália. “Psicologia Generale II”. “Procedimentos de coleta de dados em psicologia”. em 1963 II – Em outras Faculdades ou Universidades “Introdução à análise experimental do comportamento (IAEC-1)”. Itália. em 1968.Bolsa da “Fondazione Carlo Erba” de Milão. 1971 e 1973. “Introduzione alla Psicologia Sperimentale”. por quatro meses. em 1969/70. para alunos de 1º ano do curso de Pedagogia. “Desenvolvimento psicológico na adolescência”. “Problemas metodológicos da experimentação psicológica”. para alunos do 2º ano de Pedagogia. em 1962. em 1966/67. com duração de um semestre. para realizar cursos de Pós-Graduação na “Universidad de Chile”. com duração de dois semestres. . em 1961. Itália. para pesquisas em psicofarmacologia. em 1965. de Milão. a alunos de Filosofia e de Medicina. com duração de dois semestres. em 1969/70. Bolsa da UNESCO. com duração de um semestre. Bolsa de Pesquisa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. em 1971. “Introdução à Psicologia experimental da aprendizagem”. em 1962. em 1959. N – Principais cursos de graduação ministrados I – Na Faculdade de Filosofia. com duração de dois meses. “Teoria da aprendizagem”. em 1972/73. “Solução de problemas e aprendizagem”. para alunos do 2º ano de Pedagogia. da Universidade de Padova. com duração de um semestre. com duração de um semestre. em 1965. em 1961. dado a alunos de diferentes cursos da Universidade de Brasília. para alunos do 2º e 3º anos de Pedagogia. com duração de um semestre. do “Istituto Ítalo Latino-Americano”.

Organização do Laboratório de Análise Experimental do Comportamento (Psicologia Animale) no ‘Istituto di Psicologia Sperimentale” da Universidade de Padova. em 1972. na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. a convite. com duração de um semestre. “Teoria da modificação do comportamento” para alunos estagiários do Departamento de Neuropsiquiatria e Psicologia Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. em 1975. em 1981. na Universidade Federal de São Carlos. “Psicologia I – Introdução à Psicologia”. em 1978. dado anualmente desde 1976 até 1987. em 1980. na Universidade de Milão. em colaboração com C. com duração de quatro meses. em 1969/70. em 1981. em 1972. Na Universidade de Urbino (Itália). “Fundamentos teóricos da modificação do comportamento”. 1979. O – Principais cursos de pós-graduação ministrados “Teoria e análise funcional da ansiedade (PSE-753)”. Bori. Universidade Federal de São Carlos. Itália. “Teoria da ansiedade”. Itália. “Psicologia Animale”. “Psicologia e reabilitação”. “Introduzione all’analisi sperimentale del comportamento”(Psicologia Animale). em 1974 e 1975. 1998 e 1999. na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. em 1972. Itália. em 1975. dado em forma de conferência a pesquisadores e bolsistas do “Istituto di Psicologia Sperimentale” da Universidade de Padova. na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. Publicado no ‘Jornal Brasileiro de Psicologia”. no 2º semestre de 1974. com duração de dois meses. 1980 e 1981. 3m 2003 P – Principais serviços criados Organização do Laboratório de Análise Experimental do Comportamento na Faculdade de Filosofia. na Universidade Federal de São Carlos. para alunos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional.M. na Universidade de Milão. vol. “Desenvolvimento: aspectos psicológicos e problemas de saúde”. “Metodologia da ciência do comportamento”. em 1974. na Faculdade de Medicina de Ribeirão PretoUSP. com duração de um semestre. . dado em 1965/66. na Universidade Federal de São Carlos. “Psicologia I – Introdução à Psicologia”.1. 1976. em 1975. em 1961 e 1962. “Análise funcional de ansiedade”. 1977 e 1978. “Técnicas de Pesquisa em Psicologia. “Seminários avançados em Educação Especial”. para residentes e estagiários do Departamento de Neuropsiquiatria e Psicologia Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP.“Análise experimental do comportamento animal”. Ciências e Letras de Rio Claro (SP). em 1997. Repetido. “História do Conceito de Loucura” EERP.

em 1969. Convite da “Fondazione Carlo Erba”. em 1987. em 1964. para ministrar curso de especialização. Organização da XVII Reunião Anual da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. em 1970. através da escola). Organização e coordenação da VII Reunião Anual da Sociedade de Psicologia de Ribeirão Preto. de Milão (Itália). . em 1983. Organização e direção do laboratório de Psicofarmacologia do “Istituto Carlo Erba”.Organização da “Sezione di Psicologia Animale” no “Istituto di Psicologia” da Universidade de Palermo (Itália). em 1966. em 1964. no México. em 1978. 1979 e 1980. como vice-presidente em colaboração com a diretoria da SPRP. de Milão. Convite para participar de Congresso da Assembléia Mundial de Educação. Convite e nomeação da “Scuola di Specializazione in Psicologia”. Universidade de Milão. em 1972. da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. R – Principais distinções e convites recebidos Designação da UNESCO para missão em Honduras. para uma Mesa Redonda sobre Aprendizagem em Como (Itália). Planejamento do “Laboratório di Condizionamento” para o “Istituto di Neuropsichiatria infantile” da Universidade de Messina (Itália). incluindo montagem de laboratório. em 1966. em 1979. em 1964. Elaboração do Regimento Interno do Programa de Mestrado em Educação Especial da Universidade Federal de São Carlos. em 1966. da Convite do “Instituto de Farmacologia” da Universidade de Palermo (Itália). Convite do “Ministero di Publica Istruzione” do governo italiano. Participação na Comissão de Pós-Graduação do Programa de Mestrado em Educação Especial da Universidade Federal de São Carlos. Q – Outras atividades administrativas Criação e organização do Programa de Mestrado em Educação Especial da Universidade Federal de São Carlos. Coordenação e elaboração do “Programa Viver” (de prevenção ao uso de drogas. em 1979. para organizar e dirigir um programa de pesquisas em piscofarmacologia. em 1977. para uma Mesa Redonda sobre “Prêmio e punição no controle do comportamento”.

recebido em 1965. Eleito para a Academia de Ciências do Estado de São Paulo. em 1980. . em 1972. Ciências e Letras de Ribeirão Preto. em 1981. de Milão. em 1966. Convite para realizar pesquisa no Istituto di Neuropsichiatria Infantile” da Universidade de Messina (Itália). Medalha do 30º aniversário do CNPq. para inscrição ao doutoramento. Convite para lecionar na Faculdade de Filosofia. em 1972. em 1982. em 1983. em 1961. Convite para realizar pesquisa no Laboratório de Neurofisiologia da Universidade de Milão. Títulos reconhecidos pela Universidade de Strasburgo. em 1969. Convite para estagiar no Istituto di Ricerche Farmacologiche Mario Negri”.Convite para concorrer a corgo docente na Universidade de Guerrero (México). Eleito para a Academia Paulista e Psicologia. Convite do Secretário do Estado da Educação do Estado de São Paulo para prestar serviços junto à Secretaria da Educação.