08-10-2009

Procedimento Tributário: 1. Noção e âmbito 2. Fases do procedimento.

07/10/2009

DIREITO FISCAL 2 - SOLICITADORIA

1. A noção e âmbito do procedimento tributário. Noção: “conjunto de actos, provenientes de órgãos administrativos tributários distintos, relativamente autónomos e

organizados sequencialmente, direccionados à produção de um determinado resultado, do qual são instrumentais”. (Joaquim Freitas da Rocha)

Suzana Fernandes da Costa

1

º 44.SOLICITADORIA 1. quando efectuada pela administração tributária. dos actos tributários. revogação. A noção e âmbito do procedimento tributário.º CPPT 1 .O procedimento tributário compreende.º 44. ou de confirmação dos factos tributários declarados pelos sujeitos passivos ou outros obrigados tributários. g) A cobrança das obrigações tributárias.º CPPT 1 . reforma ou conversão de quaisquer outros actos administrativos em matéria tributária. Suzana Fernandes da Costa DIREITO FISCAL 2 . Âmbito: art. para efeitos do presente Código: a) As acções preparatórias ou complementares da liquidação dos tributos. na parte que não tiver natureza judicial.08-10-2009 DIREITO FISCAL 2 .O procedimento tributário compreende. oficiosa ou por iniciativa dos interessados. e) As reclamações e os recursos hierárquicos. ratificação. rectificação. incluindo sobre benefícios fiscais. incluindo parafiscais. b) A liquidação dos tributos. Suzana Fernandes da Costa 2 . A noção e âmbito do procedimento tributário. f) A avaliação directa ou indirecta dos rendimentos ou valores patrimoniais. c) A revisão.SOLICITADORIA 1. para efeitos do presente Código: d) A emissão. Âmbito: art.

Fases do procedimento tributário. A noção e âmbito do procedimento tributário.08-10-2009 DIREITO FISCAL 2 . procedimentos de iniciativa do interessado . para efeitos do presente Código: h) A contestação de carácter técnico relacionada com a classificação pautal. Fase da iniciativa. sem prejuízo da legislação especial aplicável.º inspecção ou revisão oficiosa (art.º 55º do CPPT – ex. procedimentos que podem partir de qualquer uma das partes ex.º e 70. ou do impulso procedimental (art. 1.º 69.º CPPT 1 .º: procedimento de orientações genéricas.º LGT): procedimentos de iniciativa administrativa – ex.º 78.º: reclamação graciosa. Âmbito: art.º art. i) Todos os demais actos dirigidos à declaração dos direitos tributários.SOLICITADORIA 1.ex. 3 . a origem ou o valor das mercadorias objecto de uma declaração aduaneira.º LGT).O procedimento tributário compreende. Suzana Fernandes da Costa DIREITO FISCAL 2 .º 44.SOLICITADORIA 2.

perícias.) fixar os interesses a valorar em ordem a uma adequada decisão.º LGT) Competência instrutória: art. 2. Suzana Fernandes da Costa DIREITO FISCAL 2 . etc.º LGT) Nesta fase os diversos intervenientes procurarão: carrear para o procedimento os elementos de prova necessários (documentos.º a 76. Suzana Fernandes da Costa 4 . Fases do procedimento tributário.º 73º da LGT A distribuição do ónus probatório: art. Fase da Instrução: (art. testemunhas.º 71º n. Fase da Instrução: (arts 71.SOLICITADORIA 2.SOLICITADORIA 2.08-10-2009 DIREITO FISCAL 2 . 2.º a 76. Fases do procedimento tributário.s 71.º 74º da LGT.º 75º da LGT.º LGT As presunções: art. A veracidade das declarações e dos dados contabilísticos dos contribuintes: art.º 1 da LGT Meios de prova – art.º 72.

n. 1 CPPT) A publicação (caso das orientações genéricas) A notificação Suzana Fernandes da Costa 5 .º 57º. 4. Suzana Fernandes da Costa DIREITO FISCAL 2 . Fase da Decisão: Princípio da decisão (art. 3.08-10-2009 DIREITO FISCAL 2 . Fases do procedimento tributário.º 56º da LGT) Formação da decisão de indeferimento tácito (art.º 5 da LGT).º 77º. Fase Integrativa da Eficácia: A obrigatoriedade de publicitar o acto (art.SOLICITADORIA 2. 6 LGT Ee36º. Fases do procedimento tributário.SOLICITADORIA 2.