IGREJA EVANGÉLICA MINISTÉRIO PALAVRAS DE VIDA Seminário Teológico Básico Instituto Vida

Hadassa
Uma rainha Chamada Ester

Rio de Janeiro ± Março de 2011

SUMÁRIO .

Introdução O Antigo Testamento é composto por 39 livros que são divididos em 4 estilos literário: Pentateuco. O grupo de livros que compõem os históricos são: Josué. Juízes. lêem o livro de Ester em público.Isso explica um dos feriados mais importantes dos judeus. Rute. Os livros históricos da bíblia no Antigo Testamento narra as histórias do povo de Israel após a conquista da terra prometida até próximo a chegada de Jesus. Em geral. pelos anos de vitória e derrotas e o fim de um reino dividido. Esdras. . 2° Reis. Neemias e Ester. O resto do dia e o dia seguinte são devotados a uma grande e alegre celebração e troca e presentes. na sinagoga. 2° Samuel. O objetivo deste trabalho é apresentar os escritos que compõe os livros históricos em especial o de ESTER. Poéticos e Proféticos. a Festa do Purim. mas os judeus a guardam fielmente há séculos. A palavra ³Purim´ significa ³sortes ³ e refere-se ao sorteio que Hamã faz para decidir o dia do massacre dos judeus (9:26-31. No dia seguinte. Tema Ester relata como a nação judia foi salva do extermínio. O Antigo Testamento não traz nenhuma autorização do Senhor para essa festa. 2° Crônicas. Comemora-se o Purim no 14º e 15º dias do último mês do calendário judaico ( fevereiro-março). Na noite do Purim. 1° Samuel. Passando pela constituição da monarquia. 1° Reis. os judeus jejuam no 13º dia anterior à celebração em memória do jejum de Ester (Et 4:16). 1° Crônicas. Históricos. eles encontram-se de novo na sinagoga para orar e ler a lei. 3:7).

entraram na Terra Prometida. juízes e outros lideres da época Josué É uma continuação da historia do Pentateuco.Contextualização de Cada Livro Os livros foram escritos em vários períodos diferentes e contam as fases diferentes que o povo passou em que com os reis. Rute . Deus o entrega a seus inimigos. Josué quer dizer ³Javé é a Salvação´. tomou parte na expedição de reconhecimento de Canaã. tendo saído do Egito. pode gozar de novo livremente da terra. da tribo de Efraím. acompanhou Moisés ao monte Sinai. por isso Josué e Caleb foram os únicos homens que. Juízes A síntese deste livro é: quando Israel é infiel à Aliança. quando se arrepende e volta à Deus. as tribos de Israel encontravam na religião o vinculo que as unia entre si e que mantinha a consciência da sua identidade nacional. Guardou firme confiança no Senhor. Josué filho de Num. Sem governo central e sem chefe forte.

Reis É uma só obra narra a historia de Israel desde Salomão até o exílio babilônico. Esse livro conta narra a história de uma moabita que acreditava no Deus de Israel. Samuel foi o ultimo juiz e o primeiro profeta nacional. mas deixaram subsistir o culto nos bosques e ótimos por terem combatido a idolatria e o culto nas colinas. Os dois livros das Crônicas constituem um livro só é a mesma historia de Samuel e Reis mas numa perspectiva mais estritamente religiosa. sacerdotes e levitas. um comparativo da graça de Deus para com o gentios. Cada Rei é apresentado de uma forma bem definida: reis maus por terem praticados ou permitido a idolatria. Crônicas Os livros atribuem grande importância a: Genealogia. bons por terem combatido a idolatria.Mais do que história propriamente dita. Instituições de culto. Esdras e Neemias . Samuel Esses livros registram a transição do período dos juízes para a época de estabelecimento da monarquia. principalmente músicos. esse livro se apresenta como modelo de vivência da fé diante de situações difíceis na vida pessoal. porteiros. cantores.

Assim como outros judeus Hadassa estava no exilo babilônico entre 486 a. o livro Ester narra à tentativa de assassinato do rei Xerxes I (Assuero é um título dado aos governadores Persas assim como foraó no Egito) e o extermínio do povo judeu por parte de Hamã que não obteve êxito. viram-se preocupados com os estrangeiros que lá estavam. é a fé que os move e não o legalismo. foi criada pelo primo como filha. dando origem a um dos feriados mais importante para os judeus. Ester O principal objetivo desse estudo. Referem-se aos acontecimentos relativos à volta do povo exilado na Babilônia para a Terra Santa e à restauração da vida religiosa e civil desse povo. o entusiasmo e a alegria daqueles que voltaram à pátria. Muitas vezes são radicais. Quem foi Ester O livro de Ester narra a historia de uma jovem judia muito bela e formosa de nome Hadassa cujo significado é Murta que é igual a arbusto de folhas pequeninas e flores perfumosas. órfã de pai e mãe.Vão ser os braços de Deus para restaurar o culto e a unidade política e cultural de Israel depois do exílio.C e muitos deles espalhados entre as províncias dominadas pelos Persa.C a 465 a. então seu primo Mardocai a levou para cidadela de Susã onde a incluiu no grupo de jovens escolhidas para . símbolo de coisas belas e agradáveis. pois a situação o exige. Constituem também uma só obra de dois grandes profetas. quando o rei Xerxes proclamou ordens para recrutar novas virgens para seu harém (Et 2). Período de grandes lutas do povo judeu.

apresentando para todos os nobres a sua nova rainha. Ester é Proclamada Rainha Após um ano de preparo (Et 2. se recusara a comparecer diante do rei (Et 1. Ela não podia sequer aproximar se do rei sem corre o risco de vida. A cospiração . mesmo que para isso perde-se a sua vida. Após a coroação de Ester o rei Assuero deu um grande banque em sua homenagem. substituindo a rainha Vasti que.12). e ainda dividia as atenções do rei com centenas de outras mulheres. e ainda dividia as atenções do rei com centenas de outras mulheres. Ela não podia sequer aproximar se do rei sem corre o risco de vida. O grande feito de Ester foi arriscar-se valente mente para salvar a vida de seu povo. ao ser convocada. pois temia que pudesse lhe ocorrer algum mau. com essências e especiarias Ester foi levada diante do rei que se agradou em ver tanta beleza que a favoreceu colocando-lhe uma coroa real tornando-a rainha em lugar de Vasti. Nessa oportunidade seu primo trocou-lhe o nome de judia Hadassa para Ester (Estrela) e a orientou a não revelar rua cidadania.12). Ester era uma rainha sem poder nem privilégios.servir ao rei. Ester era uma rainha sem poder nem privilégios. a não ser que fosse convocada por ele. A partir desse período Ester passou a viver no palácio real entre as virgens do reino. a não ser que fosse convocada por ele. por se destacar entre as belas Assuero a escolheu para ser sua rainha.

(Et 4.Ester mantinha o costume de se comunicar com seu tio Mardocai. O rei sem saber que sua rainha era judia deu autorização a Hamã para exterminar todos os judeus do seu império. sendo escolhido o décimo segundo mês.11). pede para ler suas . Havia uma lei em que qualquer homem o mulher que se aproxima do rei no pátio interno sem ser chamado seria morto. O Poder da Oração Ao saber do decreto real para exterminar os judeus. Hamã. é elevado à posição de mais honraria entre os nobres e isso lhe sobe a cabeça exigindo que todos se curvassem diante dele. Ester solicita a Mardocai que mande o povo jejuar por três dias e três noites em seu favor. Em uma noite emque o rei teve seu sono perturbado pelas orações dos justo. o mês de adar. Em um desses momento Mardocai escuta dois Oficiais conspirando para assassinar o rei ( Et 2. pois ele permanecia próximo aos portões do palácio para certificar -se que tudo ia bem com Ester. decidindo então destruir todos os judes. isso o deixava furioso. pois iria comparecer diante do rei sem sua permissão.21). judeu temente a Deus não se curvava diante de Hamã. filho de hemedata. Após esses acontecimentos. Mardocai. assim com satanás. Hamã da inicio ao seu plano de extermino escolhendo a data na sorte para execução dos judes (pur = lançar a sorte). ele então informa a Ester que em seu nome transmite ao rei que manda investigar e certifica a veracidade dos fatos e manda enforcar o oficiais ficando registrado nos documentos reais. Ester recebe permissão do rei para falar e simplesmente o convida para um banquete na companhia de Hamã. Hamã mentiu sobre os judeus para o rei e pediu autorização para matá-los.

Os judeus precisavam ainda de uma nova ordem para anular a anterior. e achando que o rei queria honrá-lo sugeriu algo tremendo. mais como não poderia ser revogada uma ordem real selada com o anel do rei Mardocai pediu a rei autorização para que os judeus se defende-se de seus inimigos e defendessem suas mulheres. assim é e será com todo aquele que se levantar contra o povo de Deus.crônicas e descobre que não havia honrado o homem que havia lhe salvado a vida. e assim foi concedido pelo rei. que passa ele mesmo implora para não morrer. então com muita coragem ela declara sua cidadania judia e pede a misericórdia do rei para ela e seu povo.10) podemos ver aqui o poder da oração do justo que pode muito em seus efeito. pois toda injustiça tramada contra os filhos de Deus não prevalece. Aprendemos aqui com a rainha Ester que antes de qualquer batalha devemos ter uma estratégia definida. levantar um altar de . filhos e bens de qualquer povo que pudesse colocar em risco suas vida s. sendo surpreendido com a ordem do rei de honrar a Mardocai (Et 6. Hamã que havia chegado no pátio do palácio naquele momento é interrogado a respeito do que deveria ser feito. ele se levanta para tornar a cair. O Inimigo é Derrotado Após ter participado dos banquetes que a rainha Ester havia oferecido o rei Xerxes pergunta a rainha qual era o seu desejo.6) A perplexidade de Hamã é tanta ao saber que a rainha é judia e que havia conspirado contra ela e o rei. apontando como mentor do plano de execução a Hamã (Et 7. No entanto o rei manda enforcar Hamã na forca que ele mesmo havia preparado para Mardocai. Por mais que o diabo tente se levantar contra o povo de Deus.

Podemos entender com isso que mesmo que uma sentença de morte esteja sobre o Israel de Deus. o que é uma boa indicação de que o livro pode ter sido escrito por ele. para o Rei dos reis nada é impossível ou irrevogável. ou baseado no seu relatório. A vitória da Fé Ester sabia que seu povo não teria nenhuma chance de vencer os exércitos do rei Xerxes. Com a grande autoridade que agora tinha. mais sua postura firme e decidida mostrou que a fé na palavra de Deus ainda é a melhor arma contra qualquer exército. eles puderam descansar. pois e sua misericórdia dura para sempre. Mardocai enviou cartas a todos os judeus que se achavam em todas as províncias do rei Assuero. como rainha ela poderia permanecer calada e ser poupada da execução. A Comemoração do Purim Os dois dias catorze e quinze do mês de adar foram dias de grande alívio e júbilo para os judeus em todas as regiões do império persa porque tendo destruído seus inimigos na véspera. ordenando-lhes que guardassem o dia catorze do mês de adar . aliviados nesses dias. O que chama atenção na atitude de Ester é o posicionamento adotado diante de uma situação tão delicada. por isso usou de sabedoria para reverter à situação a seu favor e poder salvar seu povo. O versículo 20 começa com as palavras " e Mardocai escreveu essas coisas". pois já havia perdido sua família uma vez.oração e aguardamos o tempo de Deus para agirmos e assim obteremos a vitória.

Foi ainda escrito um livro incluindo o mandado de Ester com respeito ao Purim. também a rainha Ester escreveu com Mardocai. como ele disse. foi quando os judeus tiveram repouso dos seus inimigos e o mês que se lhes mudou de tristeza em alegria e de luto em dia de festa. assim como haviam atendido quando lhes foi pedido jejum e houve clamor por todos eles. que atualmente é feita tradicionalmente dois meses antes nos países de influência cristã. Os judeus prontamente se encarregaram de instituir esses dias de festa conforme Mardocai lhes havia escrito. . dando presentes uns aos outros e fazendo dádivas aos pobres. todos os anos. e deram a esses dois dias o nome de Purim. com veemência. A celebração deveria ser na forma de banquetes e de alegria.e o dia quinze do mesmo. perpetuamente. para que a memória desses fatos nunca caísse no esquecimento. pelos judeus no mundo inteiro. do nome Pur em língua persa. Depois disso. como ironia pelo sorteio mediante o qual Hamã havia decidido o dia em que ia aniquilar os judeus. Isso nos lembra a celebração do Natal. pois. Esses dois dias seriam guardados todos os anos. que significa fazer sorteio. para que os judeus por toda a parte do reino de Assuero confirmassem pela segunda vez esta carta de Purim.

O livro mostra que devemos estar preparados para sermos usados por Deus. e ela não teve medo. Ester não só orou colo correu o risco de morrer por seu povo. Muitas das vezes nos omitimos em fazer a vontade do Senhor. a ponto de darmos nossas vidas a favor da nossa gente. muitas das vezes não temos coragem nem de orar pelo irmão que está próximo. Nos dias de hoje são poucos os cristão que estão disposto a esse sacrifício. Neste mesmo salmo a palavra diz que Deus ama a justiça e que não abandona os fies que para sempre são protegidos. no caso de Ester ela pertencia a um povo cativo e foi colocada no palácio do rei para interceder pelo seu povo. eles não tinham o livro e salmos para ler essas coisas e Jesus não havia vindo e mesmo assim sabiam que Deus poderia guardá-los das mão dos inimigos assim como já havia feito quando os retirou do Egito. . o Senhor porém.Conclusão Podemos concluir través do livro de Ester que Deus usa como. assim que foi chamada a responsabilidade colocou-se diante do perigo para ser usada. No tempo da rainha Ester. Hamã havia planejado contra o povo de Deus e todo seu mau voltou-se para ele. Em salmos 37 diz que os ímpios tramam contra os justos e rosnam contra eles. Será que estamos dispostos a sermos usados como Deus usou Ester. no caso da rainha Ester Deus a colocou ali para ser usada no momento em que mais o povo precisa-se. os planos de Deus não podem ser frustrados. ri dos ímpios. A pergunta é será que foi acaso? Não. onde e quando quer as pessoas. o que dirá morrer por ele. negligenciando sua palavra e desobedecendo aos seus mandamentos e vontade e em alguns momentos negando sua existência. pois sabe que o dia deles está chegando.

e quando for chamado agir com coragem e sabedoria. .Ester foi uma mulher que mostrou que o melhor lugar para um cristão estar é na presença de Deus aguardando com sabedoria a hora em que Deus vai precisar de seus serviço.