FICHA Nº 10 MOVIMENTO DE QUEDA, NA VERTICAL, COM EFEITO DE RESISTÊNCIA DO AR

QUEDA DO PÁRA-QUEDISTA
 

Inicialmente o pára-quedista está sujeito, apenas, à acção da força gravíticaque a Terra exerce sobre ele. Desce praticamente em queda livre e o seu movimento é praticamente rectilíneo uniformemente acelerado

     

Após um pequeno intervalo de tempo, o ar oferece resistência ao movimento do pára-quedista A força de resistência do ar aumenta com a velocidade Como a intensidade da força gravítica é superior, o movimento é acelerado.

À medida que a velocidade do pára-quedista aumenta, aumenta também a força de resistência do ar e a partir de um certo instante, a resultante das forças que actuam no pára-quedista é nula. O movimento de queda do pára-quedista é rectilíneo uniforme. A sua velocidade é constante ( 1ª velocidade terminal) e aproximadamente igual a 200km/h

  

Quando o pára-quedas se abre, o ar oferece uma grande resistência ao movimento Como a intensidade da resistência do ar é superior à da força gravítica, a resultante das forças que actuam no sistema aponta para cima A velocidade diminui acentuadamente e o movimento é retardado.

  

À medida que a velocidade diminui, a força de resistência do ar também diminui A partir de um certo instante, a força gravítica iguala a força de resistência do ar A velocidade passa a ser constante ( 2ª velocidade terminal) e aproximadamente igual a 20km/h

1 1.1 1.2 1.3 1.4

Uma bola de basquetebol com a massa de 250g, atinge a velocidade máxima terminal, em queda vertical, de 20ms-1. Determine a intensidade máxima da força de resistência do ar que actua na bola. Se a bola de basquete for atirada verticalmente para cima, também atinge uma velocidade terminal na subida? Justifique. Durante a subida da bola é de esperar que ela suba com uma aceleração maior ou menor do que a aceleração da gravidade? Justifique. E na descida da bola, o valor da aceleração do movimento é constante? Se não, como varia? Justifique a resposta. Um objecto é abandonado do cimo de um arranha-céus com a altura de 200m, atingindo o solo com velocidade de módulo 55ms-1. Prove que a resistência do ar não é desprezável nesta situação.

2

salta de um avião que voa a baixa velocidade e atinge a velocidade constante de 50ms-1 .3 O esquema representa quatro instantes do movimento de um pára-quedista. o instante em que o pára-quedista abre o pára-quedas. a figura B. 3. A figura A representa o início da queda.2 Seleccione o gráfico que pode representar a variação do valor algébrico da velocidade do pára-quedista em função do tempo ( considere como positivo o sentido ascendente) 3. a figura C. .3 Explique por que motivo o valor da velocidade do pára-quedista diminui quando este abre o pára-quedas.1 Represente em cada um dos instantes os vectores força que actuam no pára-quedista. o instante em que o pára-quedista atinge a segunda velocidade terminal. o instante em que o pára-quedista atinge a primeira velocidade terminal. com a massa de 80kg.1 qual o valor da aceleração sentida pelo pára-quedista? 4.3 Seleccione o gráfico que pode representar a variação da posição do pára-quedista em função do tempo 4 Um pára-quedista. a figura D. Nesta situação: 4.2 qual o valor da força de resistência do ar? 4. 3.

1 Quando é que se atinge a velocidade terminal? Que movimento se passa a ter após se atingir essa velocidade? 8.1 Indique em que segmento(s) do gráfico se verifica a) P = Far b) P › Far IV c) P ‹ Far 6. a força de atrito e o peso têm a mesma direcção e sentido. após ter sido largada. A aceleração tem sentido oposto à velocidade.1 124m 5.2 Qual a aceleração da gota ao atigir essa velocidade? 7.1 0ms-2 4.3 x = 0. justificando.4.14g cai verticalmente II sendo travada pela resistência do ar cujo módulo é dado por -3 2 Rar = 2.5 Depois de atingir a velocidade terminal de 31ms-1 .12x10 v (SI) 7.não. tal como na Terra? 8 1.3 B 4.2 . diminui até atingir a velocidade terminal.1 Fa= 2.3. 5.5N . 1.2 nula 7.1 Qual o módulo da velocidade terminal da gota ? 7. 8. 1.2 800N 4.0s.3 Escreva a expressão x(t) para o movimento da gota a partir do instante em que atingiu a velocidade terminal.menor em módulo.2 II e IV 7.1 Calcule a distância percorrida pela bola neste intervalo de tempo. 5. IV b) I c) III 6.1 0. 6 7 Uma gota de chuva esférica de massa 0.2 Se a bola tivesse percorrido aquela distância em queda livre.2 Indique.8ms-1 7.49. em que troço(s) do gráfico se I III verifica a Lei da Inércia. uma bola de ténis desce durante 4.2 Seria possivel fazer pára-quedismo na Lua.3 a força de resistência do ar é maior que o peso e por isso aponta para cima. que é a sua segunda velocidade terminal.8ms-1 6. 5.não. com que valor de velocidade atingiria o solo? O gráfico traduz a variação da velocidade em função do tempo de um pára-quedidsta que se lançou do cimo de uma montanha 6. Um pára-quedista cai no solo com uma velocidade terminal de de cerca de 20kmh -1. 1.1 a) II.8t (SI) SOLUÇÕES . 3.2.2 A 3.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful