Planejamento Estratégico

Daniel Mendes Hélio Pontes

Planejamento Estratégico
Definição • Processo de desenvolver e manter um ajuste estratégico entre os objetivos, habilidades e recursos de uma organização e as oportunidades em um mercado em contínua mutação

Vantagens • • Encoraja a administração a pensar sistematicamente no que aconteceu, no que está acontecendo, e no que acontecerá. Força a organização a definir melhor seus objetivos e políticas;


• • •

Leva a uma melhor coordenação de esforços
Oferece padrões de desempenho mais claros para controle Ajuda a organização a antecipar mudanças e responder rapidamente a elas Prepara melhor a organização para eventos inesperados

Planejamento Estratégico Proposta de metodologia de Planejamento Estratégico: • Missão Organizacional • Análise de ambiente externo (ameaças e oportunidades) e interno (pontos fortes e fracos) • Objetivos/Metas • Estratégias • Controle .

DETERMINAÇÃO DO NEGÓCIO • Identificação e definição da área de negócio • Definição de produtos (bens e serviços). atuais e potenciais • Identificação dos clientes .

Propósito – visão maior do negócio da organização 2. Benefício – explicitar o benefício a ser proporcionado aos clientes 6 .Declaração de Missão • É a expressão da razão de existência de uma organização. Alavanca o negócio da organização e identifica seu campo de atuação. • Missão bem definida possui três elementos: 1. Meio – como se vai implementar o propósito 3. Responde a pergunta “Por que e para que existimos?”.

representantes e pequenas empresas. com isso. vendem oportunidades ou apenas 7 navegam. distribuidores e usuários finais produtos inovadores.” eBay “Ajudamos as pessoas a negociar praticamente tudo o que existe na face da Terra. Agregaremos valor a esses produtos ao oferecer ao cliente um atendimento memorável. de alta qualidade. Inc. “Nossa visão é ser a líder global em participação de mercado em cada um dos mercados em que atuamos. e fazê-lo de modo que obtenha um lucro adequado.” . baratos e que respeitem o meio ambiente. bem como de pessoas que buscam itens singulares. Continuaremos a aprimorar a experiência em transações on-line de todos — de colecionadores. mediante nosso compromisso total com sua satisfação. Podemos conseguir essa posição de liderança fornecendo a nossos clientes. caçam pechinchas.Exemplos de declaração de missão Rubbermaid Commercial Products.” Motorola “O propósito da Motorola é atender de maneira honrosa às necessidades da comunidade. permitir que nossos funcionários e acionistas alcancem objetivos pessoais razoáveis. para possibilitar o crescimento da empresa como um todo e. fornecendo produtos e serviços de qualidade superior a um preço justo.

Missão: Viabilizar o desenvolvimento sustentável dos cooperantes.COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL MISSÃO: Atender o Cooperado. .Declaração de missão de algumas cooperativas COCAMAR . ações coletivas e cooperação mútua. com ações alicerçadas na cooperação. união e respeito ao ser humano e ao meio ambiente. por meio de soluções tecnológicas.Cooperativa Mista dos Produtores Rurais do Vale do Paranaíba Visão: Ser uma Cooperativa de referência no desenvolvimento regional. assegurando a perpetuação da Cooperativa de forma sustentável VISÃO: Crescer com rentabilidade AGROVALE .

consumidores e colaboradores.Cooperativa Mista Pioneira Ltda MISSÃO: Contribuir para o crescimento econômico e humano dos associados. VISÃO: Ser uma Cooperativa pioneira no desenvolvimento regional através da distribuição de energia elétrica. promovendo o cooperativismo e o desenvolvimento sustentável da sociedade. Visão: Ser reconhecida como a maior e melhor Operadora de Planos em sua área de ação geográfica. e como modelo de gestão em cooperativas médicas no sistema Unimed. com segurança.Declaração de missão de algumas cooperativas COOPERA . garantindo a infra-estrutura necessária para distribuir energia elétrica de qualidade. .Cooperativa de Serviço Médico e Hospitalar de Ribeirão Preto Missão: Oferecer assistência médica de qualidade com a promoção integral da saúde. responsabilidade social e expansão do mercado de trabalho e renda para seus cooperados. sem intermediação e sem fins lucrativos. Unimed Ribeirão Preto .

com responsabilidade social. oportunizando a mutualidade financeira e a realização dos projetos pessoais de seus cooperados. valorização de seus colaboradores. Missão: Propiciar o desenvolvimento do hábito de poupança. . Visão: Ser a melhor cooperativa de crédito do SICOOB BANRICOOP Visão: Ser reconhecida como cooperativa de crédito referência em qualidade de gestão e governança no atendimento de demandas relacionadas às finanças pessoais de seus cooperados. buscando excelência em atendimento.Declaração de missão de algumas cooperativas SICOOB Engecred Missão: Prestar serviços financeiros diferenciados como forma de apoiar o segmento da engenharia e arquitetura. segurança e rentabilidade ao cooperado.

Declaração de missão de algumas cooperativas Cooperativa Regional Agropecuária Sul Catarinense .COOPERSULCA Missão: “Produzir os melhores alimentos. a saúde física e mental dos consumidores. para satisfazer a necessidade e o bem-estar das pessoas.” . Cooperativa Agroindustrial COPAGRIL Missão: “A Copagril é uma cooperativa agroindustrial com a missão de interagir tecnologia e eficiência produtiva à agropecuária. difundindo o Cooperativismo”. através da industrialização e comercialização de produtos alimentícios com padrões de excelência. através da qualidade dos nossos serviços. social e cultural das famílias produtoras. preservando o meio ambiente e promovendo o desenvolvimento econômico. visando à satisfação.

Declaração de missão de algumas cooperativas COOASGO . e a comercialização de seus produtos. . Proporcionando o seu desenvolvimento da comunidade e o bem estar das pessoas. com uma administração profissional e integrada com os cooperados. MISSÃO: Desenvolver o espírito cooperativista para viabilizar a suinocultura.Cooperativa Agropecuária de São Gabriel do Oeste VISÃO DE FUTURO: Ser líder e referência no agronegócio no estado de Mato Grosso do Sul. novas alternativas e atualização tecnológicas para os cooperados. Conduzindo uma cadeia produtiva diversificada e ecologicamente correta. liderando a busca de soluções para os problemas comuns. oferecendo uma assistência técnica de vanguarda a um quadro de associados representativo e comprometido. Mantendo um bom relacionamento com órgãos públicos e financeiros e de parceria com associações e cooperativas.

Definição de um negócio por produto e por mercado Empresa Missouri-Pacific Railroad Xerox Standard Oil Columbia Pictures Encyclopaedia Britannica Definição por produto Operamos ferrovia Fabricamos copiadoras Vendemos gasolina Fazemos filmes Vendemos enciclopédias Fabricamos aparelhos de condicionado aquecedores uma Definição por mercado Transportamos mercadorias pessoas e Ajudamos a aumentar a produtividade dos escritórios Fornecemos energia Promovemos entretenimento Distribuímos informação Carrier are Fornecemos controle climático residencial 13 .

Definição de um negócio por produto e por mercado Empresa ARISCO PETROBRAS CITIBANK Kopenhagen Definição por produto Temperos Petróleo Serviços Financeiros Chocolates Definição por mercado Alimentos Energia Soluções Financeiras Presentes 14 .

Estas soluções compõem os FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO .Análise de Ambiente Interno • Pontos Fracos – examina as principais restrições internas impeditivas ao eficaz desempenho da organização e identifica suas causas. • Responde-se a pergunta: Considerando a sua experiência profissional na cooperativa/associação e a sua área de atuação. estabelecer uma ordem de prioridade e estabelecer soluções. permitindo a configuração dos principais problemas com seus nexos e dependências. quais os principais problemas que impedem a organização de prestar serviços com excelência e qualidade à comunidade e clientes externos? Determinação do Problema Causas (este problema é gerado pelos seguintes) Efeitos (este problema gera os seguintes) Para cada problema.

p razo. riq u eza. esp ecificaçã o Tem p o p ara en treg ar o p rod u to C u m p rim en to d e p razos acord ad os C u m p rim en to d e p rom essas feitas S eg u ran ça p essoal ou d e b en s d o clien te M an u ten çã o d o aten d im en to m esm o q u e alg o d ê errad o C aracterísticas p rim á rias d o p rod u to P rod u to con form e as esp ecificaçõ es P rod u to sem p re con form e esp ecificaçõ es C aracterísticas acessó rias d o p rod u to Tem p o d e vid a ú til d o p rod u to P rob ab ilid ad e d e falh a d o p rod u to n o tem p o A sseio d as in stalaçõ es d a op eraçã o C on forto físico d o clien te oferecid o p elas in stalaçõ es C aracterísticas (d as in stalaçõ es e p rod u tos) q u e afetam os sen tid os C lareza. p recisã o e freq u en cia d a in form açã o G rau d e cap acitaçã o té cn ica d a op eraçã o E d u caçã o e cortesia n o aten d im en to A ten d im en to aten to H ab ilid ad e d e in trod u zir/m od ificar p rod u tos econ om icam en te H ab ilid ad e d e m od ificar o m ix p rod u zid o econ om icam en te H ab ilid ad e d e m u d ar d atas d e en treg a econ om icam en te H ab ilid ad e d e alterar volu m es ag reg ad os d e p rod u çã o A m p litu d e d e h orá rios d e aten d im en to A m p litu d e d e á rea g eog rá fica n o q u al o aten d im en to p od e ocorrer .Vantagens competitivas G ra n d e s o b je tivo s P reço/cu sto S u b -o b je tivo s C u sto d e p rod u zir C u sto d e servir V elocid ad e A cesso A ten d im en to C otaçã o E n treg a C on fiab ilid ad e P on tu alid ad e In teg rid ad e S eg u ran ça R ob u stez Q u alid ad e D esem p en h o C on form id ad e C on sistê n cia R ecu rsos D u rab ilid ad e C on fiab ilid ad e L im p eza C on forto E sté tica C om u n icaçã o C om p etê n cia S im p atia A ten çã o F lexib ilid ad e P rod u tos M ix E n treg as V olu m e H orá rios Á rea D e sc riç ã o C u sto d e p rod u zir o p rod u to C u sto d e en treg ar e servir o clien te Tem p o e facilid ad e p ara g an h ar acesso à op eraçã o Tem p o p ara in iciar o aten d im en to Tem p o p ara cotar p reço.Pontos Fortes .

economia. concorrentes. Forças Competitivas de Porter Concorrentes Potenciais Ameaça da entrada de novos concorrentes • • Fornecedores Poder de Barganha Rivalidade entre Concorrentes Poder de Barganha Ameaça de Substituição Compradores Substitutos . e outros que a organização não pode controlar. fornecedores. clientes. sociedade. mas é influenciada direta ou indiretamente. política.Análise de Ambiente Externo • • Análise de forças ambientais incontroláveis pela cooperativa que podem favorecer sua ação estratégica (oportunidades) ou criam obstáculos para sua ação estratégica (ameaças). instituições. Tempestade de idéias (Brainstorming): O que pode influenciar o sucesso da organização de forma positiva (risco positivo – oportunidade) ou de forma negativa (risco negativo – ameaça)? Fazem parte do ambiente externo: tecnologia. natureza. tendências culturais.

Definir prioridades a partir da probabilidade de ocorrência e gravidade TIPO DE AMEAÇA TECNOLOGIA SOCIEDADE ECONOMIA POLÍTICA INSTITUIÇÕES TENDÊNCIAS DESCRIÇÃO DAS AMEAÇAS PROBABILIDADE DE OCORRÊNCIA (1 A 5) GRAVIDADE (1 A 5) CULTURAIS NATUREZA FORNECEDORES CLIENTES CONCORRENTES SUBSTITUTOS .ANÁLISE DE AMEAÇAS 1º.

TRANSFERIR. PLANO DE CONTINGÊNCIA. ACEITAR) ORDEM (PRIORIDADE) TIPO DE AMEAÇA DESCRIÇÃO DA AMEAÇA DESCRIÇÃO DA AÇÃO . MITIGAR.ANÁLISE DE AMEAÇAS 2º. Definir ações por ordem de prioridade AÇÃO (EVITAR.

Definir prioridades a partir da probabilidade de sucesso e atratividade TIPO DE OPORTUNIDADE DESCRIÇÃO DA OPORTUNIDADE PROBABILIDADE DE SUCESSO (1 A 5) ATRATIVIDADE (1 A 5) TECNOLOGIA SOCIEDADE ECONOMIA POLÍTICA INSTITUIÇÕES TENDÊNCIAS CULTURAIS NATUREZA FORNECEDORES CLIENTES CONCORRENTES SUBSTITUTOS .ANÁLISE DE OPORTUNIDADES 1º.

MODELO DE FORMULÁRIO PARA ANÁLISE DE OPORTUNIDADES 2º. ACEITAR) ORDEM (PRIORIDADE) TIPO DE OPORTUNIDADE DESCRIÇÃO DA OPORTUNIDADE DESCRIÇÃO DA AÇÃO . REALÇAR. Definir ações por ordem de prioridade AÇÃO (EXPLORAR. COMPARTILHAR.

Objetivos • Os objetivos são situações futuras que a organização deseja que aconteça • Os objetivos devem ser organizados hierarquicamente. perspectiva financeira. do mais importante para o menos importante • Sempre que possível. os objetivos estabelecidos quantitativamente devem ser • Os objetivos devem ser realistas e consistentes • Pode-se dividir os objetivos em categorias como: Perspectiva do cliente. perspectiva de processos internos e perspectiva de aprendizagem organizacional. .

em quais processos devemos nos sobressair?) . como nós devemos aparecer para nossos investidores?) Perspectivas dos Processos Internos (Para satisfazer nossos clientes. como devemos ser vistos pelos clientes?) Perspectiva da Inovação e Aprendizagem Organizacional (Para alcançar nossa visão. como sustentar a habilidade demudar e progredir?) Balanced Scorecard Perspectiva do Desempenho Financeiro (Para ter sucesso financeiramente.Balanced Scorecard Perspectiva do Cliente (Para alcançar nossa visão.

MODELO DE FORMULÁRIO PARA DEFINIÇÃO DE OBJETIVOS E CONTROLE OBJETIVOS METAS ESTRATÉGICOS (COMO) (O QUE) CONTROLE (INDICADORES DE DESEMPENHO) PRAZO (QUANDO) RESPONSÁVEL (QUEM) RECURSOS (FINANCEIROS E/OU MATERIAIS) .