Itabuna 14/jun/2011

Áreas de Preservação Permanente
Esta apresentação foi preparada de acordo com a formulação vigente do Código Florestal, e não incorpora nenhuma das modificações atualmente discutidas no Congresso Nacional

Floresta da Tijuca Ocupando quase 4.000 ha, é fruto de um reflorestamento promovido à época do Segundo Reinado, quando se tornou patente que o desmatamento, causado pelas fazendas de café, estava prejudicando o abastecimento de água potável da então capital do Império.

vista do Parque da Cantareira . seus reservatórios de água.... onde as pessoas abasteciam de água os cântaros. .A cidade de São Paulo.

. Desativado em 1970 com a construção da barragem do Iguape.Parque Municipal Mata da Esperança Em 1927 uma área de 437 ha. foi designada para servir ao sistema de abastecimento de água da Cidade de Ilhéus.

Código Florestal Primeira versão de 1934 Revisto em 1965 Atualmente passando por nova revisão .

d) no topo de morros. e) Nas encostas ou partes destas com declividade superior a 45º. como fixadoras de dunas ou estabilizadoras de mangues. qualquer que seja a vegetação.800 (mil e oitocentos) metros. equivalente a 100% na linha de maior declive. ainda que intermitentes e nos chamados "olhos d'água". qualquer que seja a sua situação topográfica. h) em altitude superior a 1. lagos ou reservatórios d'água naturais ou artificiais. montes. em faixa nunca inferior a 100 (cem) metros em projeções horizontais.APP a) ao longo dos rios ou de qualquer curso d'água b) ao redor das lagoas. montanhas e serras. g) Nas bordas dos tabuleiros ou chapadas. a partir da linha de ruptura do relevo. f) Nas restingas. num raio mínimo de 50 (cinqüenta) metros de largura. . c) Nas nascentes.

3) de 100 (cem) metros para os cursos d'água tenham de 50 (cinqüenta) a 200 (duzentos) metros de largura.APP a) ao longo dos rios ou de qualquer curso d'água desde o seu nível mais alto em faixa marginal cuja largura mínima seja: 1) De 30 (trinta) metros para os cursos d'água de menos de 10 (dez) metros de largura. 2) De 50 (cinqüenta) metros para os cursos d'água que tenham de 10 (dez) a 50 (cinqüenta) metros de largura. . 5) de 500 (quinhentos) metros para os cursos d'água que tenham largura superior a 600 (seiscentos) metros. 4) de 200 (duzentos) metros para os cursos d'água que tenham de 200 (duzentos) a 500 (quinhentos) metros de largura.

NASCENTES MATAS CILIARES (margem de rios. lagos e barragens) TOPO DE MORROS E SERRAS 100 m da BORDA DE TABULEIROS ENCOSTAS .

APP .

APP .

APP .

APP .

APP .

rios e lagos Funcionar como um “filtro” impedindo.Funções hidrológicas das APP Impedir o assoreamento de nascentes. . industrial e urbano de suas margens. o aporte para os corpos hídricos de substâncias tóxicas oriundas do uso agrícola. Favorecer os processos de infiltração que recarregam os lençóis freáticos (água subterrânea). causador de enchentes. ou minimizando. fundamentais na manutenção das vazões nos períodos de secas. Minimizar o escoamento superficial.

Assoreamento de corpos hídricos .

.O ciclo hidrológico Parte da água da chuva que chega ao solo escoa pela superfície e parte infiltra no solo.

Secas .

.

.

.

.

Cheias .

Bahia . Amaro da Purificação.Sto.

Escola Politécnica USP .Anjos (2003). Tese.

são 5 categorias de APP que possuem direta relação com a quantidade e qualidade dos recursos hídricos 50 m ao redor de NASCENTES MATAS CILIARES (margem de rios. lagos e barragens) em larguras variadas TOPO DE MORROS E SERRAS 100 m da BORDA DE TABULEIROS ENCOSTAS com mais de 45o de inclinação .... não esqueça..

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful