You are on page 1of 12

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO

Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5.152, de 21/10/1966 – São Luís - Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ

CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO

Jamison Melo de Sousa* Leonardo Farias de Souza** Ramnúsia Lima de Sousa***

Resumo Com desenvolvimento e avanço tecnológico, principalmente da tecnologia da informação, que vêm provocando significativas mudanças na estrutura e no posicionamento das organizações e um mercado cada vez mais exigente, as empresas vêm sentindo a necessidade de apresentar em suas Demonstrações Contábeis informações, cada vez mais detalhada que possa ajudar os gestores nas tomadas de decisões. Com isso alguns recursos vêm ganhando espaço dentro das organizações, sendo Capital Intelectual e Goodwill os de maiores destaques. E esses Ativos intangíveis têm sido utilizados como um grande diferencial na concorrência entre as empresas. Nesse aspecto o referente trabalho tem por objetivo apresentar os conceitos de Capital Intelectual e Goodwill, apresentando também modelo de mensuração desses ativos, elaborando uma comparação entre eles com o objetivo de estabelecer uma relação entre os dois conceitos. Destacamos que por o mesmo ser um tema relativamente novo, este trabalho será eminentemente descritivo e desenvolvido por pesquisas bibliográficas. Palavras-Chaves: Ativos Intangíveis, Capital Intelectual, Goodwill.

*Graduando em Ciências Contábeis – Universidade Federal do Maranhão - UFMA Graduando em Administração de Empresas – Universidade Estadual do Maranhão - UEMA E-mail: jhame_son@hotmail.com **Graduando em Ciências Contábeis – Universidade Federal do Maranhão - UFMA E-mail: nardofarias@hotmail.com ***Graduanda em Ciências Contábeis – Universidade Federal do Maranhão - UFMA Graduada em Administração de Empresas – Universidade Estadual do Maranhão - UEMA E-mail: ramnusials@hotmail.com

CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO, 2011.

imagem corporativa e qualidade dos produtos oferecidos no mercado podem agregar valor às empresas. que estão relacionados ao mercado. Os valores subjetivos das entidades também têm ganhado relevância no contexto econômico. tendo em vista a percepção de que o investimento em pessoal. patentes.Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ 1. apud Antunes (2000:78) Capital Intelectual representa uma combinação de ativos intangíveis. nascidos das mudanças nas áreas da tecnologia da informação. tem-se observado grandes mudanças nas organizações. Introdução Atualmente.. criatividade. a grande dificuldade está justamente em mensurar os ativos intangíveis. A metodologia utilizada foi basicamente teórica. 2011. a fim de que se possa estabelecer uma relação entre os dois conceitos. O homem é cada vez mais valorizado no meio corporativo e tem buscado capacitação e aperfeiçoamento para seu desenvolvimento profissional. valorização da marca. onde a mesma tem-se dado principalmente pela evolução de novas tecnologias. Capital Intelectual Sterwat. o Capital Intelectual representa a soma do conhecimento de todos em uma empresa. canais de distribuição. Brooking (1996). 2. designs etc. o que proporciona vantagem competitiva.. Ativos humanos: os benefícios que o indivíduo pode proporcionar para as organizações por meio de sua expertise.152. Não há grandes dificuldades para as empresas em avaliar seus ativos tangíveis. conhecimento. CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO. Segundo Antunes e Martins (2002:7). mídia e comunicação. clientes. lealdade dos clientes. negócios recorrentes. principalmente. de 21/10/1966 – São Luís . franquias etc. . o Capital Intelectual é um conjunto de benefícios intangíveis que agregam valor às empresas. que trazem benefícios para as empresas e que capacitam seu funcionamento. Pretendemos com esta pesquisa apresentar os conceitos de capital intelectual e de goodwill. tais como marca. elaborar uma comparação entre esses ativos intangíveis. destacando-se a grande dificuldade de definição desses ativos. copyright. tais como know-how. o Capital intelectual pode ser dividido em quatro categorias: Ativos de Mercado: potencial que a empresa possui em decorrência dos intangíveis. segredos industriais. tudo visto de forma coletiva e dinâmica. Segundo Brooking (1996). goodwill e capital intelectual. apud Cunha. onde verificamos algumas diferenças de conceituação entre as bibliografias utilizadas no estudo. Outra grande mudança é na valorização do profissional. apresentando também modelos de mensuração utilizados com o intuito de tentar avaliar os mesmos. negócios em andamento (backlog). A informática veem mudando significativamente o modo como as companhias executam suas tarefas diárias. evidenciada através de estudos bibliográficos. apud Antunes (2000:78). identificando os pontos em comum. habilidade para resolver problemas. um grande exemplo disso são as mudanças no modo de comprar e de vender.UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5. Ativos de Propriedade Intelectual: os ativos que necessitam de proteção legal para proporcionarem às organizações benefícios.

2011. “A medida mais simples do capital intelectual é a diferença entre o seu valor de mercado e seu patrimônio contábil. impõe transformações na contabilidade no sentido de as Demonstrações Contábeis não retratarem o valor real de uma empresa. E que o campo de capital intelectual é novo demais para já ter livro de receitas. aceitação de risco. A necessidade de mudar seus conceitos gera dúvidas em como mensurar esse novo ativo que vem ganhando espaço no mercado. 2004) Segundo Silva (2004). Martins & Cunha (2009:42) afirmam que a mensuração do Capital Intelectual constitui um passo importante para a construção de uma consciência coletiva da importância do mesmo para a empresa. e com isso a Contabilidade passa a sofrer mudanças. o que não se pode medir não se pode controlar. Edvinsson & Malone (1998). . como o que está descrito em organogramas. e a parte que se encontra abaixo da superfície. consideram a parte visível como tronco. compreender ou alterar”. sendo que o mesmo tem gerado uma grande repercussão no patrimônio das empresas. essa CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO. aonde o conhecimento vem ganhando destaque e espaço. as metodologias e os processos empregados como cultura. cada empresa precisa pensar em suas próprias fontes e uso do capital intelectual. expertise. sistema de informação. softwares. relacionamento com clientes e tudo o mais da capacidade organizacional que apóia a produtividade dos empregados. banco de dados de clientes etc.152. banco de dados.UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5. no sistema de raízes. denotando maior importância deste item para o valor da empresa. O valor contábil é a parte referente ao patrimônio no balanço de uma empresa. de 21/10/1966 – São Luís . O relacionamento com os clientes inseridos no Capital Estrutural pode ser desdobrado em uma categoria separada como capital de clientes.Mensuração do Capital Intelectual A economia vem passando por um processo de transformação. tudo o que resta no valor de mercado depois da contabilização dos ativos fixos deve corresponder aos ativos intangíveis. Comparando uma empresa a uma árvore. a cultura e a filosofia da empresa. galhos e folhas. nas demonstrações contábeis e em outros documentos. patentes. Capital Estrutural: formado pelos equipamentos de informática. grande desafio para a contabilidade é encontrar a metodologia adequada para mensurar e contabilizar o Capital intelectual de natureza intangível.1. “O capital de clientes é o valor dos relacionamentos de uma entidade com as pessoas com as quais realiza operações”. (MARTINS & CUNHA.Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ Ativos de Infra-estrutura: as tecnologias. poder de inovação e habilidade dos empregados mais os valores. métodos gerenciais. (SILVA. Os autores dividem os fatores ocultos em duas categorias: Capital Humano: composto pelo conhecimento. ao Capital Intelectual que são os fatores dinâmicos ocultos que embasam a empresa visível formada por edifícios e produtos. marcas registradas. 2009:33) 2. já que para a Contabilidade Tradicional. apud Antunes e Martins (2002:8) empregam uma linguagem metafórica no intuito de melhor conceituar o Capital Intelectual. “Admitir o conhecimento como recuso econômico. Se o valor da empresa é superior ao valor que os acionistas possuem.

O modelo desenvolvido pelo grupo foi motivado pela percepção de seus diretores.1. foram agrupados em cinco áreas distintas de foco: Foco Financeiro. apud Antunes & Martins. 3) Estabelecer uma variável que capte a não tão-perfeita previsibilidade do futuro. apud Antunes & Martins (2002:9). das organizações e das pessoas que nela trabalham. Para cada um desses focos foram estabelecidos indicadores que permitem medir seu desempenho. organizado em três áreas estratégicas: Long-Term Savings. combinado com o capital do cliente. Foco Processo. 2009:42).152. O grupo apresentou um modelo que busca mostrar como o capital humano. Foco Renovação e Desenvolvimento. os processos internos e capacidade da empresa de inovar agrega valor financeiro para empresa. pelo aumento da produtividade e eficiência. 1998. Identificaram certos valores e sucesso que deveriam ser maximizados e incorporados à estratégia organizacional. eles consideram que “C” reflete o compromisso de uma empresa em relação ao futuro e são obtidas por meio de CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO. . 2) Reconhecer que cada organização possa ter um Capital Intelectual adicional que necessite ser avaliado por outros índices. Opera em 23 países. por sua vez. de que o poder competitivo de uma empresa residia cada vez menos nos ativos contábeis tradicionais e cada vez mais em fatores subjetivos até então não mensurados. Modelo de Mensuração do Capital Intelectual da Skandia A Skandia é o quarto maior grupo financeiro do mundo atuando na área de prestação de serviços financeiros e de seguros e o maior da Escandinava.1. sobretudo de Jan Carendi e de Leif Edvinsson. 2011. a Skandia estabeleceu os seguintes passos: 1) Identificar um conjunto básico de índices que possa ser aplicada a toda sociedade com mínimas adaptações. Foco Clientes. de 21/10/1966 – São Luís .Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ diferença refere-se ao capital intelectual”. chegou à seguinte fórmula (Edvinsson & Malone. 2. pela oferta de serviços inovativos. A fim de estabelecer uma equação que traduzisse em um número o valor do Capital Intelectual. bem como a dos equipamentos. 2002:9): Capital Intelectual Organizacional = iC Onde: C = Valor Monetário do Capital Intelectual i = Coeficiente de Eficiência Edvinsson & Malone (1998). Tem como principal objetivo criar valor para seus acionistas por meio do foco em seus clientes. Assim sendo. Asset Management e Property & Casualty Insurance. no início da década de 80. (MARTINS & CUNHA. Esses fatores. Foco Humano.UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5.

por vezes. entre outros. um instrumento valioso para os aspectos a seguir relacionados: confirmar a habilidade da organização para atingir objetivos. CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO. analisar o valor da empresa. mais representativos de cada foco. índice de horas de treinamentos. treinamentos de funcionários.Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ uma lista que contém os indicadores mais representativos de cada foco. consequentimente. participação de mercado. novos equipamentos de tecnologia na informação. retenção de empregados e eficiência administrativa dividida pelas receitas. Brooking (1996:83). desenvolvimento de novos designs e desenvolvimento de novos produtos.152. Apud Antunes (2000:122) enfatiza que o conhecimento do Capital Intelectual é uma fonte rica de informações sobre a organização em sua totalidade e. índice de liderança.2. ampliar a memória organizacional. no caso da redução de número de funcionários. . por mais preciso que sejam as conclusões. tais como. investimentos em direitos autorais. índice de desempenho/meta qualidade. Impede a consecução de um planejamento estabelecido. o conhecimento do Capital Humano (idem) impede que os cortes afetem pessoas com capacidade e know-how valiosos para as organizações. tais como. Em contrapartida “i” corresponde ao compromisso da empresa com o presente e é obtido através dos indicadores. de 21/10/1966 – São Luís .UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5. Não obstante. Segundo Antunes (2000:122-124) pode-se destacar ainda algumas vantagens na mensuração do Capital Intelectual: o conhecimento do Capital Intelectual identifica os recursos necessários em ativos intangíveis cujo desconhecimento. por meio do conhecimento do Capital Estrutural (classificação adotada por Edvinsson e Malone) pode distinguir as diferenças entre criação de patentes. compreendendo as vantagens competitivas que cada um desses elementos possui. índice de satisfação de clientes. o conhecimento do Capital humano também contribui para a decisão de investimentos em treinamentos. para seu aprimoramento. planificar a Pesquisa e Desenvolvimento. em porcentagens. 2. considerando que as medições de Capital Intelectual bem gerenciada contribuem para que a empresa possa se conhecer melhor e. receitas resultantes de novos negócios. 2011. programas de treinamentos e suporte. fornecer informações básicas aos programas de educação organizacional e treinamento. investimentos em novas patentes. julga-se oportuno enfatizar suas utilidades. os indicadores que dão origem a tais conclusões apresentam um alto grau de subjetividade e carecem de atualizações constantes. Quanto ao aspecto gerencial. o conhecimento do Capital Estrutural (Foco no Processo) contribui para a decisão de investimentos em tecnologia da informação. especialmente dos acionistas. índice de motivação. em particular.1. Devemos observar que o Capital Intelectual possui vantagens do ponto de vista interno e externo para empresa. Vantagens da Mensuração do Capital Intelectual Verifica-se que as informações contidas num relatório de Capital Intelectual são de interesse dos gestores quanto dos usuários externos.

à atividade industrial. e o valor econômico de seus ativos apresentando. como tal. apresentando. mesmo não sendo de forma objetiva. apud Antunes (2000:83-84).Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ o conhecimento detalhado que o modelo de avaliação dispõe sobre os clientes fornece uma visão bem mais abrangente das condições atuais e futuras da empresa relacionadas a esse Foco.152. à localização privilegiada. apud Antunes. Goodwill Segundo Iudícibus e Marion (1999). Esta característica persiste até hoje para certos fatores e para tantos que foram sendo acrescidos à medida que os ativos intangíveis não contabilizados ou não identificados vieram aumentando proporcionalmente aos demais ativos em virtude da sofisticação dos negócios. Numa conceituação moderna. o Goodwill corresponde à diferença entre o valor atual de toda a empresa. 1972:74). apud Antunes. apud Cunha (2001:6). uma característica residual. Por sua vez Monobe. quer por sua complexidade ou ainda pela discordância entre os estudiosos do assunto”. (Monobe. valendo ressaltar que é datado de 1923 (Apud Martins.1. para os usuários externos. 1986. 3. de 21/10/1966 – São Luís . “Todos esses fatores vieram sendo apontados como os responsáveis (ou fatores contribuintes) pela geração de lucro da empresa a {sic} longo prazo e não reconhecidos pela Contabilidade. Do ponto de vista externo da organização. uma característica residual. 2000:84) A Contabilidade Financeira reconhece e contabiliza o Goodwill apenas quando ocorre a compra da empresa. o qual não está aparente nas Demonstrações Contábeis. 1986. “O Goodwill é um dos componentes dos Ativos Intangíveis e. apud Antunes (2000:84-85).Classificação do Goodwill Conforme a classificação de Coyngton. a processos industriais. à fidelidade da clientela. sua divulgação pode explicar a diferença entre o valor contábil e o de mercado de uma entidade. CUNHA (2001:6). fazendo uso das palavras de Edvinsson. 2011. portanto. a primeira aparição do Goodwill foi vinculada à terra [em 1571]. e gradativamente foi sendo relacionado ao comércio. à personalidade dos proprietários. sua capacidade de geração de lucros futuros. porque. portanto. e o valor econômico de seus ativos. apud Cunha (2001:6) Goodwill é a diferença entre o valor da empresa e o valor de mercado dos Ativos e Passivos. para os acionistas esses relatórios são de fundamental importância. 2000:84) 3. vem sendo alvo de muitas pesquisas e estudos. em termos de geração de lucros futuros. pela projeção da futura capacidade de a empresa gerar caixa. o Goodwill assume a seguinte divisão: CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO.UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5. . Monobe (1986:51). ou seja. {sic} quer pela sua relevância. podemse identificar as seguintes vantagens: os relatórios contendo os indicadores do Capital Intelectual são subsídios valiosos para os analistas e financiadores. (Monobe. afirma que o Goodwill corresponde à diferença entre o valor atual da empresa como um todo. a conexões financeiras e a staffs eficientes. ou seja. “eles mostram o valor oculto das organizações”.

sendo proprietária(s) ou administradora(s).Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ Goodwill Comercial: criado em função. advogados e contadores em alguns países. Goodwill evanescente: característico de certos produtos que a moda cria e. qualidade do produto em relação ao preço. muitos outros elementos não quantitativos devem ser considerados para uma melhor decisão. de 21/10/1966 – São Luís . . Admitindo-se a classificação para Goodwill de Paton e Paton (Apud Martins. Uma das principais limitações está relacionada ao fato de. ainda. Goodwill Pessoal: decorrente de uma ou várias pessoas que integram a empresa. em quase todas as situações.2. 3. dependências apropriadas para serviço de manutenção. possuem curta duração. 1972:73).UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5. portanto. Goodwill profissional: desenvolvido por uma classe profissional que cria uma imagem que distingue dentro da sociedade. a Contabilidade só ter sido capaz de captar e registrar eventos mensuráveis em moeda quando. baixo turnover de empregados. apud Antunes (2000:85).152. Goodwill Industrial: decorrente de altos salários. Distingue-se do anterior pela durabilidade. 2011. como no caso dos médicos. Guerreiro (1989). Goodwill de nome ou marca comercial: ocasionado pela imagem do nome da empresa que produz o produto ou da marca sob o qual é comercializado. proporcionando condições de alta remuneração. oportunidades internas satisfatórias para acesso a posições hierárquicas superiores. sistema de segurança adequado. localização da firma. mediante o fornecimento de informações úteis aos seus processos decisórios. como equipe cortês de vendedores. tem utilizado somente a escala monetária para mensurar os objetos e eventos. obedecendo ao principio do denominador comum monetário. há: Goodwill Comercial: decorrente de serviços colaterais. serviço médico. apud Cunha (2001:7) afirma que a Contabilidade. até o momento. desde que tais fatores contribuam para boa imagem da empresa e também para redução do custo unitário de produção em virtude da eficiência de força de trabalho operando nessas condições. Goodwill Político: em decorrência de boas relações com o Governo. independentemente das pessoas proprietários ou administradoras. atitude e hábito do consumidor como fruto de nome comercial e marca tornados proeminentes em função de propaganda persistente. obter recursos financeiros que lhe permitam aquisições de matéria-prima ou mercadorias em melhores termos e preços.Mensuração do Goodwill Para atender adequadamente aos seus usuários. exclusivamente. de toda a empresa. CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO. divulgada em 1952. facilidade de crédito. entregas convenientes. Goodwill Financeiro: derivado da atitude de investidores e de fontes de financiamento e de crédito em virtude de a empresa possuir sólida situação para cumprir suas obrigações e manter sua imagem ou. a Contabilidade enfrenta algumas dificuldades.

O fluxo de caixa descontado é uma metodologia que leva em conta a identificação do fluxo de caixa da empresa para o período futuro descontado sua taxa de oportunidade. e cada ativo por sua contribuição individual. ou Goodwill Objetivo. desde há séculos atrás. apud Cunha (2001:8) o Princípio do custo como base de valor (Custo Histórico) e outros utilizados pela Contabilidade. A mensuração do ativo intangível se constitui em uma das mais complexas tarefas da teoria da contábil. a uma taxa de juros que reflete o valor do dinheiro no tempo e grau de risco do investimento. É o Goodwill que a Contabilidade Financeira reconhece e contabiliza. a visão contábil do Goodwill é temporal e limitada.Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ Existem diversos critérios contábeis de mensurar o ativo: custo histórico. Obtemos o Goodwill Subjetivo pela diferença entre o valor da empresa. particularmente em razão das dificuldades de definição desse tipo de ativo e. experiência aplicada. A Contabilidade tem seguido a tradição de registrar o ativo pelo valor de custo de histórico. apud (2001:12). “Apesar de tal subjetivismo. valores de saída e valores descontados. A diferença seria o Goodwill. “No Goodwill. apud Cunha (2001:8). relacionamento com clientes e CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO. e é obtido pela diferença entre o valor pago pela aquisição da uma empresa pelo valor de mercado dos ativos e passivos adquiridos. basta descontar todos os fluxos de caixa futuros esperados para o presente. a critério do comprador ou de aspectos legais ou fiscais. além de outros fatores subjetivos. positivo ou negativo. Já o Goodwill Subjetivo é a diferença entre o valor presente dos fluxos futuros de caixa menos o valor de mercado dos ativos e passivos.UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5. {sic} marca. durante um período de tempo usufruía todas as vantagens do ágio pago. “Já de acordo com a visão de Capital Intelectual a posse de conhecimento. O Goodwill Adquirido. enquanto que de Capital Intelectual é progressiva em constante renovação. E essa restrição tem sido não só no aspecto da avaliação como no da própria natureza desses itens. muito têm restringido a aceitação de vários itens como elementos componentes do Ativo. o método de capitalização de lucro que racionaliza esta particular “visualização” do que venha ser “Goodwill” apresenta um arcabouço conceitual que nos permite delimitar ou sistematizar algo que necessariamente. ou seja. Segundo Cunha (2001:12). imagem. o comprador. . Este ágio adicional pago poderia. Este método tem sido o mais utilizado pelas empresas na preparação de suas demonstrações financeiras de acordo com a ONU citada por Almeida (1997). Segundo Cunha (2001:8). deve ser subjetivo. custo corrente. principalmente. Goodwill versus Capital Intelectual Segundo Edvinsson e Malone in Iudícibus e Marion (1999).152. 4. o custo de aquisição. Todavia. CUNHA (2001:8) “O Goodwill sendo um dos mais importantes itens do ativo intangíveis. O seu cálculo é simples. lealdade dos clientes. Segundo Cunha (2000:12). Para mensuração utilizam-se os mesmos critérios utilizados pelos demais ativos. utilizando a metodologia do fluxo de caixa descontado. é mensurado utilizando-se de duas bases distintas: o Goodwill objetivo e Goodwill subjetivo”. 2011. tecnologia organizacional. etc. ou seja. pelas incertezas presentes na estimação de seu valor e vida útil. ir se transformando em despesas (amortização) até o momento em que não existissem mais benefícios nestes intangíveis adquiridos”. por ser o elemento mais intangível dos intangíveis”. A complexidade está na fixação do horizonte a ser projetado e a taxa de desconto utilizada. Capital Intelectual e Goodwill são valores idênticos num determinado momento. De acordo com Martins (1972). custo histórico corrigido pela variação do poder aquisitivo da moeda. de 21/10/1966 – São Luís .

apud Antunes (2000:86-87) são os seguintes fatores que geram o Capital Intelectual: conhecimento. 1972:75). de 21/10/1966 – São Luís . associações favoráveis com outra empresa. valorização da cultura organizacional. existência de uma infra-estrutura para ajudar os funcionários a desempenhar um bom trabalho. processos secretos de fabricação. por parte do funcionário. encorajamento dos funcionários para inovar.152.Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ habilidades profissionais que proporcionem à empresa vantagem competitivas no mercado. em Capital Intelectual a idéia de vantagens em relação ao futuro”. sinergia entre os programas de treinamentos e os objetivos corporativos. CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO. participação dos funcionários na elaboração dos objetivos traçados. organização ou gerente de vendas proeminentes. identificação do know-how gerado pela P&D. conseguida por meio de ações filantrópicas e participação em atividades cívicas por parte dos administradores da empresa. legislação favorável. funcionário tratado como ativo raro. Enquanto no Goodwill há a idéia de amortização. excelente treinamento para os empregados. apud Antunes (2000:86) são os seguintes fatores que geram o Goodwill: administração superior. desenvolvimento desfavorável nas operações do competidor. avaliação de retorno sobre o investimento realizado em canais de distribuição. condições favoráveis com relação aos impostos. existência de uma estratégia proativa para tratar a propriedade intelectual. crédito proeminente como resultado de uma sólida reputação. avaliação de retorno sobre o investimento realizado em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D). descoberta de talentos ou recursos. propaganda eficaz. . considerando suas habilidades. Segundo Brooking (1996:17). esforço da administração para alocar a pessoa certa na função certa. do que representa seu trabalho para o objetivo global a companhia. mensuração de valor da marca. identificação dos clientes recorrentes. Segundo Catlett e Olson (Apud Martins. alta posição perante a comunidade. localização estratégica. boas relações com os empregados. fraqueza na administração do competidor. 2011.UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5. existência de oportunidade para desenvolvimento profissional e pessoal. valorização das opiniões dos funcionários sobre os aspectos de trabalho.

resultam em parte do Goodwill. já faziam parte do Goodwill. afirma que: “[. o que acarreta especialmente dificuldade na sua mensuração”. “[. apud Antunes (2000:88) assume que “um dos problemas subsistentes continuas sendo a linha divisória entre o valor atribuível ao Goodwill e aqueles atribuíveis a outros intangíveis.. enquanto não mensurados. considerando todas as conclusões. minimizado a quantidade de intangíveis não identificados e. pode-se chegar às seguintes conclusões: a preocupação em identificar e mensurar os valores intangíveis de uma empresa não é recente.UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5. 2000:88) Segundo Antunes (2000:88-89). considerando-se o Goodwill como resultante da não-aceitação pela contabilidade Financeira de vários itens como componentes do ativo. 2011. após verificar os conceitos de Capital Intelectual e Goodwill. desconhecido pela contabilidade”. uma precipitada aglutinação dos dois conceitos. sugerindo. muito menos. Edvinsson e Malone (1997:11). E. Capital Intelectual não é um conceito novo e. O que se modificou foi a forma de entender esse diferencial. Monobe (1986:55). de 21/10/1966 – São Luís .. quando de seu conceito inicial e limitado. principalmente. Capital Intelectual é um conceito que identifica e agrupa elementos intangíveis que antes pertenciam ao Goodwill. consequentimente. (ANTUNES. ou melhor. considera que as afirmações dos autores sugerem que o Capital Intelectual iniciou-se com base no Goodwill. apud Antunes (2000:87). Segundo Antunes (2000:87). o valor do Goodwill. o que denominou Goodwill. e mais o conceito de Goodwill Sinergístico.] o modelo desenvolvido para mensuração do Capital Intelectual pode ser entendido como uma tentativa de identificar e mensurar alguns dos fatores (ativos intangíveis) que contribuem para a geração de lucros futuros. o conceito de Capital intelectual é uma tentativa de identificar e mensurar tais intangíveis que.. o Capital Intelectual existe há séculos.Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ Segundo Brooking (1996:12). (ANTUNES. o Capital Intelectual começou quando o primeiro vendedor estabeleceu um bom relacionamento com seu cliente.. mas que ele esteve sempre presente na forma de bom-senso. . Antunes (2000:88).. isso pode ser confirmado comparando-se as classificações de ambos e os fatores responsáveis por suas formações. principalmente.]”. 2000:89) CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO. apud Antunes (2000:87) consideram que o Capital Intelectual pode apresentar-se como uma nova teoria.. “explicando a diferença entre o valor contábil e o valor de mercado” [. tendo como origem o Goodwill.] os idealizadores do modelo estão resolvendo parte dos componentes subjetivos do Goodwill e não o problema do Goodwill em sua totalidade. e que integram o Capital Intelectual. Onde segundo ela.. dos Princípios do Custo como Base de Valor e da Confrontação das Despesas com as Receitas mais as Convenções da Objetividade e do Conservadorismo..] o Goodwill apresenta-se como um conceito mais abrangente do que o do Capital Intelectual. em virtude. Goodwill e Capital Intelectual fazem parte do mesmo fenômeno. [. pois os fatores que identificam a existência de um valor a mais numa organização.152.

53 folhas. 6. como citado no início deste artigo: é crescente o desenvolvimento da tecnologia da informação.UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei n° 5. Disponível em: http://www. 2011. Acesso em: 28 de maio de 2011. como acionistas que precisam analisar melhor a situação da empresa. Capital Intelectual: Verdades e Mitos. 16º Congresso de Brasileiro de Contabilidade. Disponível em: http://www.eac.fea. ANTUNES. 2001. 2º Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia – SEGeT. apresentamos dois métodos (um para cada ativo).intercostos. Maria Thereza Pompa. é crescente o desenvolvimento do conhecimento.pdf. As Organizações e a mensuração do Capital Intelectual. Imperatriz. e assim conseguir obter o máximo de informações significativas para as tomadas de decisões. MARTINS.org/documentos/Trabajo029. CAPITAL INTELECTUAL E GOODWILL: CONCEITOS E MENSURAÇÃO. Deixamos claro que esse artigo só veio somar. em um mercado cada vez. para assim poder utilizar essas informações que beneficie a empresa? Verificamos que a resposta para essa pergunta não é fácil de ser encontrada. é vantajoso para as empresas fazerem a mensuração desses ativos. Dentre esses ativos.Maranhão Curso de Ciências Contábeis – CAMPUS DE IMPERATRIZ 5.usp. 2001. Com isso o grande desafio hoje.aedb. Julho. seja para a geração de informações de usuários externos. principalmente. Conclusões As organizações hoje consideram seus Ativos Intangíveis. Capital Intelectual. Unidade de Ensino Superior do Sul do Maranhão.pdf. Maria Thereza Pompa. pelos conceitos tradicionais de contabilidade. Nesse cenário é preciso que cada empresa utilize suas próprias fontes para fazer uso do Capital Intelectual e do Goodwill. é complicado mensurar algo que não se pode controlar ou alterar. pois. CUNHA. Administração em Marketing. Referências ANTUNES. grandes fatores que proporcionam uma vantagem competitiva. pois.br/seget/artigos05/375_Artigo%20-%20Lenke. 2000. assim como também. 2009. Disponível em: http://www. São Paulo: Atlas. Espanha: UNIVERSIDAD DE LEÓN. . Gestão Intelectual: O conhecimento como diferencial competitivo em uma empresa varejista na cidade de Imperatriz. seja para geração de informações para usuários internos. _______. que é relativamente novo dentro das organizações. para um melhor controle gerencial. 2008. principalmente para a Contabilidade: é como mensurar o Capital intelectual e Goodwill. Liane Maria Fialho. Darliane. Acesso em: 28 de maio de 2011. Monografia. CUNHA. sendo que cada uma deverá fazer as alterações necessárias para aplicá-los às suas realidades.pdf. Taiane Cristina Bandeira. Eliseu. As empresas perceberam que a utilização das informações geradas por esses ativos é de grande valia para seus planejamentos estratégicos.152. 2005. Acesso em: 25 de maio de 2011. são Capital Intelectual e Goodwill. Ativos Intangíveis: Goodwill e Capital Intelectual. com as informações já existentes sobre o tema. mas concorrente. os de maior destaque como foram apresentado na pesquisa. Nesse aspecto chegamos à conclusão que apesar das dificuldades.%20Caldas%20e%20Macedo. MARTINS. Mas pensando em ajudar essas organizações nessa difícil tarefa. de Capital Intelectual. 7º Congresso Internacional de Custos. Esperamos ter contribuído de forma significativa para o esclarecimento desse tema. que poderá ser usados por cada empresa. de 21/10/1966 – São Luís . e que as pesquisas sobre o mesmo não deve parar.br/cadernos/completos/cad29/Revista_29_parte3.

This document was created with Win2PDF available at http://www. . The unregistered version of Win2PDF is for evaluation or non-commercial use only.win2pdf.com. This page will not be added after purchasing Win2PDF.