You are on page 1of 2

[Gastronomia

]

XAROPE DE GROSELHA, UM SABOR POR DESCOBRIR
Texto Ângela Mendes

Os produtos já não são o que eram. Os sabores foram sendo alterados por anos de produção industrial, que visavam encher as prateleiras dos supermercados rapidamente e com produtos de baixo custo. Muitos de nós conhecemos o xarope de groselha, mas nunca vimos uma groselha, ou por mais estranho que seja, nunca provámos um produto feito realmente de groselhas. Basta ler os rótulos dos produtos que nos chegam às mãos e tentar encontrá-lo, por entre a multidão de letras que representam compostos químicos, essências, corantes e sabores artificiais, para perceber que o fruto em si, a baga vermelha e apetitosa, raramente deles faz parte. A recuperação dos sabores ancestrais, através de métodos naturais, mas ainda assim evoluídos, é uma das actividades dos Sabores de Santa Clara. A groselha é o primeiro passo para uma linha de xaropes, feitos à base de ingredientes naturais,

fruto da mestria de Daniel Roldão, um Alquimista dos tempos modernos. As bagas de groselhas que chegaram a Portalegre via Holanda, são de um vermelho vivo e o efeito visual de todo o processo é no mínimo apetitoso. Poderíamos fazê-lo em casa, como se cozinhássemos uma compota numa tarde de Outono por entre conversas e gargalhadas. Podíamos ser nós a tirar os pés das bagas e deixá-las prontas para a grande panela, onde se cozem lentamente. O processo é simples e manual, como uma recriação de uma cozinha caseira feita em ambiente industrial. É na panela que os frutos cheios de propriedades antioxidantes e vitamina C libertam a sua polpa e se transformam numa papa rubra, à qual se acrescenta o açúcar. Da panela, o preparado avermelhado passa para um coador, onde é esmagado e coado. Depois de pasteurizada, é engarrafada. Num processo que dura um dia inteiro de trabalho. De manhã cedo trata-se do fruto, limpa-se e retira-se o

68/

Pormenores | Novembro.Dezembro 2010

pé, depois prepara-se o caldeirão, onde o preparado vai a cozinhar e depois de apurada, a groselha está pronta. A descoberta deste xarope dissolvido em água fresca, desperta-nos para um novo mundo de percepções, um estado mais “cru” dos sabores. As cores rubras no copo e a frescura do refresco natural são uma deliciosa viagem ao passado. Uma bebida que irá surpreender todos aqueles que achavam que sabiam a que sabia xarope de groselha. Mas que talvez estejam enganados... SOBRE A GROSELHA Originária da Europa e da Ásia Ocidental, é cultivada há tanto tempo pelo ser humano que se torna difícil definir o inicio do seu uso. A Groselheira é um arbusto que mede entre 1 a 3 metros de altura, com galhos grossos e cobertos de espinhos. O fruto é a groselha, uma pequena baga, que pode ser vermelha ou negra conforme a espécie

e é muito apreciada para a confecção de xaropes e compotas. Devido às suas propriedades medicinais, é desde há muito utilizada pelo homem para a prevenção e cura de várias doenças. PROPRIEDADES Têm o dobro do potássio de uma banana | Têm quatro vezes mais Vitamina C que uma laranja Têm duas vezes mais propriedades antioxidantes que o Mirtilo | Ajudam no combate às doenças cardiovasculares | Combatem o envelhecimento |Combatem a inflamação das articulações | Contribuem para a prevenção da pedra nos rins | Contribuem para a prevenção do Cancro | Contribuem para a prevenção da demência NOTA Produto produzido por Sabores de Santa Clara, Produtos Tradicionais, Lda., empresa produtora dos Rebuçados de Ovo de Portalegre. [P]

Pormenores | Novembro.Dezembro 2010

\69