You are on page 1of 4

Aluna: Beatriz Almeida Fármaco: Mebendazol Grupo farmacológico: benzimidazóis – metilcarbamato Nome comercial: Vermitrat P ®; Platelmin®; Equisantel®.

Mecanismo de acção: provoca despolarização das moléculas de tubulina e, consequentemente, altera a estrutura das células interrompendo a mitose e o transporte de nutrientes; provoca a inibição da enzima fumarato redutase e inibe a absorção de glicose e por conseguinte, a célula não tem ATP. O parasita sofre uma paralisia flácida e é excretado nas fezes. Farmacodinâmica: este fármaco é absorvido em baixa quantidade (apenas 5 a 10% da dose administrada) e sofre uma elevada metabolização no fígado em metablitos inactivos (95% da dose absorvida). O fármaco que não é absorvido ou que não é metabolizado é excretado de forma inalterada na bílis e os metabolitos nas fezes. Deste modo e devido também à sua baixa solubilidade em água este fármaco tem uma biodisponibilidade muito reduzida. Via de administração: oral (solução / comprimido / pasta) – de preferência após as refeições (dietas ricas em gordura aumentam a biodisponibilidade do fármaco no organismo); pode ser incorporado na ração e em blocos revestidos por alguma substância palatável (melaço); via intra-ruminal; Espécies alvo: Homem, bovino, ovino, caprino, suíno, aves, equino, caninos e felinos Efectivo contra: ovos, larvas e adultos de nemátodes e larvas e adultos de céstodes Contra-indicações: não administrar concomitantemente com metronidazol; carbamezepina / fenotoína (diminui a concentração de mebendazol noo sangue pelo que diminui a eficácia deste anti-parasitário); cimetidina (aumenta a concentração no sangue e pode aumentar os valores para níveis tóxicos para o organismo); pioglitazona (fármaco receitado a pacientes com diabetes; a sua acção hipoglicemiante é agravada pelo mebendazol). Não administrar: fêmeas gestantes; fêmeas lactantes; pacientes com diabetes e que tomem algum hipoglicemiante; cães com história de insufiência hepática. IS: carne- 21 dias Peso do Dosagem animal Até 5kg 100mg De 6 a 200mg 10kg De 11 a 300mg 15kg De 16 a 400mg 20kg De 21 a 500mg 25kg De 26 a 600mg 30kg Doses: Cão e gato: administrar de 12 em 12h. Repetir após 21 dias.

Aves: Galinhas - 30 gr misturado em 50 kg de ração normal ou 600 gr em 1000 kg de ração normal, administrando-se a mistura durante 5 (cinco) dias consecutivos. Perus e Pombos - 30 gramas misturado em 50 kg de ração normal ou 600 gr em 1000 kg de ração normal, administrando-se a mistura durante 10 (dez) dias consecutivos. Codornas – 60gr misturado em 50 kg de ração normal ou 1200gr em 1000 kg de ração normal, administrando-se a mistura durante 10 (dez) dias consecutivos. Suínos - Misturar 30 gr em 50 kg de ração ou 600 gr em uma tonelada de ração, fornecendo esta ração medicada durante 10 (dez) dias consecutivos à suínos de qualquer idade. Equino - Administrar 10 mg de mebendazole por quilo de peso corpóreo ou de acordo com a tabela de dosagem em dose única. Peso Vivo(Kg) 0-50 Kg 5-100 Kg 100-200 Kg 200-300 Kg 300-400 Kg 400-500 Kg 500-500 Kg Produtos(g) 2,5 g 5.0 g 10,0 g 15,0 g 20,0 g 25,0 g 30,0 g - Em casos de infestações por Anoplocephala as doses acima devem ser dobradas e no caso de verme pulmonar Dictyocaulus arnfield administrar 20 mg/Kg durante 5 dias, alterações na posologia e no modo de usar: a critério do Médico Veterinário.

Tratamento contra nemátodes – 3dias; tratamento contra céstodes – 5dias (o período de tratamento mais prolngado no caso dos céstodes deve-se ao facto de os ovos serem libertados no interior dos proglótides); Administrar doses mais baixas em pacientes cm insuficiente renal e/ou hepática; tratamento deve ser repetido após 3 semanas para evitar reinfestações. Efeitos secundários: vómito; dores abdominais; diarreia; eosinofilia (aumento de eosinófilos no sanguie periférico); diminuição da hemoglobina e leucopénia (diminuição dos glóbulos brancos no sangue periférico) comuns; hepatoxicidade e crises convulsivas associadas à administração de mebendazol, em particular em doentes com antecedentes pessoais de epilepsia – raros.

Nome comercial: Ectokill® Príncipio activo: Diazinon Grupo farmacológico: pesticida organofosforado Mecanismo de acção: interfere na transmissão neuromuscular do parasita sem afectar o hospedeiro. Este estoparasiticida liga-se irreversivelmente inibindo a acção da Acetilcolinesterase. Quando inibida, ocorre um acúmulo exacerbado de Acetilcolina na sinapse e consequentemente um superestímulo, excitação e contração da célula pós-sináptica, levando o parasita à morte por paralisia espástica. Farmacodinâmica: absorção rápida, metabolização em metabolito mais potente (diazoxon), distribuição pelo sangue, fígado, tecido adiposo, músculo e cérebro; eliminação dos metabolitos na urina em 48h (tb pode ocorrer eliminação nas fezes). Não tem efeito cumulativo no organismo. Vias de administração: Pulverização para bovinos e suínos e banho de imersão em ovinos e caprinos. Espécies alvo: Bovino, ovino, suíno e caprino. Efectivo contra: ácaros, piolhs, mosquitos, tratamento de sarnas sarcóptica e psoróptica) larvas (muito usado no

Contra-indicações: não fazer tratamentoos em alturas de chuva ou de calor intenso. Não administrar: fêmeas gestantes; animais com menos de 3 meses de idade; durante longos períodos; animais debilitados, caquéticos, hepatopatas ou cansados; animais tratados, nem recentemente nem simultaneamente, com outro organofosforado, carbamato, inibidor da Acetilcolinesterase, pesticidas ou relaxantes musculares IS: Bovinos: carne – 14dias, leite – 24h Ovinos e caprinos: carne – 14dias Suínos: carne – 14dias Doses: produto a ser diluído em água. Pulverização: Bovinos: 1L Ectokill para 1200 L água. Ovinos e caprinos: carga- 1L Ectokill para 2400 L água. Recarga - para cada baixa de 500L de calda adicionar: 1) lã até 02 cm de comprimento: 200 ml 2) lã de 2 a 4 cm de comprimento: 400 ml 3) lã com mais de 4 cm de comprimento: 600 ml

Suínos: 1L Ectokill para 2400 L água. Instalações: 1L Ectokill para 60 L água. Banho de imersão: Ovinos e caprinos : carga - 1L de Ectokill para 2400L de água Recarga – para cada baixa de 500L adicionar 200mL de Ectokill Efeitos secundários: Se usado durante longos períodos pode provocar atrofia testicular, dimunuição do número de fetos e dimunuição do peso vivo. Outros: Efectivo no c onrlo nas instalações e ambiente. Tem a validade de 3 meses após ser aberto. Usar luvas, máscara, protector ocular, macacão, botas. Tóxico para sistemas aquáticos. Baixa margem de segurança. Antídoto: sulfato de atropina com reactivadores da acetilcolinesterase (PAM, Contrathion e Toxogonin) Recomendações: Deixar animal em repouso por duas a três horas após o tratamento. Em banheiro para ovinos, não adicionar sulfato de cobre.