You are on page 1of 3

FACULDADE SETE DE SETEMBRO – FASETE

Credenciada pela Portaria/MEC nº 206/2002 – D.O.U. 29/01/2002
ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: 03.866.544/0001-29 e Inscrição Municipal nº 005.312-3

PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Turismo Disciplina: Organização de Eventos I Professora: Cecília Monteiro Baltar e-mail: ceciliamonteiro5@hotmail.com Código: TUR18 Carga Horária: 80 Créditos: 04 Pré-requisito(s): Período: VI Ano: 2006/2 2. EMENTA: Aspectos conceituais e históricos dos eventos. Tipologia dos Eventos. Planejamento, organização e execução de eventos no contexto do turismo, posicionando-se como opção viável para a complementariedade da oferta turística. Processo de Captação de eventos. Organização e controle dos recursos humanos nos eventos. 3. OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA: Proporcionar ao aluno uma visão geral sobre eventos, seu contexto no turismo e na hotelaria, bem como demonstrar a importância de seu planejamento para o sucesso dos mesmos. 4. OBJETIVO(S) ESPECÍFICOS(S) DA DISCIPLINA: • Analisar o desenvolvimento histórico dos eventos; • Demonstrar diversos tipos de eventos e suas particularidades; • Estudar o planejamento de um evento • Verificar a importância dos eventos para a complementariedade da oferta turística; • Demonstrar o processo de captação de eventos e a importância dos Conventions Bureau e demais órgãos de captação; • Conscientizar sobre a importância de um profissional bem preparado para o sucesso da organização de um evento; • Atualizar os estudantes em relação ao que está acontecendo nos eventos. • Desenvolver o projeto de um evento 5. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: Unidade I: 1- Aspectos conceituais de eventos. 2- Entidades representativas do setor. 3- Desenvolvimento histórico dos eventos 4- Classificação e tipologia de eventos 5- Estudo do perfil necessário a um profissional de eventos 6- Eventos no contexto turístico Unidade II: 1- Calendário de eventos 2- Fases do Planejamento de eventos: Pré evento, Trans evento, Pós evento 3- O Planejamento de eventos em Hotéis 4- Orientação para captação de eventos 5- O Projeto de um Evento

SP: Ed. a leitura dos textos solicitados. Obs. elogios pelo que estiver correto e assim culminar com um fechamento a contento do aprendizado da disciplina. debates e exercícios práticos. se necessário. Maria Lúcia. Pioneira. GIACAGLIA. o comparecimento à visita técnica.FACULDADE SETE DE SETEMBRO – FASETE Credenciada pela Portaria/MEC nº 206/2002 – D. • Na segunda etapa será realizado um trabalho em grupo que consiste na elaboração do projeto de um evento. Caxias do Sul: EDUCS. material didático. Está prevista a execução de uma palestra e de pelo menos uma visita técnica. . Organização de eventos: Teoria e prática. Ao final de cada apresentação haverá um momento de discussão e apontamento das falhas . para cada uma das duas etapas. Barueri.O. MATIAS. Manual de eventos. SISTEMA DE AVALIAÇÃO: A avaliação da disciplina será processual e formativa. Em caráter complementar. além de leituras individuais e construção e execução de um projeto de evento pela turma.866. bem como. BETTEGA. com base nos conhecimentos adquiridos.)Nas apresentações orais. Renato Brenol.312-3 6. Serão utilizados: Retro-projetor. Maria Cecília. 2004. através de e-mail. por parte do professor) 9.a parte escrita do projeto entregue e o material que será utilizado para dar apoio as apresentações.Panorama do setor de eventos 7. 8. BIBLIOGRAFIA: BÁSICA ANDRADE. e constará de duas etapas. a apresentação em sala de cada membro do grupo. Caxias do Sul: Educs. a freqüência. METODOLOGIA DO TRABALHO: A disciplina será trabalhada a partir de aulas expositivas. Marlene.544/0001-29 e Inscrição Municipal nº 005. o cumprimento das normas técnicas.U. Os grupos constarão de no máximo 5 componentes onde será avaliado a criatividade e viabilidade do evento. trabalhos e pesquisas solicitadas.com ( a orientação só será validada após a confirmação de recebimento. através da Rede Mundial de Computadores(INTERNET) no e-mail: ceciliamonteiro5@hotmail. bem como a entrega de relatórios. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: 03. todos os alunos deverão estar presentes em sala para prestigiar e participar das apresentações dos colegas. quadro e pincel. 7. pesquisa de reportagens e outros. o professor oferece atendimento. diariamente. Data Show.Atualizações em eventos através de textos e palestra 6. onde serão consideradas a participação dos alunos em sala. 2004. Organização de eventos: procedimentos e técnicas. aos eventos e demais atividades relacionadas à disciplina. Somar-se-á a esta nota: • Na primeira etapa uma prova escrita valendo de 0 a 10 pontos. 2000. ATENDIMENTO EXTRA-CLASSE: Semanalmente serão alocadas os seguintes horários para atendimento dos alunos: 2ª Feira: 13:00 –17:30 horas Havendo necessidade dos alunos é possível a definição de outro horário para orientação. SP: Manole. caso não estejam presentes em TODAS as apresentações terá sua nota oral diminuída em 0. Terá o valor de zero a dez (0 a 10) pontos. Eventos e cerimonial: simplificando as ações.5 para cada trabalho que faltar.

ISSN: 1516389-X BLANCO. Andréa. Gestión y organización de congressos.866. 1997. Cristina. Eventos: cerimoniais. RJ: SENAC. Francisco Paulo. SP: Nobel. COMPLEMENTAR ANDRADE. Tudo sobre eventos. 1998. 2000. 1999. Masahiro.. SP: Papirus. Francisco Paulo. 2ª ed. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: 03. COSTA. Rio de Janeiro: Sprint. RJ: Conrerp. São Paulo: Contextos. SP: Scritta. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES (*) (*)=Assuntos trabalhados no PIT. MEIRELLES. 1989. São Paulo: Expo Planejamento.FACULDADE SETE DE SETEMBRO – FASETE Credenciada pela Portaria/MEC nº 206/2002 – D. RJ: InfoBook. ZANELLA. Criatividade em eventos. MELO NETO. 1999. 2000. Campinas. organização e cerimonial. MIYAMOTO. Dirceu. Tudo acaba em festa. 1987. . SP: Atlas. Administração de congressos científicos e técnicos. Rio de Janeiro: Sprint. etiquetas e protocolos. Cândido Teobaldo de Souza. Gilda Fleury. JOLLES.U. Manual de organização de eventos: planejamento e operacionalização. Como administrar reuniões. Sérgio Norman. 2ª ed. Técnicas de organização de eventos.312-3 MELO NETO. Francisco Paulo de. 2004. REVISTA DOS EVENTOS. SENAC. Madrid: Sintesis. SP: Loyola. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES (*) 11. Paloma. SP. Markeing de Eventos. NAKANE.O. Marketing de Eventos. Goiânia: AB. Organização de eventos e solenidades. Como organizar congressos e convenções. Festas e recepções: gastronomia. Robert L. Marketing e Consultoria.Como conduzir seminários e workshops. Luiz Carlos. 1996. MELO NETO.1995. 2000. 2002. VELOSO. GIÁCOMO. 2000. SP: Pioneira. Aloysio Teixeira. GRAMÁTICO. 10. 2001.544/0001-29 e Inscrição Municipal nº 005.