You are on page 1of 3

ROTEIRO PARA REGISTRO DE ASSOCIAÇÕES CIVIS MARLON ROBERTO DE BRITO – Oficial de Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoas

Jurídicas da Comarca de Cabreúva - SP Documentos e requisitos necessários para registro de associações civis (atualizado com o novo Código Civil Brasileiro - rev.
12.07.12.10)
(utilize este roteiro para checar se todos os requisitos legais foram observados)

A - Requerimento de registro da associação ao Oficial de Registro Civil de Pessoas Jurídicas: 1) a denominação da associação 2) o endereço da sede da associação 3) nome e assinatura do(s) representante(s) legal(ais), dispensado o reconhecimento de firmas no requerimento 4) apresentar em pelo menos uma via (v. modelo de requerimento contido em nossa página principal) B - Estatuto Social Requisito 1 denominação da associação Fundamento legal Lei n. 6.015/73, art. 120, I CC/2002, art. 46, I CC/2002, art. 54, Lei n. 6.015/73, art. 120, I CC/2002, art. 46, I CC/2002, art. 54, I Lei n. 6.015/73, art. 120, I CC/2002, art. 46, I CC/2002, art. 54, I Lei n. 6.015/73, art. 120, I CC/2002, art. 46, I CC/2002, art. 54, IV Lei n. 6.015/73, art. 120, I CC/2002, art. 46, I Lei n. 6.015/73, art. 120, IV CC/2002, art. 46, V CC/2002, art. 54, III CC/2002, art. 55 CC/2002, art. 54, II CC/2002, art. 57, 1a. parte

2

fins da associação

3 4 5 6 7 8 9 10 11

sede (endereço completo) fundo social, quando houver indicação da fonte dos recursos para manutenção da associação tempo de sua duração, ou disposição de que vigorará por tempo indeterminado declarar se os membros respondem ou não, subsidiariamente, pelas obrigações sociais direitos e deveres dos associados os associados devem ter iguais direitos, mas o estatuto poderá instituir categorias com vantagens especiais requisitos para admissão, demissão e exclusão dos associados a exclusão do associado só é admissível havendo justa causa, obedecido o disposto no estatuto

RG. 54. 120. 6. VII (incluído pela Lei 11.: geralmente apenas o presidente é o representante legal. eleição e posse da primeira diretoria 1) mandato deve estar fixado (NSCGJ. 6. residência e . ativa e passivamente. assim. Mas poderá o estatuto social determinar que a sociedade seja representada por outras pessoas. 54.2005) CC/2002. art. VI CC/2002. VI Lei n.015/73. de 28. judicial e extrajudicialmente o modo de constituição e funcionamento dos órgãos deliberativos Lei n. instalação e aprovação de questões em assembléias assinatura do(s) representante(s) legal(ais) na última página e sua rubrica nas demais Obs.1). V CC/2002.06. VII (incluído pela Lei 11.2005) CC/2002.127. VI Lei n.790/1999. art. de inscrição na OAB. com a sua rubrica nas demais páginas 1°. CPF. 2) assinatura. nacionalidade.015/73.015/73. 46. NSCGJ. 54. art. toda e qualquer assinatura.06. §2° não contrariar normas de ordem pública da legislação em geral e do CC/2002. VI 13B a forma de gestão administrativa 13C a forma de aprovação das contas da administração 14 15 16 17 18 as condições para a alteração das disposições estatutárias em geral declarar se o ato constitutivo é reformável.906. XVIII. art. que. art. 6. 54. 19 20 21 22 23 24 assinatura de um advogado. então deverá cumprir as exigências contidas em todos os artigos da Lei Federal n° 9. art. deverá ter o respectivo reconhecimento de firma apresentar em duas vias originais. item 11. nome completo. art.Ata de assembléia de aprovação do estatuto social. 120.127. 120. V CC/2002. 46. Cap. art. art. IV Lei n. item 11 25 26 C . estado civil. Se a associação se enquadrar como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público). III CC/2002. de 28. profissão. também será consideradas representantes legais da associação. II CC/2002. as condições de extinção da pessoa jurídica destino do patrimônio em caso de extinção não contrariar artigos 59 e 60 do CC/2002. 120. art. 6. de 04/07/1994. art. e de que modo. XVIII. no mínimo não pode haver outra pessoa jurídica com a mesma denominação registrada no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Cabreúva não pode haver outra pessoa jurídica com a mesma denominação que ainda esteja registrada no Registro Civil de Pessoas Jurídicas da Comarca de Itu. no tocante à administração ou não. sozinhas ou em conjunto. Cap. no que diz respeito aos quóruns mínimos para convocação. especialmente nos artigos 40 a 61. com nome completo e número Lei 8. V CC/2002.015/73. 46. 54.12 13A o modo por que se administra e representa a associação. o que detinha competência até 21/10/2009 para registro de pessoas jurídicas sediadas em Cabreúva. art. art.

de 10/01/2002.015/73. que exige a sua individualização. geralmente). estado civil. mas é recomendável constar. 4) apresentar em duas vias (originais). 1-b) ou apresentar documento apartado. Tratando-se de atos de alteração de pessoas jurídicas já registradas. 1-b) ou apresentar em relação apartada. 6. Legenda: NSCGJ: Normas de Serviço da Corregedoria Geral da Justiça do Estado de São Paulo . publicado no Diário Oficial da União de 11/01/2002. Lei n. nacionalidade.domicílio do(s) representante(s) legal(ais).pode ser obtido em nosso site.sp.extrajudicial. 3) apresentar em duas vias. art. 10.Relação das pessoas presentes na(s) assembléia(s) 1-a) ou relacionar no próprio texto da ata. profissão.406. F . 3) constar RG.Cópia autenticada da cédula de identidade do representante legal da associação * para que se verificar a maioridade civil do representante legal. 120. que transcreva fielmente o conteúdo do livro de presenças. desde que assinada pelo representante legal da associação.br CC/2002: Lei n. As associações constituídas na forma da legislação anterior ao novo Código Civil.gov. terão o prazo de um ano para regularizar-se. CPF e domicílio dos membros da diretoria (Lei n. com a menção expressa de que seus dizeres correspondem ao conteúdo do livro (ou relação) original. com firma reconhecida e sua rubrica em todas as folhas.podem ser obtidas no Portal do Extrajudicial . CPF. inciso II). 120.Relação dos instituidores da associação 1-a) ou constar do texto de uma das atas. residência e domicílio dos instituidores. RG. A lei não exige expressamente. O texto do novo Código Civil pode ser obtido em nosso site. conforme o disposto no artigo 2. . 4) apresentar em duas vias. no mínimo. no mínimo. 2) constar nomes completos dos instituidores.031. em duas vias.Novo Código Civil Brasileiro . 10. Este informativo apenas apresenta os principais requisitos exigidos para a constituição de associações civis. de 01/01/2002 . 3) nomes completos.1. VI. com base na legislação vigente e no novo Código Civil.www. com firmas reconhecidas (apenas o presidente. tendo em vista o CC/2002. salvo disposição legal em contrário.015/73. art. 2) as pessoas empossadas nos cargos devem estar presentes na respectiva assembléia. assinado pelo(s) representante(s) legal(ais). nacionalidade. D . E . artigo 46. estados civis.tj. 6. Anotações importantes sobre o novo Código Civil Brasileiro O Novo Código Civil Brasileiro.033 do novo código. inciso II. Cap.406. 46. conforme consta do artigo 2. com firma(s) reconhecida(s) e rubricas em todas as páginas. entrará em vigor no dia 11/01/2003. o novo Código Civil deve ser observado desde logo. profissões (Lei n. * a reprodução deste artigo exige autorização prévia do autor. XVIII. CC/2002. NSCGJ. item 11. caso não estejam de acordo com os novos requisitos. VI).