You are on page 1of 2

Uma publicação eletrônica da EDITORA SUPERVIRTUAL LTDA.

Colaborando com a preservação do Patrimônio Intelectual da Humanidade.

WebSite: http://www.supervirtual.com.br
E-Mail: supervirtual@supervirtual.com.br
(reprodução permitida para fins não-comerciais)

ESPERANÇA DE UM FUTURO MELHOR: CHEGA DE TUTORES!

Estamos chegando ao Século XXI.
Quanta esperança no ar, quantas expectativas em nossas mentes.
Todos almejamos por dias melhores, por uma sociedade mais justa, com
possibilidades de ascensão idênticas para todos.
Estamos juntos aguardando dias melhores, com liberdade, saúde, meios para que
possamos viver mais dignamente.
Tudo isso, porém, é esperança.
Monteiro Lobato, o grande escritor patrício, que foi amigo de meu pai, dizia-lhe
sempre:
“- Roberto Abrahão, é fácil o Brasil ser independente: basta que cada brasileiro o
seja!”
E isso há mais de quarenta anos!
Meu saudoso amigo e parceiro Raul Seixas “bolou” a Sociedade Alternativa, cuja
proposta era:
Que o único motivo da Sociedade existir seja o homem (e a mulher).
Na sociedade vigente, pouco importa sua orientação político-ideológica ou
religiosa-filosófica; o único motivo do homem existir é a sociedade.
Esses dois gênios contemporâneos se foram, juntos com outros pensadores imortais.
E a sociedade não mudou.
Mas tem como mudar?
Tem, claro.
Não com revoluções, guerras, revoltas.
Nem tampouco com a passividade total e absoluta.
Creio que a única maneira de a sociedade iniciar a longa caminhada rumo a
melhores dias é permitir que cada indivíduo melhore.
Assim, teremos uma sociedade mais saudável, quando uma maior parcela da população for
mais saudável; a sociedade será mais próspera, quando as pessoas tornarem-se mais
prósperas.
Mas há um passo que os governantes devem dar, no sentido de auxiliar a melhora da
sociedade como um todo - a opção da Verdade.
Como dizia Jesus Cristo, “A Verdade vos libertará!”
Acho que é chegada a hora de aposentarmos os tutores.
Os plebiscitos são um início dessa visão.
Mas falta o esclarecimento dos temas a serem votados.
Falta impedir que grupos poderosos, não importa detentores de qual poder,
continuem a manipular a opinião pública, fazendo com que o povo opte pela vontade dos
manipuladores, não pela sua própria.
Chega de tutores!
Temos, todos, liberdade de escolha.
Não importa se os temas são polêmicos - a intolerância vem da ignorância e da
desinformação.
Com esclarecimentos sérios, só comprometidos com a Verdade, todos teremos a
possibilidade de escolhermos o que é melhor para nossa vida.
E teremos, mesmo, a opção de errar.
Só erra quem faz.
Só cai do cavalo quem monta.
Basta de escolherem por nós!
Pouco importa o assunto, o problema; só nós podemos escolher o que é melhor para
nossa existência.
Aborto, drogas, sexo, armas, eutanásia, álcool, fumo - para cada tema polêmico,
encontramos dúzias de pessoas dispostas a escolher o que é “melhor” para nós.
É hora de acabar com a mentalidade arcaica de decidir pelos outros.
Desde que o assunto seja pertinente única e exclusivamente a nós mesmos, e que
suas conseqüências, ao menos diretas, não transtornem os rumos da ordem social, só o
indivíduo pode e deve escolher a sua opção.
Vamos rumar para um futuro no qual sejamos tratados como seres inteligentes, não
animais irracionais que dependam do discernimento do dono para comer o alimento mais
adequado.
Chega de tutores!
Vamos procurar, por nós mesmos, o melhor caminho.
Preparemo-nos para escolher o melhor!

J.R.R.Abrahão.

Related Interests