You are on page 1of 4

Mudras: Posturas com a

Mãos
Os Mudras são posturas feitas com as mãos usadas na Ioga na
dança e nas imagens sagradas do Budismo para despertar e
harmonizar os centros energéticos do corpo. Usados na
iconografia Buddhista e no Vajrayana, cheios de simbolismo e
beleza, esses gestos criam uma conxão do praticante com a
energia do Buddha que é invocado pela repetição dos mantras.
Eles podem ser praticados a qualquer hora, trazendo calma e
concentração para sua vida.

Abhaya Mudra
Gesto do Destemor. Também
chamado de O Gesto da
Renúncia.
O gesto da proteção; os dedos da mão direita ficam
levantados. Associado à benevolência do Buddha
Shakyamuni e ao Dhyani-Buddha Amoghasiddhi.

Bhumisparsa Mudra
Um chamado à Terra
para testemunhar O
Gesto da Iluminação
A mão direita com a ponta dos dedos pressionando a terra. A
posição da mão esquerda simboliza meditação. Juntas, elas
representam a superação de Buda os obstaculos enquanto
meditava no vazio. Associado à firmeza inabalável do
Buddha Shakyamuni e ao Dhyani-Buddha Akshobhya.
Bhutadamara Mudra
Gesto de impedir o Mal
O gesto da proteção.

Buddhashramana Mudra
Gesto de Além da
Miséria. Também
chamado o Gesto da
Renúncia
O gesto da renúncia, da eliminação do apego.

Dharmacakra Mudra
Gesto do Ensinamento
Dhyana Mudra
Gesto da Meditação
O canal nervoso associado com a mente da Iluminação
(Bodhichitta) passa pelos polegares. Assim, juntando os dois
polegares nesta postura, com a mão direita sobre a esquerda, é
de um significado auspicioso para o futuro desenvolvimento
da mente de iluminação. Associado à meditação do Buda
Shakyamuni e do Dhyani-Buddha Amitabha.

Namaskara Mudra
Gesto da Prece
O Mudra da oração e da saudação. A simples união de suas mãos no
centro do peito simboliza a luz do coração que se irradia para a pessoa
que está à sua frente e também para o ser divino que você é.
Cumprimenta-se a pessoa com esse gesto dizendo a palavra
NAMASTÊ, que quer dizer: "O deus que habita em mim saúda o deus
que existe em você."

Tarjani Mudra
Gesto de impedir o Mal
O gesto da eliminação de negatividades.

Varada Mudra
Gesto da Compaixão
O gesto da realização dos desejos; os dedos da mão
direita ficam abaixados. Associado à generosidade e à
compaixão do Buddha Shakyamuni e ao Dhyani-
Buddha Ratnasambhava.
Vitarka Mudra
Gesto do Debate
O gesto da explicação; as pontas dos dedos
polegar e indicador da mão direita ficam se
tocando. (Em uma variante, a mão direita faz o
Abhaya-mudra e a mão faz o Varada-mudra.)
Associado às explicações do Buddha
Shakyamuni e ao Dhyani-Buddha Vairochana.

Gesto de Girar a Roda do
Dharma e Meditação
O gesto da mão direita representa girar a roda do dharma,
enquanto que o da mão esquerda simboliza meditação. Os dois
juntos simbolizam ensinar o Dharma enquanto se medita no
vazio.

Gesto de Girar a Roda do
Dharma
O polegar e o dedo indicador da mão direita representam sabedoria e
método combinados. Os outros três dedos levantados simbolizam o
ensinamento da Doutrina Budista, que leva os seres comuns aos
caminhos dos seres das três habilidades. A posição da mão esquerda
simboliza os seres das três habilidades, que seguem o caminho
combinado do método e sabedoria. Associado ao ensinamento
de Buddha Shakyamuni, ao Buddha Maitreya e, às
vezes, é utilizado em representações dos Dhyani-
Buddhas Vairochana e Amitabha.

Gesto da Suprema
Realização e Meditação
O gesto da mão direita simboliza a concessão da suprema
realização. O gesto da mão esquerda simboliza meditação.
Juntos, eles representam o poder de Buda de conceder
realizações supremas e gerais à seus discípulos, enquanto Ele
medita no vazio.