You are on page 1of 4

Proteções Balísticas

Uma publicação eletrônica da Editora Supervirtual Ltda.

Colaborando com a preservação do Patrimônio Intelectual da Humanidade.

WebSite: http://www.supervirtual.com.br

E-Mail: supervirtual@uol.com.br

(reprodução permitida para fins não-comerciais)

Proteções Balísticas

Lá vou eu de novo...

Quem quer APRENDER a FAZER seu próprio COLETE RESISTENTE A BALA,
com materiais baratos, sem controle das autoridades, de aquisição simples e
desburocratizada?

Bem, Colete, Chapéu, Prancheta, Capa de Chuva, etc...

Só depende da criatividade individual! Se pedirem, eu dou a receita... E NÃO
ESTOU BRINCANDO - É SÉRIO!

Bem...

Já que querem...afinal, pediram...eis aqui!!!

Material necessário:
- dois pedaços de couro de vaca, couro crú, do ventre do animal, com 5mm. de
espessura, e com cerca de 40 x 50 cm. de largura (esse couro é do tipo usado
antigamente pelos sapateiros para fazer a "meia-sola", recondicionado o solado de
sapatos antigos);
- 3 litros de água; - uma colher (de sopa) de sal comum; - uma colher (de sopa) de
alúmem; - 40 Kg. de gesso.
Execução:
- primeiro, põe-se o couro dentro de um reservatório, mergulhado nessa mistura,
por 24 horas;
- com o gesso, faz-se um molde de nosso tronco, tipo uma "peiteira" para a frente,
e outro similar para as costas;
- com os moldes secos, torna-se a moldar com gesso, desta vez sobre os moldes
anteriormente confeccionados, em suas partes externas (as maiores, certamente,
pois as menores ficarão por dentro);
- com esses moldes secos, pega-se o couro e coloca-se sobre os moldes que foram
feitos sobre nosso corpo, de forma que esse tome a forma do molde de gesso;
- é necessário colocar o "outro" molde de gesso (o maior) sobre o couro, colocando
um peso em cima, para forçar a moldagem; - fica-se, assim, com um sanduiche de
gesso, recheado com o couro;
- passadas 48 horas, o "colete" estará pronto; - seria bom, antes de pô-lo a moldar-
se, fixar-se alças de nylon ou presilhas de metal, para prender-se cordas, fitas de
nylon ou couro, etc, ou adereços em velcro, para a fixação ao tronco.
Esse mesmo expediente pode ser realizado para a confecção de chapéus, bonés,
capacetes, protetores das laterais do corpo, mascaras para proteger o rosto (tipo do
"Jason/Sexta-Feira 13"), ombreiras, golas (pescoceiras), capas e coleiras para
animais, "encartes" para valises e pastas, até mesmo chapas de proteção para
serem colocadas dentro da lataria de veículos para blindá-los.

Isso sem falar em escudos... imaginem o que alguém, num espaço confinado de um
apartamento, pode fazer, protegido por um escudo, e armado de uma espada bem
afiada...!

Nessa espessura, 5mm, e executado como prescrito, esse material dá a mesma
proteção do Nível II+ (NIJ) (talvez até do Nível III-A), ou seja: - .22 LR fuzil 22"
chumbo sólido HV; - .25 ACP FMJ AP (6.35 mm Browning); - .32 ACP FMJ AP
(7.65 mm Browning); - .380 ACP +P FMJ AP (9 mm Browning); - .32 S&W Long
chumbo sólido; - .38 SPL. +P+ FMJ AP; - .357 MAG FMJ cano de 22"; - .45 ACP
+P FMJ AP: - .40 S&W FMJ; - 9mm Luger +P+ FMJ cano de 10" (9x19 OTAN); -
.41 MAG FMJ cano de 22";; - .38 SUPER +P+ FMJ; - .357 SIG FMJ; - .38-40
WCF SJSP; - .44-40 WCF SJSP; - .44 MAG FMJ cano de 22"; - 12 Magnum 3"
balote Foster, Brennekke ou Ideal, todo tipo de chumbo; e TALVEZ até de .30 M1
Carbine FMJ; - MAIS... Facas, Adagas, Estiletes, Chaves-de-Fenda, Furadores-de-
Gelo, Floretes, Flechas, Espadas...
E dá ALGUMA proteção contra choques muito potentes (+700KW), etc. (inclusive
Taser, Air-Taser, Stun-Gun, Picanha, etc.)

Se funciona?

Ora, os Legionários Romanos conquistaram o mundo com essas proteções!!!

E as armas de então (lanças, dardos, gladius, furavam MUITO mais que as
munições das armas de fogo portáteis modernas, ora!

Bom divertimento!!!

PS:

Alguém quer saber COMO transformar esse "colete" para os Níveis III (5.56x45
NATO, 7.62x39 AK e 7.62x51 NATO) e IV (.30-06 AP)?

Se quiserem, peçam que envio a "receita"...!!!

Ih!

Tão pedindo...
Então, vá lá!

Níveis mais elevados de proteção...

Material necessário:
- Uma placa do material descrito abaixo, reta ou ligeiramente curvada (para
acompanhar a curvatura do torso), e com as quatro extremidades chanfradas,
evitando ferimentos.
A placa rígida aqui descrita deve ser colocada sobre o colete de couro (ou qualquer
outro colete macio, flexível, em Kevlar, Spectra Shield ou Twaron), assim fica o
colete de couro como um intermediário entre nosso corpo e a placa rígida. Nunca
deve-se usar a placa rígida, sem a proteção de um colete balístico intermediário.
Para Nível III (5.56x45 NATO FMJ BALL, 7.62x39 AK FMJ BALL, 5.45x39 AKS
FMJ BALL, .30 M1 Carbine FMJ BALL, 7.62x51 NATO FMJ BALL, 9x19 NATO
FMJ AP, .357 MAG. FMJ AP, .44 MAG FMJ AP, 12 SABOT SLUG) - AÇO
(RHA), 17 lbs/ft2 ou 83 Kg/m2, 10.6 mm ou 0.42" de espessura ou - AÇO 500 BHN,
11 lbs/ft2 ou 54 Kg/m2, 6.86 mm ou 0.270" de espessura ou - AÇO "DUAL-
HARD", 9 lbs/ft2 ou 44 Kg/m2, 5.6 mm ou 0.22" de espessura ou - ALUMÍNIO, 14
lbs/ft2 ou 68 Kg/m2, 25 mm ou 0.985" de espessura.
Para Nível IV (7.62x63 ou .30-06 US FMJ AP, e todos os calibres acima com ponta
AP) - AÇO Rc 55-56, 12 lbs/ft2 ou 59 Kg/m2, 7.47 mm ou 0.29" de espessura ou -
AÇO "DUAL-HARD", 11.5 lbs/ft2 ou 56 Kg/m2, 7.15mm ou 0.28" de espessura ou
- ALUMÍNIO, 19 lbs/ft2 ou 93 Kg/m2, 34.5 mm ou 1.36" de espessura.

Ah!

E se quiserem aumentar a proteção contra facas, adagas, floretes e similares,
vejam neste Site (www.supervirtual.com.br) as instruções para a construção de
"Chain-Mail", aquelas malhas medievais feitas de elos (argolinhas) de metal (aço).
E usem o "Chain-Mail" conjuntamente ao "colete"!

E dêem um tempinho que postaremos como realizar Blindagens em Nivel V e em
Nivel VI, ou seja, que protejam contra disparos de metralhadoras e fuzis calibre
.50 Browning (12,7mm x 99mm) respectivamente com munição "Ball"e "Armor-
Piercing"...

Duvidam?

É só esperar!

A Verdade Liberta!

Observação importante: Segundo o R-105, legislação que regulamenta os Produtos
Controlados no Brasil, classificam-se os "coletes" balísticos até o Nível III-A (3 A)
como de Uso Permitido, e os de Níveis III (3) para cima como de Uso Restrito.
Além disso, também regulamenta a produção, teste, comercialização, estocagem,
transporte, etc. de todo tipo de Material Controlado.
O R-105 está disponível neste Site (www.supervirtual.com.br) - gratuitamente.
Assim, não há desculpa para desconhecê-lo!
Portanto, se houver interesse em desenvolver esse produto, consulte esse material e
procure as autoridades competentes.
A informação disponibilizada neste documento visa, somente, informar, divulgar o
conhecimento e preservá-lo.
Não construa nenhum tipo de material balístico sem muitos testes adequados e,
principalmente, nunca deixe de atender a Lei vigente.
Informação como a que se obtém aqui não é ilegal.
Pô-la em prática pode ser e, além do mais, não há nenhuma garantia que esse
material seja realmente capaz de parar projéteis disparados por armas de fogo
mantendo a integridade de seu usuário.
Os autores e o editor não se responsabilizam pelas aplicações práticas das
informações aqui contidas.
São só informações - ninguém pode garantí-las!

Assim, uma vez mais, afirmamos:
Aprenda mas não faça!

Por Jorge A. Canale (*) & J.R.R.Abrahão (jrra@ajatoempresas.com.br)
(*falecido em 12/2003)

Related Interests