SISTEMA CIRCULATÓRIO

Tipos de Circulação 1 - Circulação Aberta e Fechada: Animais como os artrópodes e a maioria dos moluscos são dotados de um sistema cardiovascular denominado aberto ou lacunar Nesse caso, o aberto, lacunar. sangue circula por um sistema de vasos e também por lacunas ou lacunas, hemoceles, hemoceles, que são espaços existentes entre os órgãos. Nos anelídeos, nos moluscos e nos vertebrados, o sangue flui exclusivamente pelo interior de vasos. Por isso, a circulaç é denominada circulação fechada. fechada Dupla: 2 - Circulação Simples e Dupla: A circulação é simples quando o sangue passa apenas uma vez pelo coração em um circuito completo pelo corpo. Esse tipo de circulação é verificada nos peixes, cujo coração é dotado de apenas duas cam camadas: ventrículo. um átrio e um ventrículo. O átrio recebe somente sangue venoso, que é bombeado pelo ventrículo até as brânquias, onde, após a hematose, transforma transforma-se em sangue arterial. A circulação é dupla quando o sangue passa duas vezes pelo coração em um circuit completo circuito pelo corpo. Nesse caso, passam pelo coração o sangue arterial e venoso. Esse tipo de circulação ocorre nos anfíbios, nos répteis, nas aves e nos mamíferos. 3 - Circulação Incompleta e Completa: Sempre que a circulação é dupla e que há apenas um ventrículo ou quando o ventrículo é incompletamente dividido, o sangue venoso mistura mistura-se com o sangue arterial no coração e a circulação é considerada incompleta. É o caso dos anfíbios, dotados de incompleta. dois átrios e um ventrículo, e dos répteis, geralmente portadores de dois átrios e dois ventrículos portadores incompletamente divididos. Nos homeotermos (aves e mamíferos), o coração é dotado de quatro câmaras completamente divididas: dois átrios e dois ventrículos. O sangue arterial não se mistura com o sangue venoso e a circulação é chamada de completa completa. Em resumo, nos animais vertebrados, temos os seguintes tipos de circulação: fechada e simples: peixes ósseos e cartilaginosos; fechada, dupla e incompleta: anfíbios e répteis; fechada, dupla e completa: aves e mamíferos. Vasos Sanguíneos Nos sistemas cardiovasculares podemos reconhecer três tipos fundamentais de vasos sangüíneos:

Hemácias: As Hemácias No homem. São anucleadas.Componentes do Sangue O sangue é formado por uma substância fundamental líquida. têm curta duração (cerca de 120 dias). colesterol. Capilares: 3 . o plasma. as células. uréia. anticorpos. bicôncavas e altamente especializadas no transporte de gases. triglicerídeos. os glóbulos brancos (leucócitos) e as plaquetas (trombócitos).9%. albuminas. emitindo pseudópodes. ou glóbulos brancos são células de diferentes formas. plasma: O plasma: tem 90-91% de água e 9-10% de substâncias orgânicas e inorgânicas.Veias: vasos que transportam sangue dos tecidos para o coração e apresentam paredes finas e pouco elásticas além de válvulas internas que impedem o refluxo do sangue. 2 . A hemoglobina fica distribuída por todo o citoplasma das hemácias. Seu núcleo pode ser simples ou lobulado. O Sangue Sangue: 1 . creatinina. .5 a 5 milhões por mm3 de sangue. hormônio.Artérias: 1 . Têm a propriedade de atravessar as paredes dos capilares sangüíneos (diapedese) e deslocam-se em diferentes tecidos. as hemácias ou eritrócitos são células discoidais. podendo assim captar os gases respiratórios que atravessa a delicada membrana plasmática dessas células e transportá-los para o organismo.Capilares: são vãos de calibre fino. enzimas. Esse número varia bastante. e uma molécula de globina. A fração de sais é pequena. cerca de 0. portanto células amebóides e podem facilmente fagocitar organismos e corpos estranhos. e seu número médio atinge 4. Das substâncias orgânicas são importantes: glicose. e elementos figurados. A hemoglobina é um pigmento que contém ferro. excretas e outras substâncias. São. que é uma proteína simples. dependendo de fatores internos (anemia) e externos (altitude). A rede capilar que irriga os tecidos é tanto mais desenvolvida quanto maior for a atividade metabólica do tecido. que são os glóbulos vermelhos (hemácias). ácido úrico. responsável pela sua cor avermelhada. Leucócitos: Os Leucócitos Os leucócitos. e o citoplasma pode se apresentar hialino ou ter finas granulações. as artérias são dotadas de uma parede muscular espessa e bastante elástica. tamanhos e funções. com paredes permeáveis.Artérias: vasos que transportam sangue do coração para os tecidos.

Grandes variações nesse número podem ocorrer em curtos espaços de tempo. No coração distinguem-se quatro câmaras: dois átrios e dois ventrículos. As Plaquetas: as plaquetas. que são as cavidades superiores. através da válvula bicúspide. que se originam por fragmentação de grandes células da medula óssea. O átrio esquerdo para o sangue arterial para o ventrículo esquerdo. funcionalmente. na realidade não são células. impelem o sangue para o interior das artérias. O átrio direito passa o sangue venoso para o ventrículo direito. os megacariócitos. os átrios e os ventrículos situados no mesmo lado se comunicam. formada por duas lâminas que lembram a mitra usada pelos bispos. que são as cavidades inferiores e que também não se comunicam entre si. através da válvula tricúspide. dupla e completa. da seguinte maneira: . No entanto. artérias pulmonares e veias pulmonares. apenas corpúsculos de várias formas. assim chamada por possuir três lâminas em sua constituição. veias cavas. Esses vasos caracterizam-se. ou trombócitos. Os átrios.A taxa normal de leucócitos é de 7 a 9 mil por mm3 de sangue. ou mitral. Circulação Humana Na espécie humana a circulação é fechada. Seu número médio é de 200 mil a 300 mil por mm3 de sangue e estão diretamente relacionadas à produção da enzima tromboplastina que é um dos fatores responsáveis pela coagulação. A figura abaixo mostra o esquema da circulação. destacando quatro tipos básicos de vasos: artéria aorta. recebem o sangue trazido ao coração pelas veias e não têm comunicações entre si. Os ventrículos. revelando muitas vezes processos infecciosos e alérgicos no organismo.

que são uma das ramificações da aorta. A contração do músculo cardíaco é denominada sístole e o período de relaxamento. o que caracteriza o fenômeno chamado taquicardia. é auto-estimulável. é da ordem de 8 mmHg. a veia cava superior coleta sangue venoso dos órgãos e membros superiores. normalmente. enquanto a veia cava inferior coleta o sangue venoso dos órgãos e membros inferiores. Sistêmica: Grande Circulação ou Circulação Sistêmica é a que se estabelece entre o coração e todos os tecidos do corpo e permite a distribuição de gás oxigênio para as células vivas do corpo. sob o comando do bulbo. onde ocorre a hematose. quando o nervo cardíaco libera o neurormônio adrenalina no coração. diástole. normalmente. Quando o nervo vago. . O Coração Humano Nosso coração é constituído por um músculo denominado miocárdio. Quando ocorre a sístole. é da ordem de 12 mmHg. A intensa atividade muscular. são quatro Pulmonares: ares as veias pulmonares: de cada pulmão partem duas delas para o coração. a pressão sangüínea diminui nas artérias. Ao contrário dos demais músculos. o que permite uma eficaz eliminação do excesso de gás carbônico do organismo. o sangue passa duas vezes pelo coração em um circuito completo pelo corpo. Nessas condições.Artéria Aorta transporta sangue arterial do ventrículo esquerdo para os tecidos do corpo. configurando o fenômeno denominado braquicardia. libera o neurormônio acetilcolina no coração. Na verdade. de contrações vigorosas e involuntárias. ocorre aumento do ritmo cardiorrespiratório. Essas duas passagens determinam a divisão da circulação em dois tipos: Pulmonar: Pequena Circulação ou Circulação Pulmonar é a que se estabelece entre o coração e os pulmões e promove a oxigenação do sangue (hematose). provoca um significativo aumente de gás carbônico no sangue. Cavas: 2 . a contração do miocárdio promove uma pressão sangüínea no sistema arterial.Artérias Pulmonares transporta. por exemplo. o coração tem o ritmo de suas pulsações regulado pelo sistema nervoso central. Pulmonares: 3 . o miocárdio não depende do sistema nervoso para se contrair. existe uma artéria pulmonar para cada pulmão. região do átrio direito próximo ao ponto de penetração da veia cava superior. Pequena Circulação e Grande Circulação: Vimos que.Veias Cavas coletam o sangue venoso vindo dos tecidos. sob o comando do bulbo. As células musculares cardíacas são nutridas pelas artérias coronárias.Veias Pulmonares transporta o sangue arterial dos pulmões até o átrio esquerdo. Essa pressão sistólica pode ser medida e. durante um exercício físico prolongado. o ritmo das pulsações aumenta. que tende a se tornar ácido. o ritmo das pulsações diminui. Quando ocorre a diástole. transportando-o até o átrio direito.m sangue venoso do ventrículo direito até os pulmões. na circulação dupla.Aorta: 1 . através do bulbo (centro cardiorrespiratório). Embora auto-estimulável. O ponto de origem de todos os estímulos que determinam as contrações cardíacas situa-se no nódulo sinoatrial ou marca-passo. Essa pressão diastólica também pode ser medida e. logo no seu início. 4 .