AutoCAD 2009

Direitos Autorais
Todos os direitos sobre esta apostila pertencem a Frazillio e Ferroni Informática Comércio e Serviços Ltda. Fica proibida a reprodução total ou parcial por qualquer meio. Contato Tel.: 11-3224-1900 Email: ff@frazillioferroni.com.br www.frazillioferroni.com.br

Índice Introdução ................................................................................................................................ IX Capítulo 1 NAVEGANDO PELO AUTOCAD.............................................................................. 1 Workspace .............................................................................................................................. 2 Layout da Interface do Usuário................................................................................................ 2 Heads-up Design..................................................................................................................... 3 Ribbon..................................................................................................................................... 3 Adicionando e Removendo Tabs ou Panels ............................................................................ 3 Botão do AutoCAD / Drop-Down Menus.................................................................................. 3 Barra de status ........................................................................................................................ 4 Shortcut Menus ....................................................................................................................... 4 Layouts ................................................................................................................................... 5 Tool Palettes ........................................................................................................................... 5 Command Line Palette (Linha de Comando) ........................................................................... 5 Properties Palette (Propriedades) ............................................................................................ 6 DesignCenter Palette............................................................................................................... 6 InfoCenter / Communication Center ...................................................................................... 13 Menu de Help ........................................................................................................................ 13 Trabalhando com Arquivos.................................................................................................... 14 Criando Novos Desenhos...................................................................................................... 14 Gravando os Desenhos ......................................................................................................... 15 Exercício 01: Navegando Pelo AutoCAD............................................................................... 16 Exercício 02: Utilizando o Design Center .............................................................................. 19 Capítulo 2 VISUALIZANDO OBJETOS ................................................................................... 23 Pan ....................................................................................................................................... 23 Zoom ..................................................................................................................................... 24 Zoom Window ....................................................................................................................... 24 Zoom Extents ........................................................................................................................ 25 Zoom Previous ...................................................................................................................... 25 Zoom All ................................................................................................................................ 25 Zoom Center ......................................................................................................................... 26 Utilizando o Botão de Scroll do Mouse .................................................................................. 26 Regen ................................................................................................................................... 26 Exercício 03: Visualizando Objetos ....................................................................................... 27 Capítulo 3 INTRODUZINDO DADOS ....................................................................................... 29 Linha de Comando ................................................................................................................ 29 Sistemas de Coordenadas .................................................................................................... 29 Coordenadas Cartesianas ..................................................................................................... 29 Coordenadas Polares............................................................................................................ 30 Ângulo Polar.......................................................................................................................... 30 Coordenadas Absolutas e Relativas...................................................................................... 30 Entrada Dinâmica (Dynamic Input) ........................................................................................ 31 Dimensional Input Mode ........................................................................................................ 31 AutoCAD 2009 I

Pointer Input Mode .................................................................................................................31 Exercício 04: Utilizando a Entrada Dinâmica.......................................................................... 32 Capítulo 4 CRIANDO OBJETOS BÁSICOS ............................................................................. 35 Line........................................................................................................................................ 35 Circle ..................................................................................................................................... 35 Arc ......................................................................................................................................... 37 Rectangle .............................................................................................................................. 38 Polygon.................................................................................................................................. 39 Erase ..................................................................................................................................... 39 Undo ...................................................................................................................................... 40 Redo e Mredo ........................................................................................................................ 41 Exercício 05: Criando Objetos Básicos .................................................................................. 42 Capítulo 5 UTILIZANDO OBJECT SNAP, POLAR TRACKING E POLAR SNAP ................... 45 Objects Snaps ....................................................................................................................... 45 Running Objects Snaps..........................................................................................................45 Object Snap Override .............................................................................................................46 Utilizando Objects Snaps ....................................................................................................... 48 AutoSnap Aperture ................................................................................................................ 48 Caixa de Diálogo Options – Aba Drafting Settings ................................................................. 48 Exercício 06: Criando Objetos com Object Snap ................................................................... 49 Polar Tracking e Polar Snap .................................................................................................. 52 Caixa de Diálogo Drafting Settings – Aba Polar Tracking....................................................... 52 Caixa de Diálogo Drafting Settings – Aba Snap e Grid .......................................................... 53 Utilizando Polar Tracking e PolarSnap ...................................................................................54 Grid, Limits e Snap ................................................................................................................ 54 Modo Ortogonal (Ortho mode) ............................................................................................... 55 Exercício 07: Utilizando Polar Tracking e PolarSnap ............................................................. 56 Capítulo 6 UTILIZANDO OBJECT SNAP TRACKING ............................................................. 61 Object Snap Tracking ............................................................................................................ 61 Caixa de Diálogo Drafting Settings – Aba Polar Tracking....................................................... 61 Exercício 08: Utilizando Object Snap Tracking....................................................................... 62 Capítulo 7 TRABALHANDO COM UNIDADES ........................................................................ 63 Units ...................................................................................................................................... 63 Caixa de Diálogo Drawing Units............................................................................................. 63 Capítulo 8 SELECIONANDO OBJETOS .................................................................................. 65 Seleção tipo “Window” ........................................................................................................... 65 Seleção tipo “Crossing”.......................................................................................................... 66 Seleção de Objetos com Grips............................................................................................... 66 Seleção tipo “Window Polygon” ............................................................................................. 67 Seleção tipo “Crossing Polygon” ............................................................................................ 67 Seleção tipo “Fence” .............................................................................................................. 67 Seleção tipo “All”.................................................................................................................... 68 Seleção tipo “Last” ................................................................................................................. 68 AutoCAD 2009 II

Seleção tipo “Previous” ......................................................................................................... 68 Capítulo 9 MANIPULANDO OBJETOS ................................................................................... 69 Move ..................................................................................................................................... 69 Copy...................................................................................................................................... 70 Rotate ................................................................................................................................... 71 Mirror..................................................................................................................................... 72 Array ..................................................................................................................................... 73 Scale ..................................................................................................................................... 74 Exercício 09: Manipulando Objetos ....................................................................................... 76 Capítulo 10 TRABALHANDO COM LAYERS .......................................................................... 83 Layer Properties Manager ..................................................................................................... 83 Layer Status .......................................................................................................................... 84 Make Object’s Layer Current ................................................................................................. 85 Layer Previous ...................................................................................................................... 85 Layer States Manager ........................................................................................................... 85 Layer Tools ........................................................................................................................... 86 Layer Walk ............................................................................................................................ 86 Layer Match .......................................................................................................................... 86 Change to Current Layer ....................................................................................................... 87 Copy Objects to New Layer ................................................................................................... 87 Layer Isolate.......................................................................................................................... 87 Isolate Layer to Current Viewport .......................................................................................... 87 Layer Unisolate ..................................................................................................................... 88 Layer Off ............................................................................................................................... 88 Turn All Layers On ................................................................................................................ 88 Layer Freeze ......................................................................................................................... 88 Thaw All Layers..................................................................................................................... 89 Layer Lock............................................................................................................................. 89 Layer UnLock ........................................................................................................................ 89 Layer Merge .......................................................................................................................... 89 Layer Delete .......................................................................................................................... 90 Exercício 10: Trabalhando com Layer State .......................................................................... 91 Capítulo 11 ALTERANDO OBJETOS...................................................................................... 93 Trim ....................................................................................................................................... 93 Extend ................................................................................................................................... 93 Offset .................................................................................................................................... 93 Join ....................................................................................................................................... 95 Break..................................................................................................................................... 96 Fillet ...................................................................................................................................... 96 Chamfer ................................................................................................................................ 97 Stretch................................................................................................................................... 98 Exercício 11: Alterando Objetos ............................................................................................ 99

AutoCAD 2009

III

............ 108 Gradientes ................................................................................................... 129 Adicionando linhas ou colunas em uma tabela ..................................................... 110 Exercício 13: Utilizando Gradientes ............. 134 Exercício 16: Criando uma Tabela ................................................................................................................................................................................................................................... 121 Jogged Dimension .................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 142 Exercício 17: Criando Blocos com Atributos............ 146 Conexão de Dados (Data Linking) ............................. 154 AutoCAD 2009 IV ................................................................. 135 Capítulo 16 ATRIBUTOS DE BLOCOS............................ 149 Extração de Dados com Conexão de Dados.................................................................... 112 Capítulo 13 TRABALHANDO COM POLILINHAS ....................................................................... 117 Capítulo 14 DIMENSIONAMENTO E MULTILEADERS ....... 115 Polyline ..................................................................... 123 Associando um tipo de linha específico para as linhas de extensão ............................... 124 Multileaders ...................................................................................Capítulo 12 HACHURAS E GRADIENTES....................................... 124 Exercício 15: Utilizando Dimensionamento e Multileaders ........ 141 Anexando Atributos aos Blocos .... 129 Modificando uma tabela utilizando os grips........................... 141 Definindo Atributos de Bloco .........151 Exercício 18: Extraindo Dados de Tabela .............................................................................................................................................................................. 123 Localização do texto em cota angular ........................................................................................................................................................................ 122 Dimension Space .................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................. 143 Extraindo Dados de Blocos em Tabelas .......................................................... 116 Exercício 14: Trabalhando com Polilinhas ................................................................................................................... 130 Realizando cálculos em tabelas ................................................... 121 Arc Length Dimension. 116 Explode................................................................................................. 151 Criando um novo Link .................................................................................................................................................................................................................. 115 Polyline Edit ........................................................................................................................................................... 121 Cotas Associativas........................................................................................................................................................................................................................................................................ 123 Invertendo as setas de cotas ........................................................................ 105 Exercício 12: Utilizando Hachuras ............................................. 105 Hachuras ................................................................................................................................................ 122 Jogged Linear ........................ 122 Utilizando um comprimento fixo para as linhas de extensão ........................................... 126 Capítulo 15 TABELAS E FIELDS ............................................................................... 129 Criando uma tabela....................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 121 Reassociate Dimensions......... 130 Objetos Fields ...... 115 Editando Polilinhas ................................................................................ 121 Dimension Break .............................. 142 Criando uma Definição de Atributo ...........................................................................

............... 184 Layout ................Aba “Plug-ins” ..... 211 Caixa de Diálogo do CAD Standard ........................................................................ 185 Dimension ............................................................... 161 Exercício 19: Utilizando o Gerenciador de Blocos ................................................................................................................................................ 203 Capítulo 22 CAD STANDARD .............................................................................. 207 Criando um Arquivo Padrão ................................................................................................................................................................................. 208 Utilizando Arquivos Padrões .. 218 Batch Standards Checker ............. 193 Exercício 24: Personalizando um Tipo de Linha ...................................................................................... 188 File tools............................................... 219 Batch Standards Checker .. 207 Modificando um Arquivo Padrão..................................................................................................... 201 Exercício 25: Customizando uma Workspace ... 191 Web Links ....................................................................................................................................................................... 192 Help....... 217 Batch Standards Checker ......................................................................................... 163 Capítulo 18 BLOCOS DINÂMICOS ............................................................................................................................. 186 Modify .... 166 Ações ................................. 207 Exercício 26: Criando um arquivo padrão ..................................................................................... 186 Seletion tools...................................................................................................... 171 Capítulo 19 CALCULADORA GEOMÉTRICA ............................................................................................. 219 Batch Standards Checker ..................................................................................................................................................................................................................................... 198 Capítulo 21 PERSONALIZANDO A INTERFACE DO USUÁRIO .......................... 165 Ambiente do Editor de Blocos ........................... 218 Batch Standards Checker ................................................................................................Aba “Progress” ................................................................................................................................................ 177 Capítulo 20 FERRAMENTAS EXPRESS ................................................................................................................... 212 Exercício 27: Utilizando arquivo padrão .......................................... 192 Express Tools FAQ ................................................ 219 Exercício 28: Utilizando Batch Standards Checker ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 169 Exercício 21: Criando o Bloco Dinâmico Pia................. 210 Configuração do CAD Standard .............................Aba “Notes”....... 183 Textos .Capítulo 17 GERENCIADOR DE ATRIBUTOS DE BLOCOS (BATTMAN) .................................................................................................................................................................................. 183 Blocos ................................................................................................................................................................................................................. 213 Capítulo 23 BATCH STANDARDS CHECKING ................................................................................................................................................................. 165 Parâmetros....................................................... 220 AutoCAD 2009 V ........................................................................................................................................................................................................................................ 190 Tools .................... 187 Draw.......................................................... 188 Web tools .................................................... 175 Exercício 22: Utilizando a Calculadora Geométrica ...... 192 Exercício 23: Ferramentas Express.................... 168 Exercício 20: Criando o Bloco Dinâmico Porta ....................................................................................................................................................................................................................................Aba “Standards” ....................................Aba “Drawings” ..................

............................................................................................................................................ 247 Exercício 35: Definindo e Configurando as Viewports .......................... 253 Visão Geral ...................................................................................................................................................................... 223 Capítulo 24 LAYER TRANSLATOR .......................................................................................................................... 258 Plotando Arquivos em Outros Formatos ........................ 256 Visualizando uma Plotagem........................ 226 Caixa de Diálogo New Layer do Layer Translator ...................... 255 Definindo a Posição da Plotagem .......................................................................................... 255 Definindo a Orientação do Desenho ........................................................................................................................................................... 231 Recuperando arquivos de desenho ........ 228 Capítulo 25 GERENCIANDO DESENHOS .................................................................................................................................... 227 Exercício 30: Utilizando o Layer Translator ................................................................ 246 Ativando ou desativando viewports de Layout ........................................ 245 Controlando a Visibilidade em Viewports de Layout............ 256 Definindo Opções para Objetos Plotado ................................................................................................................. 240 Exercício 34: Configurando o Layout para Plotagem ................................... 253 Posicionando o Desenho no Papel ........................................... 238 Trabalhando no Model ............................................................................................. 255 Opções de Plotagem com Shaded.................................................................................. 238 Trabalhando no Layout ......................... 231 Trabalhando com arquivos DGN .................................................................................................. 236 Capítulo 27 TRABALHANDO COM LAYOUT ............................................................ 245 Redimensionando Visualizações nas viewports de Layout ........................................................................................................................................................... 241 Capítulo 28 CONFIGURANDO AS VIEWPORTS ............................. 246 Redimensionando Tipos de Linha no Layout .............. 238 Trabalhando em Model e Layout..... 257 Criando Arquivos de Plotagem ... 255 Definindo a Escala de Plotagem ....................................................... 238 Resumo do Processo............... 232 Exercício 31: Trabalhando com Arquivos DGN .................................................................................................................................................................... 249 Capítulo 29 PLOTANDO DESENHOS........................................... 225 Caixa de Diálogo de Configuração do Layer Translator ......................................................................................................................................... 258 Arquivos DWF de Plotagem .............................................................258 AutoCAD 2009 VI ................................................................................................................. 238 Utilizando o assistente de Layout para especificar configurações de Layout ................................................................................................................................................................................................................................................... 237 Compreendendo o Processo .................................................................................................. 235 Exercício 32: Utilizando Arquivo de Referência Externa......Exercício 29: Exportando o Relatório de Auditoria .......................................................... 233 Capítulo 26 REFERÊNCIAS EXTERNAS ............................. 247 Reutilizando Layouts e configurações.. 245 Congelando Layer em Viewport de Layout ................................................................................................................................................. 245 Bloqueando a Escala de Viewports de Layout ....................... 239 Exercício 33: Adicionando um Dispositivo de Plotagem ............................................................................................................................................................................... 225 Caixa de Diálogo Layer Translator .............................................................................................................................................................................................. 247 Salvando um modelo de Layout .................................

..................................................................................................................... 259 Plotar Arquivos Adobe PDF .......................... 260 Exercício 37: Trabalhando com Arquivos DWF ............................................................ 276 AutoCAD 2009 VII .......................................... 267 Editando um “Sheet Set” .................................................... 272 Exercício 39: Publicando um Sheet Set..................................................................... 262 Capítulo 30 eTRANSMIT ..... 259 Exercício 36: Configurando um Estilo de Plotagem .................................................................................................................................................................................................................................................................. 265 Modificando a configuração de transmissão .......... 265 Capítulo 31 SHEET SET MANAGER ....................................................................................................................................................................................................................... 269 Visualizando um “Sheet Set” .................. 271 Exercício 38: Criando um Sheet Set ........................................ 267 Criando um “Sheet Set” ...........................................................................................Arquivos de Formato Raster .........................................

AutoCAD 2009

VIII

Introdução
O AutoCAD é o software líder em CAD (Computer Aided Design – Projeto Assistido pelo Computador. Desenvolvido pela Autodesk para profissionais de diversas áreas como Arquitetura, Engenharia Civil, Mecânica, Elétrica, Hidráulica, Topografia, Decoração, Desenho Industrial, Tecnologia em Construção Civil, etc. É o software base para outros produtos verticais da Autodesk tais como: Land Desktop, AutoCAD Map 3D, AutoCAD Civil 3D, AutoCAD Mechanical, AutoCAD Arquitetural e Raster Design.

Pré-requisitos
• É recomendado que o aluno tenha conhecimento Microsoft Windows 98, NT 4.0, 2000, XP ou Vista.

Sobre a Apostila e o Conteúdo do CD-Rom
Esta apostila é composta de capítulos contendo a parte teórica e exercícios práticos. O CD anexado na contra capa desta apostila contém todos os arquivos necessários para completar passo a passo os exercícios deste treinamento.

Instalação dos arquivos do CD-Rom
• • Criar uma pasta com o nome: C:\ATC\CursoAutoCAD. Copiar todas as pastas e arquivos para o diretório criado.

AutoCAD 2009

IX

AutoCAD 2009

X

Capítulo 1 NAVEGANDO PELO AUTOCAD
Este capítulo descreve o ambiente de trabalho do AutoCAD e os tipos de interfaces que se deve ter familiaridade para se utilizar o software. O AutoCAD é iniciado da mesma maneira que outras aplicações Windows: Dando um duplo clique no ícone do AutoCAD 2009 localizado no seu desktop Selecionando: Iniciar > Todos os Programas > Autodesk > AutoCAD 2009 > AutoCAD 2009. A ilustração a seguir identifica os elementos chave de interface 1 2 3

4

6

5

8 7

1234-

Barra de Título Botão do AutoCAD Barra de Ferramentas de Acesso Rápido Ribbon

5678-

Área de Trabalho Cursor Linha de Comando Barra de Status

AutoCAD 2009

1

Workspace
O conjunto de menus, toolbars e palettes agrupados e organizados de modo a formar um ambiente de desenho orientado às tarefas (tasks) são denominados de Workspace. Ao utilizar uma workspace serão exibidos apenas os menus, toolbars e palletes relevantes a tarefa a ser executada. Por padrão, o AutoCAD possui três configurações de workspaces: 2D Drafting & Annotation, 3D Modeling e AutoCAD Classic.

2D Drafting & Annotation

3D Modeling

AutoCAD Classic

Layout da Interface do Usuário
Alguns elementos são comuns à nova interface de aplicações do Windows Vista, tais como Botão do Aplicativo, Barra de Ferramentas de Acesso Rápido e as Guias de Comandos, chamada de Ribbon no AutoCAD e que substitui a Ribbon de versões anteriores.

AutoCAD 2009

2

1 . Podemos ligar ou desligá-la utilizando o Botão do AutoCAD > Tools > Palettes > Ribbon. basta posicionar o cursor junto aos títulos das Tabs e clicar com o botão direito do mouse. As Tabs são divisões que contem grupos de ferramentas chamados Panels (painéis). 2 . mesmo sem estar com o cursor sobre ele. Adicionando e Removendo Tabs ou Panels Para habilitar ou desabilitar uma Tab ou Panel específico. cada Panel contém ferramentas relacionadas às mesmas tarefas usuais. AutoCAD 2009 3 . Ribbon A Ribbon é uma palheta especial contendo guias. se perde rapidez. tais como: File. A Ribbon é ligada por padrão quando se inicia o software nos workspaces 2D Drafting & Annotation ou 3D Modeling. Para evitar esta perda. Os Tabs ou Panels que estão sendo exibidos são indicados com uma marca de check. Também é possível auto-ocultar a Ribbon ou ocultá-la junto aos títulos das Tabs (guias) clicando no ícone . antes localizados na barra de menus (versões anteriores ou na Workspace AutoCAD Classic). Quando se clica sobre o ícone o Panel será expandido apresentando as demais ferramentas. conforme vemos na figura a seguir. Alguns Panels podem ser expandidos para exibirem mais ferramentas. com ferramentas e controles agrupados por tarefas.Clicar para exibir e fixar mais ferramentas e controles no Panel. Sempre que se muda o foco visual do seu desenho para localizar uma ferramenta. Ao clicar no ícone o Panel se manterá visível. clicar Tabs ou Panels e em seguida selecionar o panel a ser exibido ou removido. que se encontra ao lado dos títulos. A Ribbon pode ser customizada. 2 3 1 3 . View etc. relevantes a cada workspace. adicionando-se novas Tabs e/ou ferramentas. Edit. deverão ser utilizados com freqüência métodos tais como a entrada dinâmica.Heads-up Design Heads-up design é uma metodologia para aumentar a eficiência ao utilizar o software.Identifica o Panel. A função drop-down menu permite um acesso rápido e dinâmico aos comandos que estão organizados em grupos lógicos de tarefas. Botão do AutoCAD / Drop-Down Menus Utilizamos o Botão do AutoCAD para acessarmos os menus de comandos. os shortcuts menus. a Ribbon e a Quick Properties.Clicar para expandir. ou digitando os comandos ribbon (para ligar) ou ribbondclose (para desligar).

Muitas opções de menu provem submenus com opções do comando. Uma opção de menu que tenha “.. abre uma caixa de diálogo. selecionando File > Open. Barra de status A barra de status está localizada na parte inferior da janela de aplicação. Note que as opções são as mesmas que aparecem na linha de comando.. A área superior oferece as opções Enter. acessam-se os shortcut menus. que se apresentam ramificado logo abaixo da opção selecionada. um pequeno flyout apresenta um breve descrição do comando além das teclas de atalho (se existir) e a linha de comando. Na parte do meio da barra de status se encontram botões que ativam recursos para facilitar a construção do desenho. AutoCAD 2009 4 . assim como apresentado na imagem. o que significa que o menu será modificado dependendo do que se estiver sendo executando no software. Podemos utilizar o shortcut menu como uma alternativa de selecionar as opções de um comando ativo.. A seleção da opção no shortcut menu surte o mesmo efeito de se digitar a letra em maiúsculo da opção na linha de comando.Ao posicionar-se o cursor sobre algum comando. que indica a posição numérica do cursor na área de desenho. Cancel e Recent Input. a caixa de diálogo Select File é exibida. Por exemplo. O símbolo ► à direita de uma opção de menu indica a presença de submenus. Itens de menus não disponíveis são exibidos em cinza. Shortcut Menus Quando se clica como o botão da direita do mouse sobre a área de desenho. Clique na coordenada caso queira desligar a exibição de coordenadas.. Zoom e SteeringWheels. Eles são chamados de Drafting Settings (Configurações de Desenho). se localiza a área de coordenadas.” no final. A parte inferior do menu oferece as funções de nevegação Pan. Estes menus são sensíveis ao contexto. As opções do shortcut menu são organizadas em diferentes áreas. Na parte esquerda da barra de status. Na parte do meio são oferecidas opções específicas ao comando corrente.

blocos de carimbo e plotagem. existem os Layouts. deve-se desenhar em escala real. AutoCAD 2009 5 . compartilhar e localizar padrões de hachuras. etc. sendo o primeiro para o Model Space e o Segundo para o último Layout acessado. entre com CTRL + 9. Layouts (folhas de desenho) são utilizados para anotações. Command Line Palette (Linha de Comando) A Linha de Comando passou a ser uma palette com todas as características de mover. Escolha uma escala de transparência e selecione AutoHide. além do Model. margens. Eles são agrupados em abas. Utilize os Layouts para criar folhas de desenho que representam a área igual ao tamanho do papel a ser utilizado. Ajuste a janela para que possam aparecer várias linhas de comando. transparência. Clicando no ícone (Quick View Layouts) você pode navegar entre o Model Space e os Layouts usados em seu desenho. Para alternar entre o Model Space e os Layouts você pode clicar nos ícones . Selecione com o cursor e arraste a janela para a área do desenho. redimensionar. As palettes fornecem um método eficiente de organizar.Layouts Model space é a área onde são criados os desenhos. Quando se projeta. auto-hide. Quando se abre um desenho. Tool Palettes Tool palettes são conjuntos de painéis contidos em uma janela flutuante. símbolos e ferramentas customizadas que são utilizadas regularmente. Para fechar a janela ou ligá-la novamente.

Esta palette pode ser utilizada para editar propriedades de objetos selecionados ao invés de se utilizar comandos de edição como. • • Quick Select . a palette Properties exibe apenas as propriedades comuns do conjunto selecionado. Toggle Value of PICKADD Sysvar . Clicando na seta para baixo Clicando no botão Pick Point Clicando QuickCalc à direita e selecionando um valor da lista. Select Objects . por exemplo: Edit Hatch e Edit Attribut. os objetos selecionados substituem o conjunto de seleção.Configura a variável de sistema PICKADD para ligado (1) e desligado (0). para calcular um novo valor.Properties Palette (Propriedades) Linha de comando Botão AutoCAD Ribbon PROPERTIES Tools > Properties View > Palletes > Quando selecionamos um objeto. a palette exibe as propriedades gerais do layer corrente e Layout. Quando PICKADD está desligado.Exibe o tipo de objeto selecionado. cada objeto selecionado é adicionado para o conjunto de seleção. • Clicando no botão para alterar o valor da propriedade em uma caixa de diálogo. Quando mais de um objeto é selecionado. o nome da plot style table vinculada ao desenho. DesignCenter Palette Linha de comando Botão AutoCAD Ribbon AutoCAD 2009 ADCENTER Tools > DesignCenter View > Palletes > 6 . as propriedades de visualização e informações sobre a UCS. Lista-se a seguir as ferramentas presentes na palette Properties: • • Object Type . Quando nenhum objeto está selecionado. suas propriedades são mostradas na palette Properties. Podemos utilizar vários métodos para especificar um novo valor a uma propriedade: • • • • Digitando um novo valor.Exibe a caixa de diálogo Quick Select para criar um conjunto de seleção baseado em filtros.Para selecionar objetos. e utilizando o cursor especificar um novo valor de coordenada. Quando PICKADD está ligado.

copiar e colar estas definições no desenho corrente. nomes de layers e propriedades. em drives de rede. Ao clicar em Xrefs. blocos e referências externas e padrões de hachuras. tipos de linhas. shapes. clicar no botão visualizar o conteúdo da pasta corrente: para Ao clicar em um desenho. tipos de linhas. Através do “AutoCAD DesignCenter” é possível: • • • • Pesquisar e acessar arquivos vinculados (xrefs). AutoCAD 2009 7 . Acessar arquivos e seus conteúdos no seu computador. Layouts. será visualizado o seu conteúdo: Blocks. Linetypes. Textstyles e Xrefs como indica a figura ao lado. ou em Sites da Internet. Dimstyles. O mesmo poderá ser feito com relação ao conteúdo dos outros itens. Visualizar as definições de blocos e layers em qualquer arquivo e inserir. serão visualizadas as referências externas “anexadas” ao desenho como indica a figura a seguir: O usuário poderá arrastar um dos arquivos de referência externa para o desenho corrente.O “AutoCAD DesignCenter” possibilita rápido acesso a arquivos. “Arrastar” desenhos. blocos. blocos e hachuras para a palette de ferramentas (Tool Palette) Utilizando “AutoCAD DesignCenter” Com o AutoCAD DesignCenter ativo. estilos de texto etc). hachuras e outros conteúdos de desenhos (definições de layers. Layouts pré-estabelecidos.

desenhos e blocos. padrões de hachura. estilos de cotas. Habilita ou Desabilita a visualização de árvore Carrega uma imagem do objeto na parte de baixo da visualização de árvore.Apresenta-se a seguir o menu toolbar do AutoCAD DesignCenter: Load Back Foward Up Abre a caixa de diálogo “Load” para carregar um desenho. Tree View Toggle Preview Description Views AutoCAD 2009 8 . ícones pequenos. nomes e uma lista detalhada do conteúdo.. a janela aparecerá em branco. layers. Visualiza os arquivos e (Favoritos)”. Retorna para a localização mais recente da lista de histórico. Retorna para a próxima localização na lista de histórico. tipos de linhas. Caso não esteja disponível. desenhos. clique com o botão direito do mouse sobre a área de visualização. estilos de tabelas.. estilos de textos e arquivos de referência externa.\Sample\DesignCenter” como pasta de origem. Layouts. Move um nível acima da localização corrente. Na instalação é configurada a pasta “. Para modificar esta pasta. Carrega a descrição do objeto na parte de baixo da visualização de árvore Disponibiliza quatro tipos de visualização: ícones grandes. pastas do diretório “Favorites Search Favorites Home Retorna para a pasta de origem do DesignCenter. Abre a caixa de diálogo “Search” onde se pode definir critérios de busca para blocos.

AutoCAD 2009 9 . • Clicar na pasta “DC Online” para acessar símbolos prédefinidos em sites da Internet. • Clicar na pasta “History” para ter acesso às localizações utilizadas anteriormente.• Clicar na pasta “Open Drawings” para visualizar os arquivos abertos e seus respectivos conteúdos.

como indica a figura abaixo. e selecionar a opção “INSERT BLOCK”.Utilizando “AutoCAD DesignCenter” para procurar um arquivo Para localizar um desenho. utilizar o botão . autor e palavraschave. título. • Clicar com o botão direito do mouse sobre o bloco desejado. Localizado o arquivo. dar um duplo clique na lista de resultados para torná-lo corrente. O critério de busca poderá ser feito também pela data de modificação do arquivo. Utilizando “AutoCAD DesignCenter” para inserir Blocos Para inserir blocos através do “AutoCAD DesignCenter” utilizar um dos seguintes processos: • Selecionar e arrastar os blocos com a tecla “Ctrl” pressionada. A caixa de diálogo “Search” permite localizar palavras no nome do arquivo. AutoCAD 2009 10 .

• Na tela de “Insert”. escala. • Selecionar um dos arquivos listados na parte inferior e dar um duplo clique sobre ele para carregá-lo no “DesignCenter”. AutoCAD 2009 11 . Utilizando “AutoCAD DesignCenter” para aplicar Hachuras Para aplicar hachuras seguir os passos abaixo: • Clicar e procurar pelos arquivos de hachuras digitando “*” em “Search for the name”. rotação. e se deseja inserir o bloco explodido. • Selecionar o tipo de vista “Ícones Grandes”. definir o ponto de inserção.

e configurar Ângulos. Para acrescentar novos itens. ou clicar com o botão direito do mouse sobre a hachura e selecionar a opção “BHATCH” para ter acesso à caixa de diálogo “Boundary Hatch”. A palette será criada adicionando o item selecionado. Utilizando “AutoCAD DesignCenter” para criar uma paleta de ferramentas (Tool Palette): Clicar com o botão direito sobre a área de conteúdo e selecionar a opção “Create Tool Palette”: Ao surgir a palette de ferramentas. Escalas etc antes de criar a hachura.• Selecionar o tipo de hachura e “arrastar” sobre o desenho. digitar um nome em “New Palette”. AutoCAD 2009 12 . “arrastar” os itens desejados ou executar os comandos de “copiar” e “colar”.

4 . anúncios. acessados através do InfoCenter. provêem notificações. suporte de produto.Procure por informações ou help nos locais de procura configurados digitando palavras-chave ou questões no campo de Help.Clicar no ícone drop-down para configurar o InfoCenter. Canal CAD Manager e RSS Feeds.AUGI). 2 1 3 4 1 . 2 . Command Reference (relação de comandos). 3 . Você deve estar conectado à Internet para tirar proveito deste recurso. Podemos utilizar o InfoCenter digitando palavras chave ou uma pergunta. localizado na parte direita da barra de título. New Features Workshop (oficina de novas funcionalidades) e ainda conteúdos on-line. AutoCAD 2009 13 . O Centro de comunicações. Existem muitas localizações onde o InfoCenter pode ser configurado como por exemplo: User’s Guide (guia do usuário). Alguns itens que podem ser acessados: Atualizações de software. e novidades em tempo real no seu desktop. Podemos também encontrar informações e candidatar a participar do Programa de Usuários (Customer Involvement Program).Clicar no ícone do satélite para abrir o Communication Center.Clicar no ícone de procura para exibir os resultados. Menu de Help O menu Help prove acesso ao sistema de ajuda assim como os recursos online da base de conhecimento (Knowledge Base). consiste em busca e acesso ao painel de Communication Center. Selecionar Search Settings na lista para configurar os locais de procura (search locations) para o InfoCenter e configurações do Communication Center.InfoCenter / Communication Center O InfoCenter. recursos de treinamento (Training Resources) e ao Grupo de Usuários Internacional da Autodesk (Autodesk User Group International .

legenda e blocos prédesenhados. blocos. utilize o comando New. será necessário ajustar as configurações de unidades (units). e podemos criar um arquivo de modelo especificando layers. utilize o comando Open. Para abrir um desenho. O AutoCAD disponibiliza vários arquivos templates (arquivos de extensão DWT). Acesso ao comando: Linha de comando Menu NEW. estilos de cotas e outras configurações. QNEW File > New AutoCAD 2009 14 . Ele poderá ser um arquivo em branco (sem nenhum objeto) ou poderá ter uma margem. Acesso ao comando: Linha de comando Menu OPEN File > Open OBS: Utilize as teclas CTRL e SHIFT para selecionar e abrir múltiplos arquivos de uma única vez. É possível selecionar um template para criar um desenho baseado neste arquivo. etc. Criando Novos Desenhos Para criar novos desenhos.Trabalhando com Arquivos Os desenhos são criados e armazenados em arquivos de desenho no formato DWG. Caso seja selecionada a opção Open With No Template na caixa de diálogo Select Template.

SAVEAS File > Save. Acesso ao comando: Linha de comando Menu SAVE. A primeira vez que se grava um novo desenho será exibida a caixa de diálogo Save as. Navegue pelas pastas onde você deseja armazenar o desenho. AutoCAD 2009 15 . Este hábito é fácil de ser executado sendo muito útil caso ocorra alguma falha no sistema.Gravando os Desenhos Utilizamos os comandos Save e Save as para gravar os arquivos. Save As OBS: Habitue-se a gravar o seu desenho assim que você o inicia e grave-o regularmente. digite um nome para o arquivo e clique em Save. QSAVE.

arcos e círculos. copiar e apagar. Modify – Edição de objetos existentes no desenho para mover. Layers – Para gerenciar os Layer (camadas) do desenho. 2. Block – Manipulação de objetos blocos no desenho. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\E-1-0001-R1. Paste e Cut.Criação de entidades como linhas.Exercício 01: Navegando Pelo AutoCAD 1.dwg”. Utilities – Funcionalidades para navegação entre o desenho como o Pan e Zoom além dos comandos Copy. Properties – Acessa as propriedades dos objetos existentes no desenho. Annotation – Criação e manipulação de textos no desenho. AutoCAD 2009 16 . A aba Home exibe os comandos e funcionalidades para: Draw . Navegar entre as abas da Ribbon para visualizar o conteúdo de cada uma. Clicar no Menu Browser para explorar seu conteúdo. 3.

Multileaders – Gerenciamento dos objetos de “linhas de chamadas”. distâncias e coordenadas. Application – Ferramentas para carregar rotinas em Lisp ou macros em VBA. Import – Comandos para importação de arquivos. Standards – Ferramentas para a padronização dos objetos do desenho. A aba Annotate exibe os comandos e funcionalidades para: Text – Criação e manipulação de textos. Attributes – Gerenciamento dos atributos de blocos no desenho. Annotation – Criação e gerenciamento das escalas anotativas para os textos e dimensionamento no desenho. Customization – Gerenciamento da interface do AutoCAD. Drawing Utilities – Ferramentas para verificação e recuperação de arquivos de desenho. Data – Funcionalidades para a manipulação de dados do desenho. Dimensions – Manipulação de objetos de dimensionamento no desenho.A aba Blocks & References exibe os comandos e funcionalidades para: Block – Manipulação de Blocos para inserção. Markup – Criação de entidades para revisão do desenho. Animations – Comandos para criação de animações. Reference – Acesso aos comandos de manipulação de referências externas inseridas no desenho. A aba Tools exibe os comandos e funcionalidades para: Action Recorder – Gravação de uma sequência de comandos para utilização futura. AutoCAD 2009 17 . criação e edição. Tables – Manipulação de objetos tabelas no desenho. Inquiry – Ferramentas para obtenção de áreas. Linking & Extraction – Gerenciamento das conexões dos dados do desenho com demais arquivos.

DWF na WEB e outros formatos. Send – Gerenciamento das formas de emissões dos arquivos de desenho e demais arquivos a eles relacionados. Window – Arranjo e manipulação dos arquivos de desenhos abertos no AutoCAD. No Panel Palettes da aba View. 4.A aba View exibe os comandos e funcionalidades para: UCS – Gerenciamento das vistas dos planos de coordenadas do desenho. Palettes – Manipulação das caixas de Palettes do AutoCAD. 18 AutoCAD 2009 . clicar nas Palettes disponíveis para acessar seus conteúdos e ferramentas. Viewports – Ferramentas para a manipulação de janelas na área de desenho ou nos Layouts. Windows Elements – Configurações das janelas e caixas do AutoCAD. 5. Fechar o arquivo sem gravar as alterações. Publish – Publicação dos desenhos. A aba Output exibe os comandos e funcionalidades para: Plot – Criação e configuração das plotagens e impressões dos desenhos.

Também será utilizada a palette de Propriedades para verificar as propriedades de uma hachura que será aplicada a uma área do desenho. Clicar em blocos. será utilizado o Design Center para criar duas palettes personalizadas: uma contendo blocos de elétrica e outra de hachuras.dwg” para visualizar o seu conteúdo.dwg” 2. 3. Clicar com o botão direito sobre o bloco e selecionar a opção “Create Tool Palette”.Exercício 02: Utilizando o Design Center Neste exercício. Clicar em para acessar o “Design Center”. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\A-A1-0010 Copa do Auditório_Rev1. 6. percorrer a lista de blocos existentes até encontrar o bloco “lumin”. Na aba “Folders” selecionar o arquivo “E-A1-0001R1. 1. 5. Digitar “Elétrica” para o nome da palette. AutoCAD 2009 19 . 4. Clicar sobre o bloco “luminária 4lamp” e “arrastar” este bloco até a palette “Elétrica”.

clicar sobre a hachura da Copa e verificar suas propriedades. No DesignCenter localizar os blocos “Ponto de Tomada alta 127” e “Ponto de Tomada baixa 127” do o arquivo “E-A1-0001-R1. selecionar “New Palette”. Clicar com botão direito e selecionar “Add Separator” para criar uma divisão (4 e 5). Abrir a palette de propriedades. AutoCAD 2009 20 . 10. Clicar com o botão direito e selecionar “Add Text” para criar o item “Tomadas”. Clicar com o botão direito e selecionar “Add Text” para criar o item “Luminárias” arrastando-o para a parte superior (1 a 3). 1 2 4 5 3 8.dwg” e arrastar para a palette.7. Com um clique direito sobre a palette “Elétrica”. 9. Digitar “Hachura” para o nome da palette.

abrir o arquivo 14. Selecionar a hachura de piso. Clicar com a direita sobre o nome “User-defined” e renomear a Hachura para “Piso 30x30”.dwg” e “DesignCenter. Arrastar a hachura “Piso 30x30” até a área da Copa. AutoCAD 2009 21 . Fechar o arquivo sem gravar as alterações.dwg”. 15. clicar e “arrastar” esta hachura até a palette “Hachura”. Fechar o arquivo “A-A1-0010 Copa do Auditório_Rev1. 12. Clicar sobre a hachura e verificar que as propriedades são as mesmas do desenho de origem.11. 13.

AutoCAD 2009 22 .

apenas algum detalhe. O painel (Panel) Utilities da aba (Tab) Home da Ribbon disponibiliza as ferramentas utilizadas para controlar a navegação na área de desenho. AutoCAD 2009 23 . Pan Para posicionar a visão do seu desenho. Zoom – Para alternar para o comando Zoom Realtime. Zoom Original – Para retornar para a vista anterior ao comando Pan Realtime. utilize o comando Pan. Zoom Extents – Para realizar um zoom em toda a extensão do desenho e retornar ao comando Pan Realtime. Zoom Window – Para executar o comando Zoom Window e retornar ao comando Pan. Para visualizar diferentes áreas. Home > Utilities > Durante o comando Pan é possível acessar o menu de atalho para acessar outras opções de ferramentas do comando clicando com o botão direito do mouse. desenhamos todos os objetos em escala real. Linha de comando Menu Browser Ribbon PAN. apenas modifica a posição de visualização. 3D Orbit – Para executar uma vista 3D. Opção Descrição Exit – Para sair do comando. Muitas das opções de zoom e pan operam de modo transparente. O comando Pan. Alguns casos serão necessários visualizar todo o desenho e em outros... P View > Pan >. existem uma série de ferramentas de zoom e pan. não movendo a geometria do seu desenho.Capítulo 2 VISUALIZANDO OBJETOS Quando se utiliza o AutoCAD.. o que significa que elas poderão ser utilizadas durante a execução de um determinado comando.

Pan – Para alternar para o comando Pan Realtime. Quando se executa um zoom out. Zoom Window – Para executar o comando Zoom Window e retornar ao comando Zoom Realtime. Utilize um dos métodos listados abaixo para iniciar o comando. 3D Orbit – Para executar uma vista 3D. Linha de comando Menu Browser Ribbon ZOOM. Em seguida clique no desenho para especificar o primeiro canto da janela (first corner). Depois clique para especificar o segundo canto da janela (second corner). Zoom Original – Para retornar para a vista anterior ao comando Zoom Realtime. clique com o botão direito do mouse em qualquer posição do desenho para visualizar as opções do menu de atalho.. aumentamos partes do desenho para visualizá-los com maior detalhe. Ao utilizar o comando Zoom Realtime. Z View > Zoom >. o cursor modifica para o ícone .. Opção Descrição Exit – Para sair do comando. Quando se executa um zoom in. Quando o comando Zoom Realtime é acessado. visualizamos uma área maior do desenho. Zoom Extents – Para realizar um zoom em toda a extensão do desenho e retornar ao comando Zoom Realtime.. Clicar em dois pontos para definir a janela View > Zoom > Zoom Window AutoCAD 2009 24 . arraste-o para cima para aumentar a magnitude ou para baixo para diminuir a magnitude. Linha de comando Menu Browser Ribbon ZOOM. Zoom Window O comando Zoom Window permite definir uma janela para visualizar um detalhe do desenho.Zoom O comando Zoom aumenta ou diminui a magnitude dos objetos exibidos na área de desenho.. Home > Utilities > . Clique com o botão esquerdo do mouse e mantendo-o pressionado. Z..

Linha de comando Menu Browser Ribbon ZOOM. >A e pressionar ENTER View > Zoom > Zoom All AutoCAD 2009 25 . Z. a área do desenho onde os objetos estão posicionados. >P e pressionar ENTER View > Zoom > Zoom Previous Zoom All O comando Zoom All ativa a maior janela entre a definida pelo comando Limits e pelo comando Zoom Extents. Linha de comando Menu Browser Ribbon ZOOM. >E e pressionar ENTER View > Zoom > Zoom Extents Zoom Previous O comando Zoom Previous retorna para a vista anterior. se amplia a vista do desenho de modo que toda a geometria no espaço corrente (model space ou paper space) esteja visível. Quando se executa um zoom extents. Linha de comando Menu Browser Ribbon ZOOM.Zoom Extents O comando Zoom Extents executa um zoom em toda a extensão do desenho. Z. Z. ou seja.

as coordenadas da tela para todos os objetos no desenho são recomputadas e o banco de dados do desenho é reindexado para otimizar a visualização dos objetos do desenho. Z. A variável ZOOMFACTOR controla o incremento que é dado quando se move a roda para frente ou para trás. RE. REA View > Regen > Regenall AutoCAD 2009 26 . Linha de comando Menu Browser Ribbon ZOOM. Quanto maior o valor da variável. Clique no ponto desejado para o centro da tela digite o valor da magnitude desejada e pressione ENTER. Por exemplo. Ao regenerar um desenho. digite 2. maior será o incremento e conseqüentemente maior será o zoom. >C e pressionar ENTER View > Zoom > Zoom Center Utilizando o Botão de Scroll do Mouse Podemos utilizar o botão do Scroll do mouse para executar os comandos zoom e pan no desenho sem a necessidade de aplicar o comando. REGENALL. se desejar aumentar duas vezes o tamanho do desenho.Zoom Center O comando Zoom Center possibilita determinar o ponto central da nova visualização. Ação Mover o Scroll do mouse para frente Mover o Scroll do mouse para trás Duplo clique no Scroll do mouse Pressionar o Scroll e mover o mouse Pressionar e segurar a tecla SHIFT + Scroll e mover o mouse Pressionar e segurar a tecla CTRL + Srcoll e mover o mouse Comando Zoom In Zoom out Zoom Extents Pan Constrained Orbit Pan Regen Utilize os comandos Regen ou Regenall para regenerar toda a geometria do desenho. Linha de comando Menu Browser REGEN.

Exercício 03: Visualizando Objetos
1. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\VisualizandoObjetos.dwg”. 2. Acessar a aba Home da Ribbon para visualizar o painel Utilities.

3. Selecionar o comando Zoom Extents para visualizar o desenho inteiro na tela.

4. Selecionar o comando Zoom Window, clicar em dois pontos na tela determinando uma janela na região da Copa do desenho.

5. Selecionar o comando Pan, clicar na tela para navegar entro o desenho. 6. Aplicar os comandos Pan e Zoom utilizando o Scroll do mouse. 7. Fechar o arquivo sem gravar as alterações.

AutoCAD 2009

27

AutoCAD 2009

28

Capítulo 3 INTRODUZINDO DADOS
Independente do tipo de geometria que se cria, é necessária a introdução de dados. Neste capítulo, será abordada a introdução de dados pela entrada dinâmica (dynamic input), shortcut menus, entradas de distância e o sistema de Coordenadas Cartesianas.

Linha de Comando
Existem várias maneiras de se iniciar um comando. As linhas de comando são responsáveis pela comunicação entre usuário e o programa, e é de extrema importância observá-la. Na linha de comando é solicitada a entrada de dados e são exibidas as opções dos comandos. Quando existem várias opções no comando, as letras maiúsculas representam as letras que se deve digitar para selecionar a opção. As opções do comando aparecem entre [...] . Caso haja uma opção default para o comando ela estará entre <...>. Para utilizar a opção default, digitar ENTER. Pressionando a tecla F2 é possível exibir toda a janela de comando. Cada comando utilizado durante a seção do desenho é gravado nesta janela. Pressione F2 novamente para fechar a janela de comando.

Sistemas de Coordenadas
Todo objeto desenhado é posicionado no World Coordinate System – WCS (Sistema de Coordenadas Mundial) ou no User Coordinate System – UCS (Sistema de Coordenadas do Usuário). Quando se cria uma geometria 2D, os dados introduzidos são passados ao software na forma de Coordenadas Cartesianas ou Polares. Podemos entrar com estas coordenadas manualmente ou introduzi-las selecionando um ponto na tela.

Coordenadas Cartesianas
Sistema de coordenadas onde as coordenadas de um ponto são as distâncias de um conjunto de linhas perpendiculares que se interceptam na origem do sistema. As linhas perpendiculares são referenciadas como eixos X e Y. No World Coordinate System (WCS), o eixo X representa a direção horizontal, e o eixo Y representa a direção vertical. Todo ponto em um desenho de duas dimensões possui uma coordenada em X e uma em Y. Nos desenhos em 3 dimensões, o ponto é representado por coordenadas X, Y e Z; onde a coordenada Z representa a altura. Para entrar com uma coordenada cartesiana, digitamos X,Y onde X representa a distância da origem sobre o eixo X e Y é a distância da origem sobre o eixo Y. A ilustração ao lado indica uma linha desenhada na origem do sistema de coordenadas com o ponto final na coordenada 5,5. AutoCAD 2009 29

Coordenadas Polares
Uma coordenada polar é definida por dois valores que localizam um ponto no plano por sua distância a um polo fixo e um ângulo de uma linha fixa passando por este pólo. A figura a seguir ilustra uma linha desenhada a partir da origem do sistema de coordenadas com um comprimento de 7 unidades e um ângulo de 45 graus. Para entrar manualmente com uma coordenada polar digitamos Distancia<Ângulo, onde a distância se refere à origem e o ângulo ao eixo X.

Ângulo Polar
O ângulo polar é sempre medido no sentido anti-horário a partir do ângulo zero. O ângulo zero se localiza na direção Leste. As medidas de ângulos se aplicam ao entrar coordenadas, ao trabalhar com arcos ou rotacionar objetos.
Sentido +

Coordenadas Absolutas e Relativas
Ao entrar com coordenadas, elas podem ser na forma de coordenadas absolutas e relativas. • Uma coordenada absoluta representa a localização atual no sistema de coordenadas corrente. Para entrar com uma coordenada absoluta, digitar os valores como coordenadas cartesianas ou polares. Uma coordenada relativa é um ponto ou localização calculada a partir de um ponto previamente selecionado ou definido. Para entrar uma coordenada relativa, preceder a coordenada com o símbolo @. Por exemplo: @5<45 significa um ponto de 5 unidades à 45 graus do último ponto selecionado. @5,10 significa um ponto a uma distancia de 5 unidades em X e uma distância de 10 unidades em Y em relação ao último ponto selecionado.

Exemplo de Coordenadas Absolutas e Relativas Coordenadas Cartesianas Polares Absolutas 24,46 15<45 Relativas @24,46 @15<45

AutoCAD 2009

30

Entrada Dinâmica (Dynamic Input)
Dynamic Input representa uma interface entre o AutoCAD e o usuário. Enquanto a interface tradicional do AutoCAD oferece a linha de comando, geralmente posicionada na parte inferior da tela, a nova interface do Dynamic Input permite a entrada de comandos e informações na tela, na posição do cursor. Opções da Interface de Entrada Dinâmica Linha de comando DYNMODE

Barra de Status

Tecla de Função

F12

Clicando com a direita sobre o botão DYN da barra de status tem-se acesso à caixa de diálogo Drafting Settings e às configurações relativas à entrada dinâmica.

Existem dois modos de Dynamic Dimensional e Entrada de Ponteiro.

Input: Entrada

Dimensional Input Mode
A figura a seguir representa a interface de entrada Dimensional. Este modo está disponível para comandos de desenho tipo Line, Circle, Arc e outros. 1 - Tooltip: Mostra instruções para o atual passo do comando. Também reflete a ‘linha de comando de tela’ corrente. 2 - Campos de entrada de coordenadas, comprimentos ou ângulos: Dependendo do modo, estes campos podem variar em valor e posição. Enquanto em um pode representar o comprimento de uma linha, em outro, representa o ângulo do cursor. Pressione TAB para navegar entre os campos. 3 - Seta para Baixo: Pressione a Seta para Baixo no teclado para mostrar o menu do Dynamic Input. Pressione Seta para Cima para retornar as coordenadas selecionadas. 4 - Menu do Dynamic Input: Selecione uma opção para o comando. As opções variam de acordo com o contexto e refletem as opções disponíveis no comando.

Pointer Input Mode
Na figura ao lado, a interface mudou para tipo ponteiro porque os valores @ 10 < 45 foram inseridos através do teclado. Este modo permite entrar com coordenadas relativas ou absolutas. O cadeado indica que o valor foi inserido manualmente. Para desbloquear um valor, basta teclar TAB para retornar ao campo de DEL para limpar o valor.

AutoCAD 2009

31

• Digitar 50 e pressionar ENTER. • Teclar ENTER novamente para finalizar o comando. 7. Para desenhar a primeira linha: • • • • • No painel Draw. selecionar Line. AutoCAD 2009 32 . • Digitar @70.Exercício 04: Utilizando a Entrada Dinâmica 1. certifique-se de que estão ligados: Polar Tracking. Utilize as coordenadas relativas e absolutas para desenhar um triângulo: • No painel Draw. Digitar 100. certificando-se de que no campo do ângulo esteja exibindo o valor 180 graus. entrar 100 e pressionar TAB. Para desenhar a outra linha: • Arrastar o cursor para baixo. Digitar 0 e pressionar TAB. certificando-se de que no campo do ângulo esteja exibindo o valor 90 graus. como na figura a seguir. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\EntradaDinamica.dwg”. Clicar para criar a linha. • Digitar 25 e pressionar ENTER. Digitar 100 e pressionar TAB. Na barra de status. Object Snap Tracking e Dynamic Input.50 e pressionar ENTER. Para desenhar a segunda linha perpendicular à primeira: • Arrastar o cursor para cima. 4. 3. • Certifique-se de que o ângulo exibido é 90 graus e clique para desenhar a linha. 70 unidades de distância em x e 70 unidades de distância em y). 5. Para desenhar a outra linha: • Arrastar o cursor para a esquerda. 6. • Digitar 220.70 e pressionar ENTER. 2. Este ponto foi especificado com coordenadas cartesianas absolutas (em relação à origem). selecionar Line. 50 e pressionar ENTER. Object Snap. Este ponto foi especificado com coordenadas cartesianas relativas (em relação ao último ponto fornecido.

AutoCAD 2009 33 . Este procedimento cria um segmento utilizando coordenada polar relativa onde o segundo ponto está a 100 unidades com ângulo de 135 graus em relação ao ponto anterior. • Verificar que serão exibidos o comprimento 100 e o ângulo 90. • Posicionar o cursor sobre o grip quadrado na intersecção das duas linhas sem clicar no mesmo. • Observar que serão exibidos os dados de comprimento e ângulo para as linhas selecionadas. 9. Fechar o arquivo sem gravar. Reveja dados adicionais da geometria utilizando a interface dinâmica: • Clicar em duas das linhas angulares que foram criadas. 8. 10. • Posicionar o cursor sobre o grip quadrado superior sem clicar no mesmo.• Digitar @100<135 e pressionar ENTER. • Digitar c e pressionar ENTER. Este procedimento seleciona a opção Close fechando a geometria e encerrando o comando. Reveja os dados utilizando a interface dinâmica: • Clicar no segmento vertical do primeiro desenho selecioná-lo. • Pressionar ESC para remover a seleção do segmento.

AutoCAD 2009 34 .

Continuar especificando os próximos pontos para segmentos de linhas adicionais. L Draw > Line Opções do comando: Opção First point Next point Undo Close Descrição Especifica o ponto inicial do segmento de linha Especifica o ponto final do segmento de linha. Também será aprendido como utilizar o comando Erase para apagar objetos. AutoCAD 2009 35 .Capítulo 4 CRIANDO OBJETOS BÁSICOS Todos os desenhos consistem de objetos básicos que são criados utilizando comandos básicos. arcos. Circle Utilize o comando Circle para criar círculos em seu desenho. círculos. Linha de comando Menu Browser Ribbon LINE. retângulos e polígonos. Remove o último segmento de linha Esta opção aparece apenas após a criação de dois segmentos. é solicitado que seja selecionado o ponto central e se especifique o raio. OBS: Segmentos de linhas mesmo que conectados são objetos separados e independentes. Neste capítulo. Quando se inicia o comando Circle. Line Utilize o comando Line para criar linhas simples ou múltiplos segmentos de linhas de um ponto inicial a um ponto final. Utilize os métodos de entrada de dados abordados anteriormente para introduzir estes dados. A ilustração ao lado indica um segmento de linha sendo desenhado utilizando a entrada dinâmica para especificar o comprimento (1) e o ângulo (2) do segmento. Conecta o último segmento ao início do primeiro segmento. o usuário aprenderá a criar objetos tais como linhas.

C Draw > Circle > Center. Caso seja exibido um valor entre colchetes para o raio ou diâmetro. OBS: • O comando Circle guarda o raio ou diâmetro do último círculo desenhado. utilize a opção Dimension para especificar o diâmetro ao invés do raio. Quando se executa o comando Circle pela linha de comando ou pela Toolbar. Quando for solicitado o raio do círculo. Cria um círculo tangente a outros objetos com um raio que você especifica. pressione ENTER para reutilizar o valor do raio ou diâmetro no novo círculo. • AutoCAD 2009 36 .Linha de comando Menu Browser Ribbon CIRCLE. Radius Opções do comando: Opção Specify center point 3P 2P Ttr (tan tan radius) Descrição Selecione um ponto ou digite as coordenadas do centro do círculo Cria um círculo baseado em três pontos que você especifica para definir o diâmetro do círculo. o método default é de Center. Radius. você especifica o ponto central e o raio para definir o círculo. ou seja. Cria um círculo baseado em dois pontos que você especifica para definir o diâmetro do círculo.

End.Arc Utilize o comando Arc para criar arcos baseados em três pontos. O raio e o ponto central são calculados baseados na posição dos três pontos especificados. o segundo ponto e o ponto final. .. Linha de comando Menu Browser Ribbon ARC. Após especificar o ponto central. direção ou ponto final do mesmo. Estas opções permitem determinar o ponto inicial e o final do arco seguido pelo agulo. . A Draw > Arc > 3 Points Opções do comando: Opção Center. Start. Start. desenvolvimento ou clicando na tela Através destas opções é possível determinar o ponto inicial e o centro do arco.. Continue AutoCAD 2009 37 . Com esta opção é possível criar um arco tangenciando a última linha ou arco criados no desenho... . será possível determinar o ponto final através de um ângulo. Descrição Utilize estas opções para especificar o ponto central do arco e seu ponto inicial. O método default para criação de um arco é especificar o ponto de início. Start... Center. especificando em seguida seu comprimento. ângulo ou ponto final.

Linha de comando Menu Browser Ribbon RECTANGLE. Mover o cursor para cima e para baixo. Quando se utiliza a opção Dimension é necessário selecionar a orientação após fornecer os valores de comprimento e largura. o comprimento (Length) se refere à distância horizontal e a largura (Width) se refere à distância vertical. selecionando qualquer segmento será selecionado todo o retângulo. RECTANG. O modo mais simples de se criar um retângulo é especificando o primeiro canto e em seguida o canto oposto. REC Draw > Rectangle Opções do comando: Opção Area Dimensions Rotation OBS: • Quando se utilizam as opções Distance e Area para especificar o tamanho do retângulo. Um objeto de polyline simples é criado utilizando este comando. enquanto a largura (Width) se refere à distância perpendicular ao ângulo de rotação. Se o retângulo estiver sendo rotacionado. • • .Rectangle O comando Rectangle é utilizado para criar objetos retangulares. ou da esquerda para a direita para visualizar as orientações disponíveis. AutoCAD 2009 38 Descrição Utilize esta opção para criar retângulos baseados em sua área e a distância de um lado (comprimento ou largura) Utilize esta opção para entrar manualmente o comprimento e largura do retângulo. Quando a orientação desejada for exibida. clique para criar o retângulo. Utilize esta opção para especificar o ângulo de rotação para o retângulo. Como o comando Rectangle gera objetos do tipo polilinha. o comprimento (Length) se refere à distancia ao longo do ângulo de rotação.

ou utilizando as opções de seleção window ou crossing window. deverá ser escolhida a opção Incribed (inscrito) ou Circumscribed (circunscrito). especificando o ponto central e raio de um círculo imaginário. Erase Utilize o comando Erase para remover elementos do seu desenho. E Modify > Erase AutoCAD 2009 39 . ou os pontos de início e final de uma das faces do polígono. Linha de comando Menu Browser Ribbon ERASE. Quando se utiliza este método. O método default para criação de polígonos é especificar o centro e o raio.Polygon O comando Polygon é utilizado para criar polígonos regulares. O comando Polygon cria objetos do tipo polilinha. Os objetos poderão ser selecionados clicando sobre eles diretamente. Dependendo da opção escolhida o tamanho do polígono será calculado conforme indica a figura ao lado. Independente do método utilizado para definir o polígono. Linha de comando Menu Browser Ribbon POLYGON. todos os seus lados terão o mesmo comprimento. POL Draw > Polygon OBS: • • Os polígonos podem ter de 3 a 1024 lados.

Caso seja apagada alguma geometria acidentalmente. Undo Edit > Undo AutoCAD 2009 40 . Procure utilizar inicialmente o comando Undo através do botão no menu Quick Access Toolbar. Cada vez que se inicia um comando de criação ou edição de objetos. Digite OOPS na linha de comando e pressione ENTER. seleciona todos os objetos que estejam inteiramente contidos na janela definida pelo usuário. seleciona todos os objetos que estejam dentro ou cruzando a janela definida pelo usuário. Para definir esta janela. estes passos são armazenados e. A segunda é digitar U e pressionar ENTER. utilize o comando OOPS para recuperar a geometria. Para definir esta janela. A primeira é digitar Undo que disponibiliza várias opções. selecionar um ponto (1). arrastar o mouse da esquerda para a direita e clicar no ponto (2) como indica primeira figura abaixo. e todos os objetos apagados na última seção do comando Erase serão recuperados. O método de seleção Crossing. selecionar um ponto (1). ou quando se executa um zoom ou pan no desenho. Existem duas maneiras de executar o comando Undo a partir da linha de comando. que é a opção recomendada para iniciantes uma vez que desfaz um passo por vez. OBS: • Utilize o shortcut menu se desejar primeiro selecionar os objetos e depois executar o comando e apagar os objetos selecionados. arrastar o mouse da direita para a esquerda e clicar no ponto (2) como indica segunda figura abaixo. Linha de comando Menu Browser Quick Access Toolbar U. • Undo Utilize o comando Undo para voltar ações ocorridas na seção corrente. clicar com a direita na área de desenho e selecionar Erase no shortcut menu.O método de seleção Window. Uma vez selecionados os objetos desejados. como resultados poderão ser desfeitos.

Redo e Mredo Utilize o comando Redo e Mredo para reverter os efeitos de uma operação de Undo. OK? <Y> Se for teclado ENTER. todas as ações subseqüentes se tornam parte deste set até que seja utilizada a opção End. Se não existirem nenhuma marca na informação de Undo. utilize o Redo para retornar o desenho ao estado anterior ao Undo executado. aparecerá o seguinte prompt: This will undo everything. não será possível desfazer passos executados em seções anteriores do AutoCAD. Desfaz todo o trabalho até que a primeira marca seja encontrada. todos os passos executados no desenho desde o início da seção serão desfeitos. Caso o desenho seja fechado e reaberto. Com Mredo. Se por engano foi desfeito algum comando. REDO. Se qualquer outro comando for iniciado após o comando Undo. A lista de Redo fornece um bom feedback visual. permitindo destacar todos os passos que se deseja refazer ao invés de se refazer um passo por vez. cada desenho terá sua informação undo separada. Coloca uma marca na informação de Undo.Opções do comando: Opção Auto Control Begin. tornando-as reversíveis com um único comando U Limita ou desliga o Undo. Agrupa uma seqüência de ações em um set. poderão ser desfeitas múltiplas operações de Undo. Após utilizar a opção Begin. Linha de comando Menu Browser Quick Access Toolbar OBS: • Os comandos Redo ou Mredo só poderão ser executados imediatamente após uma operação de Undo. Se o usuário tiver múltiplos desenhos abertos. todas as seqüências serão desfeitas até a marca. MREDO Edit > Redo • AutoCAD 2009 41 . os comandos Redo e Mredo não estarão mais disponíveis. Com a lista de Undo podemos destacar todos os passos que se deseja desfazer ao invés de se desfazer um passo por vez. Se for utilizada a opção Back. End Mark Back Descrição Agrupa todas as ações em um único comando. O comando Undo poderá ser utilizado independentemente em cada desenho. OBS: • • • A informação Undo é gravada apenas na seção corrente do desenho.

Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\CriandoObjetosBasicos. como na figura a seguir. Clicar na extremidade da primeira linha criada. certifique-se de que estão ligados: Polar Tracking. Clicar em um ponto na tela para determinar o ponto final do arco.Exercício 05: Criando Objetos Básicos 1. 2. Desenhando outra linha: • Pressionar a tecla Enter para repetir o último comando (Line). Digitar 100 e pressionar TAB. AutoCAD 2009 42 . Digitar 100 e pressionar TAB.dwg”. Desenhando círculo: • • • No painel Draw. Digitar 100 e pressionar Enter para determinar o raio do círculo. Clicar em um ponto na tela para determinar o centro do círculo. • • • Pressionar novamente a tecla Enter para iniciar a linha no último ponto da linha anterior. 5. selecionar Line. 6. Object Snap Tracking e Dynamic Input. Clicar em um ponto na área de desenho para definir o início do arco. 4. Digitar a opção Radius e pressionar Enter. Desenhando Arco: • No painel Draw. Pressionar Enter para repetir o comando Arc. 3. Digitar a opção End e pressionar Enter. Digitar 45 e pressionar Enter. Na barra de status. • • • • • • • • Pressionar Enter para criar o arco partindo da tangente da última linha criada. Digitar um valor para determinar o raio do arco e pressionar Enter para finalizar. selecionar Circle. Object Snap. Digitar 45 e pressionar Enter. selecionar Arc. Para desenhar uma linha: • • • No painel Draw.

Apagando objetos do desenho: • • No painel Modify.7. Digitar C para selecionar a opção Circunscrito e pressionar Enter. Fechar o arquivo sem gravar as alterações. Desenhando retângulos: • • • No painel Draw. 10. Desfazendo comandos anteriores: • No menu Quick Access Toolbar. Desenhando polígono: • • • • • No painel Draw. 9. Digitar 6 para determinar a quantidade de lados e pressionar Enter. selecionar Polygon. Clicar em um ponto na área de desenho. AutoCAD 2009 43 . 8. selecionar Rectangle. selecionar o comando Undo. 11. Digitar um valor para o raio ou determinando o valor clicando diretamente na tela. • • Aplique o comando Undo várias vezes até um comando desejado. Selecionar um ou mais objetos na área de desenho e pressionar a tecla Enter para finalizar o comando. Clicar em dois pontos na área de desenho para definir o tamanho do retângulo. Aplicar novamente o comando explorando as opções Dimensions e Area. Selecionar o comando Redo para desfazer algumas ações de Undo. selecionar Erase.

AutoCAD 2009 44 .

Capítulo 5 UTILIZANDO OBJECT SNAP. círculo e arco. A ilustração ao lado mostra os três tipos mais básicos de objetos: linha. enquanto os Object Snap Overrides representam a utilização de uma única vez de um Object Snap. Objects Snaps são geralmente configurados e então ligados e desligados. e o arco possui quatro tipos de snap com seis possibilidades de localização que poderão ser selecionadas. O termo “Runnign Object Snap” refere-se aos Objects Snaps que são configurados. e disponíveis quando a configuração Osnap está ativa. o que significa que ele estará ativo até que seja desligado. o usuário pretendia criar uma linha vertical no ponto final da linha horizontal sem utilizar os Objects Snaps. Cada vez que se cria um objeto é solicitado que se especifique um ponto para sua localização. entretanto. O Object Snap terá efeito apenas para o próximo ponto selecionado. POLAR TRACKING E POLAR SNAP Este capítulo aborda os diferentes tipos de Objects Snaps além da diferença entre os Objects Snaps e os Object Snap Overrides. AutoCAD 2009 45 . shortcut menu ou linha de comando. A linha aparentemente parece estar conectada corretamente. Neste exemplo. podemos ver que as linhas não estão conectadas em seus pontos finais. Objects Snaps Todo objeto que se cria no AutoCAD possui vários pontos selecionáveis que poderão ser utilizados para posicionar outros objetos. Running Objects Snaps Caso seja necessário utilizar o mesmo Object Snap repetidamente. Também será abordada a criação de geometrias a distâncias e ângulos precisos a partir de outras geometrias utilizando o Polar Tracking e Polar Snap. podemos configurá-lo como um “Running Object Snap”. Na figura ao lado. após um zoom na geometria. O termo “Object Snap Overrides” se refere a um Object Snap que se seleciona manualmente via toolbar. Outra característica dos “Running Objects Snaps” é que múltiplos Objects Snaps poderão ser ativados de uma única vez. o círculo possui dois tipos de snaps com cinco possibilidades de localização que poderão ser selecionadas. a linha possui dois tipos de snaps com três possibilidades de localização que poderão ser selecionadas.

a marca aparecerá sempre que se mover o cursor sobre um snap point.Acesso ao comando: Linha de comando Botão do AutoCAD Toolbar Barra de status Clique direito em > Settings OSNAP Tools > Drafting Settings. ou ainda se entrar com o nome na linha de comando. Acesso ao comando: Linha de comando Shortcut Menu Toolbar OSNAP SHIFT + Clique direito na área gráfica Object Snap AutoCAD 2009 46 .. Object Snap Override O modo “Snap Override” significa que o snap estará efetivo apenas para o próximo ponto especificado. ou se der um SHIFT+clique direito e selecionar um snap no shortcut menu. aba Object Snap Ao lado de cada Object Snap são exibidos os ícones que se referem à marca do AutoSnap.. Você estará utilizando o modo “Snap Override” se clicar em um Object Snap na toolbar. Se o AutoSnap estiver ligado..

Center .None AutoCAD 2009 47 . Ray. ray ou o canto mais próximo de um trace. linha. Encontra o ponto de intersecção de dois objetos: arco.Nearest . multilinha. elipse. elipse. spline ou xline. ray.Apparent Intersection .Tangent . ponto. shape ou texto. multilinha.Node . bloco. linha. região. arco elíptico. Encontra o ponto perpendicular a um arco. elipse. multilinha. region. spline. Encontra o ponto de quadrante de um círculo.Intersection . segmento de arco em uma polilinha ou spline. arco elíptico. arco elíptico. segmento de polilinha. Desenha um vetor paralelo a outro objeto quando é solicitado o segundo ponto de um vetor Temporariamente desliga todos os “running Objects Snaps” para a próxima seleção.Endpoint Descrição Encontra o ponto final mais próximo de um arco. Encontra o ponto em um círculo ou um arco que forma uma linha tangente ao objeto. arco elíptico. linha. ou origem do texto de cota.Midpoint . linha. ray. linha. spline ou xline.Tipos de Object Snap . Encontra o ponto mais próximo a um arco. arco elíptico.Insertion . ponto de definição de cota. círculo. região. arco elíptico. Snap a tangente de um arco. arco elíptico.Parallel . círculo. polilinha. círculo. arco ou elipse. solid. elipse. region. spline ou xline) que não se interceptam no espaço 3D mas parecem interceptar na vista corrente. spline ou xline.Extension . elipse. sólido ou 3D face. . polilinha. Encontra o objeto ponto. polilinha. círculo. polyline. sólido ou xline. segmento de polilinha. multilinha. Encontra o ponto médio de um arco. linha. de modo a permitir desenhar objetos a partir da linha de extensão. ray. multilinha. Também podemos utilizar o Object Snap Extension para encontrar a intersecção de dois objetos que se interceptariam se os objetos fossem estendidos.Perpendicular . Encontra a intersecção aparente de dois objetos (arco. multilinha. Encontra o ponto central de um círculo. Encontra o ponto de intersecção de um atributo. Cria uma linha de extensão temporária quando o cursor passa sobre um ponto final de um objeto. círculo.Quadrant . arco ou elipse. spline.

Podemos adicionar ou subtrair os modos “Object Snap” sem sair do comando corrente. Quando qualquer porção da caixa “aperture” tocar um objeto com um “snap point” válido.Utilizando Objects Snaps Quando se ligam múltiplos “Running Objects Snaps”. o software elege o snap point mais próximo do centro da cruz do cursor. Abaixo de Aperture Size. A próxima figura ao lado exibe a caixa “AutoSnap Aperture”. e quando clicar OK retornar à área de desenho e continuar criando nosso desenho. Podemos visualizar uma prévia do tamanho à esquerda do botão. AutoCAD 2009 48 . ajuste o seu tamanho arrastando o botão para a direita ou esquerda. Caixa de Diálogo Options – Aba Drafting Settings Abaixo das Configurações de “AutoSnap” selecionar a opção “Display AutoSnap Aperture Box” para ligar a caixa “Aperture”. Adicionar ou remover os “snap modes”. indicando o “snap point” selecionável. Ao clicarmos com o botão direito no OSNAP ( ) da barra de status e selecionarmos “Settings”. a marca do “AutoSnap” aparecerá. o software utiliza o “Object Snap” mais apropriado ao objeto selecionado. Caso dois potenciais “snap points” caírem dentro da área de seleção. esta opção está desligada. AutoSnap Aperture Podemos utilizar a caixa “AutoSnap Aperture” para informar quando um “Object Snap” estiver ativo. Por default.

A distância correta é 25. 2. certificando-se de que o ângulo exibido é 0 grau. Clicar com o botão direito do mouse próximo ao último ponto e selecionar Undo. Digitar 25 e pressionar ENTER. Para desenhar uma linha perpendicular: • • Arrastar o cursor para cima. OBS: Clicar com a direita sobre OSNAP e verificar se as opções “Endpoint. Arrastar novamente o cursor para a direita. como na figura a seguir. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\CriandoObjetosComObjectSnap. Quando você aproximar o cursor ao final da linha. 5. Extension e Center” estão selecionadas. 3.Exercício 06: Criando Objetos com Object Snap 1. certifique-se de que estão ligados: Polar Tracking. Para desenhar uma linha com distância errada e em seguida corrigir o erro utilizando o Undo: • • • • • Arrastar o cursor para a direita. Na barra de status. Entrar 100 e pressionar ENTER. certificando-se de que o ângulo exibido é 0 graus. Clicar para selecionar o ponto final da linha. 4. Object Snap Tracking e Dynamic Input. Object Snap. a marca de Endpoint deverá aparecer. Digitar 35 e pressionar ENTER. Intersection. certificando-se de que o ângulo exibido é 90 graus. selecionar Line. Para desenhar uma linha perpendicular à ultima linha: AutoCAD 2009 49 .dwg”. Para desenhar uma linha utilizando object snap: • • • No painel Draw.

Arrastar o cursor para a direita. Selecionar o ponto final da linha anterior. Pressionar a seta ▼ e selecionar a opção END no menu de atalho. selecionar Arc.• • • Arrastar o cursor para baixo. Entrar 50 e pressionar ENTER. Para posicionar o retângulo: AutoCAD 2009 50 . O object snap EXTENSION desenha uma linha tracejada. Teclar ENTER para finalizar o comando. Tocar (NÃO CLICAR!!!) o ponto (1) indicado na figura ao lado. Entrar 25 e pressionar ENTER. certificando-se de que o ângulo exibido é 90 graus. 6. certificando-se de que o ângulo exibido é 180 graus. Para finalizar o arco: • • Arrastar o cursor para a esquerda. Para desenhar o retângulo: • • • • No painel Draw. Selecionar o ponto final da linha a direita conforme figura ao lado: 8. 9. Para iniciar o desenho do arco: • • • No painel Draw. 7. 10. selecionar RECTANGLE. Digitar 20 e pressionar Enter para definir o afastamento da linha selecionada.

Digitar 112.5 utilizando os cantos do retângulo como ponto central. 15.• • • • Clicar com o botão direito do mouse e selecionar a opção Dimensions no menu de atalho. AutoCAD 2009 51 . No painel Draw. Selecionar o retângulo utilizado para posicionar os círculos e pressionar ENTER. Digitar 100 para a largura e teclar ENTER. Para desenhar o círculo: • • • No painel Draw. selecionar ERASE. selecionar CIRCLE. cada um com raio de 7. Arrastar o cursor para cima e à direita (2). selecionar CIRCLE. Selecionar no menu File > Save. Para desenhar um polígono circunscrito no círculo superior esquerdo: • • No painel Draw.5 na entrada dinâmica do campo Radius e pressionar ENTER.5. selecionar POLYGON.65 e pressionar ENTER. 14. Dica: O software armazena o valor do último raio digitado. Digitar 25 para o comprimento e teclar ENTER. Criar três círculos.70 e pressionar ENTER. digitar 75. Clicar em um ponto acima e à direita do desenho para posicionar o retângulo. Para desenhar o retângulo: • • • No painel Draw.5 pressionar ENTER para reutilizar o mesmo valor para o raio. 12. 13. digitar 6. Digitar 7. A marca de object snap deverá aparecer quando você se aproximar do círculo. selecionar RECTANGLE. Quando for solicitado o número de lados. 11. Dica: Desenvolva o hábito de salvar os arquivos com freqüência. Para desenhar mais três círculos: • • No painel Draw. Selecionar o ponto central do círculo (1). Se o comando exibir o valor 7. 16.

11 2 3 5 6 7 4 2Selecione para ligar o polar tracking. Para criar três polígonos circunscritos similares aos outros círculos: • • Pressionar ENTER para repetir o comando Polygon. Clique para definir um angulo PolarSnap adicional. Polar Tracking e Polar Snap Acesso ao comando: Botão do AutoCAD Atalho do Teclado Barra de status Tools > Drafting Settings. 17. Selecione o incremento para ângulos adicionais definidos na lista. 3456- 7- AutoCAD 2009 52 . Clique para exibir o ângulo do alinhamento como ângulo absoluto no sistema de coordenadas corrente. Selecionar Circumscribed About Circle no menu de entrada dinâmica. Clique para exibir o ângulo do alinhamento relativo ao último segmento desenhado.. Digitar 8 para o raio e pressionar ENTER... Clique para apagar o ângulo selecionado da lista de ângulos adicionais. Caixa de Diálogo Drafting Settings – Aba Polar Tracking Utilize esta caixa de diálogo para controlar os vários aspectos da característica “Polar Tracking”. Criar três polígonos adicionais nos círculos remanescentes como mostra a figura a seguir. Selecione o ângulo da lista para incrementar o alinhamento polar quando o cursor aproximar do angulo selecionado. 18.• • • Selecionar o centro do círculo superior esquerdo. Fechar o arquivo sem gravar. Aba Polar Tracking F10 Clique direito em > Settings... Também poderá ser utilizada a tecla F10 para ligar e desligar o polar tracking.

Esta opção apenas está disponível quando o PolarSnap estiver selecionado. 11 2Clique para habilitar o cursor a incrementar distâncias pré-definidas sobre o caminho do alinhamento. Entre a distância do incremento do cursor. 2 AutoCAD 2009 53 .Caixa de Diálogo Drafting Settings – Aba Snap e Grid Utilize a aba “Snap and Grid” da caixa de diálogo Drafting Settings para ajustar as configurações de snap para utilizar com o “Polar Tracking”.

selecionar PolarSnap. O grid ajuda alinhar objetos e visualizar a distância entre eles.Utilizando Polar Tracking e PolarSnap 1. podemos atingir incrementos de ângulos predefinidos ao mover o cursor para desenhar ou editar uma geometria. Grid. OBS: • • • Utilizando polar tracking. Clique em um ponto na área de desenho e arraste o cursor para o próximo ponto. o Polar Snap força o cursor a se mover em incrementos apenas quando o ângulo do cursor for igual ao incremento de ângulo do polar tracking. O tooltip do polar tracking exibirá a distância polar e o ângulo. O Polar Tracking é mais flexível que o modo ortogonal (Ortho) que restringe o movimento do cursor apenas para direções horizontais e verticais. na aba “Polar Tracking”. aba Snap and Grid. Você pode configurar o incremento PolarSnap como indicado na lista a seguir. Clicar OK. Limits e Snap Para aumentar a rapidez e eficiência podemos visualizar e mover o cursor sobre um grid retangular. selecione a opção Snap On (F9). AutoCAD 2009 54 . o cursor poderá ser movido livremente. que incrementa todos os movimentos do cursor. • • • • Na caixa de diálogo Drafting Settings. O grid é um padrão de pontos ou linhas retangulares que se estendem sobre a área especificada como limite de grid. Na seção Snap type. Na caixa de diálogo “Drafting Settings”. Crie geometrias de linhas ou polilinhas. ou entrar valores de distância diretamente. O grid não é impresso. Quando o ângulo do cursor for diferente do incremento do polar tracking. Clique com a direta no botão Polar da barra de status e selecione a opção Settings. Na seção Polar Spacing. digitar um valor para a distância polar. 2. 3. podemos ligar e desligar o “Polar Tracking” e selecionar o incremento do ângulo na lista. Ao contrário do Grid Snap.

Para definir o espaçamento do grid e do snap. o modo ortogonal ficará ativo. Para ativar o modo ortogonal. clicar no botão pressionar a tecla F8. aba Snap and Grid. mas geralmente são ativadas em conjunto. Quando o modo Snap está ativo.O modo snap restringe o movimento do cursor ao intervalo definido pelo usuário. Será solicitado o limite inferior esquerdo. o retângulo foi desenhado com o Grid e Snap ligados.0) e em seguida o limite superior direito. Enquanto a tecla SHIFT estiver pressionada. o cursor se move somente sobre os pontos do grid. Para ligar o Grid e Snap. clicar com a direita sobre estes botões e na caixa de diálogo Drafting Settings. o cursor se move apenas paralelo ao eixo X e Y. clicar nos botões apropriados na barra de status. Estas duas configurações podem ser ligadas e desligadas independentes uma da outra. Modo Ortogonal (Ortho mode) Quando se ativa o modo ortogonal. digitar Limits na linha de comando ou selecionar no menu Format > Drawing Limits. Na figura a seguir. Para especificar o limite do desenho. definir os valores desejados. da barra de status ou OBS: Pressione e segure a tecla SHIFT ao desenhar ou mover uma geometria para ativar temporariamente o modo ortogonal. Note que o retângulo está perfeitamente alinhado com o grid. (teclar ENTER para aceitar o valor default 0. AutoCAD 2009 55 .

4.dwg” 2. certifique-se de que estão ligados: SNAP ( ). agora na aba Object Snap: • • Certifique-se de que as opções Endpoint e Node estão selecionadas. selecionar PolarSnap. Ainda na caixa de diálogo Drafting Settings. Na seção Polar Spacing digite o valor 1 no campo Polar Distance. Ainda na caixa de diálogo Drafting Settings. Na caixa de diálogo Drafting Settings. 5. POLAR ( ). Clicar com o botão direito do mouse em POLAR ( ) e selecionar Settings. Na seção Polar Angle Measurement.Exercício 07: Utilizando Polar Tracking e PolarSnap Este exercício utilizará os recursos Polar Tracking e PolarSnap para criar linhas com distâncias e ângulos precisos. OSNAP ( ) e DYN ( ). agora na aba Snap and Grid: • • Na seção Snap Type. 1. configurar: • • Na lista Increment Angle selecione o valor 15. Na barra de status. AutoCAD 2009 56 . 3. 6. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\UtilizandoPolarTracking_PolarSnap. aba Polar Tracking. Clique OK. selecionar Absolute.

00 < 0 e selecione o ponto. Posicione o cursor onde o tooltip do ângulo polar exiba o valor 15. 8.00 < 0 e selecione o ponto. selecionar Line. AutoCAD 2009 57 . Posicione o cursor onde o tooltip do ângulo polar exiba o valor 25. 12.00 < 90 e selecione o ponto.00 < 315 e selecione o ponto. Posicione o cursor onde o tooltip do ângulo polar exiba o valor 25. Utilizando o Object Snap Node clique no ponto para especificar o início da linha.00 < 45 e selecione o ponto. Posicione o cursor onde o tooltip do ângulo polar exiba o valor 25. Mover o cursor para cima até que o tooltip do ângulo polar exiba o valor 70. Posicione o cursor onde o tooltip do ângulo polar exiba o valor 15. 11.00 < 180 e selecione o ponto. 9.00 < 0 e selecione o ponto. 10. Para desenhar uma linha utilizando polar tracking: • • • No painel Draw.7. 13. Arraste o cursor para a direita até que o tooltip do ângulo polar exiba o valor 25.

00 < 225 e selecione o ponto. Posicione o cursor onde o tooltip do ângulo polar exiba o valor 25. AutoCAD 2009 58 . 16. Posicione o cursor onde o tooltip do ângulo polar exiba o valor 25. 18.00 < 180 e selecione o ponto.14. Clique com o botão direito sobre qualquer ponto da área de desenho e selecione a opção Close. Posicione o cursor onde o tooltip do ângulo polar exiba o valor 15.00 < 180 e selecione o ponto. Clique com o botão direito do mouse sobre qualquer ponto da área de desenho e selecione a opção Repeat line. 17.00 < 135 e selecione o ponto. 19. Posicione o cursor onde o tooltip do ângulo polar exiba o valor 15. 15.

22.20. Feche o arquivo sem gravar. AutoCAD 2009 59 . Repita o comando Line e desenhe os segmentos de linha indicados na figura ao lado. Pressione ENTER para finalizar o comando Line. 21. Selecione os pontos finais (endpoints) indicados na figura abaixo.

AutoCAD 2009 60 .

Se você tentar adquirir mais de sete pontos. Caixa de Diálogo Drafting Settings – Aba Polar Tracking Na caixa de diálogo “Polar Tracking” na seção “Object Snap Tracking Settings”. A linha tracejada aparece para todos os ângulos polares definidos. Acesso ao comando: Botão do AutoCAD Atalho do Teclado Barra de status Tools > Drafting Settings. pontos anteriores são automaticamente liberados na primeira aquisição em relação a primeira base. O Object Snap tracking pode ser utilizado para calcular o centro de objetos não circulares tais como um retângulo ou polígono. Para utilizar o Object Snap tracking. toque-o com o cursor (não clique!!!). AutoCAD 2009 61 . Este capítulo ensina o que é o Object Snap tracking e como este recurso pode ser utilizado ao se criar e editar geometrias de uma maneira eficiente sem a necessidade da utilização de linhas auxiliares. Uma vez adquiridos estes pontos..Capítulo 6 UTILIZANDO OBJECT SNAP TRACKING O Object Snap é a maneira mais eficiente de localizar um ponto utilizando objetos existentes como referência. > Aba Object Snap F11 Clique direito em > Settings. Você pode adquirir mais de sete pontos para o Object Snap tracking. Para liberar um ponto. OBS: • • • • • • Para adquirir um ponto. Object Snap tracking utiliza os Objects Snaps para adquirir pontos.. selecione a opção “Track Orthogonally Only” ou “Track Using All Polar Angle Settings”. 12A linha tracejada aparece para alinhamentos horizontais ou verticais. Object Snap Tracking O Object Snap tracking trabalha em conjunto com os Objects Snaps para obter determinados pontos. o Object Snap tracking produz alinhamentos polares horizontais ou verticais relativos aos pontos adquiridos. toque o cursor adquirido com o cursor.. o recurso Object Snap deve estar ativo com pelo menos um Object Snap selecionado..

Ao ser solicitado o raio. Mover o cursor para a localização que seria a intersecção dos pontos adquiridos. Uma linha tracejada será apresentada a medida que o cursor se aproxima da intersecção calculada. Para especificar o ponto utilizando o Object Snap Midpoint. Fechar o arquivo sem gravar. 6.Exercício 08: Utilizando Object Snap Tracking Este exercício utilizará o recurso Object Snap Tracking para criar um círculo de 40 unidades de raio no centro do retângulo. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\UtilizandoObjectSnapTracking. Toque o meio da linha horizontal de baixo do retângulo para adquirir o ponto médio. e certifique-se de que os Object Snap Midpoint e Interseccion estão ligados. toque o ponto médio da linha vertical esquerda do retângulo. Inicie o comando Circle. 1.clicar 62 . digitar 40 e teclar ENTER. 3.dwg” 2. Clique com o botão direito sobre o botão OSNAP. Na barra de status. Quando o tooltip exibir para selecionar o centro do círculo. 9. AutoCAD 2009 . certifique-se de que estão ligados: OSNAP. Um pequeno sinal (+) aparecerá indicando que o ponto foi adquirido. 7. 5. e OTRACK. 8. 4.

barra de status.Capítulo 7 TRABALHANDO COM UNIDADES Este capítulo descreve como configurar as unidades em um desenho. polar tracking e interface de entrada dinâmica (dynamic input) Units Utilizamos o comando Units para configurar as unidades para o desenho. Quando se cria um desenho. as unidades são baseadas no sistema decimal. No AutoCAD o valor 1 pode ser 1 polegada ou 1 milímetro. uma das primeiras coisas a se definir é a unidade de trabalho. AutoCAD 2009 63 . U Format > Units Tools > Drawing Utilities Caixa de Diálogo Drawing Units Utilize a caixa de diálogo Drawing Units para selecionar a unidade e configurar a precisão apropriada em Length e Angle. Apesar de ser possível configurar as unidades de desenho a qualquer hora. é recomendado que esta configuração seja feita quando se inicia o desenho. Por default. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon Units. A configuração apropriada das unidades também determina como o software irá apresentar os valores via linha de comando.

AutoCAD 2009 64 .

Cada objeto selecionado é acrescentado no selection set. digitando W e pressionando ENTER. especificamos cantos opostos que definem uma área retangular. Para selecionar apenas um objeto. Após especificar o primeiro ponto. e sua representação modificada para linhas tracejadas. A área selecionada possui uma tonalidade para distinguir da seleção do tipo “crossing”. OBS: • • Apenas os objetos que estão inteiramente contidos na área retangular serão selecionados.Capítulo 8 SELECIONANDO OBJETOS Necessitamos selecionar objetos para modificá-los ou manipulá-los. O primeiro canto não poderá tocar um objeto existente. Este capítulo descreve os vários métodos de seleção do AutoCAD. Se houver alguma parte do objeto fora da “janela” este objeto não será selecionado. O Selection set é útil quando se deseja modificar um grupo de objetos. necessitamos utilizar diferentes métodos de seleção para selecionar estes objetos de modo eficiente. A seleção manual permite criar uma área sem restrição do movimento do cursor quando se definem os pontos. Podemos definir a seleção do tipo “window” manualmente em resposta a qualquer solicitação de seleção de objetos. A seleção tipo window pode ser implícita quando não se especifica manualmente o método de seleção. basta clicar sobre ele. Seleção tipo “Window” Um objeto ou um grupo de objetos uma vez selecionados é chamado de “selection set” (conjunto de seleção). Se necessário podemos continuar selecionando objetos. Quando se especifica a opção Window manualmente. arrastar o cursor da esquerda para a direita para definir a área. Podemos criar um selection set antes ou após a ativação de um comando. AutoCAD 2009 65 . À medida que a complexidade do desenho aumenta. Para fazer uma seleção tipo “implied window”. podemos definir a área da esquerda para direita ou da direita para a esquerda e o resultado será uma seleção do tipo “Window”.

A seleção manual permite criar uma área sem restrição do movimento do cursor quando se definem os pontos. Os grips modificam suas cores dependendo da situação: • Um grip azul significa que este grip não foi selecionado. Após especificar o primeiro ponto. Seleção de Objetos com Grips Grips são pontos selecionáveis na geometria que são utilizados para iniciar a edição de um objeto selecionado. podemos selecionar um grip para introduzir novos valores para comprimentos e ângulos. Quando a entrada dinâmica está ativa. Para fazer uma seleção tipo “implied crossing”. arrastar o cursor da direita para a esquerda para definir a área. este será selecionado e sua cor será modificada para vermelho. digitando C e pressionando ENTER.Seleção tipo “Crossing” Assim como na seleção tipo “window” a seleção do tipo “crossing” poderá ser implícita (quando não se especifica manualmente o método de seleção) ou manual. Os grips sempre aparecerão quando se selecionar um objeto sem que nenhum comando esteja ativo. podemos definir a área da esquerda para direita ou da direita para a esquerda. AutoCAD 2009 66 . e o resultado será uma seleção do tipo “Crossing”. OBS: • • Qualquer objeto que toque a “janela” será selecionado. A área selecionada possui uma tonalidade para distinguir da seleção do tipo “crossing”. Podemos definir a seleção do tipo “crossing” manualmente em resposta a qualquer solicitação de seleção de objetos. Quando se especifica a opção Crossing manualmente. O primeiro canto não poderá tocar um objeto existente. especificamos cantos opostos que definem uma área retangular. • Quando clicamos sobre um grip.

podemos utilizar a seleção tipo “Crossing Polygon” executando o seguinte procedimento: • • No prompt de seleção de objetos. ângulo ou diâmetro. digite CP e tecle ENTER. Especifique pontos que definem uma área que contorne totalmente os objetos que deseja que esteja no selection set. Seleção tipo “Window Polygon” Para selecionar objetos que estejam dentro de uma área não retangular. digite WP e tecle ENTER. podemos utilizar a seleção tipo “Window Polygon” executando o seguinte procedimento: • • No prompt de seleção de objetos. • Seleção tipo “Fence” A seleção tipo “Fence” é um conjunto de segmentos de linha que seleciona os objetos que cruzam este segmento. Pressione ENTER para fechar o polígono que define a área de seleção e completar a seleção. Especifique pontos que definem uma série de segmentos de linha que tocam os objetos que deseja que esteja no selection set. não selecionando os objetos que estejam contidos. Estes grips são utilizados pela entrada dinâmica para fornecer informações de dimensões tais como comprimento.• Quando colocamos o cursor sobre um grip não selecionado. • Seleção tipo “Crossing Polygon” Para selecionar objetos que estejam dentro ou cruzando uma área não retangular. digite F e tecle ENTER. Para utilizar a seleção do tipo Fence execute o seguinte procedimento: • • No prompt de seleção de objetos. Especifique pontos que definem uma área que contorne totalmente os objetos que deseja que esteja no selection set. Pressione ENTER para fechar o polígono que define a área de seleção e completar a seleção. Pressione ENTER para completar a seleção. sua cor será modificada para verde (hover grip). 67 • AutoCAD 2009 .

utilize a opção Last: • • • No prompt de seleção de objetos. utilize o método Window ou Crossing pressionando a tecla SHIFT. Todos os objetos exibidos e todos os objetos em layers desligados (off) serão selecionados. Para selecionar o último conjunto de seleção (selection set). Pressionar o CRTL + A no prompt de seleção de objetos também seleciona todos os objetos. Todos os objetos da última seleção armazenados no selection set. Pressione ENTER para completar a seleção. Seleção tipo “Previous” Os conjuntos de seleção (selection sets) são armazenados na memória. Pressione ENTER para completar a seleção. digite all e tecle ENTER.Seleção tipo “All” Podemos selecionar todos os objetos disponíveis no desenho digitando a opção All no prompt de seleção de objetos. Para utilizar a opção All: • • • No prompt de seleção de objetos. digite P e tecle ENTER. Pressione ENTER para completar a seleção. serão selecionados. OBS: Você pode remover os objetos da seleção corrente. O último objeto criado é selecionado. digite L e tecle ENTER. AutoCAD 2009 68 . OBS: Utilize CRTL + A para selecionar todos os objetos do desenho antes de ativar um comando. utilize a opção Previous: • • • No prompt de seleção de objetos. Para remover vários objetos de uma única vez. pressionando a tecla SHIFT e selecionando os objetos novamente. Seleção tipo “Last” Para selecionar o último objeto criado visível. Tome cuidado ao utilizar esta opção. porém cancela o comando corrente. pois ela seleciona os objetos em layers que estejam desligados (off).

3. 4. em relação ao qual os objetos serão movidos. seguido pela seleção de um ponto onde os objetos serão movidos. Clicar com o botão direito do mouse e selecionar a opção Move.Capítulo 9 MANIPULANDO OBJETOS A edição de objetos é um procedimento muito utilizado em desenhos. Selecione um objeto para ativar os grips. os valores de coordenadas digitados especificarão a distância e direção relativa. Especifique um ponto base de origem (em relação a qual os objetos serão movidos). Independente de ser resultado de modificações no projeto ou apenas uma prática para criar objetos de maior complexidade a partir de objetos mais simples. 2. clique com a direita e selecione a opção Move Movendo objetos com o comando Move 1. Clique em um grip para ativar o modo de edição. Podemos selecionar os dois pontos ou utilizar a opção Displacement (deslocamento).M Modify > Move Selecione objetos. AutoCAD 2009 69 . Linha de Comando Menu Browser Menu de Atalho Ribbon MOVE. Especifique o segundo ponto de destino (para onde os objetos serão movidos) 5. Move O comando Move permite mover objetos no desenho selecionando um ponto base. 3. Inicie o comando Move. este ponto será utilizado como ponto base. a edição será um procedimento freqüente em seu trabalho. Movendo objetos utilizando Grips 1. Os objetos serão movidos para o novo ponto. Utilizando a opção Displacement. Selecione os objetos que deseja mover e pressione ENTER para finalizar a seleção. 2. 4. Selecionar a nova localização do objeto. Por default.

Copiando objetos utilizando Grips 1. clique com a direita e selecione a opção Copy Copiando objetos com o comando Copy 1. 3. Clicar com o botão direito do mouse e selecionar a opção Copy.Copy O comando Copy duplica objetos a uma distância específica da posição original. 3. Selecione um objeto para ativar os grips. 4. 2. este ponto será utilizado como ponto base. Selecionar a nova localização para o objeto copiado. Linha de Comando Menu Browser Menu de Atalho Ribbon COPY. Clicar com o botão direito do mouse e selecionar a opção Move. 5. 4. Inicie o comando Copy. 5. Clique em um grip para ativar o modo de edição.CO Modify > Copy Selecione objetos. Continue especificando pontos para criar cópias adicionais. Selecione os objetos que deseja copiar e pressione ENTER para finalizar a seleção. Especifique um ponto base de origem (em relação a qual os objetos serão copiados). Especifique o segundo ponto ou o deslocamento (para onde os objetos serão copiados). Por default. 2. AutoCAD 2009 70 .

2. clique com a direita e selecione a opção Rotate Rotacionando objetos com o comando Rotate 1. definindo um ângulo de referência e digitando o novo valor para o ângulo de referência. este ponto será utilizado como centro da rotação. Rotacionando objetos utilizando Grips 1. Se for necessário fazer uma cópia do objeto durante a rotação. 2. Selecione um objeto para ativar os grips. Inicie o comando Rotate. 3. 4. uma cópia do objeto é rotacionada.Rotate O comando Rotate rotaciona objetos no desenho. Linha de Comando Menu Browser Menu de Atalho Ribbon ROTATE. OBS: • Utilize a opção Copy para rotacionar uma cópia do objeto original. Especificar o ângulo de rotação. RO Modify > Rotate Selecione objetos. Por default. AutoCAD 2009 71 . • O ponto base para a rotação deve ser sobre o objeto a ser rotacionado ou próximo a ele. deixando o objeto original em sua posição corrente. utilize o polar tracking para acelerar o processo de definição do ângulo de rotação. Especifique o ângulo de rotação movendo o cursor ou digitando o valor do ângulo. 3. 4. podemos especificar a opção Copy. Especifique um ponto base para a rotação. Clique em um grip para ativar o modo de edição. Quando a opção Copy está ativa. • Quando apropriado. Selecione os objetos que deseja rotacionar e pressione ENTER para finalizar a seleção. Clicar com a direita e selecionar a opção Rotate. O comando permite rotacionar objetos digitando um ângulo para a rotação.

Quando se inicia o comando Mirror. 5. AutoCAD 2009 72 . Selecione um objeto para ativar os grips. 2. e em seguida que se defina a linha de espelho (mirror line). este ponto será utilizado como primeiro ponto da linha de espelho. Linha de Comando Menu Browser Ribbon MIRROR. Clique em um grip para ativar o modo de edição. Especifique o ângulo de rotação movendo o cursor ou digitando o valor do ângulo. 3.Mirror O comando Mirror cria uma versão simétrica da geometria. Espelhando objetos utilizando Grips 1. Por default. Se precisar inverter o texto. que significa que o texto não é invertido. Por default. esta variável está configurada com o valor 0. configure a variável MIRRTEXT para 1. 4. podemos decidir se desejamos apagar ou manter a geometria fonte. 4. Selecione os objetos que deseja espelhar e pressione ENTER para finalizar a seleção. Inicie o comando Mirror. Digite Y para apagar os objetos fonte ou N para manter os objetos.MI Modify > Mirror OBS: Podemos utilizar a variável de sistema MIRRTEXT para inverter o texto em uma ação Mirror. Espelhando objetos com o comando Mirror 1. A linha de espelho define um vetor sobre o qual toda geometria selecionada é espelhada. Selecione dois pontos para definir a linha de espelho. Clicar com a direita e selecionar a opção Mirror. é solicitado que se selecione os objetos a serem espelhados. Mover o cursor para definir a linha de espelho e selecionar o segundo ponto. 3. 2. Após definir a linha de espelho.

AR Modify > Array Caixa de Diálogo Array – Array Retangular 1. 6. Este botão só estará disponível quando for selecionado um objeto para o array. 7. 2. 3. AutoCAD 2009 73 . Utilize a janela de pré-visualização para ver a direção do padrão a ser criado. Digite o número de colunas do array.Array Com o comando Array podemos duplicar objetos existentes em um padrão retangular ou circular. Digite o ângulo para o array. O tipo de array pode ser escolhido na caixa de diálogo Array. 5. 4. Digite o número de linhas do array. Clique para selecionar objetos para incluir no array. Digite uma distância para o espaçamento de cada coluna. Digite uma distância para o espaçamento de cada linha. Clique no botão Preview para pré-visualizar o array. Linha de Comando Menu Browser Ribbon ARRAY.

5. Um número negativo cria um array na direção horária. podemos selecionar o botão de seleção para esconder a caixa de diálogo. Selecione para rotacionar cada objeto ao ser posicionado no array. OBS: • Apesar de não ser possível executar Zoom e Pan utilizando métodos tradicionais quando a caixa de diálogo Array ou o Array Preview estiver ativo. clique com a direita e selecione a opção Scale AutoCAD 2009 74 . Isto inclui o objeto original. Para retornar à caixa de diálogo Array. Número de itens e ângulo entre os itens. Digite as coordenadas X e Y do ponto de centro ou selecione o botão de seleção ao lado do campo Y para selecionar um ponto no desenho. 6. 2. SC Modify > Scale Selecione objetos.Caixa de Diálogo Array – Array Polar 1. será exibida a caixa de diálogo . pressionar ENTER sem selecionar qualquer objeto ou ponto. Linha de Comando Menu Browser Menu de Atalho Ribbon SCALE. Clicar em Accept para criar o array. 3. Digite o ângulo total para o array. Scale Utilizamos o comando Scale quando precisamos modificar o tamanho de uma geometria existente no desenho. em Modify para modificar parâmetros do array ou Cancel para cancelar o comando. 4. • Após selecionar o botão Preview. Selecione o método de cálculo do array polar: • • • Número de itens e ângulo para preencher. Digite o número total de itens para o array. permitindo assim o Zoom e o Pan. Ângulo para preencher e ângulo entre os itens. Clique para selecionar objetos para incluir no array.

Selecione os objetos que deseja escalar e pressione ENTER para finalizar a seleção. Escalando objetos com o comando Scale 1. Após especificar o comprimento de referência. O último fator de escala utilizado permanece na sessão de edição corrente. Selecione um objeto para ativar os grips. 4. 3. Selecione o ponto base. a distância entre o ponto base e a geometria será escalada. Clicar com o botão direito do mouse e selecionar a opção Scale. 3. 2. Utilize esta opção para escalar uma copia da geometria selecionada. 4. Especifique o valor da escala. digite o novo comprimento para o comprimento de referência. A geometria original não será escalada. Escalando objetos utilizando Grips 1. Digite um fator de escala e pressione ENTER. AutoCAD 2009 75 . Clique em um grip para ativar o modo de edição. Utilize esta opção para especificar um comprimento de referência. 2. este ponto será utilizado como ponto base para a escala. digitando um valor ou selecionando dois pontos. Caso o ponto base não for coincidente com a geometria selecionada. Por default. diminui o tamanho da geometria. Quando se utiliza a opção Reference. os dois pontos que definem o comprimento de referência são independentes da escala do ponto base.Opções do Comando: Opções Base Point Descrição Utilize esta opção para definir o ponto a partir do qual a geometria selecionada será escalada. Um valor maior que 1 aumenta o tamanho da geometria. Copy Reference OBS: • • • Um valor menor que 1. Inicie o comando Scale. O fator de escala é calculado como Comprimento de Referência = Novo Comprimento.

certifique-se de que estão ligados: POLAR. Na barra de status. Toque no canto inferior da geladeira para adquirir este ponto (sem clicar!!!). • Mova o cursor a esquerda e selecione a intersecção dos dois pontos adquiridos AutoCAD 2009 76 .dwg” 2. Clique com o botão direito sobre o botão OSNAP. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\ManipulandoObjetos. Selecione dois pontos da esquerda para a direita de modo a realizar uma seleção do tipo “window”. e OTRACK.Exercício 09: Manipulando Objetos 1. 4. 3. e certifique-se de que os Object Snap Midpoint. Para mover a pia para o interior da cozinha: • • Inicie o comando Move .Interseccion e Center estão ligados. Selecione o ponto médio da pia como ponto base • • Toque o ponto médio da parede para adquirir este ponto (sem clicar!!!). OSNAP. Execute um Zoom na parte inferior esquerda do desenho como indica a figura a seguir: 5. • • Pressione ENTER para finalizar a seleção.

Selecione um ponto acima do sofá. AutoCAD 2009 77 . • Teclar F8 para desligar o modo ortogonal. Para mover o sofá para a sala utilizando os grips: • • Selecione o sofá e clique no grip de inserção para entrar em modo de edição. Digite Y para apagar o sofá original. Pressione a tecla F8 para ativar o modo ortogonal. Mova o cursor para a direita e selecione o segundo ponto da linha de espelho. Selecione o sofá e tecle ENTER para encerrar a seleção. 8.6. Para espelhar o sofá de três lugares: • • • • • • Inicie o comando Mirror . Clique com a direita e selecione a opção Move. Execute um Zoom Window para obter uma visualização como indica a figura a seguir: 7.

9. 78 AutoCAD 2009 . Como segundo ponto. Para copiar o sofá de dois lugares para a outra sala: • • • Execute um Zoom Extents. selecione o meio da parede da outra sala. selecione o canto superior esquerdo da mesa. • • • Como ponto base. Para escalonar a mesa de canto: • • • • Fazer um Zoom no canto da sala. Mova o cursor e verifique que o comando segue pedindo outro segundo ponto. basta selecionar um novo ponto. Como ponto base. Inicie o comando Scale .• • • Tocar o ponto médio da linha de interior da sala. Mover o cursor para baixo e selecionar um ponto próximo à parede. Selecione o sofá de dois lugares e tecle ENTER para encerrar a seleção. selecione o meio da parede. Inicie o comando COPY . • 10. Caso se deseje fazer outra cópia. Selecione a mesa e tecle ENTER para encerrar a seleção. Teclar ENTER para encerrar o comando. Teclar ESC.

11. mantendo a distância do canto da parede.5 para definir o fator de escala e tecle ENTER. Clique com a direita e selecione a opção Copy. AutoCAD 2009 79 . • Digite 90 e pressione ENTER para rotacionar a cadeira a 90 graus no sentido anti-horário. Selecione o centro do círculo como ponto base para a rotação.• Digite 0. Para rotacionar a cadeira da mesa redonda: • Clique com a direita em OSNAP na linha de status e selecione Settings e em seguida a opção Center. A mesa será escalada para a metade do tamanho original. Selecione a cadeira e tecle ENTER para encerrar a seleção. Selecione a cadeira e tecle ENTER para encerrar a seleção. 12. Tecle ENTER para aceitar o valor do ângulo da última rotação (90 graus). Para fazer uma cópia da cadeira ao rotacioná-la: • • • • • Tecle ENTER para repetir o comando Rotate. • Selecione o centro do círculo como ponto base para a rotação. • • Inicie o comando Rotate .

Selecione o centro do círculo como ponto base para a rotação. Selecione as duas cadeiras e tecle ENTER para encerrar a seleção. Clique em Polar para ativar este recurso. 14. Posicione o cursor onde o Ângulo Polar esteja exibindo o valor de 180 e clique para selecionar este ponto. AutoCAD 2009 80 . Clique com a direita e selecione a opção Copy. para selecionar os objetos. Inicie o comando Array . • • Na caixa de diálogo Array. Para rotacionar as duas cadeiras com a opção Copy para que se tenham 4 cadeiras ao redor da mesa: • • • • • • Tecle ENTER para repetir o comando Rotate. Para criar uma matriz de mesas: • Execute um Pan no desenho de modo que a mesa redonda esteja posicionada no canto inferior esquerdo da área de trabalho.13. clique em • Clique em dois pontos opostos da direita para a esquerda para fazer uma seleção do tipo Crossing e selecionar a mesa e as quatro cadeiras.

Fechar o arquivo sem gravar. • Pressionar ESC para modificar o número de linhas para 3 (Rows) e o número de colunas para 4 (Columns). Columns = 3 Row Offset = 3000 mm Column Offset = 3000 mm Clique em Preview para visualizar o array. Na caixa de diálogo Array. • . entre com os seguintes valores: • • • • • Rows = 2. clicar no botão OK para aceitar os novos valores e encerrar o comando. Na caixa de diálogo Array.• • Tecle ENTER para encerrar a seleção. AutoCAD 2009 81 . 15.

AutoCAD 2009 82 .

estilos etc. Todo arquivo de desenho contém pelo menos um layer de nome “0” que é o layer padrão do AutoCAD e não pode ser apagado nem renomeado. Utilizamos os layers para agrupar logicamente os objetos em um desenho baseados em sua aparência. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser LAYER. Quando se agrupam objetos em layers. colocando todas as cotas em um layer. No AutoCAD 2009 o gerenciador Layer Properties Manager está disponibilizado na forma de Palette permitido a interatividade dinâmica das propriedades dos Layers com o ambiente de desenho sem a necessidade de fechá-la para visualizar as aplicações efetuadas. Elétrica. Texto.Capítulo 10 TRABALHANDO COM LAYERS À medida que aumenta a complexidade dos desenhos. podemos controlar um grupo inteiro de objetos relacionados controlando o seu layer.. Hachuras. Ribbon AutoCAD 2009 83 .. Civil etc. função ou característica comum: Cotas. Muitas empresas possuem arquivos padronizados. surge a necessidade de organizar os objetos e gerenciar os dados do projeto. poderemos ocultá-las de uma única vez congelando ou desligando o layer. Layer Properties Manager A ferramenta fundamental de manipulação de layers é o Layer Properties Manager. LA Format > Layer. Por exemplo. conhecidos como templates contendo configurações de layers. Ele costuma ser utilizado quando se cria um bloco.

descreve os tipos de status disponíveis: Estes ícones aparecem na caixa de diálogo Layer Properties Manager e também na lista de Layers. estilo de plotagem. tipo de linha. etc. Não se pode apagar layers que contenham objetos. lineweight (peso de linha). Também podemos dar um duplo clique no layer para torná-lo corrente.As seguintes opções estão disponíveis na caixa de diálogo Layer Properties Manager: Opções New Property Filter (Alt+P) Descrição Exibe a caixa de diálogo de propriedades de filtro de layers. Locked (Bloqueado) – Os objetos no layer não podem ser selecionados e editados. O layer não será apagado até que se clique em OK ou Apply. no qual você pode salvar as configurações atuais das propriedades dos Layers em um “layer state” nomeado e depois restaurar estas configurações mais tarde. A tabela a seguir. 84 ou ou AutoCAD 2009 . New Group Filter (Alt+G) Layer States Manager (Alt+S) New Layer (Alt+N) New Layer VP Frozen in All Viewports Delete Layer (Alt+D) Set Current (Alt+C) Layer Status Podemos controlar a visibilidade e disponibilidade de objetos em layers ajustando o status do layer. status de plotagem. Digite um nome para o layer na coluna Name. Clique para criar um novo layer. Ícone ou Status On (Ligado) – Os objetos no layer estão visíveis Off (Desligado) – Os objetos no layer não estão visíveis mas ainda são considerados quando o desenho é regenerado. Clique para marcar o layer selecionado para deleção. onde você pode criar filtros de layers baseados em uma ou mais propriedades de layers. Cria um filtro de layer que contém layers que você seleciona e adiciona ao filtro. Clique para fazer com que o layer selecionado se torne corrente. Selecione o layer e clique na coluna apropriada para definir suas propriedades tais como cor. Thawed (Descongelado) – Os objetos no layer estão visíveis Frozen (Congelado) – Os objetos no layer não estão visíveis e não são considerados quando o desenho é regenerado. Exibe o Layer State Manager (gerenciador de estado de Layers). Unlocked (Desbloqueado) – Os objetos no layer podem ser selecionados e editados. Cria um novo Layer e o congela em todas as viewports. Clique no ícone para modificar o seu status.

Se desejar que o novo layer possua propriedades tais como cor. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYERP Format > Layer Tools > Layer Previous Home > Layers > Layer States Manager Através do Layer States Manager.OBS: • Quando se cria um layer. é possível graver as configurações dos “estados de layer” e recuperar estes estados (desligados/ligados. • Make Object’s Layer Current Esta ferramenta faz com que o layer corrente seja o layer dos objetos selecionados. congele (Freeze) layers ao invés de desligálos (Off). selecione o layer similar antes de clicar no botão New. tipo de linha em comum com outro layer. Para melhor desempenho em desenhos grandes. congelados/descongelados…) quando necessário. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYERSTATE Format > Layer States Manager… Home > Layers > AutoCAD 2009 85 . as propriedades do layer selecionado são duplicadas para o novo layer. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYMCUR Format > Layer Tools > Make Objects Layer Current Home > Layers > Layer Previous Retorna a última configuração do layer corrente e o status anterior de todos os layers do desenho.

Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYMCH Format > Layer Tools > Layer Match Home > Layers > AutoCAD 2009 86 . para o layer de um objeto selecionado como layer de destino. Selecionando um dos layers da lista. os objetos deste layer serão visualizados. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYWALK Format > Layer Tools > Layer Walk… Home > Layers > > Layer Match Modifica o layer de um ou mais objetos selecionados.Layer Tools Além das ferramentas Make Object’s Layer Current e Layer Previous apresentadas anteriormente. várias ferramentas de manipulação de layers estão disponíveis no menu Format > Layer Tools. Descreve-se a seguir as funcionalidades destas ferramentas: Layer Walk Exibe o número de layers e uma lista com seus nomes. do botão do AutoCAD.

ou criar um novo layer.Change to Current Layer Modifica o layer dos objetos selecionados. Inclui a opção de afetar todos os Layouts ou apenas o Layout corrente. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYVPI Format > Layer Tools > Isolate Layer to Current Viewport Home > Layers > > AutoCAD 2009 87 . mantendo os objetos originais intactos. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon COPYTOLAYER Format > Layer Tools > Copy Objects to New Layer Home > Layers > > Layer Isolate Isola o layer de um ou mais objetos selecionados desligando todos os outros layers. para o layer corrente. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYCUR Format > Layer Tools > Change to Current Layer Home > Layers > > Copy Objects to New Layer Copia os objetos selecionados para outro layer. Podemos selecionar o layer de destino de uma lista de layers. congelando o layer em todas as viewports com exceção da viewport corrente. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYISO Format > Layer Tools > Layer Isolate Home > Layers > Isolate Layer to Current Viewport Isola o layer de um objeto selecionado na viewport corrente.

Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYON Format > Layer Tools > Turn All Layers On Home > Layers > > Layer Freeze Congela o(s) layer(s) dos objetos selecionados. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYOFF Format > Layer Tools > Layer Off Home > Layers > Turn All Layers On Liga todos os layers do desenho. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYUNISO Format > Layer Tools > Layer Unisolate Home > Layers > Layer Off Desliga o(s) layer(s) dos objetos selecionados.Layer Unisolate Restaura o estado dos layers para o estado que estavam quando foi utilizado o comando LAYISO. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYFRZ Format > Layer Tools > Layer Freeze Home > Layers > AutoCAD 2009 88 .

Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYMRG Format > Layer Tools > Layer Merge Home > Layers > > AutoCAD 2009 89 . removendo o layer original do desenho. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYULK Format > Layer Tools > Layer Lock Home > Layers > > Layer Merge Move todos os objetos do primeiro layer selecionado para o segundo layer selecionado.Thaw All Layers Descongela todos os layers do desenho. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYTHW Format > Layer Tools > Thaw All Layers Home > Layers > > Layer Lock Trava o layer dos objetos selecionados. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYLCK Format > Layer Tools > Layer Lock Home > Layers > > Layer UnLock Destrava o layer dos objetos selecionados.

removendo o layer do desenho. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon LAYDEL Format > Layer Tools > Layer Delete Home > Layers > > AutoCAD 2009 90 .Layer Delete Apaga todos os objetos de um layer especificado.

2. clicar em o nome “PAREDES”. Na Ribbon Home > Layers > (Layer State Manager) para gravar o estado de layer com 3. Selecionar para exportar o estado de layer criado para um arquivo. Abrir o arquivo C:\ATC\CursoAutoCAD\LayerState.dwg.las”.Exercício 10: Trabalhando com Layer State 1. AutoCAD 2009 91 . selecionar a pasta “C:\ATC\CursoAutoCAD” e em “File name” digitar “paredes. Na caixa de diálogo Export Layer state. 4. Clicar em . Na caixa de diálogo Layer States Manager. 5.

9.las”. Selecionar o arquivo e clicar em . Observe se a restauração dos layers foi bem sucedida como na figura abaixo.6. 8. Selecionar “completo” e clicar em para visualizar o estado de layer importado. Na área “Layer States:” são exibidos todos os estados de layers carregados no desenho. Selecionar para importar o estado de layer do arquivo “completo. 7. 10. AutoCAD 2009 92 . Clicar em para executar o Layer Previous e retornar à última configuração de layer. Fechar o arquivo sem gravar.

Por exemplo: se você estiver executando o comando Trim. pode pressionar e segurar a tecla SHIFT para selecionar objetos para serem estendidos. selecionamos objetos para utilizar como linha de corte e cortamos os objetos em relação a estes objetos. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon OBS: • Pressionando a tecla SHIFT + a seleção de um objeto alterna entre os comandos Trim e Extend. EX Modify > Extend Home > Modify > Offset O comando Offset cria um novo objeto de formato paralelo ao formato do objeto selecionado. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon TRIM. selecionamos objetos para utilizar como limite e estendemos os objetos em relação a estes objetos. a edição será um procedimento freqüente em seu trabalho. Quando utilizamos o comando Trim. Independente de ser resultado de modificações no projeto ou apenas uma prática para criar objetos de maior complexidade a partir de objetos mais simples. Trim O comando Trim permite cortar ou encurtar o comprimento de uma geometria em relação a outros objetos. T Modify > Trim Home > Modify > Extend O comando Extend permite estender o comprimento de uma geometria em relação a outros objetos. AutoCAD 2009 93 . Similarmente.Capítulo 11 ALTERANDO OBJETOS A edição de objetos é um procedimento muito utilizado em desenhos. Selecionamos a porção a ser cortada e não a que deve ser mantida. Quando utilizamos o comando Extend. EXTEND. você pode estar no comando Extend e utilizar a tecla SHIFT para selecionar objetos a serem cortados.

Configura o layer para o novo objeto. Digite a distância do offset ou especifique a distância clicando em dois pontos. Você pode escolher o layer fonte ou o layer corrente. Apaga o objeto fonte após executar o offset. Clique com a direita e selecione a opção Multiple.Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon OFFSET. Selecione o objeto para o offset. Selecione o ponto ou objeto a partir do qual será feito o offset. Digite a distância do offset ou especifique a distância clicando em dois pontos. Executa o offset em série. Clique com a direita e selecione a opção Trough. Selecione um ponto no lado que você deseja posicionar o novo objeto. Selecione outro objeto para o offset ou tecle ENTER para sair do comando. Fazendo Múltiplos Offsets • • • • Inicie o comando OFFSET. Fazendo Offset a uma Distância Específica • • • • • Inicie o comando OFFSET. Esta opção aparece após selecionar o objeto a fazer o offset. O Modify > Offset Home > Modify > Opções do Comando: Opções Trough Erase Layer Multiple Descrição Faz o Offset do objeto selecionado a partir de um ponto ou outro objeto. Selecione o objeto para o offset. O último objeto criado se torna o objeto a ser offset. Selecione o objeto para o offset. 94 AutoCAD 2009 . Fazendo Offset a partir de um ponto ou Objeto • • • • • Inicie o comando OFFSET. Selecione outro objeto para o offset ou tecle ENTER para sair do comando.

arcos elípticos e splines. Polilinhas e Splines: o o o o Devem ser coplanares. [close]: OBS: Quando se utiliza o comando Join. Linhas e arcos podem se juntar a polilinhas. Selecione outro ponto para fazer offset do último objeto com a mesma distância. Serão objetos que serão unidos ao objeto fonte. Os segmentos não podem se sobrepor. J Modify > Join Home > Modify > > Opções do Comando: Opções Select source object: Select objects to join to source: Descrição Seleciona o objeto em que outros objetos serão ligados. Os segmentos podem se sobrepor. O comando Join funciona em polilinhas. se a polilinha for selecionada como objeto fonte. Select elliptical arcs É exibido se o objeto fonte é um arco elíptico. 95 AutoCAD 2009 . Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon JOIN. linhas arcos. as seguintes regras são seguidas: • Linhas: o o o • Os segmentos devem ser colineares. Devem compartilhar o mesmo endpoint (ponto final). A opção Close fecha o arco source or [close]: convertendo-o em um círculo. Select arcs to join to É exibido se o objeto fonte é um arco. Os segmentos podem ter aberturas entre eles.• • • Selecione um ponto no lado que você deseja posicionar o novo objeto. A opção Close fecha o to join to source or arco elíptico. Join O comando Join combina segmentos individuais em um único objeto reduzindo o tamanho do arquivo e aumentando a qualidade do desenho. Continue selecionando outros pontos para repetir o offset ou tecle ENTER para sair do comando.

AutoCAD 2009 96 . Os segmentos podem se sobrepor. BR Modify > Break Home > Modify > Opções do Comando: Selecione a opção “Break at Point” sejam os mesmos. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon BREAK. círculos. no painel Draw se desejar que o primeiro e o segundo ponto Fillet O comando Fillet conecta dois objetos com um arco de um raio específico. etc. elipses. • Arcos Elípticos: o Devem compartilhar o mesmo caminho elíptico. Digite @ e tecle ENTER para utilizar o primeiro ponto como segundo ponto. O painel 2D Draw possui duas versões do comando Break: uma quebra o objeto deixando uma abertura entre os dois pedaços remanescentes e a outra quebra o objeto em um ponto deixando os seus pontos finais coincidentes. polilinhas. Opções First point: Second point: Descrição Especifica o primeiro ponto de quebra. Especifica o segundo ponto de quebra. e ter como resultado dois objetos com seus pontos finais (endpoints) coincidentes. Se esta opção não for especificada. Break O comando Break quebra um único objeto em dois objetos independentes.• Arcos: o o o Devem compartilhar o mesmo caminho circular. Com ele podemos criar cantos arredondados ou cantos secos desde que seja especificado um raio de valor zero. Podemos utilizar este comando em linhas arcos. Os segmentos podem ter aberturas entre eles. Isto é executado após selecionar o objeto a ser quebrado e em seguida especificando os pontos de quebra. o ponto onde foi selecionado o objeto é utilizado como primeiro ponto.

os objetos selecionados para o chanfro não são cortados. se pressionar a tecla SHIFT e selecionar dois objetos. Todos os vértices serão chanfrados com as configurações de distância e ângulo. Em outras palavras. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon CHAMFER. F Modify > Fillet Home > Modify > Opções do Comando: Opções Undo Polyline Trim / No Trim Descrição Reverte a última ação do comando Fillet. Utilize esta opção para configurar o modo Trim e No Trim. Quando o modo No Trim está configurado. Utilize esta opção para fazer um chanfro em uma polilinha 2D. Executa um fillet em todos os vértices utilizando o valor corrente do raio Quando o modo Trim é selecionado. Utilize esta opção para criar chanfros baseados em uma distância e um ângulo. Se for selecionado No Trim. Utilize esta opção para especificar os valores da distância d1 e distância d2 para o chanfro. Chamfer O comando Chamfer cria uma linha entre duas retas não paralelas. 97 AutoCAD 2009 . os objetos chanfrados são cortados no início das linhas de chanfros. transforma a união de duas linhas ortogonais em outra linha inclinada. será executado um Fillet de raio zero. Quando o modo Trim está ativo. Quando a opção Multiple é selecionada. Multiple OBS: Independente da configuração do raio. podemos criar múltiplos fillets sem reiniciar o comando. CHA Modify > Chamfer Home > Modify > > Opções do Comando: Opções Undo Polyline Distance Angle Trim Descrição Reverte a última ação do comando Chamfer. o raio do fillet é desenhado. criando um chanfro. mas as linhas não são cortadas. as linhas são cortadas para ser tangente com o fillet.Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon FILLET.

fazemos o chanfro mantendo os objetos como eram originalmente • • Utilize a opção Polyline para chanfrar todos os cantos da polilinha.Method Multiple OBS: • Utilize esta opção para alternar entre os métodos Distance e Angle para criar o chanfro. Utilize esta opção para criar múltiplos chanfros sem reiniciar o comando Chamfer. Com o método Distance. após definir a janela de stretch. você especifica o ponto base e o segundo ponto para o stretch. Stretch Utilizamos o comando Stretch para modificar o formato de objetos no desenho. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Browser Ribbon STRETCH. Os objetos que cruzarem a janela de seleção serão esticados. enquanto os objetos que estejam inteiramente dentro da janela serão movidos. você pode chanfrar os quatro cantos de um quadrado com um único comando Chamfer. • Com o modo NoTrim. • Com o método Angle. Por exemplo. você especifica o quanto cada linha deve ser cortada ou estendida. Utilize a opção Multiple para chanfrar mais de um objeto sem reiniciar o comando. S Modify > Stretch Home > Modify > AutoCAD 2009 98 . você especifica o comprimento do chanfro e o ângulo com a primeira linha. definindo a área a ser estendida (esticada) com a ferramenta de seleção Crossing Window ou Crossing Polygon. Assim como o comando Move.

• Clique com a direita do mouse e selecione Enter para finalizar o comando. 3. Clique com a direita do mouse e selecione Enter. Para estender linhas: • • Inicie o comando Extend .Exercício 11: Alterando Objetos 1.dwg. Selecione as linhas para estendê-las até a linha de limite. 2. Clique com a direita do mouse e selecione Enter para finalizar o comando. • • Selecione a linha longitudinal da quadra para determinar o limite de corte das linhas transversais dos lotes. • • AutoCAD 2009 99 . • Selecione as linhas de lotes que atravessam a linha de limite de corte. Para cortar linhas: • Execute um Zoom para visualizar a quadra abaixo do texto Rua Goiás. Clique sobre a primeira linha transversal à direita da quadra. • Clique sobre a primeira linha transversal do lote à direita da linha de limite de corte. Clique sobre a linha longitudinal da quadra para determinar o limite onde os objetos deverão ser estendidos. Clique com a direita do mouse e selecione Enter. Inicie o comando Trim . Abrir o arquivo C:\ATC\CursoAutoCAD\AlterandoObjetos.

Digite M para selecionar a opção Multiple. Digite 7. Clique com a direita do mouse e selecione Enter para finalizar o comando. Selecione a extremidade direita da linha central utilizando Osnap Endpoint. Para agrupar segmentos: • • Inicie o comando Join . Pressione Enter ou a tecla de Espaço para repetir o comando Offset. Clique na linha esquerda da quadra. Digite T para ativar a opção Trough. Pressione Enter para finalizar o comando. • • • • Inicie o comando Offset . 5. Pressione Enter ou a tecla de Espaço para repetir o comando Offset.4. Selecione a última linha criada. Pressione Enter. Selecione a linha criada e clique a sua direita. Pressione Enter.5 para determinar a nova distância de afastamento. Para copiar objetos paralelamente: • Utilize os comandos Zoom e Pan para visualizar a quadra abaixo do texto Rua Mato Grosso. Selecione a linha central à direita da quadra. Clique com a direita do mouse e selecione Enter para finalizar o comando. 100 AutoCAD 2009 . Clique à direita da última linha criada e repita esta operação 13 vezes. Pressione Enter. • • • • • • • • • Digite 10 para determinar a distância.

Selecione a primeira linha de lote à esquerda da quadra. AutoCAD 2009 101 . Para dividir os objetos em segmentos: • • • • Inicie o comando Break at Point . 6. Clique na interseção da linha de lote com a linha longitudinal da quadra. • Repita o comando Break at Point da quadra. para segmentar as demais linhas transversais dos lotes • • Inice o comando Break .• • Selecione os segmentos de linhas no centro e esquerda da quadra. Pressione Enter para processar o comando. Selecione a linha superior da quadra. Verifique se a linha foi segmentada no ponto selecionado.

• • Digite F para selecionar a opção First Point. • Repita o procedimento para a linha de limite inferior da quadra. Para conectar dois objetos e arredondar suas extremidades: • • Inicie o comando Fillet . Selecione a linha superior e à esquerda do limite da quadra para conectá-las. • Clique no início da linha superior da quadra com Osnap Endpoint. Clique o ponto de interseção do primeiro lote da quadra com Osnap Intersection. AutoCAD 2009 102 . 7.

Digite 5 para determinar a primeira distância e pressione Enter. Digite R para selecionar a opção Radius e pressione Enter. AutoCAD 2009 103 . Digite D para selecionar a opção Distance e pressione Enter. Pressione Enter para repetir o comando Chamfer . Digite 60 para determinar o ângulo da primeira linha.00 para a segunda distância.• • • • • • Pressione Enter para repetir o comando Fillet . Digite 5 para determinar o comprimento da primeira linha e pressione Enter. Pressione Enter para aceitar o valor de 5. Selecione as linhas superior e a da direita do limite da quadra. Selecione a linhas da esquerda e inferior do limite da quadra. Digite A para selecionar a opção Angle e pressione Enter. Selecione a linha direita do limite da quadra. Para conectar objetos com um chanfro: • • • • • • • • • • • Inicie o comando Chamfer . Selecione a linha inferior do limite da quadra.00. Digite 5 para determinar o valor do raio. Selecione a linha superior e à esquerda do limite da quadra para conectá-las com um arco de 5. Pressione Enter para repetir o comando Fillet. 8.

• • • Pressione Enter para finalizar a seleção de objetos. 10.00 metros. Clique no centro do círculo superior no canto inferior esquerdo da quadra para determinar o ponto base. Clique à esquerda da região da quadra para determinar o segundo ponto de seleção Crossing Window conforme figura ao lado.9. Clique primeiro no canto inferior direito do desenho para iniciar a seleção de objetos por Crossing Window. AutoCAD 2009 104 . Para esticar objetos: • • • Inicie o comando Stretch . Fechar o arquivo sem gravar. • Observe que os lotes inferiores da quadra foram esticados para acomodar o comprimento de 18. Clique no centro do círculo inferior para determinar o segundo ponto.

controle de origem de hachuras. acrescentar e remover limites de hachuras. AutoCAD 2009 105 . Especificando a origem das hachuras Utilize a opção “Specified origin” para especificar a origem de cada hachura a ser criada.Capítulo 12 HACHURAS E GRADIENTES Hachuras Várias funcionalidades foram adicionadas no comando de hachuras: hachurar várias áreas com um único comando Hatch.. Na figura acima a primeira hachura foi feita utilizando a opção “Use current origin” e a segunda com a opção “Specified origin”. Note como o segundo retângulo apresenta uma melhor representação da hachura “Brick”. possibilidade de utilizar gradientes (degradê). cor verdadeira e pantone.

Para recriar um limite de uma hachura existente. . A nova caixa de diálogo de hachuras e gradientes permite adicionar.Para desabilitar a caixa de diálogo e visualizar os objetos selecionados como limites. . Esta opção fica disponível quando se edita uma hachura. . Criando Hachuras Separadas para cada limite Selecionando a opção “Create Separate Hatches” é possível criar uma hachura separada para cada limite definido. .Para criar limites adicionais para a hachura.Especificando Limites de Hachuras Ao especificar os limites de uma hachura através de um ponto dentro deste limite. AutoCAD 2009 106 . Selecionando múltiplas hachuras. a área acumulada é visualizada no campo “Cumulative Área”. remover e recriar limites de hachuras.Para criar limites adicionais para a hachura. Esta opção fica disponível quando se edita uma hachura. não é mais necessário que todo o limite esteja visível. através da seleção de objetos deste limite. através da seleção de um ponto interno a este limite. . podemos visualizar a sua área através da palette de Propriedades. Área de Hachuras Ao selecionar uma hachura. Esta opção poderá ser utilizada para se editar uma hachura e transformá-la em múltiplas hachuras.Para remover limites existentes.

Opções Avançadas de Hachuras Para acessar as opções avançadas de hachuras. AutoCAD 2009 107 . clique no botão indicado na figura abaixo para expandir a caixa de diálogo.

Dar um duplo clique na hachura do sanitário de deficiente para abrir a caixa de diálogo de edição de hachura. 10. Abrir o desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD\ Hachuras. e pressionar a tecla “Enter”. Clicar na hachura existente na copa e digitar “Enter”. 3. No desenho clicar dentro dos ambientes “Sanitário Deficiente” e “Depósito”. 11. Clicar no ícone “Add Pick Points”. No campo “Hatch Origin” selecionar o ícone “Click to set new origin”. 6 5 3 7. 4.dwg” 2. AutoCAD 2009 108 . 8. 9.Exercício 12: Utilizando Hachuras 1. Na caixa de diálogo de hachura e gradiente selecionar o ícone “Inherit Properties”. No menu selecionar “Draw > Hatch”. De volta à caixa de diálogo de hachura ativar as opções “Associative” e “Create Separate Hatches”. 6. 5. Selecionar uma ou mais hachuras e ativar a palette de propriedades para visualizar as áreas individuais ou acumulativas da(s) hachura(s) selecionada(s). Selecionar o botão “OK” para finalizar a hachura.

Selecionar a extremidade superior esquerda da parede interna do sanitário. 13. Fechar o arquivo sem gravar.12. Selecionar o botão “OK” para finalizar e verificar a alteração da origem da hachura como na figura abaixo. AutoCAD 2009 109 .

Green e Blue). Luminance). Gradientes podem ser aplicados a hachuras sólidas para dar o efeito de luz e melhorar a apresentação de desenhos. Pode-se especificar uma “true color” através dos modelos RGB ou HSL. Ao clicar no botão • para selecionar a cor do gradiente podemos acessar : True colors (cores reais): Utilizam uma definição de cores 24-bit para exibir mais de 16 milhões de cores. No modelo HSL se especificam a coloração (matiz). saturação e luminosidade da cor (HSL – Hue. verde e azul da cor (Red. Saturation. AutoCAD 2009 110 . No modelo RGB se especificam os componentes vermelho.Gradientes A transição suave de uma cor para outra é chamada de gradiente.

Pantones. Ral Colors. • Color Books (cores de catálogos): Dic Colors.• Index Color (cores índices): São as cores padrões do AutoCAD. que é um inteiro de 1 a 255. Cada cor é identificada por um índice. AutoCAD 2009 111 .

Em Color 1 clicar no botão para selecionar a primeira cor do gradiente.dwg” 2.”.Exercício 13: Utilizando Gradientes 1. Em Color selecionar “Two Color” 4. Clicar “OK”. Mudar para a aba “True Color” e entrar com o valor 65 para “Luminance”. Abrir o desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD \Gradiente. Clicar no ícone “Add Pick Points”. 8. Repetir os passos 4 e 5 para Color 2. 7. Em Index Color selecionar a cor 83. 3. entrando com o valor 85 para “Luminance”. 5. AutoCAD 2009 112 . 8 3 4 7 6. No menu selecionar “Draw > Gradient...

9. No desenho clique nas áreas externas da planta como mostra o desenho e selecione o botão “Preview” para visualizar. Se estiver correto clique “OK”.

10. No menu selecionar novamente “Draw > Gradient...”. 11. Em Color selecionar “Two Color” 12. Em Color 1 clicar no botão para selecionar a primeira cor do gradiente. 13. Em Index Color selecionar a cor 41. 14. Mudar para a aba “True Color” e entre com o valor 75 para “Luminance”. Clicar “Enter”. 15. Repetir os passos 4 e 5 para Color 2, entrando com o valor 95 para “Luminance”. 16. Clicar no ícone “Add Pick Points” e selecionar os sanitários.

Fechar o arquivo sem gravar.

AutoCAD 2009

113

AutoCAD 2009

114

Capítulo 13 TRABALHANDO COM POLILINHAS
Utilizamos o comando Polyline para criar linhas e segmentos de arcos como um único segmento contínuo. Cada segmento de uma polilinha é conectado em seus pontos extremos (endpoints) ao próximo segmento no objeto. Quando se cria polilinhas, podemos alternar entre segmentos de linhas ou segmentos de arcos, utilizar uma espessura para todos os segmentos ou variar a espessura do segmento entre o seu inicio e fim. Utilizando polilinhas é fácil obter o perímetro ou área de uma área irregular.

Polyline
O comando Polyline cria linhas e segmentos de arcos como um único segmento contínuo. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Ribbon PLINE, PL Draw > Polyline Home > Draw >

Opções do Comando: Opções Arc Close Undo Width Line Descrição Utilize esta opção para desenhar segmentos de arcos na polilinha. Utilize esta opção para automaticamente criar um arco ou segmento de linha a partir do último ponto ao primeiro ponto da polilinha. Remove o último segmento. Configura a espessura da polilinha do primeiro ao segundo vértice. Utilize esta opção para criar segmentos de linha após ter criado segmentos de arcos.

Editando Polilinhas
Você modifica polilinhas utilizando os mesmos comandos utilizados para modificar uma linha ou círculo. Comandos como Copy, Erase, Move, Offset e Array podem ser utilizados para modificar uma polilinha. Quando você utiliza o Fillet ou Chamfer e pelo menos um dos segmentos que você seleciona é uma polilinha, os outros segmentos selecionados se tornam parte da polilinha. Entretanto, você não pode fazer um Fillet ou Chamfer entre o primeiro e último segmento da mesma polilinha. Para criar um Chamfer ou Fillet nesta situação, você terá que utilizar o comando Explode para quebrar a polilinha em linhas e arcos individuais. Quando você utiliza o grip para editar a polilinha, note que um segmento reto da polilinha não possui grip de midpoint (ponto médio) e os segmentos de arco não possuem grip de center (centro). Você pode alterar as características de uma polilinha com a palette Properties ou o comando Pedit.

AutoCAD 2009

115

Polyline Edit
Utilize o comando Pedit para modificar certas características de uma polilinha ou converter linhas e arcos em polilinhas. Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Shortcut menu selecionada Ribbon para uma polilinha PEDIT, PE Modify > Object > Polyline Polyline Edit

Home > Modify >

>

Opções do Comando: Opções Open Descrição Utilize esta opção para editar uma polilinha fechada. Esta opção abre uma polilinha fechada ou remove o último segmento criado pela opção Close quando a polilinha foi criada. Utilize esta opção para editar uma polilinha aberta. Esta opção conecta o último segmento com o primeiro juntando o primeiro e o último vértice ou adicionando um segmento de fechamento entre o primeiro e o último vértice. Utilize esta opção para adicionar polilinhas, linhas e arcos a polilinhas que estejam sendo editadas. Os pontos finais (endpoints) dos segmentos devem coincidir perfeitamente de modo a serem unidos, e apenas dois segmentos podem ser unidos no vértice. Utilize esta opção para configurar a mesma espessura para todos os segmentos na polilinha.

Close

Join

Width

Explode
O comando Explode desmembra um objeto criado através de polilinhas em linhas individuais. Este comando pode ser utilizado em retângulos, polígonos, blocos, textos, etc.

Acesso ao comando: Linha de Comando Menu Ribbon EXPLODE Modify > Explode Home > Modify >

AutoCAD 2009

116

Exercício 14: Trabalhando com Polilinhas
1. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\TrabalhandoComPolilinhas.dwg”. 2. Para criar polilinhas: • Execute um Zoom para visualizar a quadra com o texto Praça.

• • •

Inicie o comando Polyline

.

Clique no centro do círculo de número 1 para determinar o ponto inicial da polilinhas. Clique no centro do círculo 2 para determinar o segundo ponto.

• • • •

Clique no centro do círculo 3. Digite A para selecionar a opção Arc e pressione Enter. Clique no centro do círculo 4. Digite L para retornar ao modo Line e pressione Enter.

Clique no centro do círculo 5.

AutoCAD 2009

117

118 AutoCAD 2009 . Permanecendo no modo Arc. Digite 0.50 para determinar a espessura inicial e pressione Enter.• • • • • • Digite W para selecionar a opção Width e pressione Enter. 8. 3. Selecione a polilinha do contorno da praça. Para editar Polilinhas: • • Inicie o comando Pedit . clique nos centros dos círculos 7. Digite C para selecionar a opção Close e finalizar o comando. 9. Clique no centro do círculo 6. • Digite W para selecionar a opção Width e pressione Enter. • • Digite L para retornar ao modo Line e pressione Enter. 10 e 11.50. Pressione Enter para aceitar a espessura final de 0. Digite A para alterar para o modo Arc e pressione Enter.

OBS: Teclar F2 e verificar que foram adicionados 10 segmentos à polilinha. Selecione a polilinha do contorno da praça e pressione Enter para finalizar o comando. 4. Selecione o primeiro segmento do contorno da praça (entre os círculos 1 e 2). Para transformar os segmentos individuais em polilinha: • • • • • Inicie o comando Pedit . Teclar ENTER para finalizar o comando.00 para determinar a espessura para todos os segmentos da polilinha e pressione Enter.• Digite 0. • A polilinha é transformada em objetos individuais de linhas e arcos. Fechar o arquivo sem gravar. No prompt: “Do you want to turn it into one? <Y>” pressionar ENTER para aceitar o valor default e transformar o segmento em uma polilinha. AutoCAD 2009 119 . Para transformar a Polilinha em segmentos individuais: • • Inicie o comando Explode . 5. Selecionar a opção Join e em seguida selecionar os demais segmentos do contorno da praça.

AutoCAD 2009 120 .

As cotas são associadas aos objetos. e são automaticamente atualizadas ao modificar-se a geometria deles. Linha de Comando Botão do AutoCAD Ribbon DIMARC Dimension > Arc Length Annotate > Dimensions > > Jogged Dimension Ao cotar um arco a dimensão do raio deve passar no centro do arco. Reassociate Dimensions Para associar ou reassociar uma cota a um objeto.Capítulo 14 DIMENSIONAMENTO E MULTILEADERS Cotas Associativas As ferramentas de dimensões encontram-se na Panel “Dimensions” na Guia “Annotate”. Linha de Comando Botão do AutoCAD Ribbon DIMREASSOCIATE Dimension > Reassociate Dimensions Annotate > Dimensions > > Arc Length Dimension Cota o comprimento de um arco. Para raios muito grandes isto pode fazer com que o ponto de início da linha de cota esteja fora da folha ou muito distante. Pode ser utilizado para cotar arcos e segmentos de arcs em polilinhas. Utilizando a opção Jogged Dimension pode-se especificar a localização do centro e manualmente posicionar a linha de cota. ou através do Botão do AutoCAD > menu “Dimension”. utilize o comando “Reassociate Dimensions”. Linha de Comando Botão do AutoCAD AutoCAD 2009 DIMJOGGED Dimension > Reassociate Dimensions 121 .

é possível quebrar cotas ou linhas de extensão quando elas interceptam uma geometria ou outra cota. Linha de Comando Botão do AutoCAD Ribbon DIMJOGLINE Dimension > Jogged Linear Annotate > Dimensions > Dimension Space Podemos com esta opção ajustar o espaçamento entre cotas. Linha de Comando Botão do AutoCAD Ribbon DIMBREAK Dimension > Dimension Break Annotate > Dimensions > Jogged Linear Quando a linha de cota é menor que o tamanho real do objeto cotado. utilizamos a opção Jogged Linear. Linha de Comando Botão do AutoCAD Ribbon DIMBREAK Dimension > Dimension Break Annotate > Dimensions > AutoCAD 2009 122 .Dimension Break Com o comando Dimension Break.

clique com o botão direito do mouse e selecione a opção “Flip Arrow” AutoCAD 2009 123 . utilize a lista de estilos de linhas da pasta “Lines” da caixa de diálogo “Modify Dimension Style” e “New Dimension Style”. selecione a cota. Para fixar o comprimento da linha de extensão. selecione a opção “Fixed Length Extension Lines” e entre o comprimento no campo “Length” da pasta “Lines” da caixa de diálogo “Modify Dimension Style” e “New Dimension Style” Associando um tipo de linha específico para as linhas de extensão Para selecionar os tipos de linhas de extensão.Utilizando um comprimento fixo para as linhas de extensão Algumas situações ao dimensionar objetos requerem que suas cotas utilizem um comprimento fixo. Invertendo as setas de cotas Para inverter a direção das setas de cotas.

Multileader .Collect Multileader – Agrupa linhas de chamadas. • • • • . podemos criar múltiplas linhas de chamadas. pela linha ou pelo conteúdo da linha de chamada. • . O comando possui opções de iniciar pela seta. O menu toolbar e o Panel Mutileader da Ribbon possuem comandos que permitem alinhar e agrupar estas linhas de chamadas. AutoCAD 2009 124 . .Localização do texto em cota angular Podemos definir a localização do texto de uma cota angular.Align Multileader – Alinha linhas de chamadas.Insere um multileader. A localização do texto também poderá ser definida para cotas radius. diameter e jogged. . Multileaders Com o comando Multileader. . O texto poderá ser externo ao ângulo entre os segmentos.Add Leader – Adiciona uma linha de chamada.Remove Leader – Remove uma linha de chamada.

AutoCAD 2009 125 .Multileader Style – Acessa a caixa de diálogo Multileader Style Manager para configurar o estilo das linhas de chamadas.• .

Selecionar no menu “Dimension > Arc Lenght” no Botão do AutoCAD. Selecionar no menu “Dimension > Jogged” no Botão do AutoCAD. Selecionar o arco azul inferior da parede interna do auditório. 5. Clicar sobre a linha azul que representa a parede esquerda externa do auditório e selecionar um ponto para inserção da cota. 4. clicar com o botão direito do mouse e escolher a opção “Flip Arrow”. Selecionar a cota existente na porta da administração. a posição da linha de cota e o ponto de quebra da linha de cota. 3.Exercício 15: Utilizando Dimensionamento e Multileaders 1.dwg”. e em seguida um ponto para representar o centro do arco. Abrir o desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD\Dimensionamento. AutoCAD 2009 126 . 6. 2.

Na caixa de diálogo Multileader Style Manager. Na caixa de diálogo Multileader Style Manager. Selecionar a linha de chamada 1 e teclar Enter. e clicar . Na caixa de diálogo Modify Multileader Style. Na caixa de diálogo Create New Multileader Style. 11. No Panel Multileader. selecionar . aba Content: • em Multileader type selecionar Block • em Source block. 12. Na Panel Multileader da Ribbon. selecionar linhas de chamada como na figura a seguir: 14.7. selecionar linhas de chamada. digitar CURSO para o estilo. para alinhar as AutoCAD 2009 127 . . Repetir o passo anterior para inverter também a outra seta da cota. 8. Na Panel Multileader da Ribbon. e criar duas e Close. clicar em 10. selecionar Circle • clicar em . Selecionar a linha de chamada 2 e definir uma linha de alinhamento. clicar em 13. 9.

Na Panel Multileader da Ribbon.15. selecionar para agrupar as linhas de chamada. Selecionar as linhas de chamada 3 e 4 e teclar Enter. AutoCAD 2009 128 . 17. Fechar o arquivo sem gravar. selecionar figura a seguir: e criar duas linhas de chamada como na 16. Na Panel Multileader da Ribbon. Definir a nova posição das linhas de chamada.

Especificando o ponto de inserção poderão ser definidas: número de colunas. d. Canto Inferior Esquerdo – Altera a altura da tabela modificando todas as linhas proporcionalmente. clicar com o botão direito e selecionar “Insert Formula” ou utilizar o Editor de texto dando um duplo clique na célula. Utilizar um dos seguintes “grips”: a. b. altura das linhas. CTRL+ um grip de Coluna – Alarga ou estreita colunas adjacentes sem modificar a largura da tabela. Para adicionar uma fórmula em uma célula. Selecionar um modo de inserção: a.Capítulo 15 TABELAS E FIELDS Criando uma tabela 1.Move a tabela. número de linhas. 3. Canto Superior Direito – Altera a largura da tabela modificando todas as colunas proporcionalmente. 3. e. b. Modificando uma tabela utilizando os grips 1. f. Coluna (no topo da coluna da linha principal) – Altera a largura da coluna a esquerda do grip “alargando” ou “estreitando” a tabela para ajustar a modificação. 2. Acessar a opção “Table” do menu “Draw” no Botão do AutoCAD: 2. Canto Inferior Direito – Altera a altura e largura da tabela modificando as colunas e linhas proporcionalmente. e número de linhas OU altura da linha. AutoCAD 2009 129 . onde podem ser definidas o número de colunas OU a largura da coluna. c. Clicar na grade para selecionar a tabela. largura da coluna. Pressionar “ESC” para remover a seleção. Especificando uma “janela” onde a tabela será posicionada. Canto Superior Esquerdo.

Count – contagem.: =(A2+B2) ). clicar com o botão direito e selecionar uma das opções de “Insert Formula” (Sum – soma.Inserir um campo Insert Formula.acessar a formatação de bordas Match Cell.mesclar células Properties – acessar as propriedades da tabela.Insere uma coluna a esquerda da célula selecionada. Clicar dentro da célula que se deseja adicionar uma linha ou coluna.apagar linhas Remove All Property Overrides– remover as propriedades da célula.copiar propriedades da célula Insert Block. b. c. d. As células de uma tabela poderão ser “linkadas” utilizando valores localizados em diferentes tabelas: • • • clicar na célula para ativar o seu “grip”.Insere uma coluna a direita da célula selecionada. “Insert Column Right”.Adicionando linhas ou colunas em uma tabela 1.Insere uma linha abaixo da célula selecionada. selecionar uma célula ou uma faixa de células das tabelas desejadas.acessar opções de alinhamento da células Cell Borders. Realizando cálculos em tabelas Para realizar expressões aritméticas baseadas no valor de outras células da tabela.editar o conteúdo da célula Delete Columns. Dell Cell Contents.Insere uma linha acima da célula selecionada. Cell – célula). AutoCAD 2009 130 . “Insert Column Left”. 3. Average – média. adicionar o sinal “=” e informar as coordenadas das células junto com as operações desejadas (por ex.inserir fórmulas Edit Cell Text. “Insert Row Above”. “Insert RowBelow”.apagar colunas Delete Rows. Pressionar “ESC” para remover a seleção Obs: O mesmo procedimento pode ser utilizado para selecionar as opções: • • • • • • • • • • • • • Cell Alignment. Clicar com a direita e utilizar uma das seguintes opções: a.apagar o conteúdo da célula Merge Cells.Inserir um bloco Insert Field. 2.

Através dele podemos: • • Criar tabelas Acessar diferentes estilos para tabelas • Acessar a caixa de diálogo de estilos A caixa de diálogo de estilos de tabelas foi atualizada para contemplar novas funcionalidades. AutoCAD 2009 131 .O novo Panel Table na guia Annotate da Ribbon permite um acesso rápido à funcionalidade de criar tabelas no AutoCAD. Novas opções de formatação e visualização permitem flexibilidade para contorno de células e margens. incluindo a opção de selecionar uma tabela existente como base para o estilo da tabela ou definir um novo estilo de tabela.

A adição de valores às células foi facilitada com a flexibilidade de auto-preenchimento. AutoCAD 2009 132 . pré-visualizar e aplicar estilos de células com várias combinações de opções de formatação.Podemos facilmente gravar. • Repetir dados de uma célula existente. permitindo: • Incrementar valores em células.

A nova funcionalidade de quebrar tabelas permite distribuir uma tabela em múltiplas colunas. especificar o espaçamento entre colunas e especificar altura de colunas e posições manualmente. Novas ferramentas na palheta de propriedades fornecem controles adicionais tais como: repetir cabeçalhos e rodapés. podendo ajustar a tabela utilizando os grips. AutoCAD 2009 133 .

ao criar um Field contendo o comprimento de uma determinada linha do desenho. nome de Bloco e algumas propriedades do desenho como nome do arquivo e data através do campo Field Category. Por exemplo. Layer. a funcionalidade de Field permite a seleção de outras propriedades de vários tipos de objetos como coordenadas. raio. Além da propriedade de comprimento de um determinado objeto do desenho. Os Fields podem ser posicionados em qualquer parte do desenho desde carimbos de formatos até dentro de tabelas do AutoCAD.Objetos Fields Os objetos Fields são textos que podem permanecer linkados com objetos selecionados no desenho para visualização de uma de suas propriedades. quando modificarmos o comprimento desta linha com o comando Stretch o Field irá atualizar o novo valor do comprimento da linha. AutoCAD 2009 134 .

No campo “Columns & Rows Settings” digitar “5” para “Columns” e “5” para “Data Rows”.Exercício 16: Criando uma Tabela 1. Na Ribbon. 10. Na linha de cabeçalho digite “NÚMERO”. Clicar dentro da célula A3 para ativar os grips. Selecionar a célula A3 e digitar 1 e clicar . 3. da Ribbon para sair da 9. Selecione um ponto próximo ao desenho para inserção da tabela. Digite no título da tabela “ÁREAS”. clicar com a direita para selecionar a opção Fill series. OBS: Observar se está sendo incrementado o valor da célula. “ÁREA” e “PERÍMETRO” teclando “TAB” para passar de uma célula a outra.dwg”. 7. Caso não esteja. Clicar com a esquerda para inserir os valores e teclar “ESC”. Clicar no grip azul claro e arrastar até a linha 6 para realizar o auto-preenchimento. em Annotate >Table. AutoCAD 2009 135 . “NOME”. 11. 2. 5. Selecionar Data Format na Panel Cell Format da Guia Table e selecionar Whole Number (número inteiro). 4. “MATERIAL”. Clicar no botão edição do texto. Na caixa de diálogo “Insert Table” selecionar o estilo de tabela “Áreas” do campo “Table Style Name”. selecionar . Abrir o desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD\Tabelas. 8. 6.

selecionar Merge By Row. No campo “Field Names” selecionar “Object”. 15. Na Ribbon > Merge > Merge Cells. MASC. escolher a opção “Contents” do campo “Property” e clicar em “OK” e duas vezes “ENTER” para finalizar. Selecionar a célula A7 e selecionar a célula C7 mantendo prescionada a tecla SHIFT. 17. escolher a opção Insert > Field. Clicar duas vezes na célula A7 digitar “TOTAL” e Enter. AutoCAD 2009 136 .12. na Ribbon > Table > Insert. Selecionar a célula “B3”. repetir os passos 14 a 17 para os textos “SANIT. (Field). B5 e B6. Verifique se a tabela apresenta-se conforme a seguir. Selecionar o texto “CIRCULAÇÃO”. Na caixa de diálogo “Field”: • • No campo “Field Category” selecionar a opção “Objects”. Nas células B4. 13. 14. 18.” e “SANITÁRIO FEMININO” e “DEPÓSITO”. selecinar direito do mouse. 16. ou com o botão • Em “Object Type” clicar em . Ainda na caixa de diálogo “Field”.

(Field). selecinar direito do mouse. Clicar duas vezes na célula C3 e digitar “MADEIRA”. Clicar duas vezes na célula C4 e digitar “GRANITO” e clicar em OK. Na caixa de diálogo “Field”: • • • Em “Property” “Area”. (Field). 21.19. Em “Format” “Decimal”. Em “Object Type” clicar em . escolher a opção Insert > Field. Clicar no grip azul claro e arrastá-lo até a célula C6 para copiar o conteúdo para as demais células. AutoCAD 2009 137 . Selecionar a célula “D3”. escolher a opção Insert > Field. na Ribbon > Table > Insert. 23. ou com o botão • Em “Object Type” clicar em . 20. Na caixa de diálogo “Field”: • • No campo “Field Category” selecionar a opção “Objects”. selecinar direito do mouse. Clicar dentro da célula C4 para ativar os grips. No campo “Field Names” selecionar “Object”. ou com o botão 27. No campo “Field Names” selecionar “Object”. Selecionar a célula “D4”. 24. 26. escolher escolher a a opção opção Clicar em “OK” e duas vezes “ENTER” para finalizar. Selecionar a polilinha interna (azul escuro) do sanitário masculino.e clicar em OK. Na caixa de diálogo “Field”: • • • No campo “Field Category” selecionar a opção “Objects”. na Ribbon > Table > Insert. Selecionar o objeto hachura que representa o piso da área de circulação. 22. 25.

escolher escolher a a opção opção Clicar em “OK” e duas vezes “ENTER” para finalizar. AutoCAD 2009 138 . No campo “Field Names” selecionar “Object”.28. Selecionar a célula de total da coluna “ÁREA”. Nas células E4. na Ribbon > Table > Insert. selecinar direito do mouse. e pressionar “ENTER” para finalizar. Nas células D5 e D6. E5 e E6 repetir os passos 32 a 35 para inserir o perímetro de SANITÁRIO MASCULINO. Selecionar a célula “E3”. Na caixa de diálogo “Field”: • • • Em “Property” “Length”. 36. ou com o botão • Em “Object Type” clicar em . conforme figura. clicar com o botão direito do mouse e escolher a opção “Copy”. clicar em (Formula) e selecionar Sum. 29. repetir os passos de (25) a (28) para as células para os ambientes do sanitário feminino e depósito. SANITÁRIO FEMININO e DEPÓSITO. 34. 33. 30. escolher a opção Insert > Field. 31. Selecionar a última célula da coluna “ÁREA. Na caixa de diálogo “Field”: • • No campo “Field Category” selecionar a opção “Objects”. 37. 32. (Field). Selecionar a polilinha interna (azul escuro) da área de circulação. escolher escolher a a opção opção Clicar em “OK” e duas vezes “ENTER” para finalizar. Na caixa de diálogo “Field”: • • • Em “Property” “Area”. 35. Em “Format” “Decimal”. Em “Format” “Decimal”. Na Ribbon > Table > Insert. Selecione as células com cross selection.

40. 42. 41. AutoCAD 2009 139 . no menu do Botão do AutoCAD. A tabela apresentará os valores a seguir. Selecionar View > Regen. Clicar duas vezes no texto “SANIT. 43. MASC. Fechar o desenho sem gravar.” e alterar para “SANITARIO MASCULINO” . 39. clicar com o botão direito do mouse e escolher a opção “Paste”.38. Selecionar a célula de total da coluna “PERÍMETRO”. pois o campo foi atualizado. Verificar que o valor na tabela foi modificado.

AutoCAD 2009 140 .

comentários e quantidades são alguns exemplos de dados que podem estar contidos em atributos de blocos. será solicitada a inserção dos dados a serem armazenados com esse bloco. selecione-a como um dos objetos ao definir o bloco. o Prompt exibido quando se insere o bloco. Sempre que este bloco AutoCAD 2009 141 . contendo as características para este atributo. Verificação “Verify” e Predefinido “Preset”). As características incluem o Tag (nome que identifica o atributo). não será solicitado nenhum valor quando o bloco for inserido. desde que cada atributo tenha um identificador diferente. Definindo Atributos de Bloco Para criar um atributo. Números de peças. modelo e custo. que anexa informação a um bloco. preços.Capítulo 16 ATRIBUTOS DE BLOCOS Atributo é um rótulo. é necessário criar primeiro a definição de atributo. fabricante. No caso de atributos constantes. Depois de criar a definição do atributo. O identificador é equivalente a um nome de coluna em uma tabela de banco de dados. Um atributo invisível não é exibido ou plotado. informações sobre valores. Sempre que um bloco contendo um atributo variável for inserido. Os atributos podem ser “invisíveis”. Constante “Constant”. É possível associar mais de um atributo a um bloco. localização e o modo (Invisível “Invisible”. mas as suas informações são armazenadas no arquivo de desenho e podem ser gravadas em um arquivo de extração para utilização posterior em um programa de banco de dados. formatação de texto. Os blocos também podem utilizar atributos constantes. ou identificador. A ilustração abaixo mostra identificadores para tipo. cujos valores não se alteram. As informações de atributos extraídas de um desenho podem ser utilizadas em uma planilha ou um banco de dados para gerar uma lista de peças ou uma lista de materiais.

for inserido. A ordem de seleção também depende das configurações do método de classificação de objetos. Caso haja a necessidade de extração das informações do atributo para utilização em uma lista de peças. em seguida. os valores dos atributos serão solicitados. em seguida. A ordem na qual os atributos são selecionados determina a ordem na qual serão solicitados os dados sobre esses atributos ao se inserir o bloco. defina esses atributos primeiro e. incluí-los em um bloco denominado MESA. Geralmente. se for utilizado a seleção de intersecção ou a seleção de janela para selecionar os atributos. Cada instância subseqüente pode ter um valor diferente especificado para o atributo.. AutoCAD 2009 142 . Quando o desenho é inserido. Para utilizar diversos atributos em conjunto. Selecione pelo menu Draw > Block > Define Attributes. Se a definição de atributo for incorporada a um bloco. Criando uma Definição de Atributo 1. defina-os e.. “Fabricante”. no Botão do AutoCAD. inclua-os na definição de bloco. Clique em OK. Na caixa de diálogo Attribute Definition. Essas informações sobre identificadores serão necessárias posteriormente quando você criar o arquivo de modelo de atributo. Quando a seleção dos objetos a ser incluído na definição bloco for solicitada. a seqüência de caracteres de texto especificada para o atributo será solicitada. Por exemplo. a ordem dos prompts será oposta à ordem na qual esses atributos foram criados. configurando o campo Selection Modes na guia Selection da caixa de diálogo Options. 3. inclua-os no mesmo bloco. é possível definir atributos identificados como “Tipo”. localização e opções de texto. defina os modos de atributo e insira informações de identificadores. o texto especificado para o atributo será solicitado.. Para anexar diversos atributos ao mesmo bloco. Para cada nova inserção do bloco. é possível especificar um valor diferente para o atributo. sempre que esse bloco for inserido. Também é possível criar atributos independentes. é possível selecioná-la como um objeto ao criar uma definição de bloco. 2. convém manter uma lista dos identificadores de atributo criados. Depois de criar a definição de atributo. esse arquivo de desenho pode ser inserido em outro desenho. Após a definição de atributos e a gravação do desenho. “Modelo” e “Custo” e. a ordem dos prompts de atributo é igual à ordem na qual os atributos foram selecionados na criação do bloco. Anexando Atributos aos Blocos É possível anexar atributos a um bloco quando esse bloco é definido ou redefinido. em seguida. inclua no conjunto de seleção todos os atributos necessários para anexar ao bloco. Entretanto.

no campo Text height digitar 5..dwg”. Na área de desenho. clicar no ponto superior da mesa com 6 cadeiras para definir a posição do atributo. • 7. Na área de desenho. clicar no ponto do meio da mesa com 6 cadeiras para definir a posição do atributo. no campo Justification selecionar Left.. Selecionar pelo menu Draw > Block > Define Attributes. Em Text Settings. no campo Text Style selecionar o estilo de texto Romans. 3.Exercício 17: Criando Blocos com Atributos 1. 2. 6. Na caixa de diálogo Attribute Definition: • • • No campo Tag digitar Fabricante. • 4. AutoCAD 2009 143 . Na caixa de diálogo Attribute Definition: • • • • No campo Tag digitar Modelo No campo Prompt digitar Modelo da Mesa No campo Value digitar 6 Lugares. no campo Text height digitar 5. do Botão do AutoCAD. no campo Text Style selecionar o estilo de texto Romans. Clicar no botão OK. Clicar no botão OK. Selecionar pelo menu do Botão do AutoCAD Draw > Block > Define Attributes. Em Text Settings. No campo Prompt digitar Nome do Fabricante. 5. no campo Justification selecionar Left. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\Criando_Atributo.

Clicar no botão OK e selecionar o terceiro ponto da mesa de 6 lugares. 11. AutoCAD 2009 144 . Clicar no botão OK para finalizar. Digitar Custo no campo Tag. habilitar a opção Invisible para esconder este atributo. Copiar os 3 atributos criados para a mesma posição na mesa para 4 lugares posicionada abaixo.8. ou Clique 2 vezes no atributo “MODELO” da mesa de 4 lugares. editar o texto do campo Default para 4 Lugares. Na caixa de diálogo Edit Attribute Definition. 9. Selecionar pelo menu Modify > Object > Text > Edit e selecionar o atributo Modelo da mesa de 4 lugares. No quadro Mode. Repetir o mesmo procedimento para criar o atributo no terceiro ponto da mesa de 6 lugares. no campo Prompt digitar Custo da Mesa. 10.

Na caixa de diálogo Block Definition: • • • Em Name digitar Mesa4. Pressionar a tecla Enter para retornar. Fechar o arquivo sem gravar. Em Objects. para Block unit. . Na área Objects. Na caixa de diálogo Block Definition. Na área de desenho selecionar os elementos da geometria da mesa de 6 lugares e em seguida.12. Em Base point. • • • • Clicar OK. 14. Na caixa de diálogo Block Definition: • • No campo Name digitar Mesa6. clicar no ícone Selecionar o meio da mesa Em Settings. 15. Inserir os blocos Mesa4 e Mesa6 várias vezes no desenho especificando informações diferentes quando for solicitado o fabricante do equipamento. Clicar no botão OK para finalizar. Na área de desenho selecionar os elementos da geometria da mesa de 6 lugares e em seguida. selecionar os atributos de cima para baixo. pois na sua elaboração foi marcada a opção Invisible. selecionar os atributos de cima para baixo. AutoCAD 2009 145 . selecionar Unitless. Pressionar a tecla Enter para retornar. Selecionar pelo menu Draw > Block > Make. 18. habilitar a opção Delete e clicar no ícone . 17. para Block unit. em Settings. habilitar a opção Delete e clicar no ícone . selecionar a opção Unitless. 19. Observe que os atributos do Custo não são visualizados na área de desenho. 13. Selecionar pelo menu Draw > Block > Make. 16.

AutoCAD 2009 146 . Clicando em serão solicitados a localização e o nome do arquivo template (extensão “dxe”). Poderão ser criados templates de extração para que se possa reproduzir a mesma extração de dados no futuro.Extraindo Dados de Blocos em Tabelas No AutoCAD podemos extrair informações de objetos e utilizá-las em planilhas ou tabelas do AutoCAD. A caixa de diálogo de inserção de tabelas foi atualizada para iniciar o wizard de extração de dados. Na primeira tela do wizard selecionamos se desejamos criar uma nova extração de dados ou se será utilizado um template existente.

Na área Display options poderão ser selecionadas as opções: • Exibir todos os tipos de objetos (para que possamos extrair. o comprimento (lenght) de linhas polilinhas e arcos).As informações poderão ser extraídas do desenho corrente ou de desenhos externos. Exibir apenas os objetos em uso. Para buscar informações em outros arquivos. utilizar os botões e para localizar o arquivo desejado. sendo exibida uma tela com a lista dos objetos do desenho. Clicando no botão podemos acessar a caixa configuração: de diálogo de Clicando em será iniciada a extração de dados. Exibir apenas os blocos com atributos (para selecionar os atributos que serão extraídos). por exemplo. • • Clicando em podemos filtrar as propriedades: AutoCAD 2009 147 .

mdb ou txt. Podemos selecionar se desejamos ou não que estas informações sejam exibidas. csv. Clicando em os dados poderão ser extraídos para uma tabela no desenho ou para um arquivo externo de extensões xls. podemos editar o nome que será exibido.Clicando com a direita sobre o nome na coluna Display Name. AutoCAD 2009 148 . Clicando em as propriedades selecionadas serão exibidas junto com as colunas Count e Name.

O AutoCAD automaticamente cria um vínculo entre a tabela e a planilha Excel. clicar em . o AutoCAD exibirá uma mensagem informando esta modificação e permitindo que seja atualizada a tabela para refletir estas mudanças. selecionando uma planilha ou arquivos delimitados por vírgulas..Clicando em estilo da tabela.. Conexão de Dados (Data Linking) No AutoCAD podemos criar tabelas que se conectam com uma planilha Excel. Uma maneira fácil de realizar isso é copiar os dados do Excel e em seguida utilizar o comando Edit > Paste Special. podemos selecionar o Para finalizar. AutoCAD 2009 149 . Através do ícone Data Link Manager da Ribbon Table. podemos criar novas conexões de dados. Se algum dado for modificado na planilha. e colar como um Link.

é possível selecionar uma faixa de células e desbloqueá-las para que se possa fazer uma edição. Quando se cria ou edita um vínculo. além de permitir que se customize as configurações do vínculo (Cell contents). a edição realizada poderá ser gravada no arquivo original AutoCAD 2009 150 . As células linkadas na tabela são bloqueadas para que sejam não sejam feitas alterações no AutoCAD. Por exemplo: converter ou tipos de dados em texto ou permitir que o conteúdo de uma célula na planilha seja gravado no arquivo original. estando estas conexões listadas no Data Link Manager. Quando se copia e cola uma planilha Excel no desenho. podemos escolher entre vincular toda a planilha ou apenas uma faixa de células (Link Options).O desenho poderá ter várias conexões de dados. Se a opção “Allow writing to source file” tiver sido selecionada. o AutoCAD cria um link de nome genérico sendo possível renomear este link caso necessário. Uma faixa de células linkadas é indicada por cantos verdes. e o conteúdo bloqueado é indicado pelo ícone e também pelo tooltip. Entretanto.

Você também pode determinar a referência do caminho do arquivo de dado como Full path. clicar em para selecionar a planilha. será aberta a caixa de diálogo Link External File onde podemos criar um link clicando em ou utilizar a lista ao lado para selecionar um link existente. Clicando em da quinta página do wizard de extração de dados. Relative path ou No path. Em seguida. Clicar em Create a new Excel Data Link. fornecer o nome da conexão na caixa de diálogo abaixo e clicar . Criando um novo Link Clicando em será aberta a caixa de diálogo Data Link Manager. AutoCAD 2009 151 .Extração de Dados com Conexão de Dados Podemos combinar a funcionalidade de extração de dados e conexão de dados para criar uma tabela que contenha dados do desenho e dados de uma planilha externa.

clicar em anteriormente. será exibida novamente a caixa de diálogo Link External File sendo o novo link incluído na lista de links disponíveis. para expandir a caixa de diálogo e acessar as configurações já descritas Após clicar em da caixa de diálogo Data Link Manager. AutoCAD 2009 152 .Caso necessário.

Clicando em verificada esta correspondência. AutoCAD 2009 153 .. Podemos clicar em uma coluna e arrastá-la de Podemos também inserir uma coluna de fórmula clicando com a direita e selecionando a opção Insert Formula Column. O AutoCAD indica as colunas linkadas com o ícone modo a alterar a ordem de exibição das colunas. devemos especificar qual coluna da tabela no desenho corresponde a qual coluna na planilha.. .Uma vez selecionado o link desejado. será Na área Additional columns for data table é possível especificar as colunas que serão adicionadas à tabela de extração de dados.

Na caixa de diálogo “Data Extraction – Select Objects” desmarcar a opção “Display all object types” e selecionar a opção “Display blocks with attributes only” e clicar em . Abrir o desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD\Extração Dados. 5. 6. 4. Na caixa de diálogo “Data Extraction – Define Data Source” clicar em 7.Begin” selecionar a opção “Create a new data extraction” e clicar em . Na caixa de diálogo “Data Extraction . selecionar .dwg”. 3. 2. AutoCAD 2009 154 . e clicar em . selecionar a opção “From object data in the drawing (Data Extraction)” e clicar .Exercício 18: Extraindo Dados de Tabela 1. Na Ribbon > Annotate > Table. . Na caixa de diálogo Insert Table. Na caixa de diálogo “Save Data Extraction As” selecionar a pasta “C:\ATC\CursoAutoCAD” digitar para o nome do arquivo “ELETRODUTOS”.

Na caixa de diálogo “Link External Data” clicar em . AutoCAD 2009 155 . deixar ligada apenas a opção “Attribute” Desmarcar a propriedade “MAT” Clicar em . 9.8. “Data Data” “Show name em 10. Na caixa de diálogo “Data Extraction – Select Properties”: • • • Em Category filter. Na caixa de diálogo Extraction – Refine desmarcar as opções count column” e “Show column” e clicar .

planilha 13. digitar “ELETRODUTOS” como nome da conexão e clicar .xls”. Na caixa de diálogo “Data Link Manager” clicar em 14. Na caixa de diálogo “Data Link Manager” clicar em “Create a new Excel Data Link”. AutoCAD 2009 156 .11. Clicar em e selecionar a “C:\ATC\CursoAutoCAD\Eletrodutos. O novo link será incluído na lista de links disponíveis na caixa de diálogo Link External File. 12. Selecionar o link ELETRODUTOS e clicar em . .

selecionar a opção Rename Column para renomeá-la para “QUANTIDADE”. Clicar com a direta sobre a coluna “qua”. Selecionar a coluna do desenho DIA e a coluna DIAMETRO da planilha Excel como colunas de correspondência entre elas e clicar em . 17. 16.15. Clicar na coluna qua e arrastá-la para depois da coluna DIAMETRO. AutoCAD 2009 157 .

Na caixa de diálogo “Data Extraction – Refine Data” selecionar a opção Insert data extraction table into drawing e clicar em . Clicar com o botão direito do mouse na coluna “CUSTO” e selecionar “Insert Total Footer > Sum”. 23. Clicar em Em Columns clicar duas vezes em EXTENSÃO (m). 22. Clicar com a direita na coluna “CUSTO POR METRO” e selecionar “Insert Formula Column”. Na caixa de diálogo “Insert Formula Column”: • • • • • • • • Em Column name digitar CUSTO Em Columns clicar duas vezes em QUANTIDADE.18. Clicar em Em Columns clicar duas vezes em CUSTO POR METRO. 20. Na caixa de diálogo “Data Extraction – Refine Data” clicar em . AutoCAD 2009 158 . 19. Clicar em Clicar em 21. Repetir o procedimento e renomear a coluna “EXT” para “EXTENSÃO (m)” e a coluna “CUSTOM” para “CUSTO POR METRO”.

Selecionar o ponto de inserção da tabela e verificar os dados nela contidos. Na caixa de diálogo “Data Extraction – Finish” clicar em 26. Clicar em .. Selecionar a opção Use property names as additional column headers.. Na caixa de diálogo “Enhanced Attribute Editor” selecionar a linha “qua” e alterar seu valor para “10”. Clicar no botão “OK” para finalizar. Selecionar o estilo conforme a figura ao lado. Clicar com a direita no bloco indicado na figura ao lado e selecionar a opção Edit Atribute. • • 25. Na caixa de diálogo “Data Extraction – Table Style”: • • Digitar ELETRODUTOS no título da tabela. AutoCAD 2009 159 .24. . 27.

OBS: O mesmo procedimento poderá ser executado caso seja feita alguma alteração na planilha Excel. 33. Observar que a tabela foi atualizada corretamente. 32. Ainda com as mesmas células selecionadas clicar em na Annotate > Merge da Ribbon e selecionar a opção By Row para mesclar estas células por linha. 29. clicar com o botão direito do mouse e selecionar Update Table Data Links. AutoCAD 2009 160 . 30. Clicar com a direita e selecionar a opção Locking > Unlocked. Selecionar a tabela. Com a tecla SHIFT pressionada selecionar as três células ao lado. Observar o resultado final e fechar o arquivo sem gravar. 31.28. Selecionar a célula da última linha e primeira coluna.

“Default” e “Mode”. Isto não afeta o valor atribuído ao atributo em cada bloco. Os atributos do bloco selecionado são visualizados na lista de atributos. Por exemplo: Modificando a identificação (tag) de um atributo “Custo” para “Custo Unitário” não afetará os valores atribuídos a este atributo nos blocos inseridos.Número de ocorrências do bloco selecionado no model space ou no Layout corrente. . ou pelo botão References > Attributes da Ribbon.Exibe a propriedade de cada atributo do bloco selecionado. – Lista todos os blocos que possuem atributos do desenho corrente. Lista de Atributos . . Por padrão.Número de ocorrências do bloco selecionado no desenho.Capítulo 17 GERENCIADOR DE ATRIBUTOS DE BLOCOS (BATTMAN) Os blocos inseridos ou atachados em um desenho poderão ter todos os seus atributos modificados. mas pode-se especificar qual propriedade se deseja visualizar selecionando . 161 • • • • • • AutoCAD 2009 . será solicitado para que se grave a modificação antes de selecionar outro bloco. removê-los e modificar a ordem de solicitação de valores de atributos ao inserir o bloco. a lista de atributos é composta por: “Tag” (Identificação).. Este botão não estará disponível se o atributo for do tipo “Constante”.. em Block & Com este gerenciador de atributos é possível editar a definição dos atributos dos blocos. ..Permite utilizar o cursor para selecionar um bloco. editando valores e outras propriedades através do comando “Block Attribute ManagerBATTMAN” em Botão do AutoCAD > Modify > Object > Attribute > Block Attribute Manager.Atualiza todas as ocorrências do bloco selecionado com a propriedade definida. Descreve-se a seguir as opções da caixa de diálogo: • .Modifica a ordem de solicitação de valores ao inserir o bloco. “Prompt”. / . Ao modificar um atributo de bloco. se for escolhido outro bloco antes de gravar a modificação. fazendo com que o atributo selecionado seja solicitado antes.

Abre a caixa de diálogo “Settings” para selecionar qual atributo deverá ser visualizado na lista de atributos.Abre a Caixa de diálogo “Edit Attribute” para que sejam modificadas suas propriedades.• . . AutoCAD 2009 162 . deixando a caixa de diálogo aberta. Se a opção “Apply Changes to Existing References” estiver selecionada. este atributo será removido em todas as ocorrências do desenho. • • .Modifica a ordem de solicitação de valores ao inserir o bloco.Aplica as modificações efetuadas. . fazendo com que o atributo selecionado seja solicitado depois.Remove o atributo selecionado da definição do bloco. Este botão não estará disponível se o atributo for do tipo “Constante”. Para remover todos os atributos de um bloco será necessário redefinir o bloco. Este botão não está disponível para blocos que possuam apenas um atributo. • • .

6. 2. Quantidade e Extensão. 4. Verificar a ordem dos atributos presentes no bloco: Diâmetro. Inserir o bloco “duto” no desenho. AutoCAD 2009 163 . Material. atribuindo valores aos atributos que são solicitados. Na caixa de diálogo “Block Attribute Manager” selecionar o bloco "duto". até que este atributo seja o primeiro 7. Digitar “BATTMAN” na linha de comando ou selecionar botão em Block & References > Attributes da Ribbon para entrar no ambiente do gerenciador de atributos de blocos. clicar em .dwg”. Em seguida.Exercício 19: Utilizando o Gerenciador de Blocos 1. Na caixa de diálogo “Edit Atribute”. digitar “FABRICANTE” para o “Tag” e o “Prompt”. Abrir o desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD\Battman. 3. Selecionar o atributo “Material” e clicar em para que este atributo seja o último da lista. 5. Selecionar o atributo “Quantidade” e clicar em da lista.

os atributos foram atualizados. Diâmetro. Verificar as alterações realizadas: os atributos do bloco após as modificações são: Quantidade. 12. 9. Clicar em “OK” para finalizar a operação e alterar os atributos do bloco. AutoCAD 2009 164 . clicar duas vezes no bloco e editar o valor na caixa de diálogo “Enhanced Attribute Editor”. Para editar este valor. 10. Clicar em para aplicar as modificações efetuadas. Clicar em para atualizar todas as ocorrências do bloco selecionado. Fechar o arquivo sem gravar as modificações. Inserir o bloco duto no desenho. Extensão e Fabricante. porém o atributo Fabricante manteve o valor atribuído anteriormente quando o atributo era Material. OBS: Quando foi efetuada a sincronização.8. 11.

Na Ribbon adiciona-se um complemento específico para gerenciamento das ferramentas dos blocos dinâmicos. Para retornar ao ambiente de desenho padrão basta fechar o editor de blocos na barra de ferramentas. Um bloco dinâmico pode conter um número ilimitado de tamanhos e configurações. somente a geometria do bloco será visível. Os blocos dinâmicos são formados de elementos específicos que controlam seu comportamento. sem a necessidade de explodir o bloco. Esses elementos estão divididos em duas categorias: • • Parâmetros – identificados na tela pelo “grip” azul. diminuindo o número de bibliotecas necessárias para automação do projeto. Para acessar o ambiente do editor de blocos basta digitar BEDIT ou BE na linha de comando ou pelo menu do Botão do AutoCAD em Tools > Block Editor. Ambiente do Editor de Blocos O ambiente do editor de blocos está separado do ambiente de desenho padrão. A forma do “grip” varia conforme o tipo de parâmetro. XY.Capítulo 18 BLOCOS DINÂMICOS Através dos Blocos Dinâmicos é possível acessar geometrias regularmente utilizadas e editá-las de acordo com os requisitos de seu desenho. Ações – Identificadas na tela pelo ícone “relâmpago”. Alguns parâmetros como linear. AutoCAD 2009 165 . e polar. Com apenas um bloco é possível ter a representação de vários outros. são semelhantes às dimensões. A maioria dos comandos do AutoCAD estará disponível dentro do editor de blocos. Ao se trabalhar no editor de bloco. Selecionar o bloco a ser editado ou digitar o nome de novo bloco e clicar OK. não se tendo acesso a outra geometria do desenho.

cada qual com capacidades únicas de controlar o comportamento do bloco dinâmico. 1. Cada parâmetro contém a sua configuração de propriedades individual. Lookup Parameter: identificado por um triângulo apontando para baixo. 2. Flip Parameter: Identificado por uma seta que aponta o sentido em que o bloco pode ser movimentado. • Parameter Sets. Parâmetros Parâmetros são utilizados para definir o comportamento do bloco dinâmico. É possível também utilizar parâmetros para definir limites na geometria (por exemplo: definir um parâmetro para restringir o tamanho de um bloco através de incrementos predefinidos). Point/Base Point Parameter: Identificado por um quadrado que representa ou o ponto base do bloco ou um parâmetro de ponto. Ao se definir um bloco dinâmico. Cada tipo de “grip” representa um tipo de parâmetro aplicado no bloco dinâmico.Acões Utilizada para assinalar uma ação específica a um parâmetro selecionado. que está dividida em três áreas: Parameters. 3. AutoCAD 2009 166 . Linear Parameter: Identificado por um triângulo que aponta a direção em que o “grip” pode ser movido.Grupo de Parâmetros de Combinações predefinidas parâmetros e ações.Parâmetros Utilizado para especificar posições. Diversos tipos de parâmetros estão disponíveis. Quando selecionada. os “grips” são visualizados.Abre também a palheta Block Authoring. Este “grip” quando selecionado. • Parameters . Actions e Parameter Sets. indica uma lista de opções previamente definidas para o parâmetro. a maioria dos parâmetros requer uma ação associada (por exemplo: uma ação de “esticar” linearmente deverá ser associada com um parâmetro linear). A imagem abaixo representa um bloco dinâmico de uma porta. 4. • Actions . distâncias e ângulos para a geometria do bloco.

O alinhamento pode ser definido como perpendicular (“default”) ou tangente Adiciona um parâmetro de movimentação no bloco dinâmico habilitando a geometria do bloco a movimentar-se em torno de um eixo definido Adiciona um parâmetro de visibilidade no bloco dinâmico habilitando a geometria a ser visível ou invisível Adiciona um parâmetro de lookup habilitando a criação de uma tabela contendo outros parâmetros. Stretch. Array Parâmetro de Rotação (Rotation Parameter) Rotate Parâmetro de alinhamento (Alignment Parameter) Nenhuma Parâmetro de Movimentação (Flip Parameter) Parâmetro de Visibilidade (Visibility Parameter) Flip Action nenhuma Parâmetro de Lookup (Lookup Parameter) Lookup Parâmetro de Ponto Base (Point Base Parameter) nenhuma AutoCAD 2009 167 . Este parâmetro habilita a geometria do bloco a girar quando associada a uma ação de rotacionar Adiciona um parâmetro de alinhamento Este parâmetro habilita o bloco a se alinhar automaticamente com outra geometria no desenho. Array Move. Scale. Polar Stretch. Array Move. Scale.Tipos de Parâmetros ÍCONE NOME DO PARÂMETRO DESCRIÇÃO AÇÃO ASSOCIADA Parâmetro de Ponto (Point Parameter) Parâmetro Linear (Linear Parameter) Parâmetro Polar (Polar Parameter) Parâmetro XY (XY Parameter) Adiciona um parâmetro de ponto no bloco dinâmico Adiciona um parâmetro linear no bloco dinâmico Adiciona um parâmetro polar no bloco dinâmico. porém com propriedade de ângulos Adiciona um parâmetro para controlar a geometria do bloco nos sentidos horizontal ou vertical Adiciona um parâmetro de rotação no bloco dinâmico. Stretch. Stretch. Stretch Move. Semelhante ao parâmetro linear. Scale. Cada linha da tabela pode ativar propriedades de parâmetros com valores predefinidos Adiciona um parâmetro de ponto base no bloco dinâmico ativando o controle do ponto base do bloco Move.

Linear. XY Ação Escala (Scale Action) Ação de Extensão (Stretch Action) Ação Extensão Polar (Polar Stretch Action) Linear. XY Linear.Ações Representam o segundo componente chave do bloco dinâmico. Quando uma ação é associada a um ou mais parâmetros. ela conduz os parâmetros por suas configurações disponíveis. rotacionando a geometria do bloco ao se arrastar o “grip” com o parâmetro associado Adiciona uma ação de movimentação no bloco dinâmico ao se clicar no “grip” com o parâmetro associado Adiciona uma ação de matriz (array) na geometria do bloco ao se arrastar o “grip” com o parâmetro associado Adiciona uma ação de busca habilitando a criação de tabela de parâmetros. XY Ação de Busca (Lookup Action) Lookup AutoCAD 2009 168 . Polar. Tipos de Ações ÍCONE NOME DA AÇÃO DESCRIÇÃO Adiciona uma ação de movimento no bloco dinâmico. é necessário arrastar o “grip” com o parâmetro associado Adiciona uma ação de extensão à geometria do bloco ao se arrastar o “grip” com parâmetro associado Adiciona uma ação de extensão polar à geometria do bloco. Polar. Polar. esticando a geometria do bloco pela distância e ângulo ao se arrastar o “grip” com parâmetro associado Adiciona uma ação de rotação no bloco dinâmico. A geometria do bloco é movida arrastando o “grip” com o parâmetro associado Adiciona uma ação de escala no bloco dinâmico. XY Polar Ação de Rotação (Rotation Action) Ação de Movimentação (Flip Action) Ação de Arranjo (Array Action) Rotation Flip Linear. Polar. e a capacidade de ativar uma linha específica da tabela ao se clicar no “grip” com o parâmetro associado PARÂMETRO ASSOCIADO Ação Mover (Move Action) Point. Para escalar a geometria do bloco.

Exercício 20: Criando o Bloco Dinâmico Porta
1. Abrir o desenho “C:\CursoAtualizacaoAutoCAD\Blocos Dinamicos Copa do Auditório.dwg”. Abrir o Editor de blocos digitando BEDIT ou BE na linha de comando, ou pelo menu do Botão do AutoCAD em Tools > Block Editor. 2. Na caixa de diálogo “Edit Block Definition” selecionar o bloco chamado “PM80” que representa uma porta e clicar no botão OK. 3. Selecionar o parâmetro “Flip Parameter” na guia “Parameters” da palheta “Block Authoring Palettes”. 4. Pressionar a tecla “SHIFT”, clicar no botão direito do mouse e selecionar “Mid Between to Points” do menu de OSNAP. Selecionar o canto inferior direito do batente da porta localizada no lado esquerdo (A). Em seguida, selecionar o canto inferior esquerdo do outro batente (B). 5. Mover o cursor para cima ou para baixo com a tecla ortogonal ligada (F8) e então clicar. 6. Para finalizar selecione o ponto de inserção do rótulo do parâmetro.

4

3

5

A

6

B

7. Selecionar a ação “Flip Action” na guia “Actions” da palheta “Block Authoring Palettes”. 8. Clicar no parâmetro “Flip state” e em seguida selecionar todos os elementos gráficos (linhas, arcos etc.) e em seguida selecione um ponto para inserção do rótulo da ação. Obs: Para ter certeza de que a ação 7 foi associada ao parâmetro, verifique se o ícone de “exclamação” gerado ao se criar o parâmetro (figura anterior), desapareceu como indica a figura abaixo. 8

AutoCAD 2009

169

9. Selecionar a opção “Flip Set” na guia “Parameter Sets” da palheta “Block Authoring Palettes” para acrescentar outro parâmetro “FLIP”, porém que este já venha associado diretamente com sua ação correspondente. 10. Inserir o parâmetro alinhado ao centro dos batentes horizontalmente. 11. Para finalizar, selecionar o ponto de inserção do rótulo do parâmetro. 12. Para associar os objetos a esta ação criada, dar duplo clique sobre o rótulo da ação do parâmetro e selecionar os mesmos objetos da ação anterior. Pressionar “ENTER”.

OBS: Pode-se também selecionar os objetos à nova ação criada abrindo-se a palheta de propriedades, clicando em “...” do campo “Selection Set” e selecionar todo o desenho novamente. 13. Gravar as modificações clicando no ícone “Save Block Definition”. 14. Fechar o editor de blocos com “Close Block Editor” e retornar ao ambiente padrão de trabalho do AutoCAD. 15. Selecionar o bloco inserido no desenho, clicar nos “grips” e verificar o comportamento do bloco dinâmico.

AutoCAD 2009

170

Exercício 21: Criando o Bloco Dinâmico Pia
Neste exercício vamos criar um bloco dinâmico a partir de uma tabela de “lookup”. Ainda no desenho “Blocos Dinamicos Copa do Auditório.dwg”, entrar no editor de blocos. Selecionar na caixa de diálogo “Edit Block Definition” o bloco “Pia30x40”, que representa uma pia com a cuba de 30x40 cm. 1. Na guia “Parameter Sets” da paleta “Block Authoring Palletes”, selecionar a opção “Linear Stretch”. 2. Clicar no ponto (A) como ponto 3 inicial, (B) como final e o ponto (C) para C finalizar, como ilustrado na figura abaixo. 4 3. Selecionar o novo parâmetro criado e abrir a paleta de propriedades. 2 B 4. No campo “Distance Label” digitar A “Distância Pia”. 5. No campo “Dist Type” escolher 5 “Increment”; no campo “Dist Increment” digitar “0.10”; no campo “Dist Minimum” digitar “0.40” e no campo “Dist Maximum” 6 digitar “0.80”. 6. Em “Number of Grips” escolher “0”.

7. Selecionar a ação “Stretch” (marcada com um ícone de raio) e abrir novamente a paleta de propriedades. 8. No campo “Selection Set” clicar em “...” e selecionar um retângulo com os pontos (A) e (B) conforme a figura, e em seguida selecionar a pia.

B

A

9. Na aba “Action” da paleta “Block Authoring Palletes”, selecionar a opção “Move Action”, selecionar novamente o parâmetro “Distância Pia”. 10. Posicionar o ponto de associação da ação com o parâmetro. 11. Selecionar os objetos a serem movidos, neste caso os círculos que representam o ralo. 12. Especificar a posição da ação.

AutoCAD 2009

171

13. Selecionar a ação “Move” e alterar na paleta de propriedades o valor do campo “Distance multiplier” de “1” para “0.5”.

14. Na guia “Parameter Sets” da paleta “Block Authoring Palletes”, selecionar a opção “Linear Array”. 15. Clicar no ponto (A) como ponto inicial, (B) como final e o ponto (C) para finalizar, como ilustrado na figura.

A C

B

17

18

16. Selecionar o parâmetro “Distance” e abrir a paleta de propriedades. 17. No campo “Distance Label” digitar “Distância de Arranjo”. 18. No campo “Dist Type” escolher “Increment”; no campo “Dist Increment” digitar “0.4”; no campo “Dist Minimum” digitar “0” e no campo “Dist Maximum” digitar “0.8”. 19. No campo “Number of Grips” selecionar “0”.

19

AutoCAD 2009

172

20 21

20. Selecionar a ação “Array” e abrir novamente a paleta de propriedades. Digitar o valor “0.4” para a propriedade “Column offset”. 21. No campo “Selection Set” clicar em “...” e selecionar os círculos que representam o ralo , e selecionar a pia.

22. Na guia “Parameter Sets” da paleta “Block Authoring Palletes”, selecionar a opção “Lookup Set”. 23. Clicar em um ponto qualquer para posicionar o ícone de “Lookup”. 24. Clicar duas vezes no ícone de “Lookup” marcado com um raio. 25. Na caixa “Property Lookup Table” clicar em .

22

26. Na caixa “Add Parameters Properties”, selecionar os parâmetros: Distancia Pia e Distância de Arranjo conforme a figura.

27. Na caixa “Property Lookup Table”, digitar os valores de “Input Properties” e “Lookup Properties” conforme ilustração. 28. Selecionar “Allow Reverse Lookup” e clicar em “OK” para finalizar. 29. Gravar a definição do bloco e fechar o editor de blocos.

30. Selecionar o bloco da pia e em seguida clicar no “grip” de Lookup para abrir a lista de pias definidas neste bloco. Selecionar os tipos criados e verificar o comportamento do bloco.

AutoCAD 2009

173

AutoCAD 2009 174 .

pressionar “Enter” ou a tecla de “=”.Capítulo 19 CALCULADORA GEOMÉTRICA Através do comando “QUICKCALC” é possível realizar cálculos matemáticos. Input Box (Caixa de Entrada). editar e recuperar variáveis Organizar e recuperar variáveis OBS: • • Para calcular uma expressão. A interface da calculadora “QUICKCALC” possui sete áreas: Toolbar (Ferramentas). Histórico: para rever e recuperar cálculos anteriores. entrar com a expressão na caixa de entrada e ao final. obter intersecção. converter unidades de medida. distância e cálculos com ângulos. Para acessar a calculadora digitar “QUICKCALC” ou “Crtl+8” na linha de comando ou acessar o menu do Botão do AutoCAD “Tools > Palettes > QuickCalc”. Teclado Numérico Teclado Científico Conversão de Unidades: converter unidades de medidas Variáveis: para criar. Ferramentas: limpar. Clique com a direita nesta área para acessar mais opções. botão de ajuda. Caixa de entrada: para introduzir expressões. Units Convertion (Conversão de Unidades) e Variables (Variáveis). As expressões e valores do histórico são específicos ao desenho em que foram utilizados. 175 AutoCAD 2009 . obter ângulo. científicos e geométricos. limpar histórico. History Área (Histórico). O “QUICKCALC” trabalha com expressões matemáticas e gráficas tais como: intersecção. modificar propriedades de objetos e calcular expressões. obter coordenadas. obter distância entre dois pontos. Number Pad (Teclado Numérico). enviar valor para linha de comando. Scientific (Teclado Científico). estando disponíveis apenas durante a seção.

A calculadora poderá ser utilizada como uma ferramenta de desenho. Por exemplo.85. Por exemplo. números reais e inteiros. Por exemplo: ao digitar na caixa de entrada “$coordinic=785. será solicitado a seleção de dois pontos retornando a distância entre eles.Variáveis temporárias poderão ser criadas digitando: NomeDaVariável=Valor. uma variável que representa a distância entre dois pontos: AB=2. Funções: digitando dist(end. Existem dois tipos de variáveis: • • Constantes: incluindo coordenadas / vetores.9 ↵ será criada uma variável que estará disponível sempre que a calculadora for acionada. Variáveis globais poderão ser utilizadas em todos os desenhos. Para utilizar variáveis pré-definidas ou criar variáveis. para localizar o centro do círculo B e calcular um raio 1/5 do raio do círculo A poderá ser utilizada a seguinte seqüência de construção: • • • • • • • • Executar o comando : “CIRCLE” Digitar “’cal” no prompt: Digitar ‘(mid+cen)/2 no prompt: Selecionar o arco 1 no prompt: A Selecionar o arco 2 no prompt: Digitar “‘cal” no prompt: Digitar “1/5*rad” no prompt: Selecionar o arco 2 no prompt: 2 1 B AutoCAD 2009 176 . expandir a Área de Variáveis e clicar no botão . Esta variável estará armazenada na categoria “Comand line defined” como indica a figura ao lado. Esta variável poderá ser introduzida em expressões futuras: 2*AB. “=”.end) na caixa de entrada. estando disponíveis em outras seções de desenhos. Ao digitar uma expressão precedida pelo sinal “$” na caixa de entrada será criada uma variável global.

Estes valores serão associativos e serão atualizados se as áreas perfuradas forem alteradas. Selecionar as opções: “Specify window”. Na Ribbon > Annotate > Table. 2. 4. e por isso foi selecionado apenas 2 linhas. selecionar para inserir uma tabela.Exercício 22: Utilizando a Calculadora Geométrica Neste exercício. 1. OBS: Note que o comando coloca automaticamente uma linha de título e uma linha de cabeçalho. Na caixa de diálogo “Insert Table”: • • • Selecionar “Start from empty table”. Em Columns digitar 3. serão abordados: Field (Campo). AutoCAD 2009 177 . • Em Data rows digitar 2. 5. Tabelas e a utilização da Calculadora: Será inserida uma tabela 4 linhas e 3 colunas contendo fórmulas que trazem informações da área perfurada e área do círculo. Abrir o arquivo “C:\CursoAtualizacaoAutoCAD\Tabela_Calculadora. Selecionar apenas os círculos internos (área perfurada). Verificar na palheta de propriedades que existem 60 furos dentro do círculo. Será utilizada a calculadora para determinar o raio de perfuração necessário para que se tenha mais de 50% da área do disco perfurada. 3.dwg”. Deixar a palheta de propriedades aberta.

O valor “706. Digitar “NÚMERO DE FUROS” e teclar “TAB”. Clicar em . O cursor será posicionado na célula A2. Na caixa de diálogo “Field”: • • • Em “Field Category” selecionar “Objects” Em “Field names” selecionar “Formula” na Ribbon > Table para inserir um campo (Field). Posicionar o cursor dentro da caixa “Formula”.8583” será copiado para a caixa de “Formula”. Completar a fórmula digitando “*A3” Clicar em . Especificar uma janela ao lado do círculo. clicar com o botão direito e selecionar “Insert Field”. sendo o cursor posicionado na linha de título. 10. Dar um duplo clique dentro da célula A3 e digitar “60” e teclar “Enter”. Clicar dentro da célula B3 e clicar em 9. Digitar “ÁREA PERFURADA” e teclar “TAB”. AutoCAD 2009 178 .6. 7. Na caixa de diálogo “Field”: • • • • • • • • • Em Field category selecionar “Objects” Em Field names selecionar Object Clicar em Selecionar um círculo interno (furo) Deixar a propriedade Área selecionada. 8. Digitar “ÁREA TOTAL”. O cursor será posicionado na célula C2. O cursor será posicionado na célula B2. Será criada uma tabela na área selecionada. Digitar “CÁLCULO DE ÁREA PERFURADA” e pressionar “Enter”.

O valor “42411.500823” aparecerá na célula B3. 14. 15.11.6020” no campo “Preview”. “Area” em “Property” e o valor “101787. Aparecerá o objeto “Circle” em “Object type”. AutoCAD 2009 179 . 12. Na caixa de diálogo Field: • • • • • Em Field category selecionar “Objects” Em Field names selecionar “Object” Clicar em e selecionar o círculo externo na Ribbon > Table para inserir um campo (Field). Digitar “=B3/C3*100” e teclar “Enter”. Clicar dentro da célula C3 e clicar em 13. Clicar em . Na toolbar Table selecionar a fórmula Equation. O cursor será posicionado na célula C4.

(note que a porcentagem de área perfurada é 42%) 19. Clicar em para guardar este valor na memória. selecionar a opção Alignment > Middle Center. Clicando com o botão direito do mouse em qualquer lugar da tela. Selecionar a célula A3.16. O valor “706. Para calcular o valor total de área perfurada complete a equação digitando “*60” e tecle “Enter”.8583” será apresentado na caixa de entrada (valor de cada círculo). AutoCAD 2009 180 . 21. No campo “Area” da palheta de propriedades. para que a área perfurada seja maior que 50%. Na palheta de propriedades. clicar no campo Área e em seguida clicar em . Com a tecla “Shift” pressionada clicar sobre a célula”C3”. Agora vamos calcular a área necessária de cada furo. A área do círculo externo será apresentada na caixa de entrada. Selecionar todos os furos internos (60 círculos). 17. clicar em . e da mesma forma. Na célula “C3” alterar a precisão do número clicando sobre ela e alterando o campo “Precision” para “0” na paleta de Propriedades. Mesclar as células “A3” e “B3” e digitar “% DO TOTAL” e teclar “Enter”. 18. Clicar em para fechar a caixa de diálogo. Selecionar o círculo externo. 20.

Para calcular a área de cada furo. Os raios dos furos serão automaticamente alterados para o novo valor. Clicar na tecla para passar o resultado para o campo área da palheta de propriedades. Clicar em “/” e teclar para dividir este valor pelo valor que está guardado na memória (área do círculo externo). Com este cálculo se verifica que a área de perfuração é menor que os 50% desejados. Teclar para recuperar o valor da área do círculo externo e digitar “*0. O valor 50893. AutoCAD 2009 181 .50” e pressionar “Enter”. para limpar 24.801 representa a área total necessária para que 50% da área do círculo externa sejam perfuradas. 26. digitar “/60” e pressionar “Enter”. 25. 23. pressionar “Enter” e depois “ESC”. Comparar o valor com o da tabela.22.5” para o raio. Selecionar “View > Regen” para atualizar a tabela. Clicar em o valor. Digitar “16.

AutoCAD 2009 182 .

Trim to Nested Objects (BTRIM) • Secciona o elemento selecionado em relação a uma parte do bloco. convertendo os valores de atributos em objetos do tipo texto. Explode Attributes to Text (BURST) • Explode o bloco. AutoCAD 2009 183 . Replace block with another block (BLOCKREPLACE) • Substitui todas as inserções de um bloco por outro bloco. nome do layer. cor e tipo de linha de um objeto de um bloco ou arquivo externo.Capítulo 20 FERRAMENTAS EXPRESS As Ferramentas Express aumentam a produtividade através de comandos de: gerenciamento de layers. Copy Nested Objects (NCOPY) • Copia parte de objetos de blocos ou arquivos externos. desenho. Export Attribute Information (ATTOUT) • Exporta os atributos de bloco para um arquivo texto delimitado. Blocos List Xref/Block Properties (XLIST) • Lista o tipo. Extend to Nested Objects (BEXTEND) • Estende o elemento selecionado em relação a uma parte do bloco. seleção e edição de objetos. nome do bloco. dimensionamento. Import Attribute Information (ATTIN) • Importa atributos de blocos de um arquivo texto Convert block to xref (BLOCKTOXREF) • Substitui todas as inserções de um bloco por um arquivo externo. Convert Shape to Block (SHP2BLK) • Transforma objetos do tipo “shape” em blocos.

transformando-o em linhas e arcos Convert Text to Mtext (TXT2MTXT) • Converte uma ou mais linhas de texto em mtext. onde propriedade poderá ser: Title (título). Unmask Text (TEXTUNMASK) • Retira a máscara de um texto Explode Text (TXTEXP) • Explode o texto. propriedade). Revno (número de revisão) etc. Text Fit (TEXTFIT) • Ajusta o texto entre dois pontos. b. Coments (comentários). As opções deste comando são: a. “dwgname”) − Para obter o diretório e o nome do desenho: $ (getvar. Author (autor). Diesel: expressão contendo variáveis ou propriedades do desenho. Text Mask (TEXTMASK) • Coloca uma máscara em um texto ou mtext. Heigth: altura do texto. Este texto poderá ser editado com o comando RTEDIT. “dwgname”) − Para obter qualquer propriedade do comando DWGPROPS utilizar a seguinte sintaxe $ (getprop. e. Style: estilo do texto. d. podemos identificar o arquivo texto associado com o comando LIST. “dwgprefix”) $ (getvar. Arc-Aligned Text (ARCTEXT) • Posiciona um texto ao longo de um arco. c. AutoCAD 2009 184 . Obs: Após criar um RTEXT com a opção “File”. File: selecionar o arquivo externo.Textos Remote Text (RTEXT) • Cria um texto cuja fonte é um arquivo externo ou uma expressão. Rotation: rotação do texto. Keywords (palavras-chave). Exemplos: − Para obter o nome do desenho: $ (getvar. Subject (assunto).

Maiúscula: todas as letras em maiúscula. mtext e atributos segundo uma nova orientação. Sentença: primeira letra da frase em maiúscula. Título: Primeira letra de cada palavra maiúscula e as demais em minúscula. Syncronyze Viewports (VPSYNC) • Sincroniza uma ou mais viewports com uma viewport mestre. List Viewport Scale (VPSCALE) • Exibe a escala da viewport corrente Merge Layout (LAYOUTMERGE) • Move todos os objetos de um ou mais Layouts para um único Layout. Os incrementos poderão ser negativos. Enclose Text with Object (TCIRCLE) • Posiciona um círculo. as letras em minúsculo passam para maiúsculo e viceversa. mtext. AutoCAD 2009 185 . Toggle case: Inverte as caixas. Change Text Case (TCASE) • Modifica a caixa de texto. Funciona com texto. Todas as viewports sincronizadas terão o fator de escala da viewport mestre. um retângulo ou um “slot” em volta do texto. e. Automatic Text Numbering (TCOUNT) • Adiciona uma seqüência de números a objetos de texto. mtext e atributos. b. Estes números poderão substituir o texto ou serem posicionados como prefixo ou sufixo. c. Rotate Text (TORIENT) • Alinha texto. atributos e textos de cotas podendo escolher entre: a.Justify Text (TJUST) • Muda o alinhamento do texto sem modificar a sua posição. as demais em minúscula. Minúscula: todas as letras em minúscula. d. Layout Align Space (ALIGNSPACE) • Ajusta o fator de zoom e a posição de pan de uma viewport baseado no alinhamento de pontos especificados no model space e paper space.

une a linha de guia a um mtext.Dimension Leader Tools: • Attach Leader to Annotation (QLATTACH): Liga. tolerância ou bloco de referência. AutoCAD 2009 186 ... • • Dimstyle Expot. tolerância ou bloco de referência. Reset Dim Text Value: • Restaura o valor de uma medida em um texto de cota que foi modificado. Fast Select • Seleciona um conjunto de objetos que “toca” o objeto selecionado..: • Importa estilos de cotas e suas configurações de um arquivo externo. Seletion tools Get Seletion Set • Seleciona um conjunto temporário de objetos.. Global Attatch Leader to Annotation (QLATTACHSET): Utilizado para ligar as linhas de guia criadas na versão 13 à suas anotações para uma edição mais produtiva. Dimstyle Import. Detatch Leaders from Annotation (QLDETACHSET): Desliga a linha de guia a um mtext.: • Exporta estilos de cotas e suas configurações a um arquivo externo.

AutoCAD 2009 187 . d. O cursor se move em intervalos regulares (snap) nos offsets para que sejam selecionadas as posições de cada elemento. Extended Clip (CLIPIT) • Isola partes específicas de blocos. fazendo cópias de espaçamento constante entre o ponto base e o segundo ponto selecionado. Measure – Solicita um ponto adicional e a distância entre as cópias. Multiple Copy (COPYM) • Copia vários objetos com as opções : a. Convert Shape to Block • Cria uma nova definição de bloco baseado na aparência do objeto “shape”. Delete duplicate objects (OVERKILL) • Apaga objetos duplicados e combina linhas e segmentos sobrepostos. removendo objetos desnecessários. Divide – Solicita um ponto adicional e o número de cópias a serem feitas. Move / Copy / Rotate (MOCORO) • Permite em um único comando. arquivos de referência (xrefs) imagens podendo ser utilizado arcos. DrawOrder by color (CDORDER) • Define a ordem dos objetos pelo número das cores que compõem estes objetos. círculos ou polilinhas para definir o limite do “clip”. fazendo cópias de espaçamento constante entre o ponto base e o segundo ponto selecionado. c. Array – Exibe as seguintes opções: − Pick – Solicita um ângulo e um ponto para estabelecer a distância de offset para linhas e colunas. Repeat – Repete a última cópia utilizando o mesma distância de offset. mover. copiar.Modify Multiple Object Stretch (MSTRETCH) • Permite utilizar múltiplas seleções do tipo “crossing window” (elementos que cruzam a janela de seleção) ou “crossing polygons” (elementos que cruzam o polígono de seleção) para uma mesma operação de “stretch”. b. rotacionar e escalar os objetos. Flatten objects (FLATTEN) • Converte uma geometria 3D em uma geometria 2D. Este comando cria uma representação 2D dos objetos selecionados e os projeta no plano forçando objetos com elevação e espessura igual a zero.

c. fornecendo as seguintes opções: a. o ponto para estabelecer a distância de offset para linhas e colunas e o segundo canto da janela. Extension – Determina o comprimento das linhas de extensão entre os pontos selecionados. Gaptype – Especifica ou modifica o modo de controle da variável OFFSETGAPTYPE nas opções : Normal.” Os arquivos BAK serão armazenados no diretório original. b. Extended Offset (EXOFFSET) • Realiza o comando OFFSET com as seguintes opções: a. Draw Break-line Symbol • Cria uma polilinha e insere o símbolo de corte. Super Hatch • Funciona como o comando Hatch permitindo ser utilizado uma imagem. bloco. o ponto para estabelecer a distância de offset para linhas e colunas e um canto adicional. Divide .− − Measure – Permite selecionar uma janela para copiar os objetos selecionados. utilize o comando IMAGEAPP. File tools Move Backup Files (MOVEBAK) Modifica o diretório onde os arquivos BAK são armazenados. O ponto base é utilizado como o primeiro canto da janela. Solicita um ângulo. Solicita um ângulo. O ponto base é utilizado como o primeiro canto da janela. Size – Determina o tamanho do símbolo de corte. Todas as cores são preservadas. arquivo externo ou o objeto WIPEOUT como hachura. Em seguida é solicitado o número de linhas e colunas. b. AutoCAD 2009 188 . Layer – Especifica o layer para os novos objetos (layer corrente ou o layer dos objetos originais) c. Convert PLT to DWG (PLT2DWG) Importa arquivos HPGL para a seção de desenho. Distance – Especifica um valor de distância ou a distancia entre dois pontos indicados. Para indicar um editor que não seja o padrão. Fillet ou Chamfer.Permite selecionar uma janela para copiar os objetos selecionados. Edit Image (IMAGEDIT) Carrega o programa de edição de imagens para a imagem selecionada. Digitando “. Block – Determina o bloco para ser utilizado como símbolo de corte.

Utilizado para se criar um modelo baseado no desenho ativo. shapes. Opções do menu File: − New : Apaga todos os campos para se criar um novo modelo. List – Exibe as Propriedades do Desenho para o desenho corrente ou diretórios de desenhos. Editando o modelo (template) do comando propulate: O comando propulate utiliza um arquivo modelo (template) para determinar quais valores devem ser inseridos nos campos de Propriedades de Desenho.. Ao selecionar as opções List. Other drawings . entretanto tem-se apenas um modelo ativo por vez. Save: Grava o arquivo modelo que está sendo editado. e. Vários arquivos modelos (template) poderão ser criados.. estilos e rtext. Opções do menu Template: − − − − − Insert Xref list: Insere o comando @[FONTLIST] onde o cursor estiver localizado.Aplica a ação selecionada no desenho corrente. − − − Save as. Edit template – Carrega a caixa de diálogo para criar e editar os arquivos modelos (templates).attributeTag]: extrai o valor do tag de um bloco de atributos e insere no campo especificado − AutoCAD 2009 189 . Fill from Current: Apaga todos os campos e preenche-os utilizando as propriedades do desenho corrente. c. Remove ou Update são apresentadas as seguintes opções: Current drawing .Redefine Path (REDIR) Redefine a localização gravada em arquivos externos. Esta opção fica desativada (como indica a figura) caso o arquivo que está sendo editado já seja o arquivo default ou se ainda não se gravou o nome do arquivo. imagens. Solicita o nome do modelo (template) ao se pressionar o botão OK ou uma das opções de gravação (Save ou Save as.. Update Drawing Property Data (PROPULATE) • Atualiza. lista ou apaga as propriedades do Desenho.: Grava o arquivo modelo que está sendo editado com outro nome. Insert Image list: Insere o comando @[IMAGELIST] onde o cursor estiver localizado. Active Template – Especifica um arquivo modelo (template) para atualizar os campos de Propriedades do Desenho. d. Update – Utiliza o modelo ativo (template) para inserir as Propriedades do Desenho no desenho corrente ou diretórios de desenhos. Insert Font list: Insere o comando @[XREFLIST] onde o cursor estiver localizado. Oferece as seguintes opções: a.) − − Open: Abre um arquivo modelo (template) existente. Make active template: Configura o template que está sendo editado para que seja o arquivo modelo default..Aplica a ação selecionada em um diretório de desenhos especificado pelo usuário. Remove – Apaga as Propriedades do Desenho do desenho corrente ou diretórios de desenhos. Comandos especiais de Inserção: − @[block. b. Insert Atribute: Insere o valor da lista de atributos de bloco selecionado onde o cursor estiver localizado.

Change URLs (CHURLS) • Permite modificar uma URL previamente inserida. @[FONTLIST]: Insere a lista de fontes que estão em uso no desenho. Os arquivos externos vinculados (attached) são precedidos de ‘A’. Quick Exit (QQUIT) • Fecha todos os arquivos abertos propondo gravar os desenhos modificados e encerra a seção de CAD. Close All Drawings (CLOSEALL) • Fecha todos os arquivos abertos. Revert to Original (REVERT) • • Fecha e reabre o desenho corrente. @[IMAGELIST]: Insere a lista de imagens anexadas no desenho. Find and Replace URLs (REPURLS) • Localiza uma URL previamente inserida e substitui o seu endereço com um novo endereço. perguntando se deve gravar as mudanças realizadas desde a última gravação. − − Save All Drawings (SAVEALL) • Grava todos os arquivos abertos. arquivos de overlay são precedidos de ‘O’. Funciona apenas no campo de comentário. Web tools Show URLs (SHOWURLS) • Exibe todas as URLs (Universal Resource Locator) inclusas no desenho. Funciona apenas no campo de comentário.− @[XREFLIST]: Insere a lista de arquivos externos vinculados no desenho. AutoCAD 2009 190 . permitindo editá-las. Funciona apenas no campo de comentário.

real. Current Value: Exibe o valor da variável em destaque na lista. com as seguintes opções: − − − − − − − Add: exibe uma caixa de diálogo onde se pode adicionar um novo alias. AutoCAD 2009 191 . O campo de edição acima da lista permite filtrar a lista de variáveis. Os arquivos SVF podem ser lidos dentro do comando SYSVDLG. permitindo edição.pgp. e os arquivos SCR podem ser executados na linha de comando do AutoCAD. Através dos comandos “PLINE”. string. System Variable Editor... “POINT”. Apply: Grava as modificações feitas e permite continuar a edição. (ALIASEDIT) • Permite criar. quando o comando SYSVDLG foi iniciado. Edit: Exibe uma caixa de diálogo onde se pode editar o alias selecionado. Initial Value: Exibe o valor inicial variável em destaque na lista. Make Shape (MKSHAPE) • Cria uma definição de forma (shape) baseada nos objetos selecionados. Real-Time UCS (RTUCS) • Rotaciona dinamicamente o UCS. Make Linetype (MKLTYPE) • Cria um tipo de linha baseado nos objetos selecionados. − − − − − − − − List Box: Exibe a lista de variáveis de sistema. Type : Exibe o tipo da variável (integer. Remove: Remove um alias do arquivo acad.etc) Save x: Grava as configurações atuais em arquivos do tipo SVF ou SCR. Saved in: Exibe o local onde o valor da variável em destaque na lista é gravada. New Value: Exibe o valor corrente da variável em destaque na lista. “TEXT” e “SHAPE” desenhe o tipo de linha desejados e selecione estes elementos quando o comando MKLTYPE solicitar. modificar ou apagar aliases (pseudônimos) de comandos do AutoCAD ou de comandos executáveis do DOS. Confirm changes: Configura a caixa de diálogo de confirmação (on/off) OK: Grava as modificações e sai do Alias Editor Close: Sai do Alias Editor sem gravar as modificações feitas. quando o se inicia um novo desenho.Tools Command Alias Editor... “LINE”. editar e gravar as configurações das variáveis do sistema. (SYSVDLG) • Permite visualizar. Nenhuma edição é salva até que se feche a caixa de diálogo com o botão OK. Read: Restaura as configurações salvas em um arquivo SVF.

Attach Xdata (XDATA) • Anexa (attach) extended object data (xdata) ao objeto selecionado. O timer pode ser ligado. AutoCAD 2009 192 . desligado e reiniciado.autodesk. tendo as seguintes opções: − Application name: string de até 255 caracteres de comprimento (código de grupo 1000) − Layer: nome do layer (código de grupo 1003) − Hand: handle do objeto (código de grupo 1005) − 3Real: números 3 real (código de grupo 1010) − Pos: posição no espaço 3D World (código de grupo 1011) − Disp: deslocamento no espaço 3D World (código de grupo 1012) − Dir: direção no espaço 3D World (código de grupo 1013) − Real: número real (código de grupo 1040) − Dist: distância (código de grupo 1041) − Scale: fator de escala (código de grupo 1042) − Int: inteiro de 16-bits (código de grupo 1070) − Long: inteiro de 32-bits (código de grupo 1071) List Object Xdata: • Lista os xdatas associados com um objeto.com/products. Web Links Express Tools Newsgroup • Inicia o Navegador (por ex.: Internet endereço http://www. Autodesk Products and Support Website • Inicia o Navegador (por ex. Explorer) e direciona para o Express Tools FAQ • Disponibiliza explicações sobre as perguntas mais freqüentes do AutoCAD Express Tools. Extended Plan (EXPLAN) • Permite selecionar objetos para realizar um zoom após a execução de uma visualização de plano. A opção timeout suspende a contagem de tempo caso fique inativo pelo período especificado. Help • Disponibiliza explicações sobre o AutoCAD Express Tools.: Internet Explorer) e direciona para o grupo de discussão da Autodesk sobre o Express Tools. Dwg Editing Time (EDITTIME) • Rastreia o tempo total de edição em um desenho.

Na caixa de diálogo “BLOCKREPLACE” clicar em conforme figura a seguir.Exercício 23: Ferramentas Express 1. AutoCAD 2009 193 . 2. Abrir o desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD\Express Tools Copa do Auditorio. Selecionar o bloco “BACIA2” para substituir o bloco selecionado “BACIA” e clicar em .dwg”. Selecionar “Botão do AutoCAD > Express > Blocks > Replace Block With Another Block”. e selecionar a bacia sanitária 4. 3.

AutoCAD 2009 194 . 6. 8. 9. Selecionar todo o texto e teclar “ENTER”. Observe que todos os blocos “BACIA” foram substituídos pelo bloco “BACIA2”. 7. Visualizar as NOTAS do desenho. Selecionar “Botão do AutoCAD > Express > Text > Change Text Case”. Digitar “N” para não eliminar do desenho o bloco substituído.5.

Selecionar “Vista 1”. clicar no botão “Set Current” e em seguida no botão “OK”. 14.10. 15. AutoCAD 2009 195 . 13. Selecionar a linha de chamada abaixo do círculo contendo o número 5. Selecionar o círculo com o texto 5. Selecionar “Botão do AutoCAD > View > Named Views”. 12. Na caixa de diálogo “TCASE – change text case” selecionar a opção “UPPERCASE” e clicar em em maiúsculo (caixa alta). Selecionar “Botão do AutoCAD > Express > Dimension > Leader Tools > Attach Leader to Annotation”. e observe que todo texto está 11.

Mover o círculo com o número 5 que foi vinculado à linha de chamada para observar o seu comportamento. com exceção dos blocos e cotas.16. AutoCAD 2009 196 . 17. Note que todos os objetos conectados à hachura foram selecionados. 18. Teclar “ESC” e manter o desenho aberto. Selecionar “Botão do AutoCAD > Express > Selection Tools > Fast Select”. Selecionar a hachura que representa o piso da copa.

23. 20. Digitar “S” para selecionar a opção “Size” e alterar o tamanho do símbolo. Digitar “E” para selecionar a opção “Extension” e alterar o tamanho em que a linha vai se estender em relação aos pontos selecionados. clicar no botão “Set Current” e em seguida no botão “OK”. Selecionar “Botão do AutoCAD > Express > Tools > Extend Plan”.19. 24. Observe que o comando centralizou na tela o objeto selecionado. Selecionar “Vista 1”. 21.00”. 26. Selecionar “Botão do AutoCAD > View > Named Views”. Selecionar os cantos externos da parede e teclar “Enter” para aceitar a posição do símbolo no meio (Midpoint) e encerrar o comando. 22. Selecionar o objeto texto com a palavra “GAVETEIRO” no canto inferior direito e digitar “Enter” duas vezes. Em seguida digitar o valor “0. Digitar o valor “1. Selecionar “Botão do AutoCAD > Express > Draw > Break-line Symbol”. 25.15”. AutoCAD 2009 197 .

Lin para o nome do arquivo e selecionar o botão Save. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\Make_Linetype. 7. 9.Exercício 24: Personalizando um Tipo de Linha 1. Para o ponto final clicar no lado direito do texto AP (habilitar a opção F8 para definir a linha horizontalmente).5 próximo à extremidade direita da linha criada e digitar AP. 10. Pressionar “Enter” para finalizar. Na caixa de diálogo MKLTYPE – Select Linetype File. 2. navegar até a pasta CursoAutoCAD. criar uma linha de 6. Especificar o ponto inicial selecionando a extremidade esquerda da linha. 8. Na linha de comando. Abrir o gerenciador de Layers e configurar o novo tipo de linha AP para o Layer I-ÁGUAS- AutoCAD 2009 198 . Selecionar Botão do AutoCAD > Express > Tools > Make Linetype. 4. A Linetype a ser criada será composta por estes dois objetos (linha e texto). 5. Digitar Águas Pluviais.00m. 6. Criar um texto simples (simple text) de altura 1. Na linha de comando aparecerá a mensagem que o tipo de linha foi criado e está carregado. Selecionar a linha e em seguida o texto AP.dwg”. para o nome do tipo de linha digitar AP e pressionar “Enter”. 3. Na área de desenho. Para descrição digitar Águas Pluviais e pressionar a tecla “Enter”.

12.lin” antes de efetuar esta operação. AutoCAD 2009 199 . recomenda-se fazer uma cópia do arquivo “Acad. 11. Por segurança.lin” com o editor de texto “Bloco de Notas” e verificar o seu conteúdo. OBS: Para adicionar esse tipo de linha como padrão do AutoCAD. copiar as informações da construção do tipo de linha e colar essas informações dentro do arquivo “Acad. Abrir o arquivo “Águas Pluviais.lin” do AutoCAD. Fechar o gerenciador de Layer clicando no botão OK.PLUVIAIS.

AutoCAD 2009 200 .

. podemos ativar as toolbars. Conforme já visto anteriormente. podemos criar uma nova workspace e customizá-la deixando as ferramentas que mais utilizamos disponíveis na área de trabalho. 3D Modeling e AutoCAD Classic..no Botão do AutoCAD. Em seguida definir um nome para a Workspace e clicar em . no ícone da “Statusbar” ou no menu Tools > Workspaces. palettes que mais utilizamos e em seguida selecionar a opção Save Current As. Outra maneira de configurar uma workspace é através da caixa de diálogo “Customize User Interface”.Capítulo 21 PERSONALIZANDO A INTERFACE DO USUÁRIO A partir de uma workspace existente. A workspace criada ficará disponível na lista de workspace. A partir destas workspaces. o AutoCAD disponibiliza três workspaces: 2D Drafting & Annotation. Acesso ao comando: Linha de Comando Botão do AutoCAD Statusbar CUI Tools > Workspace > Customize AutoCAD 2009 201 .

AutoCAD 2009 202 .

será criada uma Workspace baseada na Workspace 2D Drafting & Annotation.. Com a barra de rolagem localize o item Design Center. Em Properties. Na área Workspace Contents. selecione “Customize. digite CURSO. na seção Appearance.Exercício 25: Customizando uma Workspace Neste exercício. 3. expanda o item Palettes.. selecione a opção Yes no campo Show. a opção Clique em . No ícone (Workspaces). Em seguida esta workspace será customizada com uma Ribbon contendo as ferramentas da toolbar Modify II e para que seja exibida a pallete Design Center. 4. AutoCAD 2009 203 . Inicie um novo desenho. Na caixa de diálogo Customize User Interface: • • • • • Selecione a Workspace CURSO. Novamente em Workspaces. Será exibido o Desing Center conforme indica a figura a seguir. 5.. 1.. 2. selecione a opção “Save Current As.”. Na caixa de diálogo Save Workspace. • • Clique em .”.

9.6. expanda Toolbars. Para converter a toolbar em um Ribbon panel: • • • Na lista Customizations. Entre com o nome “Minha Tab”. AutoCAD 2009 204 . Localize a toolbar Modify II Clique com o botão direito na toolbar Modify II e selecione Copy To Ribbon Panels... localize Ribbon Tabs. Clique com o botão direito e selecione New Tab. Clique com o botão direito do mouse sobre a Ribbon e selecione Customize. Para criar uma nova Tab: • • • Na lista Customizations. 7. Agora precisamos associar o Ribbon Panel à Ribbon Tab: • Clicar com o botão direito no Ribbon Panel que criamos (Modify II) e selecionar Copy. 8.

AutoCAD 2009 205 . 10. 12. Em seguida em . 11. 13. no item Ribbon Tabs. Será exibida a nova Workspace baseada na Workspace 2D Drafting & Annotation com a inclusão do Design Center e da Ribbon “Minha Tab”. Ao selecionarmos a Workspace CURSO. Clique e arraste a Tab “Minha Tab” para a posição abaixo da Tab “Home – 2D”. podemos verificar que foi criada a Tab “Minha Tab” e dentro dela está o Ribbon Panel “Modify II”.• Então. clicar com o botão direito na Ribbon Tab “Minha Tab” e selecionar “Paste”. na área Workspace Contents.

AutoCAD 2009 206 .

Capítulo 22 CAD STANDARD Os arquivos padrões poderão ser utilizados para checar a consistência de desenhos e suas configurações. layers e tipo de linha). Um arquivo padrão pode checar: estilos de cotas.. primeiro é checado o nome do item e em seguida são checadas as suas propriedades. estilos de cotas.. layers e tipos de linhas. Criando um Arquivo Padrão Trabalhar o desenho (DWG) ou o template (DWT) para que possua os tipos de configuração que você deseja em seu padrão (estilo de cotas.. executar o comando “purge” e remover dados que não se deseja. estilos de textos ao arquivo padrão. O “Design Center” poderá ser utilizado para adicionar layers. Modificando um Arquivo Padrão Abrir o arquivo “. Para cada categoria. Dados indesejados poderão ser apagados (delete) ou eliminados (purge) dos arquivos padrões. Apagar geometrias. estilos de texto.dws) Selecionar a pasta onde o arquivo padrão será gravado Digitar o nome do arquivo padrão Clicar em . estilos de textos.. Na Caixa de diálogo “Save Drawing As”: • • • • Escolher o tipo de arquivo AutoCAD Drawing Standards (*.”. adicionar itens ou modificar itens existentes. No menu File selecionar “Save” ou “Save As”.”. Os desenhos poderão ser checados durante a sua criação ou através de um processo em lote (batch process) utilizando um ou vários arquivos padrões. Os arquivos padrões são criados quando se grava um arquivo ou “template” com a extensão DWS através do comando “Save as. No menu File selecionar “Save As.dws”. AutoCAD 2009 207 .

os textos e viewports.dwg” 2. clicar sobre “*D99”. e clicar em . Todos os blocos listados neste intervalo serão selecionados. No menu File do Botão do AutoCAD. Na aba “Model”.”. Rolar até o bloco “*D99”. Digitar “Arquitetura” para o nome do arquivo e selecionar o tipo de arquivo “. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\A-A1-0010 Copa do Auditório_Rev1. AutoCAD 2009 208 .Exercício 26: Criando um arquivo padrão 1.. Selecionar o bloco “*D100”. apagar o bloco de carimbo. e com a tecla “Shift” pressionada.dws”. Desselecionar o item “Confirm each item to be purged” e selecionar “Purge nested items”. apagar a geometria do desenho. Executar o comando “Purge” e expandir o item “Blocks” clicando no sinal “+”. 4. selecionar “Save As. 6. 5. 3. Gravar o arquivo na pasta “C:\ATC\CursoAutoCAD”.. No Layout “A1”.

7.dwg”. expandir a pasta “CursoAutoCAD” e na sequência o arquivo “E-A10001-R1. 8. Selecionar o item “Dimstyles” e verificar os estilos configurados neste desenho.dws” e selecionar o item “Dimstyles” verificar os estilos de cotas configurados. Selecionar a guia “Folders”. Selecionar novamente a aba “Open Drawings” e o item “Dimstyles”. 9. Clicar em AutoCAD 2009 para salvar as modificações feitas ao padrão. Clicar em View > Palettes > para ativar o “Design Center”. 10. 11. 209 . 13. 12. Na guia “Open Drawings” expandir o arquivo “Arquitetura. Clicar em para fechar a caixa de diálogo. Arrastar o estilo “80-100” até o padrão “Arquitetura. Verificar que a configuração “80-100” foi adicionada ao padrão.dws”.

Caso o desenho esteja configurado para utilizar mais de um arquivo padrão. o item será checado com a configuração do primeiro padrão na lista. Move o arquivo selecionado para “baixo” na lista de padrões. CAD Standards Na caixa de diálogo “Configure Standard” associar os padrões. Move o arquivo selecionado para “cima” na lista de padrões. AutoCAD 2009 210 . Inicia a checagem.. pelo menos um arquivo DWS deverá estar associado ao desenho. selecionar os plug-ins e acessar as configurações do CAD Standard. blocos ou estilos de cota e linha com o mesmo nome. mudando a preferência de checagem. Remove um arquivo padrão. definir a ordem de preferência (quando se checa o desenho com vários padrões). Adiciona um arquivo padrão. Para associar padrões a um desenho: Ícone Linha de Comando Botão do AutoCAD Toolbar Standards Tools > CAD Standards > Configure. Acessa a caixa de diálogo de configuração do CAD Standard. mudando a preferência de checagem.Utilizando Arquivos Padrões Para checar um desenho com um padrão. Se estes padrões possuírem layers. todos os padrões serão utilizados durante a checagem..

O balão possui um link para executar a checagem de padrão. toda vez que o desenho for aberto. Apresenta um balão no canto direito da barra de status. este padrão será acessado. informando a violação. 4 . Quando um desenho é salvo após ter sido associado a um padrão. será apresentado um ícone na barra de status indicando que existe uma violação de padrão. como indicado na figura a seguir. as violações que foram ignoradas serão exibidas quando o desenho for auditado. Caso o problema não seja corrigido.Selecionando este item. 5 . AutoCAD 2009 211 .Apresenta uma caixa de diálogo informando a violação e permitindo a sua correção. 2 . Configuração do CAD Standard 1 2 3 4 5 1 .Os plug-ins que poderão ser utilizados na checagem são: estilos de cotas. 3 .Quando selecionado este item. as violações são corrigidas automaticamente. estilos de textos. layers e tipos de linhas.Configuração “default”.Não haverá notificação quando houver violação de padrões.

para efetivar as modificações. 3 .Selecionar “Mark this problem as ignored” e clicar em para “pular” o item mas marcá-lo internamente como ignorado.O conteúdo da área “Replace with” depende da violação ocorrida e da configuração no arquivo padrão.Caixa de Diálogo do CAD Standard 1 2 3 4 1 . 2 . listando o plug-in. AutoCAD 2009 212 . os valores correntes e os valores de acordo com o padrão.Quando um item do “Replace with” está selecionado.A área “Problem” identifica a violação ocorrida. Clicar em para “pular” o item e continuar a 4 . Clicar em checagem. o nome do item e uma descrição do problema identificado. Na configuração do CAD Standard pode-se configurar para que estes itens ignorados sejam exibidos na caixa de diálogo nas próximas checagens. a área “Preview of changes” lista as propriedades do item selecionado.

Exercício 27: Utilizando arquivo padrão 1.dws” localizado na pasta “CursoAutoCAD”. Na caixa de diálogo “Configure Standard” clicar em clicar e deixar a configuração como a figura abaixo e . Na Ribbon > Tools > Standards. AutoCAD 2009 213 . Na caixa de diálogo “Configure Standard” aba “Plug-ins”. 2. 4. clicar em e dar um duplo clique no arquivo “Arquitetura. selecionar todos os plug-ins. 5. selecionar . Clicar em . Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\CadStandard.dwg”. 3. Na caixa de diálogo “Configure Standard” aba “Standard”.

Selecionar a opção “Mark this problem as ignored” e clicar em . AutoCAD 2009 214 . O primeiro problema encontrado é no estilo de cota “Leader80-100”. Na área “Preview of changes” verificar os valores das propriedades atuais e os valores das propriedades no arquivo padrão. e apresentada a lista de estilos presentes no arquivo padrão “Arquitetura”. O segundo problema é com a cor do layer “Texto”. Selecionar o estilo “80100”. 7.6. Clicar em para efetivar a correção. Na área “Replace with”.

O quarto problema é no tipo de linha do layer “San”. O terceiro problema é na cor e tipo de linha do layer “Revest”. para efetivar a correção. para AutoCAD 2009 215 . Na área “Replace with”. 11. e apresentada a lista de layers presentes no arquivo padrão “Arquitetura”. Clicar em 10. Selecionar nome “Madeira” e clicar em para efetivar a correção.8. Clicar em correção. O sexto problema é o estilo de linha “PHANTOM” que também não é um estilo padrão. Na área “Replace with”. para efetivar a 9. O quinto problema é que o layer “Mad” não possui um nome padrão. selecionar o estilo “PHANTOM2” e clicar em efetivar a correção.

No final. Clicar em para efetivar a correção. Clicar em para iniciar o processo. 18. Clicar em para encerrar a checagem. será apresentado o número de problemas encontrados. Selecionar o estilo “ROMANS” na área “Replace with” e clicar em para efetivar a correção. manualmente e ignorados durante a checagem.dwg”. O oitavo problema é com o estilo de texto “8050” que também não é um estilo padrão. NÃO selecionar a opção “Mark this problem as ignored” e clicar em . Verificar que o estilo de linha “BORDER” é apresentado novamente como um problema já que não foi ignorado na checagem anterior. 19. 17. Abrir o arquivo “CadStandardCorrigido. Selecionar pelo Botão do AutoCAD “File > Save As.” e gravar o arquivo com o nome “CadStandardCorrigido. O sétimo problema é o estilo de linha “BORDER” que também não é um estilo padrão. Verificar que o layer “Texto” que foi marcado na checagem anterior como um problema ignorado é apresentado. 14.. Selecionar o estilo “DASHDOT” e para efetivar a correção. Clicar em . Selecionar “File > Close” para fechar o arquivo.dws” já está vinculado ao arquivo. 15.. 16.12. quantos foram corrigidos automaticamente.dwg” e selecionar para executar outra checagem. indicando a pessoa que o ignorou. clicar em AutoCAD 2009 216 . Clicar em e em seguida em . 13. Verificar que o arquivo padrão “Arquitetura. Gravar o arquivo corrigido. 20.

será incluído no arquivo de checagem um relatório detalhado indicando quem realizou o processo.: “Menu Iniciar > Programas > Autodesk > AutoCAD 2009 > Batch Standards Checker”) como indica a figura a seguir. Poderão ser utilizados desenhos individuais associados a um ou mais padrões ou selecionar padrões que serão utilizados para uma lista de arquivos.CHK)” possuem: • • A lista de desenhos a serem checados. O “Batch Standards Checker” não corrige as violações de padrões.Capítulo 23 BATCH STANDARDS CHECKING O “Batch Standards Checker” é uma aplicação “stand-alone” que pode ser utilizada para checar múltiplos desenhos a padrões. e gravar estas configurações no arquivo “. • • Observações que se deseja incluir no arquivo de checagem.e. Para executá-lo. Este relatório poderá ser visualizado abrindo o arquivo de checagem. Os arquivos “Standards Check (. os problemas encontrados em cada desenho da lista. quando foi executado. Para utilizá-lo. a lista de padrões que os desenhos foram comparados. Finalizada a checagem.CHK”. AutoCAD 2009 217 . selecionar na pasta de programas do sistema operacional (p. apenas identifica e relaciona os problemas de cada desenho. Os nomes dos arquivos padrões que serão utilizados para checar estes desenhos. primeiro configurar o que se deseja checar. Os plug-ins que serão utilizados durante a checagem. Será exibida a caixa de diálogo “Batch Standards Checker”.

os arquivos que serão checados podem ser adicionados. Batch Standards Checker . Configura uma prioridade menor para o padrão selecionado. Após selecionar uma destas duas opções. removidos e reordenados. evitando a necessidade de adicionar os arquivos externos à lista de desenhos. No caso dos arquivos não estarem associados a padrões. é recomendado associar estes desenhos aos padrões e selecionar a opção “Check each drawing using its associated standards files” da aba “Standards”. será possível adicionar. remover e reordenar a lista de arquivos padrões com os botões: Adiciona arquivos padrões. selecionar a opção “Check all drawings using the following standards files” da aba “Standards”. ou caso se deseje checar todos os arquivos da lista aos mesmos padrões. Selecionando a opção “Check External References of Listed Drawings” é possível checar também os arquivos de referência externa vinculados aos desenhos selecionados. Remove arquivos padrões.Aba “Standards” Quando os desenhos a serem checados possuem padrões variáveis. Configura uma prioridade maior para o padrão selecionado.Batch Standards Checker .Aba “Drawings” Nesta aba. AutoCAD 2009 218 .

Interromper checagem.Aba “Notes” Utilizar a aba “Notes” para inserir observações ou explicações sobre o arquivo de checagem. estilos de linhas e estilos de texto. Batch Standards Checker . layers.Aba “Progress” Quando se tem uma lista grande de arquivos a serem checados.Aba “Plug-ins” Utilizar a aba “Plug-ins” para selecionar os itens que serão checados: estilos de dimensiona-mento. Abrir arquivo. pode-se visualizar o progresso do processo de checagem através desta aba. Visualizar relatório de checagem. Apenas os checados. “plug-ins” marcados com serão Batch Standards Checker . Estas notas aparecerão no relatório de auditoria quando a checagem for finalizada.Batch Standards Checker . Gravar. Exportar relatório de checagem. Iniciar checagem. AutoCAD 2009 219 . Gravar como (Save as). será exibido o número de problemas encontrados. Ao final da checagem de cada desenho. Apresenta-se a seguir o menu toolbar do Batch Standards Checker: Criar novo arquivo.

dwg”.”.dws” e abrir o arquivo “BatchStandard1. apagar o bloco de carimbo.dwg”. AutoCAD 2009 220 . Fechar o arquivo “Elétrica. 5.dwg”. Na Ribbon > Tools > Standards. Na aba “Standards” selecionar a primeira opção para que cada desenho da lista seja checado com o seu arquivo padrão associado..dws” como o padrão.Exercício 28: Utilizando Batch Standards Checker 1. 9. 7.dwg”. Abrir o “Batch Standards Checker”. 6. No menu File do botão do AutoCAD.: “Menu Iniciar > Programas > Autodesk > AutoCAD 2009 > Batch Standards Checker”). selecionar “Save as. no grupo de programas da instalação do AutoCAD 2009 (p..dws”.dwg” e “BatchStandard2. Abrir o arquivo “BatchStandard2. 8. 2. Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\E-A1-0001-R1. 3. Na aba “Model”. 10.dwg”. Na caixa de diálogo “Batch Standard Checker” aba “Drawings”. os textos e viewports. selecionar para configurar o arquivo “Eletrica.e. clicar para adicionar os arquivos “BatchStandard1. apagar a geometria do desenho. 4. Gravar o arquivo e fechar.dws” como o padrão para o arquivo “BatchStandard1. para gravar o arquivo na pasta “CursoAutoCAD” com o nome “Elétrica” e tipo de arquivo “. selecionar para configurar o arquivo “Arquitetura. No Layout “A1”.

Na aba “Plug-ins” deixar todos os itens selecionados. Na aba “Notes” digitar “Os arquivos foram checados com os padrões associados a eles”. Clicar em e gravar o arquivo com o nome de “Auditório.11. AutoCAD 2009 221 . Ao final do processo será apresentado o relatório do processo executado. 13. Fechar o programa. 15. Selecionar a aba “Progress” para acompanhar o progresso da checagem e clicar em para iniciar a checagem.chx” na pasta “CursoAutoCAD” 14. 12.

Este relatório possui duas áreas: • No lado esquerdo. Ícone Tecla de Atalho Menu Alt + E Check > Export Report AutoCAD 2009 222 .Relatório de Auditoria Terminado o processo de checagem. poderão ser selecionados: o tipo de informação a ser exibida (“Show”) e os desenhos (“For”) • No lado direito serão exibidas as informações de acordo com as seleções feitas no lado esquerdo. Este arquivo HTM poderá ser publicado ou enviado por e-mail. um relatório será gravado no arquivo utilizado no processo “Batch Check”. Ícone Tecla de Atalho Menu Alt + V Check > View Report Exportando Relatórios de Auditoria A única maneira de visualizar um relatório em um arquivo de checagem é ter o “Batch Standard Checker” instalado no computador. Entretanto. o relatório de auditoria poderá ser exportado para um arquivo HTM para que possa ser visualizado por pessoas que não possuem o aplicativo "Batch Standard Checker”.

Selecionar as opções: Plug-ins. Fechar o “Batch Standard Checker” 11. Salvar o novo relatório com um novo nome. Selecionar para visualizar o relatório. Fechar a tela “Audit Drawing Standards Result” 9. e com um duplo clique verificar que será aberto o relatório no “Internet Explorer”. Clicar em e observar que o “Batch Standard Checker” detecta que existe um relatório gravado neste “check file”. Ignored Problems e All. Problems. e lhe dá as opções: Sobrescrever o relatório existente. 7.htm”. Executar o programa “Batch Standard Checker” novamente. No Windows Explorer.htm” 10. 5. 4. 6. 8. Deixar apenas um arquivo selecionado e verificar as informações exibidas. Clicar na opção para manter o relatório existente. Clicar em para exportar o relatório para o arquivo “Auditório.Exercício 29: Exportando o Relatório de Auditoria 1. Standards. Manter o relatório existente.chx” 3. 2. localizar o arquivo “Auditório. e observar as informações exibidas. Clicar em e abrir o arquivo “Auditório. AutoCAD 2009 223 .

AutoCAD 2009 224 .

podemos: • • • Combinar vários layers em um único layer. color. lineweight e plot style para a nova lista de nomes de layers. Durante o processo. Para traduzir a geometria de um layer para outro. Configurar a cor e o tipo de linha da geometria para “Bylayer”. visualizar detalhes do mapeamento e efetivar a conversão de layers. Durante o processo. apenas os layers mapeados serão convertidos. lista “Translate To” e área “Layer Translation Mappings” “Translate From” “Translate To”   Esta lista mostra os layers do desenho corrente. Esta lista é criada carregando layers e suas propriedades de um arquivo existente. é preciso mapear o nome do layer corrente para o novo nome do layer. Configurar as propriedades: linetype. Não é necessário mapear todos os layers existentes no desenho.Capítulo 24 LAYER TRANSLATOR O Layer Translator modifica a propriedade “Layer” de uma geometria de um layer corrente para um novo layer. Linha de Comando Botão do AutoCAD Ribbon LAYTRANS Tools > CAD Standards > Layer Translator… Tools > Standards > Caixa de Diálogo Layer Translator A caixa de diálogo “Layer Translator” é utilizada para selecionar como os layers serão mapeados. criando novos layers e definindo suas propriedades ou AutoCAD 2009 225 . Ela é dividida em três áreas principais: lista “Translate From”. O Layer Translator é útil quando é preciso modificar nomes de layers para ficar de acordo com padrões estabelecidos.

Converte os layers mapeados. Translate objects in blocks – para converter os objetos dentro de um bloco Write Transaction log – cria um arquivo de log no mesmo diretório do desenho. Para modificar as propriedades selecionar o layer e ativar este botão. Force Object Color / Linetype to Bylayer – independente de como estão configuradas a cor e o tipo de linha dos objetos eles passarão a ser “Bylayer” caso esta opção seja selecionada. A remoção poderá ser efetuada dando um clique com a direita sobre o layer e selecionando a opção “Remove”. Para remover um mapeamento. A modificação poderá ser efetuada dando um clique com a direita sobre o layer e selecionando a opção “Edit”. Para mapear layers manualmente.combinando estas duas opções. selecionar os layers a serem mapeados na lista “Translate From” e na lista “Translate To” selecionar o layer para onde você deseja que a geometria seja transferida. Para converter automaticamente os layers da lista “Translate From” quando os nomes coincidirem com os nomes dos layers na lista “Translate To”. Isto disponibilizará o botão Map. Grava o mapeamento em um arquivo “DWS”. Esta lista exibe o antigo e o novo nome do layer assim como suas novas propriedades. • • AutoCAD 2009 226 . que uma vez clicado removerá os layers selecionados de suas respectivas listas e exibindo-os na área “Layer Translation Mapping” juntamente com suas propriedades após a conversão.     “Layer Translation Mappings”       Caixa de Diálogo de Configuração do Layer Translator A caixa de diálogo “Settings” é exibida quando se clica em Lista-se a seguir cada item: • . Carrega layers de arquivos existentes de desenhos. Para criar novos layers e definir suas configurações. Acessa a caixa de diálogo de configuração do “Layer Translator”. standards ou templates.

Utilize esta caixa de diálogo para definir o nome para o novo layer.• Show Layer Contents When Selected – para que seja exibida a geometria apenas dos layers selecionados. Se o desenho estiver configurado para utilizar named plot styles. também é possível configurar uma plot style. Esta configuração ajuda a identificar qual geometria reside em um layer específico da lista “Translate From”. AutoCAD 2009 227 . Caixa de Diálogo New Layer do Layer Translator A caixa de diálogo “New Layer” é exibida quando se clica em New. e as propriedades: linetype. color e lineweight.

Clicar em na Ribbon > Tools > Standards para carregar os layers do arquivo padrão “Arquitetura. na lista “Translate To” o layer “luminarias e ar” e clicar em . Abrir o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\LayerTranslator.dwg” 2. Selecionar na lista “Translate From” o layer “Revestimento”. 6. na lista “Translate To” o layer “SANIT” e clicar em . 4. 5. na lista “Translate To” o layer “Revest” e clicar em . AutoCAD 2009 228 . 7. Selecionar na lista “Translate From” o layer “Ar condicionado”. Selecionar 3. Selecionar na lista “Translate From” o layer “Sanitario”.Exercício 30: Utilizando o Layer Translator 1. Clicar em para mapear layers de mesmo nome.dws”.

AutoCAD 2009 229 .8. Clicar em e selecionar ao ser indagado se deseja gravar as informações de conversão de layers antes de iniciar o processo. Verificar as modificações ocorridas. 9.

AutoCAD 2009 230 .

transformar as referências para DWG ou criar um DGN subjacente. e “Master Units” e “Sub Units”. AutoCAD 2009 231 . também. Através do novo comando DGNATTACH anexa-se arquivos DGN aos desenhos de AutoCAD como uma referência externa subjacente (externally referenced underlays). Existem as opções “Explode Text Node to Text Elements”. Através dela. Além das opções para “traduzir” as propriedades do DGN para o DWG (Translate DGN properties to DWG properties). especifica-se de que modo o arquivo DGN será importado para o desenho do AutoCAD. Trabalhando com arquivos DGN No AutoCAD é possível anexar arquivos Bentley’s MicroStation® V8 (DGN) aos desenhos DWG™ e gerenciá-los como uma referência externa subjacente (externally referenced underlays) ou importar arquivos DGN diretamente para um desenho de AutoCAD. o AutoCAD mostra a caixa de diálogo Import DGN Settings. Pode-se importar/exportar arquivos V8 DGN para o AutoCAD como um novo arquivo DGN utilizando os comandos DGNIMPORT e DGNEXPORT. Linetype. É possível cortar uma área da visualização de um DGN usando o novo comando DGNCLIP e.Capítulo 25 GERENCIANDO DESENHOS O AutoCAD 2009 oferece uma função para gerenciar os dados dentro dos desenhos assim como para gerenciar dados de desenhos externos. que mantém a forma do texto criada ao longo do arquivo. Quando isto é feito. Podendo ainda salvar os mapeamentos feitos para que depois possam ser resgatados em outra ocasião. que especificam de que forma as unidades do arquivo DGN serão importadas para AutoCAD. o arquivo aparece na paleta External Reference. Pode-se optar entre ignorar as referências externas. referências externas DWG e DWF™ subjacentes. fazendo as correspondências de: Layer. Após selecionar um arquivo DGN para importar. Pode-se também exportar arquivos DWG™ para V8 DGN. ajustar suas propriedades usando a paleta Properties ou através do comando DGNADJUST. Lineweight e Color. Os arquivos de formato V8 DGN podem ser também adicionados à lista de arquivos suportados nos comandos IMPORT e EXPORT. junto de outras referências externas como imagens.

iniciar o processo de recuperação do mesmo e de todas as suas referências externas automaticamente. o AutoCAD abre a caixa de diálogo Export DGN Settings.Quando se exporta um arquivo de desenho do AutoCAD para um formato de arquivo DGN. Especificar um arquivo SEED possibilita exportar o arquivo como 2D ou 3D usando unidades imperiais ou métricas. também se pode configurar um mapeamento para “traduzir” as propriedades do DWG para o DGN (Translate DWG properties to DGN properties) Recuperando arquivos de desenho A função de recuperação de desenhos possibilita selecionar um arquivo de desenho (DWG) corrompido e. especificar um arquivo SEED e unidades (Master ou Sub). Podem-se converter todas as referências DWG para arquivos DGN. É possível acessar a nova função de recuperação selecionandose “Drawing Utilities > Recover Drawings and Xrefs” pelo menu File do botão do AutoCAD. AutoCAD 2009 232 . ou pelo comando RECOVERALL. Têm-se as opções de exportar arquivos DGN externamente referenciados. converter todas as referências DWG para um único arquivo DGN ou ignorar as referências a arquivos DWG. Da mesma forma que para importar.

Na caixa de diálogo Export DGN Settings: • Clique em para selecionar o template Metric-Seed2D. Na caixa de diálogo Export Data: • Certifique-se de que em Save in. Clique em .. Clique em . Aceite como nome TrabalhandoComDGN.. • • 5. 2. 3. Selecione “File > Export. selecione em o tipo V8 DGN (*. Selecione a opção “Export to a DGN file” para exportar e excluir qualquer objeto não suportado. Será exibida uma mensagem informando o desenho que será exportado para DGN possui alguns objetos não são suportados.Exercício 31: Trabalhando com Arquivos DGN 1. AutoCAD 2009 233 .dwg”.” no botão do AutoCAD. Abra o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\TrabalhandoComDGN. do arquivo • • • 4. Em Files of Type.DGN). a pasta de destino é a pasta CursoAutoCAD no caminho “C:\ATC\”.dgn. Deixe selecionado o mapeamento “Standard”.

aceitar as configurações defaults clicando em ... Selecione “File > Import. Na caixa de diálogo Import DGN Settings.dgn” e clique em . 10.6. Inicie um novo desenho. 9. AutoCAD 2009 234 . 7. selecione o arquivo “C:\ATC\CursoAutoCAD\TrabalhandoComDGN. O arquivo será importado. 8. Na caixa de diálogo Import File.” no botão do AutoCAD. Fechar todos os arquivos sem gravar.

Através dos Xref Manager é possível controlar referências externas a arquivos de desenho.) irão pertencer ao desenho.Esta opção permite a atualização de um ou mais arquivos de referência. O AutoCAD não remove um arquivo de referência se ele estiver contido em outro. AutoCAD 2009 235 . e esta alteração será refletida em todos os arquivos onde ele estiver vinculado.Capítulo 26 REFERÊNCIAS EXTERNAS O conceito de arquivos de referência externa (XREF) consiste na funcionalidade que o AutoCAD possui de inserir um desenho inteiro no seu desenho corrente.Anexa um arquivo de referência ao desenho. O desenho original poderá ser alterado. de forma a utilizá-lo como referência no seu trabalho.. Attach . Reload .Remove arquivos de referência de um desenho.Transforma o arquivo de referência em um bloco. serão disponibilizadas as opções: Open .. Será exibida a toolpalette “External References”. Unload . Clicando com a direita sobre uma referência externa. Ao vincular um “xref” se introduz no arquivo uma referência para “buscar” o arquivo externo sempre que se carregar o desenho. níveis etc.Abre o arquivo de referência externa. Bind . Linha de comando Botão do AutoCAD XREF Insert > External References. sem a necessidade de sair do AutoCAD ou abrir o desenho novamente. Todas as características deste arquivo (tipo de linha. Detach .Descarrega o arquivo de referência para tornar o processamento mais rápido. Essa opção elimina todas as referências de um determinado “xref” inserido no arquivo de trabalho.

6.Exercício 32: Utilizando Arquivo de Referência Externa 1. gravar e fechar o arquivo.dwg” 2.: Verifique que junto ao nome do arquivo exibe-se o nome do usuário que fez a alteraçã e em que máquina esta foi realizada. Fechar o arquivo sem gravar. verificar que o balão de mensagem “External Reference File Has Changed” no canto inferior direito da tela. 5.Copa do Auditório”. fazer alguma alteração. Abrir o desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD\Xref Manager. 4. Selecionar a pia no inferior do desenho e na palheta de propriedades verificar que ela é uma Referência Externa (External Reference). 3.dwg”. Clicar em Reload Pia 30x40. Abrir o desenho "Pia30x40. Voltando ao desenho “Xref Manager . AutoCAD 2009 236 . OBS.

Podem-se acessar estes ambientes através do botão (Quick View Layout) na barra de status. que podem ser habilitados clicando com o botão direito do mouse sobre a barra de status e selecionando Layout/Model. há dois ambientes de trabalho distintos denominados Model e Layout. para os textos. Além da possibilidade de especificar quais Layers ficam visíveis em cada Viewport. Trabalhando na guia Layout. cotas e outras anotações.Capítulo 27 TRABALHANDO COM LAYOUT No AutoCAD. Será necessário especificar uma escala para seu tamanho correto quando o desenho for plotado. é possível adicionar uma ou mais Viewports no espaço de papel. Quando um desenho for elaborado com uma visualização recomenda-se elaborar o modelo e as anotações correspondentes no espaço do modelo determinando a escala (1:1). AutoCAD 2009 237 . ou ainda através dos botões .

Estes padrões podem ser inseridos automaticamente ao iniciar seu desenho através de um desenho modelo (Template . • • • Selecionar um Layout. Trabalhando no Model O Model acessa inúmeras áreas de desenho chamadas espaço de modelo. é possível posicionar formatos padrões. No Model. Criar e/ou selecionar um Layer para utilizar na(s) Viewport(s) do Layout.Compreendendo o Processo Quando utilizar uma aba de Layout para preparar o desenho para plotagem. ou talvez mais de um. AutoCAD 2009 238 . dispositivo de plotagem. blocos etc. um centímetro. e visibilidade e/ou habilitação dos Layers para a plotagem. Especificar definições de página de Layout. é necessário: • Criar um modelo do desenho no Model contendo as informações do projeto e os estilos de textos e cotas configurados para a escala de plotagem. podendo conter campos. Plotar o Layout. No espaço do papel. ou adicionar anotações. Utilize o espaço do papel para compor a folha do desenho e para definir visualizações. tamanho do papel. Definir os formatos e padrões da folha. Ao utilizar um modelo de desenho. Utilize o espaço do modelo para a criação e edição do modelo. No espaço do papel. a orientação. Layout no desenho. milímetro. • • • • Trabalhando em Model e Layout Existem vários benefícios ao alternar entre o espaço do modelo e o espaço do papel para desempenhar certas tarefas. ou abrir um desenho existente. dimensionar objetos no modelo. caso necessário. ou a uma unidade mais conveniente ou mais comum ao projeto. criar objetos como Viewports para exibir visualizações. a escala. área de plotagem. Criando um Layout Por padrão. Projete o desenho no Model (no espaço do modelo) e prepare-o para plotagem em um Layout (em espaço do papel). Renomeá-lo caso necessário. podemos dar nomes distintos aos Layouts do desenho. Resumo do Processo Para a preparação de um Layout. Criar Viewports e posicioná-las no Layout. Layers. Há um Model e um. uma unidade representa a distância do papel em uma folha plotada em milímetros. é possível visualizar e editar objetos do espaço do modelo.DWT) que já contenha um formato padrão. atributos e todas as demais informações relevantes para sua folha de documentação. é possível desenhar o modelo na escala 1:1 e decidir se uma unidade corresponde a um metro. configurações dos estilos de textos e cotas. escala de plotagem e orientação do desenho. Trabalhando no Layout Os Layouts acessam uma área chamada espaço do papel. em cada Viewport ou todas as Viewports do Layout. um novo desenho começa com dois Layouts (Layout1 e Layout2). Definir. No espaço do Modelo. será necessário seguir algumas etapas de um processo.

OBS. Clicar com o botão direito em um Layout do Quick View Layouts para exibir um menu de opções disponíveis. A impressora associada ao Layout. A orientação do desenho no papel. Copiar um Layout e as configurações correspondentes a partir do arquivo de desenho atual.É possível criar uma nova aba de Layout usando um dos seguintes métodos: • • • • Adicionar um novo Layout sem configurações e especificar as configurações no gerenciador de configuração de página (Page Setup Manager). tamanhos de papeis. é possível utilizar o assistente Create Layout. e clicando na opção Page Setup Manager ou acessando pelo botão do AutoCAD o menu File > Page Setup Manager. Utilizar o assistente de criação de Layout (Create Layout) para criar um Layout e definir as configurações. É possível alterar as configurações estabelecidas no Layout selecionando com o botão direito o Layout desejado. AutoCAD 2009 239 . cada Layout pode conter diferentes configurações de plotagem. para evitar confusão ao transmitir e publicar desenhos. configurações de Layers etc. O assistente solicita informação sobre as configurações do Layout: Um tamanho de papel para utilizar o Layout. Informação de configuração de Viewport. Utilizando o assistente configurações de Layout • • • • • • Um nome para o novo Layout.: É possível criar vários Layouts em um desenho. Contudo. é recomendado criar apenas um Layout para cada desenho. de Layout para especificar Para criar um novo Layout. • Uma localização para configuração de Viewport no Layout. Um bloco de formato padrão. Importar um Layout a partir de um arquivo de modelo de desenho existente (DWT) ou de um arquivo de desenho (DWG).

7. AutoCAD 2009 240 .Exercício 33: Adicionando um Dispositivo de Plotagem Neste exercício utilizaremos como exemplo uma plotter genérica da Hewlett-Packard® a HP-GL/2 Plotter. Manter o arquivo aberto para realizar o próximo exercício. Selecionar pelo menu do botão do AutoCAD Tools > Wizard > Add Plotter. Na caixa de diálogo Add Plotter – Begin. 4. 3. 9. Na caixa diálogo Add Plotter – Import Pc or Pc2. clicar em Avançar. 5. Na caixa de diálogo Add Plotter – Introduction Page. Na caixa diálogo Add Plotter – Plotter Name. Abrir o arquivo de desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD\Criando_Layout. 2. clicar no botão Avançar. selecionar a opção System Printer e clicar no botão Avançar.dwg”. 8. Na caixa de diálogo Add Plotter – Finish clicar no botão Concluir. Clicar em Avançar. 6. clicar no botão Avançar para aceitar o nome sugerido. Na caixa diálogo Add Plotter – System Printer. selecionar o modelo Hewlett-Packard HP-GL/2 Plotter. 1.

selecionar o Layout *Plotagem* e clicar no botão “Modify”. 6. Configurando o Layout 5. 4.. Clicar com o botão direito sobre o ícone opção “Page Setup Manager.”. e selecionar a 7.. Na caixa de diálogo Page Setup Manager. 2. Clicar com o botão direito do mouse no ícone (Quick View Layout) e selecionar New Layout. Digitar o nome Plotagem. No Layout Plotagem. Clicar sobre o ícone (Quick View Layout) e selecionar o Layout2. Clicar novamente no ícone (Quick View Layout) e na sequência clicar com o botão direito sobre a janela Layout2 e selecionar a opção Rename. 3. AutoCAD 2009 241 . apagar a linha escura que representa a Viewport no Layout criado.Exercício 34: Configurando o Layout para Plotagem Criando um novo Layout 1.

Clicar no botão “Properties”. Na caixa de diálogo Plotter Configuration Editor e clicar no botão “Custom Properties.8. Na caixa de diálogo Page Setup. 10. 9. Selecionar o papel “ISO A1 594 x 841 mm” e clicar no botão “OK”. no campo Printer/Plotter selecionar a plotter Hewlett-Packard HP-GL/2 Plotter. 11. 12.”. AutoCAD 2009 242 .. Definindo o tamanho de Folha padrão para o Plotter. 13..”. Na caixa Changes to a Printer Configuration File clicar no botão “OK” para salvar o arquivo de configuração da impressora/ploter. Clicar em “Avançado...

Em Plot scale. clicar em “Close”. Clicar em OK. selecionar o tamanho ISO A1 594 x 841 mm. selecionar Layout.14. AutoCAD 2009 243 . Na caixa de diálogo Page Setup: • • • • Em Paper size. selecionar a escala 1:1_1 e a unidade mm. Em Plot area. 16. 15. Na caixa de diálogo Page Setup Manager. Manter o arquivo aberto para realizar o próximo exercício.

AutoCAD 2009 244 .

AutoCAD 2009 245 . Assim é possível definir a escala da viewport. ao aumentar o zoom dentro da viewport. Esses métodos são úteis para enfatizar ou ocultar diferentes elementos de um desenho e para diminuir o tempo de regeneração da tela. é possível controlar a visualização exibida. o fator de escala representa uma proporção entre o tamanho atual do modelo exibido na viewport e o tamanho do Layout. Em cada viewport de Layout. Quando se trabalha em um Layout. Redimensionando Visualizações nas viewports de Layout Para redimensionar de forma precisa e consistente cada vista exibida no desenho plotado. trava a escala definida para a viewport selecionada. Por exemplo. você pode desejar aplicar outras escalas às viewports para exibir diferentes níveis de detalhe. a maioria dos comandos de visualização. a escala da viewport é alterada no mesmo instante. A proporção é determinada pela divisão das unidades do espaço do papel pelas unidades do espaço do modelo. é possível aumentar o zoom para visualizar deferentes níveis de detalhe da viewport sem alterar a escala da viewport. é possível continuar modificando a geometria na viewport sem afetar a escala da viewport. Bloqueando a Escala de Viewports de Layout Ao criar viewports de Layout. É possível alterar a escala de visualização da viewport usando a paleta Propriedades. defina a escala de cada vista relativa ao espaço do papel. Com o bloqueio ativado para a escala de uma viewport. Controlando a Visibilidade em Viewports de Layout É possível controlar a visibilidade dos objetos nas viewports de Layout através de vários métodos. Bloqueando a escala da viewport primeiramente.Capítulo 28 CONFIGURANDO AS VIEWPORTS Ao criar um Layout. como 3DOrbit. é possível adicionar viewports de Layout que agem como janelas para o espaço do modelo. Com a escala bloqueada. Bloquear a escala (Display Locked). ou a barra de ferramentas Viewports. para um desenho em escala de um quarto. a proporção seria um fator de escala de uma unidade de espaço do papel para quatro unidades de espaço do modelo. Pan e Zoom não funcionarão mais nessa viewport. ou 1:4. a opção XP do comando ZOOM.

É possível economizar tempo desativando algumas viewports de Layout ou limitando o número de viewports ativas. Ativando ou desativando viewports de Layout A exibição de um grande número de viewports de Layout ativas pode afetar o desempenho do sistema à medida que o conteúdo de cada viewport de Layout é regenerado. Descongelar o Layer restaura a visibilidade. AutoCAD 2009 246 . Conseqüentemente. utilize a coluna VP para congelar uma ou mais camadas na viewport de Layout atual. é necessário estar em uma aba de Layout. você poderá visualizar objetos diferentes em cada viewport de Layout. Defina a viewport de Layout atual. o Layer que mostra o terreno foi congelado em uma viewport. clicando duas vezes em qualquer lugar das bordas. é possível copiar viewports de Layout sem precisar aguardar até que cada uma seja regenerada. A ilustração mostra os efeitos de desativar duas viewports de Layout. As novas viewports de Layout são ativadas por default. à direita. Para exibir a coluna VP congelada atual. A maneira mais fácil de congelar ou descongelar Layers na viewport atual é utilizar o Gerenciador de propriedades de Layers. Desativando as viewports de Layout não utilizadas. Os Layers congelados são invisíveis e não são regeneradas ou plotados. Na ilustração.Congelando Layer em Viewport de Layout O principal benefício de utilizar viewports de Layout é a possibilidade de congelar Layers de forma seletiva em cada viewport de Layout. No Gerenciador de propriedades de Layer. Você pode congelar ou descongelar Layers nas viewports de Layout atuais e futuras sem afetar outras viewports.

apesar da diferença no fator de zoom. Portanto. Nas seguintes ilustrações. Salvando um modelo de Layout Qualquer desenho pode ser salvo como um desenho modelo (arquivo DWT). torne essa viewport de Layout atual e. desenhe uma linha em um Layout do espaço do papel. O AutoCAD fornece modelos de Layout de amostra a serem utilizados no projeto de um novo ambiente de Layout. desenhe uma linha utilizando o mesmo tipo de linha tracejado. A variável de sistema PSLTSCALE serve para manter a mesma escala de tipo de linha para os objetos exibidos em diferentes fatores de zoom em um Layout e em uma viewport de Layout. Se o fator de zoom da viewport for alterado para 2x. é possível optar por aplicar as informações de um modelo existente. como um modelo de desenho ou um arquivo de desenho. a escala do tipo de linha para a linha tracejada no Layout e a linha tracejada na viewport de Layout será a mesma. O arquivo de modelo é salvo no diretório de arquivos de modelos de desenho como definido na caixa de diálogo Options. Estes itens de tabela de definição são importados como parte das configurações de Layout ao importar este modelo para dentro de um novo Layout. mas contém poucas informações que não são importantes para o Layout. A linha tracejada deve parecer ser a mesma. Ao criar um Layout. como blocos. Com PSLTSCALE ativada.dwt ou . inclusive todos os objetos e configurações de Layout.dwg. Os objetos do espaço do papel e a configuração de página no modelo existente são utilizados no novo Layout. O modelo de Layout possui uma extensão . Por exemplo. é possível ainda controlar os comprimentos dos traços com LTSCALE e CELTSCALE. os objetos de Layout. AutoCAD 2009 247 . com PSLTSCALE definida como 1 (padrão). É possível salvar um Layout para um novo arquivo DWT escolhendo a opção Salvar como (Save As) do comando LAYOUT. Reutilizando Layouts e configurações Um modelo de Layout é simplesmente um Layout importado de um arquivo DWG ou DWT. o padrão dos tipos de linha no desenho à esquerda foram postos em escala para ficarem os mesmos a despeito da escala da vista. em seguida. Não são importados objetos do espaço do modelo. No desenho à direita. camadas e estilos de cota. em seguida. Quando um novo modelo de Layout é criado. quaisquer itens nomeados utilizados no Layout. crie uma viewport com um fator de zoom de 1x.Redimensionando Tipos de Linha no Layout É possível redimensionar tipos de linha no espaço do papel baseado nas unidades de desenho do espaço em que o objeto foi criado ou nas unidades do espaço do papel. são salvos com o modelo. inclusive os objetos viewport. são exibidos no espaço do papel. defina o tipo de linha atual como tracejado e. É possível utilizar a opção Save As do comando LAYOUT para criar um novo modelo de Layout. No Layout. Você pode manter qualquer objeto existente do modelo importado ou pode excluir os objetos. a escala dos tipos de linhas coincide com a escala de cada vista. na aba Support.

AutoCAD 2009 248 .Com o Design Center é possível arrastar um Layout com seus objetos a partir de qualquer desenho para dentro do desenho atual.

Selecionar pelo menu do botão do AutoCAD Insert > Block. Selecionar o arquivo 1-Layout. OBS. Na caixa de diálogo Insert: • • • Desmarcar as caixas Scale e Rotation. AutoCAD 2009 249 . 4. navegar até a pasta dos exercícios. 7.. Habilitar as opções Specify On-screen da caixa Insertion Point e Explode.Exercício 35: Definindo e Configurando as Viewports 1. Selecionar a variável ATTDIA e verificar se o campo Current Value está com o valor 1. os valores dos atributos sejam inseridos através de uma caixa de diálogo ao invés de inserir na linha de comando. 5. Selecionar “Express > Tools > System Variable Editor. 2. Caso contrário.: Esta configuração fará com que ao inserir um bloco atributado. Se estiver. Selecionar um ponto próximo ao canto inferior esquerdo do Layout para inserir os quatro retângulos de referência onde serão criadas as viewports.. 6. digitar o valor 1 em New Value e clicar em OK. Na caixa de diálogo Select Drawing File. Na caixa de diálogo Insert. clicar em OK.” no botão do AutoCAD. clicar no botão “Browse”. Clicar em OK. 3.dwg e clicar em Open.

clicar no botão Browse. selecionar o botão para abrir o Layer Properties Manager. 11.8. 10. Na caixa de diálogo Insert. 17. 12. Selecionar pelo menu do botão do AutoCAD View > Viewports > 1 Viewport. Na caixa de diálogo Insert. clicar em OK. 13. 15. AutoCAD 2009 250 . Na Ribbon > Home > Layers. Criar um novo layer de nome Viewports na cor vermelha e deixá-lo como corrente. Ao ser exibida a caixa de diálogo Edit Attributes. 9. Repetir o processo criando viewports sobre os demais retângulos do desenho. clicar em Cancel. desmarcar Explode. Na caixa de diálogo Select Drawing File. Selecionar pelo menu do Botão do AutoCAD Insert > Block. 14. Selecionar o arquivo FORMATO_A1. Criar a primeira viewport no Layout fazendo um retângulo sobre a polyline existente na região superior da folha. 16.dwg e clicar em Open. pois neste exemplo não será preenchido o carimbo. Este bloco possui uma série de atributos para que seja preenchido o carimbo. naveguar até a pasta dos exercícios. Selecionar um ponto próximo ao canto inferior esquerdo do Layout para que seja inserido o bloco.

21. Repetir o processo para as demais viewports enquadrando e colocando em escala na seguinte ordem. 20. e Zoom posicionar as elevações no centro da viewport como indica a figura a esquerda. Com o comando Pan. Clicar dentro da viewport superior duas vezes para habilitá-la. • • Seção Tipo com Custom Scale em 1000/100 para configurar a viewport na escala 1:100 também. da esquerda para a direita. Selecionar o contorno da viewport e na paleta de propriedades selecionar o campo Custom Scale e digitar 1000/100 para configurar esta viewport na escala 1:100. Detalhe da Soleira com Custom Scale em 1000/10 para configurar a viewport na escala 1:10 AutoCAD 2009 251 . Na área de desenho do Layout Plotagem.Configurando as Viewports 18. Clicar duas vezes fora da viewport para voltar para Paper space. selecionar o retângulo da viewport superior e abrir a paleta de propriedades. 19. 22. respectivamente: • Planta de Situação com Custom Scale em 1000/500 para configurar a viewport na escala 1:500.

26.Travando as Viewports 23. AutoCAD 2009 252 . 24. Manter o arquivo aberto para realizar o próximo exercício. Apagar os retângulos de referência. No Layout. Selecionar outro layer como corrente e desligar o layer Viewports. selecionar a opção Yes para travar a visualização da viewport. No campo Display Locked da paleta de propriedades. 25. selecionar as quatro viewports configuradas e abrir a paleta de propriedades.

Visão Geral Entender os termos e conceitos relativos a plotagem torna mais fácil a execução da primeira plotagem com o programa. AutoCAD 2009 253 . será possível utilizar alguns métodos para saída do desenho. que é a principal ferramenta para criar configurações de plotter. qualidade gráfica de imagens raster e vetoriais.Capítulo 29 PLOTANDO DESENHOS Após concluir um desenho. O Gerenciador de plotter contém o Assistente para adicionar plotter. É possível plotar o desenho no papel ou criar um arquivo para utilizar com outro aplicativo. tamanhos de papel e propriedades personalizadas que dependem do tipo da plotter. Nos dois casos. Gerenciador de Plotter O Gerenciador de plotter é uma janela que apresenta os arquivos de configuração (PC3) para cada impressora não pertencente ao sistema instalado. você seleciona as configurações de plotagem. As configurações de plotter especificam informações de porta.

será plotado com a origem calculada a partir de 0. Selecione a seguir o botão Window para utilizar o cursor do mouse e especificar os cantos opostos da área a ser plotada. As tabelas de estilo de plotagem nomeado utilizam os estilos de plotagem diretamente atribuídos a objetos e camadas.stb. Plota qualquer parte de um desenho que for especificada. independentemente da cor. todos os objetos em um desenho que tiverem a cor vermelha atribuída serão plotados da mesma maneira. são especificados um plotter e configurações como o tamanho da página e orientação de plotagem. Não é possível atribuir estilos de plotagem dependentes de cor diretamente aos objetos. selecionar o tamanho do papel desejado no campo Paper Size.ctb. É possível nomear e salvar as configurações de página para utilizar com outros Layouts. Você pode converter uma tabela de estilo de plotagem de um tipo em outro. • • • Definindo o Tamanho do Papel Na caixa de diálogo. Display. Se não especificar todas as configurações na caixa de diálogo PageSetup ao criar um Layout. Plota a vista na viewport atual da aba Modelo ou a vista no espaço do papel atual em uma aba de Layout. cor e estilo de preenchimento. Ao plotar a aba Modelo. Ao plotar um Layout. A lista de tamanhos de papel depende da impressora ou do plotter selecionada. Os arquivos de tabela de estilo de plotagem têm extensões . Se a viewport atual não exibir uma vista em planta. Estilos de plotagem Um estilo de plotagem controla como um objeto ou layer é plotado determinando as propriedades de plotagem. você altera sua cor. Extents. já terá especificado um tamanho de papel na caixa de diálogo Page Setup. Window. para controlar como um objeto é plotado. O desenho pode ser regenerado para recalcular as extensões antes de plotar. As tabelas de estilo de plotagem reúnem grupos de estilos de plotagem. É possível controlar essas configurações para Layouts e para a aba Model utilizando o Gerenciador de configuração de página. Os arquivos de tabelas de estilo de plotagem têm extensões . Por exemplo. O Gerenciador de estilo de plotagem é uma janela que exibe todas as tabelas de estilo de plotagem disponíveis. Toda a geometria no espaço atual é plotada. ou digite valores de coordenadas. será possível configurar a página antes de plotá-la. É possível também alterar o tipo de tabela de estilo de plotagem utilizado por um desenho depois de ter sido definido. precisará especificar um tamanho de papel ao plotar. Entretanto. essa opção terá o mesmo efeito que a opção Extents. Há dois tipos de estilo de plotagem: dependente de cores e nomeadas. Em vez disso. Um desenho pode utilizar somente um tipo de tabela de estilo de plotagem. A lista de plotters disponíveis inclui todas as que estão atualmente configuradas para utilização com o Windows e aquelas para as quais você instalou drivers que não são do sistema. Especificando a Área a ser Plotada • Layout. Para tabelas de estilo de plotagem dependente de cor. se você plotar a partir da aba Modelo. Plota a parte do espaço atual do desenho que contém objetos. ou você pode forçar uma configuração de página quando plotar. tudo o que estiver dentro da área de impressão do tamanho de papel especificado.Configurações de Página Ao criar um Layout. Estas configurações são salvas em uma configuração de página. a cor de um objeto determina como ele será plotado. AutoCAD 2009 254 . toda a área de desenho definida pelos limites da grade será plotada.0 no Layout. Se você plotar a partir de um Layout. É possível utilizar a nova configuração de página temporariamente para a plotagem atual ou salvar a nova configuração de página. Seu uso permite que cada objeto em um desenho seja plotado de maneira diferente. como espessura de linha.

Isto é. inserindo um valor positivo ou negativo nas caixas de Deslocamento X e Y. você também poderá selecionar a opção Centralizar a plotagem (Center to Plot). os objetos são desenhados em seu tamanho real. O método utilizado para definir a escala de plotagem depende de você estar plotando a aba Modelo ou um Layout: AutoCAD 2009 255 . você pode utilizar esta técnica para especificar tamanhos diferentes de página padrão para o Windows e para o AutoCAD. No entanto. poderá escolher em uma lista de escalas. ou selecionar para ajustar ao papel (Fit to Paper) para dimensionar o desenho para caber no tamanho selecionado de papel. você decide como interpretar o tamanho de uma unidade (uma polegada. Em geral. poderá adicionar um tamanho de papel personalizado utilizando o editor Plotter Configuration Editor. Você pode também optar por plotar de ponta-cabeça habilitando a opção Plot Upsidedown. editando o arquivo PC3 associado a esse plotter. isso pode fazer com que a área de plotagem seja cortada. você pode modificar a área imprimível para tamanhos de papel associados a uma impressora do sistema Windows. As configurações na área de Deslocamento da plotagem (Plotter Offset) da caixa de diálogo Plot especifica um deslocamento da área de plotagem relacionada ao canto esquerdo inferior (origem) da área de impressão ou da aresta do papel. É possível deslocar o desenho no papel. Por exemplo. você especifica uma escala precisa ou ajusta a imagem ao papel. a área de impressão pode ser alterada. um metro) e desenha em uma escala 1:1. Utilizando um Tamanho de Papel Personalizado Se for preciso especificar um tamanho de papel não relacionado na caixa de diálogo Plot ou Page Setup. Normalmente. cada unidade no desenho representará um milímetro.É possível também definir o tamanho de página padrão utilizado para criar novos Layouts para a maioria dos plotters. Ao plotar o desenho. não é possível adicionar um tamanho de papel personalizado às impressoras do sistema Windows porque os tamanhos de papel permitidos e as áreas imprimíveis são determinados pelo fabricante. inserir sua própria escala. Para impressoras do sistema Windows. se a unidade de medida for milímetro. Posicionando o Desenho no Papel Existem diversas maneiras de posicionar um desenho no papel. Entretanto. Definindo a Posição da Plotagem A área de impressão de uma folha de desenho é definida pelo dispositivo selecionado de saída e representado pela linha tracejada no Layout. Ao alterar para outro dispositivo de saída. Definindo a Orientação do Desenho A orientação do desenho determina se a posição do desenho plotado é horizontal (a borda maior do desenho é horizontal) ou vertical (a borda maior do desenho é vertical). Definindo a Escala de Plotagem Quando você especifica uma escala para a saída de seu desenho. definir a posição do plotter e definir a orientação do desenho. A maioria dos desenhos finais é plotada em uma escala precisa. Se a opção do campo Plot Area não for definido para Layout. Isso se baseia no tamanho de papel selecionado. um milímetro. É possível especificar a área de impressão.

Hide. Plot Papespace Last (Plotar por último o espaço de papel) .Especifica que os objetos no modelo de espaço são plotados antes dos que estão no espaço de papel. portanto. Plot With Plot Styles (Plotar com estilos de plotagem) . O dpi máximo disponível também tem base no plotter selecionado. não poderá controlar como o desenho será plotado. que geralmente tem uma escala 1:1. Exibe as linhas e curvas para representar limites de objetos. Definindo Opções para Objetos Plotado Nas caixas de diálogo Plot e Page Setup. ou seja. Em um Layout. é possível escolher várias opções que afetam como os objetos são plotados. Plota o desenho com a aparência do estilo visual selecionado. Especificar um Nível de Resolução para Plotagem com Aplicação de Cor Você pode definir a resolução das plotagens com aplicação de cor para obter velocidade maior ou para fidelidade maior. Efetua o acabamento de objetos antes de serem plotados. que é mostrado em viewports flutuantes. A segunda é a escala do modelo em si. Plota o desenho como estiver exibido. com base nas opções de Acabamento definidas antes de plotar ou com base no acabamento predefinido selecionado. O nível de qualidade determina os pontos por polegada (dpi). Oculto . você pode estabelecer a escala na caixa de diálogo Plot. você pode escolher uma das seguintes opções: • • • • • Conforme exibido – As Displayed. A escala em cada uma dessas viewports representa uma proporção entre o tamanho do papel e o tamanho do modelo na viewport. Se ela não for selecionada. Após selecionar um plotter apropriado. você trabalha com duas escalas. Essa escala representa uma proporção entre unidades plotadas e unidades reais utilizadas para desenhar o modelo. mais memória de computador é utilizada e. Convertido . A seleção desta opção plota automaticamente as espessuras de linha. A primeira afeta o Layout global do desenho. os objetos serão plotados com as propriedades atribuídas e não com as sobreposições de estilo de plotagem. Quanto maior a fidelidade.• Na aba Modelo.Especifica que o desenho é plotado usando estilos de plotagem. Você pode especificar um nível de qualidade personalizado e alterar diretamente o dpi para uma configuração entre 100 e o dpi máximo do plotter. a plotagem demora mais. todo o sombreamento é preservado. Quadro com grades . baseada no tamanho do papel. Suprime a plotagem dos objetos que estejam localizados atrás de outros objetos.Wireframe. Fidelidade alta não é necessária para todas as plotagens e uma configuração entre 300 e 600 dpi geralmente é suficiente para a maioria delas. • • • Plot in Background (Plotagem em background) – O desenho é plotado em background. o usuário poderá continuar trabalhando enquanto o desenho é plotado. Especificamente.Especifica que espessura de linha associada aos objetos são camadas (Layers) e plotadas. 256 • AutoCAD 2009 . você pode especificar o nível de qualidade para a saída plotada. • Opções de Plotagem com Shaded Se você estiver plotando um desenho que contém sólidos 3D que têm aplicação de cor. Estilos visuais – Visual Styles. Plot Object Lineweights (Plotar espessura de linha de objeto) . O dpi que corresponde a um nível de qualidade tem base no plotter selecionado.Rendered.

AutoCAD 2009 257 . Na caixa de diálogo Plot Stamp. mas não no Layout. pan e zoom do desenho. Gerar uma visualização pode economizar tempo e material.Ativa a identificação e a posiciona em um canto determinado de cada desenho e/ou a registra em um arquivo. escala de plotagem. A visualização mostra exatamente a aparência do desenho quando for plotado. Você pode visualizar o desenho da caixa de diálogo Plot. Save Changes To Layout (Gravar alterações para Layout) . padrões de preenchimento e outras opções de estilo de plotagem. Plot Stamp On (Ativar identificação) . • • Visualizando uma Plotagem É muito importante gerar uma visualização do desenho plotado antes de enviar o desenho para a impressora. plotter ou um arquivo de plotagem.Salva as alterações efetuadas na caixa de diálogo Plot para o Layout quando clicar em OK. data e hora.• Hide Paperspace Objects (Ocultar objetos de espaço de papel) . Essa opção está disponível somente a partir de uma aba de Layout. a visualização de dica também é exibida e apresenta uma área de impressão e a posição do desenho na página. etc. Nas caixas de diálogo Plot e Page Setup. Para abrir a caixa de diálogo Plot Stamp. as barras de ferramentas ativas e paletas de ferramentas são ocultas e uma barra de ferramentas temporária View é exibida. é possível especificar as informações a serem aplicadas à identificação de plotagem tais como: nome de desenho. O efeito dessa definição é refletido no preview da plotagem. selecionar Plot Stamp On na caixa de diálogo Plot e clicar no botão Plot Stamp Settings. disponibilizando botões para plotar. incluindo espessuras de linha.Especifica se a operação HIDE se aplica à objetos na viewport de espaço de papel. Quando você visualiza seu desenho.

Os objetos raster não são suportados pelo driver de dispositivo HP-GL. Cada arquivo DWF pode conter uma ou mais folhas de desenho. Marcações podem ser adicionadas com o DWF Composer. Inteligente . guardando o histórico de revisões. o que acelera a capacidade de troca de dados de projeto respondendo mais rapidamente quando outras vistas são solicitadas. No AutoCAD.autodesk. DWFs mantêm informações de projeto como a localização de um ponto. Por exemplo.Publicar (plotar eletronicamente) desenhos em formato DWF garante que as informações originais (DWGs ou outros formatos) permaneçam intactas quando distribuídas para outros. PDF e meta-arquivo do Windows (WMF). como faria um driver Hewlett Packard verdadeiro.DWFs podem ser embutidos em um Web site. O conteúdo original se mantém inalterado. na opção DWF Layers ou usando o comando DWFLAYER. AutoCAD 2009 258 . um driver de plotadora não do sistema é configurado para dar saída a informação de arquivo. com o arquivo DWF selecionado. o controle sobre a visibilidade dos layers no arquivo DWF foi habilitado através do menu do botão direito.Criar um DWF usando um software Autodesk é um processo rápido e muito simples Suporte 3D – Uma apresentação rica do projeto Suporte WEB . Por exemplo. Plotando Arquivos em Outros Formatos Você pode exportar seus desenhos para diversos formatos. Rápido .DXF. O driver HP-GL/2 não pertencente ao sistema suporta vários plotters de caneta HP-GL/2 e plotadoras a jato de tinta. os formatos HP-GL e HP-GL/2 são utilizados como formatos intermediários para aplicativos de ilustração e fabricação. uma linguagem de canetas de plotagem largamente utilizada que tem recursos estritamente vetoriais. • • • • • Uma vez gerado o DWF podemos utilizar o Autodesk® DWF™ Design Review para fazer marcas de revisão no desenho. mas o conteúdo original e as marcações são identificados separadamente. espessuras. Arquivos DWF de Plotagem Você pode usar o programa para criar arquivos Design Web Format (DWF).Criando Arquivos de Plotagem Você pode utilizar qualquer configuração de plotter para criar arquivos de plotagem que podem ser utilizados com software de spool ou podem ser enviados para agências de serviços de plotagem. Ele é um driver HP-GL/2 genérico não otimizado para qualquer dispositivo de um fabricante específico. OBS: O Design Review pode ser baixado gratuitamente no site da Autodesk através do link http://www. incluindo DWF. ele não envia comandos PJL aos dispositivos. Você pode controlar as propriedades personalizadas de cada driver não pertencente ao sistema no Editor de configuração de plotter (Plotter Configuration Editor). O driver HP-GL/2 dá suporte a plotters de caneta obsoletos e dispositivos mais novos feitos por outros fabricantes que não a Hewlett-Packard.com/designreview-download. O driver HP-GL não pertencente ao sistema suporta HP-GL (Hewlett-Packard Graphics Language). medidas. para arquivamento e para uso com uma ampla variedade de dispositivos de saída. Pequeno – A capacidade de compactação em multi-layers patenteada resulta em um arquivo menor em tamanho. traços. hiperlynks e escalas. Algumas vantagens do arquivo DWF: • Seguro . A saída dos desenhos também é possível em formatos de imagem utilizando drivers de ploters especialmente projetados. Em cada caso. Um arquivo DWF é um arquivo de vetor 2D que pode ser utilizado para publicar seu desenho na Internet ou em uma rede intranet.DWF permite incluir múltiplas folhas com informações de projeto inteligentes tais como as medidas e localização.

Os arquivos PDF podem ser distribuídos com facilidade para a visualização e impressão no Adobe Reader disponível sem custo no website da Adobe. gradiente. você pode compartilhar desenhos com praticamente qualquer pessoa. Utilize a caixa de diálogo Plotter Configuration Editor de configuração de plotter para personalizar a saída. para manter sua precisão. Desenhos convertidos para PDF podem ser distribuídos com facilidade para a visualização e impressão no Adobe Reader. Como com os arquivos DWF6. todos os demais produzem arquivos raster "sem dimensão". CALS. cor e saída em branco e preto. especifique um tamanho de papel real e a resolução. TIFF. Em geral o driver raster é utilizado para plotar para arquivos de editoração eletrônica. os arquivos PDF são gerados no formato com base em vetores. que têm tamanho em pixels. Você pode personalizar a saída PDF ao especificar a resolução. Plotar Arquivos Adobe PDF Utilizando o driver DWG para PDF. Na caixa de diálogo Plotter Configuration Editor de configurações do plotter. inclusive Windows BMP. você pode especificar a resolução para imagens de vetores ou raster variando de 150 dpi até o máximo de 4800 dpi. Você também pode especificar resoluções personalizadas para vetor. poderá criar arquivos Adobe® Portable Document Format (PDF) de desenhos. AutoCAD 2009 259 . O formato Dimensional CALS é para plotters que podem aceitar arquivos CALS. Arquivos raster podem ficar muito grandes. o tamanho e a profundidade de cor do arquivo raster determinam o tamanho final do arquivo. mas não em polegadas ou milímetros. TGA. PNG. O tipo. PCX e JPEG. Excluindo um formato suportado por este driver.Arquivos de Formato Raster O driver raster não pertencente ao sistema suporta vários formatos de arquivo raster. Se seu plotter aceitar arquivos CALS. Com o uso de arquivos PDF. Utilize apenas as dimensões em pixel e a profundidade de cor necessária. versão 6 ou superior. O Adobe® Portable Document Format (PDF) é um padrão para a troca eletrônica de informações.

3000 mm 0. Na caixa de diálogo Add Color Dependem Plot Style Table – Begin.1000 mm 0. 4. Clicar com o botão direito do mouse sobre o Layout Plotagem e selecionar a opção Page Setup Manager. 3. na guia Form View configurar: PLOT STYLES Color 1 Color 2 Color 3 Color 4 Color 5 Color 6 Color 7 Color 8 até color 255 COLOR Black Black Black Black Black Black Black Use Object Color LINEWEIGHT 0.Exercício 36: Configurando um Estilo de Plotagem 1.4000 mm 0. 2. Na caixa de diálogo Plot Style Table Editor.” da lista de estilos. 5.2000 mm 0.. Na caixa de diálogo Add Color Dependent Plot Style Table – Finish. selecionar Start From Scratch e clicar no botão Avançar. selecionar a opção “New. Na caixa de diálogo Page Setup. campo Plot Style Table (Pen Assignments).1500 mm 0. Selecionar o Layout Plotagem e clicar em Modify. 7.5000 mm 0. 6.. Na caixa de diálogo Add Color Dependent Plot Style Table – File Name.6000 mm 0. digitar PADRÃO no campo File Name e clicar em Avançar.2000 mm AutoCAD 2009 260 . clicar no botão Plot Style Table Editor.

Na caixa de diálogo Page Setup: • Clicar na opção Display plot styles para visualizar no Layout as configurações do estilo Padrão. Clicar no botão OK para finalizar. com o papel de tamanho A1. estilo de plotagem PADRÃO. clicar no botão Close. 12. caso contrário. 10. clicar Cancel. Selecionar a escala 1:1_2. AutoCAD 2009 261 . Na caixa de diálogo Page Setup Manager. • • • • 11. 9.ctb e escala 1:1_2 pois o Layout foi configurado com as vistas na escala de plotagem desejada em cada viewport. clicar OK. Selecionar em Plot area a opção Layout. O arquivo está pronto para ser plotado utilizando a configurada. Na caixa de diálogo Add Color Dependent Plot Style Table – Finish. 13. clicar no botão Concluir. Clicar no botão Save & Close para finalizar a configuração das penas de plotagem da caixa de diálogo Plot Style Table Editor. Selecionar a opção Plot with plot styles. Se desejar plotar.ctb.8.

este arquivo DWF será utilizado para efetuar esta revisão. Abrir o desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD\RevisaoDWF. 1. 2. As marcas de revisão serão carregadas como indicam as figuras a seguir. 4.dwf”. selecionar “Open. AutoCAD 2009 262 . Na Pallete “MARKUP SET MANAGER”.dwg” e selecionar no botão do AutoCAD “Tools > Palettes > Markup Set Manager”.” e abrir o arquivo “RevisaoDWF-1. Verificar quais são as alterações indicadas no “Markup Set Manager” e nos balões e executá-las para que o resultado fique como as imagens abaixo. Clicar com a direita sobre o “Layout 1” e selecionar “Open Sheet”. Neste exercício. 5.dwg” foi impresso no formato DWF e enviado para revisão.Exercício 37: Trabalhando com Arquivos DWF O arquivo “RevisaoDWF..dwf” 3. O revisor utilizou o software “Design Review” para fazer as marcas de revisão gravando o arquivo como “RevisaoDWF-1..

dwf” e selecionar “Save Markup History Changes” para gravar o histórico das revisões. 8.6. Clicar com a direita sobre o arquivo “RevisaoDWF-1. AutoCAD 2009 263 . Clicar em e selecionar “Republish Markup Sheets”. Selecionar as marcas de revisão e modificar o status para “Done” 7.

Ao abrir este arquivo DWF no Autodesk Design Review. 10. Selecionando uma marcação. as revisões estarão com status de executado.9. o histórico será exibido na palette “Sheet Properties”. AutoCAD 2009 264 .

Por “default” todos os arquivos dependentes são automaticamente incluídos no “pacote de transmissão”. Cada arquivo pode ser selecionado ou não. • • Files Tree . Modificando a configuração de transmissão Nesta caixa de diálogo poderão ser selecionados: o tipo de pacote de transmissão (*.Exibe a lista de arquivos. permitindo controle direto no conteúdo do “pacote de transmissão”. selecionar .etc) e arquivos externos (xrefs) em um grupo (Single Transmital Set) para que seja enviado para os outros usuários. Exibe a lista hierárquica de folhas deste “Sheet Set”. sendo exibidas a lista hierárquica na aba “Sheet”. e detalhes dos arquivos.Capítulo 30 eTRANSMIT Linha de Comando Menu eTRANSMIT File > eTransmit O comando eTtransmit comprime um desenho aberto e todos os seus arquivos associados (fontes.zip. Ao selecionar uma folha ou um conjunto de sheet set. para adicionar arquivos ao “pacote de transmissão”.exe). Files Table – Esta aba exibe uma tabela de arquivos. todos os seus arquivos dependentes são incluídos automaticamente no “pacote de transmissão”. . serão selecionadas automaticamente as duas folhas que compõem o conjunto (Rev0 e Rev1). uma descrição para a configuração. a localização de pastas. o nome do arquivo de transmissão e o diretório que ele será criado. Caixa de diálogo “Create Transmital”: A caixa de diálogo possui duas ou três abas no lado esquerdo: Sheets – Disponível apenas quando um “Sheet Set” está aberto. *. configurações de plotagem. Clicar no botão Para visualizar um relatório clicar em Para acessar as configurações do e-Transmit. No exemplo apresentado a seguir. além das opções: • • • • • • • • Utilizar a estrutura de pastas Colocar todos os arquivos em uma pasta Manter arquivos e pastas como estão Incluir fontes Enviar e-mail com o pacote de transmissão Configurar o plotter “default” como “Nenhum” (“None”) Trazer arquivos de referência externa (xref) Solicitar senha AutoCAD 2009 265 . ao clicar com a direita no conjunto de folhas Hidráulica e selecionar “eTransmit”. A caixa de diálogo “Transmittal Setups” estará disponível para criar novas configurações ou modificar configurações existentes. formato do arquivo.

AutoCAD 2009 266 .

Os “Layouts” destes desenhos poderão ser criados automaticamente. deverão ser criados subconjuntos organizando-os logicamente. Ao utilizar o “Sheet Set Manager” para criar uma nova folha.Capítulo 31 SHEET SET MANAGER O “Sheet Set Manager” (gerenciador de conjuntos de folhas) é uma ferramenta que ajuda organizar múltiplos arquivos de desenhos em um único grupo de folhas. adicionar ou renumerar suas folhas. Deverá ser criada uma folha título com a lista de folhas organizadas. AutoCAD 2009 267 . Para melhor organizar o conjunto de folhas. A utilização dos “sheet sets” acelera a distribuição de um conjunto de desenhos. pois ele poderá ser publicado.. a tabela poderá ser facilmente atualizada. são especificados uma ou mais pastas que contém os arquivos. ou agregando desenhos existentes. Esta é a melhor opção para se organizar automaticamente desenhos existentes em um conjunto de folhas. Ao remover. Um conjunto de folhas baseado em folha de exemplo herda a estrutura e configurações deste exemplo. Esta é a melhor opção quando se está criando um desenho para um novo projeto. Será aberto um “Wizard” para auxiliar a criação deste “Sheet Set”.“eTransmit”. O “Sheet Set” poderá ser criado utilizando uma folha de exemplo (o produto possui vários exemplos). Neste caso. Uma nova folha poderá ser criada importando um Layout de qualquer desenho para o “sheet set”.. transmitido eletronicamente . e arquivado como uma unidade. Criando um “Sheet Set” Para criar um conjunto de folhas ou “Sheet Set” selecionar a opção “New Sheet Set. O conjunto de folhas poderá ser criado com desenhos existentes. se cria um Layout em um novo desenho.” do menu do botão do AutoCAD “File”.

descrição e pasta onde será armazenado o arquivo: Clicar em as opções de importação. Uma vez criado. o conjunto poderá ser modificado utilizando o “Sheet Set Manager”. para selecionar a pasta que contém os desenhos e para visualizar Visualizar uma prévia do “sheet set” clicando no botão “Avançar” e clicar em criação. para terminar a AutoCAD 2009 268 .Informar o nome.

. clicar com o botão direito sobre o “Sheet Set” selecionar “New Subset. clicar com a direita e selecionar “Import Layout as Sheet..”: AutoCAD 2009 269 .. digitar o nome do subconjunto e clicar .. Em seguida. clicar sobre os desenhos e “arrastar” para os subconjuntos. poderão ser criados subconjuntos. Para adicionar um Layout ao “Sheet Set”.” Na caixa de diálogo “Subset Properties”. Para criar um subconjunto.Editando um “Sheet Set” Para melhor organizar um conjunto de desenhos. organizando-os pelos temas.

Em seguida será solicitado o ponto de inserção da tabela. etc. selecionar o arquivo e clicar em . se houverem alterações manuais na tabela elas serão perdidas quando se selecionar a opção “Update Table Data Link”. clicar com a direita sobre o nome do “Sheet Set” selecionar a opção “Insert Sheet List Table.. Caso o usuário modifique a seqüência dos subconjuntos no “Sheet Set”. alterar o título dos campos. as folhas poderão ser renumeradas e a tabela atualizada.. Para adicionar uma tabela com a lista dos desenhos do Sheet Set.” Na caixa de diálogo “Insert List Table” o usuário poderá acrescentar colunas. clicar em . Poderá ser apresentada uma mensagem informando que. AutoCAD 2009 270 .Na caixa de diálogo “Import Layouts as Sheets”.

. Poderá ser apresentada a mensagem de que as mudanças feitas manualmente serão perdidas. clicar sobre ela com o botão direito e selecionar “Update Table Data Link”.” Para abrir um “Sheet Set” clicar sobre Na caixa de diálogo “Open” selecionar o arquivo de extensão “. como na figura a seguir: AutoCAD 2009 271 . Para visualizar informações sobre o desenho posicione o cursor sobre a folha específica. Clicar em para efetivar a atualização. e selecionar “Open. clicar com a direita sobre ele e selecionar a opção Close Sheet Set.Para atualizar a tabela.. Visualizando um “Sheet Set” Utilize o ícone na Ribbon > View > Palettes para abrir o “Sheet Set Manager”. Para fechar um Sheet Set.dst” e clicar em .

em “Store sheet set data file (. Abrir o desenho “C:\ATC\CursoAutoCAD\COPA AUDITORIO SHEETSET MANAGER. ou pelo teclado “Ctrl+4”. Na barra “Sheet List” selecionar “New Sheet Set”.dst) here” clicar no botão “. . 4. ou Ribbon > View > Palettes botão 3. Ativar a palleta de “Sheet Set Manager” pelo menu do botão do AutoCAD “Tools > Palettes > Sheet Set Manager”. 5.Exercício 38: Criando um Sheet Set 1... • AutoCAD 2009 272 . • • Na caixa de diálogo “Create Sheet Set – Sheet Set Details”: Digitar “COPA AUDITÓRIO” no campo “Name of new sheet set”. Na caixa de diálogo “Create Sheet set – Begin” selecionar a opção “Existing Drawings” e clicar em “Avançar”.dwg” que representa uma folha de formato em branco. clicar em . 2.” e selecionar o diretório “C:\ATC\CursoAutoCAD” para a pasta de destino do arquivo de gerenciador de folhas.

Na caixa de diálogo “Create Sheet Set – Choose Layouts” clicar no botão e selecionar o diretório “C:\ATC\CursoAutoCAD” como a pasta de origem dos desenhos. Selecionar o diretório “C:\ATC\CursoAutoCAD” como a pasta dos desenhos fontes. Clicar no check box ao lado da pasta CursoAutoCAD para desmarcar os arquivos presentes na pasta .6. 8. Na caixa de diálogo “Create Sheet Set – Confirm” verificar as configurações e clicar em “Concluir”. Selecionar apenas o arquivo “COPA AUDITORIO SHEETSET MANAGER. 7. AutoCAD 2009 273 . Na paleta “SHEET SET MANAGER” selecionar a aba “Model Views” e clicar duas vezes em “Add New Location”.dwg” e clicar em “Avançar”.

Sobre o Layout do desenho clique com o botão direito do mouse para abrir a lista de escalas e selecione a escala “1:25”. Na caixa de diálogo “Edit Scale List” adicionar a escala “1:25” clicando no botão 11. 13. Selecionar a aba Layout1. 17.dwg” e selecionar a opção “See Model space Views”. 16. No menu do botão do AutoCAD. 18. 14. 10. AutoCAD 2009 274 . Selecionar um ponto para inserção da vista como na figura abaixo. 15. Clicar em para sair da caixa de diálogo “Edit Scale List”. Para as escalas “1:50” e “1:100” editá-las através do botão utilizando o mesmo conceito de adicionar uma nova escala. . selecionar “Format > Scale List”. Clicar com o botão direito do mouse sobre a vista “ELEVAÇÃO 1” e selecionar a opção “Place on Sheet”. No campo “Scale properties” digitar “1000” para “Paper units” e “25” para “Drawing units” conforme figura a seguir. Repitir os procedimentos 14 a 17 para inserir as vistas “ELEVAÇAO 2” e “ELEVAÇAO 3. 12.9. Na barra “Model Views” clicar com o botão direito no desenho “ELEVAÇAO 1.

dwg”para visualizar as vistas presentes no mesmo. AutoCAD 2009 275 . Clicar com o botão direito sobre a vista “PLANTA” e selecionar a opção “Place on Sheet”.19. Na barra “Resource Drawings” clicar no sinal “+” do desenho “PLANTA. Sobre o Layout do desenho clique com o botão direito do mouse para abrir a lista de escalas e selecione a escala “1:50”. 21. 20. Ao final do exercício devemos ter nosso Layout como na figura seguinte.

Selecionar o arquivo “C:\CursoAutoCAD\SHEET SET MANAGER. Na caixa de diálogo “Sheet Set Publish Options” selecionar a pasta C:\CursoAutoCAD em “Location”. 5. 6. Clicar duas vezes sobre um arquivo da lista para abrir o documento. 7. 2. 8. ou Ribbon > View > Palettes botão . Ativar a palleta de “Sheet Set Manager” pelo menu do botão do AutoCAD “Tools > Palettes > Sheet Set Manager”.dst” e clicar no botão “Open”. e a opção “Include” para os campos da barra “DWF Data Options” conforme figura abaixo. AutoCAD 2009 276 .Exercício 39: Publicando um Sheet Set 1. Clicar com o botão direito do mouse sobre o Sheet Set “SHEETSET MANAGER”. selecionar a opção “Publish > Publish to DWFx”. Clicar com o botão direito do mouse sobre o subset “SHEETSET MANAGER”. selecionar “Publish” e em seguida escolher a opção “Sheet Set Publish Options”. 4. Clicar no botão “OK” para finalizar. ou pelo teclado “Ctrl+4”. Na barra “Sheet List” selecionar “Open”. 3.

Na caixa de diálogo “Create Transmittal” selecionar o botão “OK” para criar o arquivo compactado para envio dos documentos. 11. 13. outra pasta com a configuração de plotagem (arquivo CTB). Selecionar o diretório e o nome do arquivo ZIP para transmissão e clicar no botão “Save”. Confirmar o nome do arquivo “SHEET SET MANAGER. Pelo Windows Explorer abrir o arquivo criado “SHEET SET MANAGER. AutoCAD 2009 277 .9. 16. observar que o mesmo contém uma pasta com o conjunto de desenhos (arquivos DWGs). Fechar o programa.dwfx” e clicar no botão “Select”. retornar para o AutoCAD e abrir a paleta “Sheet Set Manager”. Retornar para o AutoCAD e abrir a paleta “Sheet Set Manager”. Clicar com o botão direito do mouse sobre o Sheet Set e selecionar “eTransmit”. Localizar o arquivo de extensão ZIP criado para transmissão. 14. além do arquivo de gerenciador de conjunto de folhas (arquivo DST). 15.dwfx” com o programa “Autodesk Design Review” e verificar que sua publicação contém todas as folhas do conjunto de desenhos. 10. 12.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful