You are on page 1of 3
CURSO: Tecnológico – Redes de Computadores DOCENTE: Charles Lima Soares DISCIPLINA: Protocolos de Comunicação TCP/IP

CURSO: Tecnológico – Redes de Computadores

DOCENTE: Charles Lima Soares

DISCIPLINA: Protocolos de Comunicação TCP/IP

ATIVIDADE PRÁTICA 07

Verificar a conectividade de dispositivos diretamente conectados e elaborar um relatório com os resultados observados.

Dispositivo

Interface

Endereço IP

Máscara de

Gateway

sub-rede

padrão

 

Fa0/0

172.16.3.1

255.255.255.0

N/A

R1

S0/0/0

172.16.2.1

255.255.255.0

N/A

 

Fa0/0

172.16.1.1

255.255.255.0

N/A

R2

S0/0/0

172.16.2.2

255.255.255.0

N/A

S0/0/1

192.168.1.2

255.255.255.0

N/A

 

Fa0/0

192.168.2.1

255.255.255.0

N/A

R3

S0/0/1

192.168.1.1

255.255.255.0

N/A

 

Placa de

     

PC1

rede

172.16.3.10

255.255.255.0

172.16.3.1

 

Placa de

     

PC2

rede

172.16.1.10

255.255.255.0

172.16.1.1

 

Placa de

     

PC3

rede

192.168.2.10

255.255.255.0

192.168.2.1

Introdução:

Os dispositivos diretamente conectados configurados para IP podem se comunicar. Sem rotear, esses dispositivos não podem se comunicar com outros dispositivos em redes que não são diretamente conectadas.

Objetivos de aprendizagem:

Verificar a conectividade entre dispositivos.

Verificar a conectividade entre os hosts e os roteadores.

Verificar a conectividade entre roteadores.

Configurar rotas estáticas.

∑ Configurar rotas estáticas. Tarefa 1: Verificar a conectividade entre dispositivos. Etapa 1 – Verificar a

Tarefa 1: Verificar a conectividade entre dispositivos.

Etapa 1 – Verificar a conectividade entre os hosts e os roteadores.

No prompt de comando em PC1, emita o comando ping 172.16.3.1 para executar ping na interface

FastEthernet0/0 do roteador R1. No prompt de comando em PC1, emita o comando ping

172.16.2.1 para executar ping na interface Serial0/0/0 do roteador R1. Haverá êxito no ping porque o

roteador R1 está diretamente conectado a PC1. No prompt de comando em PC1, emita o

comando ping 172.16.2.2 para executar ping na interface Serial0/0/0 do roteador R2. Haverá falha no

ping porque o roteador R2 não está diretamente conectado a PC1. No ping em PC2 e PC3, os

endereços IP de todas as interfaces de roteador e observe os resultados.

Etapa 2 – Verificar a conectividade entre roteadores.

Na CLI do roteador R1, emita o comando ping 172.16.3.10 para executar ping na interface

FastEthernet em PC1. Na CLI do roteador R1, emita o comando ping 172.16.2.2 para executar ping na

interface Serial0/0/0 no roteador R2. Haverá êxito em ambos os pings porque o roteador R1 é

diretamente conectado a PC1 e a interface Serial0/0 em R2 está na mesma sub-rede de Serial0/0/0 no

roteador R1. Na CLI do roteador R1, emita o comando ping 172.16.1.1 para executar ping na interface

FastEathernet0/0 no roteador R2. Haverá falha no ping porque, mesmo que o roteador R2 seja

diretamente conectado ao roteador R1, a interface FastEathernet0/0 no roteador R2 está em uma sub-

rede diferente e a tabela de roteamento IP no roteador R1 não tem uma rota para esse destino. Isso

pode ser confirmado, emitindo o comando show ip route no roteador R1. No roteador R2 e R3,

execute ping nos endereços IP de todas as interfaces de roteador e PC observe os resultados.

Tarefa 3: Atualizar a rede com rotas estáticas da interface de saída.

Etapa 1 – Remover as rotas estáticas de próximo salto.

Em cada um dos três roteadores, entre no modo de configuração global e digite os seguintes comandos:

R1

R1(config)#ip route 172.16.1.0 255.255.255.0 172.16.2.2

R1(config)#ip route 192.168.1.0 255.255.255.0 172.16.2.2

R1(config)#ip route 192.168.2.0 255.255.255.0 172.16.2.2

R2   ∑ R2(config)# ip route 172.16.3.0 255.255.255.0 172.16.2.1 ∑ R2(config)# ip route 192.168.2.0

R2

 

R2(config)#ip route 172.16.3.0 255.255.255.0 172.16.2.1

R2(config)#ip route 192.168.2.0 255.255.255.0 192.168.1.1

R3

R3(config)#ip route 172.16.1.0 255.255.255.0 192.168.1.2

R3(config)#ip route 172.16.2.0 255.255.255.0 192.168.1.2

R3(config)#ip route 172.16.3.0 255.255.255.0 192.168.1.2

Tarefa 4: Verifique a tabela de roteamento para confirmar as entradas, teste a conectividade entre os hosts, caso apresente algum problema, identifique e resolva.