Seminário Teológico Presbiteriano Simonton Departamento de Teologia Exegética Disciplina: Teologia Bíblica do Antigo Testamento – 2009.

1 – Curso noturno Professor: Rev. Paulo Severino da Silva Filho EMENTA Conceituação de Teologia Bíblica do Antigo Testamento. A concepção teológica veterotestamentária de Deus e do ser humano. OBJETIVO GERAL Oferecer um panorama do Antigo Testamento sob o aspecto teológico (normativo), sem perder de vista a importância do aspecto histórico-religioso (descritivo) e da comparação com culturas circunvizinhas. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Apresentar, em linhas gerais, as teologias dos vários corpora literários e correntes de tradição da primeira parte das Sagradas Escrituras cristãs: seu ensino sobre Deus e o ser humano e a relação entre ambos; identificar influências recebidas por Israel de seu ambiente; destacar as peculiaridades da fé veterotestamentária contra o pano de fundo das religiões dos povos vizinhos; buscar ler o Antigo Testamento a partir da mentalidade que o gerou. PROGRAMA Prolegômenos – Conceito de TBAT; metodologia do curso; pressupostos e passos 1a. parte – Breve história da disciplina 2ª. parte – O ensino sobre Deus no AT 3a. parte – Seminários sobre a obra de SCHMIDT, A Fé do Antigo Testamento 4ª. parte – O ensino sobre o ser humano no AT (noções de antropologia veterotestamentária) DIAS DE AULAS (terças-feiras) Fevereiro: 03, 10, 17 Março: 03, 10, 17, 24, 31 Abril: 07, 14, 28 Maio: 05, 12, 19, 26 Junho: 02, 16, 23, 30 Julho: 7 (notas) AVALIAÇÃO 1) Prova escrita sobre a 1a. e a 2ª. partes do curso – 07/04 2) Apresentação individual de seminário, a partir de 14/04 3) Prova escrita sobre a 3ª. e a 4ª. partes do curso – 30/06 BIBLIOGRAFIA SELECIONADA (em língua portuguesa) EICHRODT, Walther. Teologia do Antigo Testamento. Trad. (do inglês) Cláudio J. A. Rodrigues. São Paulo: Hagnos, 2005. FOHRER, Georg. Estruturas Teológicas Fundamentais do Antigo Testamento. Trad. Álvaro Cunha. São Paulo: Paulinas, 1982. [relançado pela Academia Cristã] GERSTENBERGER, Erhard S. Teologias no Antigo Testamento. Pluralismo e sincretismo da fé em Deus no Antigo Testamento. Trad. Nelson Kilpp. São Leopoldo, RS: Sinodal/CEBI, 2007. GUNNEWEG, Antonius H. J. Teologia Bíblica do Antigo Testamento. Uma história da religião de Israel na perspectiva bíblico-teológica. Trad. Werner Fuchs. São Paulo: Teológica e Loyola, 2005. HASEL, Gerhard F. Teologia do Antigo e Novo Testamento: Questões Básicas no Debate Atual. Trad. Luís M. Sander (AT) e Jussara Marindir P. S. Arias (NT). Revisado e ampliado. São Paulo: Academia Cristã, 2007. von RAD, Gerhard. Teologia do Antigo Testamento. Volumes 1 e 2. Trad. Francisco Catão totalmente revista e parcialmente refeita por Carlos A. Dreher e Cláudio Molz. São Paulo: ASTE; Targumim, 2006. [1. ed. publicada pela ASTE em 1973 (Vol. 1: Teologia das tradições históricas de Israel), 1974 (Vol. 2: Teologia das tradições proféticas de Israel).]

Palavra e Mensagem: introdução teológica e crítica aos problemas do Antigo Testamento. Trad.). 2007. São Paulo: Teológica. Trad. Rio de Janeiro: Juerp. Volumes 1 e 2. DEISSLER. 1984. Gerhard. Dreher e Cláudio Molz. São Leopoldo. Teologia do Antigo Testamento. São Paulo: Vida Nova. [1. ed. Antropologia do Antigo Testamento. O Anúncio do Antigo Testamento. Sander (AT) e Jussara Marindir P. Trad. 2004. 1982. Trad. Luís M. Roselene Silva. Walter C. III). Instituições de Israel no Antigo Testamento. Vilmar Schneider. 1974 (Vol. Paul R.] SCHMIDT. São Paulo: Perspectiva. A. Targumim. com o título Fundamentos da Teologia do Antigo Testamento. HOUSE. São Leopoldo.SCHMIDT. Denise Meister (Vol. Trad. Álvaro Cunha. RS: Sinodal/CEBI. São Leopoldo. 2006 (II). Georg. MONLOUBOU. Roland. I). Trad. Asa Routh. HASEL. (do inglês) Cláudio J. 1: Teologia das tradições históricas de Israel). Revisado e ampliado. Trad. Daniel de Oliveira. São Paulo: Paulinas. 1978. J. EICHRODT. FOHRER. Ralph L. Trad. Benôni Lemos. Trad. São Paulo: Academia Cristã. KAISER. Trad. Uma história da religião de Israel na perspectiva bíblico-teológica. Rodrigues. [Reeditado pela Hagnos em 2008. São Paulo: Hagnos. 2008 (III). SCHREINER. Susana Klassen (Vol. von RAD.). de VAUX. 19842. Helen Hope Gordon Silva (Vol. Yehezkel. 1977. Werner Fuchs. Associação Universitária de Cultura Judaica. Trad. Teologia do Antigo Testamento. 3 volumes. 1989. Francisco Catão totalmente revista e parcialmente refeita por Carlos A. Cecília de M. Frederico Dattler. RS: Sinodal. Trad. Trad. [Reeditado em 2004 pela Teológica] SMITH. Hans Udo Fuchs e Lucy Yamakami. Gerard. Teologia do Antigo Testamento. Arias (NT). Attílio Cancian. [relançado pela Academia Cristã. 1987. São Paulo: ASTE. Teologia do Antigo Testamento: História. Josué Xavier. Trad. Georg. A Fé do Antigo Testamento. Trad. Porta do Evangelho. 2: Teologia das tradições proféticas de Israel). Trad. 2002. Método e Mensagem. Nelson Kilpp. II). São Paulo: Teológica e Loyola. 2005. GUNNEWEG. Teologia do Antigo e Novo Testamento: Questões Básicas no Debate Atual. Teologia do Antigo Testamento. O Antigo Testamento: uma interpretação radical e sua tradição. Teologia do Antigo Testamento. [Reeditado em 2004 pela Teológica] WOLFF. São Paulo: Paulinas. Gerhard F. Claus. 2001. Criação e Consumação. 1975. São Paulo: Paulinas. São Paulo: Paulinas. 19772. São Paulo: Loyola. Hans Walter. São Paulo: Vida Nova. 2005. São Paulo: Paulinas. WESTERMANN. Gordon Chown. [relançado pela Academia Cristã] FOHRER. em 2005] . Erich. Teologia do Velho Testamento. 2005. Estruturas Teológicas Fundamentais do Antigo Testamento. Duprat. Palavra e Mensagem: introdução teológica e crítica aos problemas do Antigo Testamento. publicada pela ASTE em 1973 (Vol. RS: Sinodal. A Fé do Antigo Testamento. Marcio Redondo e Sueli Saraiva. Werner H. 2004. [relançado pela Academia Cristã e Paulus em 2006] FROMM. Trad. São Paulo: Paulinas. Editora da Universidade de São Paulo. 2005. Trad. Trad. Louis. São Paulo: Vida Acadêmica. 2006. Antônio Steffen. Teologias no Antigo Testamento. Trad. São Paulo: Paulinas. GERSTENBERGER. 2007. Jr. Trad. São Paulo: Cultura Cristã. Alfons. Vilmar Schneider. Josef (ed.. Josef (ed.] TEOLOGIA BÍBLICA DO ANTIGO TESTAMENTO BIBLIOGRAFIA EM LÍNGUA PORTUGUESA Obras gerais: CRABTREE. Teologia Bíblica do Antigo Testamento. Antigo Testamento. Trad. Benôni Lemos. Erhard S. História da Religião de Israel. van GRONINGEN. 1982. M. Antonius H. 2002 (I). Werner H. Pluralismo e sincretismo da fé em Deus no Antigo Testamento. Luiz João Gaio. KAUFMANN. S. Walther. A Religião de Israel: do início ao exílio babilônico. SCHREINER. 1978. São Paulo: Novo Século.

HILDEBRANDT. 2008. Floriano Tescarolo. Falar de Deus Hoje. Sylvia Márcia K. Walther. [1. O sacerdócio na Bíblia. São Paulo: Paulinas. Trad. Belinky. Revelação Messiânica no Antigo Testamento: a origem divina do conceito messiânico e o seu desdobramento progressivo. Compreender o Antigo Testamento: um projeto que se tornou promessa. Benôni Lemos. Michel & Michel TALBOT. São Paulo: Associação Acadêmica “João Wesley” da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista do Brasil. Cecília de M. Concepções e práticas do tempo. John (org. Marc. parte. Maria Cecília M. Rei e Messias em Israel e no Antigo Oriente Próximo. Paul & Denis VASSE. Léon. Benôni Lemos. Trad. Trad. GERSTENBERGER. Trad. & Wolfgang SCHRAGE. Joseph. Maria Cecília M. A eucaristia na Bíblia. . EPSZTEIN. Erhard S. Gerard. Nadyr de Salles Penteado. Erhard S. O Homem no Antigo Testamento. 1981. Os Símbolos na Bíblia: Ensaio de teologia bíblica enraizada na experiência humana universal. M. 2004. pp. Athalya. Trad. São Paulo: Paulinas. 1990. Robert. Jalmar Bowden. A Tenda e o Bastão: figuras e símbolos da pastoral bíblica. Os Reis Reformadores: Culto e sociedade no Judá do Primeiro Templo. Gouvêa. GERSTENBERGER. DROLET. pela Luz Para o Caminho em 1995] GRUSON. 9-33.. Duprat. A Justiça Social no Antigo Oriente Médio e o Povo da Bíblia. van GRONINGEN. MARTIN-ACHARD. São Paulo: Paulus. BEN-CHORIN. 1986. São Paulo: Paulinas. CHARPENTIER. 1990. Trad. Teologia do Espírito de Deus no Antigo Testamento. FABRY. Ricardo Gouveia. 2. Louis et al. Trad.Obras e textos sobre temas específicos: AUNEAU.). BEAUCHAMP. 2003. Trad. GIRARD. GOURGUES. Sachudeo Persaud. São Leopoldo. São Paulo: Paulinas. São Paulo: Cultura Cristã. Barbara Theoto Lambert. 1986. 1995. 1965. KLEIN. O Progresso da Revelação no Antigo Testamento. Petrópolis. 1981. Elena & Salvatore A. promessa e desafio. Benôni Lemos. Trad. Alain. A Terra na Bíblia: dom. A Eleição de Israel: um tratado teológico-político. GERSTENBERGER. SP: Academia Cristã. Um estudo bíblico – 1ª. DAY. 1997. São Paulo: Paulus. Walter (org. Anacleto Álvarez. Philippe. BOSETTI. Por que sofrer? O sofrimento na perspectiva bíblica. Trad. Trad. 1985. São Paulo: Paulinas. Santo André. Trad. Monjas Dominicanas. O Espírito Santo na Bíblia. BRUEGGEMANN. São Paulo: Paulinas. Ilson Kayser. Heinz-Josef & Klaus SCHOLTISSEK. São Paulo: Cultura Cristã. RS: Sinodal.). São Paulo: Paulinas. RS: Sinodal. Trad. 1984. São Paulo: Paulus. “Os conceitos teológicos do Antigo Testamento e a nossa busca de Deus”. 1979. 2008. M. Gerard. Trad. São Paulo: Paulinas.. São Paulo: Loyola. A violência na Bíblia. São Paulo: Paulinas. Carlos Almeida Pereira. ed. Cecília de M. Cláudio Wagner. Trad. Trad. MONLOUBOU. Elena. BRENNER. 1994. Trad. & Wolfgang SCHRAGE. 1988. Trad. Cunha. Wilf. Trad. Schalom. 2005. Erhard S. São Paulo: Academia Cristã. Trad. BOSETTI. Libertação dos homens e salvação em Jesus Cristo. O Messias. Loyola. Richard H. Trad. van GRONINGEN. 2001. 2006. In: ALTMANN. Deus-Pastor na Bíblia: solidariedade de Deus com seu povo. Schlupp. Israel no Exílio: uma interpretação teológica. Romero de L. São Paulo: Paulinas. LOWERY. Morte e vida na Bíblia. Trad. 1997. Élcio Bernardino Correia. Trad. Geraldo Korndoerfer e Walter O. Walter. A Mulher Israelita: papel social e modelo literário na narrativa bíblica. Edwino Royer. PANIMOLLE. 2004. São Paulo: Loyola. 2008. 2005. Duprat. Naquele Tempo. Etienne (org. Gilles. 1994. Duprat. Milton Camargo Mota. Trad.). Mulher e Homem. Wagner S. Ralph W. Duprat. (Biblioteca de Estudos Bíblicos) EICHRODT. Tiago José Risi Leme. São Paulo: Paulus. Trad. São Leopoldo. RJ: Vozes. ed. MARCHADOUR. Da Morte à Ressurreição segundo o Antigo Testamento. Trad. 1979. São Paulo: Paulinas. São Paulo: Paulinas. São Paulo: ASTE.

Bíblia e ciências: decifrando o universo. Simbolismo do Corpo na Bíblia. São Paulo: Loyola. Marcio Romero. São Paulo: ASTE. H. Rosa Freire D’Aguiar. Trad. A Perseguição Religiosa na Sagrada Escritura. 1967. SCHROER. João Luís Baraúna. Os profetas. Em colaboração com Johannes Marböck e Karl M. São Paulo: ASTE. FABRIS. Trad. Nascimento de Deus: A Bíblia e o historiador. 2006. J. VALÉRIO. Woschitz. André & Paul RICOEUR. Trad.PIKAZA. Rio de Janeiro: Paz e Terra. G. ZENGER. 1981. Mark S. São Paulo: Paulinas. pp. José Luís. Trad. Trad. Norbert. Raul Fiker. 1966. [Reeditado pela Hagnos em 2008. O Espírito Santo. Alda da Anunciação Machado. 2003. Trad. Deus Justo e Misericordioso: na experiência de Abraão e do Servo Sofredor. São Paulo: Loyola. WÉNIN. Estudos sobre os inícios da fé em Deus no Antigo Testamento. “As representações do cosmos na Bíblia hebraica”. O memorial de Deus: História. Trad. Clasen.). G. Eva Maria Ferreira Glenk. Problemas e Perspectivas das Ciências Bíblicas. GERSTENBERGER. ROWLEY. Maurilo D. A “Fórmula da Aliança”. Paulo Ferreira. 1993. Erich. João Rezende Costa. Erhard S. Antônio Steffen. A mensagem. Xavier. São Paulo: Loyola. Jean-Jacques (dir. 2001. LaCOCQUE. Paulo Ferreira Valério. Luiz Alexandre Solano Rossi. São Paulo: Loyola. H. São Paulo: Paulinas. Luiz João Gaio. Carlos Felício da Silveira. RENDTORFF. 2001. Trad. SICRE. São Paulo: Loyola. Alfonso Zimmermann. 2000. Petrópolis: Vozes. Deus no Antigo Testamento. Sumio Takatsu. Aquele que manda a chuva sobre a face da terra. O Deus oleiro. In: MIES. São Paulo: Paulinas. Sampaio. Ina. Trad. 2004. Edward. Rinaldo (org. Trad. O Deus que Age. Trad. 1993. Trad. (Coleção Bíblia e História) SCHWEIZER. 1993. Trad. 57-94. WRIGHT. A Doutrina Bíblica do Homem na Sociedade. Rolf. 1975. Jacques. Trad. Cássio Murilo Dias da. Aspectos do pensamento do Antigo Testamento. Ernest. 2004. Trad. SKA. Ronald E. Trad. LOHFINK. Jean. Trad. Trad. Antonius Fredericus Stein.). WOLFF. SMITH. Milton Camargo Mota. José Luís. São Paulo: Loyola. 2007. Bauru. Antropologia do Antigo Testamento. SP: EDUSC.). 1990. 1984. Ensaios de antropologia bíblica. Jaime A. São Paulo: Loyola. BAUER.] WRIGHT. 1984. (org. São Paulo: Teológica. São Paulo: Paulinas. São Paulo: ASTE. WILLI-PLEIN. A Fé em Israel. Sacrifício e Culto no Israel do Antigo Testamento. O Homem Bíblico: Leituras do Primeiro Testamento.). Alexandre Macintyre. Trad. O Deus da Bíblia. Ronald A. 1995. 2001. São Paulo: Loyola: 2006. (org. Silvia & Thomas STAUBLI. SICRE. Trad. São Paulo: Paulinas. Dicionário Bíblico-Teológico. 1989. Hans Walter. Petrópolis: Vozes. Grandes Manchetes de Ontem e de Hoje: o Antigo Testamento e os grandes temas de nossos dias. Françoise (org. Francisco Penha Alves. Trad. SILVA. André. memória e experiência do divino no Antigo Israel. Ernest. SIMKINS. São Paulo: Paulinas. CLEMENTS. Criador e Criação: a natureza na mundividência do Antigo Israel. Supervisão Johan Konings. A Justiça Social nos Profetas. Johannes B. 2003.). O Mundo do Antigo Israel. Waldyr Berendt et al. VERMEYLEN. São Paulo: Paulus. 2006. 2001. São Paulo: Paulus. São Paulo: ASTE. . Trad. Romana Ghirotti Prado. Obras de referência: von ALLMEN. São Paulo: Loyola. Pensando Biblicamente. São Paulo: Loyola. Trad. Rezende Costa. Trad. Profetismo em Israel: O profeta. 2007. Obras e textos sobre temas variados: BOTTÉRO. Vocabulário Bíblico. Jean Louis. Luiz João Gaio. 1996. Fredericus Antonius Stein. dançarino e jardineiro.

2002. FITZMYER & Roland E. & Bruce K. Petrópolis. 1983. 19925. McKENZIE. Trad. São Paulo: Paulinas. Luiz A. Loyola. BROWN. LÉON-DUFOUR. 1: As pessoas e os lugares. Jr.).). A. T. Paulo Meneses et al. Dicionário Internacional de Teologia do Antigo Testamento. 1971. Xavier (dir. Vocabulário de Teologia Bíblica. São Paulo: Vida Nova. Sayão e Carlos Osvaldo C. Álvaro Cunha et alli. São Paulo: Paulinas. resp. Dicionário Enciclopédico da Bíblia. Dicionário da Bíblia. Celso Eronides Fernandes.). Bruce Manning & Michael David COOGAN (orgs. RJ: Vozes. Trad. . Trad. Dicionário Bíblico. METZGER.van den BORN. Revisão: Júlio Paulo Tavares Zabatiero. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. Trad.. 1998. Novo Comentário Bíblico São Jerônimo: Antigo Testamento. Trad. MURPHY (eds.). R. Vol. John L. Maria Luiza X. Jean-Yves (dir. Raymond E. WALTKE. Joseph A. Pinto. HARRIS. São Paulo: Academia Cristã. LACOSTE. ARCHER. Frederico Stein. Trad. Gleason L. Petrópolis: Vozes. Simão Voigt. Paulus. Trad. 2004. Borges. 2007. Laird. Dicionário Crítico de Teologia. Márcio Loureiro Redondo. de A.