4 ilustrada

.

***
,

SEXTA-FEIRA,8DEJULHODE2011

FOLHA DE S.PAUW

a FESTA LITERARIA INTERNACIONAL DE PARATY

1\ literatura é perigosa', diz Esterházy
scritor húngaro, convidado de hoje da Flip, lança no Brasil o romance "Os Verbos Auxiliares do Coração"
___ B::rdla.ctarnc .••1t:..;lIn
1nfr:fA

. E4 ilustrada

***
;

SEXTA-FEIRA,8DEJULHODE2011

9a FESTA LITERARIA INTERNACIONAL DE PARATY

'A literatura é perigosa'
do domínio soviético (19471989)e, por isso, vêaliteratu.\ ra como tendo "sempre relação com a liberdade. Quanto mais fraca democracia, mais força ganha esse papel". A seguir, trechos da entrevista feita por e-mail com auxílio da tradutora Lorena ViDANIEL BENEVIDES cini, que verteu as perguntas COLABORAÇÃO PARA A FOLHA para o alemão (única língua Péter Esterházy, húngaro que o escritor fala, além do frequentemente cotado para húngaro) e depois as resposo Nobel, vem para a Flip sem tas para o português: "nenhuma expectativa concreta, só um desorientado e bom pressentimento" .: Folha - O sr. declarou que Autor prolífico, com mais passou a juventude lendo e de 30 títulos na bagagem, te- jogando futebol. Que tipo de ve dois de seus livros traduzi- leitor era e em que posição jodos no Brasil diretamente do gava? Pêter Esterházy - Eu jogava húngaro, ambos pelo estudioso Paulo Schiller: "Uma com a número oito. Era aqueMulher" e, agora, "Os Verbos le que nem chuta para o gol nem marca direito. Joguei na Auxiliares do Coração". São textos em que a ficção quarta divisão, mas era intese mistura a elementos auto- ligente. Como leitor sou me. biográficos, num jogo per- lhor. Sou realmente um leitor manente entre a linguagem e dedicado. Devorotudo. a memória. Em "Os Verbos Auxiliares Muitos escritores atuais tendo Coração", escrito logo dem a levar a narrativa ao li' após a morte da mãe do au- mitedoensaiooudaautobiotor, há pelo menos três eixos grafia. Como o sr. vê o quadro narrativos, que convivem às geral da literatura atual? vezes numa mesma página, Sim, eu busco não fazer 'graficamente dividida em distinção entre ficção e não dois blocos: um maior, com o ficção. Etento extrair tudo da relato propriamente dito, e linguagem. Não creio que haum menor, colocado abaixo. ja uma direção principal na Este surge como uma nota literatura. Apesar disso, às de rodapé rebelde, que não vezes acho que existe um nose aceita como tal e ainda de- vo temor, o temor da complesafía o texto principal, ao xidade. Se isso é verdade, qual se relaciona de maneira não é um acontecimento quase sempre enigmática. agradável. Filho da alta aristocracia, . formado em matemática e Como escritor, o senhor aindevoto do futebol, Esterházy, da se considera um pedreiro, que empilha um tijolo de tex61, viveu as consequências

Escritor húngaro, convidado de hoje da Flip, lança no Brasil o rorr.
Concebido logo após a morte da mãe do autor, o livro faz uma reflexão refinada sobre a perda, a dor e o poder da ficção
to sobre o outro, como disse certa vez? Diria que esse aspecto lüdíco é essencial em sua obra? Acredito que sim. Isso significa que o trabalho é algo muito importante. Pensamentos muito perspicazes podem ser formulados sobre o ato de escrever, mas isso vale de muito pouco ou nada -o importante é o fazer. Uma frase recorrente em "Os Verbos Auxiliares do Coração" é "Toda expressão é suave demais". No contexto, parece dizer que a literatura não dá conta da solidão, a cruel. dade e a morte. As palavras são sempre insuficientes e nós podemos sempre tomá-Ias como esperança. Mas contra a morte elas não ajudam. Talvez possam servir contra a dor que se sente em relação à morte. Mas a literatura não é um meio de curar a dor, como uma aspirina contra a dor de cabeça. A literatura não é prática, mas perigosa. . Está escrevendo algum livro novot Quais são seus próximos planos? Planejo um pequeno livro, com o título provisório "Histórias Simples [Singelas]". E estou escrevendo um texto de oratório para o compositor Péter Eõtvõs. Vai ser um oratório balbuciante.
OS VERBOS AUXILIARES CORAÇÃO
AUTOR EDITORA TRADuçÃO QUANTO

*

l)

DO

Péter Esterházy

Cosac Naify Paulo Schiller
R$ 35 (72
págs.)

O escritor hün]

FOLHA DE S.PAUW

tsa',diz Esterházy
asil o romance "Os Verbos Auxiliares do Coração"
Ballesteros -16_iun.l0/Efe

o escritor

húngaro Péter Esterházy, que fala hoje na 9a edição da Flip, em Paraty (Rio)

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful