Os meus funcionários põem-me maluco!

Por Hélder Falcão (Business Coach) Contextualização: Se as pessoas não fazem aquilo que tu queres que eles façam no seu local de trabalho, faz a pergunta? Porquê??? É uma questão de comportamento. “A Sofia tem de enviar todas as propostas até às quatro e meia da tarde e nunca faz isso! E eu passo-me com isso!” Isto é-te familiar? Vamos dar uma vista de olhos no modelo comportamental. ● ● ● ● O O O O que que que que conduz conduz conduz conduz o comportamento? - Sentimentos e emoções os sentimentos e as emoções? - Atitude a atitude? - Crenças as crenças? - Condicionamento

O Artigo: Quando alguém não se está a comportar da forma adequada ou está a evitar alguma coisa, normalmente é devido a uma crença. Normalmente as pessoas fazem as coisas pela razão certa na sua cabeça, não fazem nada para chatear as outras pessoas, apenas não compreendem o que é importante para os outros ou para o negócio. No nosso caso, a Sofia pode considerar que o que quer que ela estivesse a fazer naquele momento era mais importante do que enviar as propostas de negócio. É o teu papel de re-condicionar a forma dela pensar e dar-lhe a crença de que enviar as propostas é uma prioridade TOP para a empresa. Estás a mudar-lhe a estrutura de crenças e colocar esta tarefa com um grau de importância superior na cabeça dela. Ao fim e ao cabo, é apenas uma questão de comunicação. Algumas das melhores formas para te certificares de que as operações da tua empresa correm de uma forma tranquila e eficaz é realizares posicionamentos regulares para confirmares que a pauta da música que tu e a Sofia cantam é a mesma em termos de funções e responsabilidades, uma vez que elas mudam de vez em quando, principalmente quando a empresa cresce. Tu podes dar instruções aos teus funcionários diariamente e lentamente mudas as funções e responsabilidades da tua equipa sem te aperceberes.

Um posicionamento resolve este desafio. Posicionamento no Business Coaching As sessões semanais com os nossos clientes e mensais com as suas equipas são precisamente para isso. Apoio na mudança e receber feedback da sua equipa para em conjunto melhorar a performance. Os treinadores de negócios (business coaches), fazem perguntas e ouvem as respostas. Os treinadores ouvem 80% do tempo e falam ou perguntam apenas 20% do tempo. Esta é a arte do coaching, deixar que a outra pessoa exprima o que se passa.

Estratégia pronta a utilizar: Para beneficiar ao máximo deste artigo, os meus pontos de ação são: 1. Prepare um documento de posicionamento da sua empresa 2. Proceda ao posicionamento regularmente com a sua equipa (cada seis meses) 3. Aprenda a ser um coach utilizando o modelo da NWSE - (Maior empresa Portuguesa em Business Coaching) Se necessita de uma consulta de posicionamento e da elaboração de um documento de posicionamento para a sua empresa, consulte-nos sempre em total sigilo e privacidade. Considerado por muitos como “O Pai do Networking Moderno em Portugal”, Hélder Falcão é Business Coach. Mestre em Tecnologia na Saúde pela City University, Measurement and Information in Medicine Center, Londres. Responsável pela área de formação em networking empresarial e tecnologia social na Associação Empresarial da Região de Lisboa. É Professor da Pós-Graduação em Marketing Digital no IPAM. Fundou em Portugal o conceito de networking estruturado importando as melhores práticas adquiridas nos E.U.A. Foi organizador e orador em mais de 500 eventos de networking nacionais e internacionais. Fundou o BNI em Portugal e no Brasil e é actualmente CEO da agência CMI. Pode ser contactado via helder@cmi.com.pt ou telefone direto 910 938 171

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful