You are on page 1of 11

TERMODINÂMICA

Termodinâmica é a ciência que trata

• do calor e do trabalho • das características dos sistemas e • das propriedades dos fluidos termodinâmicos

Esmeralda Pedrosa 2010/2011

1907 Rudolf Clausius 1822 .Alguns ilustres pesquisadores que construiram a termodinâmica Sadi Carnot 1796 .1832 James Joule 1818 .1888 Esmeralda Pedrosa 2010/2011 .1864 Wiliam Thomson Lord Kelvin 1824 .1889 Emile Claupeyron 1799 .

Inglaterra 1843 1852 Lei da Conservação de d Energia As contribuições de Joule e de outros levaram ao aparecimento de uma nova disciplina: a Termodinâmica Esmeralda Pedrosa 2010/2011 1a Lei da Termodinâmica . eletricidade e calor. J l (1818-1889) Nasceu em N Salford . James P Joule J P.18 J) Efeito Joule-Thomson : diminuição da temperatura de um gás em função da expansão sem realização d t b lh ã li ã de trabalho externo.Contribuição de James Joule 1839 1840 Experiências: trabalho mecânico. mecânico Efeito Joule : P = RI2 Equivalente mecânico do calor ( 1 cal = 4.

A Primeira Lei da Termodinâmica É a lei que enuncia a conservação de energia energia. A energia interna é uma propriedade extensiva (proporcional à massa). A temperatura e a pressão exercem influência sobre a energia interna interna. de um sistema isolado é uma constante” ∆ Eint = 0 (sistema isolado) Energia interna = Energia total do sistema = Σ Ecinética + Epotencial das partes constituintes do sistema. Esmeralda Pedrosa 2010/2011 . Eint ou U. “ A energia interna.

Sistema Termodinâmico Certa massa delimitada por uma fronteira. ∆ Eint = W + Q + R (sistema não isolado) Esmeralda Pedrosa 2010/2011 . mas que permite a troca de energia pe os processos de e e g a pelos p ocessos radiação. calor e de trabalho pela sua fronteira. Sistema fechado Sistema que não troca massa com a vizinhança.

Transformação Variáveis de V iá i d estado P1 V1 T1 U1 Variáveis d V iá i de estado P2 V2 T2 U2 Estado 1 Transformação Esmeralda Pedrosa 2010/2011 Estado 2 .

d l i i h Esmeralda Pedrosa 2010/2011 . P1 V1 T1 U1 P2 V2 T2 U2 Processos Isotérmico Isobárico I bá i Isocórico Adiabático Adi báti Durante a transformação Temperatura invariável Pressão i P ã invariável iá l Volume constante É nula a t l troca de calor com a vizinhança.Processos “Caminho” descrito pelo sistema na transformação .

ou seja. o calor do sistema mantém-se constante. Este pode ser devido: .ou expansão rápida de um gás W  0  Ei  0 Esmeralda Pedrosa 2010/2011 . • A variação da energia interna do sistema deve-se somente à realização de trabalho.à compressão rápida de um gás W  0  Ei  0 .Transformações adiabáticas T f õ di báti •N t Nas transformações adiabáticas não há t f õ di báti ã transferência d energia f ê i de i sob a forma de calor.

Transformações isotérmicas • As transformações isotérmicas ocorrem a temperatura constante. Assim: i E  0  W  Q  0 Portanto. Onde: W>0 => Q<0 ou W<0 => Q>0 • Este tipo de transformação verifica-se sempre em situações de compressão e de expansão lenta de um gás. agitação mecânica. também não há variação da sua energia interna. Esmeralda Pedrosa 2010/2011 . • Quando não há variação de temperatura dum sistema numa transformação. Portanto para perder ou ganhar energia sob a forma de calor o sistema tem de o compensar com a realização de trabalho. etc.

W). • A variação da energia interna nestas transformações é igual ao trabalho realizado sobre o sistema quando este sofre uma variação de volume a pressão constante (∆Ei = W) tal que: volume. onde a pressão é constante e igual à pressão atmosférica. W = p.∆V • Este tipo de transformação ocorre no aquecimento ou arrefecimento de um líquido em sistema aberto. Esmeralda Pedrosa 2010/2011 .Transformações isobáricas • As transformações isobáricas ocorrem a pressão constante.

Assim: ∆Ei = Q • Esta transformação é típica de situações em que se verifique o aquecimento ou arrefecimento de um líquido num sistema fechado com fronteira rígida rígida. Esmeralda Pedrosa 2010/2011 .Transformações isocóricas ç • As transformações isocóricas ocorrem a volume constante. ç •Quando o volume de um sistema é constante o trabalho é nulo (W = 0). logo. a variação da energia interna do sistema depende do calor que o sistema recebe ou cede.