Charlie November Segunda edição - A32011

" Nunca saia de uma formação aerea de dois elementos de aeronaves. Um homem sozinho é uma desvantagem, já uma equipe de duas aeronaves torna-se uma vantagem. Se você sair da formação, junte-se imediatamente a outro grupo de elementos de aeronaves amigas.”
Major Thomas B. Tommy McGuaire, piloto da USAF Ás de Aviação com 38 vitórias na segunda guerra mundial .

O autor O autor Cristiano Nunes codenome Charlie November, nasceu em novembro de 1973 no dia 04 no Brasil. Nome de chamada é CNshark. Este livro é dedicado a seu filho Victor. Boa leitura. Novembro 2010.

F/A-18E Super Hornet

B2 - Spirit

Formação Aérea Formação de pressão para duas naves......................... 04 Formação de pressão para quatro naves......................05 Formação de cauda para quatro naves........................ 06 Formação de escada para quatro naves....................... 07 Formação caixa/ Caixa balanceada e suas vantagens e desvantagens..............................................................08 Formação caixa para quatro naves.............................. 09 Formação caixa para visão lateral e formação caixa desalinhada.................................................................. 10 Formação de ponta de flecha para quatro naves..........11 Formação fluida para duas e quatro naves.................. 12 Formação lider secreto para duas naves.................. 12 Formação fluida para quatro naves e suas vantagens e desvantagens............................................................. 13 Formação ampliada para quatro naves........................14 Formação ampliada para duas e quatro naves............ 15 Formação em “V” para três naves.................................16 Formação para três naves.............................................17 Formação de pilha........................................................ 18 Formação escalonada direita........................................19 Formação escalonada esquerda....................................20 Formação do indicador para quatro naves...................21 Formação de paredão para quatro naves.....................22 Formação linha “abrest” para quatro naves............... 23 Abastecimento aéreo.....................................................24 Abastecimento aéreo para quatro naves.......................25 Abastecimento aéreo para pós contato......................... 26 Aproximação para reabastecimento aéreo................... 27 Instrumentos de navegação.......................................... 28 Alfabeto e Posição situacional.......................................29 Caça F35 e características.............................................30 Tabela de conversão.................................................... 35

Phanton Boeing X- 45

Formação de pressão - Duas naves Wedge

Cn 04

Águia 11
F-35

A milha naútica (simbolo M, NM, Nm,Nmi) é uma unidade de medida que corresponde aproximadamente a um minuto do arco de latitude de qualquer meridiano. Por regras internacionais representa exatamente 1.852 metros (proximadamente 6.076 pés) ( X’ ) = Pés

4000’ - 6000’

30O

600 Águia 12

F-16

Formação de pressão - Quatro naves Cn 05 wedge
F-35

Águia 11

300

0’ 0 40 600

’ 00 60

Águia 12

Dois elementos em formação de pressão, um líder e o ala a direita dando suporte, pela distância variável de *1,5 a 3 Nm (milhas naúticas) compensando a posição para manter o visual (ver figura). O número dois voa fora do número um, manobrando e alterando a aceleração para manter a posição. Quando em quatro aeronaves, o número três voa direcionado ao número um, manobrando para manter o visual e o número quatro voa fora do número três. Vantagens:
?muito ofensiva para Posição

1,5 - 3 NM

ameaças à frente em linha 3/9h ar-para-ar (air-to-air). ? Alas inexperientes podem ter facilidades em manter a posição de perseguição ao líder e a formação. ? A formação permite que quatro aviões possam manter a integridade do vôo sobre condições meteorológicas adversas ou à condições extremamente irregulares do terreno. Desvantagens:
? 6 horas fica prejudicada. A visão de ? de fácil detecção por uma única ameaça. Formação ?limitadas a flexibilidade de manobras Ficam

Águia 13

40 à 1.82 8m 00 ’60 00 ’
600

1.2 19

300

defencivas em vôo. ?disciplinar a posição do número dois para que Deve-se não voe mais que 6.000 pés em referência ao líder, para evitar conflito com o elemento a direita. * 1.5 Nm = 2.742 metros * 3 Nm = 5.484 metros

Águia 14
m=metros

Formação de cauda - Quatro naves Trail
Águia 11

Cn 06

1.5 - 3 NM
B-52 Stratofortess

Águia 12

Formação de cauda. (Trail) *1.5 - 3 NM Esta formação é usada exclusivamente para ataque ao solo (air-to-ground). O problema com a formação de cauda para combate aéreo (air-to-air), esta com a falta de cobertura para os alas, deixando os flancos muito vulnerável para os combatentes inimigos.

Águia 13

* 1.5 Nm = 2.742 metros * 3 Nm = 5.484 metros

1.5 - 3 NM

Águia 14

Formação de escada - Quatro naves Ladder

Cn 07

Formação de quatro naves

Águia 11

Águia 12

10.000 Ft
3.048 Metros

As quatros-naves estão sobre controle de um vôo de seguimento empregado como uma única entidade , até o momento que ela é forçada a se separar em dois elementos distintos. Não será mantida a integridade da formação de quatro aeronaves para o sacrifício de um elemento da formação. Cada elemento de duas naves deveram ter o seu próprio radar e um plano visual para a necessidade da separação da formação para dois grupos de dois elementos.

Águia13

Águia 14
F/A-18A Hornet Blue Angels 3.656 - 7.312 Metros

2 - 4 nm

Formação caixa Box
Caixa/ Caixa balanceada

Cn 08

Na formação caixa, os elementos usam uma linha básica aberta para os lados (line abrest) de duas naves usando dos princípios de manobras de observação e rastreamento. O elemento seguindo distante pela cauda, pode ter de 1.5 para 3 Nm em separação, dependendo da condição do tempo e do terreno. O objetivo é ter o máximo de separação para evitar a fácil detecção visual da formação por completo, enquanto o posicionamento frontal do elemento tem uma posição privilegiada para começar um combate a uma ameaça hostil convertendo facilmente em perseguição ao elemento hostil com suporte defensivo da formação em atraso do segundo bloco os elementos 03 e 04 . Porque a aeronave é difícil de localizar em linha direta de cauda, já um rápido deslocamento irá expor a posição e denunciar o efeito surpresa dos números de elementos na composição da formação. E facilitar a conservação na mira do elemento hostil de perseguição com suporte ao líder e a integridade do pacote. Forçando a ameaça hostil a manobrar defensivamente, dependendo dos elementos de atividade hostil. O uso do TACAN (AA) air-air entre os elementos da formação, e o radar no elemento traseiro, ajudará a manter o espaçamento correto. Entretanto, pode ser conveniente impedir o controle de emissão do seu uso em combate. A variação de formação ponta de flecha (arrowhead) ou “Joe Box” faz que o número dois tenha uma posição de formação mais fácil, liberando para ampliar a visão (figura pag. 11) Nota: No ambiente controlado pelo ATC (Air trafic control ou controle aéreo de tráfego) se for necessário a formação padrão, o elemento à direita deve estar a uma milha naútica ou menos, cerca de 1.852 km ou menos. A manobra de formação é iniciada pelo elemento líder. A antecipação de manobra sobre o espaçamento entre o elemento de ligação é feita pelo número três ou segundo bloco.(baseada na ameaça, missão, tempo, etc...) Vantagens: A formação proporciona excelente suporte mutuo e visão externa. ? O elemento de cauda está posicionado para “travar” o adversário fazendo uma conversão em sua traseira para uma perseguição ao elemento hostil. ? adquirir detecção durante o vôo visualmente. É difícil ? O espaçamento sobre o elemento para um ataque é constituído sobre a formação. Desvantagens: ? A formação é difícil para voar em condições de má visibilidade e terreno acidentado. ? Dependendo da posição, o elemento de cauda pode ser momentaneamente confundido com uma ameaça, especialmente se manobrar muito para o lado de fora escalonado.

F15C - Eagle

Formação caixa - Quatro naves Box
*6000’ - 9000’
*1.828 à 2.743 metros

Cn 09

Águia 11

Águia 12

1.5 - 3 NM
2.742 à 5.484 metros Sukhoi Su27 Flanker-B

6000’ - 9000’

Águia 13

Águia 14

Formação caixa - Caixa balanceada Quatro naves - Visão lateral

Cn 10

F-35

*6000’ - 9000’Ft

* A posição pode ser alterada dentro do envelope do vôo em perseguição para 4.000 à 12.000 pés. (1.219 à 3.657 metros)

Caixa balanceada
*6000’ - 9000’
*1.828 -2.743 metros

1.5 - 3 nm Águia 11

Águia 12

6000’ - 9000’
F22 Raptor

Águia 13

Águia 14

Formação ponta de flecha - Quatro naves Arrowhead Águia 11 Joe Box

Cn 11

300
Águia 12

’ 00 30
914 metros

600

Baia da fuselagem inferior do trem de pouso F-35

1.5 - 3NM
2.742 - 5.484 metros

Águia 14

Águia 13

*6000’ - 9000’
1.828 -2.743 metros

* A posição pode ser alterada dentro do envelope do vôo em perseguição para 4.000 à 12.000 pés. (1.219 à 3.657 metros)

AIM - 9M Míssil Ar-para-Ar de curto alcance guiado por infrared Máx. velocidade: Mach 2.5/ 3.125 Km/h Força da Gravidade suportada: 22xG TNT equivalente: 11Kg Distância Máx: 18 Km

Formação fluida - Quatro naves Cn 12 Fluid
1.828 -2.743 metros

* 6000’ - 9000’

152

-9 14 m

etr os

300

’00 5

00 30


Águia 11 Águia 13

50 0’ -

300

30 00 ’

700 700 águia 12
Boing F-32

Águia 14

* A posição pode ser alterada dentro do envelope do vôo em perseguição para 4.000 à 12.000 pés. (1.219 à 3.657 metros)

Águia 11 300

Águia 12

3 ’ --914 m 0 50 5 2
1

0’ 0etros águia 11 0

700 Águia 12

4000’ - 6000’ Separados
1.219 - 1.828 metros

Formação fluida - Quatro naves Fluid
Fluida para quatro

Cn 13

O elemento de liderança mantém a formação linha abrest, enquanto o Ala assume a posição de vôo em combate (figura página 12). O número três manobra por fora do número um, como se estivesse em formação linha abrest. O número dois e o número quatro, manobram desligados ao elemento líder para manter a parte externa da formação. O elemento de liderança é responsável para evitar conflitos de elementos de aeronaves quando passar pela posição de elementos as seis horas.
F-22A

Vantagens:
? inexperientes estão em formação fechada e próxima, Alas

para facilitar manobras. ? A formação de quatro aeronaves é boa para manobras defensivas e ofensivas. ? A formação prove uma maior concentração de poder de fogo. ? conversão para formação de três naves, quando Fácil uma aeronave abandona a formação. Desvantagens:
? O adversário “bandit” adquire toda a formação em seu

radar. ? Devido a proximidade das aeronaves, manobras rápidas defensivas tornan-se complicadas para os alas. ? aconselhavél para manobras em baixa altitude e Não terrenos montanhosos.

-3 00

0’

300
Águia 12 Águia 12

50

700

Águia 11

Águia 11 700

Voando em combate
Motor Pratt & Whitney F135 turbina com tambor fan de decolagem vertical, posto de rolamento, e parte móvel da turbina trazeira, no designer para o F-35B motores F-35.

300

Formação de combate - Quatro naves Cn 14 Spread
Variações Formação de combate. O elemento líder mantém a distância igual para a formação fluida de quatro naves, esticando para 30º de recuo para o elemento líder e 6000' para 9000 pés na formação Spread (veja figura). Aumentando o espaço lateral para o ala facilitando monobras defensivas de evasão e ofensivas de invasão. Cada elemento usa manobras da formação fluidas. O Número três voa livre do número um. Os elementos nem sempre são requeridos para manter a formação de linha abreast. Em algumas ocasiões eles podem ir brevemente para trás em posição de formação de cauda trail . Vantagens
? Formação Na

Águia 12

0 - 300

6000’ - 9000’

Águia 11

6000’ - 9000’ Águia 13

de Combate o adversário tem dificuldade de adquirir visualmente toda a formação de uma só vez. ? O poder de fogo fica maximizado para o emprego de armas BVR, em inglês - Beyond Visual Range (Além do campo visual). Desvantagens:
Assento do piloto

0 - 300

6000’ - 9000’

? É díficil manter a posição de

manobra em linha abrest. ? É muito díficil para o ala voar a baixa altitude.

Águia 14

Formação de combate - Quatro naves Cn 15 Spread
Para duas naves Águia 12

0 - 300

Páginas do MDF F-35 MDF (Função Multipla de Display )

*6000’ - 9000’

Águia 11

*6000’ - 9000’ Águia 13
Cockip F-35

* A posição pode ser modificada com 4000’ à 12.000’ pés no envelope do líder.

*6000’ - 9000’ 0 - 300

Águia 14

Formação “V” - Três naves Vic
Boing X-45A

Cn 16

Águia 11

A160T Hummingbirb

* A posição pode ser modificada com 4000’ à 12.000’ pés no envelope do líder.

1.5 - 3NM
2.742 - 5.484 metros

águia 12

Águia 13

MQ- 1 Predator B-2

*6000’ - 9000’
Pilotos Androides

1.828 - 2.743 metros

Northrop Grumman RQ-4 Global Hawk

Formação de três naves

Cn 17

Três naves Em uma missão de prioridade, talvez a única alternativa seja somente três aeronaves, formando três naves em um conjunto. Assim preservando o apoio mutuo e a integridade para garantir a sobrevivência e a recuperação, que são aspectos fundamentais, portanto uma contigência de três elementos devem ter as formações em todas as missões de quatro aeronaves. Dentro dessas ocasiões, a aplicação de sequência de Formação de três aeronaves é discutível.
? Responsabilidades: ? Um — navegação, além de radar e visual externo. Número ? Dois —visual externo e radar, navegação de suporte. Número ? Três —visual externo, além de radar BVR “ Beyond Visual Range” Número

(além de campo visual). Formação “ V” -Vic Esta é basicamente uma Formação ponta de flecha para duas, três ou quatro naves (figura página 11). O líder manobra como desejar. Em sua cauda os elementos usam a formação linha abrest para manobrar em sequência.
F-15 Eagle

Formação de pressão- Wedge A formação de pressão é idêntica tanto com aeronaves.

duas, três, como quatro

Fluida para três naves - Fluid Esta formação é idêntica para quatro naves ou uma a menos. Para a falta de uma nave, em que de quatro aeronaves ,uma tenha problemas e abandone a formação , mudanças de posição devem ser seguidas: Se o líder cai fora, o número três assume a posição de liderança e o número dois segue assumindo em linha abrest; Se o número três tiver que abandonar a formação então o número quatro adquire sua posição em linha abrest; Se o número dois cair ou o quatro, não haverá mudanças. Formação de combate ampliada-Spread Esta formação tem as características idênticas a formação de quatro aeronaves. As funções de responsabilidades com a queda de uma aeronave são as mesmas com a Formação fluida três.

E-3 Sentry AWACS

Formação de pilha - Quatro naves Stack

Cn 18

Águia 11

A-10A Thunderbolt II

2000’

Águia 12

* 610 metros

A-10C

*2000’

Águia 13

2000’

Águia 14

Formação escalonada a direita Quatro naves - Echolon right

Cn 19

*4 0’ 00 ’ 00 60
300 600 águia 12 águia 11
* 1.219 à 1.828 metros

’00 40
600 águia 13

’ 00 60
300

00 40 ’600

00 60 ’

300

A-10 Thunderbolt II

Águia 14

Formação escalonada a esquerda Quatro naves - Echolon left
Medalhas de condecorações Aereas França Brasil

Cn 20

Canadá

*4

300
40 00

60 00 ’

USA

’-

Águia 12
* 1.219 à 1.828 metros

Russia

600
Alemanha

60

00 ’

Águia 14

40 00 ’-

300

Águia 13

600

Fairchild Republic A-10 Thunderbolt II

00 0’ -

300

60 00 ’
águia 11 600

Formação de indicador - Quatro naves Cn 21 Finger

águia 11 Posição pode ser modificada com 4000’ à 12.000’ pés no envelope do líder.
00 ’

300

0’ 50 ’ 00 30

50

0’ -

30

300
*5

30 00 ’

700 águia 13 águia 12
Cockipt F35

00 ’-

*152 à 914 metros

700 águia 14

Mil Mi-24

Formação paredão - Quatro naves Cn 22 Wall

Águia 12

Águia 14

Águia 13

Águia 11

Visão frontal

Águia 11
Águia 13

3.048 metros

Águia 12

Águia 14 6 - 8 NM
F-35

10.968 à 14.624 metros

10.000 Ft

Formação linha abrest - Duas naves

Cn 23

Mikoyan Mig-29

Águia 11

Águia 12

Visão frontal
Águia 12

6000’ - 9000’
1.829 à 2.743 metros

Águia 12 300

Águia 11 30
0

Águia 12

Sukhoi Su27 Flanker-B Russian Knights Team Equipe de acrobacias de cavaleiros Russos

Águia 12

Abastecimento aereo

Cn 24

Posição de observação Na aproximação em vôo da aeronave tanque, o operador da sonda de abastecimento iniciará a verificação de controle e instrução via radio para acoplamento a todas as naves em vôo para abastecimento . O ala move-se ao ponto de observação, livre em relação ao líder (que está em flare). Nesta posição, manterá a posição estabilizada em relação a aeronave cisterna, para o líder se aproximar a posição de contato. Os receptores irão manter uma posição de observação um pouco atrás da asa direita da aeronavecisterna, no mínimo uma nave na lateral da nave-cisterna em ponto livre IP. Usando instrumentos de navegação IFR (Instruments flight rules ou regras de vôo por instrumentos) para manter a distância e a posição. Em vôo VFR (Visual flight range), como referêrencia a posição, pode-se usar o alinhamento da luz de navegação da asa direita com a janela da fuselagem da raiz da asa. Empilhados verticalmente em Formação pilha com espaçamento a direita para que possa ver a ponta do ala oposta em relação a navecisterna. O IP (Nave no “Ponto Inicial” da manobra) mantém a posição de observação em vôo ligeiramente afastado para permitirlhe observar o reabastecimento de outros pilotos. Estágios de reabastecimento:
? Lista de checagem de pré-abastecimento ? F-16 ? Posição em IP
F-15 Eagle

? pré-contato em FL Posição de ? contato Posição de ? contato Mantendo ? Pós -Abastecimento

Formação de abastecimento Pré-contato
Voando na posição de pré-contato:

Cn 25

? mantém a posição de observação sobre a asa do líder ( plataforma de O ala dois

posição antiga). ? elemento mantém a posição de observação dentro da plataforma de O próximo posições. ? reabastecimento é *FL....2....3.... 4. A ordem de
* FL =Flare - posição de decisão final / Flight Level

Posição de pré-contato

Para direita

FL Águia12 IP

Águia13 Águia 14

Nave - cisterna
KC-135 Stratotanker

F-15C Eagle

Formação para reabastecimento

Cn 26

F-15C

Cabine de comando de abastecimento

Águia 12
Posição de pré-contato

Lider Uno

FL

Águia 14 IP

Nave-tanque KC-10

Dentro da posição de plataforma

Refuel air formation - Approach

Cn 27

260 LEFT AT 21 NM TANKER TURNS TO REFUELING HEADING

ARCP RECEIVER HOLDING POINT
ARCP/TANKER ORBIT POINT 2 MIN LEGS
RIGHT AZIMUTH LIMIT

SLANT RANGE/BEARING

50 40 30 21 25 20 18

nm nm nm nm nm nm nm

: : : : : : :

10 130 180 260 210 270 450

0

100 100

LEFT AZIMUTH LIMIT

F-5
250
LOWER ELEVATION LIMIT 400 6T EXTENDED INNER LIMIT

UPPER ELEVATION LIMIT 250

18 FT. EXTENDED OUTER LIMIT RED GREEN GREEN GREEN RED

RED YELLOW W/ RED STRIPES GREEN W/ YELLOW STRIPS GREEN W/ YELLOW STRIPS YELLOW W/ RED STRIPES YELLOW GREEN W/ YELLOW APPLE YELLOW
RED GREEN GREEN GREEN RED

RED

2.5 NM

7 / 4.5 NM 35 /15 NM 310 KCAS 300 BANK TURN
0

0

Bussola e controle de navegação

Cn 28

ADI
0

0

0

0 27

0

28

0

290

300

0

360

N

310

320

0

HSI
N

W

E N

270

W
W
S
E S

E

90
10 1

ADI - (Altitude Director Iindicator) Indicador de Direção e Altitude. Este instrumento proporciona um horizonte artificial e um simbolo de um avião onde pode-se ver a altitude e a orientação da aeronave de modo relativo ao solo. HSI - (Horizontal Situation Indicator) Indicador da Situação Horizontal. Este instrumento é utilizado para indicar o curso estabelecido para o ponto de objetivo.

11 21 3

180

17 16 15

S

14

ALFABETO E POSIÇÃO SITUACIONAL
11 10 9
INFORMAÇÃO DE POSIÇÃO – De acordo com o relógio analógico

Cn 29
12 1 2 3

YF-23

6

Alfabeto Fonético Aeronáutico
Em Inglês e Português

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

-

Alpha (AL-FAH) Bravo (BRAH-VOH) Charlie (CHAR-LEE or SHAR-LEE) Delta (DELL-TAH) Echo (ECK-OH) Foxtrot (FOKS-TROT) Golf (GOLF) Hotel (HOH-TEL) India (IN-DEE-AH) Juliet (JEW-LEE-ETT) Kilo (KEY-LOH) Lima (LEE-MAH) Mike (MIKE) November (N0-VEM-BER) Oscar (OSS-CAH) Papa (PAH-PAH) Quebec (KEH-BECK) Romeu (ROW-ME-OH) Sierra (SEE-AIR-RAH) Tango (TAN-GO) Uniform (YOU-NEE-FORM or OO-NEE-FORM) Victor (VIK-TAH) Whiskey (WISS-KEY) Xray (ECKS-RAY) Yakee (YANG-KEY) Zulu (ZOO-LOO)

Números 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 * Uno,Uma/One (WUN) Dois,Duas/Two (TOO) Três/Three (THREE) Quatro/Four (FOW-ER) Cinco/Five (FIFE) *Meia/Six (SIKS) Sete/Seven (SEV-N) Oito/Eight (AIT) Nove/Nine (NINER) Zero/Zero (ZEE-RO)

-A fim de se evitar confusões entre 6 e 0,5 quando estivermos falando de milhas, deve-se usar o designativo MEIA DUZIA de milhas (6nm) e não MEIA milha (0,5nm).

F35
Carateristicas gerais: Tripulação: 01 Comprimento: 51.4 pés (15.67 m ) Envergadura de Asas: 35 pés (10.7 m ) Altura: 14.2 pés (4.33 m ) Área de asas: 460 pés (42.7 m2) Peso vazio: 29.300 lb (13,300 kg) Peso carregado: 49.540 lb (22,470 kg) Máx. peso para decolagem: 70,000 lb (31,800 kg) Motores: 1x Pratt & hitney F135 Afterburning turbofan * Pressão de empuxo: 28,000 lbf (125 kn) * Pressão de propulsão com pós-combustão: 43,000 lbf (191 kn) Capacidade de combustível interna: 18,480 lb (8,382 kg) Performance Máxima velocidade: Mach 1.6+ (1,200 mph, 1.930 km/h). Alcance: 1.200 nmi (2.220 km) com combustível interno. Raio de combate: acima de 590 nmi (1.090 km) com combustível interno. Teto de serviço em vôo: 60.000 ft (18.288 m). Razão de subida: secreto (informação não disponível). 2 2 Asas municiadas: 91.4 lb/ft (9 446 kg/m ). Empuxo/peso: * Com combustível em capacidade total: 0.87 * Com 50% de combustível: 1.07 G-limites: 9G´s -(Limite de força da gravidade) Variações de aeronaves F-35 F-35A Ctol F-35B Stovl F-35C Carrier version

Display de matriz ativa de cristal liquido Display imagem

Sensor de fusão Campo de visão Binocular de 40 graus

Camera de visão noturna integada Sistema de ativação da ejeção abaixo de 600 knós equivalente a velocidade do ar.

Armamento

F35
Baia de bombas internas na fuselagem do F-35

Arma: 1x General Dynamics GAU-22/A Equalizer·25 mm de cano de canhão montados internamente com 180 voltas. Pontos fixos: 6x pontos nas asas para capacidade de 15.000 lb (6.800 kg) e 2x baias internas com 2 pontos de fixação para carregar um total de armas de 18.000 lb (8.100 kg) e possibilidades de previsões para combinações de: Missiles: (Misseis) Air-to-air: (Ar-para-Ar) AIM-120 AMRAAM AIM-132 ASRAAM AIM-9X Sidewinder IRIS-T, Joint Dual Role Air Dominance Missile (JDRADM) (tecnologia disponível somente após 2020) + Air-to-ground: (Ar-para-Terra) AGM-154 JSOW AGM-158 JASSM + Bombs: (bombas) Mark 84 Mark 83 Mark 82 GP bombas Mk.20 Rockeye II Bomba agrupada Capacidade de despensar munição corrigindo a trajetória com vento Paveway-series Bomba guiada a Laser Small Diameter Bomba (SDB) - Bomba de pequeno diâmetro JDAM - séries B61 bomba nuclear + Avionics Northrop Grumman Electronic Systems AN/APG-81 AESA radar Custo por unidade F-35A: US$197 milhões F-35B: US$237.7Milhões (Sistema de armas referente a 2012)

C-130E

Hercules Tanker

Tabela de conversão

Cn 35

Tabela de conversão: Para converter de para multiplique por: 1,853248 0,304 8 9,807 4,45 0,514 4 0,5396 3,281 1,8532

Milha naútica............. quilômetros (Km) Pés (ft)..................... metro(M) Kilograma-força (Kgf)........ newton (N) Libra-força (lbf)............ newton (N) Nós (USA)............. metros por segundo (m/s) Quilômetros (Km)....... Milhas naúticas (nmi) Metros........................ Ft (pés) Kt (Knós,nós,milhas naúticas por hora).............. Km/h OBS:Velocidade do som:aproximadamente 1250Km/h Calculos por distâncias e peso: 1 metro = 3.28084 pés/0.00055 milhas naúticas 1 Nm = 1828 metros/5997.39 pés 1 pés = 0.30480 metros/0.00017 milhas naúticas 1 kg = 2.20462262185 libras (lb) 1 lb = 0.45359237 kg

E-3 Sentry AWACS

Pak - Fa

Doações Ag 0643 Cta 51247-8 Banco Itau Em nome de Cristiano Nunes E-mail de confirmação cristiano_nunes@msn.com Obrigado!

http://

Charlienovember.roll.tv

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful