You are on page 1of 67

Introdução

Há muito tempo atrás, antes da existência do mundo dos humanos, Lúcifer reinou sobre a montanha sagrada de Deus, pois ele era o dirigente de um grande sistema de seiscentos e sete mundos habitados. Existiam três hierarquias de anjos, na qual ele pertencia à segunda. Para reger e estabelecer leis a esses seres celestiais, havia os Anciões dos Dias, espíritos muito evoluídos e poderosos, na qual a Luz Maior, Deus, havia dado a missão de estabelecer o equilíbrio entre os anjos. Ao longo desse período, Lúcifer tornou-se cada vez mais critico de todo plano da administração do universo, mas sempre foi leal aos seus supremos. Ele não aceitava que Miguel, filho de Deus, governasse todos os sistemas de mundos celestiais. Para ele, cada mundo deveria ter um governo agindo com suas próprias leis sem uma autoridade vinda de um único ser. Ele estava até disposto a reconhecer Miguel como seu Pai Criador, pai de todos os anjos, mas não como seu Deus, nem governante universal. Lúcifer era um ser magnífico, com personalidade brilhante, inteligente e muito poderoso e por essas idéias de liberdade tornou-se um dos seres mais capazes entre os mais de setecentos mil de sua espécie. Ninguém jamais sugeriu a Lúcifer uma rebelião. Esse ato teve origem na própria mente dele. Ele alegava que a Luz Maior, Deus, não existia realmente, que era um mito, inventado pelos Anciões dos Dias, os únicos seres que diziam ter visto Deus. Tudo isso para governar o universo em nome de um Pai Maior. A acusação era tão radical e terrível que durante alguns anos tudo ficou caótico e houve uma grande confusão nos céus. Pois todos os seres celestiais

1

ficaram confusos, e muitos deles acabaram seguidores de Lúcifer. Menos um de seus discípulos, o anjo Gabriel que sempre lhe foi fiel e braço direito durante o seu governo na montanha sagrada de Deus. Gabriel não concordava com a rebelião, pois ao contrário de Lúcifer, ele tinha fé em Deus, por isso pediu autorização aos Anciões dos Dias para deixar de ser discípulo de Lúcifer. Decepcionado com o abandono de Gabriel, Lúcifer se viu em fúria quando foi expulso da montanha sagrada de Deus, e viu Gabriel assumindo seu trono de governante da montanha por decisão dos superiores. Trinta e sete príncipes planetários levaram seus mundos para o lado dos rebeldes. Então, os Anciões permitiram que o Anjo Miguel liderasse o exército celestial de todas as hierarquias para aprisionar todos os rebeldes. Essa guerra nos céus foi muito terrível e muito real, pois foi travada em termos de vida eterna. Miguel e os seus anjos lutaram contra o dragão, e o dragão e os seus anjos rebeldes lutaram, mas não prevaleceram.

“Viu-se, também, outro sinal no céu, e eis um dragão, grande, vermelho, com sete cabeças, dez chifres e, nas cabeças, sete diademas.” Apocalipse 12.3.

Lúcifer e os rebeldes foram aprisionados no abismo chamado Satânia, o inferno. E embora Lúcifer tivesse perdido sua autoridade na segunda hierarquia, não existia então, no universo, nenhum poder, nem julgamento que pudesse deter ou destruir esse rebelde perverso, pois naquela época, Miguel ainda não era governante soberano. Como única coisa a fazer sentenciou Lúcifer e os rebeldes á duzentos mil anos de prisão no inferno.

2

Depois disso, os Anciões decidiram selar todos os portais dos mundos. Ninguém poderia passar para outro plano sem permissão dos supremos. Durante todo esse tempo, o ódio de Lúcifer fez seus poderes evoluírem de tal maneira que ele mesmo conseguia abrir qualquer portal. Havia se tornado o único anjo a conseguir tal façanha. Com seu plano de rebelião ainda em mente, foi ao então recém-criado jardim do éden para fazer os primeiros humanos á pecarem com seu discurso de liberdade sem leis. Transformou-se em serpente e seduziu Eva, a primeira mulher, desobedecer a Deus. Assim dando origem ao pecado original. Por causa disso, Gabriel travou uma grande luta com Lúcifer que perdera, já que não tinha poderes no mundo celestial enquanto não passasse os duzentos anos. Desde então, aguarda ansioso o fim dessa sentença, para que seu exército de rebeldes espalhe sua seu governo aos outros mundos.

Gabriel admirava a árvore da vida quando Miguel apareceu: - Trago-lhe boas novas, filho. Os Anciões me elegeram como soberano dos mundos então não poderá ficar mais nesse plano. Estou partindo para o plano dos evoluídos do universo. Só poderei voltar com autorização dos supremos. Deixo-lhe encarregado de zelar pela paz entre os mundos e de vigiar os rebeldes para que não saiam de sua prisão. E, além disso, terás que preparar os anjos de sua hierarquia, que é a terceira, para a batalha que se aproxima. - Que batalha é essa, pai de todos os anjos? - Quando se cumprir os duzentos anos, a sentença de Lúcifer acabará. Nesse dia todos os portais se abrirão novamente. Olhe para a árvore da vida. Quando a última folha dessa árvore tocar o chão será o inicio da grande batalha.

3

. Fique atento. Os dois se abraçaram e Miguel partiu. Gabriel estava assustado com tanta responsabilidade. E juntos derrotarão o dragão.Então ela irá reencarnar? .Sim. e dela virar a salvação. Dela nasceu o pecado. Ela salvará os mundos. mas o destruindo para todo o sempre.Mas como enfrentarei Lúcifer? Ele é superior! . Eva terá uma nova chance de corrigir o seu erro. Dessa vez sua missão será fazê-la seguir o caminho da luz. não só o aprisionando. 4 . sabia que cedo ou tarde estaria frente a frente com Lúcifer para travarem a ultima guerra entre o Bem e o Mal.. Lúcifer a corrompeu.Com a fé.

Portão 193 Parte I As reencarnações de Adão e Eva 5 .

pois fazia parte do inferno. . acordou engasgada.Socorro! – ela gritou. Estranhamente ela estava vestida de noiva. Quando a água cobriu seu rosto. 6 . Vários anjos percorriam sob a lama do cemitério á procura da garota. De repente ouviu um barulho estranho e a terra ao seu redor começou a se mover. Ali jogada numa cova.Quem é você? . Ainda chovia muito forte.Meu nome é Messiah.Eu sou a sua resposta.Parte I Duzentos mil anos depois. Não podia ficar muito tempo no mundo inferior. A chuva forte estava enchendo a cova de água. Pulou tentando alcançar a saída. ela deve está por aqui. a garota que procuravam estava desmaiada. – disse o jovem sendo iluminado por um raio mostrando seus olhos verdes. Chovia forte. – ordenou Gabriel. Até que um forte trovão ecoou e os anjos partiram. . Escorregava a cada tentativa.Socorro! – ela insistia quando alguém apareceu lhe estendendo a mão – Quem é você? . mas a terra molhada não deixava. Ele a tirou da cova e ficou lhe observando em silêncio.Procure-a. . Várias mãos podres começaram a sair da terra tentando lhe agarrar.. Levantou ao perceber que estava numa cova. .Deus! – respirou assustada. ..

- E que lugar é esse? - Essa é à entrada do mundo inferior, pra ser mais claro, do inferno. Ele deu as costas e começou a andar. - Espere, aonde vai? – ela gritou – não pode me deixar aqui, eu não lembro como vim parar aqui, na verdade nem lembro quem eu sou. Precisa me ajudar. - É para isso que estou aqui. Siga-me. Não podemos ficar aqui, eles estão atrás de você. - Eles quem? - Os anjos e demônios. - O que? - Você faz muitas perguntas. Fique em silêncio, vamos sair daqui. Ela estava confusa, mas aquele estranho lhe passava confiança. Teve que segui-lo, e observava aquele estranho lugar com muito medo. Andaram em silêncio por um deserto durante muito tempo até chegarem ao vale de pedra. - Preciso descansar. – ela disse sentando numa pedra. Ele sentou e continuava a lhe observar em silêncio. - Chega! – ela reclamou – eu não agüento mais esse seu silêncio. Eu acordei nesse lugar estranho, não sei quem eu sou, afinal de contas eu estou morta? - Seu nome é Ninnah. - Ninnah? - É seu nome espiritual. - Então estou morta? - Mortos não perguntam tanto como você. - Estou falando sério!

7

- Eu também. - Por favor, me explica de onde me conhece? - Quem disse que te conheço? - Você é louco por acaso? - Escuta, eu também estou tão confuso quanto você. Também acordei nesse lugar sem me lembrar de nada. - Então como sabe os nossos nomes? - Me disseram. - Quem? - Não posso falar. Ela riu para disfarçar o nervoso: - Isso só pode ser um pesadelo. - É muito pior, Ninnah. Ela ficou em silêncio, assustada. Ele continuou: - Eu recebi uma missão. Levá-la até o portão 193 em troca da minha liberdade. - Portão 193? Que lugar é esse? - É a sua saída daqui. - Então você também não se lembra de nada? - Não. - Estou cada vez mais confusa. - Se acalme Ninnah. Respire fundo. Quando você respira, o universo respira por intermédio de você. Tente se acalmar descanse e relaxe um pouco. Somente quando sua mente silenciar, você poderá ouvir a voz do espírito. - Por que está falando essas coisas? - Para sair daqui terá que ouvir a voz do espírito.

8

E deitou fechando os olhos para descansar. Algum tempo havia se passado quando Messiah acordou com o grito de Ninnah. Ao olhar, ela estava sendo carregada pelos demônios. Correu desesperadamente lançando a magia de fogo que fez um dos demônios a soltar, fazendo-a cair num lago de lama. Um dos demônios voltou e jogou Messiah contra as pedras apertando-lhe o pescoço: - O que pensa que está fazendo Messiah? - O meu serviço. - O mestre disse que está demorando muito para fazer essa garota desaparecer da face do universo! - Diga a ele que esse serviço é meu e vou fazê-lo. Não preciso da ajuda de vocês! - Então crave logo a adaga dourada nessa garota, pois o Mestre está impaciente. - Sumam daqui! Eu vou terminar o serviço. - Espero que sim Messiah. E os demônios partiram. Ele estendeu a mão e com a magia da água tirou a lama do corpo de Ninnah. - Como fez isso? - É magia. Aqui qualquer um pode fazer. Ela estendeu a mão e ficou balançando tentando fazer o mesmo. Ele riu: - Mas não é tão simples assim. Agora vamos sair daqui.

9

Calma! – pediu ele – eu posso explicar. . Ao olhar. Ela ficou o olhando sem entender. Ninnah. .Caminharam por um longo tempo até chegarem ao mar das almas perdidas. Dirigiu-se até seu corpo que descansava.Cuide de seus pensamentos. E elas se tornam ações. Seus olhos estavam cheios de lágrimas. pois eles se tornam palavras. o vale estava sem nenhum zumbi. Ele a olhou nos olhos: . . . Messiah refletia olhando para a adaga dourada.Deus! O que é isso? – Ninnah se apavorou olhando aquela multidão de zumbis – Como vamos passar por aqui? Não vamos conseguir. Durante o repouso de Ninnah.Tenho a sensação que já a conheço. – e ele partiu na frente enquanto ela a olhava sem entender quem era e o que queria aquele misterioso jovem.O que está fazendo? . . mas não tinha certeza se aquela seria a coisa certa a fazer. Não sabia se deveria. Ela sem reação inicialmente e se entregando aquela atração. pode ser que do céu surja um inferno ou do inferno. um céu. mas como iria sair daquele lugar? Foi quando ela abriu os olhos e gritou assustada: . Nesse momento Lúcifer apareceu diante de Ninnah: 10 . – disse ele.Vamos.A mente tem o poder de transformar nossos sonhos e nossos pesadelos em realidade. Subitamente ele a beijou. Sabia da sua missão. Por um momento apontou a adaga na direção do peito dela.Olha o vale.Isso não é hora de filosofar! .

Vai de retro Lúcifer! – ordenou Gabriel – Não deixarei que sua ganância destrua novamente a vontade da Luz Maior. mas não quero ninguém atrapalhando meus planos.Deixa eu te explicar antes de você desaparecer.Ah. Aliás.Do que está falando? . não consegue se lembrar.Fuja Ninnah – pediu Gabriel – Não posso segura-lo por muito tempo. Ergueu a mão em direção de Ninnah pronto para lançar a magia de fogo. . . claro.. . a primeira mulher. . Messiah mostre para ela o que você veio fazer. você teve o infeliz destino de ser a humana capaz de salvar o universo. mas você mesma viu que ele estava prestes a cravar a adaga dourada em você.Está dando uma de inocente. . não é nada pessoal. ora. Claro que isso é uma ordem minha. Você é a reencarnação de Eva. Mas dessa vez ele não veio viver um romance. Está aqui para tirar-lhe a vida.Quem é você? – perguntou assustada vendo aquele homem com asas. Desculpe. – ironizou Lúcifer – Mas chega de perder tempo. ora quanto tempo Ninnah.Ora. Ninnah correu desesperada e Messiah foi atrás dela.Eu estou! – gritou ele – Lúcifer está tentando te enganar como já fez uma vez! . garoto? – riu Lúcifer – Ele é um assassino Ninnah. ..Gabriel! Como ousa entrar no meu mundo? .Traidor! – gritou Ninnah – Me fez acreditar que estava me ajudando! . . não é mesmo. Por alguma razão. o Messiah. . Quando de repente uma forte luz fez Lúcifer se ajoelhar. é a reencarnação de Adão.Ora. 11 .Eu não vou fazer nada! – Messiah jogou a adaga aos pés de Lúcifer. a culpa é sempre do diabo. Esse seu namoradinho ai..

tem uma surpresa te esperando logo á frente.Aonde pensam que vão? Esse é o meu domínio. 12 . .Você perdeu Messiah.Todos aqui sabem. . Era a Morte: . ou se achar melhor um demônio. Messiah tenta impedir mais é barrado pela a Morte: . – reclamou Lúcifer – Mas não fique tão feliz Ninnah.Eu não quero te matar. . De repente um ser de túnica negra e vermelha surge em meio aos dois com uma foice prateada. Ninnah tentava fugir de Messiah: . . Aliás. sou um anjo decaído. levando-a para as alturas.Me mata de uma vez! – gritou Ninnah chorando – Acaba logo com esse pesadelo! . sua cabeça é um prêmio. Mas não se assuste. – disse ele – Se acalme. Precisa atravessar a ponte para chegar até o Portão 193.Eu não sigo ordens de alguém de uma hierarquia inferior a minha! E lançou um grande relâmpago na direção de Gabriel que desapareceu. Lúcifer. Do alto. não quero lhe fazer mal. um demônio sem que ninguém visse rapta Ninnah. E avançou travando uma luta com Messiah.Espera Ninnah! Eu posso te levar até a ponte. por favor.Infeliz. Eu sou Isra.Como sabe o meu nome? .Você está se arriscando muito Gabriel.Deixe Ninnah seguir seu caminho. O demônio levou Ninnah para o alto de um penhasco. .Me deixa em paz! – ela gritou.. .

Ele continuou: .Me deixa em paz. Até que em fração de segundos.O que está acontecendo? – perguntou a Morte que não conseguia mexer a foice. Apenas quero a saída desse lugar.Redenção.Como assim forte? . . Mas eu posso te deixar forte. .Como acreditar no que fala? .Eu posso te ensinar a usar magia. Rebelei-me contra o Criador em busca de uma liberdade ilusória. 13 .. Uma chama azul começou a se formar como um redemoinho ao redor de Messiah jogando a Morte longe. Nem ele conseguia explicar como aquilo tinha acontecido. Ela percebeu aquele olhar triste.. A Morte lançou sua foice em direção ao pescoço dele e esta parou. Ele começou a chorar. é difícil. . Com isso poderá se proteger dos perigos do mundo inferior até chegar ao portão 193.Então o que quer? . Deu as costas e partiu. .Eu sei. Contribui para um derramamento de sangue que hoje me arrependo tanto. Mas eu sei a sua importância para o equilíbrio dos mundos. Não posso te tirar daqui. – disse Messiah – não quero confusão. Mas a única coisa que quero fazer é a coisa certa dessa vez.Há muito tempo. Meu passado me condena. como se não estivesse satisfeito com sua situação.. me juntei a Lúcifer porque acreditei no que ele falava. Messiah e a Morte travavam uma luta incansável.

. A cada dia de treinamento ela ia aprendendo coisas sobre a magia do espírito. Havia agora um brilho de esperança: . Isra a levava para conhecer os mais diversos lugares.Então a poderosa Morte perdeu o rastro de Messiah e Ninnah? – reclamou Lúcifer. E abraçou-o.O que está acontecendo? – perguntou Ninnah assustada. Teria que seguir em frente agora. . Por um momento sentiu-se feliz. – disse Isra. Isra havia cumprindo sua missão.Eu que agradeço por você ter acreditado em mim.O tempo estava passando e Ninnah havia se tornado uma discípula de Isra. . A cada passar de tempo. . Havia sido chamada por Lúcifer. Ela percebeu que seu olhar mudara.Que rastro? Eu nem procurei.Obrigada. Enquanto isso. a enfrentar os mais diversos inimigos. a Morte havia acabado de entrar na Caverna das Serpentes.Agora vejo que está pronta. O corpo dele estava se desintegrando como poeira. . .Pode ter certeza que o mal não mora mais em você.Eu não acredito! – gritou ele alegre – é a redenção Ninnah! A Luz Maior me perdoou! Estou indo para o Mundo Celestial! Ninnah contemplava admirada aquela cena. Olhou o vasto horizonte em chamas e partiu rumo ao seu destino: o portão 193. De repente uma luz atingiu Isra. Ninnah ia conhecendo o mundo inferior e seus perigos como a própria palma da mão.Se soubesse como estou arrependido. . 14 . .

Morte! – disse Lúcifer dando uma gargalhada. com chifres e asas de morcego. Era Lúcifer com a verdadeira face do mal. Das chamas surgiu uma grotesca criatura vermelha. Uma lágrima escorreu seu rosto e caiu no lago que começou a borbulhar causando uma explosão.Sabes muito bem que não estou aqui por minha própria vontade. 15 . Ninnah não pode atravessar a ponte. mas não irei mais servi-lo anjo decaído! Os dois começaram uma luta cujo já sabiam quem seria o vencedor.. Deu as costas e partiu.Loucura? Tu que és louco de desafiar minhas ordens. . E com uma mão só a criatura agarrou a Morte começando a esmagá-la. Esqueça o Messiah. inferior! . .Estou tentando imaginar até onde você vai chegar com essa loucura. A Morte levou um susto ao ver aquela enorme criatura saltar á sua frente. . Morte! – gritou Lúcifer cuspindo fogo.Você sabe muito bem o que irá acontecer se Ninnah for sacrificada com a adaga dourada. Será o fim do equilíbrio dos mundos.Diga adeus.De que lado está afinal. verme! Estou farto da sua ousadia. Despiu-se de sua túnica e entrou. .Eu esgotei a paciência contigo.Escuta aqui. Num golpe rápido a Morte cortou um pedaço da cauda da criatura que gritara furiosamente. .Você pode acabar com a minha existência. Morte? . Lúcifer caminhou lentamente até o final da caverna onde havia um pequeno lago de sangue. Pelos céus! Tantos servos imprestáveis! Será que terei que sair dos meus aposentos pra resolver uma coisa tão simples? .

Levante! – disse ela para a Morte – o gelo não irá segurá-lo por muito tempo. não faz idéia de sua força! . – respondeu a Morte. . . . . . .Eu deixo você ir embora. Eles foram para o vale da morte. não sei quem eu sou e não sou obrigada a salvar um mundo na qual não me lembro de ninguém! Pulou abraçando uma das pernas da criatura usando a magia do frio.Agradeço por ter me ajudado. 16 . se escondendo nas ruínas perto do rio de lava. E parabéns por está dominando bem a magia.Não importa.E ele não faz idéia da minha! – gritou ela correndo na direção de Lúcifer. Não tenho passado.A única coisa que eu quero é sair desse lugar. .Fuja Ninnah! – pediu a Morte ferida ao chão – ele é muito poderoso. Não precisava ter se arriscado.Você realmente está querendo morrer! – respondeu Lúcifer. Para retribuí-la posso te levar até lá. congelando todo o seu corpo.Eu sei aonde podemos nos esconder. . Temos que fugir.De repente o chão começou a tremer. vejo que aprendeu magia! . Ninnah. Lúcifer – disse Ninnah – Se me mostrar à saída desse lugar. Lúcifer começou a rir sem parar. abrindo uma rachadura entre as pernas da criatura fazendo-a soltar a Morte.Ninnah! Ora. Olhou surpreso para trás: .Eu sei onde fica a ponte.

Estou preso aqui. mas vejo que.. Lançou um feitiço me escravizando. . ..Desculpa.Que bom. Por que essa perseguição? . Ninnah prosseguiu: . . A Morte baixou a cabeça. Pensei que era uma criatura maligna.Bem aventurada és tu Eva por gerar a salvação..Eu não entendo essas coisas da qual fala.Estou cansada disso tudo. É que acabo ficando confusa aqui. Pertenço ao reino da escuridão. Precisa passar da morte para a vida eterna.Eu sou Gabriel seu anjo protetor.O que preciso fazer para acabar com esse pesadelo? .E você? Que tipo de ser você é? . eu acreditei no Messiah só por ter uma aparência bonita e me dei mal.Outro que não sabe quem é.Precisa passar pelo portão 193. Não estou falando da sua aparência. Vamos descansar um pouco antes de partir para a ponte. .O que eu preciso fazer. Durante o sono.? . – disse ele. Mas isso não vem ao caso agora. Ah.Há muitas verdades ocultas no universo.. . . É a reencarnação de Eva. .Lúcifer apagou minhas lembranças... Gabriel apareceu para Ninnah em sonho.Eu não sei.É a única que pode salvar o universo. Ninnah. fico mais feliz por um passo a mais. . Deixa pra lá. 17 . A esperança para alguns e o pesadelo para outros. Nem tudo que parece é. É que nem dar para ver seu rosto. ..

– pediu a Morte – Aqui é o mundo espiritual.Não.Pode ir Ninnah. Ninnah o olhou sem acreditar: .Finalmente vamos descobrir o que é esse portão 193. . seu pensamento influência muita coisa ao seu redor.Ninnah! Eu estava te esperando. .Sério? . .Cada vez fico mais confusa. Ela saiu correndo em direção ao clarão quando uma voz lhe chamou: . Precisa me ouvir.Consegue ver aquele clarão logo em frente? ..O que é? . Era Messiah. É só atravessar a ponte.Sim. . – reclamou Ninnah. .É a ponte. Se fizeres isso antes da última folha da arvore da vida tocar o chão salvará os mundos e todos que neles habitarem. Ao longo da jornada.Parece que nunca iremos chegar nessa ponte. não quero lutar. Ninnah. Atravessou muitos lugares com a Morte enfrentando diversos perigos enviados por Lúcifer. .Não se preocupe você saberá como encontrar o caminho. 18 . – disse a Morte – Eu cuido dele. Ninnah pensou em desistir de chegar até a ponte. destruindo o pecado em sua alma. . – respondeu Messiah – quero conversar com você Ninnah.Tu concebeste o pecado original.Não pense como um ser humano. deves agora percorrer o caminho da luz. .

Queria me matar.Aprendi a não julgar pela aparência. Os dois começaram o novo caminho em direção ao outro lado da ponte. 19 . Finalmente estava na beira do precipício contemplando aquela enorme ponte de pedra. não perca tempo lutando com ele. Não dizem que sou a salvação? – ela segurou sua mão – juntos atravessaremos essa ponte e encontraremos a resposta pra tudo isso. .Eu não posso. E partiu junto com a Morte deixando para trás a primeira pessoa que lhe estendeu a mão no mundo inferior. . Dando adeus ao mundo inferior. . – disse ela. já que diz que é inocente. – disse ele – o feitiço de Lúcifer não me deixa sair dos domínios do mundo inferior. Tenho certeza que ele não irá nos atrapalhar.Você vai comigo.Eu não acredito mais em você! . Vamos Morte. .Vamos em frente.E acredita na Morte? Ela olhou para a Morte e continuou: . Você me enganou.Mas eu posso te explicar o que aconteceu.Eu não quero te ouvir.. .

a Morte e Algumas Estrelas Para Contar 20 .Portão 193 Parte II Ninnah.

O que costuma fazer nesses momentos? . – pediu Ninnah – Diante de tanta injustiça no universo. Quando a Morte deu o primeiro passo ao chegar ao final da ponte junto de Ninnah percebeu rapidamente onde estavam. – disse a Morte – Foi onde Adão e Eva geraram o pecado e onde aconteceu a grande batalha entre os arcanjos maiores e menores.Estamos no jardim do Éden! – exclamou a Morte.Sabe. .Parte II O vento fazia as folhas caídas dançarem como bailarinas.E quando desejamos algo que talvez não seja correto? O vento ficou mais forte. Ela se aproximou do penhasco todo gramado admirando a grandiosidade e beleza do jardim.. .Pode ser. . Percebeu que você conseguiu sair do mundo inferior? A Morte ficou em silêncio. Será que por isso que a ponte nos trouxe aqui? Será que a resposta está onde tudo começou? ..Olha pra mim. . A Morte abraça Ninnah: . me explica o que significa ser correto? 21 .O que acredito ser o correto. – disse a Morte – Já se sentiu confuso ás vezes? .Aqui foi onde tudo começou. As folhas voltaram a dançar ao redor dos dois ali diante do pôr-do-sol. olhando para Ninnah. .Sempre! – ela riu.

Constrangidos com aquele momento. . . . logo disfarçaram. A humanidade inventou muita coisa pra escravizar a mente alheia. .Por que isso tudo não está ao alcance de todos? – perguntou ela. Só sei que devo passar por esse portão 193 que ainda nem encontramos. Sem abrir os olhos aproximou seu rosto ao dele e se beijaram. Aquele rosto rosado com aqueles cabelos claros encaracolados balançando ao vento. Pararam sob o gramado e sentaram. conversando. O silêncio continuou. quero conhecer esse lugar – disse Ninnah – Finalmente um lugar bonito! Os dois foram caminhando pela estrada das rosas brancas.Imaginava que a Morte fosse uma caveira. 22 . Tentava enxergar quem realmente estava ali.Vamos andar.Os dois ficaram em silêncio. ainda não cumpriu sua missão.Não se alegre. – disse ela. – disse a Morte já à vontade sem o capuz. . – ela disse – estava cansada de perseguições.Na verdade está.Nem eu sei direito qual é a minha missão. escondido.Seu aprendizado é humano.Finalmente paz. ela tentava enxergar seu rosto coberto pelo capuz negro. Chega um momento em que devemos tirar a máscara. . Ninnah fechou os olhos e tirou o capuz da Morte.Não tenha medo. . Mas o anjo Gabriel disse que eu encontraria as respostas. Com as mãos ela foi sentindo seu rosto e percebeu que estava chorando. . Ninnah jamais imaginara tamanha beleza. Lentamente dirigiu suas mãos até o capuz: .

É como se eu já tivesse á visto em algum lugar. todas as rosas estavam no chão. Enquanto os dois se amavam na grama. já estava anoitecendo. Ninnah deitou sob a grama. – ela agradeceu – pela primeira vez me sinto feliz nesse lugar.O que foi? – indagou Ninnah. De repente a Morte se levanta assustado. . Cansados da entrega total. Precisa encontrar logo por respostas antes que se torne uma alma perdida. Ela olhou para o céu estrelado: . 23 .. A lua prateada cobria o céu estrelado.Obrigada. Veja aquela estrela. Suas mãos acariciavam levemente os seios de Ninnah.Espere que seja boa.Pode ser uma lembrança. . é diferente das outras. as rosas brancas giravam como se celebrassem aquele momento. Não pertence a esse mundo. – disse a Morte -. . Posso te pedir algo? Toda vez que ver essa estrela promete que se lembrará de mim? .Olhe ao seu redor! Ela olhou e levantou-se sem entender aquilo. Mas isso é uma despedida? . .Eu não sei.. O vento havia cessado.Prometo. no Éden havia dia e noite. Estão vermelhas.. Ele foi a despindo.Estranho. Um vento forte arrancou as rosas brancas. admiravam-se. .As rosas... . Mas querendo ou não somos de mundos diferentes. parecia uma chuva.Não pode ficar muito tempo aqui. é amarela.

um dos anjos pega Ninnah e a leva para as alturas. Gabriel fez sinal para os anjos partirem. .Por que a levaram? . que testemunharam o fato. . Ninnah.Gabriel? – se espanta a Morte – Pra onde levaram Ninnah? . todas as rosas brancas ao redor ficaram vermelhas. além da Luz Maior e de Lúcifer. Ninnah. não vão nos fazer mal. .Lúcifer também é um anjo.Mas são anjos. – respondeu Gabriel.Ela precisa terminar sua missão. Ninnah avistou ao longe. que foram os únicos. vindo da direção da lua uma legião: . . Assim dizem os espíritos das águas. Dizem que quando Eva induziu Adão ao pecado.Por que fugir? – perguntou ela.Ninnah! – grita a Morte.Eu não estou te entendendo! Nesse momento. . esse fenômeno só havia acontecido uma vez. Alguma coisa está acontecendo. É melhor sairmos daqui. Ao tentar fazer algo. .Não se preocupe.São anjos. Chamaram esse fenômeno de sinal do pecado original.Na história do mundo celestial. é cercado pela legião de anjos. Ele puxou sua mão e saiu correndo.O que é aquilo? .Corre! Ela larga sua mão: . Vamos embora. antes que seja tarde. ela ficará bem. . até que um deles se aproxima. A Morte reclamou: 24 .

. Meu fiel servo se torna um traidor ajudando Ninnah a fugir. Lúcifer deu uma gargalhada: .Prá onde está levando Ninnah? .Não posso acreditar. que veio me visitar. e volta aqui pedindo minha ajuda? Numa fúria impetuosa. Ao chegar à caverna das serpentes. – disse Lúcifer sentado numa pedra tocando harpa – Sentiu falta da escuridão? . E partiu voando. estava decidido a enfrentar tudo para não ficar longe de Ninnah. atravessou a ponte voltando ao mundo inferior. os demônios tentaram impedir sua entrada.Você só está atrapalhando. . apertando todo seu corpo: 25 . e não ouvia mais os gritos de raiva da Morte.Ora.Para longe de você! – gritou Gabriel – Você permitiu que ela cometesse o pecado original novamente. Tem noção do que acabaram de cometer? Volte ao mundo inferior. Lúcifer.Mas tenho que está ao seu lado para protegê-la.Mas você sabe muito bem quem é Ninnah.Amar alguém não pode ser pecado! . Como a Morte sabia que não tinha poderes no mundo celestial. ainda não está pronto para voltar.Pare de ironia. Ninnah havia sido levada para a montanha sagrada de Deus sobre efeito da magia dos anjos. Gabriel já voava alto. . Lúcifer se transforma numa serpente gigante e se enrosca na Morte. .. Preciso da sua ajuda. Foi tirando um a um da sua frente com a foice prateada.

. Ele estava nu diante de Lúcifer. . 26 . e fazê-la esquecer dessa missão idiota.Eu sei disso. pois Ninnah já está nas mãos de Gabriel.Você não acha muita ousadia da sua parte? Mandei meus demônios dilacerarem você.Vamos ver se compensa. Demônios tirem essa roupa ridícula dele.Espere! – gritou a Morte – Ouça o que tenho pra falar. E o que ele escondia naquela capa eram suas asas. – disse Lúcifer – me livrarei de vocês dois. não pensei nisso antes.Para você lembrar que é um anjo! Sabe muito bem que se fizer a passagem não poderá retornar mais.Eu quero ir para o mundo dos humanos.Por que fez isso? – a Morte estava enfurecida. Os demônios avançaram e rasgaram suas vestes. Lúcifer o encarou seriamente: . . tendo que viver na mísera condição de humano. . .Você é o único decaído que pode abrir o portal para o mundo dos humanos. Lúcifer retoma sua forma original: . .Ora. Tudo bem terei que aceitar.Preciso encontrar o corpo físico de Ninnah. Preciso fazer alguma coisa para tirar ela de seu domínio.E daí? .Está louco. Ninnah havia acordado.Como assim uma troca? . . Abrirei a passagem para você ir ao mundo dos humanos.. Encontrando poderei tirar a sua alma daqui e ela voltará a ter uma vida normal. mas como está aqui eu mesmo farei o serviço! . Mas será uma troca.

A Luz Maior através de sua bondade divina deu a oportunidade para cada ser reencarnar.Se acalme.Aonde quer chegar? . e também será com você. Ninnah.Esperei tanto tempo para saber da verdade que agora estou com medo. Chegou a hora da verdade. .Ninnah. . você nem imagina como seus passos podem mudar o universo. Cada ser escolhe o que fazer de sua vida. Mas quando se comete o pecado original. você quer saber quem é de verdade. Dando a possibilidade e tempo para cada um evoluir a sua maneira.Segure-a. . A Luz Maior sempre deixou claro na história da humanidade que aqueles que se arrependessem de seus pecados seriam salvos.Ao meu mundo? . Os humanos erram e não se preocupam com sua evolução espiritual. Deu por isso o livre arbítrio. mas os fatos me obrigam a fazer isso. Esse não era o momento certo. mas também é responsável por cada ato que comete.Sim. Vamos ao seu mundo. Gabriel estende a mão: . . Estávamos omitindo isso para que pudesse cumprir sua missão.Onde estou? Onde a Morte está? .. Mas ninguém percebeu isso.A humanidade se encontra num momento caótico por sua própria culpa. Assim foi com Adão e Eva. – disse Gabriel. não se corrigem e acabam cometendo os mesmos erros. a verdade tem que vir a tona. Não existe redenção. .Bem vinda. 27 .

Mas espera ai. O pecado original abrirá os portais dos mundos inferiores para o mundo dos humanos.O problema maior nisso tudo é você.Eu? Por quê? . Ele prosseguiu: 28 . Se eu sou de fato a reencarnação de Eva. Acontece que existe um ciclo de reencarnações. sou uma humana. eu não entendo. e quando este se fecha é o fim.Não. Ficou em silêncio por algum tempo e continuou: . .O que acontece se eu não escolher o caminho certo? . tornando possível a passagem de demônios sem a perda de seus poderes. Ninnah prestava atenção com um semblante de espanto.Como assim? . No seu mundo o tempo está parado. o primeiro humano a pecar e espalhar o pecado original. . Congelei o tempo nesse acidente já que não poderia interferir de outra forma para salvá-la. Em todas as suas reencarnações você falhou e continuou errando. Carrega em sua alma esse fardo.Como já falei do ciclo. Nunca escolheu o caminho certo. .Essa é a sua ultima reencarnação. sua ultima chance.Gabriel dirigiu-se até a janela. Houve um acidente com você no mundo dos humanos. . então o que faço aqui? Estou morta? . Na verdade você está entre a vida e a morte. Por isso a Luz Maior permitiu que agíssemos sob seu destino. pois é a nossa ultima chance de vencer esta batalha contra o mal. Ainda não. Seria a consolidação do reinado de Lúcifer.Você é a reencarnação de Eva. será o fim. Ninnah. Precisávamos te ajudar.

o mundo astral.São os espíritos d’água. é como se no mesmo lugar pessoas diferentes pudessem viver sem ao menos notar a existência uma da outra.Minha mente? Como assim? Enquanto caminhavam. Sua mente não deixou. Estavam lá no jardim do éden. de você. os espíritos d’água iam surgindo timidamente. Os espíritos testemunharam o nascimento do pecado. Mas isso não importa agora. Quando sua alma se separa do corpo físico. 29 . observando Ninnah. A solução foi trazer seu espírito para o mundo espiritual para te ajudar a encontrar o caminho certo. . até que Ninnah se viu caminhando sob um lago límpido com Gabriel..Parecem com medo da gente. . Esse é um de nossos problemas.Não. Um clarão tomou conta do lugar.Segure minha mão e descubra a verdade. A alma continua fazendo parte do mesmo mundo.No seu mundo os anjos não podem fazer muita coisa. . ela acaba fazendo parte de outro espaço.Da gente não. O mundo astral é um espaço sob o mundo dos humanos. . . A luz foi ficando cada vez menor. Nesse espaço tempo sua alma ver seres que normalmente não veria se estivesse no corpo físico. . .Mas quem eu sou agora nessa reencarnação? Que acidente é esse? Gabriel se aproximou novamente e estendeu a mão: .Primeiro precisa entender algumas coisas sobre o mundo espiritual.Quem são eles? – ela perguntou. porém num espaço tempo diferente que os humanos não percebem.Então estou no mundo astral? . .

Você já está no portão 193! Ninnah olhou espantada com a revelação. .Mas disse que estava aqui para me guiar! – exaltou-se Ninnah.E por quê? .Ninnah. Tentei mostrar o tempo todo. . Ninnah o olhou sem entender nada. .. – chorava Ninnah.Porque é um mundo criado por você Ninnah! – gritou Gabriel – O mundo mental é uma mistura dos seus sonhos e pesadelos. Os espíritos d’água pareciam ter perdido o medo e começaram a sair da água como se quisessem ouvir a conversa. Você não precisa encontrar o portão 193 pra encontrar respostas.Eu não consigo entender mais nada. não é para encontrar e sim para sair! . Durante toda a sua existência fugiu da realidade.Do que está falando? .Para orientá-la! Tanto como no mundo dos humanos como no mental não posso fazer nada. . onde os pensamentos são as únicas realidades.E como encontrar o caminho certo nesse mundo? .Eu não sei Ninnah. 30 . . Tudo isso ao nosso redor é uma realidade que um dia foi fantasiado por você.No mundo mental. ao invés de enfrentar seus problemas criava uma saída de emergência. no mesmo momento os espíritos começaram a pular de um lado a outro impacientes. Ele prosseguiu: . você o criou.O mundo mental é o mundo do pensamento.Mas explica por que não estamos no mundo astral. Onde estamos afinal? . . mas entendeu tudo errado.

Apenas Moisés fizera um feito desses com as águas.Eu não sei! Meu Deus! Isso tudo é um pesadelo.A mente é sua força. Ela já estava perdendo a consciência quando se lembrou do que Isra lhe disse: .Ninnah! – gritou Gabriel mergulhando para lhe ajudar. Agora! Gabriel a levou para o alto.Daqui do alto parece tudo tão perfeito – disse Ninnah – mas há tantas imperfeições e incertezas. – pensou ele. 31 . Na verdade deve fugir daqui.Cuidado! Não diga que não irá conseguir! Os espíritos formaram uma onda que derrubou Ninnah levando-a para o fundo do lago. Gabriel olhava espantado ao seu redor. Quero falar com a Morte. De repente uma luz verde tomou conta de seus olhos e um redemoinho começou a se formar em sua volta. na região das nuvens. . Ninnah levantou-se atordoada: . O lago foi girando como um tornado e no centro dele no chão estava Ninnah desmaiada. . o grandioso poder de Ninnah. Ainda não entendo por que minhas escolhas podem interferir na vida de todos. nunca vou conseguir sair daqui! Gabriel olhou para os espíritos que se preparavam para atacá-la: . Concentre-se e será capaz de transportar as águas do oceano.Você sempre esteve no portão 193. por isso só você sabe a saída! .Não quero saber de mais nada. desse inferno criado por você.Gabriel prosseguiu: . .

Sinto que amo.O amor ás vezes pode se tornar um obstáculo. por favor. mas é como se não soubesse pra quem é tanto amor. 32 . – disse Gabriel. . É a história de um jovem anjo chamado Jaraeh. Mas você é a única que carrega o de todos.Todos os seres carregam seus pecados.Eu preciso falar com a Morte. Ela riu ironicamente: . . . Ninnah.Você é especial. Eu vou te contar uma história de um jovem que por amor se desviou do caminho certo.Você o ama não é mesmo? .. Ela olhou para ele com os olhos cheios de lágrimas: .Como? Você mesmo disse que a culpa desse caos é minha.Eu não sei. Preciso saber se ele está bem.

Apaixonou-se por ela.. Ele queria apenas encontrar novamente sua amada Zinita. Sem autorização dos anciões dos Dias ele fez a passagem. Surpreso com aquele mundo se rendeu aos pecados da carne. Desde então Jaraeh mudou e não obedecia mais os seus superiores..A história do anjo Jaraeh Jaraeh era o anjo que guardava o portal de passagem para o mundo dos humanos. Só que os superiores não permitiram sua permanência com os humanos. um anjo que se rebelou. . Zinita. Pois havia entrado em seu exército apenas para ter acesso á passagem através do mundo inferior e não pela causa de Lúcifer. servindo a Lúcifer. Ele é o anjo Jaraeh.Escravo do inferno? Mas você está falando. – o completou – essa é a história da morte. Embriagou-se teve relações intimas com uma mulher. Ele seria um eterno escravo do inferno encarregado de torturar as almas pecadoras mesmo contra sua própria vontade sem poder sair de lá. descendente de Noé. O problema é que ele estava enganando Lúcifer. Ninnah. Foi então que decidiu fazer parte dos rebeldes.Quer dizer que a Morte mentiu pra mim o tempo todo? 33 . Mas quando Lúcifer percebeu suas intenções jogou-lhe um feitiço. Certo dia.Da Morte. Ninnah interrompe Gabriel: . . Trouxe-o de volta e selou a passagem para que nenhum outro anjo cometesse o mesmo erro. sua curiosidade de conhecer o mundo dos humanos o fez tropeçar.

. sua missão ou voltar para o seu mundo? Ninnah ficou sem respostas. Ela ergueu a mão pronta para lançar uma magia: . Como? Alguma coisa está acontecendo! Espere aqui. Gabriel segurou a mão de Ninnah e a levou até a árvore da vida. já volto.Lúcifer! . Não vim lhe fazer mal. E partiu em direção ás trevas.Ele sabia do seu destino e mesmo assim está prestes á errar pela segunda vez por essa paixão que ele está sentindo novamente. Escolha Ninnah. estava confusa. . . Trevas na montanha sagrada de Deus.Está vendo a árvore da vida? – perguntou Gabriel com os olhos cheios de lágrimas – quando a ultima folha tocar o chão os portais se abrirão.Eu vim apenas te oferecer a saída. Com apenas uma folha no galho mais alto. Será um caos jamais visto na história da humanidade.A Morte fez a passagem.Ninnah. Quando ao longe Gabriel avistou as trevas.Do que está falando? . Lúcifer e seus demônios invadirão o mundo dos humanos.Veja Ninnah. Ela ficou olhando a árvore quando de repente surgiu uma serpente: . A grandiosa árvore estava com os galhos secos. Ele quer fazer você voltar para o mundo dos humanos. 34 . .O que está fazendo aqui? Vá embora! .Espere Ninnah. Foi atrás de seu corpo físico. .

até que de repente ficou sério ao ver as trevas sob a montanha sagrada de Deus.Saída? . Na frente de Ninnah abriu-se um portal. . .Ele mentiu pra mim como o Messiah! . Você não pertence a ele. fuja daqui! É sua oportunidade de voltar a ter uma vida normal. 35 . raça inferior! Ele ergueu sua mão e a jogou no portal de passagem.Anda. . seu amado está te esperando. Sabe que não conseguirá completar essa missão. . Ela foi caminhando lentamente e parou: .Sua tola! È por isso que sofre como todos os humanos. Chega de sofrer nesse lugar. Dessa vez eu não irei errar! De repente a serpente se transforma em Lúcifer: .Não! – ela gritou. mas já era tarde. Lúcifer começou a rir certo de sua vitória.Ninnah baixou a mão: . pois aquele ato não havia partido dele.Trevas? O que está acontecendo? Ficou preocupado.Ele mentiu por amor! Ele quer apenas ficar ao seu lado. Siga sua vida.Não.Sim.

Mas não se preocupe com isso. Como se chama? . não entendia o que estava acontecendo.Podia ter morrido! – reclamou o bombeiro. .Meu nome é Jaraeh.Você está bem? . havia muita fumaça. Renato estava sendo colocado na ambulância quando o jovem salvador se aproximou: . quando um jovem entrou correndo na casa.Se eu te contasse não iria acreditar. Estava quente e suado. pois eu já te conhecia.Mundo dos Humanos O jovem Renato abriu os olhos assustados. . desculpa acho que ainda não te conhecia. – respondeu ele sendo aplaudido pela multidão que assistia ao incêndio.Não entre seu louco! – gritou um dos bombeiros. 36 . . Do lado de fora os bombeiros tentavam apagar as chamas. Ah. .Estou.Eu não tenho medo da morte. Em poucos instantes ele saiu com Renato são e salvo.Sério? De onde? Jaraeh sorriu: . Obrigado por ter me tirado de lá. Ele entrou na ambulância para acompanhar Renato até o hospital. Seu quarto estava em chamas.

37 . Lentamente tocou o chão.Mundo Espiritual Enquanto isso um fraco ventou arrancou a última folha da árvore da vida. E Lúcifer já ouvia o clamor enfurecido das criaturas do inferno. A grande guerra estava para começar da forma que ninguém jamais imaginou. pois os portais estavam se abrindo.

Portão 193 Parte III Ninnah antes 38 .

Perdoe-me Gabriel. Os sete arcanjos saíram e havia alguém de costas diante do trono. Mas estava preocupado com aquelas trevas sob a montanha sagrada de Deus.Ordens? De quem? . Gabriel havia chegado à montanha. de uma das janelas. Gabriel entrou e não podia ver quem estava no trono. O tempo da missão de Ninnah havia se esgotado.Cristo! 39 . Lúcifer agora estava livre de sua prisão de duzentos mil anos. pois os sete arcanjos sagrados formavam uma fileira de proteção. . Virou-se lentamente para Gabriel que logo caiu de joelhos: .Deixe-o passar! – ordenou uma voz vinda do trono. voou em sua direção para descobrir o que estava acontecendo. Vestia uma túnica negra e tinha os cabelos longos e escuros: .Resolvi visitar sua esfera Gabriel para ver como andavam as coisas.O que está acontecendo? – perguntou Gabriel ao anjo que lhe impedia a passagem. Lúcifer observava tudo.Parte III Lúcifer abaixou-se para pegar a ultima folha da árvore da vida que havia caído. . mas são ordens. . Já se podiam ouvir os gritos dos demônios de euforia pelos portais estarem abertos.O que está acontecendo aqui? – perguntou Gabriel – Quem ousa sentar no trono que foi confiado a mim? Do alto. . e preocupado com as trevas correu até a sala do trono quando foi barrado na entrada.

.Ele estava pasmo. na sala do trono. .Mas está acontecendo querido anunciador.Perdoe-me Senhor! Desculpe o meu desespero mais fiquei preocupado. .Que loucura é essa? – assustou-se Gabriel.Isso não é loucura. a mudança! A nova Era chegou.Nunca! Eu quero falar com os anciões dos Dias.O céu e o inferno estão se tornando um só.Que blasfêmia! Anjo ingrato! Isso quer dizer que não fará parte do nosso exército? . Senhor? .Veja que maravilhoso nossa família reunida novamente como no inicio. onde até seus olhos e lábios estavam negros.Você não pode ser o verdadeiro Cristo! É a reencarnação do mal! Ao falar isso Cristo dá um tapa no rosto de Gabriel: . é o novo acontecendo.Sim. agora! 40 . Cristo se aproxima ajudando-lhe a se levantar: . Eu sou o Senhor do Céu e do Inferno. nunca viu Jesus Cristo daquela forma sombria. E entraram vários demônios. não é lindo? . os anjos decaídos. .Está? . pensei que havia acontecido algo. onde o Bem e o Mal andarão lado a lado.Cristo o que está acontecendo? . todos serão governados por um único ser. Cristo prosseguiu: . pois haverá um Senhor apenas para reger o Universo. sem guerras.Do que está falando. e agora que os portais estão abertos a humanidade também se juntará ao nosso reino. .Entrem! – ordenou Cristo. .

mas seus dias estão contados. Cristo cravou sua mão no peito de Gabriel perfurando-o com suas unhas: .Eu poderia arrancar teu coração de luz e apagá-lo para sempre! Mas quero que veja o inicio da nova Era. Seu próprio exército estava lhe perseguindo.Cristo deu risada: . . E apontou para a janela. Os anjos e demônios já estão a sua procura para exterminá-lo.Pela ultima vez – disse Cristo – você fará parte do Reino ou será um traidor? . prendam Gabriel. e não precisa mais ir à caça de Lúcifer. Ah.Para que tanto interesse se não poderá fazer nada? Ah. . está contra o reino.Que petulante. . 41 . Ordenei aos anjos e aos demônios que me trouxessem Ninnah para que eu mesmo a sacrifique.Lúcifer? Coitado. e sem respostas. Gabriel. não está? . Não estava entendendo o que havia acontecido. Quem sabe mude de idéia. Já que não quer está conosco. antes que eu esqueça. a única coisa que podia ter certeza é que não podia deixar Ninnah ser capturada.Que reino? Desse reino de maldades não farei parte. Lúcifer assistia a tudo apavorado.O que! Gabriel não podia acreditar no que estava ouvindo. . pois ele se encontra aqui no meio de nós. sou um ser de luz e ninguém me fará andar nas trevas.Preste atenção meus queridos servos. Um fracassado que sonha em ser Deus.Lúcifer está por trás disso. . lançando um feitiço de fogo contra os que lhe perseguia. houve mudanças de planos.Se Lúcifer não está por trás disso quem está? . Rapidamente Lúcifer partiu voando.

. e por isso era voluntário para atender telefonemas de emergência.. Mas mudando de assunto. – disse ele passando pelo portal para o mundo dos humanos – pelo menos até descobrir o que está acontecendo.Sabe que não estará sozinho. . nos encontraremos no show de hoje não é mesmo? . Ao fazer a passagem caiu no terraço de um prédio.. E partiu. – ouviu-se um suspiro de Marcus – gostaria de está contigo agora.Faça o que te faz bem. È que estou sozinho no plantão. viu um mundo já invadido pelos demônios. Assustado com o que a paisagem. -. .Isso é hora? – brincou ele.E se isso for algo difícil? .Desculpa. .Claro! A turma toda estará lá.Você está bem? – perguntou Renato.Confuso sobre a gente. . Algumas semanas atrás no mundo dos humanos... 42 . . Marcus fazia curso para ser bombeiro.Alô? . Renato acordou assustado com o celular tocando. Um mundo caótico. eram três horas da manhã: .Oi.Tenho que proteger Ninnah. Muita destruição e mortos. Estava pensando em você. . Renato é o Marcus.

Estranho? Pára de caretice. Pode contar comigo.Mas você está. Eu falo estranho porque você já é homossexual assumido. não é preconceito. mas Renato foi atrás.Não. amigo.Obrigado. O dia amanheceu e Renato estava na praça conversando com Bia. .Eu vou te matar Renato! A galera levou Marcus até o muro fora do show para acalmá-lo. Ele sempre ficou com meninas e é estranho de repente ele aparecer namorando você. chamaria isso de preconceito. . Sempre estará. Havia uma banda tocando cover de Metallica no palco. Ninguém entendia por que tanta raiva. . O Marcus não. mas é segurado pelos os amigos. .Nos amamos e é isso que importa.Você não acha isso estranho? – perguntou Bia. . De repente Renato aparece quando Marcus avança para cima dele. Desejava realmente encontrar Renato e enfrentá-lo como inimigo. . Bia. Marcus pulava como louco e gritava: .Eu sei Renato. . onde você está? Eu vou te matar! Ele estava enfurecido.Esconde isso. João se aproximou de Bia lhe entregando uma garrafa de vinho: . Você é uma amiga muito especial.. 43 .Onde o Renato se meteu? – perguntou Bia.Renato. A noite havia chegado e Renato estava se embriagando com os amigos. o Marcus já está bêbado. .

O pessoal soltou e foi embora. Dirigiu a mão acariciando seus cabelos: .Tem certeza? . Estou aqui.Olha o que fez comigo! – Marcus encheu os olhos de lágrimas – estou sentindo algo tão forte por você que tenho medo.Me beija. . 44 .Vamos Marcus. encostado no muro olhando friamente para Renato. . Lá estava Marcus. deixa que eu converse com ele.Renato. Renato sentou no chão e Marcus deitou em seu colo. apenas estamos próximos demais pelo o que sentimos um pelo o outro. passar da linha vermelha. Marcus fechou os olhos: .E daí? – gritou o abraçando-o.Amar? Estou amando um homem! .Não precisa ir além se não tiver certeza.. . Mas você sabe que nada entre a gente foi forçado. Eu quero ir além. sem camiseta. ele está bêbado – disse Bia – é melhor você sair daqui. mas tenho medo. Até agora nem nos beijamos. me mate.Eu te entendo. eu sei disso. Mas a essa altura do campeonato Renato estava mais nervoso que todos: .Tenho. Vão! Soltem-no logo. Não é fácil. .Não! Vocês é que vão sair me deixem aqui com ele.Esse é o problema. não é o seu desejo? . . eu preciso.Medo? Medo de amar? .

Depois veio um estranho silêncio. meu bombeiro. Um ar de medo daquilo que estava acontecendo. Entrou no lago. Renato riu: . Naquela noite. . . A sensação de que havia alguém ali. ele teve um sonho estranho. Os dois riram.O diabo. Bia observava tudo com os olhos cheios de lágrimas. onde ouvia gritos de socorro de uma mulher.Está mais calmo? – perguntou Renato. Marcus o abraçou fortemente: .Aconteça o que acontecer. Foi até lá e não havia ninguém. Deitou e adormeceu. saiba que te amo.Você realmente bebeu muito.Estou. mas as trevas podem mudar o nosso destino. mas ao olhar de novo para a cozinha não havia ninguém.Ele quer me pegar. Mas ao longe. Já em casa. Ao virar-se para o corredor sentiu uma presença. Caminhava numa floresta. e atrás de uma 45 .Que bom. Pensou ser sua mãe. Seguiu a voz e encontrou um lago dourado.Lentamente seus lábios se tocaram. Com os olhos amedrontados Marcus disse: . . . Renato se preparava para dormir quando ouviu um ruído na cozinha. escondida numa árvore.Ele quem? . A voz continuava pedindo ajuda.

Quase tudo. Mas já fique sabendo que você e eu não temos nada um com o outro. . estava indo conversar com você.E daí? Isso é assunto nosso.Eu vi os dois se beijando ontem. . . 46 . Os dois se abraçaram. . Só curtição. No dia seguinte Bia estava indo para a casa de Marcus quando o encontrou no caminho: . Renato tocava violão em seu quarto quando Marcus apareceu: .Olha só.Nosso um ova! – ela alterou a voz – você está ficando louco? Virou bicha agora? . Ao tentar salvá-la ouviu um tiro e acordou.Ficamos algumas vezes sem compromisso garota.Como assim? . E partiu. Bia? . .Curtição para você.Pode ser depois? É que estou indo na casa do Renato.Precisa sim! E a gente? .Vim te fazer um convite. .Tudo bem. E não aceito não como resposta. Para mim era um lance sério. . Preciso conversar sério com você.enorme pedra encontrou uma índia acorrentada.Olha não estou a fim de levar esse papo. – virou-se indo embora – depois a gente conversa. .É sobre ele mesmo.Eu não preciso lhe dá satisfação de nada. .

Um colega do curso se aproximou: ..O que foi Renato? . Marcus..Eu vou terminar de montar a barraca – disse Marcus – mas vai com ele Renato. .Amanhã eu vou para o acampamento junto com o pessoal do curso de bombeiros. Logo que chegaram ao campus começaram a montar as barracas.Depende.. Você! .Como conseguiu? .Nada. o ônibus da excursão ia animado com seus futuros bombeiros que deixaram a disciplina de lado e cantavam durante a viagem. Renato então desceu a trilha com Rubens para conhecer o lago. vai ter beijo? .É lindo. vários se quiser. 47 . Querem conhecer? .Disse que você tem vontade de ser bombeiro e queria ver como funcionava o curso. E ai vai? .Claro! O dia seguinte havia chegado. . . .Hum. Durante o caminho foi ouvindo a mesma voz do sonho pedindo socorro.O que achou do lugar Renato? .Parece assustado. depois eu vou.Fale baixo! – sussurrou Renato – minha mãe pode ouvir! Marcus sentou ao seu lado: . A parte boa é que convenci meu coordenador a deixar levar um amigo.Aqui perto tem um lago.

De repente. .O que foi Rubens? Onde o Renato está? . Estava perplexo. Parecia seduzido pelas águas e aquela voz que lhe chamava.Eu não sei! – gritou ele desesperado – ele entrou no lago e sumiu! Numa fração de segundos Marcus pulou na água. Rubens olhou para os lados e não conseguia encontrálo. todos haviam voltado ao acampamento. – disse Renato. Logo em seguida Marcus aparece: .Ela disse que você é a resposta que eu procuro.. Era o mesmo lago que havia visto no sonho. Renato ficou surpreso. . . . .. e Marcus e Renato conversavam ao redor da fogueira.Eu a vi.Vai ficar só olhando ou vai dar um mergulho? E pulou na água.O que houve realmente naquele lago. Renato? 48 . Desesperado começou á mergulhar e procurar e não encontrava nada. Rubens foi tirando as roupas: . Encantado.Só estou ansioso para ver o lago. Ao chegar ao lago. tirou as roupas e entrou no lago. ele viu a imagem da índia refletida na água. sem medo algum agora. Foi entrando como se estivesse hipnotizado. ele acordou cuspindo água.Viu quem? – perguntou Marcus. depois da respiração boca a boca que Marcus fizera. Minutos após. Ao ouvir isso Marcus ficou espantado..Neshamá. Encontrou Renato sem sentidos e o retirou do lago. Depois do susto.

mas o fato é que desde pequeno eu ouço vozes. Agora tenho certeza que encontrei quem eu procurava. . Você pode me achar maluco. .Desculpa. Não percebi que estava me afogando. Marcus sorriu: .De uma guerra.Eu sei.Calma.Você me assusta ás vezes com esse olhar. Renato continuou: . sempre aparece em meus sonhos pedindo ajuda. Não viaja. vejo coisas estranhas.Eu não sei como explicar. Mas estou dizendo a verdade.Você e eu será o pivô de uma guerra. prometo que esquecerei esse assunto. Renato.Não te acho louco.Eu não sei direito. Marcus levantou com a intenção de ir para a barraca e desistiu. Ela apareceu e começou a conversar comigo.A tal Neshamá? . deve pensar que estou louco.. .Eu não te acho um louco. 49 . É a primeira vez que a vejo sem ser em um sonho. . Essa moça é uma índia. Ficou olhando enigmático para Renato. . – disse Renato.Quem é ela? . como se fosse assombração. Marcus o olhava sério. . Era como se eu estivesse hipnotizado.Guerra? . Isso é profecia? – brincou Renato.Do que está falando? .Sim. Sei que fala a verdade. . .

Marcus sentou-se novamente e continuou: .Ele quem? .Não é profecia.E o que isso tudo tem haver com o pivô de uma guerra? 50 . Sei que é fantasioso.. .Nós dois nos damos tão bem porque somos almas gêmeas. Um espírito. cada alma se dividiu em vários pares de almas gêmeas. É fato.Sei disso porque eu pedi pra ele te proteger.O grande Urso.Chega Marcus! – reclamou Renato – não fique inventando coisas debochando da minha cara! . E que eles fazem parte da mesma alma mãe da gente.Como sabe disso? Nunca contei isso pra ninguém! . E o grande Urso também. . Renato o olhou sem entender.Você pediu para um espírito me proteger? Proteger do que? . Na verdade. Ele prosseguiu: . mas sabe que também falo a verdade. . no inicio da Criação.Não é deboche. O que significa que Neshamá e o Grande Urso se amaram muito em outra reencarnação.Almas gêmeas não apenas duas almas. separados seremos a destruição. . Neshamá é um espírito que faz parte de nossa alma gêmea.Dos demônios.Que história é essa de alma gêmea? .Quantas vezes você viu um grande homem á noite em sua casa ou te seguindo pelas ruas? E você sempre fingiu ser apenas um vulto. . Juntos seremos a salvação. .

. . Alguns dias depois..É sobre o acampamento? . . eram duas da manhã e o seu celular tocava. Os dias passavam e Renato continuava tendo aqueles estranhos sonhos. – mentiu ele – está no posto? . Olhou novamente o anuncio e leu: .Tudo isso é fantasia da minha mente. Quero conversar sobre nós dois. E entrou. Até parar em frente de um bar. Renato.Não.Como? . Viu uma arvore gigantesca. Só sei que somos a chave de algo grandioso. Levantou-se e entrou na barraca. Quero que esqueça isso.Eu não sei todas as respostas.E como sabe disso? Marcus ficou em silêncio. Liguei porque quero marcar pra gente sair.Parei.Esquece. De repente acordou. . Era Marcus. Que tal enchermos a cara amanhã? 51 . olhou uma porta ao lado que continha uma placa: PARAPSICOLOGIA 2º ANDAR. .“Centro de Parapsicologia com tratamentos para fobias através da regressão”. Deixa nossas visões para lá.Como sabe de tudo isso Marcus? .Estou. Renato. Estava em sua cama. Renato andava pelo centro da cidade com um anuncio na mão. Preciso conversar contigo. com as folhas caídas.Como está? – perguntou Marcus – Parou de ter pesadelos? .

Estarei te esperando. vai ser legal. . Ao final da musica sentaram-se numa mesa e pediram cerveja.Que tal o quê? Você quer que eu saia agora de madrugada? . 52 . . . Que tal? .Ah. enche a cara e depois vamos para o campinho ver o pôr-do-sol.Eu vou sair do posto ás três horas.. Renato colocou a mão no bolso da jaqueta e jogou dois saquinhos de cocaína na mesa: .Teve muita ocorrência hoje? – perguntou Renato. tive outra idéia! . Esquecer aqueles pesadelos e visões que tinha desde a infância e se entregar a loucura daquele amor por Renato. . . Entrou na roda e o puxou para dançar.Presente. .Só você mesmo pra me fazer sair da cama á essas horas.Você é louco.Isso mesmo..Tenho medo de suas idéias.Até que não. Queria mudar algumas coisas em sua vida. Aquela sensação de liberdade aproximava cada vez mais os dois.Pra mim está ótimo. Diz que sim. A gente se encontra no barzinho 24 horas..Não. Marcus estava no vestiário trocando de roupas. . encontrou Renato dançando The Charming Man da Banda The Smiths com a galera. Lavou o rosto e ficou se olhando no espelho. Quando chegou ao barzinho 24 horas. literalmente. Sorriu. Sentia-se feliz.

Renato pegou o outro e se dirigiu também ao banheiro. – e sentou – Estou feliz. Renato encheu o copo de cerveja e bebeu.Somos dois. 53 . Sua inteligência. De repente estava diante de um cara que refletia como um espelho tudo aquilo que via apenas em ídolos intocáveis. Marcus percebera os olhos vermelhos de Renato: .Quer casar comigo? Renato engasgou-se com a cerveja e Marcus começou a rir.O que houve? . Ao voltar para a mesa. Nesse momento tocava Love Street dos The Doors. molhou o rosto.Some da minha vida! – ele gritou. apenas brisa.Nada. . Ele mandou o pó e ficou pensativo no canto do banheiro. se olhou no espelho levando um susto ao ver o rosto de Neshamá. . . E começou a chorar. obrigado. Levantou. Mas o que queria falar comigo? Marcus acendeu um cigarro: .Agora eu posso até tocar. Minutos depois voltou. .Às vezes tenho medo de tudo isso ser apenas um sonho. a maneira de ver o mundo.Lembra quando nos conhecemos Marcus? Eu te achava estranho pra caramba! Marcus riu: .Marcus pegou um e foi até o banheiro.Eu sempre te admirei. Ergueu a mão e tocou o rosto de Renato: .

viver o nosso mundo etc. .Foi o sereno da madrugada. – respondeu Renato – olha a única estrela que da pra ver ainda é a estrela amarela.Mãe? 54 . Três dias se passaram.Claro que estou. Principalmente agora que estava dando tudo certo com o Marcus e ele.Quero dizer que aceito casar contigo..Ela sempre nos acompanha. . Abriu a mochila e tirou um livro sobre vidas passadas. .A grama está molhada. ter nossa banda. e tal.Não sei nem o que dizer. . foram ao campinho.Casar? . Renato estava no ônibus voltando do trabalho no shopping.Não diga. faça. . – disse Marcus.Você está falando sério? . Logo que saíram do bar. Não lera ainda.Sério? Renato lhe surpreendeu com um beijo: . Chegando em casa e correu logo para a cozinha ao sentir o cheiro do café fresco: .Morar juntos. deitaram sob a grama olhando o céu já clareando com o nascer do sol. . Guardou o livro. Ficou intrigado desde que foi naquele consultório de parapsicologia.Hoje mesmo vou procurar uma casa pra gente alugar. queria esquecer. . Renato encheu novamente o copo: .

. . pai? . . Ao entrar no quarto as velas se apagaram.Vá embora enviado do mal! Assustada. demônio! – o médium gritava cada vez mais alto e tremendo todo o corpo. muito longe de mim e do meu amado. A moça se aproximou do médium e perguntou: .. – abriu a bolsa e tirou duas fotos.O que? – ela se assustou. o de cabelo castanho eu quero longe. Bia sai correndo sem entender o que estava acontecendo. 55 . . Ela foi andando lentamente admirando aquelas imagens macabras de exus.Não estava expulsando a garota. Naquele mesmo instante. Doraci – chegou na hora certa. Há um grande mal manipulando aquela garota. uma do Marcus e outra do Renato – o de cabelos preto eu quero ao meu lado.Sim.Vá embora.Oi filho – disse D. Bia havia chegado a um centro de umbanda. meu nome é Bia. Eu nunca senti tanto medo como agora. Assustado.Por que a expulsou daqui. . Estava expulsando o demônio encostado nela.Demônio? .Mas o que está acontecendo? .Olá. Aguardava no corredor quando uma moça apareceu e a chamou para o quartinho onde estava o médium. . o médium sentiu um ar frio em suas costas.Vá embora! – ordenou ele.

Não! – reclamou D.Você é o que? – apareceu Antonio. Doraci – Vamos sentar e resolver isso civilizadamente.De que jeito então? Eu chego em casa e ouço meu filho falando pra mãe que é viado! .Eu não sei como explicar.Diga. .Xiii. Ela percebeu seu nervosismo ao ver seus olhos se encherem de lágrimas. Antonio empurrou o filho contra a parede. não é mãe? .Está louco homem? Não se resolve as coisas desse jeito! .Calma pai eu posso explicar.As mães realmente conhecem seus filhos. filho. . Sentados conversavam. Renato levantou-se assustado: .Homossexual! – gritou Renato. .. . Eu sei que quando acontece isso é porque vem bomba. A mãe correu e segurou o marido: .Estou aqui. seu pai na porta da cozinha. Anda fala.Renato tomava um café junto a sua mãe na cozinha. Antonio virou as costas e foi para a rua: 56 .Eu sou homossexual. .Pegue seus trapos e saia dessa casa! . Renato riu: . Pode desabafar.. Como dizer isso? Vou tentar ser o mais direto possível. Segurou sua mão e disse: . Antonio meteu um tabefe na cara: .Há tempos não sentávamos pra tomar café juntos.

.Vou morar com o Marcus. – disse Marcus – mas não é grande demais pra gente? . .Por quê? . Renato e Marcus estavam na casa que haviam alugado.Pra que dois quartos? .Não precisa mãe.. sou sua mãe.Desculpa mãe. Agora seu pai morre do coração. . .Um é nosso. . 57 . No dia seguinte.Não tem porque pedir desculpa. Seu pai está nervoso.Quando voltar não quero mais te ver aqui.. Se acalme. Vou conversar com seu pai depois. – beijou Marcus – e o outro pra gente montar um estúdio pra nossa banda ensaiar.Ah. Os dois começaram a rir. Renato abraçou a mãe chorando: .Xi. . Passaram a manhã fazendo planos.Então está resolvido..Claro que não. Depois do almoço Renato foi para o trabalho.Então vamos convidar logo a galera. . cozinha com um banheiro no final do corredor e lá em cima dois quartos. . Eu estou saindo de casa. Sala espaçosa. pensei de a gente promover uma festinha para os nossos amigos no fim de semana pra comemorar nossa união. lembra? Só quero o seu bem.O espaço é legal. . Vamos nos casar. No fundo já esperava dizer isso.

. .Bia tinha ido atrás de Marcus na hora que ele estava indo para o corpo de bombeiros. . o fato é que eu não gosto de você e sim dele. . Ela riu: .Esse viado é seu amigo.Quer um também? 58 . Renato acendeu um cigarro: .Você nunca mais me procurou.Eu não deixarei isso acontecer. É passado Bia. Vamos voltar a ficar juntos? . . e outra. Você está convidada pra nossa festa neste sábado.Já disse. ele virou o rosto. Ao sair do shopping. se ainda não sabe. Não quero nada com você. .Estou com pressa.Eu te amo Marcus. E outra.Estou. o Renato e eu estamos namorando sério.Eu vou contar pra ele sobre a gente.Está maluco. a noite está bonita. vamos até morar juntos.Quero conversar contigo. não temos nada. . Eu não vou perder você pra um viado! .Pode contar. Não está falando sério. Ela tentou beijá-lo. Bia. .Por quê? . Renato viu que Marcus o esperava no ponto de ônibus.Pare com isso. com essa humilhação. já passou. A questão não é perder. . E partiu. não se esqueça disso.Estava te esperando. Vamos caminhando? .

. Ela sabia que eu gostava de você. nós estávamos ficando de vez em quando. Eu nem conversei com eles ainda.Caramba.Aconteceu alguma coisa Marcus? É em relação a seus pais? .É sobre a Bia.Isso não irá mudar nada entre a gente. .Que tem ela? Aconteceu alguma coisa com ela? .Não acredito no que estou ouvindo.. . . Renato parou os passos: . já estou ficando preocupado.Não era nada importante por isso não contei.Mas estava escondendo de mim.. Nada sério. .Como não? Ela é a minha melhor amiga. Eu confidenciava isso pra ela.. E ao invés de me falar a real ela me incentivava a correr atrás de você.Então fala. antes do nosso primeiro beijo.Mas o problema não é você.Quero. . .Não. É sobre outra coisa. E depois que comecei a gostar de você não tive mais nada com ela. .Só que você e eu não tínhamos nada. não é mesmo? 59 . Caminharam por alguns instantes em silêncio.Então por que está nervoso? . .Por causa dela. .Isso sim é traição.Algum tempo atrás. Eu não tenho porque me senti mal em relação a você porque não houve traição. . . . mas.Eu ia te contar antes. porque não tínhamos nada ainda. .

. mas sentiu sua frieza – o que foi? . então não queria te machucar. .Conversar com ela. Virou-se para partir quando ela disse: .Você sabe que sou menor de idade. Entender por que fez isso.Isso não é verdade.Mas não contou. Mas não vou mais conseguir vê-la como amiga.Conta outra. .Do Marcus. .Estou grávida. Só vim aqui pra dizer que não quero mais a sua amizade.Aconteceu muita coisa e gostaria que você me explicasse. .Me desculpa. Espero um filho do Marcus. lembrou da amiga? – Bia o abraçou. Já pensei até em me matar. . .Oi Renato. Marcus foi ao posto e Renato para a casa de Bia. ele gosta de mim. Imagine o que vão falar quando 60 .. . Seus olhos se encheram de lágrimas e não teve coragem de olhar para ela.Do que está falando? . Ela continuou: . Ela olhou sem graça: .É que você estava apaixonado por ele. Estou decepcionado contigo. Estou até pensando em aborto. Ele me contou sobre vocês. Não sei o que fazer.Claro que não. O coração de Renato acelerou.Então por que está comigo? Eu não quero mais tentar entender esse joguinho. Desde o inicio sabia que ele não gostava de você.O que pretende fazer? . Eu ia te contar. Ao chegarem.

não é justo ele me abandonar pra viver essa aventura! .Aventura? .A Bia me ligou. E partiu.souberem que o pai do meu filho está casado com outro homem? Onde vou enfiar a minha cara. Aconteça o que acontecer você nunca o terá de verdade. Lembre-se disso.. . grávida e abandonada. Só quero dizer que o fato dela está grávida não muda os nossos planos. como uma estátua.Estava. . .. Renato! Não diga pra mim que acredita nessa empolgação do Marcus? Isso é apenas uma fase que ele quer viver e experimentar.Por favor. .Chega Bia! Eu só quero dizer uma coisa. trocada por um. .Ah.Mas pensou.Renato. .Preocupado? . – Marcus apareceu. Uma forte chuva começou. . Vendo seu futuro desmoronando.Viado.. Mas se coloca no meu lugar! Eu amo o Marcus e estou grávida dele. É que fiquei preocupado contigo. Ele virou-se e um forte trovão soou no céu. . Contou o que aconteceu. Olhava para ela refletidamente.. Renato estava em frente à casa nova. – completou Renato. Menti pra você. Ele estava imóvel. Quando cair na real. 61 .Não estava no posto? . eu sei que errei. Renato.Não era isso que iria dizer.

tem que está ao lado dela. não pode enfrentar essa barra sozinha. Renato.Lógico que muda! – gritou Renato chorando – Muda tudo! Você vai ser pai! Não pense que isso seja algo simples. Mas ter um filho com ela não muda o que eu sinto por você. Marcus abraçou-o chorando: . Renato e seu amigo João arrumavam a casa para a festa de sábado.Você é um bobo! A pessoa mais boba do mundo.Vai sim.Sei disso. Pelo menos até a criança nascer. Se você e o Marcus não estão mais juntos pra que a festa? . .Mas eu quero! Ter um filho com ela significa que sempre estará no meio do nosso relacionamento.Não entendi Renato. .Eu te amo seu bobo. Está livre pra assumir essa responsabilidade.. ela é menor de idade.Eu também te amo muito. Como pode abrir mão do nosso amor por alguém que te traiu? Como? . E outra. pelo menos até a criança nascer. No dia seguinte. . Fique ao lado dela. Eu não vou ficar com ela por causa disso. a vida continua! 62 .Pra comemorar minha independência! Não vou ficar me lamentando. . E se beijaram. . Depois vamos ver o que acontece. Está tudo terminado entre a gente.Pare de ser bobo! Eu não quero terminar nada! . Renato o olhou sério e continuou: .Não estou abrindo mão.

– disse ela. Suellen e João caminhavam de mãos dadas quando encontraram Bia. . enquanto Renato ia ficar por lá mesmo: .Estão chateados comigo.Quem é Ninnah? Sentiu um aperto no coração. . Aliás. E foram embora. .Vamos? – chamou João. vai ter até uma festa amanhã na sua casa nova. a turma se despediu. . não é mesmo? . – respondeu Suellen sem entusiasmo.Amanhã.Chegou à hora de Ninnah aparecer. Mas está dormindo lá hoje.Prefiro não comentar nada Bia. . .Oi. Acordou assustado: .Logo chegou a turma para ajudar. .Oficialmente eu mudo pra cá amanhã. Passaram o dia na arrumação da casa.Eu trouxe algumas bebidas – disse Suellen – todas alcoólicas! Todos riram. Mas estou tão cansado que vou dormir por aqui mesmo. Marcus cochilava sobre a mesa do posto. .Está bem. Já cansada. quando uma voz sussurrou ao seu ouvido: .Ele já mudou? . 63 .E o Renato com está? Soube que ele e o Marcus não vão mais morar juntos.Olá pessoal.

.Fuja! – uma voz sussurrou no ouvido de Renato.Eu não estou legal Bia. Ela entrou. E partiu. . eram onze horas da noite. Ficou olhando seu reflexo no espelho até que Bia apareceu.Por que não? Ele não percebera que ela estava com um ferro de passar roupas escondido nas costas. .Preciso ir ao banheiro. . Quando virou a esquina pôde ouvir a explosão. Sabia que a voz era de Neshamá. – e retirou-se. Encostou a porta e no chão acendeu uma vela. Abriu o registro do gás e todas as bocas do fogão. Olhou o relógio. Volta outro dia. Não podia acreditar no que estava vendo. Antes que pudesse reagir ela lhe deu uma pancada na cabeça.Quero te pedir desculpas e agradecer pelo o que fez por mim. 64 . Bia foi puxando seu corpo pela escada e o colocou na cama.Eu não posso Renato.O que foi Renato? Está bem? .Posso entrar? – pediu ela – preciso conversar contigo. Abriu a porta e deu de cara com Bia. . Ele olhou assustado para os lados. viu uma criatura horrenda atrás de Bia.O que faz aqui? . . . Abriu a torneira e lavou o rosto. Renato foi ao chão. Ele meio sem graça a convidou para sentar. Virou-se assustado e apenas ela estava lá lhe olhando da porta do banheiro. Desceu as escadas e foi até a cozinha.Renato estava subindo para o quarto quando alguém apertou a campainha.

.Parei o tempo por alguns segundos. 65 . . por favor? De repente deixou o gancho cair: .E o que faz aqui então? . . As chamas haviam tomado conta da casa. não lutei tanto pra deixar aquele rapazinho salvar a reencarnação de Eva. Essa façanha dará tempo para o espírito de Renato cumprir sua missão enquanto seu corpo físico o aguarda são e salvo. . Tentou subir as escadas em chamas quando um pedaço de madeira atingiu sua cabeça e ele caiu desmaiado.Como sempre desleal Lúcifer.Corpo de bombeiros. Ao chegar ao local. No quarto. Gabriel ergueu a mão e o tempo parou. .Justiça. não é mesmo? .Sabe que não é certo interferir no mundo dos humanos.É casa do Renato! Rapidamente a rua estava tomada pelo o corpo de bombeiros. .Você sabe que no mundo espiritual será mais difícil pra ele. Isso significa uma eternidade no mundo espiritual.O que está fazendo? – reclamou Lúcifer.Renato! – gritava ele. .Querido irmão.O telefone tocou e Marcus atendeu: . pois não? Incêndio? Pode informar o endereço. a cama de Renato estava cercada pelas chamas quando de repente o Anjo Gabriel aparece e do outro lado Lúcifer. Marcus não se conteve e desesperado entrou na casa em chamas.

Veremos. A chuva forte estava enchendo a cova de água. . acordou engasgada. Gabriel.Socorro! – ela insistia quando alguém apareceu lhe estendendo a mão – Quem é você? . Várias mãos podres começaram a sair da terra tentando lhe agarrar. mas a terra molhada não deixava. Fim da Primeira Fase 66 . Eu vou vencer. .. Levantou ao perceber que estava numa cova. Estranhamente ela estava vestida de noiva. . . E desapareceram. Quando a água cobriu seu rosto. . Ali jogada numa cova.Eu sou a sua resposta. De repente ouviu um barulho estranho e a terra ao seu redor começou a se mover. Escorregava a cada tentativa.Deus! – respirou assustada. a garota que procuravam estava desmaiada.Desista dessa batalha.Mas lá terá minha proteção. Pulou tentando alcançar a saída. – disse o jovem sendo iluminado por um raio mostrando seus olhos verdes. Mundo Espiritual Ainda chovia muito forte.Socorro! – ela gritou.

Para todos aqueles que acreditam numa Luz Maior. Portão 193 Ninnah. Messiah e a Morte 67 .