You are on page 1of 17

Leia estas instruções

:
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 Este Caderno contém cinqüenta questões de múltipla escolha, assim distribuídas: Língua Portuguesa → 01 a 15 e Conhecimentos Específicos → 16 a 50. Se o Caderno contiver alguma imperfeição gráfica que impeça a leitura, comunique isso imediatamente ao Fiscal. Cada questão apresenta apenas uma resposta correta. Os rascunhos e as marcações feitas neste Caderno não serão considerados para efeito de avaliação. Interpretar as questões faz parte da avaliação; portanto, não adianta pedir esclarecimentos aos Fiscais. Utilize qualquer espaço em branco deste Caderno para rascunhos e não destaque nenhuma folha. Você dispõe de, no máximo, quatro horas para responder às questões de múltipla escolha e preencher a Folha de Respostas. Use exclusivamente caneta esferográfica, confeccionada em material transparente, de tinta preta ou azul. O preenchimento da Folha de Respostas é de sua inteira responsabilidade. Retirando-se antes de decorrerem duas horas do início da prova, devolva, também, este Caderno; caso contrário, poderá levá -lo. Antes de retirar-se definitivamente da sala, devolva ao Fiscal a Folha de Respostas.

Assinatura do Candidato : __________________________________________________________

.

Um cachorro sabe que é.. diz o biólogo Marc Bekoff. É bem mais difícil. Fato. pena. 39 Você pode até voltar entendendo algumas palavras do cambojano. [. O incrível é que. ´O que aconteceu comigo?´. Você não teria nojo de você mesmo se acordasse como uma – só iria pensar em comer uma lata de chocolate em pó na cozinha. E saíram da prancheta do mesmo projetista. Ele cresceu exposto ao nosso vocabulário e domina 40 0 palavras. A noção geral dos cientistas hoje é bem mais complexa: a diferença entre as nossas f aculdades mentais e as dos gatos. É tudo uma alegoria sobre a solidão. Que o diga Kanzi. Para o homem que descobriu a identidade do projetista de homens e animais (a seleção natural).Língua Portuguesa As questões de 1 a 8 têm como referência o texto abaixo. Dividia tolamente a vida e ntre "humanos" e "animais" – como se uma baleia tivesse mais a ver com uma ameba do que com você. Mas dá para chegar mais perto do que você imagina. 18 Claro que as pesquisas têm limitações: não existe uma máquina capaz de entrar na cabeça de um gorila. agitavam -se desesperadamente diante de seus olhos. 33 IFRN – Concurso Público 2011 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] 1 . como "banana" e "pular ". Mas um golfinho sabe que é um golfinho. a mente parecia seguir uma certa continuidade ao longo da evolução das 21 espécies. E Da rwin estava certo. do Franz Kafka: Gregor Samsa acorda transformado numa barata.. só que em níveis distintos. até há pouco tempo.. a timidez. Como não pode falar. pensou. 3 6 9 12 15 O próprio Charles Darwin é um precursor da noção moderna de como a ciência vê os animais. enquanto Gregor Samsa acordava de sonhos inquietantes.] LINGUAGEM O Homo sapiens é o único animal capaz de dominar sintaxe. "As evidências de hoje indicam que muitos animais sentem alegria. Mas alguns bichos podem compreender a nossa linguagem quase como se fossem uma pessoa – embora não consigam reproduzi-la com a desenvoltura de um papagaio. se acontecesse essa desgraça com você na vida r eal. Kanzi pode até conjugar verbos – inclusive no passado e no gerúndio." Sim: este é o começo de A Metamorfose.". Estudos mostram o que passa pela cabeça dos animais 01 a 15 por Eduardo Szklarz e Alexandre Versignassi "Numa manhã. miseravelmente finas em comparação com o resto do corpo. Uma barata não sabe que é uma barata. As várias pernas. chimpanzés e periquitos seria de grau. de um cachorro ou de uma galinha e mostrar o que é ver o mundo com os 27 olhos de um gorila. É burra como um glóbulo branco. gente. da 24 Universidade do Colorado. É mais ou menos como você tentando se virar numa viagem para o Camboja. E olha que cambojanos e brasileiros são todos animais da mesma espécie. mas ambos são carros. formar frases complexas e 30 registrar o que pensa. Eles 36 representam de substantivos e verbos simples. tristeza. Um elefante sabe que é um elefante. Ponto para Kanzi. a conceitos complexos. Kanzi forma frases apontando para um glossário com símbolos. descobriu que tinha se transformado num inseto monstruoso. Mas. m as dificilmente vai ter aprendido a conjugar algum verbo... não de tipo. como "antes" e "depois". então. Os bichos mais abaixo na escala evolutiva também teriam inteligência e sentimentos. um bonobo (parente do chimpanzé) criado pela pesquis adora americana Sue Savage-Rumbaugh. não precisaria se preocupar: uma barata é só uma máquina programada para encontrar comida e fugir de chineladas. a ciência não aceitava isso... de um cachorro ou de uma galinha.. É como comparar um Porsche com um Fusca: há uma clara diferença de nível entre eles.

uma border collie. EUA. predomina um tom A) informal. 03.. conseguem compreender parte da linguagem humana. principalmente. 02. alguns animais A) são capazes de compreender parcialmente a linguagem humana.. por 45 exemplo. Agora ele prefere lhe ensinar rudimentos de gramática.br/ciencia/estudos -mostram-passa-pela-cabeca-animais-623040. E Chaser pode até aprender 57 versos de Shakespeare. Seu dono. 2011. [. C) Marc Bekoff D) a ciência. Mas a ideia de que eles praticamente não se comunicam entre si morreu faz tempo. principalmente pela escolha dos substantivos vacas. Ponto para os golfinhos. gatos e cachorros. C) utilizam rudimentos de gramática para aprenderem o vocabulário de uma língua. pela escolha do pronome “nós” para referir -se ao homem e aos animais. marcado.com. De acordo com o texto.Golfinhos aprendem linguagens artificiais. palavras representadas por sons de computador formavam 2 mil frases. Sabiam que o pedido "PRANCHA PESSOA ÁGUA" era para que levassem uma prancha a uma pessoa que estava na água. mas será inútil tentar esbanjar seu intelecto com outros cães. como demonstrou o psicólogo Louis Herman. principalmente. marcado.shtml>. pelo escolha do pronome “você” para dirigir -se ao leitor. A cadela aprendeu o nome de mais de mil objetos – a maioria brinquedos. Quando os golfinhos ouviam "ESQUERDO BOLA BATER". B) formal. um psicólogo. principalmente. Então estamos de acordo: certos animais. D) são treinados para desenvolver em a linguagem humana. entendiam que era para bater na bola do lado esquerdo. 42 51 Mas talvez nem eles sejam páreo para Chaser. marcado. mas tudo bem. marcado. Já "PESSOA PRANCHA ÁGUA" 48 era para levar a pessoa à prancha na água. já nem conta mais quantas palavras ela sabe.abril. Numa delas. pela escolha de pronomes de segunda pessoa do plural . [Adaptado] 01. Mas o que isso importa para os outros animais de sua espécie? Kanzi não vai usar seu glossário com bonobos que vivem na floresta. Não existe diferença entre fazer isso e aprender um idioma. Acesso em: 02 jul. De acordo com o autor do texto. C) informal. da Universidade do Havaí. B) utilizam conceitos complexos para se comunicarem com outros de sua espécie. D) formal. “o projetista de homens e animais” é A) Charles Darwin. B) a seleção natural. 2 IFRN – Concurso Público 2010 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] . quando treinados. No texto. E também compreendiam a ordem das palavras.] 54 Disponível em: <http://super.

D) pelo paralelismo. Na linha 14. Um cachorro sabe que é. D) Em I. em II. C) demarcar a citação de um discurso direto. marcada pela repetição explícita da mesma conjunção. sabe que é.”. D) uma entonação explicativa para destacar a fala do autor do texto. 08. é sujeito. complemento nominal. As aspas utilizadas nas linhas 22 e 23 têm a função de A) enfatizar uma informação do autor do texto. o uso dos dois pontos introduz A) uma explicação para o enunciado anterior. marcado pela repetição da expressão “sabe que é”. marcada pela repetição dos mesmos itens lexicais. B) símbolos.. B) destacar a citação de um discurso indireto. B) pelo circunlóquio. Um elefante sabe que é um elefante.. é correto afirmar: A) Em I. em II. é objeto direto. Leia os períodos abaixo: I – Sabiam que o pedido “PRANCHA PESSOA ÁGUA” era para que levassem uma prancha a uma pessoa que estava na água. adjunto adverbial. objeto indireto. marcado pela repetição da estrutura “um. IFRN – Concurso Público 2011 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] 3 .. gente. II – Já "PESSOA PRANCHA ÁGUA" era para levar a pessoa à prancha na água. 06. Em relação à função sintática da palavra prancha em cada um dos períodos. C) animais. em II. O referente do pronome “Eles” (linha 35) é A) bonobo e pesquisadora americana. em II. B) uma citação de autoridade para reforçar a tese defendida. é sujeito.04. é objeto direto. 05. D) brasileiros e cambojanos. adjunto adnominal. D) reforçar uma informação para o leitor.. C) uma enumeração de fatos relevantes para o enunciado anterior. C) Em I. C) pela perífrase. No enunciado “Mas um golfinho sabe que é um golfinho. B) Em I. a coesão é assegurada A) pela conexão. 07.

São esses livros. O brasileiro não lê porque não tem o hábito de ler. e os adolescentes. Pode -se também pedir livros emprestados a amigos ou comprá-los por muito pouco num sebo. Pesquisas revelam que têm alcançado êxito com os pequenos. Ainda assim. esse argumento só é válido em parte. consideram a leitura um dever maçante. no Brasil.As questões de 9 a 15 têm como referência o texto abaixo. Não é preciso comprar um livro para lê -lo.. já aprovados em outros países e frequentadores constantes da lista dos mais vendidos. Atinge. empurrando a produção literária nacional para um canto escondido. o esporte e a agitação da vida moderna jogaram a leitura para o último plano na opção de lazer. o interesse decresce. ou simplesmente curiosos em busca de um programa diferente. que convida as pessoas para as praias e as atividades ao ar livre. que também leem pouco. Como os best-sellers e os livros de autoajuda. três quartos de século. A eles. Se.> Acesso em 02 jul. não gosta de ler. Ora. As escolas vêm se esforçando para despertar o gosto da leitura nas crianças e formar futuros leitores. Os lançamentos chegam às livrarias como um tsunami literário. a televisão. houvesse o estímulo da família. sua repercussão não extrapola muito o pequeno círculo dos profissionais do livro. paralelamente à escola. e. há uma relação direta entre A) o hábito de ler e as bibliotecas públicas. Ele está disponível em bibliotecas públicas. que têm lugar garantido na mídia. não podem dar o exemplo. pelos de literatura.com/ensaios/ensaio. feiras e encontros vêm contribuindo para divulgar livros e autores. deixando os livreiros às voltas com o sério problema de expô -los. são uma aposta certa.asp?co digo=343&titulo=Consideracoes_sobre_a_leitura . estrangeiros na sua maioria.digestivocultural. Festas literárias. em particular. [Adaptado] 3 6 9 12 15 18 21 24 27 30 09. D) o gosto pela leitura e as opções de lazer. Se os leitores são poucos. podem -se juntar os escritos por celebridades. Eles gosta m de ler e leem um número razoável de livros. que se compram para presentear amigos. Isso sem falar no apelo irresistível do sol. no calor de nosso país tropical. [. B) o gosto pela leitura e a adolescência. uns poucos aficionados de um ou out ro escritor consagrado. sobretudo. Aos 12 anos.] Disponível em: <http://www. o cinema. Considerações sobre a leitura Miriam Mambrini Por que o brasileiro lê tão pouc o? A primeira resposta costuma ser: porque o livro é caro. o exemplo da família. o com putador.. mas não se tornam leitores por toda a vida. De acordo com o texto. encontraríamos um número significativo de leitores em nosso país. Se recuássemos no tempo um século. 2011. os livros são muitos. na sua grande maioria. Ficamos restritos a um número muito pequeno de pessoas que se intere ssam verdadeiramente pelos livros e. quando muito. Hoje. quando leem. onde ninguém precisa pagar. Mas os adultos. acabam por inundar as bancadas mais visíveis. C) o hábito de ler e o gosto pela leitura. 4 IFRN – Concurso Público 2010 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] . talvez o quadro fosse outro e o esforço inicial não se perdesse.

D) pronome. 13. B) advérbio. a construção correta seria: A) Festas literárias. D) futuros leitores. D) o número de leitores de obras literárias é reduzido. conclui-se que A) os livros escritos por celebridades são aprovados em outros países. Festas literárias. em que sua repercussão não extrapola o pequeno círculo dos profissionais do livro. 12. Sua repercussão não extrapola o pequeno círculo dos profissionais do livro. contribu em para divulgar livros e autores .”. C) comparação. adaptados do texto. feiras e encontros. Se eles formassem um único período. Da leitura do texto. A expressão “às voltas com” (linha 25) tem valor de A) preposição. o conector destacado estabelece relação semântica de A) causa. 14. contribu em para divulgar livros e autores. C) os livros de literatura instigam o interesse verdadeiro pela leitura. C) conjunção. D) os baixos preços cobrados nos sebos estimulam o gosto pela leitura. acabam por inundar as bancadas mais visíveis. feiras e encontros. feiras e encontros contribu em para divulgar livros e autores. D) conclusão. 11. Leia os dois períodos abaixo. B) conformidade. B) as festas literárias são organizadas para os profissionais do livro. No período “Como os best-sellers e os livros de autoajuda. nas quais sua repercussão não extrapola o pequeno círculo dos profissionais do livro. empurrando a produção literária nacional para um canto escondido. B) o estímulo da família dá continuidade ao trabalho das escolas. cuja repercussão não extrapola o pequeno círculo dos profissionais do livro. B) pesquisas. C) o trabalho realizado pelas escolas apresenta resultados positivos. IFRN – Concurso Público 2011 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] 5 . contribuem para divulgar livros e autores . contribu em para divulgar livros e autores. C) as crianças. 15. O sujeito de “têm alcançado” (linha 16) é A) as escolas.10. C) Festas literárias. são uma aposta certa. estrangeiros na sua maioria. onde a repercussão não extrapola o pequeno círculo dos profissionais do livro. feiras e encontros. Quanto às iniciativas que buscam contribuir para o aumento de leitores entre os brasileiros. D) Festas literárias. utilizando-se um pronome relativo. B) Festas literárias. feiras e encontros. é correto afirmar que A) a produção literária nacional é uma opção de presente para os amigos.

sem exceção. Dois professores discutem sobre o conteúdo dessa em relação à Educação Especial. definido nesse decreto. de 9 de maio de 2006. D) II e III são corretas. 17. essa lei estabelece que. D) o ensino de musica deve ser um conteúdo optativo do ensino de arte em todos os níveis. eles devem concluir o programa de estudo no mesmo tempo que os outros alunos. 18. II e IV. No caso dos superdotados.Conhecimentos Específicos As questões 16 e 17 referem-se à Lei nº 9. afirma -se que deve conter: I II III IV O Projeto Pedagógico da Instituição A organização didático-pedagógica da Instituição O Perfil do corpo técnico-administrativo O Demonstrativo de capacidade e sustentabilidade financeira De acordo com esse decreto. B) I. 19 e 20 referem-se ao Decreto nº 5. Na discussão um dos professores afirma: I II III Os sistemas de ensino devem assegurar professores com especialização adequada em nível médio ou superior para atendimento especializado dos alunos portadores de necessidades especiais. as contribuições das culturas ocidental. 16 a 50 16. Em relação aos componentes curriculares da Educação Básica. que dispõe sobre o exercício das funções de regulação. Os sistemas de ensino devem criar sempre classe s específicas na Educação Profissional para os educandos portadores de necessidades especiais. B) II é correta. C) apenas II e III. os component es A) apenas III e IV. Das afirmações. A) a educação física constitui um componente curricular obri gatório nos diversos níveis. nos currículos dos ensinos fundamental e médio. apenas A) I e III são corretas.394 de 20 de dezembro de 1996. C) o ensino de História do Brasil deve levar em conta. B) o ensino de arte constitui um componente curricular obrigatório nos diversos níveis. no PDI. especialmente.773. III e IV. Sobre o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI). supervisão e avaliação de instituições de educação superior e cursos superiores de graduação e sequenciais no sistema federal de ensino. africana e oriental. devem estar presentes. sem exceção. D) I. As questões 18. 6 IFRN – Concurso Público 2010 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] . C) I é correta.

será desenvolvida A) apenas na forma subsequente. ainda que registrados. de 20 de dezembro de 1996. Sobre o conteúdo do decreto. B) à Secretaria de Educação Superior exercer a supervisão dos cursos tecnológicos e dos cursos sequenciais. 21. C) na forma articulada e na forma subsequente. facultativamente.19. A preparação geral para o trabalho e. B) II e III são corretas. a habilitação profissional poderão se desenvolver nos próprios estabelecimentos de ensino médio ou em cooperação com instituições especializadas em educação profissional. que altera dispositivos da Lei nº 9. As instituições federais de educação profissional e tecnológica só são autorizadas a oferecer cursos regulares. D) à Secretaria de Educação Profissiona l e Tecnológica instruir e decidir os processos de autorização de cursos superiores de tecnologia. De acordo com esse decreto.394. 22. A educação profissional técnica de nível médio. para redimensi onar. Em relação a essa lei. C) Os estudantes que se transferem para outra instituição de educação superior não têm assegurado o aproveitamento dos estudos real izados.741. 20. C) ao INEP encomendar os instrumentos de avaliação conforme as diretrizes do SINAES. de 16 de julho de 2008. IFRN – Concurso Público 2011 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] 7 . As questões 21 e 22 referem-se à Lei nº 11. segundo essa Lei. compete A) à Secretaria de Educação a Distância avaliar as diretrizes curriculares propostas por c ada curso a distância. B) apenas na forma concomitante. B) O curso ou campus fora da sede integrará o conjunto da universidade e gozará de prerrogativa de autonomia. afirma-se: I II III IV Os diplomas de curso de educação profissional t écnica de nível médio. da educação de jovens e adultos e da educação profissional e tecnológica. é correto afirmar: A) A oferta de educação a distância está sujeita a credenciamento específico. D) na forma integrada e na forma regular. possibilitando a construção de diferentes itinerá rios formativos. D) III e IV são corretas. não habilitam ao prosseguimento de estudos na educação superior. Os cursos de educação profissional e tecnológica podem se organizar por eixos tecnológicos. Das afirmativas apenas A) I e II são corretas. nos termos de regulamentação própria. C) II e IV são corretas. D) A avaliação como referencial básico para reconhecimento de instituições não resultará na atribuição de conceitos. institucionalizar e integrar as ações da educação profissional técnica de nível médio.

C) apenas a afirmação III. em relação à estrutura organizacional dos Institutos Federais (IF). e de ciências aplicadas. como órgãos superiores. 25. Em relação à essa Lei. estimulando o desenvolvimento do espírito crítico. Ciência e Tecnologia é a de constituir-se em centros de excelência na oferta do ensino de ciência. Ciência e Tecnologia é desenvolver a educação profissional e tecnológica como processo educativo e investigativo de geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e peculiaridades regionais. referem-se à Lei nº 11. C) Os órgãos de administração têm caráter normativo e são compostos pelos representantes dos docentes. B) apenas as afirmações II e III. Ciência e Tecnologia. em particular. I II III IV São conteúdos dessa lei: A) apenas a afirmação III. voltado à investigação empírica. é correto afirmar: A) Os campi são dirigidos por Diretores Gerais. dos estudantes e dos servidores técnico -administrativos. ciência e tecnologia. básica e profissional . visando à formação dos pr óprios formadores desse tipo de instituição. 24. estudantes e servidores técnico-administrativos. afirma -se: Uma das finalidades dos Institutos Federais de Educação. de 29 de dezembro de 2008. 26. 24.As questões de números 23. B) As presidências dos órgãos de administração ser ão exercidas por professores indicados pelo Reitor da instituição. D) apenas as afirmações I e II. D) A administração terá. 25 e 26. B) cursos superiores de licenciatura. Segundo essa lei. eleitos pelos docentes. C) cursos superiores de engenharia. C) apenas as afirmações IV. Os Institutos Federais são especializados especificamente na oferta de educação profissional e tecnológica na modalidade de ensino técnico. De acordo com essa lei. que cria os Institutos Federais de Educação. B) apenas as afirmações II e III. Uma finalidade dos Institutos Federais de Educação. em geral. visando à formação de mestres e doutores que contribuem para promover sólidas bases em educação. São conteúdos da referida lei A) apenas as afirmações I e III. sem distinção ou prioridade de áreas de conhecimento. A) cursos superiores de bacharelado. 23. Ciência e Tecnologia é ofertar o Ensino Médio regular como forma de expansão da educação básica. Ciência e Tecnologia é estimular e priorizar pesquisas científicas em relação aos programas de melhoria da educação básica. Em relação às finalidades dos Institutos Federais. Uma finalidade dos Institutos Federais de Educação. 8 IFRN – Concurso Público 2010 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] . Uma finalidade dos Institutos Federais de Educação. os Institutos Federais poderão ministrar. visando à formação de professores para a educação básica. D) cursos de pós-graduação lato sensu. o Colégio de Dirigentes e o Conselho Superior. Os Institutos Federais são equiparados às universidades federais.892. D) apenas a afirmação II. visando à formação de profissionais para os diferentes setores da economia e áreas de conhecimentos. no nível de educação superior. afirma-se: I II III Os Institutos Federais são instituições de educação superior.

A base teórica que explica esse tipo de aprendizagem fundamenta-se A) na metacognição. B) apenas III é um problema de pesquisa científica. C) no condutismo. C) II e IV são corretas. B) no processamento da informação.html>. do ponto de vista da pesquisa educacional. 28. I II III Como seria a educação no Brasil se o país tivesse sido colonizado pelos holandeses e não pelos portugueses? De que forma a economia do Brasil reagiria caso as escolas fossem extintas? O aumento dos anos de escolaridade causa evasão nas escolas? Após a análise. O título de doutor é uma condição necessária para coordenar projetos de extensão num Instituto Federal. Disponível em:<http://jestudante. discute o que é um problema de pesquisa. reproduzidas no quadro abaixo.27. Os projetos de extensão possibilitam novos conhecimentos sobre a realidade educacional e social. A extensão é uma atividade importante num Instituto Federal de Educação e pode ser desenvolvida por meio de projetos. uma pesquisa educacional com o objetivo de promover o desenvolvimento profissional dos professores. C) I e III são problemas de pesquisa científica. leia as afirmativas a seguir: I II III IV Os projetos de extensão resultam da aplicação de conhecimentos obtidos a partir da pesquisa cientifica. juntamente com professores. 2011.blogpot. Sobre projetos de extensão. os professores concluíram que. nessa área de conhecimento. 29. D) II e I são problemas de pesquisa científica. e apresenta três perguntas. Nesse sentido. Das afirmações. D) na resolução de problemas.com/2011/06/charges -da-educacaobrasileira. A) I e III são corretas. A tirinha abaixo mostra uma situação de aprendiza gem no contexto escolar.Acesso em 2 ago. B) apenas I é correta. O rigor metodológico é necessário para o desenvolvimento de um projeto de extensão. Um técnico em assuntos educacionais vai realizar. D) apenas III é correta. para que eles analisem. IFRN – Concurso Público 2011 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] 9 . A) apenas II é um problema de pesquisa científica.

constituída por relações entre os sujeitos envolvidos na prática escolar e na troca de ideias e de valores. B) apenas II é correta. A) apenas IV é correta. Assim. uma vez que as diferenças enriquecem os processos de aprendizagem. numa perspectiva atual (pós-crítica). C) o currículo tem uma dimensão oculta. Dessa forma. D) o currículo tem uma dimensão oculta. Os recursos tecnológicos. Esse docente pode ser caracterizado como A) profissional. definida pelos conteúdos e métodos de ensino fixados para a prática escolar. oferecem alternativas diferenciadas para o ensino e a aprendizagem. 33. Nesse sentido. C) artesão D) técnico. Existem diferentes concepções sobre o currículo escolar como ferramenta que orienta e organiza os processos educativos na escola. B) crítico. 31. A) atende às diferenças das capacidades intelectuais. B) prioriza as necessidades singulares de determinados alunos em relação ao grupo. Os softwares educativos voltados para a transmissão do conhecimento devem ser privilegiados na aprendizagem construtivista. B) o currículo não deve explicitar as intenções educativas ou objetivos uma vez que existem diversas formas de se chegar ao conhecimento. não predeterminada. Das afirmações. como as Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação. como princípio comprometido com a equidade. C) reconhece as diferenças dos indivíduos. Em relação a essas tecnologias. não predeterminada. utilizados na escola. afirma-se: I II III IV A utilização dos computadores na escola garante mudanças nas formas de ensinar e aprender. fundamenta-se no conhecimento científico e apóia-se em regras bem definidas. A atividade docente e os processos de formação têm percorrido diferentes estágios de desenvolvimento. O currículo escolar. como o facebook é inadequado à construção de novos conhecimentos escolares. O uso das redes sociais. 32. D) II e IV são corretas. C) II e I são corretas.30. ou seja. deve dar atenção à diversidade e às relações multiculturais. mantendo interesses e motivações iguais para todos. D) elogia as desigualdades. O computador pode ser um excelente instrumento de aprendizagem para os alunos portadores de deficiências sensoriais e motoras. com o direito de todos a aprender. 10 IFRN – Concurso Público 2010 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] . é correto afirmar que A) o currículo não deve prescrever os conteúdos de formação uma vez que essa ação compete aos professores da escola. há professores cuja prática está baseada numa rac ionalidade. orientadoras do processo ensino-aprendizagem. uma vez que elas são o “motor da aprendizagem”.

mas suas finalidades inscrevem-se no estudo disciplinar. 37. B) deve ser definido pelos professores e. O Projeto Político Pedagógico A) deve estar fundamentado numa perspectiva de aprendizagem. D) pluridisciplinaridade. posteriormente. na sociedade digital. adquire maior autono mia. discutido com a comunidade. Pela sua abordagem. É uma abordagem teórico-metodológica com ênfase no trabalho de integração das diferentes áreas de conhecimento. C) O professor. D) deve ser construído sob a perspectiva da racionalidade técnica. Para as teorias que consideram o aluno como agente ativo na construção do conhecimento. expressada na construção de seu Projeto Político Pedagógico. por meio da ação didático-pedagógica. é correto afirmar: A) As tecnologias digitais permitem aos conhecimento que pretendem ensinar. D) coordenar e problematizar os momentos de diálogo em que os alunos organizam e tentam justificar suas ideias. professores trabalhar nas fronteiras do B) As novas tecnologias na sociedade digital reduzem o papel do professor na educação. um dos papéis do professor como mediador na aprendizagem é A) gerenciar a cooperação entre os estudantes p ara facilitar a resolução de exercícios padrão. A forma de organização dos conteúdos a que se refere o texto denomina-se A) multidisciplinaridade. o que possibilita um trabalho criativo individualizado. evitando o surgimento de conflitos de interesses. no contexto escolar. Sobre as novas tecnologias educacionais e seu impacto nas escolas. Pressupõe a transferência de métodos de uma disciplina para outra. C) organizar e desenvolver atividades de leitura e discussão para a substituição do senso comum pelos conhecimentos científicos. estadual e /ou municipal. As Novas Tecnologias da Informação e as Comunicações como tecnologias educacionais vêm reconfigurando a identidade das instituições escolares. D) O uso das novas tecnologias exige da escola a formação da crítica. como capacidade de oposição às ideias anteriores. O texto a seguir refere-se a uma forma de organização dos conteúdos como estratégia para diminuir a fragmentação dessa categoria da didática. O papel do professor como mediador na aprendizagem dos estudantes tem sido discutido a partir de diferentes teorias da psicologia. mediada pela pedagogia de projetos temáticos. C) deve estar articulado com os Planos de Educação nacional. B) interdisciplinaridade. evitando o pluralismo de idéias pedagógicas. Ultrapassa -se. B) simplificar os conteúdos no processo de transposição didática para torná -los mais acessíveis aos alunos. ocorre a transversalidade do conhecimento constitutivo de dife rentes disciplinas. C) transdisciplinaridade. Nesse sentido. A autonomia da escola baseia-se na busca de uma identidade. IFRN – Concurso Público 2011 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] 11 . 35.34. 36.

pois.38. no livro Formação de professores: identidade e saberes da docência (2002). 40. O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) classifica -se como uma avaliação A) sistêmica. B) formação inicial e continuada de trabalhadores / Educação Profissional Técnica de nível básico / Educação Profissional Tecnológica. certificatória e continuada. a partir da significação social da profissão. 41. é correto af irmar: A) O trabalho do Coordenador Pedagógico é de natureza prática. da revisão das tradições. de graduação e pós -graduação. comenta: Uma identidade profissional se constrói. C) formação inicial e continuada de trabalhadores / Educação Profissional Técnica de nível médio / Educação Profissional Tecnológica. afirma -se: I II III O domínio do conteúdo disciplinar é o saber mais relevante que caracteriza a profissionalização da docência. Das afirmações. certificatória e classificatória. de 3 de fevereiro de 2005. formativa e periódica. O saber docente se constrói e toma sentido no contexto da formação inicial. C) I e III são corretas. Como parte dessa identidade. de graduação e pós -graduação. Em relação aos saberes docentes e à profissionalização da docência. os saberes docentes caracterizam um dado estágio da profissionalização dos professores. C) formativa. 12 IFRN – Concurso Público 2010 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] . B) III é correta. a nomenclatura dos cursos e programas de Educação Profissional passa a ser A) formação continuada de trabalhadores / Educação Profissional Técnica / Educação Profissional Tecnológica. Selma Garrido Pimenta. D) II e III são corretas. 39. Sobre esse profissional e seu trabalho na escola. C) O Coordenador Pedagógico é um interlocutor da formação docente na medida em que proporciona a reflexão sobre a prática docente. classificatória e somatória. D) formação inicial de trabalhadores / Educação Profissional Técnica de nível médio / Educação Profissional Técnica. de graduação e pós -graduação. D) formativa. A reflexão crítica da prática é uma via importante na profissionalização da docência. apenas A) I é correta. B) A procura pela melhoria da aprendizagem e das dificuldades dos alunos não é atribuição do Coordenador Pedagógico. De acordo com a Resolução CNE/CEB nº 1. que atualiza as Diretrizes Curriculares para o Ensino Médio e a Educação Profissional Técnica de nível médio. da revisão constante dos significados sociais da profissão. D) A atividade profissional do Coordenador Pedagógico exige o domínio profundo do conteúdo das disciplinas do currículo da escola. B) sistêmica. O Coordenador Pedagógico é um agente essencial para o bom desenvolvimento da escola. consequentemente não lhe é essencial o conhecimento teórico da Pedagogia. de graduação e pós -graduação.

No currículo escolar. é correto afirmar: A) É uma atividade que não promove a construção de novos conhecimentos sobre o objeto do conhecimento. devem estar relacionados sempre aos conteúdos Os mapas conceituais são estratégias de organização de conteúdos. A docente entrega acelga a um grupo. Vai sair a cor. os conteúdos são meios para a realização das finalidades educativas pelos alunos. Em seu relatório.. cenoura ao outro e beterraba ao outro.. são independentes dos conteúdos atitudinais. A seleção dos conteúdos deve preced er a definição dos objetivos no planejamento de uma Unidade Didática. 43. que.. Ana: O que acontecerá se cortarmos as verduras e as colocarmos em vidros com álcool? Aluno. Em seguida. No seu planejamento. Ana: E como tirariam a cor? Aluno: Com água. Ana começa a aula mostrando diferentes verduras e solicitando que os alunos identifiquem o nome de cada uma delas. Sobre essa categoria didática.. B) III e IV são corretas. Aluno: Apertando. Consequentemente. coincidiram com as ideias prévias”.. Os conteúdos conceituais. O texto a seguir descreve uma situação hipotética em uma aula de biologia. D) I e II são corretas. C) É uma atividade que não promove a familiarização com os trabalhos práticos na escola. IFRN – Concurso Público 2011 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] 13 . nesse caso.. D) É uma atividade fundamentada na teoria de Vygotsky sobre a Zona de Desenvolvimento Proximal.42. vou dar um quadro a cada um e vocês vão antecipar qual a cor que tirarão de cada verdura.. afirma-se: I II III IV Os conteúdos conceituais procedimentais. Ana escreve: “A antecipação escrita nos quadros permitiu-lhes relembrar as hipóteses e compará-las com as cores resultantes.. apenas A) I e III são corretas. Das afirmações. por sua natureza específica. Sobre essa situação de ensino. dá continuidade à atividade planejada: Ana: Acham que podemos tirar a cor dessas verduras? Alunos: Sim. A professora Ana é docente da 1ª série do Ensino Médio e está desenvolvendo a unidade didática “As plantas”. B) É uma atividade fundamentada na teoria de Piaget sobre conflitos cognitivos. C) II e IV são corretas. a seleção e a organização dos conteúdos e o tratamento dado a eles é de grande importância no planejamento das atividad es de ensino. Ana: Eu vou dividi-los em três grupos. l emos que uma das atividades faz referência à extração de pigmentos de diferentes vegetais. um pouquinho. sim.

44. são A) I e II. A compreensão da cultura como modo de vida. Ao solicitar ajuda de um outro colega. B) III e IV. com as representações da realidade e as visões de mundo adotadas por esse grupo. 46. O homem é um ser de relações que estando no mundo é capaz de ir além. B) apenas I é correta. conjunt o de valores e significados compartilhados por diferentes nações. C) II e IV. B) sociologia. IFRN – Concurso Público 2010 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] . Pedagogia da Autonomia – saberes necessários à prática educativa. D) apenas II é correta. A) apenas I e III são corretas. segundo a Teoria de Ausubel. tomando como referência as ideias prévias adequadas disponíveis nos alunos. Dois professores desejam planejar a Unidade Didática de um tema de determinada disciplina usando como referência essa teoria da aprendizagem. na visão de Paulo Freire. Das ideias registradas pela professora. é objeto de estudo da A) psicologia. classes ou grupos sociais. sim. segundo o mecanismo da “reconciliação integradora”. a cultura é uma categoria chave na estruturação do currículo escolar. de conhecer e de perceber a dimensão temporal da existência como ser histórico e criador de cultura. Numa questão objetiva. Paulo. 14 C) história. D) II e III. FREIRE. As recomendações corretas. 45. 2000. Rio de Janeiro: Paz na Terra. exercícios. A elaboração de um teste padrão para avaliação por meio de questões objetivas apresenta características específicas. Organizar os conceitos segundo a lógica da disciplina. recebem as recomendações abaixo: I II III IV A atividade a ser priorizada é o trabalho em grupo uma vez que a aula expositiva é incompatível com essa perspectiva teórica. D) antropologia. C) apenas II e III são corretas. Garantir o processo de construção de novos significados de forma sub stantiva e não arbitrária. além de vantagens e desvantagens em relação a outras formas de avaliação da aprendizagem. Para Paulo Freire. de projetar se. A validez da questão objetiva diz respeito à correspondência com o objetivo definido. Assim. dos mais abrangentes aos mais específicos. Uma professora registrou n o seu caderno de atividades as seguintes ideias sobre esse tipo de avaliação: I II III Numa questão objetiva. de discernir. é possível avaliar diferentes níveis de desenvolvimento de uma habilidade. Organizar a assimilação de conceitos. A Teoria de Aprendizagem Significativa de David Ausubel explica o processo de construção de novos conceitos ou representações no contexto escolar. não é possível usar situações -problema. 15 ed. e.

afirma-se: I A avaliação da aprendizagem pode ser adotada com vistas à promoção. Um técnico em assuntos educacionais deve orientar um grupo de professores para desenvolver uma pesquisa do tipo “estudo de caso”. C) 240 horas. Sobre essas formas de aval iação. A) apenas I está correta. que podem ser medidas em condições controladas. lista os seguintes itens que. B) 360 horas. devem estar no formulário : I II III IV V VI VII VIII IX Objetivos Justificativa Problematização. Para esse propósito. os itens a serem considerados no formulário são A) I. na opinião dele. num contexto criado para os fins do estudo de um objeto singular de pesquisa. A avaliação institucional interna é realizada pelo E stado com a finalidade de definir orientações e recomendar práticas pedagógicas que garantam melhor aproveitamento das aprendizagens. II. na modalidade de Especialização. exige um mínimo de carga horária de atividades efetivas de ensino de A) 180 horas. A legislação do ensino superior para os cursos de Pós -graduação Lato Sensu. da matemática e das ciências naturais. aceleração de estudos e classificação. Gerenciar projetos de extensão é uma das funções da atividade profissiona l de um Técnico em Assuntos Educacionais (TAE). organização e análise Análise dos resultados. VIII e IX. Um TAE deve preparar um formulário para orientar a elaboração de projetos dessa natureza numa instituição escolar. B) apenas I e II estão corretas. D) I. 49. Considerando a natureza de um projeto de extensão.47. D) 120 horas. IV. C) apenas II está correta. D) está baseada no estudo de variáveis de um caso. V. V e IX. avaliação da rede de Educação Básica. Contribuições ao c onhecimento científico na área de educação Estratégia para aplicar os resultados em novos contextos Avaliação dos resultados. 50. 15 IFRN – Concurso Público 2011 – Técnico Administrativo em Educação [Técnico em Assuntos Educacionais] . B) I. B) constitui uma estratégia para fornecer explicações profundas sobre um objeto de estudo singular. III. C) I. C) tem por finalidade comparar uma situação concreta co m a de outros contextos a fim de se estabelecer generalizações dos resultados. VII e IX. desenvolvida pela escola de acordo com seu projeto político pedagógico. V e IX. 48. o técnico deve esclarecer que esse tipo de pesquisa A) é realizada com a participação colab orativa de um sujeito. avaliação institucional interna e externa. As Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica indicam três dimensões básicas de avaliação: avaliação da aprendizagem. Estratégias de codificação. O Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) informa sobre os resultados da aprendizagem estruturados nos campos da língua portuguesa. II III De acordo com as definições estabelecidas nas Diretrizes Curriculares. Na orientação aos professores. D) apenas II e III estão corretas. Estado da arte do problema Pressupostos teóricos Metodologia Tratamento dos dados coletados.