You are on page 1of 6

Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Naturais e Exatas Departamento de Química Química Analítica Qualitativa Experimental – QMC

1006 Profª. Ionara Regina Pizzutti

AULA SOBRE ELEMENTOS QUÍMICOS E IDENTIFICAÇÃO DESTES NO COTIDIANO

Gustavo Bolzan e Sabrina Klein

Santa Maria, 29 de outubro de 2010

o cloro é muito usado como desinfetante por sua ação bactericida. Características do elemento: Massa atômica: 35. no século XVIII.6K Ponto de ebulição: 239. numa percentagem de 0.Aula sobre elementos químicos e identificação destes em matrizes do cotidiano 1. Propriedades físico-químicas: Estado da matéria: gasoso Ponto de fusão: 171. Durante sua evaporação.203 kJ/mol 1. a composição do ácido clorídrico. Estudo do analito: Cloro . de onde pode ser obtido.2. devido a um número desigual de nêutrons em seus núcleos) de pesos atômicos 35. e em estado puro ocorre em pequenas quantidades nos gases produzidos durante as erupções vulcânicas. Na natureza só existe em forma de compostos. em uma proporção de 3:1. 7 2.453 u Numero atômico: 17 Raio atômico: 100 pm Raio de Van der Waals: 99 pm Configuração eletrônica: [Ne]3s²3p5 Estados de oxidação: ±1. em 1810. encontrado em depósitos terrestres e na água do .2 kJ/mol Entalpia de fusão: 3. o íon cloreto associase ao íon sódio (Na+). Humphry Davy determinou. é encontrada em maior proporção na água do mar. respectivamente. O cloro está presente na crosta terrestre e na água do mar.11K Volume molar: 17. o íon cloreto (Cl¯). reação efetuada por Carl Wilhelm Scheele. ou cloreto de sódio (NaCl). O cloro foi obtido pela primeira vez mediante o tratamento de ácido clorídrico (HCl) com dióxido de magnésio.Cl 1. O íon cloreto é também encontrado nos fluidos do corpo de animais superiores. 3.5 e 37. O principal é o cloreto de sódio (sal de cozinha). 5.39x10-6m³/mol Entalpia de vaporização: 10. presente nas secreções estomacais responsáveis pela digestão. Sua forma natural é a combinação de dois isótopos (átomos de um mesmo elemento que diferem em seus pesos atômicos. e forma o sal de cozinha. Abundância e Utilidades: . onde desempenha funções importantes. Sua forma iônica negativa. entre elas a transmissão dos impulsos nervosos.31% do peso terrestre.1.

Utiliza-se também como matéria-prima na síntese de diversos produtos. O poder oxidante dos hipoclororitos faz com que eles ataquem os corantes. o cloro se desprende sob a forma de gás. então temos a chamada água sanitária. tintas e solventes. logo não convém usá-lo no lugar do hipoclorito de sódio. conforme as reações abaixo: Durante a eletrólise 2 NaCl 2 Na+ + Cl2 2 H2O H2 + 2 OH– 2 NaOH + H2 + Cl2 Reação do hidróxido de sódio com o gás cloro: 2 NaOH + Cl2 + NaOCl + H2O Devido à sua alta sensibilidade.9% da sua massa). também chamada de água de lavadeira em outras cidades. para eliminação de agentes patológicos. o hipoclorito de sódio não pode ser obtido anidro(forma que quase não contém água). destruindo-os. o cloro é usado no branqueamento do papel e na produção de desinfetantes. NaCl . Este não é adequado ao uso domestico. pois ao se aquecer. Os hipocloritos. tornando-se assim um agente alvejante bem eficiente. Obtém-se hipoclorito de sódio através de eletrólise de cloreto de sódio (NaCl). por exemplo. O cloro que se compra em mercados é uma solução de hipoclorito de sódio. Ao se produzir hidróxido de sódio e gás cloro. Outros são. a carnallita (cloreto hidratado de potássio e magnésio) e a silvita (cloreto de potássio).mar (íons de cloro representam cerca de 1. tem largo uso tanto domiciliar quanto industrial. gomas. Além do tratamento de águas. restando unicamente hidróxido de sódio. devido à sua ação oxidante e desinfetante (e baixo preço). devido à dificuldade de se obter o ácido ao contrário de seus sais. O "cloro em pó" usado em piscinas é hipoclorito de cálcio (normalmente com certa quantidade de sulfato de cobre). faz-se os dois reagirem entre si. Hipocloritos são sais provenientes do ácido hipocloroso (HClO) e são mais importantes que o próprio ácido correspondente. Quando o percentual de cloro livre nesta mistura é de cerca de 2%. como plásticos.

4. 5. usando uma proveta. para o erlenmayer. alvejante doméstico. obtenção de produtos químicos orgânicos.). Indicador Amido (solução aquosa a 0. Toxicidade: À temperatura e pressão ambientes. fungicida.5% e continuar a titulação até que a cor azul desapareça.. Pipeta-se 5 ml da solução preparada no balão.1 Reagentes: Solução de Iodeto de Potássio (KI) 10 % p. perceptível mesmo em concentrações inferiores às consideradas perigosas. Técnica experimental: Análise para determinar o teor de cloro ativo no alvejante: Pipetar 10 ml de amostra do alvejante para um balão de 100 ml. que se aspirado em grandes quantidades pode causar asfixia e morte. 5.1N . para evitar a perda do iodo.o Cloro é um gás de cheiro acre e penetrante.a. Devido a sua ação corrosiva.5 % de amido p. Agite levemente o erlenmayer durante a titulação. lavanderias. Anote o volume gasto em ml(VG).1 N até atingir coloração amarelo claro. Importância do cloro na amostra: Branqueamento de celulose. Solução de Tiossulfato de Sódio(Na2S2O3) 0.Padronizado. completar o volume do mesmo com água destilada. tóxica e irritante para o sistema respiratório e para os olhos. deve-se titular imediatamente. o gás cloro foi utilizado durante a primeira guerra mundial como arma química devido ao forte odor desse gás. purificação da água. Adicina-se 20 ml de ácido acético 1:3 e titula-se rapidamente com Na2S2O3 0. Ácido Acético 1:3 comercial. Coloca-se 10 gotas do indicador amido 0. Amostra de alvejante . Obs. Água deionizada.a. Adicione 10 ml de solução de KI 10% em um erlenmayer.:Assim que é adicionado o ácido acético.3.

2Materiais: 5.1 N. alguns fabricantes por falta de conhecimento. em %: NaClO (%) = (VGx0. infelizmente. outros para fraudar mesmo. pois em vez de clarear a roupa. isso é fraude.5% p/p durante um prazo de validade de 6 meses.22 g/l. O Teor de Cloro ativo deve ser de 2. para aumentar o pH.Para outras concentrações determinar a densidade da solução ou utilizar uma tabela que relacione % NaClO com densidade g/l. em g/L Obs. 5. Mas.372x100) / (Vamxdx10) onde: VG = volume gasto de Na2S2O3 0. também no alvejante existem fraudes. . para o produto com concentração entre 12 e 14% NaClO. como se costuma dizer. e diminuem a concentração do Hipoclorito.4Resultados: Para que um Alvejante (Água Sanitária) esteja dentro das normas corretas de fabricação.:Utilizar d=1. em g/L: NaClO (g/L)=(VGx3. para baratear o produto.5. em mL. Vam = 5 (Volume da amostra utilizada. em mL) d = Densidade do produto. sem contar que o produto em contato com as mãos causa lesões graves. deixa-a amarelada. colocam Barrilha (Carbonato de Sódio) soda leve. não servindo para a sua finalidade.0 a 2. deve ser usado Hipoclorito de Sódio ou Cálcio e água.72x100)/ (Vamx10) Fórmula para cálculo do teor de Hipoclorito de Sódio. O produto fica totalmente fora de padrão. pois foi adicionada de barrilha. Não é permitida na formulação a adição de outro produtos.3 Cálculos: Fórmula de cálculo do teor de hipoclorito de sódio.

sp.gov.tabela. São Paulo http://www.org/wiki/Cloro acessado em 19 de maio de 2011.cetesb.Bibliografia: • • Volgel.br/analitica/2011-1/qmc/qmc-exp-2/det%20de %20cloro%20ativo.ufsc.as p?consulta=HIPOCLORITO%20DE%20S%D3DIO&cod=1791 acessado em 19 de maio de 2011. htm acessado em 19 de maio de 2011.br/Emergencia/produtos/ficha_completa1.oxigenio. Química Analítica Qualitativa 5º ed. às 22h e 37min http://www. Arthur.com/nao_metais/elemento_quimico_cloro.pdf acesso em 23/5/2011 às 19h e 30min.qmc. . ver. às 22h e 37min http://www. às 22h e 37min • • • • Ensino de química : confecção de projeto de pesquisa wikipedia.